Skip to content

Uma bela Copa do Mundo está apenas começando!

06/13/2010

Uma bela Copa do Mundo essa africana! Começou com a imagem simbólica do Doutor Sócrates trazendo boa esperança. E não é que deu certo?

Nesse começo de Copa, até jogo ruim está bom: todo jogo é muito disputado e com equipes muito conscientes dos seus objetivos.

Gostei muito do primeiro tempo da Argentina, mas não gostei nadinha das escolhas do Maradona para o 1º jogo e imagino que Milito deve ser o titular a seguir. Ao colocar o Maxi Rodrigues num momento que o meio pedia volante,  ele foi muito infantil. A tentativa de surpreender com Gutierrez na lateral direita não deu certo e, apesar de tentar, a Nigéria não conseguiu aproveitar o nervosismo do lateral improvisado. IMPORTANTE: foi só o 1º jogo, fazia tempos que a Argentina não começava tão bem uma Copa.

Gostei também dos Estados Unidos! Ninguém falou, mas eles estão jogando no 4-2-2-2 brasileiro e enfrentaram uma das melhores Inglaterras das Copas recentes.

Estou colocando minhas considerações numa planilha do google docs.

Outro ponto de destaque: as camisas da Puma estão muito bacanas (quem viu o meião do Uruguai?), vencendo a Adidas com margem. A Nike continua um lixo.

Sobre a bola, a imprensa brasileira ficou na conversinha de que “toda Copa é assim, eles sempre reclamam”, “que tem contrato com a Nike, reclama; Adidas, elogia” e outros clichês. Tsk. Tsk. OS BILHÕES de olhos humanos que acompanham a Copa pela TV estão vendo o quê? Que a bola é muito mais RÁPIDA que o normal. Que os goleiros estão colocando a bola na ÁREA ADVERSÁRIA e que toda falta a bola SOBE de mais.

Claro está que a bola é diferente e está afetando o jogo. Custava pegar o Neto e colocar ele para bater falta e dar um parecer?

A melhor imagem é a dos torcedores tomando cerveja nas arquibancadas… QUE INVEJA!

PS: vendo esses estádios da Copa, alguém ainda acha possível o Morumbi ser “reformado” para a Copa? Deu para entender o que eles queriam desde o início ou eu preciso desenhar?

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. Robson Nóbrega permalink
    06/14/2010 11:14

    Caros Amigos,

    Gostei muito do jogo da Alemanha, acho que jogam como o Corinthians do ano passado, muitas jogadas parecidas. Faço uma pergunta pra quem entende, Eles jogam no mesmo esquema que nós em 2009?

    Também gostei da Argentina, acho que o Messi vai arrebentar nesta edição.

    Abraços

    Curtir

  2. Luís Fontes permalink
    06/14/2010 11:06

    Olha Alvaro, para mim esta copa esta com um nivel técnico muito ruim… nao que as outras não tenham tido partidas ruins tb, mas pelo que vi até o momento o Brasil tem boas chances de disputar o título sem precisar jogar um futebol primoroso… mesmo a argentina na minha opinião jogou uma bola mediocre, sem criatividade e pouco eficiente…

    Já amanhã o jogo será mais uns daqueles chatos de se ver, pois se ganharmos ganharemos de bebado e se tivermos dificuldades (quase impossivel de acontecer) será o carimbo de incompetencia… alias tal como acontece na libertadores e na champions a primeira etapa da competição é muito chata… gostaria de pegar um grupo forte para que o Brasil ja entrasse com tudo, ai sim daria gosto de ver e torcer…

    Sobre o Doutor, tinha que estar la mesmo… o cara é foda… infelizmente jamais teremos um outro Sócrates no futebol mundial, e digo isso não pela bola que ele jogava, mas pela inteligencia e personalidade que sempre foi a marca registrada do lider da Democracia Corinthiana e capitão da segunda melhor seleção brasileira de todos os tempos, que por uma daquelas artimanhas do futebol acabou por não levantar o caneco.

    Bom, falando nisso, como estamos em período de férias coletivas no Coringão e como não consigo viver um dia que seja sem falar ou pensar em Corinthians, resolvi comprar um livro que ja estava de olho a muito tempo, ” A DEMOCRACIA CORINTHIANA, praticas de liberdade no futebol brasileiro” do João Paulo Florenzano que em 500 páginas detalha desde o início da ditadura militar em 64 a relação entre elenco, comissão técnica, politicos e imprensa no futebol brasileiro, passando pela seleção de 70 e suas heranças pouco produtivas no período pós copa, até chegar no tema principal, a Democracia Corinthiana.

    O livro foi fruto da tese de doutorado do autor na PUC/SP e foi publicado pela editora EDUC. Para quem se interessar em se aprofundar no único movimento 100% democrático na história do futebol mundial, fica ai a dica.

    Curtir

  3. David Emmanuel permalink
    06/14/2010 1:00

    Ahh, boa mesmo foi a copa de mil novecentos e… Sempre tem aqueles que boa são as copas passadas e eu estou gostando tanto dessa como de todas as outras. Como toda copa do mundo é a história sendo escrita, por isso é legal a gente ficar atento, tem coisas que só vamos ver o tamanho daqui a alguns anos.

    Das seleções que vi a que mais gostei foi a da Argentina (não vi o 11 alemão). Principalmente pelo Carlitos, embora jogando um pouco mais atrás do que fazia no Timão, é graças a ele que Messi finalmente pode fazer seu primeiro grande jogo vestindo a camisa dos hermanos. Tevez marcou pelo dois e soube abrir espaços necessário para o melhor do mundo dar seu show. Deu pra entender por que Maradona o colocou de titular.

    Quanto ao privadão ser o estádio paulista na copa é um absurdo sem tamanho, mas que incrivelmente torcedores são-paulinos defendem com unhas e dentes, puro Fundamentalismo Bambi. Mais patético são as ameaças do MAC, de que quem for contra o Morumbi sede da copa, não sabe com quem estará mexendo (que meda!).

    Curtir

  4. jeff permalink
    06/13/2010 13:15

    Tá faltando gol, né? Espero que falte só nesses primeiros jogos.

    Em África do Sul x México, era este quem tinha de conter a empolgação africana. Não conseguiu. E o Parreira mostrou que ainda manja.

    Em França x Uruguai, vimos que a França é mesmo invenção do Zidane; meu Deus. Quanto ao Uruguai, acho que respeitou demais os franceses.

    A Grécia? Nossa! Time MUITO ruim! Como eles ganharam uma Euro?!

    Gostei da Argentina. Porém, mesmo com fracos defensores, é possível extrair mais desse sistema defensivo. Maradona levou para a Copa algum “treinador de defesa”?

    Em EUA x Inglaterra, esta deveria ter se imposto. Jogou bem todo o primeiro tempo, pecando fatalmente apenas no último toque, ou na finalização. Tomou o gol numa fatalidade, e, no segundo tempo, exagerou nos cruzamentos. Paciência…

    Vejamos hoje Austrália x Alemanha.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: