Skip to content

Timão 1 x 3 Santos, o derradeiro fim do sistema titeano de congestionamento defensivo e ataque franco-atirador

09/18/2011

A lição mais rasteira que aprendi ao olhar um jogo de futebol pela sua dimensão tática é que nesse plano não há espaço para a demagogia. Como uma partida de xadrez já em andamento, daquelas enigmáticas partidas publicadas antigamente nos jornais, as decisões táticas partem de como o adversário estará posicionado e de como o seu time pode se posicionar.

Tite optou pela escalação de Willian como titular. Coisa reverberada como positiva pela maioria dos torcedores, mas uma bobagem tática (e técnica) para quem acompanha o Coringão e sabe que se o time precisa vencer, então precisa da criação colocada antes da finalização.  Some-se à conta nosso desespero exalado a cada jogo, enquanto Santos joga c0m a leveza do turista que é, de fato, nesse campeonato.

Timão começou no seu 4-2-3-1, com Émerson curiosamente partindo da posição central da linha de 3 e caindo em diagonal (invariavelmente para a esquerda). Alex, que você esperaria que estivesse jogando nesta posição, fazia a antiga função do JH pela esquerda: recuado, preso a marcação e muito aberto. Um 2º lateral distante do combate ofensivo.

Posicionamento inicial do Timão, com Alex no papel do JH (clique para ampliar).

Mr Magoo e Cabeça de Galo

Aparentemente – alguém precisaria confirmar com Tite  – a idéia corinthiana era sempre ter vantagem numérica de defensores para atacar Neymar no “2 contra 1”. De fato, o exagero tático recuou Neymar, caracterizando o Santos num 4-3-1-2 e nossa maior combatividade deu-nos leve superioridade no meio.

Liédson fez 1×0 no seu gol típico, em jogada que nasce do até então excelente trabalho isolado de Émerson na criação. Timão recuou mais ainda e perdeu a chance de aproveitar a nítida e momentânea fragilidade defensiva do adversário. Em particular, Léo fazia partida tenebrosa (pena que o Émerson caia mais pela esquerda!) e o míope só catava no golpe de vista. O 1×1 veio também num gol típico, de escanteio, num erro de posicionamento do homem de rebote (que não deveria ser o Willian, mas foi). Timão repetia seus problemas crônicos de mal treinamento, recuo antecipado e exagero de fé ao contar com que a sorte fizesse de Willian um jogador decisivo novamente.

Começa o 2º tempo com Santos superior, mais atendo à marcação do lado do Léo e explorando nossa fragilidade pela esquerda. Émerson, que sempre é poupado dos treinamentos, apagou fisicamente.

Digo que Castan nunca foi um péssimo zagueiro, sempre me pareceu um ótimo reserva e, verdade seja lembrada, todo mundo cobrou a contratação de um “zagueiro titular” para a temporada. Pois bem, neste domingo, esse razoável zagueiro deve ter feito sua pior partida como jogador profissional. Pode-se até culpar o fraquinho do Ramon – como, aliás, ele o fez – mas não se negue que seus erros individuais foram decisivos no 1×2, no 1×3 e numa saraivada de lances daquele lado.

Tite começa suas substituições de baciada e escancara o erro original na escalação (e, principalmente, na montagem do banco: só tinha JH para o ataque? Baita erro!). Numa visão muito otimista, Willian é o cara para entrar no 2º tempo quando se está perdendo, para mudar o jogo. Ele trocou o rapaz pelo JH, que até deu mais volume pela direita, mas sem qualidade, ficou só na pressa. Ele puniu Ramon ou este saiu lesionado? Raios! Ele teve uma semana inteira para decidir entre Ramon ou Welder! Ele, após a expulsão do jogador santista, trocou Ralf pelo Danilo, boa substituição, mas estragada quando descobrimos que ele pede para um jogador decisivo como Paulinho ficar como volante à frente dos zagueiros e não apoiar mais.

Jogadores desesperados e sem inteligência insistiam em bolas muito mal alçadas para Liédson. Alex, que parece ser tranquilamente o jogador mais cerebral do Timão, chamou a responsabilidade e foi para a criação disputar espaço no meio dos 3 volantes santistas. Fez exatamente o que Muricy queria e deu no que deu. Corinthians virou um bando fugindo da bola e o único que se dispôs a enfrentar a situação foi massacrado pelo torcedor que olha o chute torto, o passe errado, mas não vê quem estava sendo punido pelo sistema de jogo titeano, que prefere dois, três jogadores “agudos” a enriquecer a criação.

Mesmo que reconheça sua má partida técnica, não acendo a fogueira contra Alex — e olha que aqui eu sempre fui muito crítico em relação à sua contratação. Critico quem não escalou os nossos melhores meias logo de saída, escalação óbvia do time que precisa criar para vencer.

Esta foi uma partida perdida em três dimensões:

  • Tecnicamente, nos nossos defensores pela esquerda;
  • Fisicamente, num atacante decisivo que não treina durante a semana e mal aguenta 45 minutos e
  • Taticamente, numa escalação que não leva para campo o seus melhores armadores e prefere acreditar no falso time do 1º turno (não falei que aqueles 2 gols iriam custar caro?).

A frase se repete: Tite tem uma semana de treinamentos e aparece com isso?

Só que agora a gente já sabe, que além de proveitosos Rachões, o time fez um ultrapassado “treinamento físico” durante a semana (e olha que era a 1ª semana do novo preparador).

Disse que o sistema de Tite não funcionaria no brasileiro. Achei que seria pela 6ª rodada, mas um cenário de torneios concorrentes favorável ao Timão, fez um sistema errado iludir uma nação.

Chocante a atitude do torcedor corinthiano que abandonou o time no estádio. Esse é o grande legado da gestão Sanchez. E esperem coisas piores num estádio sem geral, mas com ar-condicionado nos banheiros.

Em tempo:

Copo meio cheio: para quem não sabe, campeão brasileiro (tirando 2009) precisa de 73 pts ou 64% de aproveitamento (em 2010 foram 71 pts). Faltam só 30 pts (2,1 pts/jogo – se vencer 10 partidas e perder 4, leva).

Vim para dar uma força!

Anúncios
66 Comentários leave one →
  1. Pedro permalink
    09/19/2011 20:28

    Num dia de merda como esse só isso aqui pra me animar:

    DALE CAVA!!! http://www.youtube.com/watch?v=S7Inv49Ghr8&feature=player_embedded

    NO AL CALCIO MODERNO!!!

    Devolvam o Coringão a sua gente!!!

    Curtir

  2. JosuéFR permalink
    09/19/2011 19:50

    O mesmo que acontece com o Tite já aconteceu com o Mano em 2008.
    Lembram-se da final contra o Sport na Copa do Brasil onde a gente jogava pelo empate?? A gente entrou na retranca e apenas o Herrera isolado na frente, e tomamos um baile por jogar como time pequeno.
    Daí pra frente o Mano acordou, entendeu o que o Corinthians é um clube diferenciado, não aquelas porras do Sul que ele tinha treinado e acabou indo até pra seleção.
    Infelizmente acho que o Tite não vai entender nunca a força de nossa paixão.

    Curtir

  3. múcio rodolfo permalink
    09/19/2011 16:31

    1- Eu acho meio injusto esta história de dizer que o Tite é um perdedor nato. Pelos títulos que ele tem na carreira, poucos é verdade, não dá para dizer que ele nasceu para perder. Não vou comparar técnicos, mas situações. Até um determinado momento, o Telê Santana era tido como pé-frio por ter sido eliminado em três semifinais comandando o chiqueirense e por aquilo que aconteceu na seleção brasileira. Depois deu uma arrancada e ganhou um monte de título e virou um deus para a crônica esportiva. Ademais, se a gente for considerar o Adenor um perdedor nato, deveremos usar este rótulo para a imensa maioria dos seus companheiros de profissão.
    2- O pessoal fala da derrota do Entregacional do Adenor para o Corinthians do Mano como se fosse o fim da picada. Pera lá o Chorolado perdeu para uma equipe muito bem montada do Corinthians, com jogadores em seu melhor momento na carreira (vide os casos do Chicão e do Jorge Henrique) e não para um Asa de Arapiraca da Vida.
    3- O César Augusto disse que já fomos campeões com alguns perebas em nosso elenco. Mas eram perebas que tinham alguma motivação, queriam alguma coisa no Corinthians, queriam estar de certa maneira na história do Corinthians. E hoje?
    4- Estou começando a achar que o Alvaro curte o grupo noruegues A-Ha.

    Curtir

    • Raphael permalink
      09/19/2011 17:23

      1 – Eu considero o Tite um perdedor pela relação tempo de trabalho / títulos. Ele já está em evidência há muito tempo e não ganhou quase nada de importante em sua carreira. É verdade que os demais companheiros de profissão também não são unanimidades, mas até o Antônio Lopes tem muito mais referências do que o Adenor

      Nem como jogador ele ganhou títulos e embora isso não seja lá tão importante para o seu desenvolvimento como treinador, talvez seja uma razão para sua falta de competência para seus times se imporem como times grandes.

      Além disso e mais importante do que isso, o discurso do Adenor é fraco e chato demais. Entre outras que me fogem à memória, ele afirmava à época dos 93% de aproveitamento que o foco era chegar nas últimas rodadas entre os 6 colocados. Outras doses de Titês estão em cada entrevista coletiva dada pelo nosso treinador.

      4 – kkkkkkk é consequência da crise no PSJ… portanto também põe na conta do Adenor!

      Curtir

    • Daniel CMS permalink
      09/19/2011 17:58

      Mucio

      Em relação aa comparacao Ticte x Tele, voce ate pode estar certo. Porem com o que ficamos sabendo dos treinos do Ticte, a chance de ele vencer acabam sendo menores. Explico: pouca repetição, pouca correcao de erros, muita moleza, muito rachao…

      Nao estou dizendo que ele nao trabalhe, mas me parece que trabalha errado.

      Curtir

      • 09/19/2011 20:48

        E o Telê era o cara da repetição…

        Mas Telê tinha outra qualidade que o Tite não tem: ele criticava publicamente os jogadores.

        É veró que isso só apareceu mais quando ele “desencantou” como treineiro e começou a ganhar tudo.

        Curtir

  4. ANDRE.T permalink
    09/19/2011 16:03

    – Chega de erros na defesa e nas bolas paradas, PELO AMOR DE DEUS
    – Nao temos jogada de bola parada
    – Sempre fui defensor do Alex, mas o Tite tem que falar pra ele soltar mais a bola, ele esta irritando a todos.
    – Agora temos a obrigacao de voltar com pelo menos 7 pontos dos jogos com Vasco, SP e Botafogo, meio complicado.

    Curtir

  5. Cesar Augusto permalink
    09/19/2011 14:09

    A mesma praça, o mesmo banco, as mesmas flores do mesmo jardim…

    O Corinthians é como a letra do “gordo”, Carlos Imperial.

    Os mesmos erros, as mesmas falhas, os mesmos defeitos…

    O script, ultimamente, é sempre o mesmo. Um bom início de jogo, marcação por pressão no campo de ataque, dificuldade nas finalizações e em armar os contra-ataques e, claro, gol de escanteio, pena que do adversário.

    A única situação que foge ao script é a manutenção do Adenor.

    Ontem, ele foi extremamente inocente, especialmente, no 2º tempo ao sair para cima do Santos de qualquer forma, concedendo, de bandeja, o contra-ataque a equipe que melhor contra-ataca no Brasil. Foi bobinho, bobinho, o nosso Adenor.

    E essa ingenuidade tática poderia se transformar numa goleada histórica. O Alan Kardec perdeu, pelo menos, uns dois gols cara a cara com o JC e o tal de Felipe Anderson, idem.

    Futebol se ganha na técnica, na vontade, na determinação e na estratégia. Ontem, faltou estratégia ao Adenor que, como sempre, postou a equipe de uma forma altamente previsível. O Santos teve uma certa dificuldade no 1º tempo, mas após os 30 minutos engoliu o Corinthians utilizando o binônio defesa bem postada/contra-ataque. Foi fácil, fácil.

    Quanto ao Alex, de fato, não jogou nada, mas em momento algum se escondeu. O time armado pelo Adenor não privilegia o meia. O meia joga isolado numa faixa de campo que, dificilmente, leva perigo aos adversários. Se o Corinthians jogasse, simples, com dois meias e dois atacantes, seria mais equilibrado. O Alex e o Liédson ficam isolados o jogo todo. Foi mal, sim, mas não é por isso que o Corinthians perdeu. A verdade, apesar de dolorida, é simples:

    O Santos é melhor. Tem o melhor jogador do Brasil. E tem um Treinador, que se não é brilhante, ao menos faz o feijão com arroz, não inventa. Joga com a defesa bem postada com 7 defendendo e sai no contra-ataque através do Neymar e do Alan Kardec, que não é tão ruim quanto parecia.

    Ontem, a derrota era mais ou menos previsível. O problema foi perder do Avaí, do Figueirense, empatar com o Ceará. Os outros resultados foram normais.

    Claro que o mundo, ainda, não acabou, pois o Corinthians, ainda, depende de suas próprias forças, mas, ontem mais uma vez, restou claro que o Adenor precisa se reinventar e alguns vagabundos precisam correr mais.

    O time tem que, mais uma vez, lavar a roupa suja e crescer na adversidade. Essa equipe, por enquanto, não demonstrou esta capacidade. Falta personalidade a este elenco em todos os seus níveis. Do goleiro ao ponta-esquerda passando, especialmente, pelo Adenor, que está fazendo com o Corinthians em 2011, o mesmo que fez com o Internacional, em 2009, ou seja, liderou o 1º turno e no 2º turno empacou ao ponto do Internacional contratar o Mário Sérgio com receio de perder até a vaga na LA. Faltou 1 ponto ao Inter.

    Ou se demite o Adenor ou se afasta alguns vagabundos que não estão honrando a camisa do clube.

    Alguma medida, de preferência, drástica tem que ser tomada ou o Sr. Andrés esperará a navio afundar, de vez, para tomar uma decisão?

    O empecilho para a 1ª opção é a multa contratual de 5 milhas e a ausência de bons nomes no mercado.

    Sobrando no mercado temos o Mário Sérgio, o Leão, o Renato Gaúcho, o Carpegiani, o Mancini.

    Ou seja, 3 malucos, um pardal e um novato.

    Será que a demissão do Adenor é o melhor remédio para o Corinthians ou seria uma medida apenas paliativa, tendo em vista que o problema pode ser outro?

    Eis a questão.

    Curtir

    • 09/19/2011 14:32

      Eu acho que a pior parte do Tite ainda é a falta de capacidade de se reinventar. Mudar o esquema, mudar o discurso, reconhecer o jogo ruim…

      Se um treinador fosse capaz da auto-crítica, não tem porque trocá-lo. Mas, no caso do Tite, a gente olha e vê um cara fraco.

      Curtir

    • jeff permalink
      09/19/2011 14:54

      Demitir o Adenor E afastar alguns caras. Mandaria uma mensagem bem clara.

      Com a demissão, viria um técnico que poderia dar um UP na galera. Um motivador, ou algo do tipo. Nesse sentido, fecharia com o Gaúcho.

      Curtir

      • Fernando permalink
        09/19/2011 17:09

        “Demitir o Adenor. E afastar alguns caras. Mandaria uma mensagem bem clara”

        (2)

        Será que é tão difícil assim pro Andrés ver que, com o Tite e determinados jogadores, estamos f… nesse campeonato? Se o cara que vier manjar um pouquinho de treinamento (pra corrigir os erros que se repetem) e esquema tático (pra dar padrão de jogo), e ainda, tiver culhão pra afastar os paneleiros do elenco, dá jeito neste time. É impensável que um grupo que começou arrasador tenha esquecido de jogar bola. Mas pra isso, Andrés precisa ter coragem e arcar com a multa rescisória. Senão – copo meio vazio – 2011 já era.

        Curtir

    • Thiago Guadalupe permalink
      09/19/2011 14:57

      Concordo com quase tudo… Alan Kardec sempre foi e sempre será um “toco”! Não é porque perdemos é que vamos achar normal ele vestir a 10 do Santos…

      O time já mostrou poder de reação sim… e tem pouco tempo… contra o Flamengo, mas o seu Adenor nunca consegue manter a moral do grupo elevada!

      Renato Gaúcho, Renê Simões, Ney Franco… até o Mário Sérgio nesse momento é melhor do que ver o barco afundar com o Adenor…

      Não acho que Tite seja problema secundário… é o coração de todos nossos problemas!!! Jogador? Já fomos campeões com Ney mão de pau; Batata; Márcio Costa, Guinei, Jacenir… a questão é de organização tática e relação com jogadores. Quem é responsável por isso em um time de futebol?

      Curtir

      • Cesar Augusto permalink
        09/19/2011 15:09

        Renê Simões.

        Taí um cara que eu, Cesar Augusto, apostaria. Claro que sem aquela convicção, mas me parece que é um motivador nato, tem um discurso que, a curo prazo, pode ser interessante. E tem a vantagem ou desvantagem de não ter alguns parafusos a menos na idéia como, nitidamente, é o caso do Mário Sérgio, do Renato e do Leão.

        Já fomos campeões com uma série de perebas, mas já fomos campeões com o Eduardo Amorim numa equipe montada pelo Mário Sérgio, em 1995.

        O MS é um excelente montador de sistemas defensivos.

        Curtir

        • Thiago Guadalupe permalink
          09/19/2011 15:43

          Verdade… MS arruma defesas mesmo! E essa hipótese do Renê Simões sonho com ela há semanas… quem sabe uma hora o Andres também? rs

          Curtir

    • Marcos Andrade permalink
      09/19/2011 21:08

      Concordo com quase tudo, até porque tu escreves muito bem. Do que discordo:
      1. Os lebistes não são melhores do que o Timão, se fossem não teriam precisado da preciosa ajuda do apitador na final do Paulistão (o segundo mais importante campeonato do Brasil, superior a libertadorezinhasinhas, que quem conhece a história do futebol, me ajude sumido Ragi de limeira, sempre foi considerado um torneiozinho de segunda linha, onde somente o Santos (de Pelé) e as vezes o Cruzeiro davam algum valor os outros times: paulistas, cariocas, gauchos e mineiros jogavam com aspirante, inclusive o critéiro para participar mudava todo ano. Quem assistiu os dois jogos viu que o Timão dominou facilmente o primeiro jogo e só perdeu o segundo pois o Durval e Edu Dracena encheram de porrada o ataque do Timão e sequer foram advertidos, além da inversão de uma dezena de faltas. E além disto estarião em melhor colocação do que o Timão.
      2. Mesmo dentro da mediocridade do futebol brasileiro atual, o Neimalaqualhadinhainhazinha nem de longe é o melhor jogador do Brasil, antes dele vem o Pato, o Ganso, o Thiago Silva (zagueiro pode sim ser melhor jogador do que atacante), o Daniel Alves, o Lúcio, e mais alguns que a distância me faz esquecer, alias, digo mais, sei que serei crucificado ou ignorado pela maioria, mas o Dentinho é muito mais jogador do que o esta mediocre figura. Certo estava o Citadini (não gosto da figura) quando disse que o Gil era melhor do que o Kaka e era sim, só não teve cabeça para aproveitar o seu imenso potencial, alguma coisa parecida com o Dente que resolver comer vegetais demais e seu imenso futebol foi para as cucúias (é assim que escreve?).
      3. O Tite não é nenhum gênio, até porque gênios como o Tostão rejeitam até serem técnicos da Seleção Brasileira, por não concordar com a podridão do futebol nacional e mundial. Melhores do que o Tite temos poucos, o Parreira, o Paulo Autouori, o Abel Braga, o Renê Simôes (concordamos) e mais algum novato ainda desconhecido, mas nunca Renato Gaucho, Leão ou Mário Sérgio (deste até gosto). Gosto do Carpegiani também seria uma opção, mas será que eles seriam melhores do que o Tite que nos colocou em primeiro lugar por um tempo enorme e pode de novo voltar a liderança na próxima rodada?
      Enfim…futebol não é uma Ciência Exata, mas tem alguma Lógica e dentro desta Lógica, como diria o genial Parreira, “gol é apenas um detalhe”, e olha que ele quase foi crucificado em praça pública por esta frase tão verdadeira.

      3. O Burrici viveu e vive de coisas pouco recomendáveis, apesar de serem completamente normais no futebol brasileiro e mundial.

      111

      Curtir

  6. Thiago Guadalupe permalink
    09/19/2011 13:29

    #ForaTite – Já deu o que tinha que dar… e já atrapalhou o que tinha pra atrapalhar… minhas impressões desse jogo triste!

    1) Os jogadores começaram com disposição mas perdidos em campo, cadê a semana inteira pra trabalhar do seu Adenor… mostra que o mérito do nosso último bom jogo contra o Fla é 99% dos jogadores;

    2) Não achei erro o Wiliam entrar, mas sim seu posicionamento, e principalmente, do Alex! Ridículo… a mesma justa causa do Pardal, pode dispensar essa mala!

    3) Me desculpem os colegas, mas achei a pior partida do Emerson com a camisa do Corinthians… parecia que tava no quintal da casa dele jogando pelada, antes ele tivesse saído e não o Wiliam que vinha bem melhor…

    4) Pergunta a todos do boteco: se Castan foi dispensado do eterno “quase série B” Atlético-MG, por que serve pra ser titular do Corinthians??? O jogo que não consegue ficar na aba do Chicão dá nisso… duas falhas grotescas resultando no 2º e 3º gols.

    5) Agora é a hora que a diretoria deve agir… com Adenor nem LIbertadores dá pra sonhar!

    Até a próxima.

    Curtir

    • 09/19/2011 20:57

      2) O Willian é opção natural de 2º tempo. Não o contrário.

      Tirá-lo ali foi até um erro, para quem precisa vencer.

      3) Começou a 200 por hora e terminou parado.

      4) Ele teve boa fase este ano, mas todo mundo sabia que ele era limitado. Todo mundo aqui cantou a bola.

      Aliás, para não perder o costume, achei o 3º gol bem defensável também.

      Curtir

  7. múcio rodolfo permalink
    09/19/2011 13:15

    1- O único time que o Corinthians pegou e que estava naquele momento disputando uma outra competição foi o Coritiba, tanto que entrou contra o time B contra a gente. O Grêmio já tinha sido eliminado da dita cuja, assim como o Fluminense. Flamengo, SPFW, Atlético-Go e Botafogo também já tinham sido eliminados da Copa do Brasil.
    2- Verdade que pegamos o Bahia bastante desfalcado (embora muitos dos desfalques eram de jogadores reservas), mas vamos lembrar que o Entregacional mudou a tabela para nos enfrentar com a força máxima, o Botafogo vinha motivado por uma série de bons resultados, o Vasco nos encarou motivado pelo título na Copa do Brasil e pela reestréia do Juninho Pernambucano. Se teve fatores a nosso favor nesses jogos (os bambis jogaram desfalcados e o Carpegiani errou taticamente contra a gente), também teve fatores contra a gente.

    Curtir

  8. Nicolas permalink
    09/19/2011 13:00

    Concordo com muitas das análises aqui apresentadas. Eu acrescentaria que muito do que ocorre durante o jogo é resultado dos treinamentos. Caso você treine pouco e mal, não dá para esperar muita coisa. Em matéria de métodos de treinamento, gostei de ver uma parte do trabalho do técnico do Valencia Unai Emery. Há uma forma interessante de atacar os problemas com a balança de certos jogadores. Não há nenhuma complacência com erros ocorridos durante os jogos. Não quero passar por colonizado mas a impressão é de que há um maior profissionalismo na Europa. O link é para o programa Expresso do Esporte com um depoimento de Jonas, ex-jogador do Grêmio.

    http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM1632063-7824-EXPRESSO+DO+ESPORTE+INTEGRA+DO+DIA,00.html

    Curtir

  9. Marcos Andrade permalink
    09/19/2011 11:57

    Existem muitas contradições nos comentários, aqui apresentados. Muitos diziam e dizem que o nosso elenco é fraco, e que o técnico, também. Ora, se o nosso elenco fosse fraco e nosso técnico, abaixo da média, como vocês explicam o fato de que estivemos na liderança na maior parte do tempo e que podemos voltar a liderança na próxima rodada? Outros creditam ao nosso começo fulminante a sorte ou que os outros times estavam envolvidos em outras competições. E, não admitem que agora a sorte nos abandonou e estamos com um azar terrível. O acaso, sorte ou azar existem sim!!!! Por mais que idiotas como o Burrici que diz: “aqui é trabalho”, mas todo mundo, pelo menos os com mais de dois neurônios sabe que o trablho dele é subornar apitadores, bandeirinhas e parte daimprensa para roubar ou falar bem dele. O Tite não é o melhor técnico do Brasileirão, mas também está muito longe de ser o pior. O que diz a torcida dos Porcos sobre a Filipinha, um jumento ambulante, e o que dizem os Bambis, do Pardal, outra burrice em pessoa e o que dizem os Lebistes do Burrici, uma sumidade em termos de dizer e fazer merda. O Campeonato tem 20 times e somente um é campeão, estamos e terceiro lugar, com um dos piores elencos e o técnico mais burro, como pode isto??????????????????????????????????????????

    Curtir

    • 09/19/2011 12:17

      O elenco continua fraco!

      Veja o triângulo amoroso goleiro+lateral esquerdo+zagueiro esquerdo. Isso foi cantado em prosa e verso como uma bomba relógio. E falta atacante nesse time. Tite levou 2 meias para o banco e JH, que nem é mais um atacante sério.

      Curtir

      • Marcos Andrade permalink
        09/19/2011 16:23

        O goleiro é fraco e os laterais esquerdos também, concordo contigo, mas o Leandro Castan é um dos melhores quarto-zagueiros do Brasil, pelo menos nos em atividade aqui. Não faltaria atacante se o Adriano chegar e jogar bola. E se o elenco é tão fraco por que não estamos na zona de rebaixamento, o elenco do chorolado que está em muito pior situação do que a nossa já foi dito aqui que era melhor do que o nosso, assim como dos bambis, do Flamerda e outras cacas, enfim…

        Curtir

  10. múcio rodolfo permalink
    09/19/2011 11:28

    1- Eu não acho que aquele começo espetacular tenha sido obra de sorte ou porque tinha adversário preocupado com outras competições. Houve um trabalho (fator que o Muriçoca adora evocar) e os times que ganhamos vieram completos (exceto o Bahia). Teve time que mudou a tabela para jogar completo conta a gente e contra a gente a concentração é total.
    2- O momento aceitável para se mandar o Adenor embora foi após a derrota contra o Tolima. Em nome de um vexame histórico ninguém reclamaria da demissão do Adenor. Em poucos momentos na história do futebol mundial, um técnico foi mandado embora tendo o seu time na liderança de um campeonato. Com o time degringolando, perdendo várias partidas seguidas as coisas mudam de figura. Mas eu não acho que o Andrés vá mandar o Adenor embora na quinta-feira, pois não vai querer dar aos bambis o gostinho de dizerem que foram os responsáveis pela queda de mais um treinador corinthiano.
    3- De um lado eu acho incrível alguns corinthianos preverem goleada sofrida diante dos bambis no meio de semana e outros dizerem que devemos dar graças a Deus se conseguirmos pelo menos uma vaguinha na dita cuja. Por outro lado, vendo como o time vem jogando ultimamente sou obrigado a dar razão aos companheiros. Além dos erros do Adenor´, é preciso considerar que tem jogador desempenhando um futebol abaixo da sua normalidade. Eu penso que de nada adianta colocar apenas sete ou oito jogadores dentro da nossa área num escanteio adversário se entre estes sete ou oito alguém estiver desatento na marcação.
    4) Para mim o Adenor não é nem sombra do que foi em 2004. Naquele ano, além de ter armado um eficiente sistema defensivo, ele conseguiu mexer de certo modo com os brios da moçada, de forma a transformar uma equipe desacreditada e condenada ao rebaixamento numa equipe capaz de chegar ao quinto lugar (pouco para a história corinthiana, mas ótima para as condiçoes daquele momento). Hoje, ele não consegue fazer a equipe jogar pelo menos com alma.

    Curtir

    • 09/19/2011 12:22

      1-Mas estávamos em plena forma física e isso foi notável. Fora que a concentração do adversário era outra.

      Ah, e teve a fase do Willian. Algo notável também.

      3-O problema agora é da falta de confiança: nos companheiros, no técnico e no próprio futebol.

      A bola vai queimar no pé. Tite tem de entrar com os mais veteranos.

      4-Aparentemente, ele perdeu o comando.

      Curtir

      • 09/19/2011 12:47

        Tite é um bom técnico para aquela situação de 2004: equipe limitada ele faz jogar melhor do que jogaria normalmente. Para dar um time melhor e fazer ser campeão ele não é o cara, vide 2005 e Inter em 2009. Acho que o Andres não conseguiu convencer o Parreira e está esperando Mano ou Felipão cairem – se é para pagar multa e ter de dar explicações da demissão que seja tiro certeiro. Nei Franco seria segunda opção…. Renato Gaucho seria só no desespero…

        Curtir

        • múcio rodolfo permalink
          09/19/2011 13:23

          1- Eu não consigo entender um técnico conseguir fazer um time limitado render mais do que pode e fazer um time tecnicamente superior não. Talvez a linguagem do Adenor seja mais compreensível aos “limitados” do que aos “grandes craques”.
          2- Em 2005 o Adenor não teve aquele time que muitos consideam como maravilhoso pronto nas mãos e isto faz diferença. No entregacional, ele não foi o desastre que muitos pregam. Ganhou uma sulamerica e um campeonato gaucho (que pode não comprovar a competência de quem ganha, mas certamente comprova a incompetência de quem perde) e chegou a uma final de Copa do Brasil. Mas o pessoal acha que o cara para ser bom tem que ganhar, ganhar, ganhar, ganhar, ganhar, ganhar…………

          Curtir

        • 09/19/2011 14:25

          Cara, dá para vc notar a diferena de estilo de técnico. O Luxa nos bons tempos era técnico de pegar time de estrelas e fazer jogar; com time ruim ele não conseguia fazer roda, vide Palmeiras em 2002. Já o Leão, por ex, sempre foi técnico de dar uma chacoalhada em time quase caindo e levar pro meio da tabela, mas poucas vezes montou um time campeão (exceção aquele time do Santos de 2002 que encaixou na hora certa). O Tite no inter em 2009, não sei se vc se lembra, mas antes da final da Copa BR era tido como grande time do país, goleadas de 8×0 no gauchão etc. Tomou uma piaba na final que não viu nem daonde veio, aí o Corinthians passou a ser o time que melhor jogava na américa…o Tite é isso, não adianta jogar bem, levar assim por um tempo e quando chega na hora decisiva tremer..

          http://cachacadopovo.blogspot.com/

          Curtir

  11. Cleber permalink
    09/19/2011 11:05

    Realmente, o foda vai ser pagar 5 milhoes na multa do Tite porque ele nao tera o carater necessário para pedir demissão, se bem que pra quem ofereceu quase 100 pro Tevez, 5 milhoes nao deve ser nada……
    O Andres nao é burro ( pode ser outras coisas, mais burro não é), com certeza ele ja sabe que não podera segurar o Tite se perder pros bambis na quarta-feira e aposto que ele ja deve ter ligado no minimo umas 5 vezes pro Parreira hoje, mais acho dificil o Parreira assumir esse barco agora, provavelmente vão trazer alguem pra tocar até o fim do ano e o Parreira se vier é só pra 2012.
    PS : Com os 100 milhoes que ele ofereceu pro Tevez, não dava pra trazer 1 Goleiro, 1 Zagueiro, 1 Lateral Esquerdo e mais 1 Atacante todos de 1º nivel ? Ou seja exatamente o que estamos precisando ?

    Curtir

    • 09/19/2011 12:24

      A gestão do futebol corinthiano é uma zorra.

      Parece que ele nem vinha negociando com ninguém, o que é erro, pois Tite mete os pés pelas mãos. Mas tem Renato Gaúcho no mercado e ele pode dar um caminhão de dinheiro para o Nei Franco (que ganha mal na CBF).

      Curtir

  12. jeff permalink
    09/19/2011 10:28

    Vamos parar de queimar o meia?! Pelo amor de Deus! Já vimos essa lição com o Douglas, que foi p/ o Grêmio e lá é decisivo jogo sim, jogo não!

    Vamos aos verdadeiros culpados? 1) Diretoria; nosso time é até ‘razoável’, mas é elenco sem jogadores decisivos, sem caras que chamam a responsa. Aí não dá. Sem contar que, se o outro preparador não era bom, deveria ter sido trocado há tempos já; 2) Tite, acho que nunca vi um técnico com criatividade tão pequena, tão limitada.

    No mais, como assim a torcida abandonou? Olha, calma lá, esse time é muito broxante…

    Curtir

    • 09/19/2011 12:26

      Se Tite, pelo menos, fosse um cara mais crítico, vá lá. A gente dava o desconto de que ele está tentando mudar, enxerga os erros etc.

      Mas, nem isso…

      Curtir

  13. André Pinheiro permalink
    09/19/2011 9:45

    nao ia adiantar nada entrar com o danilo, pq ele ia colocar o danilo na posição que o jh vinha jogando, tanto que quando entrou foi jogar na ponta esquerda e praticamente nao pegou na bola, o proprio tecnico anula o seu melhor meia.
    o que foi aquilo no começo do segundo tempo, parecia pelada, atacando de qualquer jeito no estilo kamikaze sem responsabilidade nenhuma, o neymala poegou pelo menos 3 bolas desmarcado, dai ele ganha o jogo sozinho, se nao fosse o souza com nome espirita deles, tinham tudo pra devolver os 7.
    ainda da pra nóis, mas acho que o sanchez vai esperar tomar uma piabada da bambizada, pra demitir o cara. meu medo é o corinthians ganhar do sp.

    Curtir

  14. 09/19/2011 8:27

    O problema é que esquema tático se monta com as peças que se tem; o Tite mudou as peças e ainda confia no mesmo esquema. Sheik tem sido muito produtivo, mas ele é segundo atacante de 442, precisa de liberdade de movimentação. No 433, onde precisa-se de maior limitação tática de cada um, não funciona; obriga a essas tosquices táticas que vc citou: o Alex é obrigado a fechar na esquerda, o Willian não pode sair daquela lateral e não tem ninguém armando pelo meio (ou só o próprio Sheik quando vem buscar a bola). Ou muda o esquema tático ou escolhe as peças certas para jogar no esquema. Quanto ao Alex, eu concordo que o problema maior é posicionamento; mas o cara não veio do São Caetano, veio contratado a peso de ouro do exterior e ocupou a vaga de um cara, sonolências à parte, vinha jogando bem.. Daria pro cara se desculpar “não estou no meu melhor pq o posicionamento é estranho”, mas não dá para se desculpar “não consigo acertar 1 passe pq o posicionamento é estranho”…para fazer essa posição do 1 – no caso do Tite insistir nesse esquema – mesmo nos momentos de sonolência e cansaço o Danilo fez melhor que o Alex.
    pergunta: a série de derrotas / empates não é tão ruim quanto a do Adilson ano passado, mas a situação é basicamente a mesma: se continuar assim título quase já era e estamos com medo de perder até vaga para Libertadores, não? Então pq não tomar a mesma atitude do ano passado?

    http://cachacadopovo.blogspot.com/

    Curtir

    • Raphael permalink
      09/19/2011 10:48

      Essa do esquema tático sem as peças é uma enorme verdade.

      A soma dos nossos atacantes não nos permite jogar no 4-2-3-1, como fazíamos naquele ótimo time que destruiu o Adenor na Copa do Brasil. Além disso, temos dois centro-avantes de nível internacional (Liédson e Adriano) que acabarão jogando juntos, um excelente “segundo-atacante” (Emerson), uma ex-bom em crise técnica com contrato recém-renovado (JH) e o Willian que é útil. Mas ainda assim a diretoria megalomaníaca inventa uma proposta de + de 100 milhões pelo Carlitos…

      Curtir

  15. Blefe permalink
    09/19/2011 8:22

    Tudo bem que o Tite pode ter participação decisiva nas atuações tenebrosas do Alex, mas toda bola que sobra na entrada da área o cara nem no gol acerta.

    E essa história do Andrés de não querer dispensar o Tite já deu no saco.
    O leite já azedou e não tem mais volta.
    O time não vai começar a ganhar de novo do nada.

    Curtir

  16. Cleber permalink
    09/19/2011 8:19

    Hoje la pelo meio-dia seria a hora ideal para o Tite aparecer em uma coletiva e anunciar seu pedido de demissão ( combinado com a diretoria é claro, ele não vai abrir mao da multa rescisória…) . Mas o mais provavel é que mandem ele embora na quinta-feira se perdemos pros bambis e ter de aguentar mais uma vez dizerem que eles derrubaram nosso treineiro.

    Curtir

  17. Mario Santiago permalink
    09/19/2011 7:31

    J.César; Welder, Chicão, L.Castán e F.Santos; Ralf e Paulinho; Jorge Henrique, Danilo e William; Liédson. Esse time estava jogando bem e ganhando quase todas. Até que o Liédson se machucou e o Tite, que é um mentiroso, arrumou um jeito de colocar o Alex, amiguinho dele, no time. Antes não dava porque o Danilo estava jogando muito bem e era um dos melhores do time e do campeonato. O Liédson voltou e quem saiu do time foi o Danilo. O Tite manteve o Alex no time mesmo sem jogar absolutamente nada. Até hoje o Alex acertou apenas um chute, não deu um passe pra gol sequer e erra passes de 3 metros. Não existe a menor razão para o Alex ser titular do time. A não ser na cabeça do Tite. A história do Campeonato Paulista, quando o Tite manteve o Dentinho em péssima fase no time, está se repetindo. Enquanto o Alex tem carta branca pra jogar mal durante os 90 minutos em todas as partidas, o jovem William, se não fizer uns 2 gols por jogo ou se perder um gol, sai do time imediatamente.

    Não tenho dúvida nenhuma de que os jogadores que estão a muito tempo no time não gostam da postura do Alex, que mal chegou e parece que manda em tudo, além de fazer discursos como se fosse o presidente do clube.

    O Danilo merece um menção honrosa, pois perdeu a vaga no time injustificadamente e não foi à imprensa reclamar. Continua treinando e esperando uma nova chance. O Danilo não é um craque, e no segundo tempo sempre cansa, mas é um jogador que sabe o qual é a sua função no time, que é servir os atacantes, coisa que vinha fazendo muito bem até ser sacado do time. Perdeu a vaga para o Alex, que chuta (pra fora) toda e qualquer bola da intermediária, ao invés de fazer o passe.

    Curtir

    • 09/19/2011 8:14

      Eu colocaria o Danilo desde o início neste jogo, mas não criminalizo o Alex, que está jogando mal.

      Ainda acho que o erro é acreditar no time do início do campeonato.

      Curtir

    • Raphael permalink
      09/19/2011 11:26

      Acho que culpar só o Alex pelo rendimento do clube, pelo que ele não tá jogando, pelos seus discursos ou então pelo que os outros jogadores acharam dele é muito pouco.

      Ele erra muito porque chama o jogo, porque os demais não se movimentam direito, porque o time tá uma bagunça em campo e porque ele tá jogando mal mesmo.

      Daí a levar um monte de Corintiano ontem pedindo a morte do cara no twitter já é muita babaquisse…

      Curtir

  18. David 77 permalink
    09/19/2011 2:10

    Uma hora a sorte iria acabar… Não iria ser toda vez que o adversário acertaria a trave e nós num contra-ataque meio sem querer fariamos gols.
    Como alguns outros aqui, também estou muito longe de poder enxergar o jogo tático com a riqueza do dono do blogue, mas os gols tomados de escanteio são ridículos, primários. Bola no primeiro pau onde Tite gosta de “proteger”. Cobrado a altura do cabeceio, não vai dar outra, ou ela vai para trás ou então será desviada na diagonal. Hoje foram nada menos que tres jogadores nessa bola, fora um que foi de bobinho numa falsa deslocação, nem no Tabajara conseguem isso.
    E o mais legal, se Henrique, que ganhou fácil do de Willian não estivesse em condições de chute, poderia passar pra outros dois companheiros que estavam totalmente livres na nossa área.
    Pensando bem a sorte do Tite não acabou, mesmo sendo fraquinho ele continua empregado, a sorte que acabou foi a nossa, a da torcida.

    Curtir

  19. 09/19/2011 1:24

    Cara, o pior é que vencer o Corinthians se torna uma tarefa cada vez menos dificil para os oponentes. Se o técnico adversário acompanhar os tapes das últimas derrotas, terá condições de traçar uma estratégia eficiente com muita facilidade, sem quebrar a cabeça. A história é sempre a mesma: o time imprime um ritmo forte durante os 20 primeiros minutos, e, se faz um gol, se recua todo. A partir dai, passa a fazer faltas perto da área e a ceder escanteios um atrás do outro. Toma um gol de de bola parada e se desequilibra psicologicamente. No segundo tempo, não tem fôlego pra tentar mais nada.
    Como o Sanchez já disse que o Tite não cairá fora, acho que não dá pra esperar nada melhor. O negócio agora é torcer pra Inter e Flu sossegarem e não arrancarem, pra que pelo menos a gente consiga uma vaga na Libertadores.

    Curtir

    • 09/19/2011 7:56

      Tá fácil vencer o Corinthians!

      Tite não consegue se reinventar nem mesmo fazer uma análise crítica de seus erros ou do time. Isso é o que mais me incomoda.

      Curtir

  20. Fernando Souza Jr. permalink
    09/19/2011 0:39

    Os problemas técnicos da equipe são absurdos. Não tenho a pretensão de ter a sua erudição tática, mas algumas questões são explícitas: o time não tem jogada ensaiadas, toma gol de escanteio todo jogo, os rebotes são outro drama. Quando estamos na frente, não conseguimos articular contra ataques e o recuo é sempre demasiado. Falta gente no meio.
    Concordo sobre escalar William/Emerson juntos hoje: um não aguenta os 90 minutos, o outro é melhor quando entra nomeio do jogo. Hoje seria essencial um cara descansado no banco para jogar em cima do Léo. Mas falta visão ao Tite. E estratégia e malícia…
    Vou te falar o pior: vamos tomar uma lambada do SPFW na quarta, o Tite vai ser demitido e ainda vamos aguentar tiração de sarro de que os bambis mais uma vez derrubaram um treinador nosso. Andrés procura num treinador o que tinha com o Mano: não ter de se preocupar com o futebol. Tá na cara que ele perdeu e está cada vez mais isolado na defesa do Tite.
    Pra mim, o Corinthians virou o fio. Moralmente, as últimas rodadas foram um soco no estômago e escancarou todas as limitações da equipe, que não são poucas. Duvido muito que o time consiga se recuperar, à essa altura do campeonato. Está na hora de planejar 2012.

    Curtir

    • 09/19/2011 0:47

      Excelente resumo!

      Essa do Mano é boa sacada, ele deveria ter acordado para isso lá no final de 2011 ou, ao menos, na queda perante o Tolima. Aquele jogo contra o Palmeiras não teve dedo do Tite.

      Curtir

  21. Pedro permalink
    09/19/2011 0:05

    Eu crente que você ia fazer um post desejando feliz 2012,e você me põe o copo meio cheio…. hehehe

    Me recuso a comentar a parte tática do jogo,mas concordo plenamente sobre o Alex.Até porque,é um dos poucos jogadores do Corinthians que eu vejo dar carrinho.Fato raro nesse plantel com atitude digna de Jardim Leonor.

    Sobre o estádio,pode apostar que vão pressionar a Fifa para anunciarem a abertura até o fim da semana.Afinal é a “nossa Meca” na copa.O pior é que muitos ainda não enxergaram que esse estádio é para a copa e não para a Fiel Torcida.

    Como bem disse a nota oficial da Rua São Jorge,o Sanchez acha que geral se esqueceu que ele era da administração Dualibabá…

    Chamem estes putos que sairam antes do fim do jogo do que quiserem,menos de Torcida Corinthiana.

    Feliz 2012!!!

    Curtir

  22. 09/19/2011 0:05

    Acho que do jogo, a lição que a gente tira é que se não tivéssemos Liedson e Emerson, estaríamos com metade dos pontos que a gente tem agora. Emerson, apesar da (falta de) forma física, é o cara que chama a responsabilidade, que corre, que parte pra cima com inteligência.

    Eu vejo o Adriano como a luz no fim do túnel. Simplesmente não tem como deixar ou ele ou o Liédson no banco, e não dá pra colocar o Liédson em uma das pontas que não vai adiantar em nada. Quando o nosso atacante voltar da lesão (espero que logo), o sistema Titeano vai ser obrigado, seja pela torcida, pelo marketing e, inclusive, pelo nível técnico e tático, a escalar dois atacantes dentro da área.

    Danilo e Alex no meio, Edenilson entra no lugar do mais cansado no segundo tempo. O treineiro não poderia pelo menos em um treino tentar fazer o time assim e ver no que dá? Eu tenho certeza que funciona melhor.

    Fora Tite!
    Fora Andrés!
    Aqui é Corinthians!

    —————

    – Eu acredito que , se fizermos uma partida igual a essa contra o São Paulo, a gente leva de goleada e o Tite é demitido.
    – Bem que o Anderson Silva podia dar um chute no queixo do Tite, deixaria muita gente feliz.

    Curtir

    • Paulo permalink
      09/19/2011 0:31

      Bruno, sempre com a devida licença, concordo em relação ao Liédson, mas discordo frontalmente em relação ao Sheik. “Mosca de padaria”! só sobrevoa mas não deposita os ovos e não come o creme. E ainda quer chutar pro gol toda hora ( a exemplo do Alex ). Nesses dois, talvez, esteja a raiz da queda do time no campeonato…quebrou-se a solidariedade que mantinha o elenco com “pegada”. Verdade que ninguém garante que só isso bastaria ( acho até que estávamos condenados a sucumbir ), mas a verdade é que a queda brutal foi antecipada, possivelmente, depois da entrada dos dois.

      Curtir

      • 09/19/2011 7:49

        Eu concordo com essa perda de solidariedade — que, de fato, não é uma “perda”, pois esse time da frente joga há pouco tempo junto.

        Mas o émerson, na cena toda, acaba sendo necessário e decisivo.

        Curtir

      • 09/19/2011 23:29

        A situação parecia bastante favorável pra vinda do Alex. Já tinha treinado com o Tite, e o time precisava urgentemente de um outro meia. Fez bons jogos, outros foi mal. Mas todo final de jogo ele dava entrevista reclamando do time, e, convenhamos, com razão. Não é a toa que os amigos do treineiro ficam irritados com ele.
        Eu achava que o Emerson era uma contratação desnecessária pelo preço e pela técnica, mas ele me surpreendeu positivamente.

        Mas eu não consigo atribuir a queda simplesmente aos dois. O time vem mal das pernas desde a saída do Mano, que ainda conseguia fazer o time jogar decentemente. Depois só apareceu técnico frouxo, que abaixa a cabeça pra tudo que a diretoria fala (pelo menos essa é a minha impressão).

        Curtir

    • 09/19/2011 7:50

      Acho que o Liédson vai para ponta, como na seleção portuguesa.

      Curtir

      • Raphael permalink
        09/19/2011 10:54

        Se o Tite estiver aí, vai mesmo… eu acho errado, o Levezinho só rende dentro da área, na marca do pênalti.

        Curtir

  23. Emboava permalink
    09/19/2011 0:02

    Nem vou fazer um comentário sobre o jogo muito sério…

    Fiquei com muita raiva desse joguinho… na minha opinoão perdemos totalmente o meio-campo apesar de até o primeiro gol do Santos termos jogado muito mais…

    O Tite fez umas substituições estranhas… o Alex nada fez… e perdemos de um time que nem mereceu ganhar…

    Provamos pra todos que o nosso time não tem cara de campeão… e não tem reposição a altura… nem ligaria se metade dos jogadores em campo fossem pratas da casa… mas ali não tinha nenhum que valha a pena… mas buzzinex eh assim mesmo…

    #ForaAndresSanchez
    #ForaRosemberg

    Curtir

  24. Paulo permalink
    09/19/2011 0:01

    Meu Deus: copo meio cheio? Vencer dez e perder quatro? Infelizmente, é mais fácil ocorrer o inverso, muito mais fácil, aliás. Entendo o cálculo matemático, mas não vira. Melhor torcer para o campeão fechar com a menor pontuação da era dos pontos corridos, o que, aí sim, diante do número maior de concorrentes, pode ser viável. Mas jogando como hoje não dá, em nenhum cenário.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: