Skip to content

Timão 1×0 Lenense, a um palito da contusão muscular

01/30/2012

Um time que já mostrara, em 2011, imensa dificuldade de lidar com suas limitações físicas durante maratona de jogos, iria naufragar rapidinho.

Não deu outra!

Sem estamina, sem físico, mal preparado, fomos um time incrivelmente lento e com uma defasagem técnica mastodôntica em relação à plena forma do ano passado. O gol que o Liédson perde, logo no começo do jogo, no lance do (que eu achei) penal no Alex, foi uma mancha na carreira do nosso maior craque.

Na coletiva, Tite veio com uma conversa fiada de “faca nos dentes”, mas o melhor era ter assumido o erro ao colocar para jogar quarta-domingo um time que nem pré-temporada teve (e com histórico bem conhecido de queda de rendimento quando exigido fisicamente).

Reclamou que o Emerson T não comemorou o gol. Mentira, ele não aguentou comemorar o gol de tão cansado.

Tite e sua comissão técnica de sábios estão numa encruzilhada: a vaidade do gaúcho não vai deixá-lo assumir o erro e impor o necessário rodízio de jogadores (e olha que nesse elenco inchado era relativamente simples fazer isso).

Sobre o jogo, Alex e Danilo controlaram a partida por 15 minutos e depois todo mundo entrou no ritmo “Danilo-mais-cansado-que-o-normal”. Chicão jogou muita bola e não sei se isso é boa notícia, afinal, esse cara não merece a camisa que veste.

Anúncios
15 Comentários leave one →
  1. André Pinheiro permalink
    01/31/2012 9:23

    esse sensacionalismo em cima da comemoração do sheik foi uma das maiores babaquices que vi nos ultimos anos.

    Curtir

  2. 01/30/2012 20:35

    – É realmente complicado de se entender, quando o time contrata bastante jogador pra revezar, mas no final das contas os titulares são sempre os mesmos. Se a ideia do Tite é realmente dar ritmo de jogo, tudo bem, mas você pode fazer isso sem prejudicar o conjunto. Temos jogos quarta e domingo. Você pode usar o time titular em um jogo e o reserva na outra, ou então ir fazendo revezamento entre as posições. Por exemplo, poderíamos revezar nos casos mais críticos, como usar em um jogo Alessandro, Liedson e Danilo e no outro entrarmos com Welder, Elton e William. Você acaba dando ritmo de jogo sem prejudicar os atletas assim.
    – Chicão não é o mesmo de dois anos atrás. E também não está com a cabeça no lugar. Mas ainda é um dos melhores zagueiros do elenco, e precisaremos manter ele até o fim do ano pelo menos. Eu tenho medo de pensar em deixar o Wallace como reserva imediato.
    – Ao lembrar do fator idade das nossas peças principais, me chamou atenção uma matéria que li hoje: o Milan possui o melhor departamento médico do mundo. O “Milan Lab” é reconhecido mundialmente por diminuir o risco de lesões e prolongar a carreira profissional dos atletas. Como prova, temos a Champions League de 2007, onde o time rossonero foi campeão com média de idade de 31 anos: Maldini (38), Ambrosini (32), Seedorf (34), e Inzagui (36) fazendo os dois gols da final.

    Curtir

    • Correa Leonardo permalink
      01/31/2012 8:21

      É uma coisa preocupante essa média de idade alta porque o time acaba não tendo uma válvula de escape (jogador rápido/jovem), então dos 20, 30 do segundo tempo pra frente o time prega e tome sufoco lá atrás.
      Ano passado eu lembro de ter visto o finzinho de um jogo ou outro do San7os, o time recuado, na pressão aos 45 da etapa final, alguém da zaga dava um chutão pra cima, o Neymar voava na bola e segurava um minuto ou dois lá na frente.
      E outra coisa, nesse esquema do Tite de marcação forte e com os dez da linha voltando pra pegar, se não houver rodízio das peças, não vai longe as lesões vão começar a aparecer.

      Curtir

  3. Cesar Augusto permalink
    01/30/2012 15:32

    Segundo o Adenor, este time se “matará” até a estréia da Libertadores para depois começar o rodízio de atletas.

    Porém, não é necessário jogar sempre com o mesmo time, até porque o elenco, este ano, é numeroso.

    Na quarta-feira, por exemplo, não há nenhuma razão para escalar os titulares, exceto goleiro e zagueiros, que se desgastam menos. Numa dessas, sem querer agourar, pode acontecer uma lesão muscular e o jogador parar por 3 semanas ou mais, a exemplo do Luis Fabiano, que jogou as 3 partidas. O Santos, por exemplo, não jogou nenhum jogo com o time titular. O Fluminense mescla. O Flamengo mescla. O Inter mescla.

    Acho que o Adenor está exagerando. Poderia mudar o time um pouco mais.

    Mas, acho que a idéia dele é chegar em 15 de fevereiro com ritmo de jogo.

    Apenas para abrir o debate, em 2010, o Mano Menezes poupou o time o segundo semestre de 2009 e o início de 2010 e, com isso, na hora da onça beber água, ele não tinha convicção da melhor equipe a ser escalada. Poupou demais e não deu entrosamento à equipe. Jogou a LA inteira com 3 volantes e no jogo decisivo colocou 3 atacantes. E tem mais: No aspecto físico, mesmo poupando, ficou visível naqueles jogos contra o Flamengo, que o time não tinha tanto gás assim, além da clara ausência de ritmo de jogo em alguns atletas, em especial, o Ronaldo, o William, o Alessandro e o JH.

    O Tite, certo ou não, está convicto. Ele entende que o time chegará bem, em 15 de fevereiro, e a partir daí poupará.

    Se não ocorrer nenhuma lesão, não podemos dizer que está equivocado.

    >>>

    Fora isso, o jogo foi péssimo. E não merece mais que duas linhas.

    Aliás, o Paulista é uma porcaria de campeonato. É charmoso, mas tecnicamente não acrescenta nada. A arredação de ontem, por exemplo, foi de R$450.000,00, e não paga o salário de nenhum jogador do Corinthians.

    Os times grandes tem que pensar um pouco mais no seu bolso para não se sujeitarem a dispuar campeonatos deficitários.

    Não sou contra a extinção do Paulista, mas é preciso uma readaptação urgente.Dezenove datas para se decidir o óbvio não é inteligente.

    >>>

    E a arbitragem, em 2012, começou bem. Fomos beneficiados em 3 jogos para delírio da mídia anticorinthiana.

    Ontem, a anaulação do gol do Linense foi constrangedora. Perigo de gol em seu estado puro.

    >>>

    E a novela Montillo, ainda, não acabou, mas trocá-lo pelo Danilo ou pelo Victor Júnior não é uma medida sensata. O Cruzeiro deveria aceitar o Bill e o Ramon, em contrapartida.

    O Danilo, quando tem pernas, é o mais lúcio do time e será, goste a torcida ou não, peça fundamental para a disputa da “Mardita”.

    >>>

    Chicão perdeu muitos pontos em 2011. Foi covarde, traíra e cagalhão, mas é um bom zagueiro. Mas reparem que nestes primeiros jogos, mesmo considerando o início de temporada, a bola aérea involuiu.

    O Chicão tem toda a chance de se redimir, não pode pagar por atos pretéritos, mas, por mim, seria negociado. O que ele fez ano passado foi lamentável.

    E se na final da LA ele não estiver se sentindo bem?

    Deixará o time na mão?

    Isto pode ocorrer num jogador tão sensível, ou não?

    Ademais, o Chicão tem muitos defensores na mídia, o que parece coisa orquestrada. Semana passada, ouvi o Benjamin Back, o corinthiano mais são-paulino do mundo, o elogiando de maneira efusiva. É aquela coisa, aos amigos, a benevolência na hora das opiniões, aos inimigos o julgamento sumário sem chance de qualquer defesa.

    Os elogios ao Chicão são opiniões de verdade, ou atendem aos interesses do empresário do atleta que, por coincidência, é amigo do B. Back?

    Curtir

    • Thiago Guadalupe permalink
      01/30/2012 15:44

      Todos que conhecem de futebol elogiam o Chicão, é um ótimo zagueiro. É fato e isso que importa, ou Marcelinho nosso ídolo e maior conquistador de título do Corinthians é um exemplo de moralidade? Independente disso, quem estiver melhor que deve jogar!

      Curtir

    • Andre.T permalink
      01/30/2012 16:38

      – Em 2010 o mano apostou na volta do Ronaldo e tb não tinhamos banco (Moacir…).
      – A favor do Adenor temos o comeco do Brasileirao 2011 onde o time tava voando, talvez seja isso que ele esteja projetando na preparação do time, o time estar voando ao final do paulitsta e 8vas da Libertadores … mas pra isso temos que passar pela 1.a fase da Libertadores…

      Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      01/30/2012 17:57

      1- A estratégia do Tite não é totalmente equivocada. Eu vejo muitos ex-jogadores dizendo que existe uma grande diferença entre jogar e treinar/fazer coletivo. Tem os seus prós e seus contras.
      2- Talvez a solução fosse montar um Paulistão nos moldes de 2001, 2003, 2004. Ou senão colocar os times pequenos disputando uma seletiva e colocando os times que disputam o brasileirão na segunda fase.
      3- Só que a midia moralista só enxerga o gol mal anulado do adversário. Os dois penaltis não marcados pra gente…..

      Curtir

  4. Andre.T permalink
    01/30/2012 14:52

    – Discordo quanto ao Chicão. Que ele faça por merecer, em campo, vestir a camisa do corinthians. se assim o fizer tem mais é que ser o titular pois zagueiro é uma das coisas que precisamos.
    – Eu achava que esse ano o planejamento seria melhor, mas realmente não to entendendo o que o tite ta tentando. Primeiro achei que só iriamos de ” titulares” depois da pre-temporada (a exemplo do que ta fazendo o Santos). Depois achei que ele iria jogar em casa com os titulares pra dar ritmo e jogar fora com um time misto fora… espero que ele reveja seriamente o que esta fazendo, teremos jogos a cada 3/4 dias até o final do paulista (tem uma pausa de 1 semana apenas em abril, e que deve ser por causa da seleçao), jogadores como Liedson, Alex, Emerson e Alessandro precisam fazer um trabalho fisico intenso antes de se pensar em ritmo de jogo.
    Pra que contratar apenas jogadores coadjuvantes se ele pretende escalar sempre os titulares? Pra piorar: rodada antes da estreia da Libertadores temos classico contra os Bambis e mando nosso… Eu realmente to tentando entender a estrategia da preparacao do cara, mas tqa dificil…. vamos depender de muita sorte para que nao tenhamos que contar com algum reserva (sem ritmo de jogo!) quando um dos titulares estourar (e do jeito que a coisa vai, algum estourara, estamos falando de jogadores de 32 anos +/-)…

    – JC parece ser o que mais se preparou pra esse ano…

    Curtir

    • Thiago Guadalupe permalink
      01/30/2012 15:39

      Concordo com vc (exceção ao JC, que é o mesmo goleiro – não é bom nem horroroso)

      Curtir

  5. Múcio Rodolfo permalink
    01/30/2012 12:31

    Eu só vi os ultimos 25 minutos da partida……
    1- O mesmo Liedson que maculou o seu prestigio perdendo tal gol é aquele que fez gols importantes na temporada passada e que vai marcá-los nas rodadas decisiva. O torcedor tem que levar isto em consideração.
    2- Ninguém pode ser condenado eternamente por um pecado que cometeu desde que tenha se arrependido. O Chicão tem um histórico brilhante no Corinthians. De 2008 a 2010 era um dos grandes nomes do time. De uma hora pra outra virou imprestável. Se de um lado tem deficiência no jogo aéreo, também tem qualidades que não foram perdidas. Ou seja querendo, pode e deve ser um jogador fundamental nesta temporada.
    3- Vamos esperar as próximas rodadas para ver qual vai ser a atitude do Adenor. Se vai ou não começar a poupar os jogadores. Eu entendo que ele esteja fazendo isto porque queira que o time titular adquira ritmo de jogo o mais rápido possível.

    Curtir

    • 01/30/2012 20:40

      1- Trabalho com um português torcedor do Sporting. Ele me avisou: desse ano o Liédson não passa. Quando saiu do Sporting, estava em decadência física e técnica típica de final de carreira. Precisamos lembrar também que ele já passou dos 30 e recentemente passou por uma cirurgia no joelho.

      Curtir

  6. 01/30/2012 11:18

    Concordo com a necessidade do rodízio e dane-se se perder alguns pontos – o que nem acho que aconteceria necessariamente. Mas tenho gostado de ver Danilo e Alex juntos. Pelo VT, vários passes verticais saíram, coisa meio rara ano passado. Com o time nos cascos, gostaria de ver o Emerson mais dentro da área.
    PS.: Montillo por Danilo ou Vitor Júnior? Sei não…

    Curtir

  7. Blefe permalink
    01/30/2012 11:05

    Dois fatos.

    Fato 1 é que o time não jogava bem no ano passado, e continua não jogando bem esse ano. Estamos indo novamente no modo bumba-meu-boi. Trancos e barrancos mode on. E a questão não é só física. Já falei isso no ano passado. Ganhamos na maioria das vezes pelo placar mínimo e sem empolgar. O time é monocórdico e por isso se torna extremamente chato de ver jogar.

    Fato 2, dizer que o Chicão não merece a camisa que veste é sacanagem. O cara passou muito tempo jogando o fino da bola e fazendo até mais do que foi contratado a fazer. A soberba tomou conta naquele episódio do ano passado, mas agora parece que baixou a bola e voltou a pensar apenas em jogar.

    Tem muita gente pegando também no pé do Alessandro. Concordo em parte, mas as vezes acho o tom extremamente exagerado pra um cara que nunca pensou em aparecer, treina sério, joga sempre que dá e nunca foge da responsabilidade.

    Curtir

    • Thiago Guadalupe permalink
      01/30/2012 15:35

      Alessandro e Chicão – o que muitos fazem hoje é cuspir no prato que comeram, dois jogadores extremamente importantes não apenas no passado mas hoje também!

      Curtir

  8. 01/30/2012 9:21

    Ontem ficou claro, claríssimo, que o time está morrendo… E no começo da temporada!
    Sempre achei que o time titular deveria jogar sim algumas partidas. Porém, quarta e domingo, desde o início do ano, é óbvio que não dá. Pra que então um elenco grande?

    Alguém precisa chegar no Tite e dizer umas verdades… Alessandro faria isso?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: