Skip to content

Mesa redonda

09/30/2010
  • A frase da rodada:

Se cada um que perder uma chace clara de gol e todo mundo cobrar, isso não é um time. O grupo tem de ser forte e saber que isso pode acontecer. Da próxima vez teremos outra chance e ele (Caio) vai fazer e todos nós comemoraremos juntos. Loco Abreu.

  • Sem Elias! Vamos nos matar! Sem Elias, talvez seja uma oportunidade para se remontar a equipe que Mano entregou ao Adilson, qual seja: com dois meias armadores (=BC+ outro apoiador). Paulinho como volante no lugar de Ralf está ok.
  • Empates mil. A tendência agora é de mais empates. Será campeã a equipe que mantiver o aproveitamento de vitórias sobre os times mais fracos, as outras irão ficando.
  • Juca ama Mano. JK achou (+ uma) brecha para criticar o Mano e o Souza no jogo do Botafogo e ainda viu um super-Herrera em campo, coisa que nem o Botafogo viu. Alguém sabe exatamente qual é a história desses dois? O Luxa eu entendo que um processou (e ganhou) o outro. Mas com relação ao Mano, a coisa só começou quando ele veio para o Corinthians. O que aconteceu entre os dois? Quem sabe o causo?

Acrescente as suas observações!

Anúncios
11 Comentários leave one →
  1. mucio rodolfo permalink
    10/01/2010 18:26

    1- Muito se tem falado da inoperância do nosso departamento médico, afinal Chicão e Dentinho estão lá “há séculos” e não tem previsão de volta. O Ralph está cotado para ficar um mês, mas diante do que vem acontecendo tem gente garantindo que ele só volta o ano que vem. Por outro lado, estas ausências tem provado que o nosso elenco não é tão limitado como muitos achavam. Lógico que temos carência. Mas deu pra ver que após a aposentadoria oficial do Willian, o Corinthians já tem no Paulo André um substituto a altura.
    2- O Alessandro lembrou aquele famoso Flunimed x Bota que nos tirou da semifinal do brasileirão de 91. Permita-me citar mais três casos que comprovam como o time das Laranjeiras é “perseguido” pela CBF: virada de mesa de 96, ascensão biônica da série C para a série A em 2000 e os jogos remarcados de 2005 (pra mim o objetivo era favorecer o time carioca que tinha adversários mais fáceis do que o Corinthians).
    3- Talvez o jogo mais importante entre Corinthians e Ceará foi o ocorrido em dezembro de 1972. Ganhamos com 1 gol marcado por Sicupira aos 45 minutos do segundo tempo.

    Curtir

  2. Alessandro permalink
    10/01/2010 11:20

    Concordo com o Cesar Augusto, o DF tem que entrar, quer jogo melhor que esse contra o Ceará?. Paulinho(Ralf), Jucilei, BC, JH, Iarlei e DF.
    Quanto ao JK, eu gostava dos comentários, hoje só tenho uma opinião: é um babaca.

    Eu estava assistindo o Flunimed e o João Guilherme(Sportv) soltou os seguintes comentários:
    – Grande público no Estádio da cidadania, acredito que tenhamos 10 mil pessoas presentes(porra na minha cidade quando exisitia um time dava 15 mil).
    – O Deco comparou o estádio com o Stamford Bridge(a partir desse momento deixei a tv muda).

    Em 1991, houve uma rodada do Brasileiro e o Fluminense jogava nas Laranjeiras contra o Bota, , o jogo das Laranjeiras estava empatado e no intervalo houve uma invasão de torcedores, o jogo foi encerrado. Houve um julgamento e deram os pontos para o Flu, a primeira fase classificava 4 times, o timão ficou em quinto e os bambis do Rio em terceiro com o mesmo número de pontos do Corinthians. Se houvesse decência no STJD os pontos não teriam sido dados para o Flu e nós teríamos classificados.

    Curtir

    • 10/01/2010 13:13

      Ele está levando o DF para o jogo, só não sei se para titular.

      O problema maior é como ele vai distribuir o time em campo. Se ficar a balbúrdia de sempre e não pegarmos os 3 pontos obrigatórios, ele vai ficar pressionado e fazer mais burradas ainda.

      Nesse outubro, Corinthians está entrando em um túnel escuro.

      Curtir

      • Alessandro permalink
        10/01/2010 14:31

        Você que está vendo o jogo no estádio tá essa bagunça mesmo? Porque na TV não dá pra ter uma noção de posicionamento do time.

        Curtir

  3. Cesar Augusto permalink
    09/30/2010 21:06

    * Sem Elias, contra o Ceará, basta simplesmente colocar o Defederico para voltarmos ao 4231. Paulinho, Jucilei, Bruno Cesar, no meio, JH, na esquerda e DF, na direita, com o Iarley na frente. Não tem o que inventar. É simples. Mas, também, é possível a esclação do Danilo, mais a esquerda, com o JH, indo para a direita. Não tem erro. Mas do jeito que o Adílson enxerga futebol não duvido, nem um pouco, que o glorioso Boquita entre no lugar do Elias.

    * Muy Loco Abreu é um dos jogadores mais inteligentes que passaram pelo Brasil. Intelectualmente, é acima da média.

    * JK é mais um daqueles que dizem que o Mano Menezes leva dinheiro em transação de jogador. Cita a sua relação com Charles Milk para embasar seu fundamento. Mas, como sempre, provas, nem pensar. Só suposições, leviandades e veneno, sempre contra os desafetos. Sanchez, Luxa, Milton Neves, Mano, RT, Joaquim Grava, Palaia e Corinthians, entre outros são desafetos declarados que são criticados, até quando acertam.

    Muricy, Belluzzo, Juvenal e São Paulo Futebol Clube, entre outros, são elogiados até quando erram.

    É a lei de JK. Aos inimigos, o rigor da opinião, nem sempre pautada na verdade. Aos amigos, tudo, mesmo quando fazem bobagem ou alguém em sã consciência pode elogiar a gestão Belluzzo no Palmeiras?

    A torcida por Muricy foi proporcional a frustração pela escolha de Mano Menezes, o mais capacitado para o cargo. Ele, JK, não sabe analisar o trabalho de um técnico sem se pautar nos resultados. Portanto, para ele e seus asseclas, Muricy é o cara, mesmo sem ser. E Mano é amigo do Sanches, do RT, do Charles Milk e, por consequência, não presta e não serve para representar a Seleção.

    A “jucaiada” faz jornalismo, se é que podemos chamar isso de jornalismo, de juízo de valor. Os bons juntam-se aos bons. Os maus juntam-se aos maus. É assim que pensam e é assim que enganam, com o papo de jornalismo investigativo, há muito tempo.

    * O Corinthians é segundo colocado, mas só a possibilidade de título já é motivo, mais que suficiente, para sermos atacados por toda a mídia como o clube mais ajudado neste campeonato. É o maniqueísmo imperando nas opiniões dos isentos jornalistas e analistas, em geral, torcedores declarados de rivais.

    Alguma coisa tem que ser feita pela diretoria do clube, caso contrário seremos prejudicados no final, como em 2007, e ninguém falará nada, porque prejudicar o Corinthians, pode.

    O mundo está novamente contra nós. E tudo que conquistamos até o momento é motivo de suspeitas. Quem é o Botafogo, o time que teve seu maior título conquistado num roubo absurdo, em 1995, para reclamar de arbitragem?

    Quem é o Fluminense, um time que saiu da Série C para a Série A para reclamar do suposto favorecimento ao Corinthians?

    Quem é o Santos, um time que comprou juiz, que atuou com jogadores dopados para vencer o Milan em 1963, para falar do Corinthians?

    Aliás, li hoje um artigo do tal Odir Cunha, que é de chorar. É o “jornalismo” futebol clube que sente uma inveja, mas uma inveja exagerada do time mais importante do Brasil, que somos nós.

    Quem tem moral para falar do Corinthians?

    Quem?

    Quer saber. Todos eles, sabe porque, meu caro Álvaro?

    Porque a mídia alimenta as suspeitas contra o Corinthians, desde 1910, porque vende, dá ibope e cola, porque poucas pessoas tem coerência e inteligência suficiente para analisar que, no futebol, o prejudicado de hoje é o beneficiado de amanhã e vice-versa.

    A maioria, infelizmente, cai na onda e a meia verdade se propaga transformando-se em verdade absoluta, como 2005, por exemplo, onde vencemos por causa do Zweiter, do Edílson, do Kia, do Marcio Rezende, mas não por causa do futebol brilhante do Tevez.

    Em 2010, ganhando, o rótulo de roubado, suspeito estará estampado no título do Corinthians, infelizmente.

    Se perder, o rival será alçado a condição de vencedor contra tudo e contra todos e, especialmente, contra o mal do futebol brasileiro que atende pelo nome de Corinthians.

    Infelizmente, será assim. Desculpe o desabafo.

    Curtir

    • mucio rodolfo permalink
      09/30/2010 23:35

      Cesar Augusto. Os antis estão com esta ladainha de que tudo está sendo arranjado para o Corinthians ser campeão. Tem um blog bambi que até dossiê com erros de arbitragem a nosso favor está sendo exibido por lá. E olha que para encher o dossiê vale até aquele gol anulado do Marquinhos do Santos – que depois ficou comprovado que foi acertadamente anulado. Mas como você escreveu isto é algo comum na nossa história. Você deve se lembrar: em 1977, antes de começar o terceiro turno já tinha jogador do SPFW e do Palmeiras afirmando que estava tudo arrumado pro Corinthians. Você citou times que falam do Corinthians e não tem moral (Fluminense, Botafogo, Santos). Eu acrescento o time do Panetone que ganhou em 2007 sendo favorecido em 8 jogos por erros de arbitragem. Outro campeão de choro: o Internacional. Reclama até hoje que foi garfado em 2005. No ano seguinte, se não fosse o juiz teria sido eliminado, na Libertadores, pelo Nacional do Uruguai dentro do Beira Rio. E na final da sulamericana foi também favorecido contra o Estudiantes. Só que aí ninguém abre a boca. Saudações corinthianas.

      Curtir

  4. mucio rodolfo permalink
    09/30/2010 20:55

    1- Se o Ralf estiver em condições de jogar ele irá de Ralf, Paulinho, Jucilei e Bruno César. No ataque Iarlei e Jorge Henrique.
    2- Quando o Adilson assumiu, disse numa entrevista que iria olhar para as categorias de base. Para a vaga do Roberto Carlos prefere improvisar Castan, Danilo,Edu, Paulinho, esquecendo-se completamente do Bobô (o Bruno Bertucci, então, acho que o Adilson nem sabe que existe). Dever ter autorizado o empréstimo do Renato para Bahia (dizem que não se adaptou a Boa Terra e voltou) e pediu o tal de Thiago Heleno (ontem eu só vi o primeiro tempo e deu pra notar que ele está no nível de Valdson, Fabio Braz, Kadu….). Da base o único que o agrada é o Boquita.
    3- Quando o Herrera foi contratado pelo Corinthians, a mídia anticorinthiana sacaneou a vontade. O tal do Flávio Prado fazia questão de lembrar que o apelido do argentino era quase-gol. Ai o cara vestiu o manto sagrado desandou a fazer gols….Veio o ano seguinte e o Corinthians resolveu apostar no Souza e dispensou o Herrera. O Souza fracassou no Timão,é verdade, mas quem não apostaria nele em 2009? Quem não apostaria num atacante em cujo currículo consta a artilharia de um campeonato brasileiro por um time que no máximo podemos considerar mediano?

    Curtir

    • 09/30/2010 22:32

      E eu acreditei quando ele disse que iria utilizar mais jogadores da base…

      Dodô e Willian Moraes, nem no banco. E olha que esse Willian já mostrou que tem futuro.

      O Bruno poderia entrar no jogo de ontem sem nenhum problema.

      Curtir

  5. jeff permalink
    09/30/2010 18:15

    Pra mim é simples: Mano é mano do Sanchez, e, pra ele, isso basta.

    Seria uma boa experimentar o Danilo…

    Curtir

    • 09/30/2010 18:47

      Foi a 1ª coisa que eu pensei, mas aí alguém disse: por que agora ele fica com babação de ovo para cima do Adilson, se o Adilson agora é mano do Sanchez?

      Curtir

      • jeff permalink
        10/01/2010 17:35

        Chegar reclamando do Adílson logo de cara é complicado.

        Contra o Mano, há “suspeitas”…

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: