Skip to content

Mesa redonda: o que significa #foraadilson

10/04/2010

Como nossos problemas são maiores que discutir a CANALHICE de contratar um técnico adversário por um punhado de dólares, vou gastar o teclado discutindo o significado do #foraadilson.

  1. #foraadilson não significa, necessariamente, mandar o técnico pastar. Se ele muda o modo de ver o jogo, dá alguma organização a balbúrdia atual, já seria um sopro de esperança. (Até porque eu não tenho o menor saco para demonizar seres humanos, meu negócio é o que o cara está fazendo agora e se ele é capaz de perceber a merda que está fazendo).
  2. Com as suas coletivas ao melhor estilo rocker-fuck-the-midia, ele não dá nenhuma brecha para, pelo menos, deixar a gente ENTENDER UM PINGO do que ele está pensando. O pior é aguentar as tiradas ultrapassadas do tipo: “com Danilo o time fica mais aberto”, “estava entre Edu e Boquita” etc.
  3. Eles recebeu um time 1º em aproveitamento, bem montado na idéia de que Bruno Cesar deveria ser o centro do nervoso da criação ofensiva. Ele trocou isso, que funcionava e agradava, por um sistema em que Elias é o privilegiado por ficar mais avante e sem função — nada contra o jogador.
  4. Não é à toa, também, que muitos jogadores gostaram do novo comandado: pô, o outro exigia disciplina tática! (Mourinho diz que quando o time começa a perder o foco no dia-a-dia, ele intensifica os treinos táticos. Esse é o conceito de disciplina para Mourinho).
  5. A melhor imagem é a que Mano deixou no seu último jogo, um time organizado e 1º colocado, e a pior é a que nós alertamos em 26 de agosto, mais de mês atrás.
Anúncios
15 Comentários leave one →
  1. Cesar Augusto permalink
    10/04/2010 20:37

    Raul, meu filho, neste caso, também conhecido como Cesar Augusto, hehehe

    Curtir

  2. 10/04/2010 20:13

    Fato:

    Campanha de Mano Menezes no Br10: Corinthians = 1º
    Campanha de Adílson Batista no Br10: Corinthians = 8º

    Aos poucos o Prof Pardal vai desconstruindo toda organização tática do time de Mano Menezes.

    Sábado foi o fim da picada! Ele entra com o time errado e vai fazendo substituição e rezando pra ver o que acontece… na base do chute mesmo!

    E a titularidade do Tiago Heleno alguém engoliu?

    Alvaro, ele não dá uma boa entrevista porque ele não tem conhecimento técnico e tático… é treineiro de motivação, forma a patotinha dele e fica na base do “vamo lá” “vamo lá”

    Infelizmente já é tarde para troca de comando e a minha torcida é que Adílson não nos tire a 3ª colocação do campeonato… nesse ritmo que o Prof Pardal anda não vou falar de título!

    Para os amigos acima que estão reclamando do elenco, é exatamente o mesmo que Mano pos em 1º… e muito melhor do que o elenco que Mano colocou na final da Copa do Brasil 2008 e foi garfado na final!!!

    Abs!

    Curtir

  3. Raul permalink
    10/04/2010 20:13

    Eu acho que com o Mano seríamos campeões com os dois pés nas costas, mas seria um título sem nenhuma emoção, sem nenhuma graça. O Mano versão 2010 é infinitamente inferior ao Mano versão 2009, porque, em minha modesta opinião, faltou convicção ao nosso ex-treinador.

    O Mano Menezes errou na Libertadores porque acreditou num conceito de futebol que corria poucos riscos, criava poucas oportunidades de gol e era, para o meu gosto, excessivamente lento. Era pragmático ao extremo. Podíamos vencer sem brilho e perder sem brilho, como de fato perdemos. Mas isso num mata-mata.

    Num campeonato longo e chato como é o Brasileiro, o Corinthians com o Mano iria se sobressair, especialmente, porque, gostando ou não, brilhante ou não, bonito de se ver ou não, o Corinthians era equilibrado e extremamente organizado taticamente. Dificilmente, o Corinthians era superado na questão tática.

    Quantas vezes com o Mano, o William, que é lento, ficou no mano a mano com o atacante adversário?

    Pouquíssimas vezes.

    Quantas vezes com o Mano o Corinthians se desorganizava taticamente?

    Pouquíssimas vezes.

    Com o Mano, o Corinthians errava pouco, perdia pouco, tomavas poucos gols, não fazia tantos, mas, em geral, vencia.

    Certamente, seríamos campeões.

    E repito:

    Estávamos prontos para levantar a taça.

    Prontos.

    Mas, o Adílson em dois meses de trabalho estragou tudo.

    Somos vulneráveis, mesmo com 3 volantes.

    Somos desorganizados e jogamos praticamente da mesma forma, sempre com 3 volantes, privilegiando, taticamente, o Elias da mesma forma que o Ramires era privilegiado no Cruzeiro.

    O Adílson está equivocado no conceito de futebol, mas isso não significa que deva ser demitido. Ele tem que se reciclar, ser humilde e entender que está equivocado. Esse é o caminho, caso contrário não passará do fim do ano.

    Hoje li no Cosme Plantador de Crises Rímoli que a diretoria do Corinthians já torce o nariz para o Adílson e sonha, pasmém, com Abel Braga para 2011, o que é uma aberração.

    O Adílson está equivocado, mas pode evoluir. O Abel, apesar dos títulos com o Inter, herdou um bom trabalho do Muricy e, taticamente, é medíocre, pífio, estapafúrdio.

    Entre Abel e Adílson, apesar das invencionices, sou mais Adílson.

    E entre Adílson e Mano, apesar da antipatia de alguns corintianos pelo Mano, não há termo de comparação.

    O Mano é um Corinthians.

    O Adílson, ainda, é um Figueirense, mesmo o currículo de ambos, em termos de títulos serem parecidos.

    E este é o problema das análises sobre técnicos, pois elas se baseiam apenas em resultados e não em trabalho. Mano, outro dia, foi comparado a Dorival Júnior, porque ambos conquistaram os mesmos títulos. O problema é que o time do Dorival ganhou porque era muito melhor que seus adversários, tecnicamente. O Corinthians, versão, 2009, ganhou na técnica e na tática, logo não há qualquer termo de comparação entre o Nariz e o Mano.

    O Mano, estava na cara, faria muita falta ao Corinthians, pois o Adílson é antítese do MM.

    O Mano é o pragmatismo, a razão, o equilíbrio. O Adílson é a ousadia que não agrega nada. É o ofensivismo em conjunção com uma desorganização tática que, até, agrada a torcida, agrada boa parte da mídia, porque torna o jogo mais imprevisível, mas que serviu, nestes dois meses ,apenas para estragar um brilhante trabalho de 2 anos e 8 meses.

    Ainda dá para o Corinthians, porque somos fortes, mas o Adílson tem que evoluir ou os jogadores não ouvirem suas instruções e jogarem de outra forma, mais sólida, mais equilibrada, mais previsível.

    Curtir

    • 10/04/2010 23:13

      Parabéns pelo texto, concordo em quase tudo…

      Não acredito nessa interpretação de Mano 2009 e Mano 2010, o que ocorreu foi que ele teve que passar por uma reformulação de elenco após a saída de André Santos, Cristian e Douglas.

      É só vc pegar o jogo do Brasil de Mano contra os EUA e ver o time que ele montou… organizado taticamente e ofensivo! Como considero o time de 2009 do Corinthians ofensivo… já o time de 2010 ele organizou como dava (não estou isentando Mano da responsabilidade das indicações das contratações, mas isso é outros 500)

      Abs!

      Curtir

  4. Alessandro permalink
    10/04/2010 19:27

    Pra mim o problema é claro e não tem treinador que não vá enfrentar as mesmas dificuldades pois o problema é elenco. Iarley e Jorge Henrique são bons jogadores, mas nunca foram artilheiros, só temos 1 jogador que cria as jogadas, Roberto Carlos e Alessandro apesarem do grande esforço, não possuem mais fôlego pra jogar uma maratona de jogos e no banco não tem ninguém capaz de desequilibrar. Não adianta fazer comparações com Mano( por sinal um dos culpados por trazer alguns péssimos jogadores) pois ninguém sabe se seria campeão e com Mourinho que se tivesse um elenco desses talvez pedisse demissão.

    Curtir

    • 10/04/2010 20:14

      o problema pra ganhar em casa do Ceará é elenco??? Tá brincando né!!!

      Curtir

      • Alessandro permalink
        10/04/2010 22:16

        Thiago não estou isentando o Adilson dos tropeços, acho sim que ele cometeu erros, acredito que a defesa está bem pior e já estou de saco cheio de “chuveirinho” na área, para nosso baixinhos atacantes. Também deixar claro que não desmereço a tática no futebol, muito importante hoje.

        Mas ainda tenho o pensamento que falta mais qualidade ao elenco do Corinthians, vi jogos a quais perdemos pontos como Cruzeiro, Grêmio e até Inter que jogamos melhor mas pecamos na finalizações, o Iarley chegou a perder gol em cima da linha e fora os penaltis perdidos, isso não pode ser atribuído a culpa ao tecnico sempre.

        Você me diz que pra vencer em casa o Ceará não precisamos ter um bom elenco, concordo com você, mas para vencer um campeonato que possui 38 jogos com um time limitado, tendo vários desfalques, aí é difícil.

        Curtir

        • mucio rodolfo permalink
          10/04/2010 22:28

          Eu não acho o nosso elenco ruim. Temos carência nas laterais. Na direita quando o Alessandro não joga temos que improvisar. Na esquerda também improvisamos porque o Adilson não tem confiança nos garotos Dodô e Bertucci. Para o ataque teríamos cinco jogadores a disposição do técnico, não fossem as contusões e a novela Ronaldo que é um caso a parte. Na zaga, o Castan e o Paulo André quebram bem o galho nas ausências de Chicão e o Willian. O problema é que talvez o Adilson queira provar na prática que acertou ao indicar a contrataçao do Thiago Heleno.

          Curtir

        • 10/05/2010 8:53

          nosso elenco não deve nada aos elencos de Flu e Cruzeiro… já nosso comandante tá precisando mostrar serviço!

          Curtir

  5. EDDIE/SCCP1910 permalink
    10/04/2010 19:21

    Eu nunca gostei da versão 2010 do Corinthians do Mano, achava que o time agredia pouco o adversario.

    Mas quando o Adilson chegou uma dos temores que passavam pela minha cabeça era a repetição do fenomeno Geninho, que recebeu um time organizado do Parreira e na primeira coletica disse que não gostava de time que tocava muito a bola e queria velocidade. Na hora eu vi que aquilo não daria certo
    E acho que esta ocorrendo o mesmo agora

    Aquela primeiro gol do Ceara, time amador não pode tomar. Contra-ataque de bola parada, com o Camisa 10 correndo atras do atacante adversario é o fim

    O time nem agride com organização, e perdeu a solidez defensiva da era Mano

    Curtir

  6. Alan permalink
    10/04/2010 17:53

    pelamor, o que eu vi sÁbado merece uma palavra nova:
    o Corinthians estava todo “DESBAGUNÇADO”

    Curtir

  7. mucio rodolfo permalink
    10/04/2010 17:43

    Mas o Adilson é capaz de rever seus conceitos, perceber as cagadas que anda comentendo? Existe alguém no departamento de futebol para, como disse o Alessandro antes, dar os devidos toques ao treinador. E me permita repetir o que eu escrevi no seu ultimo post. Em 2005, a diretoria demitiu o Márcio Bittencourt, mesmo com este apresentando um ótimo rendimento no comando da equipe, porque sentiu que sua inexperiência poderia colocar o título a perder. Este ano, o título pode escapar das nossas mãos se o Adilson insistir nesta tara por três volantes, se ficar tentando revolucionar o futebol no lugar e na hora errada. A princípio eu também sou contra mandar o técnico embora, mas dependendo dos próximos quatro resultados não garanto a sua permanência no PSJ.
    PS: Não me lembro se foi na Folha ou no Estadão: havia uma matéria mostrando que o desempenho do Corinthians caiu depois da troca de Mano por Adilson

    Curtir

    • Alessandro permalink
      10/04/2010 17:58

      Essa foi boa, “tara por 3 volantes”.
      Mucio a matéria saiu no Estadão, com Mano nosso aproveitamento era de 72% e com o Adilson passou a ser de 52%.

      Curtir

  8. Alessandro permalink
    10/04/2010 17:09

    Também acho que não é hora de trocarmos de técnico, ele tem que ter algum parceiro para alertá-lo(todo nós temos), precisamos voltar para o 4-2-2-2, e não está difícil.
    Com todos os desfalques que temos daria pra escalar:
    JC, Alessandro, William, PA, RC, Boquita, Jucilei, BC,DF,Iarlei e WM.
    O duro é que ouvi uma entrevista dele dizendo que não dava pra entrar com dois meias que o time fica exposto, e contra o Ceará ficou como?
    Quarta-feira vai ser foda, se não conseguirmos pelo menos um empate vai ser aquela pressão que conhecemos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: