Skip to content

:/

06/14/2011

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. Raphael permalink
    06/15/2011 11:33

    Deve ter jogado muito! Mais um que se vai sem ter tido um reconhecimento a altura da diretoria… aposto que o Roxemberg sequer sabe quem foi Adãozinho ou mesmo Manuel Nunes.

    Bacana também o texto do Dr. Osmar sobre o Adãozinho http://drosmar.com/adeus-adaozinho-adeus-dutos/

    E sobre o jogasso do vídeo, é impressionante que o 7 gols saíram na base de muita qualidade técnica. Torço o nariz quando ouço dos mais velhos que “ahhh antigamente os jogadores eram muito melhores”, mas vendo esses gols começo a dar o braço a torcer. Claro que havia menos qualidade física em campo, e talvez por isso a marcação fosse mais “frouxa”. Outra coisa que também penso é na bola de futebol, que era mais pesada e menos cheio de frutisses… acho que facilitava o controle num chute ou num passe longo.

    Se pedirem hoje no elenco do Corinthians para acertarem um chute igual ao do Adãozinho ou do Leivinha, ou mesmo do Riva na falta rebatida pelo Leão, acho que ficam o dia todo tentando…

    Curtir

  2. Daniel CMS permalink
    06/14/2011 17:07

    Caraca, que jogaco

    Curtir

  3. mucio rodolfo permalink
    06/14/2011 12:35

    1- Adãozinho é o exemplo de como muitas vezes o destino do futebol age. Um jogador com um tremendo talento, mas que nunca consegiu vingar. As seguidas contusões o afastaram dos gramados ao longo de sua carreira. Em 77, Brandão fez um trabalho tentando motivá-lo. Deu certo em parte porque foi dele o lançamento primoroso para o gol com a cara e a coragem do Palhinha, o gol que começou a acabar com o nosso sofrimento. Valeu Adão.
    2- Em 1971, além desta virada sensacional sobre o chiqueirense, houve uma outra reação incrível contra os sardinhas. Perdíamos por 3×0 e conseguimos empatar em 3×3.
    3- Alvaro. Olha o time que Parreira tinha a disposição: Dida, Rogério, Fabio Luciano Anderson e Kléber; FAbricio, vampeta e Ricardinho; Leandro, Deivid e Gil. E olha o time que o Tite tinha a disposição: Fábio Costa, Coelho, Betão, Marinho e Gustavo Neri; Wendel, Marcelo Matos, Rosinei e Carlos Alberto; Tevez e Jô. Eu acho que o Parreira tinha nas mãos um time bem melhor.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: