Skip to content

Mesa tão perto do título quanto há 67 pontos

11/21/2011
  • Vocês não têm ideia como a TV emagrece… O Adriano está uma bola! Databoteco diz que ele precisa perder de 10 a 15 quilos. Neto era magro perto do Bolão.
  • ME UFANA QUE EU GOSTO: putz, Timão está tão perto de ser campeão quanto estava na 1ª rodada. Acho inacreditável corinthiano discutindo um Título que está tanto na nossa mão quanto na do Vasco ou na do Fluminense. Isso é tão, mas tão elementar que quem disser o contrário não entende absolutamente nada de futebol.
  • A nossa liderança não vale título algum. A menos que isso seja fórmula Indy e eu não tô sabendo.
  • Danilo é o jogador mais importante dessa campanha até agora.
  • Foi passe ou rebatida, como acha o André?
  • MELHOR QUE 90 esse time não é. Decidi isso depois de mais um 1º tempo perdido.
  • Chelsea perdeu em casa para o Liverpool do MONÓTONO Lucas Leiva? Timão deveria entrar em contatos imediato de 3º grau com o André Villas-Boas para já assumir a pré-temporada. Seriamos o único time do Brasil com técnico de ponta.
  • Pacto pela vitória (e agora, concordam com os 73 pontos?) :
  1. vencer 6 5 4 3 2 1 em casa: 3×0 AGO, 0×2 Botafogo, 2×1 Avaí, 2×1 Atlético-PR, 2×1 Atlético-MG e SEP
  2. vencer 1 fora: América 2×1
  3. empatar 1 e vencer outra foraCruzeiro 0x1, Inter 1×1 e Vasco 2×2
  4. derrotas tradicionais  vencer 2 1 fora: Figueirense e Ceará 1×2
  5. Sequência vascaína: 2×2 Cor, Int 3 x 0, CAP 2×2, 3×0 CAM, Bahia 0x2, 0x0 SPO, San2 x0, 2×0 Bota,  SEP 1×1, 2×0 Avai, Flu x, x Fla
  6. Sequência botafoguense: 2×0 CAP, San 2×0, Avai 3×2, 1×0 Cruz, 0x1 Fig, Vas 0x2, Ame 2×1, x Int, CAM x, x Flu
  7. Sequência pó de arroz: 1×2 Am, 5×4 Gre, Fig 0x4, xVas, Bota x (IMPORTANTE: se chega, sempre vence no nº de vitórias)
  8. Sequência do Figueirense: Fla 0x0, 0x4 Flu, x Cor, Avai x <- WOW

Coloque na mesa a ufanada que só você viu!

Anúncios
67 Comentários leave one →
  1. 11/23/2011 0:48

    Sinceramente, a única coisa que eu estou realmente sentindo é que o Flu vai vencer os últimos dois jogos, e o Fred vai buscar a artilharia. Caso isso se confirme, nós precisaremos de 1 vitória ou 2 empates pra sermos campeões. Eu prefiro ser campeão no domingo e jogar contra os porcos tranquilão, só pra fazer a festa. Além do Timão, eu tenho outras paixões esportivas que estão me fazendo sofrer até o último minuto todo domingo, e daqui a pouco o coração aqui num vai mais aguentar.

    Curtir

  2. 11/22/2011 23:15

    Um pouco cedo pra falar isso, mas é preciso pelo menos citar essa possibilidade: o clássico com o Corinthians pode ser o último jogo da carreira de São Marcos.

    Nada mais justo para um dos maiores goleiros da história do futebol brasileiro e o maior da história do Palmeiras. São Marcos, como é conhecido, que levou os palestrinos ao título da Libertadores em 99, com média de um penalti defendido por partida. Sem contar uma Copa do Mundo impecável em 2002.

    Rosemberg falou que o Corinthians deveria receber a faixa do Palmeiras. Eu acho que o Corinthians deveria fazer uma justíssima homenagem ao Marcos, pelo que ele representa para o futebol. Em um tempo que jogadores pensam mais nos próprios cabelos, um cara que joga com a alma fará muita falta. Anos de decicação a um clube, sempre respeitando a todos, não importando se for da imprensa, do próprio clube ou do maior rival.

    Pouco importa se é o maior ídolo do Palmeiras. Pouco importa o pênalti de Marcelinho Carioca defendido no dérbi mais importante de toda a história do confronto. Existem jogadores que são superiores a tudo isso.

    São Marcos, o futebol é eternamente grato por sua passagem, obrigado pelas alegrias e tristeza que você nos proporcionou. Sentiremos sua falta.

    Curtir

    • João permalink
      11/23/2011 1:35

      Você cometeu um erro crasso: o maior Dérbi da história foi a final do IV Centenário, cujo resultado de 1×1 foi o bastante para a conquista do título pelo Corinthians, provocando a maior festa de título que a cidade já viu até então (na qual explodiu, de vez, a marcha “Campeão dos Campeões”, composta dois anos antes, a ponto de se tornar hino oficial do clube); festa que só viria a ser superada pela catarse coletiva que foi a irrepetível festa´pela conquista do campeonato paulista de 1977.

      E nem pense em querer aquilatar o valor dos jogos citando as competições às quais pertenceram… Leia, estude e aprenda o que significou aquela final do IV Centenário, para nunca mais achar que houve, até hoje, um Dérbi que possa se comparar, em importância, àquele.

      Curtir

      • João permalink
        11/23/2011 1:37

        ps: Por merecimento, o goleiro titular da Seleção na Copa de 2002 deveria ter sido Dida.

        Curtir

      • João permalink
        11/23/2011 1:43

        pps: Assim como Pelé foi homenageado pela Fiel em (uma de) sua(s) despedida(s), por ter sido o Rei do Futebol, e por ser corinthiano, fato que passou a omitir depois de se tornar jogador profissional, Marcos também poderia receber uma homenagem similar – pois, como é de conhecimento público, ele foi um grande goleiro, e por ser também corinthiano, fato que passou a omitir depois de se tornar jogador profissional

        Curtir

      • 11/23/2011 20:59

        Me esqueci completamente que a final do IV Centenário foi contra os caras. Conheço a história do Corinthians e a importância daquele título pro clube.

        O que eu quero dizer é que em vez de ficar de picuinha trocando xingamentos inúteis com o Palmeiras, o Rosemberg poderia fazer algo realmente útil e homenagear o cara.

        Curtir

    • Morgana Costa permalink
      11/23/2011 1:59

      Concordo. Maas, temos que ser campeões já contra o figueira, pq vai que ele resolve defender tudo na última, né!? rss
      E o maior ídolo do palmeiras tem DNA Corinthiano. O pai do Marcos era torcedor do Timão, não era?

      Curtir

  3. SERGIO SANTANA permalink
    11/22/2011 22:47

    Gostaria de saber como se calcula isso que falam por aí do time ter ficado tantas rodadas na liderança do campeonato ( coisa do Jênio (com j mesmo) do Kleber Machado) .75% do campeonato transcorreu com Santos , Inter e um rodízio de infelizes que iam jogar com eles , inclusive nós, com jogo a menos que os outros.
    Alvaro, muito bom o site e os comentaristas.
    Lembro que se o Vasco empatar com flu e fla , somos campeões com 67 pontos !

    Curtir

  4. Luís Fontes permalink
    11/22/2011 21:55

    É verdade, mas perto do título ou não, com time bom ou não, com técnico ou não, e depois e muita briga, consegui meu ingresso, e como a esperança é a ultima que morre, vou torcer pro Coringão ser campeão no domingo aqui em Floripa e seja o que Deus quiser!

    Curtir

    • Marcelo permalink
      11/23/2011 9:16

      Eu consegui o ingresso na parte do Figueira, não sei como vou fazer para chegar do nosso lado, mas estarei aí para ver o quinto título (afinal penta é consecutivo) e o meu quarto ao vivo. #VAI CORINTHIANS!

      Curtir

  5. Fernando Souza Jr. permalink
    11/22/2011 13:21

    Também não estou nessa de que já é campeão, embora eu tenha imensa vontade de dizer que seremos campeões domingo, com uma vitória sobre o Figueirense e uma vitória do Flu contra o Vasco. Mas, na boa, acho que seremos campeões com dois empates, com as calças nas mãos, naquele sofrimento titeano já conhecido por todos nós, até por que seria injusto demais o Corinthians terminar o campeonato com 5 vitórias seguidas, dando a impressão que foi soberano a competição inteira e que Tite é um gênio da tática e da estratégia, quando não é.

    Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      11/22/2011 20:37

      Mas a impressão fica por conta da percepção de cada um. Se a gente fechar com 5 vitórias -é algo um tanto que difícil, mas não impossivel- quem é antititênico vai continuar sendo. Ninguém vai achar que fomos soberanos na competição porque tivemos alguns deslizes, mas tirando o Cruzeiro de 2003 qual o campeão dos pontos corridos não os teve? O ano passado o Muriçoca saiu com a imagem de o cara que vence pelo trabalho- e pode até ser-, mas as famosas entregadas não estariam forçando tal impressão? E o Madureira que sempre teve verdadeiras seleções as maõs (em suas conquistas) e famosos esquemas de favorecimento. Não teria tais fatores forçada a imagem de o grande professor que ele carregou ao longo dos anos. Injusto, mas injusto mesmo…..será o título tomar outro endereço que não seja o PSJ. Por tudo aquilo que a gente passou, por termos ponteado durante a maior parte da competição.

      Curtir

      • Fernando Souza Jr. permalink
        11/22/2011 22:59

        eu não disse que seria injusto o Corinthians ser campeão, muito ao contrário. Aliás, pela raça que esse time demonstra, pela perseguição que sofre por boa parte da mídia, por jogar o campeonato inteiro com a arbitragem contra, por ganhar tantos jogos no limite, nenhum time merece tanto ser campeão como o Corinthians.
        Mas acho que a última impressão é a que fica, e se ganharmos as 5 últimas, nesse embalo, o Tite será canonizado,e muitos erros serão ocultados. De qualquer maneira, como torcedor, acho que seria ótimo vencer as cinco seguidas. O problema seria gerenciar os egos (do treinador principalmente) em 2012.

        Curtir

        • múcio rodolfo permalink
          11/22/2011 23:13

          Agora imagine a seguinte situação. A gente ganhando o título no domingo (ressalto que não estou dizendo que já está ganho- vamos sofrer bastante ainda) e no domingo seguinte batendo o chiqueirense e impedindo-o de carimbar as nossas faixas…….Diante disso o Adenor pode até pensar que é um deus que eu não ligo. Além disso, ele pode por causa disso se “automegavalorizar” e assim tornar inviável a sua permanência no PSJ.

          Curtir

  6. 11/22/2011 12:27

    Álvaro, chato que sou, saltou-me aos olhos a redundância no título (ehhhh!!!) do post: “…há (67 pontos) atrás”. Um ou outro.

    Abrax!

    Curtir

  7. Guimba Romulo permalink
    11/22/2011 12:06

    Que o Chcio Lang é um fanfarrão é um fato sabido, mas a última postagem no blog dele merece ser compartilhada.

    “Longe de mim querer criar uma polêmica com os jornalistas são-paulinos, aliás, todos enrustidos, vibrando em silêncio e detonando o Timão quando podem. Mas o gol de Adriano, na virada histórica de 2 a 1 sobre o Atlético MG, valeu mais do que todos os feitos por Luis Fabiano até agora.

    É fácil entender. O do Imperador pode ter sido o do título do Brasileirão 2011. Fica a questão: qual a contratação valeu mais, a de Adriano pelo Timão ou a de Luís Fabiano, pelo Tricolor? Responda e no final você ganha uma fitinha cor de rosa ou uma faixa de campeão.

    É nóis.

    E tenho dito!”

    Curtir

    • 11/22/2011 12:14

      Polêmico que sou: nem um, nem outro!

      A do Adriano foi errada e a atitude do Clube em não tratá-lo corretamente, mostrou que eu estava certo!

      Curtir

    • Luís Fontes permalink
      11/23/2011 13:52

      Rídiculo o post do anticorinthiano juca, que de tão imbecil nem deveria ter sido levado em conta pelos Corinthianos. Primeiro porque futebol não é matemática e o corpo humano não avisa quando vai parar, logo qualquer time pode passar por isso pois todos os jogadores estão sujeitos a lesões. Segundo porque se fossem só 4 milhões que custasse um título do brasileirão estaria barato demais, afinal de contas, nem o avai e o américa, com os piores elencos do país, investiram só 4 milhões para a disputa do campeonato.

      Típico post de quem quer arrumar assunto para uma semana em que o maior assunto deveria ser apenas o futebol!

      Curtir

  8. 11/22/2011 10:37

    * Desnecessaria a declaração do Luis Paulo Rosemberg, sugerindo que o Palmeiras entregue as faixas ao Corinthians. Ainda falta muito pro titulo, e declarações como essas só servem pra motivar o adversario.

    * Prof. Cagalhão poderia rever o video da final da Copa do Brasil 2009 e ver como se comporta uma equipe que joga uma final fora de casa. Corinthians precisa deixar claro dentro de campo, quem é que manda, quem é o grande e quem é o pequeno.

    * Segundo o Lancenet, STJD adiou pra sabe-se la quando os julgamentos do Rafael Moura e do Abel, mas manteve o do Emerson.

    Curtir

  9. Daniel permalink
    11/22/2011 8:40

    Acho que se o Corinthians jogar como vem jogando os último jogos no quesito determinação, leva.

    O Figueirense é um time muito bem montado, consciente, mas dentro de casa não é tão poderoso quanto fora, pois tem na velocidade uma de suas maiores virtudes, e se aproveitou muito dos espaços deixados pelos mandantes. No domingo vai ter que tentar a vitória em algum momento, e nessa hora o Corinthians pode armar o bote. Pode ser meu fanatismo, mas sinto que as chances de título no domingo são boas (amém!).

    Com relação ao porco, que o pessoal comentou abaixo, concordo que a declaração do Tirone só demonstra o pensamento pequeno que tem predominado nos rivais ultimamente, mas temos que lembrar que do nosso lado, o falastrão do Roxemberg fez, pra variar, m… ao dizer que o porco tinha que entregar a faixa pro Corinthians. Imagina se o Felipão não vai usar essa infeliz declaração para motivar seus comandados? Por mais morimbundo que esteja o porco, o Roxemberg deu nitrogênio pro inimigo.

    Saudações alvinegras.

    Curtir

    • Thiago Guadalupe permalink
      11/22/2011 10:29

      tenho medo nenhum do Felipão, do que ele possa falar, nem do time medíocre do parmeira!

      Curtir

    • ish permalink
      11/22/2011 15:14

      Concordo que podemos ganhar no contra-ataque, pois o Fluminense ganhou o último jogo lá em poucas jogadas, como foi o jogo do primeiro turno aqui no Pacaembu o Figueirense acabou com o jogo em 2 contra-ataques acho que pode ser uma boa mas, o Corinthians tem que dar aquele gás na marcação e matar o campeonato na próxima rodada.

      Curtir

  10. eugenes permalink
    11/22/2011 1:47

    outra… discordo completamente do

    “Timão está tão perto de ser campeão quanto estava na 1ª rodada. Acho inacreditável corinthiano discutindo um Título que está tanto na nossa mão quanto na do Vasco ou na do Fluminense. Isso é tão, mas tão elementar que quem disser o contrário não entende absolutamente nada de futebol.

    e discordo COMPLETAMENTE do

    “Pacto pela vitória (e agora, concordam com os 73 pontos?)”

    me desculpe, mas afirmar isso nao faz o menor sentido. alias, é um crime contra a matematica – sendo que vc é engenheiro…

    vou explicar porque. precisa?

    e é matematica. só matematica. sem nenhuma mandinga esotérica.

    atualmente, sao necessarios 71 pontos.

    matematicamente, o corinthians é campeao com mais 4 pontos, e só. nao precisa de mais nada alem disso.

    e isso, se o vaxxco fizer os 6 que ainda restam. levamos pelo numero vitorias.

    pq, inversamente ao que acontece com o flu, se o vaxxxco chega no mesmo numero de pontos, sempre perderá no numero de vitorias.

    portanto, ATUALMENTE, o minimo necessario sao 71.

    mas se for o flu que acaso faça os 6 que restam, bastam mais dois pontinhos, dois empates, pra sermos campeoes com 69 pontos.

    sem matematica, essa ciencia exata…

    meu palpite é que com mais 2 pontinhos seremos campeoes. o flu esta melhor que o vaxxxco e deve ganhar.

    mas se empatarem, bastam novamente os tais 2 pontinhos (ou 2 empates) pra sermos campeoes.

    mas isso pode cair, e probabilisticamente, deve mesmo cair para 69 pontos. o campeonato esta muito parelho. e classicos regionais na ultima rodada apenas aumentam o efeito.

    ou seja – se bobear, o flu (em melhor fase) faz 4 pontos (1 empate e 1 vitoria), mas o vaxxco só 2, (2 empates), pois joga 2 classicos e ainda sulamericana… e o corinthians só 1 (1 empate 1 derrota), que mesmo assim, com 68 pontos, ainda seria campeao…

    probabilisticamente, temos cerca de 80% de possibilidades de titulo, alvaro.

    esse site, tvz vc conheca, é interessante… feito pelo Departamento de Matemática – UFMG http://www.mat.ufmg.br/futebol/br_serie_a.html

    entao, Alvaro…

    tt qt como vc é engenheiro…

    eu sou jornalista. trabalho com o sentido das palavras, dos conceitos.

    e posso afirmar que nao faz o menor sentido dizer que um time com 80% das PROBABILIDADES MATEMATICAS de ganhar um titulo esta…

    “tão perto de ser campeão quanto na 1ª rodada (…) um Título que está tanto na nossa mão quanto na do Vasco ou na do Fluminense. Isso é tão, mas tão elementar que quem disser o contrário não entende absolutamente nada de futebol.”

    nao faz o menor sentido afirmar isso. por mais que futebol nao seja ciencia exata, as probabiliades de vasco e flu existem, mas sao bastante menores que as probabilidades do corinthians.

    alias, probabilidades estatisticas indicam apenas a possibilidade percentual de um evento ocorrer ou nao.

    o fato é que hoje temos 80% das probabilidades matematicas de titulo.

    na primeira rodada do campeonato, nossa probabilidade era de cerca de 5% (100% dividido pelos 20 clubes da 1 divisao).

    sendo que esse calculo nao é probabilisticamente exato exato, teria que levar em consideraco que cerca da metade dos times concorrem mais probabilisticamente ao titulo (os “grandes, em boa fase e bom elenco”), e a outra metade compete por uma sulamericna ou pra nao cair….

    entao, CHUTANDO, um time grande, montado competitivamente pra disputar o titulo do brasileiro, tvz tenha… cerca de 8 % das probabilidades de titulo, na 1 rodada do brasileiro??

    hoje, temos 80% das probabilidades!?

    de forma alguma dá pra dizer que estamos tao perto do titulo qt estavamos na primeira rodada!! dizer isso é um contrasenso!

    futebol nao é ciencia exata.

    mas também nao é algo completamente sem sentido ou lógica, meu caro. aliás, muito pelo contrario…

    saudacoes alvinegras.

    Curtir

    • Raphael permalink
      11/22/2011 9:07

      Essa matemática do futebol é furada… não dou bola pra as tais “chances de não sei o quê”, porque tem muito jornalista metido a matemático, engenheiro, especialista em segurança, etc sendo que sequer conseguem interpretar um texto.

      Para os tais “matemáticos do futebol”, estes 80% viram 20,87123% se o Corinthians perdesse e o Vasco ganhasse na próxima rodada (SAI ZICA !!!).

      Curtir

    • Marcelo permalink
      11/22/2011 9:27

      Cara acho que você como jornalista está interpretando muito mal o texto de um engenheiro como eu; o que o Alvaro sempre disse é que o campeonato de pontos corridos você tem que fazer o “seu” campeonato não importando com os rivais, e que estatisticamente um time com 64% de aproveitamento ou 73 pontos é campeão sem problemas, o time pode ser campeão com menos? Claro que pode porém se fizer 64% de aproveitamento, as chances de título são superiores a 85% afinal de 2003 até 2011 temos 9 campeonatos e só em 1 deles o campeão teve aproveitamento inferior a 64%. Espero que o dono do boteco não fique bravo com a defesa que eu fiz dele…hehehehe

      Curtir

      • 11/22/2011 12:26

        EXATAMENTE! CORRECTAMENTE!

        Foi isso que eu quis dizer!

        Curtir

        • eugenes permalink
          11/22/2011 15:00

          e o que quis dizer foi o seguinte. disse que futebol nao é ciencia exata. e que probabilidades estatisticas representam apenas a possibilidade de um evento ocorrer ou não. e o site que linkei nao é de jornalistas, é de matematicos. ACONTECE que o mesmo raciocinio vale para a quantidade de pontos necessarias para ser campeão. e usei isso apenas como exemplo… alvaro diz que precisariamos de hipoteticos 73 pontos!? ora mas como assim, se a realidade dos numeros ja é outra?? O FATO – com 71 somos campeoes e ninguem tira. e isso apesar de, como marcelo observou, com 73 pontos, a probabilidade (inicial) de um time ser campeao seria de cerca de 85%. mas na REALIDADE (nao na probabilidade), neste campeonato REAL, com apenas 71 pontos ja temos 100% de probabilidade de titulo. entendeu ou precisam que eu desenhe? Acontece ainda que a probabilidade atuais do corinthians ser campeao, cerca de 80% ja sao enormes, pois sao varias as combinacoes de resultados (80% delas) que dao o titulo ao timao, e poucas as combinacoes (20%) que dao o titulo aos adversarios. Ora, na primeira rodada, nossa probabilidade era de cerca de 10% (esse valor sim é um chute). e atualmente a probabilidade é de cerca de 80% !!!!!!! oito vezes maior! entao nao faz SENTIDO LOGICO a afirmacao do alvaro. que ESTAMOS TAO PROXIMOS DO TITULO QUANTO NA PRIMEIRA RODADA. ora, temos OITO VEZES mais probabilidades do que na primeira rodada!!! e por fim… digo que o lance é deixar de conversa fiada e jogar bola, porque os deuses do futebol castigam os que se agarram demasiado em favoritismos. sim, o corinthians é, no momento, bastante favorito. tem 80% das probabilidades. mas o negocio é honrar o favoritismo obtido e fazer o trabalho que resta, com muita seriedade. nao se ganhou nada ainda.

          isso quis dizer. afinal, 2+2 continuam sendo 4. inclusive no futebol.

          Curtir

    • Thiago Guadalupe permalink
      11/22/2011 10:27

      Também não entendi essa que as chances são as mesmas… sendo que até perdendo os dois jogos podemos ser campeões…

      toda a mídia anti tá falando mais de Vasco e Flu como candidatos ao título… nós que podemos ser campeões com 67, 69 ou 71… não podemos estar confiantes???

      Fora os jogos decididos como campeões como Cruzeiro, Avaí, Ceará, Atlético… entre outros… fato lembrado pelo Muriçoca que afirmou que o Timão levará o caneco!

      Salto alto não… confiança sempre! VAI CORINTHIANS!

      Curtir

  11. Múcio Rodolfo permalink
    11/22/2011 0:32

    Eu acho que o futebol tem voltas. Em 1999 eu vi o Corinthians golear o chiqueirense que teve dois jogadores expulsos naquela partida. Foi o primeiro jogo daquela decisão. E eu me lembrei de 93 quando tivemos dois jogadores expulsos o que facilitou e muito a vida deles. Agora temos a chance de disputar um derby já com a faixa (não estou dizendo que já ganhamos, estou dizendo que temos uma chance) e ai a gente se vinga de 94 quando os chiqueirenses fizeram a festa no Pacaembu (não foi no Morumbi porque as Gazelas arrebentaram o gramado do panetone com picaretas) e de 76,

    Curtir

  12. múcio rodolfo permalink
    11/22/2011 0:15

    Sim. A nossa liderança não vale o título, mas nos coloca numa situação quase privilegiada. Bem melhor do que a do ano passado quando tinhamos que contar com a boa vontade de nossos co-irmãos. É lógico que vai ser difícil. Já foi um tanto quanto difícil quando tínhamos uma máquina de jogar futebol (o time de 1999). Imagine agora, com um time de jogadores que no máximo a gente pode colocar o carimbo de “muito bom”. Se por um lado o Figueirense vem mordido porque perdeu do “tricolor das viradas de mesa”, por outro virá abalado pela derrota e caberá ao Corinthians aproveitar este detalhe. Basta o Corinthians jogar com inteligência. Não desperdiçar as oportunidades que aparecerem. Mesmo adotando um esquema mais cauteloso dá para se chegar a vitória. E a gente não pode se esquercer que o Figueira, ao contrário do que fez no Pacaembu, vai ter que sair para o jogo, se expor.

    Curtir

  13. eugenes permalink
    11/22/2011 0:06

    hahaha voces só podem estar brincando… o paulinho é irregular, e o “melhor jogador” do campeonato é o soneca? faaaaala sério kkk.

    apesar de algumas (surpreendentes) boas exibicoes, particularmente contra bambis no 1 turno, e da boa fase na sequencia do comeco do campeonato (nao só dele, mas do time, tvz em comparacao aos adversarios desacertados ou em diversas competicoes) a media do danilo tem sido essa ai.
    muito esforco, dedicacao, algumas assitencias, sim, mas pouquissimo diferencial, arremate, e principalmente vislumbre de craque, pra titular como meia atacante/armador no timao.
    o alex, que vinha devendo…
    a unica partida na temporada do danilo comparavel a do alex ontem foi contra os bambis. o cara que chama a responsabilidade, inferniza os adversarios, ganha o jogo.

    que lance foi aquele que alex pos o richarlyson pra sentar (no bom sentido) e bateu por cobertura, consciente, endereco certissimo, a melhor defesa do goleiro adversario? e naquela situacao de jogo (perdiamos 0x1)?

    pois é.

    o danilo, que lembre, só fez algo similar contra os bambis. ali pensei “esse cara enfim se “acertou” com a camisa do Corinthians”.

    engano. ele teve seus lampejos. mas algo, tvz a idade, pq NAO é um problema de lesão, ainda impedem danilo de jogar seu melhor futebol no corinthians. lembro dele no sao paulo, teve uma fase muito, mas MUITO melhor do que conseguiu render ate aqui no corinthians.

    e oportunidade efetiva (tempo em campo de jogo) foi o que NAO faltou ao danilo.

    mas o grosso do jogo dele foi tipo enceradeira. daqui pra la, de la pra aqui, mas objetividade, efetividade, poder de decisao, muito poucos, muito eventualmente.

    se o alex tiver uma sequencia, e só aparecer pro jogo de tres em tres jogos, sera a mesma coisa… mas tudo indica que nao, que alex “chama o jogo” com muito mais autoridade e tem muito mais poder de decisao.

    parece que a posicao encontrou seu dono.

    se nao jogarmos com 2 volantes, 2 meias e 2 atacantes, a titularidade do soneca ja era….

    só falta o tecnico ter como tirar um jogador que é um de seus lideres no grupo, e que dá um sangue… Tite teve o mesmo problema pra tirar o jorge henrique do time…

    de qq forma, acho muita injusta a manifestacao da torcida, pq danilo esta jogando com inegavel respeito a camisa e profissionalismo.

    Curtir

    • Thiago Guadalupe permalink
      11/22/2011 10:22

      Concordo quanto a Paulinho e Alex… mas o Danilo foi sim fundamental para nossa campanha de conquista da vaga da Libertadores, e se confirmando, do título.

      Não precisa tirar só o jogo contra os bambis, Danilo foi o melhor do Corinthians nos 10 primeiros jogos do campeonato disparado… depois variou de acordo com sua condição física… mas não podemos ser ingratos com o cara!

      Curtir

  14. Marcelo permalink
    11/21/2011 23:57

    Bom acho que o primeiro tempo do jogo foi uma merda como esparávamos devido ao forte calor, puta merda como eu sofri com o sol na Laranja, e uma água a R$4,00 é brincadeira de mau gosto, mas tomei várias para não ficar desidratado (afinal no começo do jogo estava bêbado)…..Vendo o lance do Castan pela TV claramente se vê que é uma rebatida, a bola ia para a lateral, mas bateu na perna do cidadão do Galo e sobrou para o Sheik. Sobre o peso do Adriano, acho que ele já está bem melhor, e o suficiente, para depois deste gol para botar muito medo nas defesas adversárias, tanto que como já foi dito, o gol do Liédson só saiu porque os zagueiros estavam mais preocupados com ele. Vamos que vamos sofrendo e ganhando na bacia das almas. Acho que o título não virá no domingo, pelo simples motivo que eu não consegui ingresso ainda, já acionei meu cambista para estas horas e ainda não tive retorno, mas se eu for, acho que o título chega no domingo com uma vitória de 1 x 0.
    Acho que por hoje é só, afinal ontem foram muitas emoções, fazia tempo que não descia lágrimas na hora de um gol no estádio e ontem foi assim, das emoções em estádio recentemente acho que esta foi a maior dos últimos tempos. Abraços e boa semana a todos!

    Curtir

  15. Cesar Augusto permalink
    11/21/2011 23:11

    E, ainda, não somos campeões, sejamos realistas.

    Emerson Shake, por exemplo, será julgado amanhã no STJD-RJ. As chances de absolvição são remotas.

    O Figueirense tomou uma traulitada do Flu e virá mordido. Será pedreira.

    É claro que uma vitória nos dará o título, não tenho dúvidas. O Vasco tropeçará no Flu, que talvez, também, tropece no Vasco. A lógica nos diz que o empate é o resultado mais factível nas duas partidas e, neste caso, a decisão ficará para a última rodada, onde seremos campeões contra os fascistas, que terão bicho dobrado, segundo o tal Tirone. Aliás, declarações como esta do Tirone explicam porque, ano a ano, os nossos ex-maiores rivais estão cada vez menores. O Objetivo é ferrar o Corinthians e o SPFC. Triste fim para um time, que já foi base, até, da Seleção Brasileira

    Voltando ao campeonato, acho que dois empates, a La Tite, e seremos campeões.

    Ainda, falta um pouco de sofrimento para o corinthiano.

    >>>

    O Danilo é top 3 entre os mais importantes. Os outros são Liédson e Paulinho, analisando o campeonato como um todo. Na hora da onça beber água, o Shake e o Alex cresceram e, por muitas vezes, resolveram.

    Curtir

  16. Cesar Augusto permalink
    11/21/2011 23:02

    Vamos lá, Corinthians de 90 versus Corinthians 2011. Vale ressaltar que, ainda, há uma diferença entre estas equipes. Aquele venceu. Este, apesar do oba-oba, que espero não contamine o elenco, ainda não.

    1) Ronaldo x JC – Goleada. Um é o Corinthians, o outro é, no máximo, o Juventus. Não há termo de comparação. O Ronaldo, apenas com o braço esquerdo, já supera o JC. Aqui é covardia, até porque o Ronaldo faz parte dos grandes ídolos da história do clube. Eu estava lá, em 1988, em sua estréia. Pegou um pênalti do Dario Pereyra e demonstrou enorme personalidade. Entre 1988 e 1989 falhou muito, mas como tinha potencial e crédito desde a primeira partida, a fiel sempre o bancou. Em 1990 foi fundamental. Ademais, esse cara toda vez que fala de Corinthians exala emoção. Quando vejo o Ronaldo e ontem o vi em entrevista na Band, dá vontade de chorar. Esse cara é o ídolo de uma geração de corinthianos. E não é recalcado como o Neto. Espalma, Ronnnnaaaaaaalllllllllllldo !!!

    2) Giba x Alessandro – Eu tenho uma profunda admiração por jogadores que mesmo não sendo oriundo das categorias de base do clube, demonstram enorme respeito pela instituição. Esse é o Alessandro. Por outro lado, eu tenho profundo desprezo por aqueles jogadores que nunca foram nada em lugar nenhum, mas quando saem do clube, especificamente, o Corinthians demonstram desrespeito pela instituição. Este é o Giba que, verdade seja dita, teve problemas com uma pessoa no clube, notadamente, o atual médico, e sempre, quando teve a oportunidade, alfinetou o Corinthians. Numa Copa SP, acho que de 1997, no Paulista de Jundiaí, ele falou mal do Corinthians. Não se alfineta um clube da grandeza do Corinthians, sendo que um dia o cidadão vestiu esta camisa com bastante honradez. O Joaquim é o Joaquim e o Corinthians é o Corinthians. Alessandro, ainda, é melhor tecnicamente.

    3) Marcelo e Paulo André – Dois jogadores de ótimo nível…intelectual. O Marcelo era um pouco melhor, desde que não enfrentasse o Muller. Se o Chicão fosse o titular não daria para o Marcelo. Mas o Marcelo, bem ou mal, segurou o rojão na zaga corinthiana com companheiros, em regra, de qualidade bastante duvidoso. O seu melhor companheiro foi o Henrique.

    4) Guinei x L. Castan – O Castán só com a perna direita. O Guinei era bem fraquinho, independentemente das falhas na LA 91. Mas para o Marcelo, companheiro de zaga, o Guinei, por incrível que pareça, foi um avanço. Antes, o titular era o Dama.

    5) Jacenir x Fábio Santos – O esforçado Jacenir foi bem pior do que é o esforçado Fábio Santos.

    6) Márcio x Ralf – Márcio era um jogador de muito fibra. Raçudo, não tinha medo de cara feia, chegou a jogar na Seleção em 91, na Copa América. Mas o Ralf tem mais recursos, mais futebol e é mais leal. O Márcio batia demais. Isso talvez seja coisa de Márcio. lembram do Marcio Rossini, do Santos, batia até na mãe. E o Marcio Nunes, que quebrou o Zico. Ralf.

    7) Wilson Mano x Paulinho – Paulinho tem mais recursos, mais velocidade, mais estilo, mas é inferior, simplesmente, porque é apenas um segundo volante. Se o Paulinho jogasse, e bem, de lateral direito, zagueiro central, quarto zagueiro, lateral esquerdo, primeiro volante, segundo volante, terceiro volante, meia, ponta falso pela direita, ponta falso pela esquerda, aí sim, poderíamos considerá-lo melhor. Como não faz nada disso, a polivalência do Mano faz a diferença. E no quesito garra, a diferença é abissal. Um era o monstro, o outro, ainda, é um gatinho, mas tem potencial. Viva Wilson Mano.

    8) Neto x Danilo – Sacanagem, né. O Neto é melhor que qualquer jogador do Corinthians de 2011. Jogou demais, especialmente, em 1990, é ídolo, mas é recalcado e por muitas e muitas vezes desrespeita o Corinthians em busca de alguns pontinhos no ibope. Como jogador do Corinthians 9 ou 10. Como homem de imprensa, nota 2, com muito boa vontade.

    9) Fabinho x William – Iguais na vontade, na garra, na determinação, na velocidade e, principalmente, na ruindade.

    10) Tupã x Liédson – Um dos jogadores mais voluntariosos da história do Corinthians e autor de um dos gols mais importantes da história do clube, senão o mais importante. Este é o Tupã, aquele que encerrou o jejum corinthiano em relação a títulos nacionais. Esforçadíssimo, dedicadíssimo, ídolo, predestinado. Mas o Liédson é fera. Não há termo de comparação.

    11) Mauro x Emerson Shake – Mauro Van Basten, hoje, olheiro de gosto discutível, era apenas um ajudante de lateral esquerdo naquele esquema elaborado pelo Nelsinho. Jogador, taticamente, importante. E só. Goleada para o Shake, que é jogador de jogo grande.

    12) Nelsinho x Adenor – O que o NB conquistou o Tite, ainda, não conquistou, mas com a graça de São Jorge chegaremos lá, no sufoco. No mano a mano, sou mais o Tite.

    13) Banco de reservas – O time atual, sem sombras de dúvidas. Tirando Paulo Sérgio e Ezequiel e Dinei, o banco de reservas daquele time de 1990 dava pena.

    14) Postura de Corinthians – O time de 1990 neste aspecto era inigualável. Postura de time grande sempre. Na técnica, às vezes, faltava alguma coisa, mas na garra jamais faltava alguma coisa. É preciso respeitar o time de 1990. No meu entender, eles conseguiram o maior título da história do clube.

    15) Placar final – time de 1990 4 x 8 time de 2011.

    Mas, cabe ressaltar que num hipotético jogo entre as duas equipes, apesar da melhor qualidade deste time de 2011, sou mais o de 1990. O Neto poderia fazer a diferença. Imaginem o Neto, batendo faltas e escanteios no JC.

    Curtir

    • André Pinheiro permalink
      11/21/2011 23:42

      perfeita sua analise.
      mais um argumento para os que defendem julio cesar, quando lembro do ronaldo e vejo quem ta no gol hj da vontade de chorar, tanto dentro quanto fora de campo. dos que vi o jogador que mais se identificou com o clube. idolo demais.
      quem nunca jogou num gol um dia e gritou ronaldo quando defendeu a bola?

      Curtir

    • 11/21/2011 23:42

      Sensacional!

      Esse parágrafo final define tudo!

      Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      11/22/2011 0:28

      Eu não me lembro das entrevistas do Marcelo para discordar ou não do seu nível intelectual. Mas acho que ele foi um dos melhores beques formados pelo Corinthians. Eu me lembro que num jogo contra os bambis e Muller deitou e rolou. A midia purpurinada falou bastante a respeito. Mas……num jogo em que o Marcelo colocou o Muller no bolso nenhuma palavras. Pode ser que o Muller tenha se dado melhor nos duelos com o Marcelo, mas é preciso lembrar que entre 91 e 93 na maioria das vezes os bambis estavam mais fortes dentro de campo, enquanto o nosso time entrava em crise e todo arrebentado. E isto faz alguma diferença. Com relação ao hipotético jogo do time de 90 x o time atual, é verdade que teria o Neto cobrando faltas e escanteios e apavorando o Júlio César. No entanto, eu me lembro que as vesperas do jogo contra o Flamengo também diziam a mesma coisa a respeito do Ronaldinho Gaucho….

      Curtir

      • Cesar Augusto permalink
        11/22/2011 10:31

        Múcio, o Marcelo levava baile do Muller, desde 1988. Me lembro de um Corinthians x São Paulo, no Pacaembu, jogo inesquecível em 1988, que o Muller deitou e rolou no Marcelo. O Marcelo era bom beque, mas muito lento para marcar o Muller, que em 1988, era um demônio. Esse jogo a qual me refiro foi um 2×2 em que tomamos um baile dos caras, um baile, mas elas não mataram a partida e o Everton fez o 1º aos 35 e o empate aos 44, após uma saída tresloucada do glorioso Rojas. Foi uma loucura. Um empate com cara de Corinthians, que nos ajudou a se classificar e, posteriormente, a ficar com o título. O SPFC era muito melhor, mas a garra corinthiana fez a diferença.

        Voltando ao Muller e Marcelo, a única vez que o Marcelo pôs o Muller no bolso foi em 1993, um sábado à noite no Pacaembu em que vencemos por 1×0, gol de Simão. Foi a única vez que me lembro. As outras vezes, foram terríveis.

        Curtir

        • 11/22/2011 12:23

          Eu lembro da lentidão do Marcelo mas, se o tico e o teco não estão me pregando uma peça, ele chegou na seleção… ou não?

          Curtir

        • EduardoJr. permalink
          11/22/2011 22:58

          Exatamente, eu me lembro desse jogo, César Augusto. Aliás ele é inesquecível para mim, pois foi a única vez que fui ao Pacaembu. Realmente nesse dia o Marcelo parou o Muller.

          Curtir

      • múcio rodolfo permalink
        11/22/2011 11:39

        Foi exatamente a este jogo de 93 a que me referi. Mas isto somente eu, vc e a torcida do Corinthians fazemos questão de ressaltar. No entanto, eu não acho que o SPFW em 1988 fosse assim muito melhor do que o Corinthians. O nosso time de 98 era muito bom: Carlos, Edson, Marcelo, Denilson e Dida; Márcio, Biro-Biro e Éwerton; Marcos Roberto, Edmar e João Paulo. O time deles estava passando por um processo de desmanche o que deixava as coisas mais ou menos equilibrado. Inclusive na epoca apareciam alguns jogadores que a midia purpurinada apontava como craques. Sofrimento mesmo foi entre 91 e 93. Ali a superioridade tricolina era evidente e, como eu salientei no meu comentário, a gente entrava nos jogos contra eles envolvidos em problemas extra-campos.

        Curtir

        • Cesar Augusto permalink
          11/22/2011 14:08

          Múcio, o time do SPFC era melhor que o nosso no aspecto técnico. O muito melhor que escrevi baseia-se apenas no aspecto técnico. Era um time muito veloz com Muller, Lê, Edvaldo e o Raí. Eram melhores, mas isso não era suficiente para nos vencer. Foi assim, em 1990, também. Tecnicamente eram melhores, mas para vencer o Corinthians, ainda mais numa final, é preciso muito mais que técnica. É preciso alma.

          >>>

          Álvaro, Marcelo foi sim para a Seleção, provavelmente com o Parreira, mas nunca se firmou. Nas seleções de base, ele foi mais assíduo. Era um bom jogador, na da além disso, mas que timnha que jogar por dois, considerando que seus parceiros, fora o Henrique, eram péssimos. Dama, Denílson, que só batia, Guinei, entre outros que não me recordo neste instante.

          Curtir

    • Correa Leonardo permalink
      11/22/2011 7:44

      Como Ronaldo Giovanelli disse certa vez, esse time de 1990 tinha “um corintiano em cada posição”. E foi campeão em situação extremamente adversa, superando na final o odiento time queridinho da mídia. Termo de comparação, só se o time atual se sagrar campeão solapando o verdinho…

      Curtir

    • Raphael permalink
      11/22/2011 8:59

      Ótima a análise !!! Também sou mais o time de 90 pela postura em campo e pelo diferencial do Neto

      Curtir

    • Thiago Guadalupe permalink
      11/22/2011 10:17

      Pois é… tá havendo uma confusão aqui. Uma coisa é o carisma, a empatia e a raça… com certeza o time de 1990 leva essa.

      Mas como o próprio César colocou em seu texto, análise fria e técnica o time de hoje é bem melhor… sendo que o Alex nem foi citado no texto hein.

      Curtir

      • 11/22/2011 12:25

        Mas como explicar a maior irritabilidade com o time atual?

        Curtir

        • EduardoJr. permalink
          11/22/2011 23:02

          O Thiago Guadalupe já explicou: falta pro time de 2011 carisma, empatia e raça (culpa do futebol moderno??).
          O de 1990 tinha cara de Corinthians. O mais corinthiano dos títulos brasileiros, mesmo se o desse ano vier.

          Curtir

  17. 11/21/2011 22:40

    – André VB, com esse time aí, não vai funcionar, a não ser com muito treino e com parte física excelente. O Chelsea dele joga com marcação pressão e linha de zaga extremamente alta, forçando o erro do adversário. O problema são os jogadores rápidos. Pra exemplificar bem, comparemos o Ceará x Corinthians com o Arsenal 5 x 3 Chelsea. O time visitante (COR/CHE) jogou com linha de zaga extremamente alta, que o ponta rápido (Osvaldo/Walcott) aproveitou usando as bolas lançadas nas costas dos zagueiros.
    – No papel a conta cai pra 71, mas precisamos fazer 73.
    – Figueira irá para o jogo tão loucamente pra tentar garantir vaga na Libertadores, que eu acho que se o Corinthians entrar pra empatar, ganha com dois contra ataques. E o tal do Julio Cesar deles se lesionou.
    – Os deuses do futebol vão guardar o título do Corinthians pra última rodada, em cima dos porcos.
    – Teremos potencialmente a volta de JH e Chicão ao time. O que me lembra de que JH não tem mais lugar nesse time.

    Curtir

    • Meia permalink
      11/22/2011 20:52

      mas acho que essa é a grande questão da metodologia do Mourinho, o treino é de tal forma que os jogadores vão estar preparados fisicamente para a partida! Pelo menos é essa a impressão que tinha quando via jogos do porto/real madrid

      Curtir

    • Fabiano permalink
      11/22/2011 21:33

      Esse título em “cima dos porcos” será a vingança do título paulista que eles ganharam “cima do Timão” em 1996, apesar de ter sido pontos corridos e o vice ter sido o SPFW…

      Curtir

  18. Gabriel permalink
    11/21/2011 22:04

    73 pontos é uma boa conta. Porém, veja que se ganharmos 1 e empatarmos a outra, somos campeões com 71 pontos, independente de qquer resultado.
    Ué, podemos ser campeões com os exatos 67 pontos de hoje, como foi o flamengo em 2009.
    Mas concordo que a conta base para o título são 73

    Curtir

  19. Alberto permalink
    11/21/2011 22:00

    – Há 67 pontos, faltavam 38 partidas e mais de 7 dezenas de pontos para o título, estávamos empatados com todos os demais clubes, e nada, se não nossa história e nossa camisa, nos dava indicação de que poderíamos ser campeões.
    Agora, faltam 2 partidas e, no máximo, 4 pontos para o título, somos líderes isolados, e, além de nossa história e de nossa incomparável torcidas, temos uma campanha consistente, algumas grandes partidas, e a espetacular virada desse domingo para lastrear nossa fé na conquista da taça.

    – Vamos esquecer o Neto. Ele é o pior comentarista que existe, não por seu evidente precário nível intelectual, nem por sua incoerência, mas pelo fato de, diariamente, desrespeitar o seu passado de ídolo do Corinthians, e falar do clube com leviandade absurda. Já deveria, há tempos, ter siso declarado persona non grata pelo Corinthians.

    – Penso que o maior destaque da campanha corinthiana é a torcida. O elenco se caracteriza pela força do conjunto (desgaste da expressão à parte…). Vários jogadores podem, de alguma maneira, ser destacados: Paulinho (talvez o mais regular), Willian (grande jogador, uma revelação), Julio César (fez algumas partidas iimpressionantes), Liedson (um exemplo para todo jogador que vier a jogar pelo Corinthians), Emerson (um bom malandro, está honrando a camisa),…

    – Nada está decidido, realmente. A torcida tem que manter o mesmo estado de espírito e o mesmo apoio. O Tite e os jogadores devem manter a mesma concentração e dedicação. Com tudo isso, com o Levezinho e o Pesadão, o Corinthians tem tudo para ser campeão.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: