Skip to content

Mesa dos Cavaleiros da Távola Redonda

11/15/2010
  • E todo mundo quer discutir se foi ou não penalty. Eu não. Quero discutir o espírito paladino do cruzeirense. Aquele time que ABANDONA a partida nas injustiças, mas simula todo tipo de lance para vencer na base das mesmas injustiças. Esse é o ponto: quer se mostrar PURO? Então, pára de simular todo o lance. Pára de pressionar a arbitragem todo o lance. Não queira impor o nome do juiz antes do jogo. Aí, quem sabe, pode ter o meu respeito.
  • Deveriam fazer uma camiseta dessa foto. Foto: Ricardo Trida (AE)

  • O clássico choro cucaniano, seja maquiavélico ou depressivo, é um tremendo tiro no pé e queima o time que fica marcado como os chorolados. Vejamos: se ele, ao invés de alimentar a reação desproporcional do seus jogadores, segura a onda, teria um time para disputar o resto do campeonato. Essa “hombridade” fajuta eu não engulo. Assim como também não engulo quando jogador do Corinthians resolve dar pontapé no fim de jogo porque está perdendo. Tem de buscar a vitória até o fim. Lembro que o Fabinho fez isso numa Libertadores e achei uma babaquice. Aliás, ele estava no banco do Cruzeiro no Sábado.
  • Como tem babaca na imprensa esportiva, não?
  • Ganha o título de “blogueiro com asterisco” o MALUCO do Globoesporte que quer colocar um asterisco no campeonato “se o Corinthians vencer”. O triste é que esse cara é redator do Globoesporte. Alguém deveria enfiar essa foto ao lado, bem enroladinha, NO ASTERISCO DELE!
  • O pior é quando eles se saem com aquela: “gente que não sabe discutir…”. Ô MALUCO, você não está discutindo, está ACUSANDO!
  • O Cruzeiro tem um centroavante muito inferior ao Souza e não vemos a torcida horrorizada por lá. Por que o Corinthians queima tão rápido seus jogadores? Exemplo nº2 é o DF, que mal joga, mas já tem um fã clube de odiadores!
  • Na melhor das hipóteses, SP e Rivales jogarão no ritmo de PELADA que foi o empate contra o Vasco.
  • Nas minhas contas, ainda está em aberto e melhor para o Flu:
    • Flu: 6 pontos garantidos (Palmeiras, Guarani), 3 em aberto (SP)
    • Cruzeiro: 6 pts garantidos (Vasco, Palmeiras), 3 em aberto (Fla)
    • Timão: 3 garantidos (Vasco), 6 em aberto (Vitória, Goiás)
  • EM TEMPO: e o Bruno César? Sentiu o peso da partida?

Corinthians compra tudo!

Anúncios
34 Comentários leave one →
  1. 11/16/2010 10:08

    Esse vídeo aqui acaba com qualquer tentativa de asterisco:

    Curtido por 1 pessoa

  2. Emboava permalink
    11/15/2010 23:37

    Essa foto do Fábio apontando pro lado direito… muito boa…

    Curtir

  3. mucio rodolfo permalink
    11/15/2010 22:13

    “Olha. Eu não vou falar que tal fulano é gay. Mas ele tem um comportamento meio estranho. No vestiário fica olhando com ar de desejo para outros homens. Tem um monte de coisa cor de rosa. Evitar contato com mulheres…..” É assim que certos cronistas esportivos se comportam em relação ao Corinthians. Eles avisam que esta história de apito amigo corinthiano é bobagem, mas elencam um monte de erros ou supostos erros a nosso favor e sofrem de amnésia quando se tratado de elencar os que nos prejudicaram.

    Curtir

  4. juca permalink
    11/15/2010 21:16

    agora quando o Felipe não demonstrou reação na cobrança do famigerado Pênalti contra o Flamengo…

    Curtir

  5. EDDIE/SCCP1910 permalink
    11/15/2010 20:58

    Não me importo com o choro dos adversarios. O que me incomoda é o Corinthians se nivelar aos outros timecos do futebol brasileiro e negociar os direitos de Tv em conjunto com eles
    Querem massacrar o Corinthians diariamente?? Tudo bem. Mas que paguem muito bem pra quem gera audiencia e receita pra eles.

    Gostei muito da entrevista das entrevistas do Elias e do Andres Sanches, por outro lado o Roger só falou besteiras, misturou tudo e chegou a pedir que Palmeiras e São Paulo ajudassem Cruzeiro e Fluminense

    —————————————————————–

    Concordo que Jorge Henrique seria reserva pra qualquer um do meio pra frente, infelizmente perdemos dois de uma vez. Acho que vamos com JH e Danilo. Acho que é o jogo do titulo, em caso de vitoria, adeus.

    Curtir

  6. Daniel CMS permalink
    11/15/2010 20:32

    Peco licenca para reproduzir um texto do Torero que explica um estudo feito sobre o comportamento de juizes de futebol. Em suma, existe apito amigo sim e este existe porque a FIEL e’ o que e’: A MAIS APAIXONADA TORCIDA DO MUNDO.

    =============
    Todo juiz é ladrão!

    (Recoloco aqui um texto de 24 de novembro de 2005 que ajuda a entender o pênalti marcado para o Corinthians ontem)

    Sim, jurístico leitor e judiciosa leitora, todo juiz é ladrão. E quem diz isso não sou eu nem a torcida colorada. São estatísticos alemães. E não imagino gente mais séria e com mais siso do que estatísticos alemães.

    Explico melhor. É que o leitor Roberto Porto, um econometrista (procurei no dicionário e vi que um econometrista não é especialista em ecos, mas um indivíduo versado em econometria, método estatístico de análise de dados e problemas econômicos), enviou-me um artigo publicado no “Journal of Economic Psychology”, intitulado “Favoritism of agents – The case of referees home bias”, que no meu péssimo inglês eu traduziria como “Favoritismo dos agentes – A tendência dos juízes em favorecer o time da casa”. O texto é de Matthias Sutter e Martin Kocher, professores da Universidade de Insbruck, Áustria.

    Tomando como base os jogos do campeonato alemão de 2000/ 2001, Sutter e Kocher estudaram dois aspectos da arbitragem: o tempo de acréscimo dado pelos juízes e a marcação de pênaltis.

    Em relação aos acréscimos, viu-se que os árbitros tendem a dar mais tempo extra principalmente quando o time da casa está perdendo por um gol de diferença. Neste caso os acréscimos ficam em torno de 2,75 minutos.

    Porém, se o time da casa está vencendo por um gol, a média de acréscimos fica abaixo dos dois minutos. Pode não parecer uma grande diferença, mas estes segundos a mais foram fundamentais para que o Internacional vencesse o Brasiliense no último dia 20.

    Passemos à parte mais interessante do artigo: os pênaltis.

    Segundo os dois teutônicos (que significa alemães, e não um tipo de daltônicos), no campeonato de 2000/2001 foram marcados 76 pênaltis, 55 para os times da casa e 21 para os visitantes. É claro que, como os times da casa geralmente atacam mais, eles deveriam ter mais pênaltis marcados a seu favor. Mas os econometristas foram espertos e procuraram em reportagens quais os pênaltis que foram, nos dias seguintes, aceitos ou refutados pela imprensa.

    Dos 55 pênaltis caseiros, 5 foram dados como injustos. Dos 21 pênaltis visitantes, somente 1 foi classificado como ilegítimo. Além disso, não foram dados 12 pênaltis para os times da casa e 19 para os visitantes (como o caso de Márcio Rezende de Freitas no domingo). Ou seja, em 62 jogadas em que deveriam ser marcados pênaltis, os times da casa tiveram 50 penalidades assinaladas (81%). Já os visitantes, que deveriam ter a seu favor 39 marcações, receberam apenas 20 (51%).

    Segundo os autores, este favorecimento ao mandante pode ocorrer devido ao barulho, à pressão da torcida. Para tal afirmação, eles se basearam num experimento inglês com 40 juízes. Todos assistiram a um jogo do Campeonato Inglês pela TV. Metade escutava o som (e a torcida), a outra metade apenas via as imagens. Os que tinham acesso ao som foram 15% mais relutantes em marcar as faltas do time da casa.

    Em resumo: todo juiz é ladrão! Mesmo que seja sem querer.

    Apito amigo
    A pesquisa talvez ajude a explicar um pouco o porquê de o Corinthians ter a fama de ser ajudado pelo “apito amigo”, seja ele soprado por Javier Castrili ou Márcio Rezende de Freitas. Como trata-se de uma torcida imensa, que canta e pula durante todo o jogo com um amor quase insano (às vezes sendo mais numerosa e/ou ruidosa que o time da casa), os juízes acabam ficando impressionados e pressionados. E isso acaba causando erros como o de domingo. Mas, antes que me acusem de dizer que os torcedores estimulam o roubo, aviso aos corintianos que isto não é uma acusação. Na verdade é quase um elogio: à torcida, não aos árbitros. Estes deveriam estar acima das pressões, deveriam usar tampões morais nos ouvidos.

    Curtir

    • 11/15/2010 20:47

      Não conhecia esse texto, muito bacana!

      Curtir

    • mucio rodolfo permalink
      11/15/2010 21:55

      O texto do Torero vem reforçar a história do apito amigo, agora justificada pelo barulho da torcida. Então durante duas décadas a nossa torcida fez pouco barulho, pois como lembrou o Mario Santiago ficamos este tempo todo sem ganhar um título importante e não me venham me dizer que os nossos times eram horríveis porque (excluindo o de 61) não eram. O Torero é santista e escreveu um livro sobre o time dele. Eu não li o livro e pelo que fiquei sabendo tem um capítulo dedicado aos juízes. Alguém que leu este livro poderia me informar se ele fala dos juizes que ajudaram o Santos a brilhar nos anos 60? Ele se lembra que em 84 o juiz deixou de marcar um penalti claríssimo em cima do Zenon e que em 2002, o Robinho -que estava pendurado- fez uma falta criminosa no Deivid, na primeira partida, e não levou sequer o amarelo. Aposto que o Marcio Rezende de FReitas é citado neste livro por causa daquele jogo com o Botafogo.

      Curtir

      • Daniel CMS permalink
        11/16/2010 0:01

        Mucio

        Acho que posso tentar defender um pouco o texto – na realidade a pesquisa dos austriacos.

        O fato de haver uma tendencia dos juizes em favorecer o time da casa nao significa que o time da casa va’ vencer. Talvez aumente marginalmente as chances. Mas ligar este fato ao tempo que o Corinthians ficou na fila e’ dificil porque existem muitos outros fatores que fizeram o Timao sofrer por tanto tempo. Assim a arbitragem talvez nao seja determinante para o sucesso ou fracasso de equipes no longo prazo.

        O texto me trouxe aa memoria os play-offs da NBA. Como explicar que um time consegue ganhar em casa do mesmo time que perdeu fora? Como explicar que muitos desses play-offs sao decididos na setima partida?

        Penso tambem na Libertadores e imagino que nao seja so barulho da torcida mas toda a pressao que os adversarios e arbitros sentem ao pisar em solo inimigo.

        Em relacao aa conclusao do Torero usando a pesquisa dos ingleses, achei que 15% a mais em relutancia nao parece muito. Mas talvez seja bastante se considerarmos que a pesquisa foi feita “em laboratorio”, na frente da TV.

        Curtir

    • Emboava permalink
      11/15/2010 23:33

      Bom texto… e tem seu sentido…

      Curtir

  7. 11/15/2010 19:16

    Como disse no meu blog o choro é livre… e a anti-corintianada precisa de razão pra viver… e a midiazinha brasileira hipóicrita precisa de vender jornalecos e aparecer em cima da maior maior marca do Brasil = CORINTHIANS!

    Minhas Contas são:

    * Flu: 6 pontos garantidos (Palmeiras, Guarani), 3 em aberto (SP)
    * Cruzeiro: 6 pts garantidos (Vasco, Palmeiras), 3 em aberto (Fla)
    * Timão: 6 garantidos (Vasco, Goiás), 3 em aberto (Vitória)

    Esse * do cruzeiro é teoria né… porque na prática Cuca e suas descontroladas podem perder todos seus jogos e a vaga na libertadores… e acabar o ano chorando tanto quanto as porquinhas do Belluzo ano passado!

    Agora nossa grande decisão dos jogos finais é o próximo jogo contra o Vitória… se vencermos nada mais nos tira o título! Abraço!

    Curtir

  8. Emboava permalink
    11/15/2010 18:59

    Todo mundo tem o direito de reclamar… a final todos são hipócritas…

    O Calendário do Corinthians é o mais difícil… principalmente se não jogarmos com raça… pois jogando mal é capaz de o Vitória ganhar ou empatar conosco… então tem que encarar o Vit. e o Goiás como se fossem SP e PI… Acho que o Vasco deve ‘entregar’ pra nós… mas temos que tomar cuidado e não confiarmos demais…

    O BC não jogou mal por ter sentido a pressão e sim por como estava o Cruzeiro em campo… o BC teve que abrir… e jogou na direita… já que o Ronaldo não ajudava na marcação… o cara é bom…

    Curtir

  9. Mario Santiago permalink
    11/15/2010 17:58

    Desde criança que eu ouço essa história de que o Corinthians só ganha roubado. Uma teoria meio incoerente, uma vez que o clube passou quase 23 anos sem ganhar um título importante.

    Mas agora a coisa está ficando doentia e a tendência é piorar cada vez mais. A verdade é que bateu o desespero nos anti-corintianos, pois o Timão está se transformando numa potência econômica, com a arrecadação aumentando ano após ano. E isso, certamente se reflete dentro de campo, com resultados positivos. E agora que o Corinthians já tem um moderno Centro de Treinamento e construirá seu estádio, os anti-corintianos sabem que ficará muito mais difícil de segurar do que já está. E não têm muito o que fazer além de gritar, espernear e dar chilique, pois nenhum outro clube tem a força da Fiel Torcida.

    Só que a cruzada dos jornalistas anti-corintianos está ficando cada vez mais difícil, pois com a internet ao alcance da maioria da população, informações inverídicas e declarações ridículas nunca mais ficarão sem resposta e sem contestação. Uma das provas disso é que muitos dos mais anti-corintianos estão relegados à ESPN, que é uma confraria de jornalistas-refugo que nenhuma outra emissora quer em seus quadros, e por isso dá traço de audiência.

    Na minha opinião, a TV Gazeta é a que faz o melhor jornalismo esportivo, pois o faz com honestidade e sem falsa imparcialidade.

    Vai Corinthians !!!

    Curtir

    • 11/15/2010 19:22

      Esse talvez seja o ponto: como sermpre, é uma questão econômica.
      Fortes, poderíamos negociar direitos de imagem como os grandes da europa, ou seja: contratos individuais.
      Isso sim, seria um problema para muita gente!

      Curtir

  10. Alessandro permalink
    11/15/2010 17:47

    A imprensa cobrindo a chegada dos “heróis” paladinos foi a parte mais asquerosa até agora, deram espaço pra torcedores dizerem pérolas e mostrou várias musiquinhas.
    Também vi a discussão citada pelo Cesar Augusto entre Calçade e Arnaldo Ribeiro, foi patético, o Arnaldo não tinha argumentos, era um caso explícito de anti corintianismo. O Mauro Pereira falando que a falta marcada fora da área tem um peso diferente da marcada dentro da área é uma frase pra entrar nas frases da semana da Veja.
    O Cuca é um perdedor nato, chorão e maquiavélico, o soco que dá durante a coletiva foi hilário.
    O Fabrício quando jogava no timão dava entrevista todo dia, e chegou a ser cotado para seleção, hoje joga num time que briga pra ser o primeiro de Minas, ele sabe a força do timão.
    Esse Roger Galisteu nunca ganhou nada até vestir o manto sagrado e agora cospe no prato que comeu, no mínimo é ingratidão, pau nele, tem que levar pro tribunal.
    Vamos ter que ganhar todas, somos 30 milhões de Esparta contra 160 milhões de Fariseus, “Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas”.
    Vai Corinthians, vamos invadir Goiânia.

    Curtir

    • 11/15/2010 19:27

      Agora a nova tese é essa: que era um jogo diferente e o juiz “não deveria ter influenciado tanto o resultado…”

      Esses caras deveriam ter ao menos alguma posição definida, sobre o que pode ou não.

      Curtir

  11. Marcus Sousa permalink
    11/15/2010 17:09

    Via justiça, Andrés intimará Roger

    As acusações do meio campista do Cruzeiro, campeão brasileiro pelo Corinthians em 2005, provocaram a reação do presidente corinthiano: ¨vou interpelar Roger na justiça. Quero que ele comprove o que disse¨, rebateu Andrés.

    Revoltado com o pênalti marcado a favor do ex-clube, Roger afirmou que conhece muito bem o esquema para ajudar o Timão. ¨Estive aqui em 2005 e sei como funciona o esquema”, acusou o jogador.

    Além da defesa do Corinthians, o STJD estudará as entrevistas concedidas pelos jogadores e dirigentes do Cruzeiro depois do duelo no Pacaembu. Perrela e Roger são os principais alvos do tribunal.
    por Leandro Quesada às 16:17

    quero ver provar agora chinelinho maldito

    Curtir

  12. Nicolas permalink
    11/15/2010 17:06

    Ainda não consegui entender porque o pênalti causou tanta comoção.Já ouvimos o parecer dos especialistas e os que negam a penalidade estão completamente desmoralizados.A única coisa que ouço agora é um balbucio e o choro descontrolado,hehe.O engraçado é que sequer se dispõem a apresentar bons argumentos contra a marcação do pênalti.”É a minha opinião”,sem mais,é o que dizem muitos.Como se estivessem dispensados de apresentar os fundamentos de seus pontos de vista.

    Vamos supor,apenas para argumentar,que lances como este deixem de ser infrações.Imagine a cena ocorrendo com frequência em um campo de
    futebol.Passa a existir o direito de atirar o corpo e desequilibrar o adversário.No limite,os jogadores passarão a ter de usar proteções.O nosso futebol será bem modificado e para muito pior.As regras do futebol,bem apresentadas pelo Calçade, existem para preservar a qualidade do esporte.

    Curtir

  13. Cesar Augusto permalink
    11/15/2010 15:25

    O Campeonato, ainda, está em aberto, mas, agora, dependemos apenas das nossas próprias forcas, o que nesta fase é uma excelente vantagem.

    E estamos em vantagem, graças ao endeusado Muricy que escalou o Fluminense de forma tétrica.

    Vi uma entrevista dele dizendo que não era possível escalar Diguinho e Deco juntos, porque o time perderia pegada no meio-campo. E aí para dar pegada no meio-campo, mas perder, e muito, a qualidade do passe ele saca o Diguinho e coloca Fernando Bob e Valência de volantes para iniciar o jogo. Um acinte, ainda mais se considerarmos que era mais que previsível que o Fluminense ficaria a maior parte do tempo com a bola nos pés e os dois volantes escalados são, simplesmente, péssimos, no quesito passe.

    No segundo tempo, depois de ser dominado na primeira etapa pelo Goiás, especialmente, no quesito tático, porque tecnicamente o Goiás é lamentável, ele saca o Tartá e o Deco para colocar o Diguinho e o Washington, ou seja, dois postes lá na frente para jogar no 352, liberando os laterais e recuando o Valência para a zaga.

    Errou, mais uma vez, mas fez aquilo que as equipes do Muricy sabem fazer melhor, isto é, viver de chuveirinhos, sem criação nenhuma.

    Apenas aos 34, o gênio Muricy, idolatrado pela mídia, coloca o Rodriguinho, que em seu primeiro lance, sofre o pênalti.

    Demos sorte, graças ao Muricy. Ele nos ajudou.

    Eu, se fosse ele, sacaria os dois volantes e colocaria o Diguinho e o Rodriguinho e recuaria o Deco, mesmo fora de forma para segundo volante, já que a bola, por óbvio, ficaria mais tempo com o Fluminense. Faria uma linha de 3 com Rodriguinho pela direira, Conca pelo centro e Tartá pela esquerda e o Fred isolado na frente. Se não desse certo, o que duvido, colocaria o Washington somente no final para o abafa, também, conhecido como desespero.

    Errou o Muricy para sorte do Corinthians. Ontem, a sorte, o maior jogador do Fluminense neste campeonato, os abandonou e nos deixou dependendo apenas de nossas próprias forças.

    >>>

    Quanto a imprensa em si, está dando asco.

    Quem é do ramo e entende as regras, marcaria pênalti.

    Wright, Marsiglia e Rezende de Freitas marcariam o pênalti e todos eles acharam o lance indiscutível.

    Somente jornalistas, que acham que entendem, é que dizem o contrário. O pênalti no gordo foi claro. Os supostos pênaltis para os mineiros não existiram. E os erros resumem-se aos impedimentos.

    Foi bem legal a discussão entre o bambi, Arnaldo Ribeiro e o Calçade, que utilizou apenas as regras como argumentos. Tal discussão está no site da ESPN.

    Mas essa discussão só servirá para alguma coisa, e esse é o objetivo da podre imprensa, fazer com que o árbitro de Vitória x Corinthians, na dúvida, prejudique o Corinthians.

    Só isso. O resto é choradeira, mau-caratismo e muita desonestidade nas opiniões, principalmente, nos lance do pênalti indiscutível sobre o Ronaldo.

    Querem por asterisco em algo, desta vez, sem motivo algum.

    Mas, asterisco, só se o vencedor for o Corinthians. Caso o vencedor seja outro, a credibilidade do campeonato é inabalada, como seria em 2005, caso o Inter fosse o campeão.

    E assim, provavelmente, desde 1910.

    Mas, como somos corintianos, temos couro duro para aguentar todas as insinuações e mentiras levantadas pela pobre imprensa, que está descontrolada.

    Curtir

    • Morgana permalink
      11/15/2010 19:54

      Agora lembrei do Gaciba, que naquele jogo contra o vasco na CB do ano passado foi execrado por causa de um lance de penalti do Chicão, (lance esse que influenciou o fernadinho beira-rio a fazer aquele famoso dvd) e que depois de todo burburinho, o mesmo arbitro num outro jogo nosso, resolveu “compensar” e marcar até assopro que os jogadores davam.
      Não quero entrar na onda da teoria da conspiração, mas na da teoria da compensação. O proximo arbitro nao pode entrar com o desejo de marcar tudo contra o Timão para garantir sua lisura.
      Precisa entrar pra marcar aquilo que está no bendito livro de regras e ponto final.

      Curtir

      • Morgana permalink
        11/15/2010 20:13

        Ah, outra coisa:
        Compreendo prefeitament a fala do roger. Ele realmente entende de armação.
        Num foi ele cobrando aquele penalti tão absurdo quanto o do Roberto Baggio, só pra derrubar o daniel passarela?

        Curtir

    • 11/15/2010 20:51

      Eu acompanhei ao vivo essa discussão da ESPN, o coitado ficou vermelho depois de tomar umas 2 invertidas do Calçade (que eu nunca vi defendendo o Timão).

      Curtir

    • ALEXANDRE permalink
      11/15/2010 23:55

      que treinador burro!!pegado na marcaça pra pegar o forte meio de campo do goias??? ava!!!
      se for campeao ainda vao idolatralo!! espero que o timao vença as 3

      Curtir

  14. mucio rodolfo permalink
    11/15/2010 13:50

    1- Futebol é algo, as vezes, tão imprevisível que de repente a gente ganha os seis pontos que vc considera em aberto e perde pontos no jogo contra o VAsco. Quanto ao Palmeiras, eu estou com um pouco de esperança de que o Éwerton, que brotou no terrão, dê uma mãozinha pra gente, assim como fez o Rafael Moura ontem. Quanto aos bambis, a pequena chance que eles tem de chegar a Libertadores pode fazê-los não amolecer o jogo contra o Flunimed. O que frustra esta minha expectativa é o fato do Botafogo enfrentar o time reserva do Chorolado no Rio. Ai complicou um pouquinho.
    2- Será que a torcida do Cruzeiro não tem crise de nervos com tal atacante? Quando o Souza foi contratado eu fiquei contente porque se tratava de um cara que havia sido artilheiro de um campeonato brasileiro e que também era pretendido pelo Santos. Um amigo flamenguista comentou que o cara era muito grosso. Na época eu achei besteira, mas depois vi que ele tinha razão.
    3- Domingo o Tite vai escalar o Jorge Henrique no lugar do Dentinho e o Danilo no lugar do Bruno César.

    Curtir

  15. Raphael permalink
    11/15/2010 13:24

    Como tem babaca na imprensa esportiva (2) !!! O Mauro Cesar “Verdade Absoluta” Pereira tá insistindo aqui no Bate-Bola que falta fora da área e dentro da área é diferente, já que um penalti pode decidir um campeonato. Alguem podia avisar esse IDIOTA que um penalti não marcado também decide um campeonato.

    Olha, doentia mais essa tentativa de desqualificar o nosso clube e esse possível titulo Brasileiro. Como disse alguem num comentário do post anterior, a tática nazista dos antis é ridícula.

    Voltando ao que interessa, que é o título: Domingo teremos outra final contra o Vitória, e ainda vamos sem BC e Dentinho. Pela importância do jogo, iria com o Danilo de titular mesmo… e claro o JH que joga na do Dentinho. Willian Moraes fica como opção para o 2o tempo, junto com o DF.

    Sobre as queimada dos nossos jogadores, concordo em partes. Do time desse ano dá para citar Danilo, Tcheco, DF, Souza (sempre) e Iarley. Alguns até deram uma melhorada, mas o Tcheco por exemplo não encaixou nesse time nas chances que teve. Até acho que já foi um bom meia, mas não tem mais gás para jogar em alto nível… ele é reserva até do Coxa na série B.

    As porcas vão perder porque são um time fraquinho mesmo, no máximo arrumam um empate 0x0 contra o Florminense… já que dificilmente terão qualidade e motivação pra fazer gol(s). As meninas acho que abrirão as pernas pelo caráter podre da diretoria do clube, mas o Carpegiani é sério e o time jovem querendo mostrar serviço. Não sei no que vai dar…

    Temos 3 jogos dificeis demais pela frente, caceta! Esse título, se sair, acho que ficará ao lado de 90 no quesito SOFRIMENTO.

    Abs

    Curtir

  16. luciana permalink
    11/15/2010 12:05

    Os jogadores do Cruzeiro fizeram um papelzinho… Ridículo… Isso ninguém questionou , cornetou ou desaprovou… Fazer o q???? Somos muito maiores do q tudo e todos… Não é à toa q somos mais de 30 milhões…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: