Skip to content

Mesa do burro com sorte

02/16/2012
  • Nossa insistência na presença de Alex-Danilo em campo contrasta com parte da massa que não vê nesses jogadores lá grandes coisas.
  • Não se trata de discutir a qualidade individual de cada um, mas algo muito mais importante, a tática de jogo. Se insistimos em dois meias de criação é porque as outras opções do time nos deixam restritos às jogadas individuais, com prejuízo maior para Liédson, pois a bola não chega.
  • Mas, se tudo é tática, o correto não seria os substitutos manterem o esquema de jogo? Aliás, não é esse o diferencial das grandes equipes: manter o padrão de jogo independente dos titulares? A-Há! Exatamente por isso, Tite não é um bom técnico.
  • Tite, depois de tantos erros, chega aplaudido em Sampa!
  • Mas, noves fora, ainda foi um ótimo resultado! Em tempo: com o catenaccio, Heleno Herrena entupiu a Inter de títulos na década de 60.
  • Adriano foi inscrito na Despertadores. Nem consigo entender a lógica de quem pensou o contrário. O erro foi contratá-lo (Eu te disse!), agora, desprezar por capricho todo investimento e, principalmente, a capacidade de solucionar jogos que Adriano possui, não é coisa de Torcedor Inteligente.
  • Não entendam como provocação. O cara é um problema que divide e enfurece o torcedor, mas agora o Corinthians precisa obter um mínino de resultado do investimento feito.
  • Eu vejo esse período de clausura como a confirmação daquilo que escrevi quando da contratação: o SPA Joaquim Grava não tem a menor condição de tratar a doença (declarada) dele. Essa clausura parece coisa de mãe que acorrenta o filho drogado à geladeira para o moleque não lambuzar-se na dependência.
  • Só agora ele estaria no peso que chegou ao Timão. Se conseguirmos algo mais, já será um Adriano superior àquele que ganhou o bra-10.
  • Para quem vive de Corinthians, a camisa nova sem as estrelas ficou bem inferior à com estrelas. Mas, o objetivo foi alcançado: os patrocínios ficaram realçados.

Solte, você também, toda sua burrilidade na nossa mesa!

Anúncios
34 Comentários leave one →
  1. 02/17/2012 20:50

    Time totalmente reseva amanhã, com Douglas, Adriano, Marquinhos e Gomes no time titular. Curioso, no mínimo, ver como se sai.

    http://www1.folha.uol.com.br/esporte/1050343-adriano-e-douglas-treinam-entre-titulares-e-jogam-no-abc.shtml

    Curtir

  2. Raphael permalink
    02/17/2012 17:47

    Aos que falam que mexeram no escudo pois este ficava pequeno em sites e TV por conta das estrelas: mas os outros times não têm suas estrelas tb? Pq só o nosso era “diminuído” nessas publicações?

    Sou a favor do escudo sem estrelas e camisa mais limpa, com no máximo um patrocinador maior e outro menor, as costas. Esse outdoor ambulante é ofensivo à nossa história, embora os moderninhos dirão ser necessário no futebol de hoje.

    Curtir

  3. ELIAS permalink
    02/17/2012 13:53

    ELIMINATÓRIAS DA COPA DE 2014 (jogo em 2011)
    VENEZUELA 1 X 0 ARGENTINA (com Messi)

    Copa América 2011:
    VENEZUELA 0 X 0 BRASIL

    Libertadores 2011:
    DEPORTIVO TÁCHIRA 0 X 0 SAN7OS

    Libertadores 2012:
    ZAMORA 0 X 0 BOCA JUNIORS
    DEPORTIVO TÁCHIRA 1 X 1 CORINTHIANS

    …………………………………………………………………………………………

    O empate do Corinthians não foi uma maravilha, mas está longe de ter sido surpresa ou, muito menos, o fim do mundo.

    Curtir

    • ELIAS permalink
      02/17/2012 13:55

      ps: Gostei da camisa sem as estrelas. O Corinthians tem o distintivo de clube mais bonito do Brasil, e ele tem que ser valorizado. A melhor maneira de realçá-lo é, simplesmente, não poluir o seu entorno.

      Curtir

  4. Celso 1° permalink
    02/17/2012 12:48

    Jumentite, “o aplaudido”

    Curtir

  5. Múcio Rodolfo permalink
    02/17/2012 11:09

    Não. Eu não fui no aeroporto aplaudir o Adenor…….embora eu esteja entre a minoria que não considera o como uma aberração como treinador e, mais, o coloca no mesmo nível na imensa maioria dos treinadores. Pra mim a conquista do campeonato brasileiro provou que o Adenor, ao contrário do que muitos apregoavam, tem condições de ganhar títulos importantes desde que tenha boas condições para tal. E ai no quesito títulos importantes entra uma polemicazinha, pois eu considero a Copa do Brasil e a Copa Sulamericana como timportantes, contrastando com aqueles que têm uma visão meio bambi de que só valem campeonato brasileiro e cucaracha cup. Então. Diziam que mesmo que se tivesse um Barcelona a disposição o Adenor não seria campeão. Não tinhámos um Barcelona e…..Em segundo lugar, eu não engrosso a fileira dos que querem trucidar o gaucho porque eu já testemunhei em outros momentos técnicos (alguns deles lembrados de forma positiva pela torcida) cometerem os mesmo pecados que o Adenor. Talvez com menor intensidade. Mas cometerem. Vi o Corinthians deixar de ser campeão invicto em 98 porque o seu Madureira armou o time na defesa contra os bambis (e depois jogaram a culpa no coitado do Romeu). Vi o seu Oswaldo Oliveira optar por um Gilmar Fubá como substituto do Luisão na terceira partida da final contra o Galo, quando tinha a disposição opções mais ofensivas e de qualidade. Vi o Mano transformar jogos que pareciam tranquilos em verdadeiros dramas porque o time recuou demais. Claro que os pecados cometidos por outros não absolve os pecados cometidos por ele. Mas mostra que tais pecados não é exclusividade do Adenor. Em terceiro lugar, não vejo no Adenor falta de vontade de ganhar. Falta ousadia. Falta espírito kamikaze.Eu penso que ele acredita ser possível vencer adotando uma determinada filosofia de jogo, na qual se privilegia o setor defensivo. Mas se o Adenor fosse um retranqueiro radical e não buscasse ser ofensivo (pelo menos um pouco) colocaria três zagueiros no time, encheria o meio de campo com três volantes, não teria consentido com a saída do Moradei…

    Curtir

    • 02/17/2012 12:02

      Gana de vitória ele tem. Não é um técnico de ponta, deve estar entre os 10 melhores do Brasil, mas não entre os 5.

      Contudo, ele trocou o 3º zagueiro pela fixação do Ralf e o recuo excessivo da equipe quando perde a bola.

      Por isso eu acho fraco. Mas, no Brasil, não tem muitos caras melhores que ele, pois acho a maiorira fraca mesmo, com conceitos ultrapassados (veja o caso dos escanteios do Tite ou o Muricy colocando 3 zagueiros contra um time sem Centroavante!)

      Com ele, o futebol é esse aí: pode trazer Tevez, Pelé ou Maradona e a bola vai ser essa.

      Curtir

      • Luciano Guedes permalink
        02/25/2012 21:53

        Quais os treinadores, no Brasil, você considera melhor que o tite hoje?
        Eu colocaria ele num top 5, sem dúvida.
        1) Felipão
        2) Mano
        3) Abel
        4) Murici
        5) Tite

        Curtir

    • André Pinheiro permalink
      02/17/2012 12:31

      nao é pq nao tem outros melhores que temos que concordar com as merdas que ele faz, o time tem elenco pra apresentar um futebol melhor, essa é a cobrança, ele erra deixando atacante isolado, deixando castan e chicao armarem o time com 4 meias de ponta no elenco, optando pelo recuo excessivo após marcar um gol, nao aproveitamento das categorias base, etc…. se fosse o mourinho ou qualquer outro tecnico com opções erradas, a critica seria a mesma.

      Curtir

    • Thiago Guadalupe permalink
      02/17/2012 14:05

      Passei o ano passado todo afirmando que ele tinha um elenco pra ser campeão brasileiro… e foi! Cumpriu sua obrigação. Esse ano ele tem o melhor elenco do futebol brasileiro na mão, portanto, não aceito ser eliminado na Liberta por Flamengo, Vasco, Santos, Flu ou Inter.

      Adenor é um técnico mediano, não passa disso (mas também não é muito abaixo disso..rs!). Agora se vc chama as partidas do Mano sofridas não deve tá vendo os jogos de agora porque tá muito pior… comparar Luxa de 1998 e Tite hoje não dá nem pra começar a conversa pois a distância entre eles é gigante!

      Curtir

      • bloguedotimao77 permalink*
        02/17/2012 16:30

        Concordo, a menos do elenco pois ainda é fraco na lateral esquerda e no banco defensivo.
        Mas, revi minha opinião em relação ao ano passado, em função do crescimento do Alex, Paulinbo e, principalmente do Castan.

        Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        02/17/2012 19:34

        Pra mim, a angústia de ver um resultado sob ameaça é a mesma. E tais jogos sob o comando do Mano aos quais me refiro foram jogos decisivos. Existe alguma grande diferença entre o jogo nosso contra o chiqueirense o ano passado que nos deu o título de campeão brasileiro e o jogo contra os sardinhas em 2009 que nos garantiu o título de campeão paulista em 2009?

        Curtir

  6. André Pinheiro permalink
    02/17/2012 8:29

    o adriano ja ta com menos barriga que o douglas

    Curtir

  7. Luís Fontes permalink
    02/17/2012 1:09

    Estrelas na Camisa: Tanto faz pois a camisa sendo de propriedade do clube o escudo pode ser aplicado em tamanho digno e não naquele tamanico ridículo de alguns anos atraz. A questão das estrelas é que elas tinham que ser retirada do escudo oficial (não da camisa) pois quando nosso escudo é impresso em algum veículo ao lado de outros ou até mesmo mostrado na TV o tamanho dele é diminuído para caberem as tais estrelas. Logo minha opinião é; estrelas na camisa poderiam continuar mas oficialmente para outras aplicações o escudo não deve possuir estrelas.

    Caso Adriano: Claro que se o clube manteve o jogador depois de tantas mancadas, que todos nós sabíamos que aconteceriam, o normal era mesmo inscrever o cara, afinal de contas como vc mesmo disse, essa é a unica forma de justificar o investimento nele. É legal ver como em 4 meses após o cara estar recuperado ele não perdeu peso quando até mesmo o zeca camargo consegue perder, e repentinamente de uma semana para outra sem ao menos divulgarem o peso dele aparece a noticia que ele esta mais leve do que nunca. Não precisa ser nenhum conhecedor de Corinthians pra saber que esta história está no mínimo mal contada. Qualquer pessoa mesmo sem acompanhamento nutricional, como o adriano tem, consegue perder 6k em um mês. Basta querer.

    Curtir

    • 02/17/2012 8:56

      Eu já perdi 7 desde a virada do ano!

      Curtir

    • ELIAS permalink
      02/17/2012 13:59

      Concordo com a observação do Luiz a respeito do uso do distintivo na tevê e em publicações. Com as estrelas, ele fica, relativamente aos demais, reduzido. O que deve ser evitado, principalmente porque trata-se do distintivo de clube mais bonito e bem elaborado do Brasil.

      Curtir

  8. Cesar Augusto permalink
    02/17/2012 0:33

    O 4222 é o esquema que se impõe para este Corinthians 2012. O 4231, que nos deu o título em 2011, não precisa ser abolido, longe disso, mas considerando que somos uma equipe pronta no aspcto defensivo jogue quem jogar, urge solucionar os problemas ofensivos da equipe.

    E os problemas ofensivos seriam minimizados com a aproximação entre os jogadores de frente. Não precisa ser necessariamente um time com Alex/Danilo e Liédson/Emérson. Precisa, sim, ser um time com mais movimentação, sem posições fixas no ataque.

    Eu imagino o Corinthians, por muitas vezes, até sem centroavante de ofício. Não seria nenhuma loucura imagirmos Alex, Douglas e Danilo juntos na equipe sem ser linha estática de 3 meias. Eles podem “flutuar”, trocar constamntemente de posições, pois trata-se de 3 jogadores com inteligência tática muito, mas muito acima da média da boleirada. Ofensivamente, em síntese, há espaço para constantes movimentações.

    O exemplo de excelente movimentação ofensiva, sem centroavante de ofício, foram as partidas contra o Atlético-GO, em que vencemos por 3×0, com grande atuação do Alex e os 2×2 contra o Vasco, com grande atuação do Danilo. Eu não lembro de nenhum outro jogo, pós-derrota contra o Santos, em que a equipe tenha criado tanto. O Alex e o Danilo, inteligentes que são, se posicionaram de forma bastante interessante e as zagas adversárias ficaram um pouco perdidas, pois não havia o jogador referência na área.

    Há muitas opções para armar este Corinthians.

    Falta, apenas, coragem. E se o cara não é corajoso treinando o Corinthians, com todo o respeito, não merece treinar um time desta magnitude. Ademais, não é porque foi campeão brasileiro que o Adenor é o the best of the best, para ser aplaudido pela torcida do Corinthians. E aplaudido porque empatou com o glorioso Táchira.

    PQP!!!

    Pare o mundo que eu quero descer.

    Parodiando uma frase do Machado de Assis, em Quincas Borba, digo, simplesmente, “Ao Adenor, as batatas”.

    Neste país, poucos ousam contestar aqueles que vencem. Muricy é gênio. Felipão já foi um dia e o gênio da vez é o glorioso Adenor.

    Vencer sem convencer virou o esporte favorito dos nossos treinadores. E é por essas e por outras que, hoje, a Seleção Brasileira está atrás da Espanha, da Alemanha, da Holanda, do Uruguai e o Maracanazzo, em 2014, a continuar nesta toada não ocorrerá, porque as chances do Brasil ser finalista da Copa, com este pensamento tacanho sobre futebol, são remotas.

    Parabéns aos baba-ovos de Felipão, Tite e Muricy, entre outros que não acrescentam nada ao futebol, mas, de vez em quando, vencem.

    O futebol brasileiro está na UTI.

    Curtir

    • 02/17/2012 8:24

      Concordo totalmente e acho, inclusive, que não seria necessariamente um 4-2-2-2 clássico.

      Seria um 4222 corrigido para um 4-2-3-1, quando um dos caras de frente voltar para compor o meio. Uma evolução do Flamengo campeão de 2010 que tinha o Emerson fazendo exatamente essa volta.

      O Barça colocou a alternativa de jogar sem camisa 9 na mesa e as poucas vezes que utilizamos, fomos muito bem.

      ====

      O que eu acho incrível é ele não aproveitar o Paulista para dar umas arriscadas nesses sistemas alternativos.

      Curtir

      • Celso 1° permalink
        02/17/2012 12:57

        O problema é que jumentite não tem coragem de arriscar, como o time só ganha no limite(não tem saldo pra arriscar), qualquer alteração pode comprometer o resultado, na visão medíocre dele.

        Curtir

    • 02/17/2012 9:44

      Perfeito! É isso mesmo..
      O medo de perder de Tite só não é maior que a sua falta de vontade (coragem) de ganhar.

      Acho que o Corinthians será a nova seleção de 94.

      Curtir

  9. 02/16/2012 23:47

    Em relação à parte tática, acho que, antes de mais nada, o Tite deveria considerar a possibilidade de sair desse 4-2-3-1 para o 4-4-2. Eu posso estar equivocado, mas toda vez que ouço alguém falar que vamos jogar com dois meias, isso me soa meio contraditório, pois no esquema do Tite só vejo o cara que fica no centro atuar como tal. Jogando pelo lado do campo, para mim o Danilo e o Alex trazem algo de diferente apenas por causa das suas caracteristicas próprias, e não por alguma mudança especifica promovida pelo nosso treinador por causa da presença deles. Enquanto esse esquema for mantido, acredito que o problema na criação persistirá, mesmo com 2 dos nossos 3 meias estando no time titular.
    Além disso, como o César falou em seu comentário no post anterior, é um desperdicio tremendo botar o Emerson aberto pela direita nesse 4-2-3-1, considerando que ele tem todo o estilo de segundo atacante que joga ao lado de um homem de área. Aliás, isso a gente já falava no começo do Brasileiro passado, quando ele ainda era banco e só entrava no segundo tempo. O tempo passou e o Tite nos fez acostumar a vê-lo jogar dessa forma.
    O fato é que, quanto mais a gente pensa nas possibilidades de montagem desse time, pelo menos ofensivamente falando, mais nos convencemos de que o elenco é subutlizado e o treinador é um baita de um jumento.

    Curtir

    • 02/17/2012 8:04

      Exatamente isso.

      O Titenaccio quer uma coisa: jogadas rápidas de ataque utilizando jogadores de velocidade. Mas isso limita a criação (e deixa o jogo dependente de jogadas isoladas). Isso obriga a deixar um número grande de jogadores recuados, pois a tendência é da bola voltar.

      Quando ele coloca Alex-Danilo, são os jogadores que impõem um ritmo mais de toque e menos de correria no ataque.

      Eu vejo duas vantagens do 2º caso, a posse de bola evita pressão defensiva e o jogo fica mais interessante para o torcedor.

      Curtir

  10. Morgana permalink
    02/16/2012 23:20

    Engraçado que a desculpa pra retirar as estrelas é que o brasão ficaria maior.
    Sendo que nas camisas numero 3 (a de 2010 e a de 2011) os brasoes são enormes, em relação as de jogo, como por exemplo na da “Medial” de 2008

    Curtir

  11. 02/16/2012 23:17

    Bem, algums comentários:

    1) Sobre o título do post, eu já disse: Tite é novo Dunga a espera do momento que a desgraça nos encontre e desmascare sua charlatanice. Pena que o desmascaramento venha a custa do título.

    2) A notícia de que Tite chegou aplaudido me fez pensar que talvez a gente mereça ele — o que me enfureceu de novo. Ontem foi uma noite de transtornos.

    3) Eu sou da opinião de que Emerson e Liedson jogam na frente por falta de opção. Taticamente, são dois jogadores que não deveriam jogar juntos. Liedson e Adriano seria uma boa dupla (complementar) se alimentada por Danilo (substituído no segundo tempo por Douglas) e Alex.

    4) Apesar de tudo, nós temos boas opções no elenco, alternativas capazes de dar novas cores a um jogo em andamento e, no entanto, me enraivece saber que a previsibilidade de Tite se restringe a JH e cia ltda.

    Curtir

  12. 02/16/2012 23:14

    – O problema do Danilo é a falta de pernas. O certo seria levar outro meia pra entrar no lugar dele no intervalo ou no começo do segundo tempo, mas o Dogulas ficou em SP e o Edenilson nunca jogou de meia no Corinthians.
    – Eu acredito que um bom técnico sabe adaptar seu esquema de jogo às situações de cada partida. Com o Mano, em alguns jogos, as substituições alteravam o esquema de acordo com a situação, chegando em algumas vezes a começar a partida no 4-2-3-1 e terminar com um 3-4-3. Com Tite, temos em todas as partidas o mal armado 4-2-3-1 das pontas isoladas e falta de ultrapassagens.
    – Com a dupla Alex-Danilo, o esquema se mantém, mas a insistência do Alex em participar mais do jogo acaba felizmente alterando o quarteto da frente pra duplas de meias e atacantes. Aumenta a participação ofensiva e a qualidade de posse de bola.

    Curtir

    • 02/17/2012 6:03

      Alex é jogador de muita movimentação e com isso escapa mais facilmente da marcação dos volantes.

      Já o Danilo, pela lentidão, sofre mais quando joga no meio, pois é presa fácil para o volante. Tite, neste caso, até faz algo inteligente: ele empurra o Danilo para a área e viramos (temporariamente) um 4-2-4.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: