Skip to content

Coritiba 1 x 0 Timão, não vejo ninguém na minha frente. (Nem vejo um time com objetivo).

09/04/2011

Não vi o 1º tempo, pois estava no trânsito e acabei ouvindo a transmissão pela CBN. Uma péssima transmissão, diga-se.

Sem emoção, sem informação e sem um mínimo de vontade em explicar o que acontecia no campo, aparentemente estavam narrando o jogo que passava na TV.

Para que você entenda, ao final do 1º tempo eu tinha toda certeza de que o Corinthians “batia mais” e dominava o jogo. Mas os fatos, descritos pelos comentaristas das outras rádios,  sugeriam que Lucas Mendes merecia a expulsão e de que não havia domínio claro nem prá lá, nem prá cá, corroborado pelos lances inexistentes de perigo no 1º tempo – alguém pode falar da falta batida pelo Chicão, mas se o goleiro toma aquele gol, seria o frango da rodada. Um jogo sob os domínios de Tite, portanto.

Começa o 2º tempo já com uma TV ligada e um Corinthians nitidamente sem um OBJETIVO. Sim, o problema não foi perder, até porque Coritiba vai ganhar um monte ainda. O problema foi não entrar em campo com algum objetivo que seja, algo combinado no vestiário: vamos segurar esse empate? Vamos arriscar tudo pela vitória? O que a tabela nos recomenda? Com a sucessão de derrotas dos adversários diretos, a decisão era óbvia: arrisque-se tudo pelos 3 pontos que abrirão vantagem psicológica importante, se perdermos hoje, nada de mais, pois a classificação se mantém.

Com certeza absoluta não foi essa a conclusão do vestiário.

Corinthians entrou com mera postura defensiva: laterais e volantes presos. Danilo, sem tubos extras de O2, era uma nulidade, deixando o sistema de criação ao melhor estilo Tite: franco-atirador e emersondependente, o que significa bons dribles e uma infeliz precipitação nos arremates. Willian, muito aberto na ponta e sem um meia de criação para municiá-lo, foi outra nulidade em campo.

Aos 27, o 1×0 nasceu de bela jogada do Rafinha (além de Émerson, o outro em campo interessado na vitória), que contou com muita ajuda da marcação corinthiana na área, sempre com excesso de jogadores, mas pouco organizada. Não houve falta em cima de JH que está mal posicionado, pois se ele voltou para marcar o atacante, a posição escolhida foi a pior possível (já Castan errou ao não prestar atenção na trajetória da bola).

Aos 30, Tite entra com Alex, que estranhamente não deu aquela pinta de jogador para 15 minutos apenas, como a sua participação em apenas um RACHÃO na sexta poderia indicar. Enfim, o cara entrou, mandou duas na trave e reforçou o temor de que Tite não quis colocá-lo em campo mais cedo, por medo de abrir o jogo e perder o falso controle da partida. Mais uma vez, o maquiavelismo titeano não enganou ninguém e ele entrou no pânico usual: tirou volante para colocar o Morais e tirou o JH, que nunca mais jogou como atacante na era Tite, para a entrada da esperança Taubaté. Viramos um bando disperso, confuso, precipitado… Todo time vitorioso entra em campo com objetivos claros a cada partida.

Se querem algo, mirem no número de vitórias necessárias: 11.

Sobre arbitragem medrosa de olhos esbugalhados, não achei nada de mais (o 1º jogo contra o Coritiba foi até mais complicado). Só acho incrível a diferença de repercussão quando um juiz faz isso a nosso favor de quando faz isso contra nós.

Em tempo:

Copo meio cheio: para quem não sabe, campeão brasileiro (tirando 2009) precisa de 73 pts ou 64% de aproveitamento (em 2010 foram 71 pts). Faltam só 33 pts (1,9 pts/jogo – se vencer 11 partidas e perder 6, leva — no momento, estamos abaixo de 64%).

Anúncios
23 Comentários leave one →
  1. ANDRE.T permalink
    09/05/2011 17:55

    Apesar de concordar com o Alvaro que pontos corridos é decidido nos jogos contra os times mais fracos , pra mim , quinta será o jogo decisivo. Uma derrota sera o adeus do Adenor (se nao for demitido perdera o grupo, a nao ser que seja uma derrota “injusta”), uma vitoria entraremos definitivamente na briga pelo titulo. O time estara praticamente completo e pegaremos um Flamengo mordido, nao vai ser jogo pra 0 x 0. Gostaria de ver mais gana dos jogadores de qualquer maneira.

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/05/2011 18:14

      Eu não sei se estaremos completos.

      Danilo está sem condições de jogo, mas é sistematicamente escalado.

      Curtir

  2. Marcos Andrade permalink
    09/05/2011 12:47

    Simplesmente fomos roubados descaradamente. E o Danilo TEM QUE SAIR DO TIME,é o pior meia esquerda que já vestiu o Manto Sagrado.

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/05/2011 18:16

      Mas os erros não foram decisivos. O time entrou para perder.

      Curtir

  3. jeff permalink
    09/05/2011 10:06

    Eu já joguei a toalha. Nosso presidente não vai demitir o Tite, por causa da multa. E há torcedores corinthianos que o apóiam, dizendo que é melhor deixá-lo do que pagar a dita multa. Eu prefiro arriscar, e tentar ganhar o campeonato.
    Do jeito que tá, com tda essa bunda-molice, o time vai terminar em oitavo…

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/05/2011 18:19

      Com certeza o melhor é trocar, não dá mais para perder pontos por medo.

      Curtir

  4. Nicolas permalink
    09/05/2011 1:25

    O Tite é um dos treinadores menos proativos e enérgicos do mundo. Ele aceita, com absoluta passividade, o domínio do time adversário. O Willian reclamou do recuo do time no segundo tempo e o Tite contestou, dizendo que era inevitável a superioridade do Coritiba. Todo mundo postado atrás e chutões para que o Emerson Sheik tentasse um contra-ataque, esta era a estratégia para o segundo tempo. Se o Tite pretendia coisa diferente, deveria ter atuado para mudar o quadro. Com o jogo limitado ao lado do Corinthians, era óbvio que o gol poderia sair de um lance fortuito.

    Não sei se existe favorecimento a este ou aquele jogador. Mas é fácil ver que existem jogadores com um desempenho ruim que são mantidos no time. Com esta falta de critério técnico, vai ser difícil conseguir o título. Desconfio que alguns jogadores já se deram conta do fato e não estão muito satisfeitos. Pode começar o corpo mole de certos atletas.

    Curtir

  5. Raphael permalink
    09/05/2011 0:08

    O problema é a mentalidade nutrida pela diretoria e que hoje tá no firmware do elenco. Os jogadores não querem ganhar e entrar para a história do Timão: querem uma evidência imediata e falsa. Os jogadores não ousam: são cordeirinhos, preocupados apenas com o seu soldo ao final do mês. Os jogadores não querem ser maloqueiros vencedores: querem ser bonzinhos e da tchurminha.

    Chicão, Alessandro, Júlio Cesar… Tite e outros. São todos produto do descaso que tomou conta do nosso departamente de futebol, que hoje não tem mais alma e virou reduto do business. A vadiagem tomou conta do elenco e se tá ruim agora com o Tite, já esteve pior com o Adilson e também esteve ruim com o Mano.

    O Alessandro hoje conseguiu perder todas divididas no 1o tempo, vários passes errados, não roubou nenhuma bola. Pra fechar a tarde, perdeu duas vezes para o Tcheco na arrancada. E o que dizer para o Weldinho, que vinha bem e agora tem de assistir do banco o nosso “guerreiro” desfilando na lateral direita?

    A nossa defesa é uma piada, no tocante a bolas aéreas. Hoje, mais uma vez, perdemos 95% das bolas cruzadas na área. Dá pra ver no olho de cada jogador o medo que ficam quando o adversário consegue um escanteio! Ninguem ataca a bola, ficam como cordeirinhos que são esperando algo acontecer. Por sorte o Bill (!) não estava em campo hoje, era capaz que tomássemos algum gol (!) do cara.

    Emerson, Willian, Alex, Moradei e Ramon jogaram alguma bola. Tite, Chicão, Castán, JH (que jogou o 1o tempo como médio-volante pela esquerda no losango do Adenor) e Alessandro mereciam uma demissão sumária, por justa causa. Os demais ficaram próximos da linha da mediocridade.

    Não acho que seja apenas acaso que os recém-contratados ou então os que não vinham atuando tentaram algo, enquanto que “os da patota” tiveram mais uma atuação pífia. Eu acho que o elenco rachou, finalmente! E o Tite, creio eu, não terá mão pra segurar a buxa.

    É claro que podemos ser campeões, apesar do Tite e do elenco, pois o campeonato é muito parelho e não há nenhum grande time. O problema é a sequência de jogos que vem com Flamengo, Fluminense, Santos, Bambis, Bahia e Vasco. Fora isso, Botafogo e Bambis estão, bem ou mal, ganhando os seus jogos e nós não.

    Entendo que a única chance que temos de salvar o ano e nos livrar de mais uma humilhação no Brasileiro é trazer algum treinador que venha com saco roxo pra acabar com a babaquisse e trazer de volta o foco dos jogadores para o título. Hoje temos um bando de cordeirinhos, atletas de cristo, cachaceiro, malandro carioca, russo torto… e também um capitão que só tem aparecido para declarações midiáticas contra rivais. Tem espaço para todos eles, desde que o foco seja em trazer o caneco para o Parque São Jorge. Eu traria o Dunga, com um projeto de tiro curto pra ser campeão brasileiro e também já pensando em 2012. Se não desse o Dunga, tentaria o Parreira e até o Felipão.

    O problema é que, para trocar o treinador agora e trazer um cara nesse nível, só com muita atenção, cuidado, compromisso e respaldo da diretoria. E não vejo essa competência nos caras que lá estão. O único malandro ali é o Sanchez, o resto, pelas entrevistas e atitudes, são tão bundões quanto o Tite (estou falando de Roberto Andrade, Duilio e Edu). São três caras que não chamam a atenção e aparentemente não mandam p*##4 nenhuma.

    Essa mudança é necessária para tentar acabar com a vadiagem que se instalou no elenco. Se não for agora, que seja feita em Dezembro, com ou sem título. São Jorge não ajuda vagabundo, podem ter certeza disso. Aquela força que ele deu nas primeiras rodadas foi porque o time corria muito e se matavam em campo, mas hoje não há nem sombra daquilo.

    Curtir

  6. Fernando Souza Jr. permalink
    09/04/2011 23:55

    Concordo com você: faltou estratégia ao time hoje. Um empate não seria mal negócio, dadas as circunstâncias (desfalques, o cansaço pelo jogo épico de quarta, a dificuldade de nossos adversários, o bom time do Coritiba e o fato de jogar fora de casa). É claro que o Adenor deu mais uma amostra de que está perdido, e levando o time para onde o vento apontar. O Corinthians me parece hoje um time muito mais preocupado em não perder do que focado em vencer. Insegurança pura. A hesitação constante do Tite, a falta de visão dele durante as partidas, seu auto-engano permanente sobre a história do domínio do jogo, tudo isso só faz aumentar a insegurança do elenco, que carece de líderes, além do mais. E hoje, pra acabar de ferrar, a sorte não esteve do nosso lado, naquelas duas bolas do Alex. É a vida…

    Curtir

  7. múcio rodolfo permalink
    09/04/2011 23:28

    Basta o Adenor atentar para as reclamação do Emerson (o excessivo recuo do time no segundo tempo) e para o alerta dado pelo Alessandro (não podemos contar com a sorte até o final) e fazer alguns reparos que se fazem necessários para que a conquista e torne mais viável. A derrota de hoje foi outra a daquelas de fazer sentir raiva. Não que perder do Coritiba seja o fim da picada. Muito pelo contrário, tanto que tinha muito corinthiano prevendo a derrota. O duro é perder sabendo que podia ter ganho. Bastava ter jogado com a vontade que jogou no final. Quem sabe se o Adenor tivesse sacado o Danilo antes para a entrada do Alex e quem sabe este tivesse de tocado de que já estava em campo antes….Eu também não vi o jogo todo e pelo que vi não notei um grande domínio de nenhuma das partes. As oportunidades do Corinthians me pareceram mais evidentes. No gol do time paranaense vi o Júlio César vendo a bola passar de um lado para o outro (fico com o palpite de que se fosse o Danilo Fernandes ali o desfecho da jogada teria sido outro, mas de repente é apenas um palpite), fiquei com a impressão de carga de quem deu a penultima cabeçada. Assim como fiquei com a impressão de que o William sofreu um penalti no final da partida, mas cadê a coragem do juizão de marcar depois de todo falatório a respeito do penalti marcado no jogo contra o Grêmio? Como eu disse anteriormente, perder emputesse, mas a gente precisa atentar para a incrível vontade com a qual os adversários nos enfrentam. Hoje o Tcheco fez questão de permanecer em campo mesmo com o dedo machucado, da mesma forma que alguns dias atrás Roger Chinelinho chegou até dar carrinho contra a gente. Perder emputesse, mas a gente não deve creditar isto apenas a incompetência do nosso treinador

    Curtir

    • 09/04/2011 23:39

      Fiquei com as mesmas impressões, menos no lance do possível penal.

      Para mim, ele se joga antes, de modo meio infantil, Cabia o 2º amarelo ali.

      Se ele dá uma de macho e vai para cima, talvez até conseguisse o sonhado pênalti.

      No mais, é isso mesmo, um resultado que dá raiva pelas circunstâncias, pois perder era normalíssimo ANTES do jogo. O cenário que o jogo proporcionou era de se correr riscos por 3 pontos e não segurar 1 ponto inútil na tabela.

      Curtir

    • Raphael permalink
      09/05/2011 0:30

      As duas expulsões seriam justas! O do lance no Emerson ainda dou uma colher de chá porque apesar de último homem tinham mais dois chegando e o Sheik não tava totalmente de frente com o goleiro…

      Mas a patada no Chicão era para, no mínimo, um amarelo. O juizão refugou porque o coxa já tinha amarelo. O fato é que o juizão ficou com medo da torcida e o time deles fez o que deveria ser feito: pressionou a arbitragem e, com a permissão do juiz, desceu o sarrafo.

      Sobre a estratégia: todos elogiamos a virtude do time nos 1os jogos que era justamente jogar cada jogo como uma final. Todos corriam e todos marcavam… era um time bem mosqueteiro, um por todos, e todos por um. Mas isso se perdeu há um umas boas rodadas atrás… infelizmente!

      Curtir

      • 09/05/2011 7:38

        Só vi o lance agora no VT do Sportv, a 1ª expulsão seria errada, a 2ª ele refugou mesmo. Assim como refugou na expulsão do Castan no finalzinho.

        Acho que os 10 primeiros jogos foram vencidos na força física.

        Curtir

  8. 09/04/2011 23:07

    Nunca na história deste país se fez tanto esforço pra não ganhar um campeonato. Por prior que a gente jogue, com o número de burradas do técnico, com a fragilidade do comando no Timão, ainda assim somos líderes. E isso não significa absolutamente nada pra um time que não quer absolutamente nada.

    Vamos à peleja:
    – Os coxabranca bateram sem dó nem piedade. O Chicão tomou um pé na orelha de dar inveja ao Anderson Silva. E não vi uma mísera linha sobre arbitragem contra nós. Que fique claro que não culpo a arbitragem pelo resultado, só quero deixar claro os dois pesos e duas medidas que o Álvaro cita.
    – Quando o Corinthians entrou com JH, Sheik e William, a imprensa diz que é um 4-3-3. Tá mais parecido com o 4-2-3-1 torto do Dunga na seleção, com JH fazendo o Elano e o William Fazendo o Robinho. no papel é um bom esquema, mas quando tem um atacante jogando de volante e o segundo atacate quer virar ponta direita fica difícil sair qualquer coisa além de chutão pro Emerson.
    – Emerson jogou muito bem. Considerando que não recebia nenhum (NENHUM!) apoio de ninguém, conseguiu participar bastante do jogo e merecia ter feito um golzinho pelo menos.
    – De que adianta entrar com um meia e 3 atacantes se o meia não tem gás, um atacante se esconde e o outro joga simplesmente pra marcar o lateral?
    – Contra o Flamengo, é obrigação tirar JH e Danilo pra entrar Edenilson e Alex, sem contar Liedson no lugar do Willian.
    – É incrível como o Corinthians sempre volta pior pro segundo tempo. Culpa do técnico.
    – O time só esboçou alguma reação depois de levar gol. Culpa do time e do técnico.
    – Perder nunca é bom, mas esse jogo entra na relação dos “perdíveis”. o próximo é o jogo que ajuda a disparar, mas o campeonato se ganha contra os pequenos.

    Vasco levou 4 do lanterna, Flamengo levou gol do Showza, só o SPFW ganhou. Era a chance perfeita pra abrir 5 pontos, mas com essa vontade em campo não vai rolar.

    Curtir

    • 09/04/2011 23:43

      Também entendo que não dá para entrar com Willian, JH e Danilo contra o Flamengo. Mas, julgo que Danilo deveria ser colocado em treinamento visando apenas o jogo do final de semana.

      É sonho achar que um cara como ele conseguiria jogar tantas partidas seguidas mantendo um nível mínimo de qualidade.


      Fato: pontos corridos se ganham dos pequenos. Ir precisando vencer dos grandes é chamar a crise.

      Curtir

  9. Emboava permalink
    09/04/2011 22:55

    Vou comentar antes de ler o que está escrito…

    Os únicos jogadores que eu vi que queriam jogar bola realmente eram o Ramon e o Emerson… A imagem do jogo foi o Emerson no circulo do meio-campo reclamando dos companheiros, que não pressionavam o Coritiba e deixavam ele sozinho contra a zaga do coxa.

    Eles deveriam ter jogado com as ganas que tinha o Emerson, pois com um joguinho assim… não ganharemos campeonato algum… uma vergonha… eu não iria mais ao estádio como forma de protesto… a equipe não está tentando vencer… isso não é o Corinthians… isso é um bando de mercenários fazendo negócios… e os trouxas na arquibancada assistindo a um espetáculo de merda!

    Desculpem-me aqueles que vão aos jogos, mas é isso que eu acho… espero estar equivocado…

    Curtir

    • 09/04/2011 23:11

      Ramon subia sozinho pro ataque, porque não tinha nenhum apoio no meio. Acho que colocando ele e o Weldinho nas laterais resolve um dos problemas no time.

      Curtir

      • 09/04/2011 23:44

        E o Alessandro poderia estar no meio, inclusive para melhorar a qualidade do passe.

        Curtir

        • Emboava permalink
          09/05/2011 0:17

          Isso é o que eu penso também… mas o problema do time eh essa vontade de empatar e perder… eles perderam a raça… o JH joga mal pois eh sacrificado jogando tão recuado…

          Curtir

        • Raphael permalink
          09/05/2011 0:22

          Puts… eu já acho que o Alessandro, hoje, ali não resolve nada.

          Prefiro o Edenilson ou até quem sabe o Ramirez quando voltar do spa! Dificil vai ser o Peruano ter outra chance com o Adenor, depois do que fez contra o Tolima.

          Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: