Skip to content

É o balanço, estúpido!

12/23/2010

Estamos chegando pertinho do Natal e, até agora, nada de contratações.

Que beleza!

Acho que todo mundo tem lido mais sobre “sucessão no PSJ” do que “novidades no PSJ”. Por um momento até pensei que a mobilização para as tais eleições estava imobilizando a diretoria de futebol. Só que tem um probleminha: as eleições serão apenas lá no final de 2011. Pois se alguém quer ser presidente, tem de mostrar serviço no próximo ano e, para tanto, TEM DE CONTRATAR UMA PÁ DE NEGO AGORA!

Na contramão, o que vimos? Especulações broxantes e a desmobilização equivocada do elenco. É só no Corinthians que existe essa mania de pegar promessa da base e mandar jogar em outros times, como se isso fosse dar “experiência” ao garoto. Mandaram o Casagrande, que todo mundo tinha visto esmerilhar na Copinha, jogar na Caldense. O Viola, depois do gol contra o Guarani foi para o S. José. Agora, precisando de reserva para o RC, mandamos duas (boas) promessas da lateral esquerda para Bragança e Bahia. Com todo respeito, 5 minutos de derby forjam mais que um campeonato baiano inteiro.

O curioso é que é sempre na lateral esquerda. Com o Silvinho e com o Kleber foi a mesma palhaçada, todo mundo sabia que eles eram os melhores, mas sempre começava o ano com o Corinthians contratando algum maluco para a lateral.

MASSSS…. O que explicaria a lerdeza atual em contratar jogadores?

Naquilo que só o bobão aqui acompanha: a verdade é que o balanço financeiro do Clube está uma BOMBA. A dívida disparou (25%, até outubro). Os custos dispararam e toda aquela cascata de “maior patrocínio do mundo” não passou disso: cascata.

Emergencialmente, precisávamos de um lateral direito (para a reserva do Alessandro), um zagueiro titular (para o lugar do Willian) e um goleiro (que talvez possa ser o Bobadilha, ninguém sabe).

As “especulações” de momento estão dando calafrios. Nunca vi tanto corinthiano comemorar quando jogador anuncia que não vem mais para o Timão!

Anúncios
19 Comentários leave one →
  1. Nicolas permalink
    12/24/2010 17:13

    Há reclamações contra os salários de jogadores,vistos como muito elevados.Até concordo,em parte,com as reclamações.O problema é que o SCCP não tem o poder de fixar os salários.Existe um mercado de trabalho em funcionamento.Por um lado,uma oferta escassa -ou nula- de grandes jogadores.De outro lado,clubes insolventes que fazem propostas inviáveis para contratar.Como exemplo,o Fluminense pretende pagar R$ 300 mil para o Araújo,um atacante de 33 anos.E aí,como se pode ter uma austeridade financeira neste ambiente de salários inflacionados?A verdade é que muitos clubes não primam pela prática do fair play financeiro.Tem dívidas muito elevadas e não tem a menor ideia de como pagar.E,ao invés de pagar,vão é tratar de aumentar o rombo.É uma visão de curto ou curtíssimo prazo: conquistas esportivas no presente com inviabilidade financeira no futuro.

    O que tem me irritado são as novelas.Como a novela para a contratação do Adriano.A outra novela é a contratação do Parreira.Acredito que o Parreira seria um bom nome para ocupar uma função diretiva no SCCP.Tem grande experiência no ramo do futebol e poderia implantar um bom ambiente na base e nos profissionais.Uma outra vantagem adicional é que poderia acabar um pouco com a autonomia do Tite.Mas esta novela começa a demorar para ter um desfecho.Logo,outras equipes começarão a tentar contratar o Parreira.Só para ter o prazer de levar vantagem sobre o SCCP na negociação,hehe.

    Curtir

  2. Raphael permalink
    12/24/2010 13:07

    Das especulações que vi até agora (e olha que já foram algumas dezenas de nomes) acho que o único nome certo seria o Alex, ex-Inter. O resto são apostas de risco, como o Adriano ou Alecsandro, ou então jogadores que não servem para o Corinthians, como o tal Anderson Polga.

    Concordo com quem disse que a hora é de apostar em juventude. Se a diretoria não enxergar isso para 2011, de duas uma: é incompetente mesmo ou passamos definitivamente o comandado a empresários (Carlos Leite e alguns outros), com contratações bombásticas como Moacir e outros pernas-de-pau que não servem sequer para o time aqui da rua.

    O fato é que o elenco vem inchando desde 2008 com contratações muito suspeitas. Na série B tivemos que refazer o elenco praticamente do zero, montamos uma boa base mas erramos demais com Eduardo Ramos, Saci, Bóvio, Perdigão, Henrique (?)… depois ainda vieram Souza, Bill, Moacir (!!!) e outros jogadores muito suspeitos. Pra mim o erro foi, depois da saída do Antônio Carlos, a centralização do planejamento nas mãos do Gobbi e Mano… com o Andrés assinando o cheque a rodo. O ideal seria contatar alguem do ramo (Parreira pra mim seria o ideal) para ajudar treinador e diretoria a planejar e executar o futebol no clube. E aí voltamos a discussão da necessidade de uma VISÃO para o futebol do clube, aproveitando a base, com valores claros e CORINTHIANOS e oportunidade para a molecada subir ao profissional.

    Enfim, acho que ainda é cedo para criticarmos a lentidão de reforços pois o mercado está fraco e com poucas boas opções. Só o Florminense, com dinheiro infinito da Unimed e dívida de 300 milhões, anunciou um bom pacotão de reforços com D. Cavalieri, Edinho, Souza (podiam mandar o nosso pra lá né…) e Araujo.

    – O goleiro do Florminense em 2010, o tal Ricardo Berna, está com contrato vencendo e não deve renovar com a vinda do Diego. Não vi muitos jogos dele, mas dizem ter ido muito bem no Brasileirão. Será que é melhor que o JC?

    – Fábio Santos, que jogou esse ano pelo Grêmio, está com contrato vencendo. Mais um que dizem ter ido bem em 2010, mas como praticamente só acompanhei o Corinthians não tenho opinião formada! rs. Seria um bom reserva para o RC?

    – Eu não traria o Liédson. Foi um monstro por aqui, talvez um dos melhores atacantes que vi jogar pelo Timão nos meus 26 anos, mas acho que já deu o que tinha que dar na carreira.

    Abs

    Curtir

    • 12/24/2010 14:42

      Com certeza falta um planejador que olhe a coisa no longo prazo. Nem eles sabem o que querem. Esses empréstimos de peças importantes, mostra que o Corinthians não tem a menor idéia do que quer.

      Curtir

  3. Daniel CMS permalink
    12/24/2010 1:28

    Duro e’ pensar que o spfw pode levar o Liedson – jogador que poderia ser altamente util para nos – em troca de Dagoberto??? Meu Deus!!!!

    Ou o spfw eh genio ou nos somos uns imbecis.

    Curtir

  4. mucio rodolfo permalink
    12/23/2010 16:56

    Boa tarde pessoal.
    1- O Paulo Monteiro exibiu uma foto meramente ilustrativa do esquadrão de 54. Fosse nos dias de hoje, a contratação de nenhum deles causaria o impacto de “marqueting” que algum dos nossos dirigentes atuais desejam. O Gilmar e o Baltazar vieram do modesto Jabaquara, sendo que o primeiro o Corinthians foi quase forçado a comprar, veio como contrapeso. O Rafael, o Roberto, o Idário e o Luizinho vieram da base. No entanto, formaram pelo menos um dos melhores quadros da nossa história. Não precisamos contratar jogadores famosos, badalados para formarmos grandes times.
    2- Uma comparação que gosto de citar é a de 94 e 95. Em 1994 contratamos Moacir, Casagrande, Valdo, Daniel, Wilson Mano, Gralak, Paulo Roberto, Branco, Célio Silva, Souza, Luizinho Quintailha e Marco Antonio Boaideiro. Não ganhamos nada e fomos inclusive eliminados ca Comembol pelo expressinho dos bambis. Em 1995, dispensamos quase todos os jogadores citados, contratamos três jogadores cujas carreiras estavam na descendente (Bernardo, Vitor e Elivelton) e aproveitamos nossas revelações (André Santos, Silvinho, Marques). Resultado fomos campeões paulitas e da Copa do Brasil. Infelizmente alguns dirigentes corinthianos fazem questão de ignorar as lições do passado.
    3- Domingo eu assisti no SporTV um documentário que falava sobre as contusões nos clubes brasileiros. Apareceu um cara responsável por cuidar disto no Corinthians -não prestei atenção no nome e nem na função que ele ocupa- dizendo que o grande problema do elenco era o de ter alguns jogadores em idade avançada. Fica claro que a gente precisa de uma rejuvenescida no elenco.
    4- Eu tenho visto muita gente pessimista com relação ao futuro do time na próxima temporada. Eu não vejo assim. Mesmo com a perda do Elias e do William, ainda temos um bom time e com a volta do Ewerton, do Edno e do Marcelo Oliveira temos melhores opções
    no banco.
    5- Precisamos de um lateral direito, de um zagueiro, de um meia e de um atacante definidor. E como já escreveu o César, de repente a gente procura em todos os cantos do Mundo e eles já estão lá no PSJ. Que tal experimentar o Eduardo Ratinho, o André Vinicius, o William Morais e o Taubate????

    Curtir

    • 12/23/2010 19:51

      EXATAMENTE!

      É o que a gente mais usa aqui: as lições que o próprio passado do Corinthians ensina.

      Esse Eduardo Ratinho não é bom, mas já é bem melhor que o Moacir. O WM jogou muito bem, é só deixarem ele jogar algumas partidas do Paulistão, que já vai disputar posição no ataque. E o Taubaté é excelente finalizador.

      E ainda tem o Elias…

      Sempre que o Corinthians acreditou na base, deu certo. Não pode ser quando a vaca já foi pro brejo (2007). Tem de ser no Paulista, o melhor lugar para lançar jogadores da base.

      Curtir

  5. Emboava permalink
    12/23/2010 16:45

    O que eles querem é trazer jogadores como o wallace pra serem valorizados e depois vendidos no final do ano com o Timão não ganhado nada. Agora temos dois diretores de futebol que o único que sei deles é o que fala o Paulinho.

    Se tivesse só um ali pensando no Corinthians e não em negócios… agente montaria um belo time com jogadores da base… mas como ali dentro só tem gente querendo ganhar dinheiro por fora…

    Sabeis qual é o plano do Andrés para eleger alguém do seu bando?! Sim, o estádio. O problema é que tem muito ignorante sócio que creem que não temos um. Nós já temos. A Fazendinha… qualquer corinthiano decente sabe disso. Mas vou fazer o que.

    Curtir

    • 12/23/2010 19:46

      Você tocou no ponto que não pode passar batido:

      o Estádio seria (ou será) o que foi o Ronaldo na eleição passada.

      Mas a má gestão continua. Como sempre.

      Curtir

  6. EDDIE/SCCP1910 permalink
    12/23/2010 14:38

    Ja no inicio de 2010 o Andres declarava que em 2011 o investimeto iria cair drasticamente. O problema foi ter investido muito mal em 2010
    Não sei aonde a diretoria do Corinthians estava com a cabeça quando achou que ia formar um super-time contratando Tcheco, Iarley, Danilo, Moacir e outros perebas. E pagando salario de craques

    Nossas melhoras contratações ate aqui é a faxina que tem sido promovida no elenco. Isso obrigatoriamente fara com que outros jogadores de maior potencial tenham mais oportunidades. Nesse ponto a falta de dinheiro ajuda, pois não tem grana sobrando pra contratações equivocadas.

    —————————————————-

    Acho valido, em situações de falta de espaço pra jogar, que as revelações sejam emprestadas e tenham seu rendimento monitorado. Não é o caso dos laterais-esquerdos

    Curtir

    • 12/23/2010 15:02

      O problema desses empréstimos é que eles ficam muito do que o treinador quer. Por exemplo, se você for jogador de área, esquece que o Tite não vai deixar jogar.

      Curtir

  7. Cesar Augusto permalink
    12/23/2010 14:07

    A ausência de contratações se dá por dois problemas básicos:

    * Falta de dinheiro;
    * Ausência de bons jogadores disponíveis no mercado;

    Era óbvio que a fatura dos excessivos gastos de 2009 e 2010, chegariam em 2011.

    Gastamos muito, como já disse várias vezes, e gastamos mal. Qualquer jogador, mais ou menos, no Corinthians, chega ganhando algo em torno de 200.000 reais. Foi assim com Edu, Marcelo Mattos, Tcheco, Danilo, Souza, Iarley, Roberto Carlos, entre outros.

    Na ânsia de montar um time competitivo, a diretoria gastou demais com peças discutíveis. O erro do planejamento 2009/2010, pós conquista da Copa do Brasil, foi esse. Contrataram muito e com pouco critério.

    As melhores contratações do Corinthians na gestão Andrés foram Chicão, André Santos, JH, Jucilei, Elias, Douglas e BC. Ou seja, jogadores badalados e com fome de bola, ainda.

    Agora, 2011, será mais pobre, mas, mesmo assim, o Corinthians tem mais dinheiro que os demais adversários. Se está ruim para o Corinthians, estará bem pior para os rivais, uma vez que o clube tem o maior patrocínio do Brasil, foi o clube que mais ganhou em arrecadação.

    Falta no Corinthians mais humildade para contratar. Sim, humildade. Na ânsia de querer demonstrar poder financeiro a equipe, em certos casos, gastou demais. Levou Danilo, que tinha proposta do São Paulo. Levou Edno, que tinha propostas de uma série de times. Levou Tcheco, que tinha proposta de renovação do Grêmio. Ou seja, o Corinthians sempre gasta bem mais para contratar, razão pela qual está mais que na hora de pechinchar um pouco mais.

    E, em 2011, será necessário pechinchar, mas o mercado nacional está escasso.

    Precisamos de um lateral direito, mas vamos de Moacir mesmo, porque o mercado não tem laterais muito melhores que o Moacir.

    Precisamos de um zagueiro para ser titular no lugar do William, mas não há no mercado nacional alguém melhor que o William ou, até mesmo, alguém melhor que o PA. Logo, o ideal é ir, nesta posição, com aquilo que já temos.

    Precisamos de um primeiro volante, mas quem?

    O mercado não dispõe de grandes valores nesta função, razão pela qual vamos de Moradei para a reserva do Ralf.

    E precisamos de um atacante para a reserva do Ronaldo, mas quem?

    Não há no mercado nacional boas opções. No mercado internacional, os valores fogem a realidade. Logo, vamos de William Morais mesmo, qual o problema?

    O nosso time é bom.

    JC, Alessandro, Chicão, PA e RC; Ralf e Jucilei; JH, BC e Dentinho; Ronaldo. É o 4231 típico.

    Precisamos, sim, de reservas a altura. E isso não temos, por enquanto. A diretoria tem que se mexer com mais volúpia, porque o ano para o Corinthians começa dia 26 de janeiro, no Pacaembu, contra o Tolima, que de bobo nada tem.

    Por outro lado, acho que a diretoria está se segurando exatamente por causa da Pré-Libertadores, uma vez que se conseguirmos a proeza de sermos eliminado pelo Tolima, o ano acabou, as receitas acabaram e, obviamente, não teremos grana para bancar ninguém.

    Assim sendo, o jogo contra o Tolima decide o ano.

    Curtir

    • 12/23/2010 14:59

      eu duvideodó que a diretoria vê o problema com a sua clareza.
      Emprestar dois laterais, nessas condições, é erro. Doar o WM é erro.
      A impressão que dá é que eles querem investir numa bala de prata como o Adriano.

      Curtir

      • Cesar Augusto permalink
        12/23/2010 14:31

        Bala de prata, tipo Adriano, desta vez não vai dar certo.

        Não vai dar certo, primeiro porque o Adriano não vem, graças a Deus. E, também, porque não existe no mercado ninguém com tanto poder de marketing, assim. Ronaldinho Gaúcho, que engana desde 2006, pode ir para o Grêmio ou para o Palmeiras ou, até, para o Flamengo, com auxílio da Traffic.

        O Corinthians tem que investir, necessariamente, em jogadores jovens e com poder de venda. Ano passado, o time era bastante rodado e não deu certo. O time permanece rodado e precisa rejuvenescer.

        Entendo que 3 reforços pontuais e a utilização da base são mais que suficientes para manter a equipe forte, mas, desta feita, com mais gás.

        O problema é onde achar os reforços pontuais. Às vezes, e isso acontece no Corinthians, os reforços já estão lá dentro. William Morais é bom. Evérton Ribeiro é muito bom. Lulinha é bom. Marcelo Oliveira é mais ou menos. Taubaté, dizem que é bom. E o Elias, que ficou no banco nos últimos jogos, é um velocista.

        Este ano, a chance terá que ser dada aos jovens, independentemente de Libertadores.

        Nada de envelhecer a equipe. Este é o ano do rejuvenescimento. Colocar os jovens na vitrine e esperar a valorização, porque não é possível que na base não tenha ninguém melhor que o Moacir, o Moradei, o TH, o Morais. Não é possível.

        Se o mercado está fechado, hipervalorizado e a base do time é boa, o ideal é investir nos jovens da equipe de base, que entrando agora, na boa, podem ter a sustentação de um Ronaldo, um Roberto carlos, um Chicão. Assim, fica mais fácil e o Paulista, classificando 8 para a fase final, será a peneira.

        Contratar por contratar não dá mais e onera demais os cofres combalidos do Corinthians.

        E, neste momento, os reforços pontuais estão bem difíceis e extremamente caros.

        A meu ver, pontuais seriam o Rever, o Cristian, o Clayton Xavier e o Liédson, mas esses são extremamente caros e, dificilmente, virão.

        Logo, é melhor apostar na base do que em jogadores mais ou menos.

        Curtir

    • Emboava permalink
      12/23/2010 17:01

      Eu apostaria na base. Sem dúvida. Mas o problema é que os garotos da base estão com o empresário errado. Não sei se me entendem. Se o empresário dele fosse o Wagner Ribeiro ou o Carlos Leite, ou se o Neto falasse de algum deles na televisão com cereza seriam utilizados. Mas não é o caso. Então pra que ter base. Se sempre emprestamos pra clubes mediocres e deixamos sair de graça ou por uma merráca.

      Dirigentes! Assistam o Barçaa!!! Vejam quantos culés são da base e verão o segredo do sucesso deles. O Arsenal também usa garotos da base, alguns roubados de outros clubes, mas usa.

      Curtir

    • Daniel CMS permalink
      12/23/2010 21:08

      Ctrl + F no texto!

      Curtir

  8. 12/23/2010 11:54

    Como vamos poder criticar o trabalho de Tite (que é, sim, meia boca) se ele não vai poder contar com um elenco renovado e completo desde o início?

    Vai adiantar alguma coisa chegar algum jogador bom sete dias antes da Liberta começar?

    Quem fez esse rombo nas nossas contas? Como ele foi feito?

    Onde vai o dinheiro do maior patrocínio? E dos ingressos abusivos?

    Por que essas contas são aprovadas?

    Curtir

    • 12/23/2010 15:04

      Eu também queria saber como um clube deixa essa zona na contabilidade.

      Curtir

    • Emboava permalink
      12/23/2010 16:54

      Eu vou responder as suas perguntas.

      Não podemos criticar o Tite. Devemos criticar ao máximo responsável do Clube. O presidente.

      Não adianta vir com jogadores pouco antes de um jogo.

      Quem fez esse rombo foi o Andrés Sanchez. Direta e indiretamente. Uma das formas em que foi feita é por exemplo pagar 175 mil de salário pro Souza, mais 100 mil pro Iarley, pagar grandes comissões aos intermediários, Dar mais da metade dos patrocínios pra Ronaldo nem jogar. Dar arrecadação de um jogo pra Gaviões fazer uma merda de desfile. Contratar um monte de jogadores inúteis pagando um bom salário pra eles. E por aí vai. É muito óbvio oque acontece ali. Corrupção.

      ingressos caros para tentar pagar algo das contas que fazem. E ainda tem a cara de pau de todo jogo ter muitos não pagantes.

      As contas são aprovadas por conta do rabo preso. Favores. Presentinhos e etc…

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: