Skip to content

Protejam o Rei

06/15/2011

Tenho (ou talvez, tinha) um longo pouste sobre o “nosso uma ova” estádio. Mas depois do que a Record fez na noite de ontem, temos de proteger o Rei.

Quem foi lá buscar estádio de poltronas confortáveis para as bundas dos engravatados da FIFA, foi o Rei. Quem foi passear com o poodle do dono da CBF, foi o Rei.

Vejam que quem nos meteu nessa roubada foi o Rei.

A RECORD fez o que a velha praxis anti-corinthiana sempre fez: acusou o Corinthians de ser o próprio Rei, como se não lutássemos, desde 1910, contra cada tirano que aparece no PSJ.

Nesse momento histórico, todo Corinthiano está obrigado a proteger o Rei. Pois, protegê-lo é defender o Corinthianismo.

E que isso sirva de lição para aqueles que confiam em Luiz Carlos Azenhas da vida: discursinho de “mídia manipuladora pra cá, donos da mídia pra lá, eu sei como é a Globo…”, mas na hora do vamô vê, lambe as botas do patrão como todos os outros.

É, pois, fundamental que:

  • O Corinthians RECUSE dinheiro da PMSP
  • O Corinthians RECUSE abertura da Copa, até para que o “nosso” estádio seja preto e branco
  • O Corinthians RECUSE qualquer esboço de continuidade de Sanchez e sua tropa alegórica
E não esperem nada do Rei, ele é incapaz de defender o Corinthians.
Anúncios
21 Comentários leave one →
  1. Wilson permalink
    06/16/2011 18:15

    Por que essa campanha contra o estádio do Corinthians?

    O Fielzão será um poderoso polo catalisador do desenvolvimento da Zona Leste de São Paulo, a mais populosa e carente região da cidade.

    De todos os estádios da Copa de 2014, será aquele que deixará o maior legado positivo.

    Além disso, se tornará o mais rentável estádio do país, em contraponto com a manada de elefantes brancos que o pós-Copa produzirá.

    Por que essa campanha contra o estádio do Corinthians?

    Curtir

    • Wilson permalink
      06/16/2011 18:29

      Tudo o que os anticorinthianos querem é que “o Corinthians RECUSE abertura da Copa”.

      Principalmente os bambis.

      Porque é a própria sobrevivência deles que está vinculada ao não surgimento de uma nova grande arena em São Paulo – ou seja, o novo estádio do Corinthians.

      Se o novo estádio corinthiano, de acordo com os padrões definidos para receber a abertura da Copa de 2014, se tornar o maior e melhor estádio de São Paulo, o Panetone do Jardim Leonor se tornará insustentável.

      Pois, sem a torcida do Corinthians, os bambis dependem desesperadamente dos shows internacionais para sustentar o seu anacrônico estádio, tendo em vista que sua inconstante e fria torcidinha não basta é suficiente para esse fim.

      Esse discurso de dinheiro público não deve afetar os corinthianos.

      Primeiro, porque se trata de incentivos fiscais para desenvolvimento de uma enorme, importante e carente região, a Zona Leste de São Paulo; bem como de investimentos públicos para viabilizar a realização do maior evento esportivo do mundo na mais importante cidade do Brasil.

      Segundo, porque o uso escandaloso de dinheiro público, a pretexto da realização da Copa, em benefício de um clube é outro, e vem sendo praticamente ignorado pela imprensa: os O MONOTRILHO DE TRÊS BILHÕES DE REAIS que ligará o Aeroporto de congonhas ao nada – ou seja, o condenado Panetone do Jardim Leonor.

      Curtir

      • 06/16/2011 19:29

        Ops, nada disso!

        Tudo o que quem gosta de futebol quer é que o Corinthians recuse o jogo de abertura da Copa e volte a fazer (olha meu otimismo) um estádio corinthiano.

        O jogo de abertura exige uma cobertura de ouro que não temos como pagar. E, óbvio ululante, não tem o menor cabimento a municipalidade pagar por ela.

        Wilson, é bobagem balizar sua opinião sobre nosso estádio (hoje acordei otimista) a partir do que ocorrerá ou não com o Morumbi.

        Deixa os caras. Desencana desse negócio de “estádio próprio”. O futebol é do povo e o estádio, um cimentado em que se fica de pé durante o jogo, é um bem público.

        (Ah, e não caia nessa cascata de que se é “incentivo fiscal”, então tá valendo. Se isso for verdade, que se estenda esse “incentivo” para SP e Palmeiras).

        Curtir

    • 06/16/2011 19:20

      Você não leu direito.

      Curtir

  2. David 77 permalink
    06/16/2011 13:38

    Aqui no interior de SP temos um dito de que se você vê dois “turcos” brigando, não os separe, pois se tentar fazer isso eles irão parar de brigar e se voltar contra você.
    De repente eu me vejo defendendo o Andres. Sãopaulinos, com palmeirenses e santistas de bobos a tiracolo, estão metendo sua colher onde não tem nada a ver com eles, o estádio passa a ser simplesmente um pretexto dos antis, norteados pela megalomania leonorina, para fazer o que mais gostam, meter o malho na gente, nos desqualificar até como pessoas, para ver se um dia conseguem finalmente serem como nós.
    A brincadeira já começa a tomar proporções sociais e a imprensa já mostra um apartheid que começa a extrapolar a fronteira das letras e a cair no nosso dia-a-dia. Essa reportagem da Record só vem para carecterizar definitivamente a briga Globo-Corinthians x IURD-SPFW
    Você colocou 3 pontos, o primeiro e o segundo são pra lá de urgentes, a construção de nosso estádio deveria ser exclusivamente nossa, mesmo que fosse por 10 ou 20 anos.
    Já na terceira acho que a porca torce o rabo, ali é briga entre iguais, não vejo futuro nem nos atuais, nem na oposição, ambas jogam sujo, ambas parecem não se preocupar com o principal patrimônio Corinthiano que é seu povo. Se o poder atual não se importa nem com o preço de um ingresso (para que o povo possa ver o time do povo), a oposição mantem coisas bizzaras como um rapaz que não consegue nem fazer ficha na locadora da esquina se postar como dono da verdade e ética, atirando a esmo, municiando antis e descredibilizando ela própria.
    Mas o difícil Álvaro foi ler uma frase sua e me achar dentro dela “Nesse momento histórico, todo Corinthiano está obrigado a proteger o Rei. Pois, protegê-lo é defender o Corinthianismo.” Proteger esse Rei é foda, mas sou Timão.

    Curtir

    • 06/16/2011 20:53

      Não temos (ou tínhamos) o que fazer. A defesa do presidente é institucional (mas deixou de ser e explico num próximo post).

      E concordo totalmente: Corinthians não tem nenhuma alternativa política.

      Curtir

  3. Raphael permalink
    06/16/2011 12:51

    A matéria da Record, a qual me prestei a procurar no Youtube por conta da repercução que teve nos blogs Corinthianos, é suja, hipócrita e denigre a imagem do nosso clube.

    A primeira coisa a ser colocada é: não existe santo nenhum nessa história. A nojenta igreja deles, a rede de TV do bispo, Paulinho, Ricardo Teixeira, CBF, os caciques do Morumbi, Ciborgue, Andrés Sanchez, Kassab, Orlando Silva, FIFA, Blatter… é tudo um bando de imprestável e vagabundo que não valem a merda que defecam. Não são dignos de espaço em qualquer mídia e deveriam ser proibidos de mencionar o CORINTHIANS aonde quer que fosse. Nenhum destes faz o que faz por algo maior, seja para melhorar o futebol, do país, da cidade de SP ou lutar pelos interesses do Corinthians. A única coisa que vale ali são interesses pessoais.

    Posto isso, a verdade é que comparado aos outros times (em especial aos inimigos colocados na reportagem como “coitadinhos e prejudicados”) recaímos na tática anti-Corinthiana tão normal na mídia desde sempre. Somos o demônio, os ladrões, os maloqueiros, aqueles que ganham títulos roubados, os amiguinhos da CBF e agora também os do “estádio erguido com dinheiro público”.

    Se tivéssemos uma diretoria séria, seguiríamos os 3 pontos que o Álvaro colocou no blog: nada de dinheiro público! foda-se a copa ou abertura da copa! fora Sanchez! Feito isso, o próximo passo seria partir para a guerra contra todo e qualquer veículo mentiroso e anticorinthiano que aí existe. Eles vivem de Corinthians, é só tirar isso deles. Um exemplo banal é a insistente campanha, catalizada pela abstinência da nossa direção, em chamar o futuro (?) estádio de Itaquerão. Nada contra o nome ou o bairro, mas se a idéia é conseguir uma boa $$$ com naming rights isso joga contra o time. Outro exemplo, bem menos banal, é a ridícula repercussão da tentativa de agressão ao dinheiro público apontada pelo César num comentário por aqui. Os R$ 3.000.000.000,00 que querem gastar em um monotrilho ligando o nada ao estádio delas é um crime, em números monetários, no mínimo 3x maior de qualquer orçamento super-faturado ou super-anunciado na mídia.

    E some a isso tudo o fato de que não teremos o Coringão em campo nesse fdsemana, até matéria requentada com o Gilmar Fubá os carniceiros da imprensa fizeram. Por mais que o clube erga o raio do estádio de maneira correta, a “verdade” para os portadores da esquizofrenia-anti-corinthiana será a de que nosso estádio foi feito com dinheiro público.

    VAI CORINTHIANS

    Curtir

  4. jeff permalink
    06/16/2011 11:13

    E em pensar que estaria felizão com o Paca, ó.

    Essa matéria da Record vai dar bala pros antis por muito tempo ainda. E a administração Sanchez caminha a passos largos para ser a pior que o Corinthians já teve.

    Curtir

    • 06/16/2011 20:53

      Com o que a Prefeitura quer gastar com o Corinthians, dava para tirar o tobogã do Pacaembu e ainda sobrava um troco para esticar as cadeiras até o gramado.

      Curtir

  5. Elias Junior permalink
    06/16/2011 8:05

    Álvaro, infelizmente acho que o estádio não sairá do papel novamente.

    Andrés foi extramamente ingênuo quando se aliou com RT no futebol. Isso custará caro demais.

    Seu ódio mortal contra o JuJu e SPFW o cegaram contra essa armadilha que é a abertura da Copa.

    Todos torcem contra o Timão e ele não aprendeu ainda?

    Se esse estádio sair para o Mundial, será só na base da chantagem e propina, afinal o Andrés dever ter muitos “segredos” que hora certa ele vai querer jogar no ventilador.

    Será triste pois não precisaríamos disto

    Curtir

    • 06/16/2011 19:53

      E essa fixação com “tirar” a Copa do SP, faz os nossos comemorarem o tal jogo de abertura do Fielzão.

      Como podem comemorar essa barbaridade de Copa num estádio de que deve ser feito no sacrifício do torcedor?

      Curtir

  6. mucio rodolfo permalink
    06/16/2011 0:56

    1- Eu fui uma vez na zona e nao comi nenhuma puta. Vc acha que se eu contar para a minha esposa ela vai acreditar nisso? Lógico que não. Esta é a situação do nosso futuro estádio. Por mais que a gente jure que não teve dinheiro público irão dizer que teve. E a gente não vai ter a boa vontade da mídia que é toda cautelosa ao se referir a forma como o panetone foi construído.
    2- Eu concordo com o final do seu post. Me incomoda o fato do Andres não reagir a algumas acusações do motodoido arapongado escond1d1nh0. TEm momentos que este cidadão ataca a indole de quem trabalha no clube, de funcionários humildes e dedicados. Sabe aquela história de insinuar que todo mundo no PSJ não presta, que o clube está tomado por pessoas desonestas e incompetentes. Porra se o Andrés não se incomoda com a própria pessoa, que pense nas outras que são difamadas constantemente. Exemplo do que estou falando é o fato de recentemente o blogueigo de lingua presa chamar os nossos jogadores da base dalmatas alegando que os mesmos apresentam doenças de pele por falta de higiene no departamento.

    Curtir

    • Emboava permalink
      06/16/2011 5:16

      O André não fala nada pois tem rabo preso e faz parte dessa turma de ladrões.

      Quanto ao paulinho que falou isso da base. Possivelmente seja verdade. Aquilo virou balcão de negocios. Mas pelo menos a equipe sub-17 está na semifinal do mundialito na espanha.

      Vai Corinthians!!!

      Curtir

    • 06/16/2011 19:57

      Exatamente… Andrez nos colocou nessa circo e, ao menos em nome de quem trabalha no PSJ, deveria fazer defesa do Clube.

      Aliás, a coisa mais importante que um presidente deve fazer é defender o clube.

      E antecipo para mim que não basta uma “Nota Oficial”.

      Curtir

  7. Fernando permalink
    06/15/2011 23:25

    É… “Azenhas”… por isso que eu sempre digo: todo anticorinthiano tem um pouco de fascista. Até mesmo os de esquerda.

    E o pior que usam (de propósito, é claro) um repórter “corinthiano” para fazer a reportagem e o cara vai, todo pimpão, sem a menor dor na consciência de saber que está sendo usado pura e simplesmente para fazer uma matéria leviana (sem apresentar um único documento), vingativa, espúria, hipotética. Outro lambe-bota.

    Diga-se, uma reportagem com um sujeito CONDENADO PELA JUSTIÇA, que usa 2 CPF’s, que embarca em qualquer canoa furada para atacar seus desafetos. Um pena de aluguel da pior espécie, que se esconde em cozinhas de restaurantes quando chegam os oficiais de justiça com uma intimação. É esse o herói da Record, a sua fonte. Olha isso. Olha o nível dos caras!

    Sempre é bom lembrar, para os desavisados: o diretor comercial da Record é Julio Casares – que, por “coincidência”, também é vice-presidente de Comunicação e Marketing do SÃO PAULO FC. E outra: por indicação de Marco Aurélio Cunha, José Trajano – ele mesmo – recebeu o título de “cidadão paulistano”. Mais honesto fosse se recebesse o título de cidadão são-paulino.

    Esse é o nível da imprensa, hoje. É uma concessão pública que serve a particulares. Se vocês tivessem alguma dúvida da falta de credibilidade dos caras, taí a prova. Acabou aquele jornalismo de outrora. Imprensa, hoje, é panfleto. Serve a quem pagar mai$.

    O Rei? Para mim, o que importa é a República e seu Povo. Sempre. Porque quando o Rei é atacado, respinga-se na República, e o Povo é quem sofre. Infelizmente, temos um Rei fraco, mesmo. É por isso que quem está fazendo a defesa da República somos nós, o Povo. Mas meu único medo é que se o Sanchez e sua trupe “cair” nas próximas eleições, o próximo pode ser aquele tirano mil vezes pior, aliado aos desejos mais loucos da abutraiada, e desfazer tudo que AS fez. Inclusive o estádio.

    Curtir

    • Emboava permalink
      06/16/2011 5:12

      Vamos lembrar que o Andrés Sanchez de bom nada fez.

      Ele não vai ser reeleito. Espero pelo menos, seria uma vergonha não só para ele mas para todos aquele que o apoiaram antes.

      O Andrés não liga pro que está acontecendo pois esse é seu último ano. Já fez tudo oque tinha que fazer. A crise de estádio e dívidas vão cair no próximo presidente. Esse outro presidente tem que fazer uma auditoria nas contas do Corinthians, mas contratar uma empresa boa, não essas de gente do Corinthians ou do Brasil.

      O Povo sofre entre aspas, pois eu não gasto meu dinheiro no Corinthians. Agente sofre pois vê que o time não vai e tem um bande de ladrões lá dentro.

      Eu largaria mão desse estádio para a copa. Não vale a pena. É melhor fazer mais um novo estádio para o Corinthians!

      Curtir

    • 06/16/2011 20:04

      Eu concordo, mas pontualmente em relação ao último parágrafo, cabe(ia) ao Andrez a defesa institucional do clube.

      Sobre o resto, além de concordar, acho que você também vai concordar com o “nosso bambi de estimação”-anti-priscillas Vinicius Duarte:

      http://comfelelimao.wordpress.com/2011/06/16/cartolas-jogo-sujo-e-entre-jornalistas-da-record-como-e-o-jogo/

      Curtir

      • Fernando permalink
        06/17/2011 23:20

        Álvaro, concordo com você que é o presida que tem que tomar uma posição, já que o nosso Dep. Jurídico está morto… e o Vinícius foi de uma lucidez honorífica para quem não é Corinthiano… mas é claro que a opinião dele é de uma ínfima minoria… somente o fato da Record usar o Chapaulinho Condenado já seria razão suficiente para descaracterizar toda aquela reportagem, mas o precedente que eles abriram aí foi perigosíssimo: deram voz – e poder – a um cara desequilibrado, e eles mesmos, “por supuesto”, largaram a mão de qualquer tipo de ética ou investigação jornalística para atacar qualquer desafeto, inimigo ou concorrente… o que mostra muita coisa de como age a imprensa brasileira de maneira geral.

        RECORD NEVER MORE!

        Curtir

  8. luciano permalink
    06/15/2011 21:50

    Álvaro, post contraditório esse hein. Primeiro diz para proteger o rei (seria Andres Sanchez esse rei?).
    Reconhece (em partes, é verdade) o esforço para conseguir o estádio, mesmo que critique isso, não vendo cmo benéfico ao corinthians.
    Depois diz que devemos recusar a continuidade.

    Se eu entendi errado, esclareça por favor.
    abraço

    Curtir

  9. 06/15/2011 20:35

    Cirúrgico, Álvaro.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: