Skip to content

A primeira coletiva do novo chefe

07/27/2010
  • Ele pinçou Ênio Andrade como o técnico mais importante da carreira. Boa escolha, Ênio era um híbrido de Mano com Felipão, numa época em que técnico preocupado com marcação era tratado como lixo (e muitos ainda estão nessa ladainha até hoje).
  • Jucilei: ele disse que tinha pedido a contratação para o Cruzeiro, mas o Corinthians atravessou.
  • Esquivou-se do sistema tático, mas disse que não muda muito do que já estamos jogando.
  • Boa: quer usar jogadores da base.

Fato: ele não gosta de dar entrevista. Precisa começar a GOSTAR disso, pois é o único modo dele prestar contas à nação. Ele tem de sentir tesão em dar entrevista, achar que está conversando com o Torcedor do outro lado do microfone e da TV, não com o jornalista na frente dele.

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. 07/28/2010 21:04

    Nossa já no 2º treino Adílson já ilustrou bem o que falei nesse blog, Leandro Castán na vaga de RC???

    Ta aí, veja e não digam que não avisei:

    http://globoesporte.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/2010/07/adilson-improvisa-leandro-castan-na-vaga-de-roberto-carlos.html

    Curtir

  2. 07/28/2010 10:58

    Falar é uma coisa… vocês acham mesmo que o famoso em MG Professor Pardal não vai mexer taticamente no time? Esperem até ver o Dentinho jogar de lateral direito e o Chicão virar atacante… pelo menos no Cruzeiro era assim.

    E o pior dele não é nem isso… é a leitura do jogo… as substituições do Adilson matavam de raiva todo cruzeirense… inclusive as que ele fez na final da Libertadores contra o Estudiantes no Mineirão ajudou a afundar o time…

    Espero queimar minha língua, mas estou muito pessimista!

    Curtir

  3. 07/28/2010 9:15

    Base, sim, porém, como ele mesmo destacou, o garoto precisa ter suporte. A cada garoto, 3 caras mais experientes/casca grossa. A atual geração de jogadores não tem personalidade. Eles melam mesmo a cueca.

    Curtir

  4. mucio rodolfo permalink
    07/27/2010 19:54

    1- Espero que o Adilson tenho uma passagem pelo PSJ bem melhor do que a que teve o Ênio, que foi realmente um grande treinador. Teve uma curiosidade em sua carreira: embora conquistasse o título brasileiro com a dupla gre-nal nunca teve sucesso no campeonato gaucho.
    2- O fato de afirmar que não vai fazer grandes transformações no esquema tático é um indício, afinal o time precisa de apenas alguns retoques.
    3- A aposta na base outro ponto positivo. Entre gastar contratando jogadores de qualidade duvidosa, melhor apostar na nossa molecada. O Corinthians passou anos atrás de um lateral esquerdo trazendo entre outros Nelsinho, Biro-Biro, Elias e Daniel, mas foi só encontrou o dono ideal (ou mais próximo do ideal) no garoto Silvinho, pinçado da base. Segundo o próprio Flávio Bambi Prado o clube que mais revela jogadores é o Corinthians. Então nada mais lógico que apostar na base.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: