Skip to content

Timão 1 x 1 Tolima, reservou a passagem prof.?

01/27/2011

Não sei se ainda é a sonolência, filha daquele CANALHA conhecido como “horário libertadores” que faz você chegar depois da 1h da manhã em casa (e você ganha um Multiball se ainda chega com fome, seu time te envergonhou e tem compromisso às 7h da manhã em outro estado), mas não consigo entender como um Clube pode ter planejado tal mal seu início de temporada.

Virei a voz apocalíptica ao prever a vergonhosa partida de ontem a noite — e nem todos aceitarem à época a minha verdade como absoluta. E era.

O Time — que já tem um histórico de preparação física típico dos maiores vagais que já conheci  — não agüentou nem 10 minutos do próprio ritmo apressado de jogo que tentou impor à partida. Até sonhei nesses 10 minutos ao ver Jucilei jogando bem adiantado no apoio ao marcado BC. O adversário, esse nem marcava tão bem, começou o jogo no 4-4-2 europeu (duas linhas de quatro) em que, ao passo que aceitava o 0x0 como Glória, recuava para o 4-5-1 e depois para o 4-6-1.

Recuso-me a criticar qualquer um dos vagabundos em campo, mas não perdôo os responsáveis — e duvido que a coisa tenha vindo só da cabeça do Tite — por colocar o time titular em campo em TODOS os jogos do Paulistão. Dessa TECNOBURRICE, pode surgir a crise que prejudicará TODA a temporada.

Sobre Tite, ainda mantenho a bronca do seu 4-2-3-1 com os meias-extremos tão abertos: isso deixa os atacantes isolados entre si e o Bruno César vira presa fácil da marcação, tanto que o pouco de criatividade limitou-se a uma meia dúzia de cruzamentos altos para o gordo. Se Tite tem em mente o time de 2009, ele deveria lembrar que tanto Dente quanto JH caiam da ponta para a área, aparecendo muito mais dentro dela do que fora.

E Tite ainda mostra (ou confirma) que exerga mal pracacete a partida, pois quando colocou Edno no lugar do BC foi obrigado a jogar com JH pelo meio, piorando o problema crônico que era da (falta de) criação. Problema só resolvido mais à frente com a entrada de Danilo. Vejam, estou analisando a parte tática, não o desempenho individual dos vagabundos. Mas esse parágrafo merece um pouco de OBVIEDADE ainda: era jogo para DF, Morais, Everton Ribeiro, Lulinha… Jogadores jovens, criativos e rápidos.

Quer saber o pior? O que era para ser mera “preparação” será agora, por força da penúria atlética dos “guerreiros da nike”, poupada! Sim, a comissão técnica forçou de mais e será obrigada a dar descanso para todo mundo no final de semana.

Reservou a passagem, Prof. Tite?

Anúncios
22 Comentários leave one →
  1. Cesar Augusto permalink
    01/28/2011 21:06

    Com 4 jogos no ano já ficou mais que perceptível o problema na transição do meio de campo para o ataque. O time é lento, desconexo e previsível, especialmente, porque o 433 do Tite é absolutamente diferente do 4231 do Mano. O Tite perdeu para o Corinthians em 2009, mas ainda não entendeu como aquele time funcionava.

    Caso tenha interesse em aprender, basta ver apenas os gols do JH, em ambos os jogos. O JH vai da ponta para o meio para finalizar. Não era estático. Esse esquema de quarta-feira, como disse anteriormente, vai contra tudo aquilo que o Tite pregou a sua vida inteira. Ele gosta de jogar com 3 volantes ou 3 zagueiros, nunca com 3 atacantes. Da forma que ele armou a equipe contra o Tolima, poderíamos jogar até agora, sexta-feira, que o jogo estaria 0x0.

    Não tínhamos velocidade, nem infiltração e nenhuma criatividade. Ronaldo ficou isolado. Dentinho perdido. JH sobrecarregado e Bruno Cesar perdido no meio da boa marcação dos colombianos.

    E se quisermos nos classificar será necessário mudar, não muito, mas mudar. A entrada pura e simples do Paulinho no lugar do Dentinho nos daria uma capacidade de infiltração maior, além de favorecer, taticamente, o Jucilei, que foi mal, é verdade, mas foi vítima do esquema. O Jucilei não tem a dinâmica do Elias. É mais técnico, mais clássico, mas muito menos veloz. Neste esquema com apenas um meia de origem, o Bruno Cesar, o Jucilei sucumbirá. Aliás, o time sucumbirá.

    Mas, o nosso problema tático é contornável.

    O que parece incontornável é a constante apatia do time nos momentos decisivos, seja com Mano, Adílson ou Tite. Seja contra o Flamengo, pela Libertadores, seja contra o Vitória, no Barradão ou contra os inofensivos, pelo menos em tese, Ceará e Goianiense, no Pacaembu. O problema, neste caso, não reside nos treinadores e sim nos desinteressados atletas que vestem a camisa do Corinthians com irritante ar blasé.

    Graças a indiferença demonstrada passamos o centenário em branco. E se continuarmos desta forma conseguiremos a proeza de ser eliminado pelo Tolima, que é ajeitadinho, mas não é melhor que o Corinthians. Aliás, pelo que vi, o relatório do Mauro Van Basten, o nosso olheiro, deixou muito a desejar.

    O Tite tem a sua culpa, como não poderia ser diferente.

    Os atletas idem, pois não estão tendo a dimensão do que é o Corinthians.

    E a diretoria que não reforçou o elenco adequadamente e pior:

    Trouxe de volta algumas tranqueiras e emprestou o WM, por exemplo.

    Errou em todos os sentidos, mas o rumo ainda pode ser mudado em caso de classificação na Colômbia.

    Classificando na Colômbia, Tite, por mais paradoxal que seja, tem que ser demitido. Invicto.

    Algumas tranqueiras tem que ser envolvidas em trocas. E bons jogadores, que resolvam, devem ser contratados. Um centroavante, um meia, um volante, um lateral direito e um zagueiro, no mínimo.

    Mas, tudo isso depende, como você disse, de alguns vagabundos que não estão respeitando a camisa do Corinthians.

    Se tiverem o mínimo de brios, iriam até a Colômbia e eliminariam o Tolima, com sangue nos olhos, porque estão vendo, ouvindo e lendo muitas verdades sobre o time, mas muitas inverdades que a mídia abutre propagandeia quando se trata de menosprezar o Corinthians.

    Para ter brio, antes de tudo, o atleta tem que sentir o corinthianismo. Caso contrário, pouco se importarão e temos boas chances de alcançar, talvez, o maior vexame da nossa história.

    Nós não merecemos.

    Curtir

  2. Luís Fontes permalink
    01/28/2011 16:24

    Eu ja sou mais direto, Tite não é técnico, Ronaldo não é mais jogador, Edno não se comenta, nosso banco de reservas é uma piada! Isso pra ser generoso, pois podemos listar varios pipoqueiros no nosso elenco.

    Futebol é ímpeto, é garra, é vontade… se não da pelo meio, vai pelas pontas, se não da pelas pontas vai no cruzamento na área, se não da no cruzamento, vai no chutão de longa distancia, na trombada, mas vai!!!!!

    Essas desculpas de que o elenco não teve perna pra aguentar o jogo todo, que o time adversário éra muito bom na defesa e bla,bla,bla não cabem para um time como o Coringão.

    sempre disse aqui que somos um time que toca muito a bola de lado e somos pouco agressivos. Pois bem, isso ja nos custou o título do brasileirão de 2010 , a libertadores de 2010 e agora pode nos custar a liberta de 2011. Precisamos de jogadores com atitude dentro de campo, que chamem a responsa, mesmo jogando mal. Esse papinho tático dos jogadores e do técnico após seguidas apresentações patéticas não cabe mais.

    Ou será que ja esqueceram que a nossa marca sempre foi a raça, a força de vontade e a superação????????? vide 1990!!!

    Curtir

  3. ANDRE.T permalink
    01/28/2011 15:33

    Torcer para que o time passe do Tolima e que façamos uma preparacao de 2 semanas até a proxima fase… sobre o jogo: alessandro sem ritmo de jogo, RC cansado, Dentinho jogou?, BC qdo jogou pelo meio foi anulado e quando jogou pela ponta anulou-se. Claramente não era jogo pro R9, se o jeito era marcar pressão que colocasse alguem que corresse.
    Dito isso: treino, treino e mais treino para os titulares, banco pro Dentinho ficar esperto e reforços (que acredito que virao apos a preLib).. Alvaro que acha do Carlos Alberto voltar?

    Curtir

    • 01/29/2011 11:39

      Por incrível que pareça eu gosto do Carlos Alberto… quando ele resolve jogar bola. O problema é que ele desencana muito fácil do jogo, se ele tivesse tesão mesmo pelo futebol, seria titular absoluto da seleção brasileira, tanto jogando no meio, como até atacante.

      Mas parece que ele não gosta tanto assim de jogar bola (teve gente que disse que ele seria bipolar, mas isso é muito sério e um médico pegaria na hora).

      Curtir

  4. Alessandro permalink
    01/28/2011 9:34

    Poderemos ser o único time da nata(4-SP,4-RJ,2-MG,2-RS) a ficar fora das duas principais competições do país.
    Será que na diretoria não tem ninguém macho o bastante pra falar isso pros vagabundos?
    Acho que está na hora do Álvaro começar a campanha #foraTite.

    Curtir

    • 01/29/2011 11:43

      Comparando o fora tite com o fora adilson:

      No caso anterior, era mais pela emergência de sermos campeões brasileiros, tanto que, o Tite colocou a mão na taça depois do 1×0 contra o Cruzeiro.

      Eu, e a maioria dos que comentam por aqui, disseram que Tite não serviria para a temporada pois no seu pacote vem essa coisa de “que empate o melhor”. Então o fora tite começou com o fim do brasileiro, mas seria como: “valeu tite, você tentou, mas agora preciso de técnico completo”.

      Curtir

  5. EDDIE/SCCP1910 permalink
    01/28/2011 9:21

    Temos problemas graves:

    1 – O Time — que já tem um histórico de preparação física típico dos maiores vagais que já conheci

    2 – Time não tem nenhum jogador que chama a responsabilidade quando a partida complica. Quem poderia faze-lo não tem mais idade nem fisico pra isso

    3 – Montagem do elenco, e a lista de inscritos na Libertadores priorizou outros interesses antes do interesse tecnico

    4 – Time é previsivel demais. Quem poderia mudar esse quadro foi emprestado

    Curtir

  6. Nicolas permalink
    01/27/2011 22:56

    Os times dirigidos pelo Tite têm uma crônica incapacidade ofensiva.No ano passado,quando o time precisava ganhar,só empatava(Flamengo,Vitória,Goiás).No presente ano,4 gols em 4 jogos(média de 1 gol/jogo).Pior,o ataque passou em branco no jogo de maior importância.Então,já não se trata de uma casualidade ou de um jogo infeliz.

    Eu vi superioridade tática no Tolima.Com jogadores de menor qualidade,anulou o Corinthians e até poderia conseguir a vitória.O Corinthians padeceu dos mesmos problemas contra o Bragantino e o Noroeste.Francamente,para apresentar um futebol pífio como este,você precisa de técnico?

    Na gíria do futebol,o Corinthians joga o futebol de pebolim.Cada jogador ocupa uma posição e há pouquíssima movimentação e aproximação dos jogadores.Quantas jogadas vimos de ultrapassagem e projeção de jogadores de trás?Por incrível que possa parecer,o jogador que ficou com a maior responsabilidade de armação foi o Jucilei.Foi o jogador mais acionado durante o jogo.Onde estavam os meias que poderiam minimamente reter a bola e permitir uma melhor organização das jogadas ofensivas?Não foram vistos no jogo de ontem.

    Curtir

  7. Daniel CMS permalink
    01/27/2011 20:19

    Eu concordo com tudo o que disseram abaixo mas… nao achei que faltou esforco do time. Sei la, de repente assistir aa partida pela internet faz diferenca 🙂

    Me parece que o problema e’ mesmo mais tecnico e tatico.

    Curtir

    • permalink
      01/27/2011 21:25

      também não vi falta de esforço, o problema é outro. O time quase não chutou a gol

      Curtir

    • Emboava permalink
      01/27/2011 23:08

      Parece que é mais tático e fisico… e ronaldo…

      Curtir

    • 01/28/2011 0:40

      Esforço não faltou, faltou é força mesmo.

      Mas, do estádio, a gente sentia um certo conformismo melancólico e vagabundesco com a cena toda.

      Curtir

  8. mucio rodolfo permalink
    01/27/2011 20:01

    Talvez eu seja repetitivo.
    1- Diretoria. Deu uma de Sandoval Quaresma. Foi bem até um certo momento, mas no fim fez um monte de besteiras.
    2- Tite. Errou na montagem do elenco. Diante da não chegada de reforços convincentes não soube escolher o que havia de melhor no elenco, ou seja, abriu mão de jogadores que poderiam por sua juventude e qualidade técnica que aparentarm ter dar um gás novo na equipe: Dodô, William Morais, Defederico. E segue errando em não dar uma oportunidade para o Éwerton Ribeiro. Eu tenho restrições com relação ao Danilo com relação a sua lentidão, mas eu gostaria -já que não nos concedem a graça de ver o Éwerton por ali- eu gostaria de ver o Danilo jogando ao lado o Bruno César.
    3- Time. Tomando como referência a temporada passada, eu considero o time bom, capaz de encarar de igual para igual os queridinhos da mídia -Flunimed, Entregacional, Sardinhas. Só que no momento, devido a má fase ou má vontade de alguns jogadores afirmar isto soa como uma tremenda besteira. Aquele time de 2004, jogando no 3-5-2, com todas as limitações do Wendel, do Edson, do Valdson teria ganho o jogo de ontem.
    4- Contratações. A rigor, tirando a posição do William, o Corinthians precisaria contratar reforços para a suplência. O Elias seria naturalmente substituido pelo Jucilei. Embora com características diferentes era mais ou menos isto que se pensava. Só que a diretoria especulou com reforços tipo A e nos brindou com reforços tipo C, ignorando os tipos B que estavam disponíveis no mercado. O Andrés recentemente deu a desculpa de que a troca de técnico atrapalhou as contratações. Besteira. Desde o ano passado, a gente sabia que o time precisa contratar um lateral direito para suprir as constantes ausências do Alessandro, que a gente precisava de um atacante que substituisse o Ronaldo….A gente precisava contratar alguns jogadores reservas que dessem uma gama maior de possibilidades ao treinador- nada muito acima das possibilidades de um clube que tem uma das camisas mais valiosas do planeta! E voltando aos reforços tipo C,vamos aguardar o Ramirez , o Walace, o Fabio Santos e o William entrarem em campo. Tomara que eles queimem a minha língua.
    4- Futuro na temporada. De repente é até bom que esta tempestade esteja ocorrendo neste momento. Dá pra dar uma retomada e colocar tudo nos trilhos. Tomara que se a gente passar pelo Tolima, a diretoria não fique achando que pode continuar nesta inércia tremenda.

    Curtir

    • Emboava permalink
      01/27/2011 23:06

      Acho que o Tite não tem culpa na dispensas dos jovens como o Renato ou o Dodô. Quem tem a culpa é o presidente que fez o favor de contratar jogadores mediocres pra botar dinheiro no seu bolso e no bolso de uns empresários…

      Nem dinheiro sabem ganhar… se eu fosse empresário e pudesse colocar qualquer jogador meu pra jogar no Corinthians, como é o caso do C. Leite… eu contrataria bons jogadores… deixava eles jogarem uns 2 anos no Timão e os venderia… ou seja… compro por 1 milhão… e vendo por dez milhões em 2 anos… isso com 1 jogador… e nem teria que pagar os salários altos… só teria que abrir mão de uns 20% pra o presi neh… e ainda cabe a possibilidade de o tal jogador repassar uma porcentagem do seu salário pra mim…

      Agora não… o cara contrata tipos como o Moacir e ainda quer ganhar algo?! Vai ser burro lá PQP!

      Curtir

  9. permalink
    01/27/2011 19:11

    Olha, acho que o AS até torce pela desclassificação pra ter motivos pra fazer essa revolução. Tem uma entrevista dele hoje em algum lugar, na gazeta esportiva acho, falando que se for desclassificado, acabou o ano e vai jogar o brasileiro com os sub-23

    Curtir

    • Emboava permalink
      01/27/2011 22:58

      Ele quer mudar o estatuto… pra voltar depois… ele não liga pro Corinthians… só pro bolso dele e dos seus amigos… coitado do próximo presidente se não for sério…

      Curtir

  10. Daniel permalink
    01/27/2011 18:35

    Meu Deus.

    Realmente, nos aspectos tática e “planejUmento” (anarcorinthians), você está coberto de razão.

    Na frente, só o cagão do nosso técnico não vê que o BC precisa de apoio na armação, e que este apoio deve ser feito por um meia, não por atacante ou volante.

    Me preocupou muito, também, o sistema defensivo. Se o Tolima tivesse um pouquinho só de qualidade, teriam feito ao menos 1 gol. Os caras chegavam a todo momento. achei uma zona. teve uma hora, não sei se era a cerveja que estava toamdno para guentar o jogo, que vi o Alessandro na lateral esquerda e o RC no meio!

    Sou da opinião de que o técnico deve ser substituído independentemente da classificação (que, apesar de tudo, acho que ocorrerá).

    Agora, o que mais espantou, e que não foi objeto da tua análise, foi a total falta de vontade, de COJONES. um bando de vagabundo sem compromisso em campo. ou uma revolução ocorre agora, ou 2011 será jogado no lixo.

    Oremos.

    Abraços,

    Daniel

    Curtir

    • Emboava permalink
      01/27/2011 22:56

      Eu to tranquilo… não preciso me mover… to aqui porque ganho 80% do patrocinio da camisa… e sou o corinthians… sou o capitão… sou eu que dou exemplo… e eles me seguem… se siguissem o Chicão… estariam se esforçando demais… aí é fóda pra tomar a cervejinha depois cansadão… não dá…

      Curtir

  11. 01/27/2011 18:22

    Sem comentários. Ultrajante a partida de ontem. Sei lá… Não sei o que dizer…

    Curtir

Trackbacks

  1. Tweets that mention Timão 1 x 1 Tolima, reservou a passagem prof.? « Não pára de lutar! -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: