Skip to content

O possível duelo Timão x Goiás – Corrigindo…

09/03/2010

Esse é o típico “jogo problema”, pois temos de vencer a qualquer custo. Se tivermos dois jogadores expulsos no 1º minuto, ainda assim é obrigatório vencer, pois não se pode perder pontos para times que vão doar pontos para toda a rapa.

Por mais paradoxal que seja, a pressão é maior contra o Goiás do que contra o Cruzeiro na semana passada.

E eu insisto que você ganha esse campeonato se não olha para os pontos dos outros times na disputa. São irrelevantes, portanto, os resultados do Flu, relevante é que a gente passe no BALCÃO E PEGUE OS NOSSOS 3 pontos do Goiás.

O adversário joga muito mal num 4-4-2 losango “pênsil” para a direita e, como o Otacilio ainda é nosso, provável é que Rafael Moura apareça na frente:

A razão deles jogarem tão mal é uma só… Tá, são 2 razões: 2 meses de salário atrasado (+ todos os bichos) e crise política.

Como já aprendemos na era Adilson, jogo em casa ele solta mais o Elias Dava tranqüilamente para jogar num 4-2-3-1, até para o time pegar liga de novo. – Só que o Elias não joga, Pedro Bó! Coloquei o Paulinho, mas vamos torcer que não seja ele, não pelo jogador, mas pela necessidade de um time mais ofensivo.

… ATUALIZADO:

Assessoria de Paulinho acaba com mistério de Adílson contra o Goiás

Anúncios
10 Comentários leave one →
  1. andre.T permalink
    09/04/2010 13:14

    Tb acho que ele poderia entrar com um meia no lugar do Elias, mas a verdade é que não temos esse jogador (esquecam Danilo e Defederico por favor!! e o tal do William Morais é pra ir entrando aos poucos). De qq forma, acho sabio entrar com uma dupla de cabeça de area (Jucilei e Ralf) pra dar uma maior proteção pra zaga e liberar os laterais (aposto que o Adilson ira sobrecarregar o lado esquerdo dos caras com JH, Alessandro e um dos jogadores do meio revezando (BC, Jucilei e Paulinho)). Fico muito contente com a não escalacao do Ronaldo, ainda tenho opiniao de que ele apenas jogou no ultimo jogo por causa das festividades, se ele voltar a correr que seja escalado, enquanto atrapalhar o esquema do time que fique fora, pelo menos o Iarley corre e da chance pros jogadores de meio aparecerem. Nao vai ser moleza mas somos muito melhores!

    Curtir

  2. mucio rodolfo permalink
    09/03/2010 23:16

    Boa noite a todos. É bastante natural que a pressão pela vitória esteja muito maior agora em cima do Corinthians afinal jogamos na nossa casa e contra um adversário que ocupa a incomoda ultima colocação no campeonato. Mas existem alguns detalhes ai: 1) A tradição que temos de complicar em algumas ocasiões paradas tidas como molezas. 2) O fato de estarmos desfalcados do nosso miolo de zaga. 3) Com raras exceções, este time do Goiás costuma crescer quando joga contra o Corinthians. ….Sobre o time, não acredito que ele vá abrir mão de um dos volantes e colocar um Danilo ou um Defederico pelo simples fato de ter que dar uma proteção a mais para uma dupla de zaga não muitoconfiável. Vai ser tão sofrido quanto foi contra o Vitória, mas venceremos. Valeu.

    Curtir

  3. 09/03/2010 16:15

    Anota aí: ele deveria colocar o Danilo no lugar do Elias, para dar mais uma chance pro cara.

    Curtir

  4. Emboava permalink
    09/03/2010 15:20

    Eu colocaria o Defederico no lugar do paulinho e iria com um 4-3-3… e partia pra cima desde o começo do jogo… fazendo um gol rápido eles viriam abaixo… e ficaria mais fácil de fazer mais uns 2 ao longo do jogo… assim espero…

    Curtir

  5. Cesar Augusto permalink
    09/03/2010 13:09

    Acredito que teremos um jogo difícil pela frente, mas não podemos pensar em outro resultado que não seja a vitória.

    O Elias não joga Álvaro, razão pela qual entendo que a melhor opção seja a entrada, em princípio, de um meia, no caso o Danilo e, desta forma, liberando o Bruno Cesar para atuar mais adiantado, mais perto do gol.

    Não sei, ainda, o que o Adílson irá fazer, mas ele deu a entender que poderá escalar 3 atacantes e, neste caso, o Souza, o glorioso Souza, entraria no comando do ataque.

    O jogo, repito, não será fácil, especialmente porque estamos, desta feita, bem desfalcados.

    Não teremos nem Chicão, nem William, o que é uma temeridade. O tal Thiago Heleno não passa a mínima confiança.

    Não teremos Elias que fará muita falta e não temos peça de reposição no elenco.

    E não teremos o Dentinho, que é outro que faz muita falta.

    Enfim, será jogo duro, mas iremos vencer e, posteriormente, nos preparar para as pedreiras em sequência que serão CAP, na Arena da Baixada, Grêmio, no Pacaembu, e Fluminense, não sei aonde. Só jogos difíceis e sem espaço para vacilos, tendo em vista que o Fluminense pegará Guarani, fora, Ceará, em casa, e Atlético-GO, fora, antes de nos enfrentar. A tabela deles está mais tranquila neste início de returno, mas acho que vão tropeçar.

    Espero que aproveitemos bem tal sequência, porque teremos depois o Prudente, em casa, e depois na sequência, Santos e Inter, fora de casa. O campeonato para o Corinthians pode se decidir nestes confrontos. Quatro pontos nestes confrontos nos darão uma ótima oportunidade para levantarmos o caneco.

    Agora, acabou a fase de perder pontos bobos. É vencer ou vencer, sempre entrando em campo com “sangue no zóio”, sem soninho, igual as partidas contra Avaí e Cruzeiro, que nos custaram pontos bobos, que poderão fazer falta no final.

    PS: Vitor Birner está muito triste. Só faltou chorar. Mas mais triste que o Bambirner é o argumento dos caras se colocando como vítimas numa situação que tinha tudo, menos vítimas. O SPFC se apoiou no Kassab e o Corinthians no Lula. Venceu, como era de se esperar, a caneta presidencial. E dizer que o SPFC é contra o sistema é uma mentira absolutamente deslavada. Enquanto foi conveniente, o RT serviu. Agora, que o malvado RT acabou com as esperanças do Morumbi sediar a Copa 2014 virou, de repente, o demônio. Um absurdo. Quem joga o jogo sujo tem que estar preparado para vencer e perder. Elas estavam preparadas para perder, até estavam, mas não esperavam perder, fora de campo, para o Corinthians.

    Essa doeu no fundo d´alma dos sensíveis tricolores.

    Curtir

    • 09/03/2010 15:08

      Corrigido!

      E sobre a faixa do VB, eu não entendi o que ela quis dizer!

      Fala de merecimento… Não entendi.

      Curtir

    • 09/03/2010 19:11

      Viu a última dele: ninguém sabia que o Corinthians iria lançar um estádio no dia 1º de setembro.

      Pqp, só o conselho do Corinthians analisava duas hipóteses!

      Curtir

      • Cesar Augusto permalink
        09/03/2010 22:19

        A mídia rosa está atirando para todo o lado na tentativa, quase insana, de melar o negócio do estádio com argumentos que beiram o ridículo. Esses últimos do Bambirner são lamentáveis, puro factóides que, de fato, não provam absolutamente nada. Os argumentos são tão frágeis que chegam a ser risíveis, tamanha a falta de fundamentação.

        O Birner, eu o conheci inclusive, é , simplesmente, doente pelo São Paulo e não respeita time algum. Só fala em Libertadores. Ele odeia o Corinthians. Acha que o Corinthians é um produto de mídia e que a fiel é igual as outras torcidas, porque, segundo o seu raciocínio, a torcida calou-se em jogos da Libertadores, em especial aqueles, de 2003 e 2006, contra o River Plate. Ademais acha, de verdade, que time para ser grande tem que ter conquistado a América. No pensamento birniano somos, ora veja, um time modesto, menor que os vencedores da Libertadores. É um xiita alienado que ama mais a Libertadores que o São Paulo e odeia, de fato, o Corinthians, mais que qualquer coisa, mas gosta de posar de imparcial, coisa que nunca foi e jamais será. O papel dele é de assessor de imprensa do SPFC. Só isso.

        E tem o azedo Mauro Cezar, da Espn, o parcial PVC, juquinha e sua turma, a Jovem Pan, em sua totalidade, a Folha de SP. Somos nós, o Corinthians e o Lula contra os barões da mídia e seus asseclas que não querem ver, de modo algum, um estádio em Itaquera, pois isso, bem ou mal, beneficiaria uma parte da população que foi renegada pelo poder público.

        O caso Itaquera/Morumbi/Copa 2014, jornalisticamente falando, expõe as fraquezas da alma humana e da isenção, onde as opiniões são pautadas de acordo com as conveniências clubísticas. São os peões neste jogo de xadrez sempre dispostos a mostrar o lado tricolor da história. E são maioria absoluta na imprensa, por incrível que possa parecer.

        E o Corinthians tem que responder todas estas indagações feitas pelos arautos da moralidade e criar um canal para combatê-los com veemência e processar todos aqueles que não conseguirem provar a veracidade de seus comentários.

        Provou a veracidade dos fatos, parabéns. Não provou, condenação e pagamento de indenizações, que poderiam ser doadas para instituições de caridade.

        Simples assim.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: