Skip to content

Cruzeiro 1 x 0 Timão, PQP Adilson!

08/26/2010

Logo aos 2 min, numa bola facílima, JC fez gol contra: 1×0 Timão. Na seqüência, penal para nós e descobrimos que algum imbecil tomou a decisão de tirar o Chicão das batidas de penalti. Aprendam: penalti é responsabilidade, o resto é prosa.

E o jogo vira o melhor dos mundos para o Cruzeiro, que entrou no 3-5-1 e pode se recuar por completo, sem vergonha de ser feliz: a bola era do Corinthians, mas o campo era do Cruzeiro.

Tirando o penal, o nosso PRIMEIRO e ÚNICO chute a gol do 1º tempo (e desconfio que do jogo inteiro) ocorreu aos 37 min, numa falta mal batida. A tal “agressividade” não produziu nada. Bruno Cesar? Isolado, pois Elias jogava como volante. Ademais,  a história de manter JH como 2º atacante deixou o ataque descoordenado e confuso.

E não é que o Corinthians começa a tentar o chuveirinho para a dupla de TAMPINHAS JH/Iarley, simplesmente marcados por 3 zagueiros? Foram 45 minutos INÚTEIS: um frango e uma decisão errada na troca do batedor oficial.

Começa o 2º tempo sem a substituição óbvia do Ralf –  que não jogava mal, mas era totalmente desnecessário — por Tcheco, Danilo ou DF, que nem no banco estavam, em mais uma péssima decisão do Adilson. E o Corinthians ainda insistindo em cruzar bolas para o Iarley…

Lá pelos 17 min, sai Iarley, que não alcançava a bola, e entra Souza. Mantém-se o erro de estrutura tática: Bruno César continua isolado, Ralf, um verdadeiro zagueiro, mas pelo menos Souza é alto para pegar algum chuveirinho.

Aos 23 min, sai BC, completamente prejudicado pelo sistema tático, e entra o Willian Morais, que como meia é um excelente centroavante. Erro brutal!

Não pelo Willian, mas pelo sistema que não se aproveita do melhor do time. E o melhor do time saiu e o volante desnecessário permaneceu. Aos 32, sai RC para entrar o Paulinho. Genial! (Ao final, juizão ainda deu uma roubada boa para o Cruzeiro, não expulsando o canalha da camisa 3).

É evidente que o Corinthians não encontraria no mercado um substituto à altura do Mano, mas o Adilson está errando demais da conta, sô!

Decisões erradas. Banco mal montado. Substituições inúteis. Contudo, demiti-lo agora, ainda mais sem substituto no mercado, seria um convite à crise.

Não sei o que fazer.

PONTOS CORRIDOS: cansei de ler e ouvir: “como o Flu ganhou, somos obrigados a ganhar do Cruzeiro”. Não! Vencer o Cruzeiro nada tem a ver com o Flu. Somos obrigados a vencer adversários difíceis fora de casa pois perdemos pontos FÁCEIS para adversários FÁCEIS —  Atlético-GO e Avaí (e eu não disse que o Avaí iria doar muitos pontos em casa?).

Em tempo: para quem não sabe, campeão brasileiro (tirando 2009) precisa de 73 pts ou 64% de aproveitamento. Faltam 42 pts (2,1 pts/jogo ou, a cada 4 jogos: 2 vitórias e 2 derrotasempates).

Anúncios
21 Comentários leave one →
  1. Gabriel permalink
    08/27/2010 12:19

    O Julio Cesar falhou, falhou. Mas ninguem leva em conta que depois daquele balão de cruzamento TODO MUNDO parou e ficou assistindo achando que a bola ia pra fora enquanto o Alessandro tentou ganhar de cabeça, no que o cruzeirense maldito crabeceou para trás o argentino fdp sozinho pra chutar e ai vem o chicão e VIRA A BUNDA pra bola, se ele simplesmente olha pra bola, ele tirava. Na boa, dava pro JC ter defendido, mas o erro foi da zaga principalmente. Meu resumo do jogo: com 1 gol cagado aos 2 minutos (um absurdo tomar esse gol), o Cruzeiro se recusou a jogar e nos fomos tão incompetentes ao ponto de não conseguir dar 1 merda de chute no gol. Fazia tempo que eu não passava tanta raiva assistindo um jogo do timão. Futebol estéril do cruzeiro, ridículo, apoiado a um gol cagado no início.
    Culpo o BC pela derrota, pois bater um penalti mau daquele jeito, do jeito que estava o jogo é brincadeira. E o Chicão também não pode ser batedor não, ele pode ser frio, mas é grosso, afinal de contas é zagueiro. No futebol de hoje nao existem mais Beckenbauers, Passarelas, se ele fosse craque, não jogaria na zaga. Mas culpo principalmente o Adilson, que realmente não tirar um volante ou até um zagueiro sendo que o mais avançado deles estava atrás da linha do meio campo é burrice. Não quis correr risco do contra-ataque? Porra, é tudo ou nada, é pontos corridos kct, perder de 1 ou de 5 não muda, são 3 pontos do mesmo jeito, tinha que ter ido pro tudo ou nada, mas ai ele vira pro banco e vê a merda que ele fez, 2 zagueiros, só o Souza de atacante. Aí ele põe o Souza e o que agente vê é o time parar de dar chuveirinho que era o que fazia com os 2 anões no ataque, e ainda toda hora o Souza no meio campo, ajudando nos escanteios, voltando pra buscar a bola, pqp.
    E realmente, as contratações para esse ano foram ridículas, contrataram um bando de véio que num rende mais nada só porque tinham ‘experiência’ na libertadores, aí ficamos com esses merdas encostados que juntos devem custar quase 1 milhão ou mais por mês para o clube – tcheco, yarlei, danilo, edu. Só eles, contando com salários mais tributos com ctz chegam a esse gasto para não fazerem porra nenhuma. Sem contar o DVDerico, que aliás, esse jogo era pra ele, com o cruzeiro fechado como estava, a única chance além de cruzamento pro Souza era um drible, uma jogada individual, que é o que ele sabe fazer.
    E desculpem, BC não é craque. Elias é bom jogador, mas é grosso demais, ele é o novo Rosinei, e nossa como jogou mau, parecia que tava pregado, não se movimentava, se arrastava em campo. Se você pegar o VT vai ver que ele andou em campo, talvez ele não aguente 2 jogos por semana num ritmo bom? Foi o que pareceu.
    Só falta 3 coisas pra esse time – Volta André Santos, volta Cristian, e o Gordo podia jogar como em 2009, como não vai, então trás um atacante FODA porra.

    Apesar de tudo, com esse time, ainda acredito no título. Vai corinthians!

    Curtir

  2. Nicolas permalink
    08/26/2010 13:05

    Eu acredito que uma parte das críticas seja procedente e outra,nem tanto.
    Não pode ser que o time atue bem, tenha qualidade,e vença bem o SPFC sem ter méritos.
    O problema é um “outro time” ter aparecido para jogar contra o Cruzeiro.
    Não sei se o problema é de escalação ou esquema tático.
    Pode ser que o problema esteja em um nível mais micro,de jogadores que são inconstantes em suas atuações.
    Certos jogadores são bons,mas não são jogadores consagrados que respondem bem em um ambiente adverso.

    Ontem,com volantes ou meias,o meio de campo praticamente não existiu.Não havia uma boa transição para o ataque.Mérito do Cruzeiro?Em parte,sim.Mas por que, quando a bola estava com a defesa,os jogadores de meio não apareciam para iniciar as jogadas?Em dado momento,o Souza é quem estava tendo de conduzir a bola.Com a dificuldade conhecida,é óbvio.

    Eu acho que certos jogadores dormiram sobre os louros conquistados.Boa vitória sobre o SPFC e muito foguetório.Seria legal se o campeonato se resumisse a um jogo.

    Digamos que você fosse o técnico adversário.Qual é o caminho para vencer o Corinthians?Uma boa blitz no começo de cada tempo.A defesa sempre confessa e acaba permitindo os gols.Ontem,por muito pouco,o Cruzeiro não conseguiu o segundo gol no início do segundo tempo.Vamos usar o expediente das “faltas táticas”.O juiz tende a ser tolerante com o time da casa.Ficaremos bem postados na defesa,já que o time do Corinthians ficará tocando a bola para lá e para cá,sem nenhum resultado tangível.Espero que se mude a postura,afinal,não queremos ver este roteiro repetido até o final do campeonato.

    Curtir

    • 08/26/2010 14:53

      Boa colocação, mas mantendo coerência com o jogo passado, não vi outro time contra o Cruzeiro.

      Veja só como minha linha é coerente com as análises anteriores:

      Eu disse no pós-jogo contra o SP, que aquele não era um jogo para uma análise mais aprofundada, pois o SP tinha entregue o jogo para nós.

      Passamos o 1º semestre inteiro com o Elias não produzindo como meia avançado e, de repente, por encanto, ele destrava e já disputa posição com o Ganso? Onde ele estava no jogo contra o Flamengo?

      Eu disse para ninguém utilizar o jogo do SP para analisar a equipe e o Cruzeiro veio provar meu acerto.

      O problema — e eu escrevo isso desde que o Bruno despontou no Timão — é que Bruno precisa de apoio na criação, pois é lento. Se ele não tiver apoio vira o BC de ontem ou o do jogo contra o Palmeiras etc. A saída é retomar o posicionamento que o Mano encontrou (sim, encontrou na experimentação) no 4-2-2-2 que evolui(irá) naturalmente para o 4-2-3-1/4-3-3 quando ele, o Bruno, estiver mais adaptado ao sistema.

      No final, recai sobre ele a crítica de que estava “apagado”, quando na verdade o problema é do sistema tático.

      No mais, eu concordo com tudo e são problemas técnicos pontuais, como o do goleiro que sempre confessa nos primeiros minutos.

      Curtir

  3. andré permalink
    08/26/2010 12:01

    tomar um gol aos 2 min por causa de goleiro fraco que todos ja sabiamos que ia entregar uma hora ou outra é doloroso demais, e como o time do cruzeiro é ruim hein

    Curtir

  4. EDDIE/SCCP1910 permalink
    08/26/2010 11:30

    Time Vacilão!

    Não sabe jogar fora de casa.
    Sempre sai atras no marcador, toma gol bobo, toma gol com 1 minuto, perde penalti.

    No Pacaembu é um trator
    Fora dele é um Time Vacilão!

    Curtir

  5. Cesar Augusto permalink
    08/26/2010 11:04

    Um leão no Pacaembu. Um gatinho fora dele.

    Este é o resumo básico do Corinthians neste campeonato. Se não vencer fora de casa, esquece, pois ficaremos no meio do caminho no centenário. Só para ilustrar a questão, o Fluminense já venceu cinco vezes fora de casa, inclusive o Santos, na Vila Belmiro.

    Ontem, mais uma vez, perdemos, graças, principalmente, a falhas individuais.

    O Júlio César, que, desculpem os seus defensores, tem o bracinho de jacaré, não pode tomar um gol daqueles. Um goleiro que joga no Corinthians, no Corinthians Paulista, não pode falhar dessa forma e comprometer toda a equipe.

    O Bruno Cesar, que é um dos mais jovens da equipe, não pode ser batedor de pênalti, quando se tem Iarley, Roberto Carlos e, principalmente, Chicão para esta missão. Bateu mal e se escondeu durante toda a partida, o que é absolutamente normal.

    E o Iarley, que é uma nulidade só. Eu desisti do Iarley, uma espécie de Mirandinha dos anos 80, mas sem o faro do gol. O Iarley não é centroavante, não é meia, não é atacante e só atrapalha. Sem contar que ao driblar sempre abaixa a cabeça, igual a touro bravo. Chega de Iarley. É melhor o Souza, com toda a sua ruindade que o Iarley com a sua pretensa voluntariedade que mais atrapalha que ajuda em jogos que precisamos do detalhe, o gol.

    E o Adílson, ontem, foi mal, aliás, péssimo.

    Escalou mal, trocou pior ainda. Os erros começaram, na verdade, na escalação do banco de reservas. Eu não sou fã nem de Tcheco, nem de Danilo e nem do Defederico, mas deixá-los de fora da reserva em detrimento de Edu, Leandro Castan e o glorioso Thiago Heleno é inadmissível. Escolhas deste naipe, inclusive, geram comentários de que o Adílson, por ordem do Presidente, está queimando estes 3, que eram preferências do Mano para dar chances a amigos pessoais do Presidente, como Edu, tendo em vista que, neste momento, trata-se de um ex-jogador em atividade que leva duzentinho todo mês numa das piores contratações da história do clube no quesito custo-benefício.

    O Corinthians tinha que jogar num simples 4231, que é o esquema ideal para suplantar o 352. Perdemos para o 352 e isso é absurdo.

    O Elias jogou como volante. E o Jucilei, no segundo tempo, estava na ponta esquerda com toda aquela velocidade, o que é inexplicável. E o Bruno Cesar ficou perdido na marcação do Henrique.

    Erramos, tecnicamente e taticamente e a consequência foi uma derrota que era evitável.

    Agora é vencer Vitória e Goiás, em casa,e torcer para o Fluminense tropeçar, o que será difícil dada a mobilização do time carioca pela conquista do brasileiro. O tricolor carioca não mediu esforços para vencer o Brasileiro. Gastou muito, contratou muito e pensou, única e exclusivamente, em 2010.

    O Corinthians pensou 2010 apenas até a Libertadores. Gastou muito e gastou mal e agora paga pela falta de planejamento de um elenco carente em algumas posições.

    PS: Mais uma vez, fomos prejudicados pela arbitragem. O Cruzeiro bateu, sem dó nem piedade o jogo inteiro, e contou com a complacência da arbitragem. Além disso, BC sofreu pênalti claríssimo no início do segundo tempo que o canalha do apito, como diz o Felipe, não teve coragem de marcar.

    PS 2: E, por derradeiro, o Cruzeiro correu demais o que prova que, contra o Corinthians, todas as equipes, sem exceção, correm dobrado. Quem viu o Cruzeiro, domingo contra a Vitória, não acredita que se trata da mesma equipe, apesar que quem viu o Corinthians contra o São Paulo, também, não acredita que é o mesmo time.

    É o mesmo time, mas sem postura. É o mesmo time, mas que encara, de forma absolutamente, diferente, um jogo em casa e um jogo fora, o que é um erro crasso para quem almeja ser campeão.

    A postura tem que ser a mesma, dentro e fora de casa. O Fluminense, líder, joga da mesma forma. Fechadinho e no contra-ataque tanto fora, quanto dentro. Dá certo, porque a postura é sempre a mesma.

    Curtir

    • 08/26/2010 15:03

      Eu já estou achando Mirandinha > Iarley. Pelo menos o Mirandinha fazia gol contra o palmeiras.

      Parte das decisões do Adilson são erros retumbantes, mas parte são erros talvez da inexperiência.

      Por exemplo, o Jucilei estava mostrando, pela 1ª vez desde que chegou, inteligência tática. Parou com aquela coisa de aparecer na ponta-esquerda e deixar o meio desguarnecido. Ele estava aprendendo, passando de ano.

      Aí vem o Adilson, que não para um segundo de mudar o posicionamento de todo mundo, e onde o Jucilei aparece?

      Fazendo jogada de linha de fundo! A sua observação acho que a maioria que freqüenta por aqui desde o começo também deve ter observado pela TV.

      Quanto ao Flu, isso que você escreveu é o grande mérito do Muricy: a postura do time é a mesma dentro ou fora de casa.

      E tem mais!

      Esse negócio de treinador que fica corrigindo posicionamento de todo mundo o tempo inteiro é sinal de time mal treinado.

      Estamos numa encruzilhada: o Adilson terá frieza e competência para se acertar taticamente no pouco tempo disponível?

      Se eu fosse o diretor de futebol, eu chamava o Mano para uma longa conversa com o Adilson. Não seria conversinha de telefone. Seria consultoria mesmo.

      Eventualmente, até pagava as horas do Mano como consultor.

      Curtir

      • Cesar Augusto permalink
        08/26/2010 17:30

        O maior erro do Adílson, por enquanto, é tentar mudar, praticamente a fórceps, uma filosofia de jogo que, gostando ou não, trazia bons resultados.

        O Adílson tem um estilo mais kamikaze, mais passional, enquanto que o Mano Menezes era razão pura, sem maiores afobações.

        É uma mudança extrema no comando da equipe.

        A equipe estava ajustada no 4222 com variações para o 4231 e essa mudança para 3 volantes, em qualquer situação, terá dificuldades.

        A equipe tem que evoluir a partir de uma definição tática que se adeque ao material humano disponível. Temos mais volantes que meias, mas isso não significa dizer que não podemos jogar com dois meias. O Bruno Cesar, o nosso melhor jogador no campeonato, rende muito mais ao lado de outro meia que pode ser, sim, o Tcheco ou o Danilo ou, até, o Boquita. Só sei que ao lado do BC tem que jogar um meia, que não pode ser o Elias. O Elias joga uma boa partida, normalmente no Pacaembu, e depois hiberna.

        Ademais, temos que, fora de casa, atuar com uma postura mais parecida com aquela adotada no Pacaembu. Esse é o maior desafio do Adílson, que está escorregando demais em um time que estava entrosado, ou seja, praticamente pronto para ser campeão.

        O Adilson está mexendo demais e as suas substituições, por enquanto, não são nada animadoras, eis que a maioria delas desvirtuam a característica da equipe.

        Pode ser só o começo do trabalho, mas as características do nosso novo treineiro não são lá muito animadoras.

        Uma consultoria com o Mano seria de bom alvitre, mas neste meio tão competitivo, sinceramente, eu duvido que algum desses treinadores teria humildade suficiente para receber e aceitar tal conselho.

        O corintiano, mais cedo ou mais tarde, dará o devido valor ao Mano, que foi, em minha modesta opinião, o melhor técnico do Corinthians, desde Oswaldo Brandão, ou seja, o melhor dos últimos 30 anos.

        Curtir

  6. 08/26/2010 10:10

    Não estou necessariamente desiludido; estou mais irritado mesmo.
    É evidente que o único setor do campo em que temos qualidade e quantidade, o meio de campo, é também o que mais gera dúvidas. Isso não pode ocorrer em pontos corridos. Mete logo o tal do Danilo ao lado do BC, pra ver qualé que é. Ou o Tcheco. Jogadores tão caros não podem ficar de fora do time!
    O “Cara de areia mijada” deu a entender, outro dia, que estava decepcionado com o rendimento de alguns jogadores, o que me leva a pensar que Mano bancava a escalação de Danilo e Tcheco. Adílson, sem personalidade, os afastou; não ficam nem no banco! Pontos corridos é coisa de detalhe. Um cara como o Tcheco pode decidir um jogo truncado numa falta!
    Olha eu aqui… defendendo o Tcheco…

    Curtir

    • 08/26/2010 10:58

      Pensamos igual nessa.

      Não se trata de dizer que o Tcheco é o novo Ganso, mas de que ele está lá e preenche a função que o Elias não preenche.

      Danilo, o dromedário, é outro. Joga mal? Sim, mas é o que temos.

      Elias é mais um 3º meia…

      Curtir

  7. yamada permalink
    08/26/2010 1:16

    Isso mesmo Alvaro,Elias,Julio Cesar ,nossos dois laterais e nossos atacantes fora o jorge,estão iludindo os iludidos,eu me esforcei em acreditar nesse time mas esta muito dificil,pois com um goleiro mão de pau como diria um outro blogueiro e ainda bracinho não da!laterais que só sabem marcar e no apoio são nulos sem abilidade para sair da marcação adversária,alguem disse para o Elias que era meia e ele iguinorante acreditou,Bruno cesar e craque,mas como produzir na armação das jogadas contra um time que joga todo fechado no seu campo de defesa,se o colocam avançado entre os zagueiros adversários,e nas raras vezes que pega na bola,não tem os laterais para lançar,não tem o atacante para deixar na cara do gol,e para complicar tem um volante que pensa que é meia do seu lado para atrapalhar.Adilsão não sei não mas parece que as cornetas vão soar!

    Curtir

  8. mucio rodolfo permalink
    08/26/2010 0:30

    1- Alguém deveria avisar aos nossos jogadores que para marcar gols é preciso chutar contra a meta adversário. Acho que eles esqueceram deste detalhe na noite de hoje….
    2- A diretoria do Corinthians deveria contratar um profissional para ficar no banco ao lado do Adilson e ser o responsável pelas substituições a serem feitas durante as partidas. Assim ficaríamos livres das mexidas geniais do Adilson.
    3- O Adilson não abre mão de volantes nem com reza braba.
    4- Eu ainda acredito no título.

    Curtir

    • 08/26/2010 0:36

      hehehehehe!

      O pior é que é tudo verdade!

      Curtir

    • Robson Nóbrega permalink
      08/26/2010 9:08

      Com sua licença vou acrescentar mais alguns:

      5-Com baixinhos na área, não podemos fazer chuveirinho;
      6-Com Souza na área, pelo menos isso podemos. (Depois q ele entrou não se cruzou mais, e pq raios ele vai buscar bola no meio?)
      7-Com certeza os times que brigam pelo titulo vão ganhar pontos do Cruzeiro
      8-Iarley não dá gente!

      Curtir

  9. Fernando Souza Jr. permalink
    08/26/2010 0:25

    Não temos elenco para brigar pelo título, esquece. É só olhar Inter e Fluminense. Chegamos ao cúmulo de ter menos opções de ataque que o Botafogo, meu Deus! À exceção do Bruno Cesar, o Mano e a diretoria contrataram muito mal esse ano. E a bomba vai explodir nas mãos do pobre Adílson. Não temos centro-avante e zagueiros reservas. Nossos laterais só defendem, não constroem nada na frente.
    Discordo totalmente de você. Chicão bateu dois pênaltis ridículos neste ano, tinha de ser barrado da função mesmo. Bruno Cesar sumiu do jogo não por causa do esquema tático, mas porque lhe falta um pouco mais de personalidade em determinados momentos. Depois de bater aquele pênalti de forma patética, ele sumiu do campo.
    Achei corretíssima a decisão do Adílson de barrar os peladeiros de casado/solteiro Danilo e Tcheco, além do DVDerico (também conhecido como Lulinha argentino). Esses caras nem deveriam mais constar do nosso elenco, pois são caros e não produzem porra nenhuma. Assim como o vergonhoso Souza, que me faz sentir saudade do Finazzi.
    Ganhamos fácil dos bambis porque a realidade deles, hoje, é brigar para não cair.
    É isso aí, o resto é fumaça e a sua cornetada no Adílson é absolutamente fora de propósito.

    Curtir

    • 08/26/2010 0:35

      Meh, o sistema está errado mesmo, tenha certeza disso.

      Ele tem de montar um time em função do Bruno Cesar e esse sistema passa por Tcheco e Danilo.

      E com isso não estou dizendo que são dois super-craques. Só que o sistema precisa de meias e o que temos no banco são esses dois.

      Elias iludiu os iludidos contra o SP.

      Curtir

    • 08/26/2010 9:58

      Quanto à cobrança de penaty, concordo com vc. Se colocasse o Chicão para bater ontem, era quase certeza de errar tbm, por conta da pressão dos ultimos erros. Mas agora, depois que outro cobrou, e tbm errou, acredito que ele volte a ser a melhor opção.

      Curtir

      • 08/26/2010 11:11

        Mesmo com 2 erros seguidos, o Chicão ainda deve ter um dos melhores índices de acerto do futebol mundial.

        É sério.

        O erro, comum no caso, é achar que o batedor deve ser o mais técnico. Ledo engano, o batedor deve ser o mais frio e o que suporte a crítica quando ele perder um penal, pois uma hora vai perder.

        Edmundo disse uma coisa inteligentíssima quando perdeu o penalti do mundial de 2000: “ainda bem que fui eu, pois se fosse algum jogador mais jovem, poderia acabar com a carreira alí”.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: