Skip to content

Corinthians 0x0 SEP, bem-vinda 6ª estrela!

12/04/2011

Hoje (ou o que resta de hoje) é o dia do contraditório, da festa e da tristeza.

Trinteza não tem fim, felicidade sim…

Fiquemos, por hora, na FIESTA!

Taticamente, o 1º tempo foi o do pré-jogo: Wallace desesperado, ataque muito fraco, Alex excessivamente avançado e amplo domínio adversário.

No 2º tempo, Valdívia teve seu momento Rui-Rei e entregou o jogo. Gracias, “mago”! A comparação com R-R não é lá muito justa, pois R-R, até então, jogava bola.

Lamento muito por aqueles que não viram motivo para expulsão do mentiroso da bola. Sim, um mentiroso: mente que é craque, mente quando cava faltas e mente quando diz que não fez falta. Até o seu drible é uma mentira que não vale nada. E se a torcida adversária ainda cai nessa, então ela também é uma grande mentira.

E foi assim que os deuses do futebol decidiram homenagear o Doutor: punindo a sua antítese. Punindo aquilo que o Doutor nunca foi.

Uma mentira.

Copo cheio: para quem não sabe, campeão brasileiro (tirando 2009) precisou de 73 pts ou 64% de aproveitamento (em 2010 foram 71 pts). Com 71 pontos levamos o caneco. O blogue fica feliz de ter errado por míseros 3% (=(73-71)/=71) ou dois empates (ou um vitória das antigas).

PS: Nada mais broxante que ver seu time campeão ao vivo e não arrumarem uma mísera taça para o time erguer. Parabéns pontos malditos!

Anúncios
36 Comentários leave one →
  1. Cesar Augusto permalink
    12/05/2011 20:21

    Já foi dito tudo sobre o merecidíssimo título do Corinthians para desespero da mídia rosa.

    Mas a frase do dia, apesar de não gostar da linha editorial, foi a manchete do lance:

    “Na alegria e na tristeza”.

    A morte do Sócrates, meu maior ídolo no futebol, foi um soco na cara de qualquer corinthiano.

    Morreu um mito, uma lenda, um super-herói. Quando era criança, por várias e várias vezes, o meu negócio era imitar o Magro.

    Imitava a sua assinatura que tinha naquela chuteira da topper. Quem tem mais de 35, lembra da chuteira Topper com assinatura personalizada do Doutor. Imitava os gestos e, principalmente, as jogadas. Em 1983, após o gol decisivo contra o SPFC, eu e meu tio ficávamos tentando imitar a precisão de seu chute naquele penúltimo lance da final de 1983. Bater de chapa como o Doutor era praticamente impossível.

    Morre o ídolo, mas fica a lenda, o mito Sócrates Brasileiro que, por muitas vezes, aborreceu boa parte da torcida Corinthians em razão de um simples motivo:

    Ter opinião própria.

    Ser a favor do Morumbi, ser contra o Andrés e ser contra uma série de coisas não significava, de modo algum, que o Sócrates era contra o Corinthians.

    O Sócrates queria apenas que o torcedor pensasse, principalmente, porque o Doutor jamais simplificou as coisas. As respostas eram sempre no intuito de criar o debate, de expandir as idéias, de tolerar irrestritamente o contraditório.

    Esse foi o Sócrates, um democrata, um líder nato, um craque, um gênio, um corinthiano.

    Curtir

    • Fernando Souza Jr. permalink
      12/05/2011 21:54

      Tenho 36. Imitei demais o Sócrates. Na escola, defendi as Diretas Já num “debate” por causa dele. Eu achava o time de 82 incrível e achava mais sensacional ainda o fato dele ser o capitão. O título paulista de 83 foi o primeiro que acompanhei de perto e, o jogo final, o primeiro que acompanhei sofrendo (ô sina). E sim, eu tive a chuteira da topper com a assinatura dele. Que lembrança vc me trouxe agora! Sou corinthiano por causa do meu avô materno, do meu tio e do Sócrates.

      Curtir

  2. 12/05/2011 17:04

    CERTEZA que o Itaquerão deveria chamar “DR,SÓCRATES BRASILEIRO”

    Curtir

  3. 12/05/2011 15:00

    Há muito tempo não comento por aqui, e não o faço por pura superstição. Botei na cabeça que, qdo eu comentava em posts, o Corinthians jogava mal. Rs. Fazer o quê? Tenho TOC.

    Tinha muita coisa a dizer, e uma em parte o autor desse blog já insinuou: esse time do Corinthians é o Rock Balboa. Não é sensacional, mas é dificílimo de bater! E pior: parece gostar de apanhar. Quanto mais apanha, mais arranca forças sabe-se lá de onde! E isso é bonito. Tem valor. Tem mérito. E isso é muito Corinthians.

    Por último, aqui vai um post que escrevi chorando, mas que nós, corinthianos, temos que purgar: http://semperjeff.wordpress.com/2011/12/05/o-ultimo-jogo-de-socrates-pelo-corinthians/

    Vai Corinthians!!!!!!

    Curtir

  4. 12/05/2011 13:15

    Teremos nossa mesa redonda hoje lá pelas 21h

    Curtir

  5. Marcos Andrade permalink
    12/05/2011 13:09

    Fomos campeões com facilidade, apesar de roubarem-nos mais de vinte pontos, como já vinha dizendo aqui. O elenco do Timão é infinitamente melhor do que todos os outros. Os antis e a imprensa mediocre sempre desvalorizou nosso elenco para poderem dar motivos para apitadores e bandeirinhas nos roubarem a vontade, afinal éramos ruíns. MENTIRA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Nosso elenco é o melhor do Brasil. Seleção do Campeonato: Julio Cesar, Alessandro, Castan, Dedé, Dodô, Ralf, Paulinho, Alex, Emerson, Liedson e Leandro Damião. E o Tite não é nenhum gênio, mas muito melhor do que TODOS os técnicos em atividade no Brasil, infinitamente superior a Burricis, Felipinhas e outras merdas que tem por aí.

    Curtir

  6. 12/05/2011 12:03

    Ah bicho eu estou feliz pelo titulo conquistado pelo Timão. Feliz porque este time se mostrou merecedor da minha confiança antes mesmo do campeonato começar. Feliz porque esta conquista veio fazer justiça a um treinador que sempre pegou rabos de foguete e nunca fugiu do desafio. Feliz por tudo aquilo que a brigada anticorinthiana andou aprontando nos ultimos dias. Feliz porque depois daquele vexame frente ao Tolima nós merecíamos uma compensação.

    Curtir

  7. Daniel CMS permalink
    12/05/2011 11:58

    Quanto sofrimento! Começando com a morte do Doutor e depois o jogo. Acho que nunca sofri tanto, pensei até que ia ter que ir pro hospital quando minhas mãos começaram a formigar…

    Porém a alegria no final compensou tudo!!!!

    Sócrates é invendável, inegociável e imprestável – Vicente Matheus

    Curtir

  8. Emboava permalink
    12/05/2011 11:05

    Ei, vou figir totalmento do assunto, pois estou intrigado… queria saber, se vcs souberem, o por quê de muitos Corinthianos falarem que o Timão não tem estádio sendo que tem sim.

    Curtir

  9. André Pinheiro permalink
    12/05/2011 10:51

    a homenagem feita ao socrates foi linda demais, eu nasci em 81 e nao tive o prazer de ve-lo jogar, mas imagino a emoção de quem tinha o cara como idolo. acho que se compara com o sentimento que tive na morte de senna meu maior idolo de infancia, e acho que os dois fora da esfera esportiva foram brilhantes, de uma personalidade e carater a serem seguidos.
    o mais importante foi que o dr. nao se perdeu no tempo, nao se deixou corromper, no corinthians meus maiores idolos sempre foram ronaldo e o neto, o primeiro ainda tenho como grande simbolo de corinthianismo e como um cara a ser seguido, mas o segundo me dá asco até de olhar. o cara conseguiu manchar fora de campo a brilhante carreira feita dentro do corinthians.
    muito dificil com o futebol moderno aparecer caras como eram o dr, ronaldo e tantos outros.
    titulo de ontem merecido e ano que vem preparem se para o sofrimento pq o cara que entende pra caralho de tatica nao vai largar o osso tao cedo.
    jh mostrou mais uma vez que é um cara de grandes jogos, e ainda pode ser importante ano que vem.
    acho que o elenco fecha trazendo um goleiro titular, um zagueiro titular, um l.e. titular e um primeiro volante reserva.

    Curtir

  10. Marcus Vinícius permalink
    12/05/2011 9:57

    CAMPEÃO!
    – Merecidíssimo! JH foi o destaque, correu demais e ainda se tornou o nome do jogo após a confusão. O tumulo deu à torcida o gostinho do gol que não saiu.
    – Álvaro, passo aqui a análise que um parceiro meu fez ontem após o jogo: O Corinthians, desfalcado dos seus 3 principais jogadores no campeonato, estava sem condições físicas para arriscar ir pra cima. Por isso mais uma vez o Tite jogou com muita cautela. Acho que ele sabia que se arriscasse demais, o time poderia não aguentar. Já estávamos no limite, talvez com mais uma ou duas rodadas não suportaríamos. Por isso o empate foi o objetivo nesse jogo. Eu acho que é mérito do tite ter tido essa percepção.
    – Essa jogada de bola aérea do MA chega a ser covarde! Haja sofrimento!
    – ÓTIMA DEFINIÇÃO para esse vaudivia. o cara é um mau caráter.

    Valeu pelos posts ao longo de todo o ano! Bom demais acompanhar os campeonatos por aqui.

    Curtir

  11. Thiago Guadalupe permalink
    12/05/2011 8:51

    É CAMPEÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  12. Robson Nobrega permalink
    12/05/2011 6:00

    Emocionante, é o que tenho para dizer sobre a homenagem que fizemos ao Doc, mesmo aqui em Angola me arrepiei vendo todos com as mãos fechadas e erquidas. E mesmo sem a tv mostrar, percebi que o estádio inteiro fez o mesmo gesto.

    Sobre o jogo, o Titebilidade se fez presente, ele não ia mudar seus conceitos no último jogo. O SEP batia muito, e se concetravam em arrumar faltinhas para o MA bater, mas a camisa do Corinthians usada pelos jogadores da barreira estava GIGANTE.

    A arbitragem amarelou na hora da confusão, aquele filho da P da Luan tinha que ser expulso. Mas a briga só serviu para mostrar como somos superiores.

    Que desespero quando o Valdivia foi expulso e o Walace tava armando jogadas na intermediária, nunca xinguei tanto o Tite.

    De resto Jorge Henrique provocando foi demais, me lembrou o Capetinha. Que drible do Liedson!!!!!!

    Campeão, e como já foi dito, contra tudo e contra todos. CORINTHIANS.

    PS: Agora preciso repousar a garganta, inflamada e muda de tanto gritar.

    Curtir

  13. Fernando Souza Jr. permalink
    12/05/2011 2:05

    Olha, hoje foi muito difícil. Primeiro, por causa do Doutor. Chorei demais a morte do meu primeiro ídolo da bola. Depois, o sofrimento do jogo, a mediocridade da nossa apresentação, Wallace, JH, Fabio Santos e o Tite, graças a quem terminamos o campeonato sem atacantes em campo. Uma imagem exemplar. Mas vamos comemorar. Um brinde com o copo meio cheio 🙂

    Curtir

  14. marcus permalink
    12/05/2011 2:05

    Alguns temas, já com cabeça fria:
    1- Arbitragem, cadê o juiz naquele MMA? A SEP deveria terminar com 5 expulsos.
    2 – Aqui em Brasília houve festa. E os gritos abafaram os vascaínos. Comprova qual é o maior time do país.
    3 – Cavalieri deve ter uma vida difícil no Flu, depois do domingo passado.
    4 – 2012 com Tite? Até maio pelo menos? Como não?
    6 – 2012 com um bom armador, papai noel (um atacante de área também).

    Curtir

  15. Vanderlei permalink
    12/05/2011 1:59

    8.

    De CORINTHIANS, 8 vezes campeão do Brasil.

    De SÓCRATES, o Doutor, Brasileiro, Genial, Generoso, Humano.

    CORINTHIANS 8!

    SÓCRATES ∞.

    Curtir

  16. marcus permalink
    12/05/2011 1:48

    O que falar?
    Campeões. Com méritos.
    2012
    2012
    2012
    2012

    Curtir

  17. Morgana Costa permalink
    12/05/2011 1:15

    Brindemos com o bendito copo que finalmente deixou de ser meio cheio/meio vazio.
    É Campeão! o/

    Brindemos também não a ida, mas a vida desse Brasileiro, conquistado pelo Corinthianismo, que tanto nos orgulhou dentro e fora do campo.

    Perguntado, já no longe ano de 83, sobre como queria morrer, Sócrates teria respondido: “Quero morrer num domingo, e com o Corinthians campeão!”.

    E assim foi feita a sua vontade.

    (Vocês, que são mais antigos, digam se procede ou não).

    Curtir

    • Paulo permalink
      12/05/2011 1:29

      Morgana, talvez eu esteja sendo injusto, mas não me lembro dessa frase do Doutor. No Brasil temos por hábito idealizar a vida de quem morre, como se todas as mazelas fossem apagadas, mas, pelo que sempre ouvi, Sócrates era santista, defendeu o Morumbi na Copa ( segundo se diz, por ter participação em camarote ), o que considero uma traição digna da mais alta pena: o “enforcamento” com a perda da patente. Não obstante, que Deus o tenha e condolências à família! Seu calcanhar e suas atuações magistrais, que tive oportunidade de acompanhar de perto, jamais serão esquecidas!

      Curtir

      • 12/05/2011 2:29

        Amigo Paulo, eu respeito a sua opinião sobre o assunto mas discordo dela. Do jeito que vc está falando, parece que o Doutor chegou a apresentar “traços de bambinismo” no comportamento dele, coisa que nunca aconteceu. Eu conheço muita gente séria e que nem dá tanta bola assim pra futebol que acha que o Morumbi seria a melhor opção pra Copa, simplesmente por ser um estádio que já está erguido e que, ao longo da história, sempre comportou os principais eventos futebolisticos
        em SP. Essa opinião pode até não estar correta, se vc considerar que reformar totalmente um estádio que já existe sai mais caro do que construir um novo, mas de qualquer forma, nada tem a ver com clubismo. Ser a favor do Morumbi ou contra o Fielzão não necessariamente tem a ver com ser “anti-corinthiano”, o que é uma coisa que muitos corinthianos não conseguem entender. Tenho certeza de que o Sócrates era contra as práticas que todos nós sabemos que existem por trás das obras, e não por qualquer outro motivo, especialmente fútil.

        Curtir

    • David 77 permalink
      12/05/2011 5:19

      Segundo o site da Jovem Pan essa frase foi dita sim. Quanto ao fato de ele defender o Morumbi é por que ele nunca teve de procurar estacionamento nos arredores do estádio ou ainda nunca ter recorrido ao transporte público pra chegar até lá e principalmente nunca, mas nunca mesmo assistiu um jogo em um dos seus15000 pontos cegos do Morumbi. Com estacionamento privativo e camarote VIP até eu. Mas eu perdoo o Dr por essa (como se um deus precisasse do meu perdão).

      Curtir

    • Morgana Costa permalink
      12/05/2011 9:58

      Ele era a favor do Morumbi, mas não contra o Corinthians ter um estádio.
      Ele era contra a gestão do grupo do Andres, mas não contra o Corinthians.
      Ele foi santista (como muitos jovens da geração dele devem ter sido) e em varias vezes nas matérias feitas com ele, eu o ouvi dizer que a torcida do Corinthians o havia conquistado. Também que não havia coisa melhor que desfilar na Gavioes no carnaval, por que ali ele estava com o povo.
      Olha só o que a Rita Lee escreveu ontem:
      “Na época do meu infeliz tuitz sobre o novo estádio, Socrates me ligou “Ô Lee, se a bosta for do Corínthians a gente enrola e fuma”.
      Ao que parece, o problema não era o estádio, mas os meios de como ele foi conseguido (e aqui não entro na discursão das isenções, mas acho que cai na ideologia politica dele mesmo).

      Concordo que temos a mania de engrandecer a morte (alias, todo morto e todo velhinho são bons apenas pelo estado em que se encontram).
      Mas não dá pra apagar ou macular a história e apagá-lo da nossa historia.

      Valeu David77. Essa estória começou a se alastrar pelo tuiter momentos depois do titulo e eu queria saber se procedia. Verdade ou não, ficou a singela homenagem dos punhos erguidos, como na foto que o post tras.

      Vai 2012, chega logo que eu já tô com saudade 😀

      Curtir

    • 12/05/2011 12:36

      Existe uma confusão nessa questão do Morumbi.

      Quando Sócrates e um monte de gente séria defende o Morumbi, é na mesma linha do que o Lula disse quando o Brasil foi indicado: de que faríamos a Copa possível de ser feita por aqui.

      Todo mundo concordou com a frase, pois a Copa padrão Fifa é uma estupidez.

      Acontece que Lula falou algo contrário ao que assinou com a Fifa. E estamos fazendo o que eles querem: gastando dinheiro com ar-condicionado no banheiro.

      A defesa do Morumbi, neste caso, é como defender a idéia de que um Copa no Brasil não deveria ser uma Copa que exigisse investimentos em novos estádios. Os caras deveriam jogar futebol como se joga futebol por aqui.

      Aí, meus amigos, até eu defendo o Morumbi.

      Curtir

  18. 12/05/2011 0:46

    Campeão, meus amigos!!!!! Finalmente!!!!

    Além da falta da taça, me incomodou também a comemoração do time, principalmente do JC, depois do fim do jogo lá do Rio. A partida daqui ainda rolando, e era com se nem fizesse mais sentido continuá-la. É muito chato ser campeão dessa forma.
    Foi um jogo ruim e o Wallace apenas confirmou o que nós esperavamos, mas agora nem vale a pena ficar falando sobre isso. Ganhamos um titulo num dia que fica marcado pela tristeza de ver um ídolo partir, e pra mim isso torna a coisa ainda mais estranha. Não sei vcs, mas eu não estou conseguindo curtir nem um pouco essa conquista.

    Curtir

    • Paulo permalink
      12/05/2011 1:20

      Manu, a conquista foi mais do que merecida, pelo “conjunto da obra”, para citar uma frase do gosto da imprensa. Concordo que a morte de Sócrates ( não, eu não esqueci seu apoio ao Morumbi ) gerou um anticlímax na Fiel. O jogo também foi ruim, mas o que importa é o penta. Mais um pra nossa galeria, pra desespero dos antis. Vaiiii Corinthians!

      Curtir

    • marcus permalink
      12/05/2011 1:45

      Na alegria e nas tristeza somos forjados. E o Sócrates era corintiano, brasileiro e sofredor.
      Era também um dos poucos jogadores quer merecem ser ouvidos. Fez do esporte uma bandeira numa época sombria.
      Qualquer coisa a mais seria redundância de minha parte, que já tinha ele como um ídolo.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: