Skip to content

Corinthians 2×1 CAM, não vejo ninguém na minha frente!! (Conte comigo, faltam 2!)

11/21/2011

Cuca entrou, como esperávamos, num envergonhado ferrolho mineiro que se abriu num 4-2-3-1, mas que era, de fato, um 3-6-1, com os alas tão dedicados à marcação de Emerson/Willian que não passavam para o outro lado do campo. Outra marca de Cuca, a marcação excessivamente forte nos volantes (que trava o jogo), também estava lá. E, como também esperado, Bernard ficou na marcação de Alessandro e CC jogou adiantado na marcação de Fábio Santos (Serginho foi o lateral esquerdo). Foi assim que Cuca cimentou nossas poucas opções de saída de bola e ofereceu o empate para Tite.

Do nosso lado, pouca ou nenhuma movimentação, que já era MALDIÇÃO esperada pela falta de estamina. Nem Danilo, nem Émerson pareciam ter mínimas condições de voltar para ajudar a necessária construção do jogo lá trás (o camisa 11 até tentou, mas ele é muito atacante para jogar na meia). Willian, que parecia ter alguns tubos extras de nitro, se ofereceu para ajudar, mas infelizmente não tem qualidade técnica para tanto.

O desejo de empate e a lentidão fizeram um 1º tempo de muito toque de bola entre 2 jogadores apenas: Paulo André e Leandro Castan, naquele toquinho lateral “toma que o filho é teu”.

Começa o 2º tempo com Tite voltando com um time ainda mais cansado e confessando alguma coisa como “precisamos da jogada individual”. Seriam mais 45 minutos arrastados, não fosse o adversário apresentar uma sensacional jogada ensaiada: 0x1, só um sistema defensivo muito bom para entender como anular aquilo.

Com o gol, Tite acelerou a entrada de Alex no lugar do Danilo e boteco precisa justiçar. Todo mundo por aqui sabia que o Danilo não tinha condições de jogo. Saiu violentamente vaiado. À massa não interessa que, sem ele, Corinthians não estaria nem perto do G5, pois foi Danilo o principal jogador da campanha e, sem tem um errado, é o burro que o escala sem condições mínimas.

Só estamos aqui por conta de Danilo, não podemos cometer essa injustiça.

Já Alex entrou e resolveu: voltou para receber a bola, movimentou-se, bateu escanteios com muita malícia, driblava para dentro, bons arremates… O melhor em campo. Não dá muito para acreditar que estava sem condições de jogar os 90 minutos.

A entrada de Adriano era esperada e criou um bafuá quando a placa chamou Willian para fora. Creio que Tite não quis saber se Émerson não tinha mais força física (e eu acho que o vi querendo sair), preferiu tirar o mais fraco tecnicamente. E desta vez, o papai aqui concordou!

Pelo pouco que vi, essa escalação com Liédson pelas laterais e Adriano pelo meio é a mais inteligente, pois além de elevar nossa qualidade técnica para a estratosfera, Liédson marca melhor e chega muito rapidamente na pequena área. Deve ser difícil pracacete ser uma dupla de zaga e encarar Adriano e Liédson ao mesmo tempo. Foi assim mesmo nosso 1×1, com Liédson aproveitando-se da preocupação atleticana em marcar Adriano, acho que lá pelos 30.

A eletricidade inacreditável empurrava os corinthianos para cima do adversário que se sentindo derrotado, vendeu a alma para o Diabo do Relógio, controlado por seu comparsa de amarelo. Cada minuto durava 30, 20, 10 segundos. Jogadores conchavados com o Diabo Relojoeiro despencavam no chão e não recebiam a mesma punição que outrora Edenilson e Emerson receberam.

NOSSA ELETRICIDADE fez Leandro roubar a bola que não se roubava e, aos berros, a numerada ordenava o passe para frente (e não para o PA). Escolhemos Émerson, aquele que não se aguentava em pé, para correr pela última vez com ela como um jogador de Rugbi, até que pudessemos fazer Adriano ganhar velocidade e… 2×1, GOLAÇO! PUM! 110, 220, 440 VOLTS!

E mais uma vez, os fotógrafos não deixam o torcedor ver seus ídolos...

O jogo mais emocionante do campeonato!

Cuca ainda nos deu a alegria do seu choro ao reclamar que Alessandro deveria ter sido expulso e não poderia, fisicamente, estar ali (BUAAA!!!) para cruzar a bola na cabeça do Liédson. ÔBA! Chora Cuca!

Só que, não é no lance isolado que a gente avalia a arbitragem.O Juiz, um cagalhão tremendo de medo de marcar pró Corinthians e ser esculachado pela Globo, marcou tudo pró-Cuca. Um bom exemplo é o 1º amarelo para Alessandro que, se mantido o critério, também deveria ter sido aplicado a diversos jogadores atleticanos, particularmente ao CC. Cuca deveria ter chorado que juizão não compensou o tempo da comemoração do Adriano, essa seria uma reclamação deliciosa de um time que fez a palhaçada que fez com a ajuda do seu amigo de amarelo.

Em tempo:

Copo meio cheio: para quem não sabe, campeão brasileiro (tirando 2009) precisa de 73 pts ou 64% de aproveitamento (em 2010 foram 71 pts). Faltam só 6 pts (3 pts/jogo – se vencer as últimas 2, leva OU se vencer 1 e empatar 1, também leva por ficar com 1 vitória a mais que o 2º colocado).

Anúncios
61 Comentários leave one →
  1. Fábio permalink
    11/21/2011 20:21

    “Quando o drama se tornaria um inferno para quase todos os times que conheço, eis que surge a diferença da tal “fiel”. Aos 30 minutos do segundo tempo, com 1×0 pro Galo, time jogando mal, sem conseguir pressionar e vendo a liderança ir pro buraco a 2 rodadas do fim…

    Vaias? Não. O pacaembu explode em gritos de incentivo partindo do nada.

    “Vamo Timão!”, “Não para de lutar!”, hino, “Corinthians!” e quem não olhasse pro placar pensaria numa goleada. Mas não, era uma ajuda de quem se sente parte do clube.

    E não a toa, são mesmo.

    Quantos fariam daqueles últimos 15 minutos um inferno e transformariam o fracasso em crise? A maioria, talvez.

    Eles não. Transformaram o desespero em força e com ela viraram o jogo.”

    http://www.ricaperrone.com.br/2011/11/daquelejeito/
    (o blogueiro que escreveu as palavras acima é 5a0paulino; mas foge do padrão dos jornalistas que torcem para o clube do Jardim Leonor, e costuma reconhecer os traços de pequenez do seu clube, bem como as manifestações de grandeza do Corinthians)

    Curtir

  2. Gabriel permalink
    11/21/2011 18:37

    Apareceu o maior cagalhão de todos nesse jogo. E não é o Tite. É aquele fdp do Cuca, cagão do caraio. Ele fez o mesmo que nos últimos jogos contra nós, um futebol estéril, tentando ganhar o jogo numa jogada ensaiada/cagada. Eu lembro bem: 1º turno do ano passado, vínhamos muito bem, de uma sequencia de vitórias e fomos jogar contra o cruzeiro em MG. Retranca fudida e derrota por 1 a 0 num gol cagado do roger se nao me engano.
    Depois teve no 2 turno o jogo do penalti. Mesma história, só que dessa vez quem fez o gol cagado fomos nós. No 1º turno desse ano, num tenho ctz se era o cuca ainda, mas pelo jogo, devia ser, pois foi a mesma coisa. Travando o campo inteiro, só se defendendo, aí o fdp me acerta um chute daqueles… cagado…
    E ontem de novo! Time inteiro recuado, marcando, marcando, e esquecendo de jogar, torcendo pra fazer um gol na cagada… Eu nao ia aguentar perder de novo desse jeito pra esse cagão! Mas deu no que deu, é nóis! Porra cuca, chorão, cagão de merda! Aqui é Corinthians! Chupa! Vai lá socar a mesa seu otário!

    Vitória mais corinthiana impossível! Próximo jogo é crítico, pois se perdermos e o vasco ganhar não dependeremos somente de nós.
    Um empate em SC ta ótimo, não quero correr o risco de ser campeão antes! Quero ser campeão em cima dos porquinhos no paca lotado! Vai que a gente ganha e o vasco e flu empata? Não, não… vem ni nóis suínos!

    Curtir

  3. Cesar Augusto permalink
    11/21/2011 16:49

    Tudo sobre o jogo já foi dito pelos participantes do boteco.

    Torcer pelo Corinthians é um prazer inenarrável.

    Só quem é, sabe.

    Que emoção. Todo corinthiano vivo sabia que o jogo iria ser difícil por uma série de fatores:

    O Corinthians não vem jogando bem.

    O Atlético evoluiu.

    O Cuca é imbecil, mas é ótimo técnico.

    E porque para o Corinthians, nada é fácil. Tudo é mais sofrido e delicioso.

    Mas, todo corinthiano tinha confiança da vitória. E quando Liédson empatou todo corinthiano tinha certeza da vitória. O gol do Cachaça foi fantástico. Arrancada do Emerson, que tirou o último gás de seu pulmão e finalização perfeita do único jogador que seria capaz de finalizar daquela forma. A bola chegou no pé certo.

    Agora, se há alguém que merece este título, além da fiel torcida, esse cara se chama Adenor Bacchi.

    Todos os participantes do boteco sabem que ele não é o técnico dos sonhos do corinthiano, mas não podemos negar que nas últimas partidas, em especial, ele está iluminado.

    Contra o Cruzeiro colocou o Edenílson e no primeiro lance o volante deu um lançamento primoroso para o Alex, que, sem querer, deu Paulinho fazer o gol da vitória.

    Contra o Avaí colocou o Emérson com 30 minutos do 1º tempo e o cara foi fundamental para a virada.

    Contra o Ceará colocou o Ramirez e este decidiu.

    E ontem fez tudo certo, de novo. Não pode ser apenas sorte. Sem sorte, como diria Nelson Rodrigues, não se chupa um picolé, mas o Adenor está demonstrando uma boa dose de competência nestas partidas finais.

    E lê tudo sobre o Mourinho, como disse o Emerson, o que já é uma evolução. Se não podemos ter o Mourinho, ao menos temos alguém que lê sobre o melhor ou um dos melhores do mundo.

    Ele poderia tirar qualquer um para a entrada do Adriano, mas tirou o William, que vinha razoavelmente bem e deixou o Liédson e o Emerson, mortos fisicamente, considerando a maior qualidade destes em relação ao William, o Fabinho de 90.

    Tudo está dando certo para o Corinthians e para o Tite, mas, ainda, não acabou. É preciso tranquilidade, foco e inteligência. O Corinthians pode se dar ao luxo de jogar, em Floripa, com o regulamento embaixo do braço.

    O Tite cometeu uma série de erros, mas uma série de acertos. Os erros, em regra, foram táticos, especialmente quando o Corinthians precisava ser mais ousado. Os acertos foram na condução do grupo de jogadores. Ele foi muito inteligente, não podemos negar. O episódio Chicão foi o início da arrancada para o título. O Tite ganhou o grupo de vez com tal atitude ao demonstrar que antiguidade, com ele, não era posto. E a partir daí, o Corinthians foi bastante regular. De lá pra cá foram 12 jogos, com 7 vitórias, 3 empates e 2 derrotas.

    Entre erros e acertos, o Tite manteve o Corinthians na busca pelo título, desde o início, coisa que poucos acreditavam. Eu não acreditava em título no início do campeonato.

    Não somos campeões, ainda, mas o Tite, especialmente pela postura, merece mais que ninguém este título.

    Ele se superou e isso é inegável. Ele é, dos postulantes ao título, o melhor técnico do campeonato.

    Dos postulantes ao título, sem dúvidas. Mas, para mim, o melhor do campeonato, considerando a equação elenco/resultado, os melhores são Jorginho e Marcelo Oliveira.

    De qualquer forma, falta pouco e não é apesar do Tite. Ele tem méritos, mas o elenco é bom, comparado à maioria das equipes.

    PS: O Tite não é o técnico dos meus sonhos, longe disso, mas tem uma postura que me agrada bastante. É um agregador nato. Ademais, considerando o nível dos técnicos brazucas, o Tite, até que se destaca.

    Curtir

  4. Raphael permalink
    11/21/2011 16:29

    O gol do Adriano foi emblemático! Quase ninguém, talvez nem mesmo ele próprio, acreditava no cara…

    O Emerson pegou o passe-rebatida do Castán e foi indo, indo… o Gordo correndo ali na frente mas o Sheik esperou até o último momento, talvez não acreditando no Cachaceiro ou quem sabe esperando ele ganhar velocidade. Em determinado momento, sem opções ou então pra se livrar da bola, lançou o Adriano.

    O Imperador recebeu a bola, olhou a área. Liédson vinha marcado no segundo pau. O goleiro fechando bem o ângulo, embora não tenha saído do gol. O Imperador correu, bateu e GOOOOLLL !!! PORRA, QUE GOLAÇO !!!

    =============

    Esse gol foi mais ou menos o Corinthians no campeonato. Ainda não ganhamos nada e temos duas pedreiras pela frente. Em vários momentos, a galera aqui do boteco (eu inclusive), não acreditou em time… pela razão que fosse: Tite, elenco, juizada, carioquisses, Danilo, dep médico, entre trocentas outras discussões que, rodada-a-rodada, pintaram aqui no blogue do Álvaro.

    Mas, ao quase final das contas, o Coringão tá aí !!! Pela força da sua camisa e da sua torcida, essa sim a maior merecedora desse possível título brasileiro

    Duas vitórias seguidas na base da raça, do suor, da superação. Como é bom ser Corinthiano !!!

    Na hora do gol ontem, berrando-chorando-feliz-pra-caralho, lembrei do meu falecido pai, colorado, que me levou ao meu primeiro jogo do Corinthians. Obrigado, pai!

    ==============

    Se não vier o título, o pau vai quebrar e tal… mas é fato que vivemos de Corinthians.

    ==============

    Entendo que o campeonato de pontos corridos seja chato e modorrento para muita gente, mas essas “finais” que se desenham para nós, Vasco e Fluminense serão do carvalho.

    Figueira terá uma semana para treinar, descansar e remoer a derrota para o Flu. Virão mordendo e babando sangue pra cima da gente, com vistas na Libertadores. É a grande chance de todos ali e o Jorginho é mateiro.

    Palmeiras será o osso de sempre, jamais vão querer ficar marcados como o time que nos deu o título… e o boost da imprensa será em cima disso.

    Do jeito que esse campeonato tá, me contentaria em comemorar o título com uma derrota do Vasco e dois empates oxo’s hehehehe mas temos de ir a Floripa pra ganhar o jogo !!!

    Curtir

    • Thiago Guadalupe permalink
      11/21/2011 17:19

      Pra quem diz que campeonato de pontos corridos não tem emoção: a quantas rodadas nós e torcedores de outros times estão quase morrendo do coração? Esse papo pra mim tá ultrapassado já! Basta melhorar os critérios de participação da Copa do Brasil, melhorar o calendário, enxugar os estaduais e pronto – temos uma copa (com mata-mata forte com todos participando); e um campeonato forte (campeonato leia-se todos contra todos e o que melhor pontuar é o legítimo campeão)! O problema está na organização da CBF e só!

      Quanto ao Figueira tem o outro lado né… se saírem igual loucos pra cima da gente lá temos o contra-ataque a nosso favor durante toda partida… isso é bom!

      Curtir

      • bloguedotimao77 permalink*
        11/21/2011 17:23

        Pontos corridos continua chato, elitista e injusto. Já, já será esquecido na europa.

        Curtir

        • Thiago Guadalupe permalink
          11/21/2011 19:01

          vc espera isso lá há 200 anos né…rs! (sem chance!)

          Curtir

      • 11/21/2011 22:07

        Esse campeonato ficou emocionante porque os times se nivelaram muito. E essa é uma característica do futebol brasileiro: equilíbrio. Olhe na Espanha, Inglaterra, Itália, são sempre os mesmos 2, 3, 4 times que disputam a ponta, isso demonstra a fraqueza desse tipo de campeonato. Não existe chance alguma de times pequenos ganharem, só olhar o histórico e perceber isso.

        Curtir

    • 11/21/2011 19:54

      MUITO BOM!

      Mas pontos corridos é elitista!

      Curtir

  5. José permalink
    11/21/2011 15:30

    – Vambooora , c@r@lho!

    – Vaaai, Emerson!!

    – Vai, gordo!!! Chuta, filhadaput@!!!!

    – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    – É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    (manifestações de um torcedor, à frente da televisão, às 18:44 h de ontem)

    Curtir

  6. Thiago Guadalupe permalink
    11/21/2011 14:04

    Só vejo choração aqui… mesmo depois de uma vitória emocionante como essa!

    Segue então minhas observações positivas de quem está confiante que seremos campeões:

    1) Posso concordar com muitas das críticas ao Adenor, mas não dar méritos para ele nos últimos jogos é uma grande injustiça! (Vai dizer se Luxa, Felipão ou Muricy… tivessem mudado jogos decisivos como ocorreu com a entrada de Emerson (Avaí), Ramirez (Ceará) e Adriano (Atlético)… o que a mídia esportiva não estaria endeusando hein?!)

    2) Se Alex entra jogando e estoura como ocorreu com o América vcs arrebentam com Tite e preparação física… quando esperam a hora certa, também reclamam??? Entrou bem e jogou muito Alex…

    3) Assino embaixo quanto ao Danilo, covardia o que fizeram com ele ontem… grande responsável por nosso quinto caneco!

    4) Vou elogiar Paulinho tb… que tem seus perseguidores nesse boteco… ele e Ralf são de longe a melhor dupla de volantes do BR-11

    5) Para os amigos médicos-especialistas que chegaram ao cúmulo de cornetar Joaquim Grava, Dr. Osmar lembrou bem ontem que Emerson, Liedson e Adriano que definiram a parada passaram pelas suas mãos! E Liedson e Emerson reconheceram a importância dele ao vivo!

    6) Um empate contra o Figueira não é de todo mal… já que Vasco e Flu vão se matar… mas como junto de amigos do boteco já venho falando aqui há tempos… sinto cheiro de título em Santa Catarina hein?!

    Saudaçoes e VAI CORINTHIANS!!!

    Curtir

    • Thiago Guadalupe permalink
      11/21/2011 14:58

      Faltou um ponto que gostaria de comentar:

      7) Discordo de muitos aqui…Alessandro jogou muito bem! Experiente marca quando tem que marcar e apoiou nos momentos certos… o queridinho Weldinho ainda não consegue jogar dessa forma… queiram vcs ou não! Bom lembrar que Welder teve atuações ridículas quase sempre que começou jogando. Nesse ponto fecho com Adenor, ele acerta muito quando escala Alessandro de titular.

      T+

      Curtir

      • LP_SCCP permalink
        11/21/2011 19:49

        O Alessandro nao nos deixou na mao de novo com 15 min do seg tempo pq o juiz pipocou. Se existe a historia de hora certa de parar, isso vale para ele. Levante o trofeu como capitao, e se aposente de uma forma historica.

        Curtir

      • 11/21/2011 19:50

        7) CONCORDO!

        Mas ele deveria ter sido substituído, pois o Bernard queria forçar a sua expulsão.

        Curtir

    • 11/21/2011 19:52

      2) Mas ele podia ter trocado no vestiário, para preservar o Danilo do vexame

      6) TAMO NESSA!

      Curtir

      • Thiago Guadalupe permalink
        11/21/2011 21:29

        concordo que Alex deveria ter entrado no intervalo.

        Curtir

  7. Múcio Rodolfo permalink
    11/21/2011 14:00

    1- O gol do Adriano foi um “chute na boca do estômago” de todos os abutres da mídia anticorinthiana que usava o jogador para ridicularizar o clube. Aquele humoristazinho de merda deve ter ficado com cara de bunda quando viu o nosso atacante balançando as redes do Atlético Mineiro.
    2- Eu acho que o Adenor optou por colocar o Alex no banco porque este voltava de contusão e talvez não rendesse o que rendeu no tempo em que esteve no gramado. E ontem o Alex matou a pau. Com ele o time cresceu, mesmo porque foi um jogador que chamou para si a responsabilidade.
    3- Ontem depois do empate, o Kleber Machado ficou dizendo que se o Alessandro tivesse sido expulso, não haveria o cruzamento pra o gol etc etc etc Ele não se preocupou em elaborar raciocínio semelhante quando um jogador do Entregacional, que deveria ter sido expulso, marcou um gol na gente. Mas tudo bem.
    4- O Liedson é outro jogador que merece nosso respeito. O cara vem jogando no sacrifício porque quer ser campeão. Há quanto tempo não vimos uma declaração como esta?
    5- O bom seria que o Flunimed não tivesse ganho porque seria um candidado a menos. Mas, se a gente ganhar do Figueirense a fatura estará praticamente liquidada porque os cariocas vão fazer um clássico de morte e a lógica aponta para a não vitória do Vasco que tem um time inferior ao tricolor das viradas de mesa e vem oscilando, enquanto o Flunimed vem crescendo. Com relação ao jogo nosso em SC eu penso que ao contrario do primeiro turno, o Corinthians não atravessa mum momento de instabilidade e, tambem ao contrário daquela derrota no Pacaembu, a equipe catarinense vai ter se expor mais. Isto fará o jogo ganhar os contornos de uma decisão- tanto para gente que quer o título quanto para eles que sonham com a dita cuja- e neste ponto a gente pode levar vantagem.

    Curtir

  8. David 77 permalink
    11/21/2011 13:59

    Quem assistiu ontem a porcaria do programa Mesa Redonda da TV Gazeta e viu a entrevista do Tite entendeu direitinho por que ele sacou o Willian, disse que precisava de dois pivôs. Lógico time que joga no chuveirinho precisa mesmo.

    Como o programa lá é dos mais inteligêntes pediram para ele apontar um defeito e uma qualidade própria (Não, a pergunta não foi formulada pela loira do programa, mas por um dos jornalistas).
    Defeito: sou rancoroso
    Qualidade: entendo muito da parte tática do futebol

    Pergunta que eu gostaria de ter feito: Como um treinandor que entende muito da parte tática, coloca o time pra sair jogando no chutão?

    Curtir

  9. André Pinheiro permalink
    11/21/2011 12:46

    pqp que vitoria a la corinthians.

    alvaro na verdade a bola do segundo gol foi uma rebatida do castan que a bola sobrou no pé do sheik.

    o tite deu uma sorte danada nao tirando o sheik, saiu dos pés dele os 2 gols na posição de meia.

    como o tite deve entrar para empatar contra o figueira, vai ser demais ganhar o titulo em cima da porcada.

    a unica bola que o alessandro resolveu cruzar da linha de fundo, ao inves dos 300 que ele tentou da intermediaria, saiu o gol.

    incoerenciablidade, essas continhas que o tite e o preparador fisico adoram fazer de quantos minutos o cara pode jogar só serve pra quem volta de contusao? danilo nao tem condição de 30min. e o gol dos caras pode por na conta do tite, pq o danilo errou uma bola por nao ter pernas.

    como joga bola o tal do alex.

    Curtir

  10. ANDRE.T permalink
    11/21/2011 11:58

    – No gol dos caras eu acho que o Alessandro errou ao sair na bola (junto com o William e Emerson), mas concordo que foi uma bela duma arapuca a jogada ensaida deles.
    – Mais um jogo resolvido por quem entra no segundo tempo, fator “pernas” sendo decisivo. Continuo com a minha tese de que o Tite poderia guardar alguns titulares para entrar no segundo tempo.
    – Foi a melhor partida do Alex, acertou todos os escanteios (no 1.o tempo não acertamos nenhum) e deitou e rolou na ponta esquerda. Tubos de estamina a mais fazendo a diferença, não?
    – A insistencia no chuveirinho pro Liedson era irritante, só funcionou com a entrada do Adriano que impediu a marcação dupla no L9. O bom e velho 442…
    – Sou defensor do Danilo nesse campeonato como você.
    – Será que esse gol do Adriano vai motivar o cara pra entrar em forma?

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      11/21/2011 12:43

      Eu achei o lance tão sofisticado que só poderia ser jogada ensaiada.

      Quanto ao Adriano, ainda vejo um problema de depressão que parece o Corinthians não está preocupado (apesar de alertado pelo próprio empresário dele)

      Curtir

  11. Morgana Costa permalink
    11/21/2011 11:26

    *Vimos ser possivel jogarem juntos Liedson-Adriano-Emerson
    *6ª vez que ganhamos um jogo de virada
    *Também já ouvi e li falas de flamenguistas desejando titulo pro Vasco

    Ronaldo, O Fofo, marcou o primeiro gol com a camisa alvinegra após atuar apenas 49 minutos – 22 contra o Itumbiara e 27 diante do Palmeiras, quando fez o gol de empate, também no final do jogo.

    Adriano precisou de 77 minutos para fazer o primeiro gol com a camisa corinthiana,também no final do jogo.

    O salto sobre as placas e a corrida para torcida me fizeram imaginar que o alambrado do Pacaembu fosse cair…
    = )

    Arremate: O Tite é um Burro com sorte, ainda bem.

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      11/21/2011 12:47

      Eu sempre achei possível os três juntos, mais ainda porque o Liedson marca mais que o Willian e já jogou pelo lado na seleção portuguesa.
      O problema é o nosso burro com sorte ficar sem sorte ano que vem…

      Curtir

      • André Pinheiro permalink
        11/21/2011 12:52

        “O problema é o nosso burro com sorte ficar sem sorte ano que vem…” sensacional. é bem por ai mesmo.

        Curtir

      • Morgana Costa permalink
        11/21/2011 17:10

        Então, deixa o Tevez pela europa mesmo e tras o Vilas-Boas no lugar?

        Viram que um dos gols mais emblemáticos dos nossos 52 foi aos 77′ no acumulado?
        hehehe

        Curtir

        • bloguedotimao77 permalink*
          11/21/2011 17:29

          Na hora! insta-call.

          Curtir

  12. Vinícius permalink
    11/21/2011 9:36

    Cara, 3 adendos à sua avaliação tática e avaliação técnica do jogo (até a saída de não só Danilo, como Willian, foi um horror).

    – Danilo, Paulinho e Ralf tem que fazer essa saída de bola. A bola sempre estava com jogadores de um setor atrás do que deveria estar. No meio-campo ficavam com zagueiros, no ataque com volantes e laterais e para a finalização já chegava moída para os zagueiros adversários rebaterem. Willian faz a saída do time isoladamente, recebendo de costas, contra 2, 3 defensores, quando não, zagueiros se metem ao ataque inutilmente ou tentam lançamento bizonhos.

    – Danilo nem precisa fazer saída de bola, mas participar assiduamente da armação do time. Estava afundando nos zagueiros, jogamos em um 424 com ele em campo. Isso não muda o fato de ter sido importante na campanha. Longe de jogadores como Liédson, Ralf, Paulinho e Castán, na minha opinião.

    – Não há necessidade de cruzarem tantas bolas para Liédson brigar no meio de tantos zagueiros. O segundo gol é culpa de Adriano também, que dividiu a atenção da marcação.

    – Os zagueiros poderiam dar menos bicões

    – Eu não gosto desse esquema 4-2-3-1, preferiria o 4-3-1-2, que dá mais saída de bola e define melhor a função de cada um em campo. Nesse 4231 temos a impressão de Emerson e Willian fazerem exatamente a mesma função em campo. Sem bem que acho que ontem jogamos em um 424, como disse. No 4312 (com o do vasco) as funções se definem: um primeiro volante, um segundo volante, um armador vindo de trás (ramirez), um meia atacante (alex), um segundo atacante (sheik) e um goleador (liédson). apesar que com as peças que temos, jogaria no 4222 (o famoso 442) que foi a tonica do segundo tempo

    – Alessandro tá muito mal fisicamente.

    Curtir

    • 11/21/2011 19:26

      Bela análise, complementa muita coisa!

      O problema do Paulinho-Ralf é que o Cuca marca muito forte os volantes, isso é característica do jogo dele que eu vejo sempre.

      No 2º tempo, o Paulinho voltou mais para ajudar, tentando se desvencilhar do marcador.

      Ficou claro que se você marca forte os volantes, o 4-2-4 seca na frente.

      Sobre o 4-3-1-2, ele é um sistema muito mais difícil de ser assimilado e os 3 do meio tendem a se colocar em linha, recuando o time. Tite utilizou mais no 1º turno.

      Curtir

  13. Pedro permalink
    11/21/2011 9:14

    Esse time ainda vai me fazer ter um infarto…

    A troca de passes entre Castan e PA é fruto do esquema bumba meu boi do Tilte.Os volantes não vem buscar a bola,o meia também não.Então o zagueiro é obrigado a tocar pro lado ou dar um bico pra frente.

    O que o jênio fez com o Danilo foi um crime (porra,porque não pôs o Alex no intervalo?).Se não fosse o 20 a arrancada inicial não teria acontecido.Agora,anotem aí,o Danilo fará o gol do título lá em SC.Se ele jogar,é claro.

    E o Tilte é tão rabudo que o maldito Elias não joga contra nós.Pra quem não se lembra,foi o autor do gol do Bahia na única derrota do time,em casa,na série B.E no ano passado ele jogava no Atlético-GO.Ele é uma espécie de Paulo Bayer contra o Corinthians,só que mais novo.

    Curtir

  14. Blefe permalink
    11/21/2011 9:06

    Dizer que o Danilo está do jeito que está porque não tem condições físicas é simplificar demais a questão. Fosse assim, pelo menos nos primeiros 20 minutos ele deveria jogar em alto nível.

    Nesses últimos dois jogos isso ficou bem claro pra mim. Danilo recebe, a bola bate na canela e volta. Danilo tenta dominar uma bola aérea no peito, bate na cara dele e sai pela lateral. Danilo tenta dar um passe em profundidade, pega na lasca do pé e o passe sai todo torto e sem rumo.
    Isso pra mim é deficiência técnica. Talvez potencializada pela questão física, mais ainda assim deficiência técnica. O cara não desaprendeu a jogar, mas tá numa fase ruim.

    Não tiro uma parcela de culpa do nosso treineiro. Mas também acho errado tirar toda a responsabilidade do jogador, até quando ele erra uma simples dominada de bola.

    E outra. Eu não tiro o Emerson em hipótese alguma.
    O cara tem um toque muito refinado de bola. Além disso dribla muito bem. Mesmo cansado, manco e cego é muito mais criativo e capaz de desequilibrar do que 90% do nosso elenco.

    Curtir

    • 11/21/2011 9:15

      Talvez o momento dele seja de queda técnica também — afinal, no futebol de campo, físico-técnico andam sempre juntas.

      Só que é inegável: se você tira Danilo do time (desde o ínicio do campeonato) não estaríamos nessa posição. Ele é o mair assistente do time (e acho que do bra-11 provavelmente).

      Sim, mas ele não deveria estar em campo ontem e hoje a gente lê que “Tite substituiu bem”, mas não lê QUE ESCALOU MAL BAGARAI!

      Curtir

      • piki permalink
        11/21/2011 12:48

        É exatamente isso!!!!
        Respeito o Danilo, não o vaiei ontem no estádio mas perdi totalmente a paciencia que já estava pouca depois do jogo contra o Ceará.
        Nenhum passe correto! Nenhum dominio de bola! Um absurdo…
        Mas, a culpa principal é do Tite, e não dele.

        E estou lendo que o Tite acertou na substituição. Mas nenhum infeliz coloca que ele escala muito mal o time.

        O Corinthians já começa em desvantagem todo jogo a medida que não tem NENHUMA jogada ensaiada e NENHUM jogador pras bolas paradas. Só quando o Alex entrou essa questão foi resolvida.
        Até então, Fabio Santos, Emerson e Wiliam tinham errado TODOS os escanteios e faltas. É imprescionante a falta de treino ou de capacidade mesmo….sei lá, viu!

        Curtir

  15. 11/21/2011 8:55

    A Fiel, com uma ajuda dos deuses do futebol, fez com que o Corinthians ganhasse o jogo. Foi o mais complicado e emocionante do campeonato, porque mostrou a força da torcida pra empurrar um time que não consegue correr, além de nos manter dois pontos na frente do Vasco.

    Ao jogo:
    – Danilo é o jogador mais importante do Timão no campeonato, sem ele realmente estaríamos lutando no máximo por vaga na Libertadores. Mas o gol do Atlético foi metade dele, pois perdeu a bola infantilmente no meio campo, gerando o contra ataque do galo, o cartão amarelo do PA e a jogada muito bem ensaiada que gerou o gol.
    – Tite, que deveria ter colocado o Alex no intervalo, percebeu a cagada que tinha feito e chamou o Alex pra entrar. Pro azar do Danilo, o gol saiu na mesma jogada.
    – Alex foi o melhor jogador porque fez o que todo o time tinha que fazer: buscar o jogo. Fora ele, só o Paulinho (que estava jogando muito bem) conseguia fazer alguma jogada útil.
    – Primeiro tempo acabou com nenhum chute a gol, primeiro porque o Cuca armou a esperada retranca, e segundo porque o time mineiro é um dos piores que eu já vi nesse campeonato. E a tabela PA-LC estava irritante.
    – Alessandro, que não estava jogando nada, deu o cruzamento na cabeça do Liédson. Émerson que não estava jogando nada, deu um passe perfeito pro Adriano.
    – Adriano não tem estrela, tem uma constelação. Esse gol acaba com aquelas especulações de que ele sairia no final do ano, coisa que o Neto falava 15 segundos antes do gol (chupa Neto!).

    Não tem muito o que analisar, porque o mais importante foi a determinação e a garra que o time mostrou. Agora é ir pra Floripa e garantir o título com uma vitória em cima do Figueira.

    VAI CORINTHIANS!

    Curtir

  16. 11/21/2011 8:45

    Gol do Adriano foi um dos que eu mais comemorei na vida. Parecido com aquele gol do Ricardinho contra o Santos, na semi final do Paulista 2001.

    ************* *************

    Professor Cagalhão ta iluminado nesse Brasileirão. Entra pra empatar e ganha.

    Danilo não pegou na bola no primeiro tempo e ele volta do intervalo com o mesmo time pensando em não se expor. Mesmo assim o Corinthians sai atras no placar e vê a vaca indo pro brejo. Professor Cagalhão finalmente decide atacar o Atletico, Corinthians vira o jogo e ele sai de campo louvado pela imprensa e se dizendo um expert em taticas.

    Curtir

    • 11/21/2011 19:13

      Eu estava lá também no gol do Cristhian!

      A diferença é que aquele gol formou um time vencedor. Esse gol ainda ficamos onde estávamos.

      Curtir

  17. 11/21/2011 7:42

    pois é. O Bambirner e o Juca (que não sei porque eu ainda leio de vez em nunca) já falaram do lance do Alessandro. Escrever sobre esse lance sem contar a história do critério de cartões do jogo é sacanagem. Alguma linha sobre o volante do Avaí expulso aos 19min? também não…Enfim, quanto ao jogo, é só assim, no sufoco, no Deus nos Acuda. É incrível como muda a atitude quanto tá perdendo, quando precisa. Fosse essa a atitude nos jogos fora de casa seríamos campeões há 3 rodadas. Vi de novo o jogo do Flu ontem, tem atitute fora de casa como se jogasse em casa – sabe que é superior e domina o jogo. Tivesse mais 3 rodadas seria difícil tirar o título deles. A nossa sorte é que faltam só 2 e agora 2 empates – ou uma improvável vitória contr ao Figueira – garante o caneco…
    http://cachacadopovo.blogspot.com/

    Curtir

    • 11/21/2011 19:11

      De fato essa atitude existia no 1º turno, quando jogávamos os pontos corridos como se fossem mata-mata.

      Acho que o desempenho físico também explica tal situação.

      Eu concordo com esses 3 jogos a mais, o que prova que pontos corridos não vence o melhor, o mais justo etc. Leva quem chega mais rápido no nº necessário de pontos.

      Curtir

  18. Fabiano permalink
    11/21/2011 7:23

    E o Figueirense caiu de 4 ontem… acho que seremos campeões domingo…

    Curtir

  19. Márcio permalink
    11/21/2011 2:16

    DOIS GIGANTES DA RAÇA

    Liedson e Paulinho, dois gigantes da raça corinthiana.

    Caso o Corinthians venha a conquistar, mesmo, este que será um título corinthianíssimo – sofrido, emocionante, de superação, de grandeza, da Fiel -, dois de seus pricipais destaques terão sido, sem dúvida, Liedson e Paulinho.

    Dois gigantes a despeito de seus biotipos: Paulinho é um tipo comum, distante da imagem idealizada do superatleta; Liedson é um dos maiores exemplos de história de superação que se conhece no futebol, de alguém se fez grande a despeito de dificuldades sociais, financeiras e físicas. Paulinho é, hoje, o melhor dos volantes brasileiros. Liedson já entrou para a história do Corinthians, como um de seus melhores e mais emblemáticos atacantes.

    Liedson e Paulinho se destacaram pela competência e pelo “algo a mais” que mostraram nos momentos mais difíceis da sensacional virada contra o Atlético Mineiro – uma vitória que lavou a alma da Fiel e que coloca o Corinthians a dois jogos, ou a, no máximo, quatro pontos, do título do mais intensamente disputado Brasileirão da história.

    O Corinthians teve outros grandes, nesse domingo: Alessandro, um grande guerreiro; Willian, rápido, esperto, habilidoso (sem dúvida, outro grande destaque da campanha corinthiana); Alex, talentoso; Emerson, que, dessa vez, não jogou nada, mas comprovou o acerto de Tite em deixá-lo em campo, quando da arrancada de força, de pulmão, de coração, de decisão, que resultou no gol da virada; Adriano, decisivo, dando a resposta que dele se esperava, e quando o Corinthians mais precisava dele.

    O Corinthians todo está de parabéns pela linda vitória dessa inesquecível tarde de domingo, dia 20 de novembro de 2011. Do seu mais humilde funcionário ao seu presidente Andrés Sanchez, passando, dentre outros, pelos jogadores e pelo técnico Tite. O Corinthians está de parabéns também, principalmente, pela Fiel, que neste incrível Brasileirão exerce, decisivamente, o seu histórico papel de 12° jogador.

    Agora, uma semana para curtir as emoções deste domingo. Para descansar de todo esforço, físico e emocional, dispendido. E para se preparar para o próximo domingo, porque vem mais por aí…

    Curtir

  20. Emboava permalink
    11/21/2011 1:55

    O Cuca foi muito inteligente com o esquema que montou, pois anulou o Corinthians, mas não deu sorte pois o Daniel Carvalho estava numa tarde infeliz.
    O Tite errou ao entrar com o time cansado, mas eu sim vi movimentação, principalmente do Emerson, Willian e do Paulinho (os caras do Milan poderiam assistir todos os jogos pra ver se o Paulinho joga como hoje ou até melhor)
    ——-
    O Danilo tem muito mérito mesmo, mas o tem de estar bastante descansado…
    ——-
    Eu não concordei com a saída do Willian, pra mim ele estava jogando melhor que o Emerson, mas realmente só o Emerson tem habilidade suficiente para mudar o jogo e inventar algo diferente…
    ——-
    O juizão era estranho… sem critério… mas não comprometei tanto…
    ——-

    Foi um bom jogo… ganhamos de virada e o Adriano mostrou que é fazedor de gols… golaço dele… e o do Liédson foi show também… no único cruzamento que o Alessandro acertou nesse jogo ele marcou o gol…

    ——-

    Vai Corinthians!

    Curtir

    • Correa Leonardo permalink
      11/21/2011 7:21

      1* Quanto tempo fazia que o Alessandro não acertava um cruzamento? Tudo bem…

      2* O Cuca pra não perder o costume chororou que ele deveria ter sido expulso? Normal nos de espírito pequeno como esse treinador aí. Mas não achei a 1ª falta dele lance pra amarelo, é que o atacante galense pulava que era uma beleza.

      3* Mas no fim a situação ficou parecida com a do cara do SC Produtores de DVD que fez o gol na gente. Então 0x0.

      4* Também teria deixado o William em campo para a entrada do Imperador da Cachaça, sacando Liédson ou Sheik. Sorte que me enganei!

      5* Tudo bem que o cara não estava em jornada inspirada e perdeu bisonhamente a bola, que resultou na falta, que gerou o gol dozômi. Mas farei aqui uma aposta ousada: DANILO SONECA É O MELHOR, O PRINCIPAL JOGADOR, NÃO SÓ DE NOSSA CAMPANHA, MAS DO CAMPEONATO BRASILEIRO TODO. Sozinho ele jogou mais que o Ronaldinho Gaúcho, o Paulo Henrique Ganso e o D’Alessandro juntos.

      Curtir

      • 11/21/2011 19:05

        1 Quanto tempo que ele nem tentatava!

        2 Se o Cuca não chora, eu que fico triste.

        4 Como disse o Emboava, só o Emérson/Liédson têm habilidade para mudar um jogo.

        5 Apoiado.

        Curtir

    • 11/21/2011 19:02

      Foi por aí mesmo.

      Só achei que o TIte deveria ter tirado o Alessandro, pois o Bernard entrou para cavar a expulsão.

      Curtir

Trackbacks

  1. Mesa tão perto do título quanto a 67 pontos atrás « Não pára de lutar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: