Skip to content

Mesa por um bilhão de dólares

10/03/2011

Apesar do jogo de ontem, os assuntos quentes são extra-campo.

  • A canalhice contra as torcidas visitantes continua: é tiro, pedra, policia que segura ônibus, torcedor da casa que quer entrar a força no espaço do visitante. Inacreditável que esse tipo de coisa continue a existir. Ninguém é preso nunca.
  • Mas elegem-se promotores…
  • A  entrevista do Mr. President Andrez. Mais uma vez ele dispara a falar, não presta atenção no que fala e aí sim, solta nota oficial desdizendo. Tá gravado, ele disse:” Garanto que o estádio do Corinthians é mais de R$ 1 bi e vou pagar 780. Ponto.”
  • A CNO é uma empresa que visa o lucro e não está arcando com nada nessa empreitada. Paro aqui, cada um pensa o que quiser sobre 220 milhões. Eu tenho meu palpite de ex-profissional do setor.
  • Incêndio na obra do Grêmio, greve no Maracanã (até da comida indecente!), greve no Mineirão… Estão aproveitando a visibilidade da Copa… FANTÁSTICO!! Tem mais que aproveitar mesmo! É das categorias mais exploradas do planeta junto com o cortador de cana, com a desculpa esfarrapada da carteira assinada. Ok, é trabalho braçal. Mas não é escravidão. Todo trabalho deve ter remuneração digna e condições de trabalho humanas. Aproveitem a Copa e a Olimpíada para exigir patriotismo dos patrões: salário digno e trabalho humano! Esse pode ser um bom legado da Copa.

Vortemos ao futiba…

  • PORRA MANO!!! CARAL#$%! PUT$%&”%! VAI %$%&%”! Tirar o Ralf assim? E nem precisava, pô!
  • Preparem-se para domingo: jogo contra o Hélio dos Anjos e um INFERNO. Inesquecível Corinthians 1 x 4 Goiás em 2009, boteco recém inaugurado e  que marcou a estreia dos comentários brilhantes do Cesar no boteco.
  • Troféu RIDICULO da semana: Gaciba falando que aquele braço do Fagner é normal. O cara fez o mesmo movimento do jogador de basquete quando quer dificultar a visão do atacante. Era o que ele queria, encobrir a visão do JH! Pô, isso é penalti! (mas o Leandro também fez um no 2º tempo…)
Coloque na mesa o seu punhado de dólares!
Anúncios
48 Comentários leave one →
  1. múcio rodolfo permalink
    10/06/2011 22:04

    Oscar na nossa calçada da fama. Mas……………..sem querer ser chato……e aqueles jogadores que representaram muito mais para a história do nosso basquete do que o Mão Santa. Fora os jogadores daquela maravilhosa geração de Vlamir, Ubiratan…..teve aquele timaço dos anos 80 no qual se destacavam Rock Smity, Adilson e Gilson. Será que nenhum deles mereceria mais do que o Oscar. Repete-se com o basquete o mesmo que foi feito no futebol, onde o Ronaldo “passou a ser mais importante” que Teleco, Flávio, Geraldão….

    Curtir

    • Cesar Augusto permalink
      10/06/2011 22:40

      A diretoria do business não entende questões básicas da história do clube.

      Mal sabe a diretoria, por exemplo, que a Libertadores da América do Basquete, o Sul-Americano de clubes, já foi vencido pelo Corinthians e, por duas vezes, em 1964 e 1969. O Corinthians foi vice-campeão mundial de basquete, em sua primeira edição, em 1965.

      Sem contar inúmeros títulos brasileiros e paulistas. Aliás, posso estar enganado, mas o Corinthians, ainda, é o maior campeão paulista do basquete paulista.

      O Corinthians tinha um timaço nos anos 80. O craque do time era o glorioso Rocky Smith, um armador canhoto de rara habilidade. Era um show man. Ainda, tinha o Adílson e o Gerson, que jogaram na Seleção por muito tempo, inclusive em Mundiais e Olimpíadas. Até o Marcel, que foi um excepcional jogador, teve o prazer de envergar esta camisa, assim como o Oscar, na década de 1990.

      Lembro de grandes vitórias, como o campeonato paulista de 1983 frente ao Sírio e derrotas inacreditáveis como aquela para o Monte Líbano, em 1982, o Cadum arremessou de muito longe, quando ainda não existia a linha de 3 pontos, e calou o Ibirapuera, no último segundo. Aquela derrota foi uma das mais doídas da história do Corinthians em qualquer esporte.

      Ah, e sempre com ginásios lotados. Um time competitivo de basquete deveria fazer parte do estatuto do clube.

      Homenagear o Oscar é legal. Foi um excepecional jogador, mas antes seria mais interessante olhar para o passado e homenagear aqueles que fizeram a história do basquete do Corinthians como o Wlamir e o Amauri, que estão vivos, firmes e fortes.

      A diretoria do business não dispõe do mínimo conhecimento da história do Corinthians.

      Será que existe no clube, algum departamento que privilegie a história sem distorcê-la?

      Se a diretoria do business ficar uns 20 anos no poder, certamente, tentarão nos convencer que Ronaldo e Andrés Sanches foram, respectivamente, o maior jogador da história do clube e o maior presidente da história do clube.

      Lavagem cerebral pura.

      Abre o olho, corinthiano.

      Curtir

    • 10/08/2011 1:33

      Só estou lendo agora, mas foi isso que comentei pelo twiteer exatamente na hora que soube.

      Inclusive, para corinthianos mais velhos, aquele time pode ser o maior time do Corinthians de todas as modalidades.

      Curtir

  2. Daniel CMS permalink
    10/06/2011 15:50

    O blogue deveria entrar na onda mundial e fazer um tributo a Steve Jobs, talvez encontrando algumas semelhanças entre SJ e o Timão ou algum craque que jogou para a gente! 😉

    Curtir

  3. José permalink
    10/06/2011 15:24

    Golpe Perfeito

    A candidatura do cronicamente problemático Morumbi à Copa de 2014 foi uma aberração criada e imposta pelo então governador Serra, aceita por Ricardo Teixeira, abraçada pelo prefeito Kassab, e que chegou a ser apoiada pelo então presidente Lula.

    A despeito do evidente absurdo que consistia, e mesmo com tão poderosos aliados, a candidatura do Morumbi não prosperou, por conta e obra da incompetência do SPFC na condução de seu processo, principalmente na manifesta inabilidade política.

    No entanto, apesar de, enfim, a estapafúrdia candidatura do Morumbi ter chegado a termo, não foram fechadas as comportas do erário abertas para despejar perdulários recursos no beneficiamento do estádio são-paulino: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,contra-transito-morumbi-vai-ganhar-avenida-paralela-a-giovanni-gronchi-,781329,0.htm

    Configura-se um “golpe perfeito”: com o Morumbi fora da Copa, com a definição do Fielzão como palco paulista para o evento de 2014, e aproveitando o difuso e poderoso sentimento anticorinthiano (um ranço preconceituoso, centenário, que se modifica mas parece que jamais acaba, mesmo com as progressivas democratização e inclusão social), todas as atenções, patrulhas e baterias se fixam no estádio do Corinthians; fica, por conseguinte, completamente livre de contestações e de desgaste, esquecida, a destinação de bilhões de reais dos cofres públicos em prol do patrimônio do SPFC ( mais de três bilhões de reais, “garimpados” por Juvenal Juvêncio “junto ao Lula e ao Serra”, segundo as próprias palavras do presidente sub judice do SPFC: http://www.lancenet.com.br/minuto/Juvenal-consegue-bilhoes-entornos-Morumbi_0_465553620.html ).

    A construção do Aerotrem do Morumbi e suas obras conexas é injustificável racional e moralmente: dos gastos públicos vinculados à realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil (cerca de vinte e quatro bilhões de reais) a maior parte será destinada a obras de mobilidade urbana (cerca de doze bilhões de reais); desse montante, os maiores gastos estão previstos para as obras em benefício do Morumbi (mais de três bilhões de reais) – um estádio que não será utilizado na Copa e em uma região que não se alinha entre as mais carentes de intervenções do poder público na cidade de São Paulo (ao contrário do Fielzão e da região de Itaquera, em função dos quais projetam-se obras modestas, de pequena monta)!

    Ainda é tempo de os órgãos de imprensa, a opinião pública e as autoridades competentes se darem conta e impedirem a consumação desse descalabro.

    Curtir

    • Paulo permalink
      10/06/2011 21:00

      Concordo, esse dinheiro do tal monotrilho deveria ser reservado a uma obra de ligação do Aeroporto de Guarulhos à linha leste-oeste do metrô, de forma a propiciar aos turistas estrangeiros que virão para a Copa do Mundo uma alternativa rápida e fácil para chegar à Itaquera ou ao Centro da Cidade, onde está a maioria da rede hoteleira. Isso se prevalecessem imperativos de racionalidade, legalidade e moralidade administrativa, mas sabemos que não será assim, pois essa aberração urbanística – que já provoca desvalorização imobiliária em torno do eixo do projeto, pela vocação dos imóveis ( de alto padrão ) ali concentrados, mas que produziria efeitos inversos em Regiões carentes como as Zonas Norte e Leste – foi idealizada exatamente para servir ao Morumbi, e, mesmo com a exclusão desse estádio da Copa, foi mantida como forma de compensação ao clube das elites paulistanas, às quais a candidatura de Itaquera foi imposta goela abaixo – e ainda não foi digerida. Não se esqueça a quem políticos como Serra, Kassab e Alckmin servem. A adesão deles ao nosso futuro estádio só se deu a contragosto, tardiamente, num momento crítico em que a própria participação da cidade no evento Copa estava seriamente ameaçada, o que geraria um custo político que obviamente não quiseram pagar. Vamos cobrar mais obras no entorno do nosso estádio! É justo e necessário.

      Curtir

    • Raphael permalink
      10/07/2011 16:35

      Pra mim é muito claro que a bambizada tem medo de perder sua única/maior fonte de renda com o Morumbi, que é a realização de shows etc e tal.

      Aquele estádio defasado e com péssimo acesso só enxe nessas raras ocasiões… no futebol só colocarão lotação máxima daqui a uns 14 anos quando trouxerem de volta o Kaká, mas somente no seu jogo de estréia.

      O grande medo deles nessa história de Copa do Mundo é perder o posto de único palco para grandes shows em SP para os estádios do Corinthians, Palmeiras e talvez agora mesmo para o Pacaembu, que deverá ter alguma função pós-Copa.

      A concorrência para sediar os shows irá aumentar e a maneira que eles têm para agregar algum valor ao elefante cor-de-rosa Pomposo de Toledo é melhorando os acessos ao estádio. E para isso, claro, contarão com a corriqueira (na história do clube mais sujo do futebol nacional) ajuda máquina do governo.

      Apesar disso tudo, morei próximo ao Morumbi e sei que a região lá é bem carente mesmo de acesso. Essa via paralela a Giovanni Gronchi me parece bem necessária, bem como mais pontes entre a Estaiada e a João Dias. Ali mora muita, mas muita gente e não são apenas “madames tricolores”… tem muita gente humilde e trabalhadora tambem. Mas é fato que os 3 Bilhões para o aerotrem são ridículos, a própria comunidade dali é contra.

      Curtir

  4. Marcos Andrade permalink
    10/06/2011 15:02

    Sou masoquista, assim assista as peladas Gaymio X lebistes e bambis X Cruzeiro. Já foi dito aqui, por alguns que os lebistes e os bambis teriam melhores elencos do que o Timão; isto é um absurdo, os reservas do Timão são muito melhores do que os titulares deles. E para falar em arbitragens o que os bandeirinhas e apitadores roubaram para os bambis foi uma grandeza, nem assim o timinho ridículo conseguiu ganhar do pavoroso Cruzeiro.

    Curtir

    • Thiago Guadalupe permalink
      10/06/2011 15:42

      Sempre disse o contrário! Costumam supervalorizar os adversários e menosprezar nosso elenco por aqui.

      O elenco 2011 do Corinthians tem totais condições de ser campeão brasileiro… por exemplo, não deve nada ao do Flu 2010, nem do Fla 2009.

      Curtir

  5. Daniel CMS permalink
    10/05/2011 14:18

    1 – Em relação à arbitragem, tenho uma opinião que provavelmente não vai agradar a muitos aqui.

    a) Penso que o futebol hoje é algo muito grande para estar na mão de uma única pessoa, normalmente despreparada e incapaz de concorrer com os recursos eletrônicos. Um resultado de uma final, seja do Paulistão ou da Copa do Mundo não pode estar nas mãos do árbitro, pura e simplesmente. O futebol envolve hoje muito investimento e cria muitas expectativas para ser decidido por um árbitro.

    Falta transparência e um pouco mais de justiça ao futebol.

    Minha sugestão é que cada técnico tenha um “red flag” por tempo ou por jogo, como no futebol americano, para desafiar a chamada do árbitro e fazê-lo rever pela televisão a sua decisão. Se isto ocorresse apenas para quando o arbitro apitasse (penaltis duvidosos, cartões por determinadas faltas), o futebol se tornaria um pouco mais cristalino e justo.

    b) Tão ou mais polêmico seria fazer com que as regras percam um pouco da subjetividade e interpretação. Que porra é essa de intenção de colocar a mão na bola ou criar uma área maior à sua volta? Mão na bola é mão na bola! Força excessiva? Mas a força foi aplicada no Neymar ou no Ronaldão, já que a mesma terá um efeito diferente em cada um… Por que simplesmente não considerar se pegou primeiro na bola ou não?

    Assim o juiz poderia se restringir em apenas apitar o que vê (muitos dizem isso).

    Essas sugestões podem transformar o futebol num bizineis maior do que é, o que provavelmente não agrada a muitos aqui, inclusive a mim. Porém, o futebol está perdendo muito de sua credibilidade pois hoje não há como negar a montante de dinheiro investido em equipes, infra-estrutura e APOSTAS e a influência deste dinheiro no esporte. Ou as regras mudam ou estaremos à mercê de diversos tipos de manipulação.

    2 – Helio dos Anjos é a bola da vez? http://globoesporte.globo.com/futebol/times/atletico-go/noticia/2011/10/clubes-grandes-nao-seduzem-helio-dos-anjos-nao-vendo-minha-alma.html

    Curtir

    • Daniel CMS permalink
      10/05/2011 17:25

      Só pra esclarecer: mão na bola e bola na mão deveriam ser a mesma coisa!

      Curtir

  6. Marcelo permalink
    10/04/2011 23:57

    Pessoal alguém já reparou que o custo de um assento nos estádios da copa, é mais caro que a maioria do melhores metros quadrados nas capitais brasileiras (Média de R$ 7mil por assento, preço de um lançamento em Moema…)??? Vamos abrir o olho o custo de uma obra dessas está passando dos limites, imaginem que uma construtora tem um lucro no mínimo de 50% na construção de um prédio (pelo menos o meu vai dar isto) imaginem o quanto estes caras das construtoras, governos estaduais e prefeituras estão ganhando, dúvido que com 500 milhões o estádio não seria feito da mesma forma e seguindo os mesmos padrões se fossem pessoas sérias.
    Abraço

    Curtir

  7. 10/04/2011 22:41

    Primeiramente, bravo, Álvaro, pelo comentário sobre o pessoal da construção civil. Tem mais é que grevar (neologismo que ouvi de um sindicalista do Piauí) mesmo, em todo lugar. A patrãozada e o governo que se virem pra dar condições. Bravo!

    Sobre o Corinthians, trago um tópico não tratado: e o Manguaça? Deve jogar só uns minutos no domingo, o que pode servir para descansar o Liedson, até aí sem crise. Mas assumindo que ele volta bem, e essa é minha aposta, vai precisar de um lugar no time titular. Qual o time e formação titulares que funcionam?

    Meu palpite passa por quem joga mais. Nessa lista entram Adriano, Alex, Emerson, Liedson e Danilo. Tirando os necessários revezamentos, acho que a melhor hipótese seria o 4-2-3-1 com Alex, Emerson, Liedson e Manguaça. O Carlão concorda, e sugere outra: um 4-4-2 em losango, com Danilo e Paulinho como volantes-meias, Alexa na ligação, Liedson e Adriano no ataque. Também parece uma boa, mas naõ vejo Emerson fora do time.
    http://carlospizzatto.blogspot.com/2011/10/possivel-corinthians-com-adriano.html

    Considerei ainda um quadrado no meio com Alex e Danilo. Mas de todo jeito, um complicador: será que o Adenor abre mão da correria e marcação de JH ou William?

    O desafio seria, então, pensar a melhor formação e a formação que o Tite levará a campo. Quem se arrisca?

    Curtir

    • 10/05/2011 23:09

      Tá sobrando um cara na frente. O que é perfeito pra um revezamento, se considerar que não tem nenhum lesionado. Acho que é claro pra todo mundo que Liedson, Adriano, Danilo, Alex e Emerson tem bola pra serem titulares. Como são 4 vagas na frente (colocar todos eles juntos é suicídio tático), revezando sempre vai ter um deles descansado. Basta ver o caso do Danilo, que depois de uma semana de descanso jogou muito bem contra o Vasco.

      A formação pode ficar a mesma, com Adriano na referência, Liedson/Emerson/Alex/Danilo revezando na linha de 3. Ou, minha opção, mudar pro 4-2-2-2, com Alex/Danilo(/Edenilson?) no meio e Liedson/Adriano/Emerson no ataque.

      Curtir

  8. múcio rodolfo permalink
    10/04/2011 20:51

    Pegando carona no comentário do César Augusto (eu vivo fazendo isso), eu tenho a quase certeza de que aqueles famosos jogos anulados por causa do escandalo do apito tinha em mente favorecer o Flunimed que naquele momento brigava pelo título e tinha que refazer seus jogos contra Brasiliense e Juventude- bem mais fáceis do que os do Corinthians: bambis no panetone e sardinhas na Vila Belmiro. E vejam que “engraçado”. Por anos e anos somos obrigados a ouvir que a expulsão do Rui Rei manchou a nossa conquista de 77, mas nenhuma palavra é dita neste sentido com relação aos três jogadores do Atlético Mineiro expulsos na decisão de 80. E o super-roubo protagonizado pelo Wright naquele jogo de dita cuja em Goiania que abriu caminho para o Flamengo ganhar o torneio de 81? Depois de passar pelo Galo do jeito que passou, o Flamengo só pegou galinha morta. Sobre o Vasco eu só faço um reparo: o chiqueirense sofreu na pele o mesmo que a gente sofreu em 94 quando o tribunal da CBF liberou o Antonio Carlos e o Edmundo para jogar contra o Corinthians. Nem a automatica o zagueiro cumpriu! O fato é que o Adenor mais do que nunca tem de trabalhar o lado psicológico do grupo. Focar o time para uma guerra e não para uma festa. Tirar dos jogadores uma natural ansiedade e afastar uma indesejável apatia que andou marcando a equipe em alguns jogos desta fase sombria. Considerar as lições do passado. Até um certo momento, a gente pode confiar que os adversários irão suar a camisa, pois ainda sonham com alguma coisa. Depois disso, entra o festival das entregadas e do esforço a menos. Ai se não fizermos a nossa parte, estamos na roça.
    Ps: se não me engano, os clássicos cariocas irão começar a partir de agora e isto pode nos favorecer porque, como todos eles brigam pelo título, um irá engolir o outro.

    Curtir

    • marcos andrade permalink
      10/05/2011 13:32

      Os cariocas sempre são beneficiados, mas os bambis são também, os porcos idem, os lebistes também, enfim…de fato só não pode errar a favor do Timão, com todos os outros pode, ou melhor deve, se o prejudicado for o Corinthians, isto não é opinião é fato facilmente observável.

      Curtir

  9. Celso 1º permalink
    10/04/2011 18:15

    Andres tem que parar com este processo de juvenalização.
    Ele não pode ficar fobando por ai, contando vantagens porque tudo é interpretado contra nós, tudo é visto como máfia pelos antis da mídia.
    Ele tem que ficar com bico caldo, só fala o necessário e, claro, defender o clube das insinuações maudosas.
    A odebrecht entrou nesta parada porque ela terá lucro na obra, ela sabe que o estadio se paga com a fiel, namingh hights e os incentivos, por que não erguer este estádio???
    Não vejo nada demais, o Lula pode até ter feito o loby mas o empreeendimento é sim interessante para uma construtora.
    Concordo com o que o colega postou aqui, na verdade os outros estádios é que estão acima do preço, e eles tem que arrumar um meio termo pra justificar tudo isso e se o bicho apertar vão lavar as mãos e dizer que o preço certo é o dos macaras e mineirões da vida e que o nosso é que esta com preço errado, que é máfia e todo o bla bla bla anti.
    Só sei que nossa MECA ganha forma a cada dia, nem posso imaginar minha alegria adentrando neste tempo sagrado da fiel.
    VAI CORINTHIANS!

    Curtir

  10. Cesar Augusto Marques Ferreira permalink
    10/04/2011 16:35

    Ao Andrés, nessas horas, falta um pouco mais de cuidado com as palavras. A reportagem, em si, não foi tão desastrosa assim ao Presidente, mas o áudio das bobagens proferidas pelo Andrés demonstra que o estádio do Corinthians, claramente, foi um pedido do Lula, um acerto entre amigos, o que não era novidade para ninguém. O Andrés ao querer se igualar ao Lula na história, na verdade, quis apenas se exibir. Quis dizer, mais ou menos, assim:

    Olha, como eu sou “oda”. Se não fosse eu e o Lula, o estádio não sairia. Como se diz na gíria, o Andrés quis se crescer na história sem ser, de fato, nada, ou melhor, P#$% nenhuma.

    O estádio, finalmente, sairá da maquete, legal, bacana, mas, reitero, que o primordial é que ele tenha função social. O Corinthiano não tem o direito de se iludir com o estádio. Ele tem, sim, que cobrar a diretoria do Corinthians para dar voz ao povo.

    Ou essa de história de melhorar a região de Itaquera é apenas argumento para se vender facilidades?

    De resto, a gestão do Andrés no Corinthians foi boa em alguns aspectos e péssima em outras. Ou seja, nota 4, nada além disso. Politicamente, foi muito bem. O estádio foi oportunidade. O CT foi obrigação. O Ronaldo foi uma tacada inteligente. E o Marketing acertou, mas está longe da perfeição. Já os resultados do futebol poderiam ser melhores. Perdemos 2 libertadores, um brasileiro e esperamos que a gestão termine com o título em 2011. vale ressaltar que a base está loteada nas mãos dos amigos do Andrés. É uma quadrilha a desserviço do Corinthians.

    Em termos de realizações foi bem. Em termos éticos e morais a sua gestão dividida com seus amigos contraventores beirou à insanidade.

    O Corinthians, em sua política interna, é podre e dominado por uma penca de aproveitadores, que, por óbvio, não largarão o osso tão cedo.

    >>>

    Ao Mano Menezes faltou sensibilidade na hora da convocação. Dois joguinhos mequetrefes que obrigarão as equipes a se virar com reservas na hora da onça beber água.

    O Mano é um egoísta e, verdade seja dita, já nos prejudicou no final do ano passado ao convocar Elias e Jucilei, numa tacada só, cansando-os para o jogo decisivo frente ao Vitória. Ambos não jogaram nada naquela oportunidade.

    O lema do MM é “cada um por si “ ou “ema, ema, ema cada um com seus pobrema (sic)”

    >>>

    Por fim, acho que o Corinthians tem que tomar muito cuidado com o apito nesta fase final do campeonato.

    O Corinthians, ao lado do SPFC, lutará contra 4 cariocas na busca pelo título. São muitas opções para a arbitragem mal intencionada e para o STJD, que dará o ar de sua graça, não tenho dúvidas, na fase final do campeonato.

    O pênalti do Fagner foi claríssimo. O comentário do Gaciba seguiu o padrão globo de qualidade, ou seja, a favor do Corinthians, o lance é normal.

    O Fluminense, por sua vez, está bem, mas vem sendo beneficiado pela arbitragem desde sempre. Contra o Atlético-GO, virada épica com gol impedido. Contra o Santos, gol nos acréscimos. Contra o CAP, gol nos acréscimo em pênalti duvidoso.

    São pontos importantes que recolocaram o Flu na briga pelo título.

    E, historicamente, respeitando à grandeza dos clubes cariocas, na hora do aperto a juizada e o STJD é Rio de Janeiro FC.

    O Flamengo, multicampeão, no início da década de 80 tinha um timaço. Mas, se faltasse alguma coisa, os juízes completavam o serviço. Foi assim, nos títulos de 1980, 1982 e 1983. A arbitragem sempre favoreceu o Flamengo, especialmente, em 1980 com o Aragão.

    Dos 4 títulos brasileiros do Vasco, 3 foram ganhos com ajuda de arbitragem e dos tribunais da vida. Em 1974, para os mais jovens, o Vasco conseguiu, via tribunal, que a decisão contra o Cruzeiro tivesse seu local alterado. A decisão seria no Mineirão e foi no Maracanã, com um argumento de invasão de campo, no Mineirão. O Julgamento foi em tempo recorde. Na final, o Cruzeiro, que era melhor, perdeu por 2×1 e foi prejudicado pelo Armando Marques, que invalidou um gol legítimo do alviceleste. Em 1997 e em 2000, o STJD fez o serviço. Edmundo foi expulso no 1º jogo da decisão contra o Palmeiras, mas conseguiu efeito suspensivo. Em 2000, caiu o alambrado de São Januário por excesso de lotação, mas o Vasco não foi responsabilizado por nada. Vinte dias depois, a final ocorreu no Maracanã quando o São Caetano já tinha dado férias a seus atletas. Uma vergonha.

    O Botafogo teve o maior título de história graças a grande atuação de Marcio Rezende de Freitas, em 1995, contra o Santos. E, ainda, chora.

    E o Fluminense é o rei do tapetão, graças ao seu brilhante advogado, Dr. Vilela.

    Em 1991, por exemplo, fomos vítimas de armação do Fluminense. Jogavam Flu x Botafogo, nas Laranjeiras, e no intervalo da partida houve briga entre as torcidas. O jogo foi suspenso e o Tribunal entendeu que a torcida do Botafogo ocasionou o conflitou e deu os 3 pontos da partida ao tricolor, que era o único carioca com chances de classificar para a fase final da competição. O prejudicado foi o Corinthians que acabou em 5º lugar no campeonato, por causa dos pontos bônus dados pelo tribunal ao Flu, que acabou eliminado pelo Bragantino.

    Somos nós contra a rapa.

    >>>

    E domingo será pedreira.

    O Hélio dos Anjos, de bobo nada tem. O Goianiense marca forte e tem um rápido contra-ataque. No último domingo, arrebentaram o Botafogo em 10 minutos.

    O Corinthians terá que jogar com inteligência, caso contrário será surpreendido.

    Nada de ambiente festivo pela possível estréia do Cachaça. É guerra. E vale liderança, pois não acredito que o Vasco passará pelo Inter, a não ser, é claro, que os coloridos entreguem a partida para nos prejudicar ou não se empenhem de forma correta.

    O Tite não tem dúvidas para a partida, a não ser o Liédson, que entrará no lugar do JH, caso esteja recuperado.

    Curtir

    • Fernando permalink
      10/05/2011 3:22

      Porra, Cesar, cê ainda duvida que o estádio do Corinthians, em Itaquera, não possa vir a ter função social? Cacete, se ainda fosse um daqueles VERDADEIROS elefante brancos da Copa, vá lá. Mas o nosso estádio, na região mais Corinthiana de São Paulo, moderno, novo, padrão FIFA, que vai servir pra uma porrada de coisas (cinemas, restaurantes, lojas, espetáculos, como está no projeto), com uma torcida que bate tudo quanto é recorde de arrecadação de renda e pública, não é ter função social, então não sei o que é.

      Esses argumentos de descrença partindo de Corinthianos às vezes desanimam. Qual o Corinthiano que já não ouviu um monte de mentiras a respeito do nosso terreiro por aí afora, de taxistas a engravatados da Paulista? Vamos deixar pra criticar depois de pronto, SE NECESSÁRIO. Mano, até já li, de uma pseudo-intelectual, aquela babaca da tal Raquel Rolnik que escreve no Yahoo, que o estádio Corinthiano ia virar um “elefante branco”. Pasmem! O clube com a maior torcida da cidade, empatada a maior do Brasil com o Flamengo, líder de público e renda em tudo quanto é campeonato, me diz como que um estádio desse poderá ser subutilizado? Pelo que eu sei, o que temos de exigir DEPOIS que o estádio estiver pronto é preço justo nos ingressos. Mas se isso não acontecer não é por causa do estádio, nem da região em que ele será instalado, nada dessas coisas. Isso é bobagem, preconceito.

      Acho melhor apoiarmos SIM, incondicionalmente, pronto. Sabemos quem é que tem interesse em malhar a instituição Corinthians na BambiPress. Não acreditem em tudo que leem ou veem na mídia. Como você mesmo diz, somos nós contra a rapa. Críticas sim, mas enquanto ainda não estiver nem pronto, abstenho-me de criticar ou duvidar.

      E olhe que não usei nem o argumento do “povo sofrido de Itaquera”, hein… 😉

      Curtir

      • 10/05/2011 15:28

        Estádio, no mundo todo, é um estorvo para quem mora nas proximidades e ali tem Cohab (pelo que entendi).

        Curtir

      • Cesar Augusto Marques Ferreira permalink
        10/05/2011 16:11

        Função social do Estádio do Corinthians?

        Eu só acredito vendo, igual a São Tomé.

        Mas espero, sinceramente, que o Corinthians cumpra com as obrigações assumidas.

        Curtir

        • Pedro permalink
          10/05/2011 20:07

          Concordo com o César Augusto,no papel tá tudo muito lindo.Quero ver na prática como a coisa vai andar.

          Segundo nova pesquisa do Ibope é empate técnico entre a Fiel e a urubuzada.Na boa,se é pra ter a maior torcida do Brasil e ela agir como agiu no jogo contra a pequena sereia,é melhor continuarmos sendo a segunda maior.

          Curtir

        • Fernando permalink
          10/06/2011 0:45

          Ah, mas no estádio depois vcs vão querer ir, né?…

          Curtir

  11. André Pinheiro permalink
    10/04/2011 13:39

    ta cada dia mais dificil ver jogo pela tv, em minha opiniao na sportv se salvam jota jr, milton leite e noriega, na band o neto nao da e na globo nao gosto do cleber machado, no jogo que ele nao ta inventam esse tal de gaciba, o cara falar que é normal jogador pular com os braços levantados achando que é jogo de volei é brincadeira. contra o sp no pfc era o fraquissimo muller comentando. tentei ligar o radio mas o delay acaba deixando o jogo chato, sera que ainda estarei vivo pra ter a opção de ver o jogo só com o som ambiente ,sem os comentarios, igual da pra fazer no video game?

    Curtir

    • 10/04/2011 22:44

      No começo do PFC eles davam uns canais com imagens diferentes do jogo e você podia ver a disposição tática — coisa que a Globo não deixa, pois tem a mania de fechar o close no jogador com a bola.

      Teve alguns jogos que eu apertei um botão aqui e SUMIU a narração do Luciano, mas FICOU o SOM AMBIENTE DO JOGO!! Sério.

      Acho que era jogo da seleção.

      Curtir

  12. 10/04/2011 13:13

    penalty: é complicado…a letra fria da lei fala em intenção expressa, “dolo” de por a mão na bola. A interpretação que acho mais correta é a que inclui a “imprudência”, pq senão o zagueiro pode abrir os braços e “se bater bateu”, aumentar a área corporal e tal. E nesse caso era penalty claro, até pq o movimento de 1 b raço no alto que o Fagner fez não é nada natural. Mas na posição do Ricci eu não daria aquele penalty para nenhum dos lados em um jogo tão importante, é chamar muito a responsa para si. A m* é que se fosse pro Vasco já sabemos o que estaria sendo dito até o final do campeonato…
    http://cachacadopovo.blogspot.com/

    Curtir

    • eugenio permalink
      10/04/2011 16:49

      na verdade, a imprudencia poderia ser marcada como falta em dois toques. jogo perigoso, lance indireto. nao sei se na regra em caso de mao na bola/bola na mao, isso existe. mas devia existir. complicado marcar aquele penalty? sim. mas nao marcar nada, beneficia o defensor infrator, que abriu as maos e etc….

      Curtir

      • 10/04/2011 22:41

        Bem lembrado e eu também tenho a mesma dúvida, pois nunca mais vi esse tipo de marcação.

        Curtir

        • 10/05/2011 7:25

          pois é, mas a Fifa ou até a CBF devia mandar uma orientação clara, e não tem. O fato é que a regra fala em mão na bola, “levar a mão até a bola”, aí dá espaço pros caras acharem que esse tipo de lance é normal. Lembra aquele penalty contra o Atl pr ano passado, que o cara tava com o braço em cima da cabeça, o gordo chutou e pegou na mão do cara? A lógica do Arnaldo foi “foi muito rápido”, mas que car* o zagueiro tava fazendo com a mão lá em cima? Sem orientação, tem juiz que dá, tem juiz que não dá, vira interpretativo…
          http://cachacadopovo.blogspot.com/

          Curtir

    • Paulo permalink
      10/04/2011 22:51

      O pior é ver Arnaldo Cézar Coelho e toda a trupe do “Bem Amigos” dizendo que o lance do Fágner foi normal, contrariando tudo que o próprio Arnaldo sempre pregou. Se aquilo é normal, então, daqui pra frente, tá autorizada a abertura e o levantamento de braços em qualquer lance. Uma temeridade. Inaceitável! A que ponto chegamos no anticorinthianismo: interpretando contra o Timão, “toda incoerência será perdoada”? Pode isso, Arnaldo?

      Curtir

  13. manuel permalink
    10/04/2011 10:52

    Mano está cedendo a pressões que sofre da midia anticorinthiana a cada entrevista que dá. Para esta mídia tudo ligado ao Corinthians é suspeito “a priore”. É igual aquela frase que diz que preto parado é suspeito e correndo é ladrão. É o preconceito em seu mais alto grau. E o mano fica a todo momento tendo que provar que não está no cargo só para favorecer o Corinthians.

    Nosso presidente mais uma vez dá mostras de que não tem preparo para ocupar o cargo que ocupa. Aliás o mais chocante da materia da Época nem foi esta declaração. Foi o raio-x da administração do Corinthians, com contraventores, gente sem profissão definida, chapas do presidente. Uma gente muito miúda, muito mediocre para gerir algo tão grande como o Corinthians. Não temos nada melhor que isso?

    Tenho certeza que com 780 milhões a CNO tem lucro. Digo isto porque o grupo Advento se ofereceu em dado momento para fazer por 700 milhões. E o Walter Torre disse que o custo da arena palestra é 380 milhões. Aliás porque o Corinthians não aceitou a proposta da Advento, se era mais barato? É porque eles eram de fora da panela?

    Para mim o problema é que a CNO está fazendo o maracanã e mineirão, que custam 1 bi cada. Assim, eles ficam com um problema, tem que justificar porque lá é 1 bi e aqui é 800 milhões. Nos bastidores, tem que dizer que estão dando um desconto especial. E claro, ficam com crédito para cobrar depois.

    Não tenho dúvida que nesta história a CNO é a grande ganhadora, e não o Corinthians.

    Curtir

    • Daniel CMS permalink
      10/04/2011 11:02

      Falou tudo: “Uma gente muito miúda, muito mediocre para gerir algo tão grande como o Corinthians. Não temos nada melhor que isso?”

      Isso tanto na situação como na oposição!

      Curtir

    • 10/04/2011 22:39

      Uma empreiteira não fala quanto custa.

      Ela pergunta: “quanto você pode pagar”?

      Curtir

  14. múcio rodolfo permalink
    10/04/2011 0:22

    1- Ontem parece que ouvi alguém dizendo que o Danilo foi o que mais correu no time do Corinthians……
    2- O Ralf vai fazer muita falta, mas é hora da gente por um pouco de fé no Moradei ou no Bruno Otávio….O Moradei marcando não é tão ruim assim…….
    3- O jogo contra o Atlético vai ser encardido. E eles tem o Helio dos Anjos como treinador e ele veio a Sampa e nos goleou quando comandava o time bacaninha. Só que a gente precisa lembrar que o time atual briga pelo título e o de 2009 não via a hora da temporada terminar……
    4- Colocar na mesa meus punhados de dólares? Do jeito que as coisas estão é mais fácil é eu tirar os dólares que o pessoal colocou na mesa!
    4-

    Curtir

  15. Raphael permalink
    10/04/2011 0:17

    = De fato é uma canalhisse enorme o que fazem com as torcidas visitantes. E a mídia, ao invés de noticiar e cobrar os responsáveis, prefere criminalizar o torcedor e incentivar todos a ficarem em casa. Até nisso nossa imprensa beira o ridículo…

    = Sobre o valor do estádio: a diretoria conta a história que tinham o estádio acertado, para 48 mil pessoas e que não chegaria a 400 milhões. Aí aceitamos prestar o serviço público de sediar a abertura / jogos em SP… ok… mas então o orçamento infla para 780 (?!). 300 Milhas só em viadagens da FIFA? Mais 70 Milhas em cadeiras provisórias (?) pagos pelo Estado. Some aí a inflação e os CUVUH’s (custos urgentes variáveis de ultima hora) e bate fácil 1 Bi.

    = Ainda sobre o estádio, posso ser chato porque já tá quase prescrevendo MAS continuo achando essa história do incentivo fiscal errado (se usassem a lei da ZL, ok!). O argumento na negociação das CIDs de que “vocês tem que entender que esse dinheiro não entraria nos cofres publicos mesmo” é ERRADO. Quem diz isso fala por desconhecimento ou vista grossa mesmo…

    = Nada a ver mesmo o Ralf ser chamado… é aquela história de parecer idôneo para os olhos da mídia. Mais uma pisada na bola do Mano na seleção.

    = O Gaciba é o cara mais corporativista da história da TV Brasileira. Para ele, nenhum arbitro erra… no máximo, comete um leve equívoco motivado pelo calor do jogo e sua visão em campo. O Fagner dá até uma olhada e percebe que tinha um jogador nosso entrando na área. Levanta o braço para bloquear a possibilidade do passe mesmo, na cara dura! Penalti claro, pourra!

    = Alguem além de mim acha que o elenco está fechado, novamente? São Jorge, nossa camisa, a estréia do Adriano, os “dois pulmões” do Danilo e essa aparente volta do foco no vestiário são o que mantém a minha esperança em título.

    Curtir

    • André Pinheiro permalink
      10/04/2011 13:46

      ta nitido o time mais unido, tite ganhou o elenco barrando o chicao.

      Curtir

    • 10/04/2011 22:36

      Sobre o estádio, o problema é que ninguém presta atenção nesse tipo de análise que você quer desenvolver.

      Só querem discutir “o povo sofrido de Itaquera” x “maracutaias de Ricardo Teixeira”

      Curtir

  16. Nicolas permalink
    10/03/2011 23:53

    É o caso de tentar pesquisar se o Sandro realmente apresentou esta contusão. Ele entrou no jogo contra o Arsenal, em uma substituição do segundo tempo. Jogou por pouco tempo e já se lesionou? Veremos se há confirmação por meio do noticiário. Caso não tenha acontecido a lesão, ficarei bem desapontado com Mano Menezes. É a atitude de um técnico sem personalidade e muito disposto a atender aos apelos de torcedores-jornalistas(a condição de torcedor vem em primeiro lugar) como o Renato Maurício Prado.

    Curtir

  17. 10/03/2011 23:49

    – Renato Mauricio Prado deve estar com um sorriso na cara nesse exato momento.
    – A imprensa bateu tanto no estádio do Corinthians que “esqueceram” do resto. Agora o que eu vejo são eles caindo na real. Até JK mostrou a evolução da nossa “Emirates Arena” 🙂
    – Beira-Rio está parado a 100 dias, Curitiba nem começou ainda…
    – Sanchez fez o estádio, vai eleger o seu sucessor com isso e tá nem aí pra montanha de dívidas que vão ficar no Timão, porque quando o estádio estiver pronto ele vai estar pelas Bahamas. Vai sobrar pra gente.

    Curtir

    • 10/04/2011 20:04

      RMP manipulou o Mano nessa.

      Em SP, o sindicado da CC é mais forte, difícil que haja greve por Itaquera. Mas, se tiver, é obrigação de todo corinthiano exigir o atendimento imediato das reivindicações.

      Curtir

  18. Morgana permalink
    10/03/2011 21:37

    E tem gremista dizendo que problema é falta de mão de obra qualificada e que tem colorado instigando os protestos.
    Trabalhei no DIEESE e sei como são difíceis as negociações, como o trabalhador é humilhado por patrões e incrivelmente pelos tribunais do trabalho, que vira e mexe julgam as greves ilegais. Por conta disso precisam partir para ações extremas.
    ==
    Por aqui as obras da reforma do Castelão seguem um ritmo acelerado ( se interessar, segue link do facebook com algumas fotos http://migre.me/5PzQL e um vídeo da obra no campo http://youtu.be/UHuY5RVqrUs), segundo o secretário cada assento custará um pouco mais que 7mil reais e o consorcio será responsável pela arena por 8 anos. Problemas são enfrentados com relação as obras de mobilidade e desapropriação.
    ===
    -Domingo será ataque contra defesa e lembrem-se que eles conseguiram empatar um jogo mesmo com 2 jogadores a menos.
    -O Mano nada mais fez do que ser coerente e alegrar aqueles que disseram que ele estava beneficiando o Corinthians.
    -Acho que o Adriano e o Emerson são os caras a propor o pacto pelas 9 vitórias.

    Curtir

    • 10/04/2011 20:02

      Eu queria ver um gremista macho desses aguentar 1 dia de trabalho na construção civil e depois, ao final do dia, receber o salário que esses caras recebem.

      1 dia só.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: