Skip to content

Um erro. Um erro suficiente para acabar com a imagem de bom técnico de futebol.

10/08/2010

Parreira, salvo engano, escreveu um livro intitulado “Como formar equipes vencedoras”.

Adilson Baptista, hoje, já poderia escrever “Como estragar uma equipe vencedora em dois meses”.

Cesar Augusto no seu comentário tradicional pós-jogo.

Adilson Batista, o bem afamado com a mídia festiva, foi para o Timão e cometeu um erro. Pode-se enumerar uma pá de erros, mas apenas um deles é o erro original.

Adilson veio para cá com o sistema tático do Cruzeiro na cabeça. Ao invés de manter o sistema do Mano — que já foi bem complicado de se montar devido ao insucesso das contratações para a temporada –, ele preferiu trocar o modelo de jogo bem treinado no PSJ, por um novo que apenas ele conhecia e que teria sido a base do seu sucesso como treinador no time de azul.

Lá, ele cansou de privilegiar o Ramirez como volante que avança e também, por muitas vezes, insistia em colocar o seu meia-armador aberto na ponta, como no caso do Wagner. No timão, isso se traduz pelo Elias (e agora o Paulinho) sempre bem avaliado e com o Bruno, o seu maior erro tático, rotulado de “sumido” ou “atuação apagada”. Lembrem-se que o rapaz era o artilheiro e estava cotado para a seleção! Como ponta direita é capaz de acabar no banco.

Quando o Bruno criticou esse problema de posicionamento — crítica antecipada por aqui — ele já estava cantando o tamanho da cagada.

E isso tudo é bem DIDÁTICO, pois mostra que o modelo tático é a chave para se vencer ou, como no caso, perder jogos de futebol.

O sistema causou uma AVARIA no casco talvez definitiva: as constantes mudanças de posicionamento dos jogadores minaram a capacidade física da equipe. Nem se pense em culpar  a preparação física. Culpe-se um sistema que exige movimentações inúteis e desgastantes. Exemplo: Bruno Cesar e Danilo recuando para marcar os laterais adversários. Como são jogadores lentos, quando o time retoma a bola eles não estão onde deveriam para construir a jogada de ataque.

Minhas esperanças:

  1. Que a diretoria de futebol já tenha contatado algum treineiro mais rigoroso taticamente, para troca imediata. (Esperemos que a diretoria não tenha errado na multa contratual, pois o Adilson, mesmo com o CV de treinador do Cruzeiro, ainda era aposta).
  2. Que o Corinthians se recupere físicamente durante o período de jogos só aos finais de semana. Sem essa recuperação, não há solução.
Anúncios
9 Comentários leave one →
  1. Alessandro permalink
    10/09/2010 11:32

    Temos uma partida a menos, caso haja uma vitória, assumimos a ponta, claro é uma suposição, apesar de toda patifaria do Sr. Pardal acho que não é hora da troca. Tenho esperança que com a volta do Gordinho(emagreceu 7 kg), Chicão, Elias, Dente(parece que não foi sério), e Ralf seremos Campeões com Pardal ou sem Pardal.
    JC, Alessandro, William, Chicão, RC, Ralf, Jucilei, Elias, BC, Ronaldo e Dente.
    Para 2011, Parreira.
    Não pára de lutar!

    Curtir

  2. mucio rodolfo permalink
    10/08/2010 23:35

    Eu acho que o Adilson só vai cair quando a vaca já estiver definitivamente no brejo. Voce acredita que o Adilson cai logo,mesmo vencendo o jogo de domingo. Pergunto: isto não passa de puro “achismo” de sua parte ou você tem elementos concretos para acreditar nisso? Obrigado.

    Curtir

  3. Emboava permalink
    10/08/2010 20:28

    Eu não acho que ele saia neste momento. Nem se ele perder do Atle-GO. A não ser que já tenham encontrado um outro técnico… o Parreira seria ótimo…

    Agora se ele perder o próximo jogo ele vai ter que se reciclar… passar as noites assistindo aos jogos do Timão desde 2008 quando o Mano era o técnico pra ver como ele tinha deixado o time e em que posição joga melhor cada um…

    O Elias não é o Ramirezzzz…

    Os únicos jogos que eu vi do Cruzeiro quando o AB era técnico foi o jogo no Morumbi contra o Sampa… uma merda de jogo dos dois times em que venceu o menos pior… e a final… em que o Cruzeiro jogou malz pakas…

    Eu não gostava do Mano… opinião própria… e pensava que o Adilson era melhor que ele por ler por aí que o cara era bom… mas eu estava equivocado.

    Agora entendi pq ele saiu do Cruzeiro… uma pena…

    Curtir

  4. mucio rodolfo permalink
    10/08/2010 19:35

    1- Se a degringolada continuar, não acredito que o Adilson permaneça até o final do ano. O Mano permaneceu por dois anos e meio, mas foi uma situação especial. Em 2008, ele era o responsável por um trabalho de reestruturação. Em 2009 ele foi prestigiado -sem as famigeradas aspas- pelos dois títulos conquistados. E se a gente for acreditar em algumas informações de jornalistas segundo as quais o Andres ofereceu o Mano para a CBF, chegamos a conclusão de que a diretoria estava interessada em se desfazer do Mano
    2- Quando o Adilson assumiu, eu disse que o time só precisava de alguns ajustes. Ajustes que talvez fossem quase impossíveis nas mãos do Mano. Só que o Adilson não teve inteligência suficente para entender isto e tentou virar o time no avesso. E o resultado é isto que estamos vendo. Além disso, ele deve ter pensado que se mantivesse o time do jeito que esteva jogando com o Mano ou com poucas alterações, todo mundo iria dizer que os méritos de uma eventual conquista era do técnico anterior´.

    Curtir

    • 10/08/2010 20:10

      Eu acho que ele sai mesmo com vitória contra o AGO…

      Curtir

    • Daniel CMS permalink
      10/09/2010 14:37

      Uma outra interpretacao sobre o fato de a diretoria ter oferecido o Mano para a CBF poderia ser uma consolidacao do prestigio do AS junto ao RT. O que acham?

      Curtir

  5. 10/08/2010 19:14

    Pode esquecer. A diretoria não vai mandar o Adílson embora. Estamos com a política do futebol “moderno”.

    Curtir

  6. EDDIE/SCCP1910 permalink
    10/08/2010 16:08

    Assino em baixo

    Só não consigo imaginar quem seria o treineiro mais rigoroso taticamente. Parreira?? Ele quer??

    E alem disso o cara tem que ser malandro, e isso o Mano é.
    Nunca deixou a situação sair do controle porque sabe que no Corinthians espirro vira pneumonia. E nas entrevistas ele não me passa essa confiança de quem ta no controle da situação, de quem sabe o que tá fazendo, apesar dele dizer o contrario.

    Curtir

  7. André Pinheiro permalink
    10/08/2010 15:07

    alvaro,
    troca imediata nao acredito, acredito que no fim do ano em caso de fracasso no titulo.
    se ganharmos vamos com adilsao em mais uma libertadores, só que dai ninguem vai ter a mesma paciencia deste ano em caso de mais um fracasso.
    abraço

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: