Skip to content

Finalmente alguma atitude

03/28/2011

Ricardo Nogueira/Folhapress

Anúncios
15 Comentários leave one →
  1. Thiago permalink
    03/29/2011 16:39

    1000 > 100

    O milésimo gol sofrido pelo maior ídolo da história do SPFC foi marcado pelo Corinthians, na sensacional virada corinthiana no Majestoso do dia 12/04/09, naquele que ficou conhecido como “o jogo da dedada do Cristian”:

    http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Futebol/Campeonato_Paulista/0,,MUL1082432-9839,00.html

    “Rogério Ceni leva o gol 1000. E o 1001

    O Corinthians era melhor no início da partida, principalmente explorando o seu lado esquerdo, com Douglas, André Santos e até Ronaldo caindo por ali. Para equilibrar o jogo, o São Paulo apostou na sua principal jogada: a bola levantada na área. Aos 18 minutos, Jorge Wagner cruzou da esquerda e quase pegou Felipe desprevenido. No reflexo, o goleiro do Timão salvou. Aos 24, ele não conseguiu segurar. Novamente Jorge Wagner levantou a bola, e Miranda desviou para o gol. O zagueiro saiu para comemorar, mas o lance teve duas irregularidades não assinaladas pelo trio de arbitragem: 1) no momento do lançamento, Miranda empurrou Chicão, tirando o corintiano de ação; 2) e Miranda estava 30 centímetros impedido. Vale destacar que William também derrubou Washington, o que poderia ter acarretado em pênalti.

    Em maioria no Pacaembu, a Fiel não desanimou e passou a incentivar ainda mais. A resposta veio aos 28 minutos. Em linda jogada, Elias invadiu a área e tocou com o bico esquerdo no canto de Rogério Ceni. O goleiro tricolor, que acabava de sofrer o seu milésimo gol, nem se mexeu.

    (…)
    Quando ninguém esperava por mais nada e o empate já parecia agradar aos dois lados, surgiu o pé direito de Cristian, que tinha roubado o lance de Jorge Wagner. A 22 segundos de acabar o acréscimo dado pelo árbitro, exatamente a 47 minutos e 38 segundos, o volante acertou uma bomba no canto esquerdo de Rogério Ceni. E correu como um louco para a torcida adversária para provocar, fazendo gestos obscenos. Se muitos já tinham desistido, a Fiel sabia que até a última hora tudo pode acontecer no Corinthians. E aconteceu: 2 a 1.”

    ###

    ps:
    Rogério Ceni enfrentou o Corinthians em 52 partidas: saiu vencedor em 17 delas, com o empate em 16 e foi derrotado 19 vezes.

    pps:
    De todos os times que enfrentou defendendo a camisa do SPFC, aquele do qual Rogério Ceni sofreu mais gols em toda a sua carreira foi o Corinthians: 84 gols (média de 1,61 por partida;
    ou seja: na média, com Rogério Ceni na meta, o SPFC tem que fazer no mínimo 2 gols por partida, se não quiser ser – como tradicionalmente é – derrotado pelo Timão).

    Curtir

  2. manuel permalink
    03/29/2011 12:29

    Pra mim o goleiro pode ser bonzinho ou maloqueiro, precisa defender as bolas. Principalmente as mais importantes.

    Lembram do goleiro do flamengo defendendo a falta do Chicão? Um grande goleiro aparece nestas horas.

    Na final do mundial em 2000, lembro de uma imagem do banco do vasco, já na prorrogação. O Júnior Baiano – não sei porque estava no banco – e outros jogadores pediam para o Lopes fazer alguma coisa. Estavam morrendo de medo dos penaltis. O Dida os derrotou psicologicamente, antes mesmo do primeiro penalti ser batido.

    Se não me engano, o único goleiro revelado pela nossa base que prestou, em toda a história, foi o Ronaldo. O único! Enquanto isso o palmeiras parece produzir goleiros em série. Alguém explica?

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      03/29/2011 18:50

      Concordo com tudo, inclusive conversava essa última frase com um colega santista. Incrível, sobra goleiro lá.

      Curtir

  3. Cesar Augusto permalink
    03/29/2011 11:27

    O JC chutou a camisa delas, mas sem aquele espírito guerreiro.

    Chutou por chutar. Acho até que a foto não retrata à realidade dos fatos. Foi sem querer. Jogaram a camisa nele e ele, no calor da partida, chutou, mas sem raiva, sem mágoa.

    O JC é bom caráter, boa índole, mas é comum. Bom goleiro, mas não para o Corinthians.

    A imprensa, por exemplo, o adora. Poucos analistas entenderam que ele falhou. Aliás, a maioria disse a falta foi indefensável. O gol do RC foi tudo, menos indefensável. Há um claro receio da mídia e de alguns corintianos em falar que houve falha.

    Afianl, ele é bonzinho, é do Terrão, é corintiano, mas é comum e não serve para ser titular do Corinthians. Ontem ficou claro. Ele não é um Nei da vida, um Johnny Herrera, um Marcelo, mas está longe de ser um Ronaldo, um Carlos, um Dida, um Leão, um Felipe mesmo.

    É comum. E o Corinthians, pela sua grandeza, não pode ter um goleiro comum.

    Merecemos mais. Por que não um Fábio ou Victor, já que nossa diretoria diz que tem o maior patrocínio do Brasil e as maiores receitas televisivas?

    Curtir

  4. Alessandro permalink
    03/29/2011 9:32

    Nosso time está precisando de uns maloqueiros, o Adriano pode ser um deles. O JC é muito “certinho” pra segurar a bronca.

    Curtir

  5. mucio rodolfo permalink
    03/29/2011 0:10

    1- Ontem o repórter da bandeirantes informou que uma moça fez um quase-strip tease nas arquibancadas em homenagem para aquele que teria sido o melhor goleiro de hoquei de todos os tempos. Evidente que ela sabia que ali ela não corria risco nenhum de ser atacada.
    2- Quem jogou a camisa: foi torcedor do Timão ou dos bambis? Se for dos bambis dá pra perceber o pouco apego que ele tem pela camisa do seu time. Eu me lembro que certa vez perdíamos para a Inter de Limeira (foi o ultimo jogo do Jairo no gol do Corintians). REvoltado um torcedor tacou fogo numa bandeira do clube. Levou tapas e cascudos de torcedores que não gostaram da atitude.
    3- Que o Julio César fique esperto porque o Fábio simplício ao saber do ocorrido vai ficar fulo da vida. E que o nosso goleiro não moleste a camisa da Lusinha como fez certa vez o Tonhão do chiqueirense. Não queria provocar a ira dos donos de padaria de SP.

    Curtir

  6. 03/28/2011 22:18

    Chutou mas tá pipocando pra comentar o ato. Desculpem-me, mas – não pelo clássico, juro – não desce mais o bracinho de jacaré. É “gente boa” demais pra jogar no Timão.

    Nesse lance, acho, já tinha levado 2…

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      03/29/2011 6:34

      Ele pipocou mesmo: “não vai comentar, pois não é uma atitude que condiz com a índole dele”.

      Falta um pouco de Ronaldo no gol.

      Curtir

  7. Emboava permalink
    03/28/2011 21:59

    Também gostaria de saber o memento do jogo.

    Fora Tite e dentro Vampeta!!!

    Curtir

  8. Daniel CMS permalink
    03/28/2011 21:14

    Bela foto. Sera que tem como saber em qual momento do jogo foi tirada?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: