Skip to content

Como ajudar alguém com depressão

03/13/2012

Depois de quase um ano, esse post publicado em 28/03/2011 continua atualíssimo. Nem o Corinthians teve competência para tratar o doente, nem a torcida teve compreensão da doença e nem o doente se entendeu assim ainda. E vamos assim, assistindo em rede global a auto-destruição do outrora craque.

Por Marcus

Álvaro, antes de tudo, me apresento, sou psicólogo.
Muito bom você ter exposto o problema que ainda é visto por muitos como vagabundagem ou frescura, infelizmente.
A doença é grave, gera riscos diretos (suicídio) e indiretos à vida (a prostração deixa a pessoa sem o zêlo consigo) e precisa ser tratada.
A efetividade do tratamento depende de acompanhamento médico, psicoterápico e o apoio familiar e do grupo social é mais que desejável.
É muito pedir da sociedade o comportamento adequado com quem sofre de depressão, talvez só quem sofreu ou teve alguém querido com esses sintomas consiga se posicionar adequadamente.
Muitas vezes as pessoas passam a vida sem se dar conta que possuem depressão, pois possuem um amortecedor na família ou nos grupos sociais, sendo que há graduações na forma como a doença se apresenta.
Há, ainda, com relação ao doente, um certo mito, o de querer se curar. O depressivo profundo não tem vontade de quase nada, nem mesmo de agir contra a vida (o período critico é quando começa a sair da crise depressiva, fase em que o suicídio pode ser tentado e exige cuidados). O apoio é essencial para induzir a busca da melhoria.
Por vezes não há cura, mas o convívio adequado, com medicamentos, terapia, apoio, mudança de estilo de vida, sendo que cada caso é único.
Não há como falar de um caso à distância, mas se o Adriano, no Corinthians, não teve melhoras, outros ares podem ser benéficos. Só não deveria deixar de ter um acompanhamento.
Abraços

=== POST ANTIGO ===

Adriano chegou.

Claro que vejo coisas positivas, como o Claudio viu. A começar ele é mais maloqueiro que todos nós juntos!

Contudo, muito mais importante do que conjecturar sobre as conquistas que ele terá com a camisa mais importante do planeta, é tratá-lo com humanidade e compreensão. Essa é a principal razão da minha contrariedade: julgo desumano colocá-lo para jogar sem o devido acompanhamento psiquiátrico – coisa cobrada até por seu ex-presário e que ele não terá no SPA Joaquim Grava (muito menos ao lado do Rnaine, que nem parar de comer conseguiu). E não se esqueçam da abutraiada que já pega o sintoma pela causa.

A doença é séria e, mal tratada, leva a destruição da vida.

A boa é que Adriano abriu o jogo e assumiu a doença, o que pode ser bom para que as pessoas aprendam um pouco como ajudar amigos e familiares.

—-

A depressão é uma doença que coloca a pessoa em tal grau de tristeza que a impede de realizar suas tarefas cotidianas. Quem vê de fora acha que foi porque o “pai morreu” a “noiva(o) abandonou”, mas aquilo foi só fagulha. Por vezes, ela tem causas físicas (alterações hormonais, genética etc.)

Percebi duas coisas sobre a depressão:

  1. Você precisa de apoio dos amigos, mas o desconhecimento faz com que eles apoiem de maneira errada – ou cobrando o que você não pode fazer ou achando que cerveja cura tudo. O apoio profissional é muito melhor.
  2. A cura, quando existe, vem da recuperação de quem você é: do autoconhecimento que se perdeu em algum instante. Quando finalmente você retoma (ou descobre) quem você é (ou era), a cura é definitiva e você se sente um cara mais forte.

Pegando um pouco o que disse o Cesar no post anterior, o meio do futebol é o pior lugar possível para um cara com depressão. Adriano só é tolerado por seu talento interplanetário. Um jogador mediano já estaria na miséria.

Como ajudar:

  1. Nunca julgue ou duvide de alguém com depressão. Aquilo não é apatia, não é preguiça, não é malandragem. Reconheça que aquilo é doença e não fraqueza.
  2. Adriano não faltará ao treino porque estava na balada ou encheu a cara. Ele encheu a cara ou foi para a balada por culpa da doença.
  3. Ajudar no que for possível para que a pessoa procure ajuda profissional, acompanhando, não criticando, ouvindo…
  4. Medicação não cura a depressão, atenua sintomas e favorece a volta da capacidade de racionalização perdida.
  5. Esqueça a ideia de convidar para uma cervejinha ou ambientes ruidosos. Quando mais mulher-bunda, pior.

Infelizmente, não é coisa que se cure em dias ou meses.

A Fiel precisa tratá-lo com um carinho que nunca tratou um jogador antes, mas temo que a desinformação lhe seja cruel.

Eu começaria riscando a palavra Imperador do nome dele.

Anúncios
81 Comentários leave one →
  1. Celso 1º permalink
    03/14/2012 6:59

    -Em 2009 Adriano sai da inter,quebra contrato sem pagar nada pra quem o tinha comprado, dizendo que iria encerrar a acarreira.Semanas depois… se acerta com o fla.

    -Em 2012, depois do clube ter feito tudo por ele(concereza deve ter tido apoio psiclógico), ser paciente, passar a mão na cabeça, ele arrogantimente fala “não vou me pesar, porque sou o Adriano” ou seja, toda a comissão técnica e diretoria não valia nada.foi um desrespeito total.
    Ai eu pergunto, o que isto tem haver com depressão??
    O cara pode sacanear com todos e será perdoado porque teria depressão??Conheço pessoas com depressão que trabalham normalmente, são responsáveis, sérias.Sofrem?? sim, mas mantém seus valores.
    O caso do Adriano é de vagabundagem, se ele tem depressão ok, mas a falta de responsabilidade dele não vem disso.

    Curtir

  2. Múcio Rodolfo permalink
    03/13/2012 18:49

    1-Aos zombeteiros de plantão, gostaria de lembrar a nossa sina de tomar gols de cabeças de bagre que já tenham vestido a nossa camisa. Bil pode ser mais um caso.
    2- Se o Paulo André se recuperar e estiver a disposição para as oitavas, vamos precisar inscrever dois nomes. A lógica aponta primeiro para o nome do Marquinhos, que vem matando a pau na zaga do Timão. Se repetir as boas atuações, o garoto Gomes também deve ter o seu lugarzinho.
    3- Eu estou vendo o pessoal com o pé atrás com o Liedson. Tremenda injustiça e tremenda preciptação. O nosso artilheiro está passando apenas por uma fase ruim, mas vai reencontar o caminho das redes no momento mais oportuno. Por falar no levezinho, lembro que na época que ele chegou os entendidos da mídia esportiva diziam que ele era o plano D. O Emperrador era o plano A ou B…..

    Curtir

    • 03/13/2012 19:54

      2- Três nomes, né? Ou o Gilsinho faz parte da sua lista?

      3 – Essa desconfiança em relação ao Liédson, pra mim pelo menos, tem muita mais a ver com o estado físico dele do que com a má fase pela qual todo matador passa. E agora que o Adriano já era, é ele ou ele, a não ser que o Tite opte por jogar sem centroavante fixo, como foi contra Vasco e Atlético GO no ano passado.

      Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        03/13/2012 20:46

        2- Se o emperrador tivesse continuado no PSJ, o Gilsinho seria expurgado para a entrada de alguém que pudesse substituir o Ral, repetindo aqui a natural entrada do Marquinhos no lugar do Walace.
        3- Ou o jeito é torcer para que o Elton desembeste a fazer gols como fazia no Vasco.

        Curtir

  3. Paulo permalink
    03/13/2012 17:58

    Acho que ambos os pólos da discussão tem sua parcela de razão ( díriamos, 50% cada, rsrsrs ). A depressão é sim um problema sério, cientificamente demonstrado; mas, cá entre nós, o mulambo tá só se dando bem com esse papinho, parece que já tem um álibi prévio onde quer que vá jogar, e com isso está conseguindo protelar a carreira ( não duvido que prossiga nessa toada até a idade normal de aposentadoria de um boleiro, uma vez que já tem uns 30 anos, ao que consta, bastariapara tal encontrar mais 2 ou 3 trouxas – um já está engatilhado ). Não sei porque mas, noves fora o marketing, vejo total sinonímia com o caso R-9 ( a meu ver outro 171 com aquele papo de tireóide ). A verdade é que a contratação do tranqueira foi um erro abissal. Alguém no Clube tinha que ser chamado a pagar por isso. Tratamento psicológico para depressão é duradouro e não permitiria nunca que ele fosse aproveitado ( fosse essa a causa única da vadiagem praieira, hipótese na qual, volto a dizer, não creio ), portanto, culpar o Clube é estultície. Já quanto aos cérebros que planejaram sua contratação…

    Curtir

  4. Múcio Rodolfo permalink
    03/13/2012 16:08

    Segue a vida……………..
    Zizao machucado e no departamento médico por 20 dias.
    Bil sendo oferecido ao…………….Flamengo!
    A novela TEvez de volta!

    Curtir

    • Mauricio Gomes permalink
      03/13/2012 17:05

      Vixiiii…fhudeu ……sem Zizão e Bill o que será de nós ???? kkkkkkkkk

      Curtir

    • Zé Carlos permalink
      03/13/2012 17:34

      Já que voltamos a falar sobre Tevez, gostaria de saber a opinião dos colegas: alguém mais concorda que Loco Abreu seria muito melhor contratação? Custa INFINITAMENTE menos, é goleador, carismático e resolveria o problema do dpto. de mkt – pois as camisas 13 LOCO venderiam como água.

      Os únicos problemas que vejo não são desprezíveis, em compensação (idade e necessidade de jogo aéreo). Mesmo assim, acho que valeria a pena. O que vocês acham?

      Curtir

      • Marcus permalink
        03/13/2012 17:53

        Acho o Loco uma ótima aquisição.

        Contudo.

        Sem Wallace e Adriano, como fica o time para a Libertadores? Parece que vamos ficar com 3 (2?) zagueiros apenas.

        Há opção de inscrição de outro jogador no lugar de um que tenha se desvinvulado do time, no caso, o Adriano?

        Curtir

        • Pedro permalink
          03/13/2012 18:08

          Esqueceu do PA que também está inscrito.

          Curtir

        • Marcus permalink
          03/13/2012 18:23

          O PA está machucado, ainda.

          Curtir

        • Zé Carlos permalink
          03/13/2012 18:41

          Pesquisei a respeito. Pelo regulamento, os clubes classificados para as oitavas podem trocar 3 jogadores da lista. Saem: Adriano, Gilsinho e mais quem? Entram: Marquinhos, mais quem e mais quem? Eis a dúvida…

          Curtir

      • Paulo permalink
        03/13/2012 18:11

        Loco é loucura!

        Curtir

      • Alex permalink
        03/13/2012 18:12

        Tá de brincadeira…
        Comparar Loco Abreu com Tevez é a mesma coisa que comparar um opalão com uma Ferrari…

        Curtir

        • Zé Carlos permalink
          03/13/2012 21:11

          Entendo seu argumento. Mesmo.

          Porém, o Loco tá na ativa e fazendo gols; já o Tevez… o Loco não tem o hábito de sair de TODOS os clubes por onde passa pela porta dos fundos; já o Tevez…
          Aliás, se for por aí, por essa sua comparação entre Ferraris e Opalas, teríamos ficado com o Adriano e dispensado o Liedson.

          PS: pô, Opalão é legal!

          Curtir

        • eugenes permalink
          03/14/2012 9:37

          mas é um opalão tunado. problema meus caros, que tirando liedson, o arremate nao é o forte de nossos atacantes. jh e willian sao rapidos mas finalizam mal, elton finaliza muito mal e mesmo emerson, que é bolao, finaliza mal.

          Curtir

      • Pedro permalink
        03/13/2012 18:13

        Sobre o Loco,no início do ano passado ele esteve próximo de sair do Botafogo.Sempre foi muito mais negócio que o Adriano.Mas a diretoria biziness,já viu…

        Apesar da idade,eu o traria.Até porque não dá pra confiar no Elton e o Liédson não está bem.Sem contar o quanto o marketing iria lucrar com ele.

        Curtir

      • Celso 1º permalink
        03/14/2012 6:29

        Loco Areu é caneludo, certo que faz gols, mas tenho a impresão que ele iria ser outro souza azarado no corinthians, iria amarelar geral e entrar numa fase redícula tipo o Devid atual.
        Tevez é Tevez, é craque consagrado que ganhou mais de 15 titulos, ele desequilibra jogos, deu moral pro City que só comprava jogadores e não tinha resultado.Tevez chegou, pegou a braçadeira de capitão e carregou o clube nas costas, o elenco ficou mais confiante, o clube criou uma certa moral, passou a ser temido.Tevez foi artiheiro e melhor jodador do último campeonato inglês(o mais forte nacional do mundo),carregou o timinho para a Liga dos Campeões, o City foi campeão depois de 40 anos, ganhou uma da copa da inglaterra e o carlitos estava lá levantando o troféu, ídolo máximo, o verdadeiro “dono” do time(por méritos e não por panelinha, até porque ele é fechadão).
        Chegando em 2011, o city contratou mais uns 3 reforços que estrearam bem e o Mancini coloca o Tevez no banco, como se ele não tivesse saldo nenhum.No dia da tal confusão, Mancini queria que tevez ficasse aquecendo feito louco como um juvenil, como um jogador”comum”, quando todos sabem que as estrelas são chamadas pra entrar e ponto.Tevez disse que não ia ficar aquecendo e ai rolou a briga e o MAncini jogou pra galera que ele não queria entrar em campo.Detalhe, o caso foi aos 40 do segundo tempo e o city perdendo de 2×0 pro bayer.
        Bem o tal de Dzeco que o Mancini deu moral em detrimento do tevez hj ta no banco, foram eliminados da CL e perderam a liderança do Inglês, ou seja Tevez faz falta.
        Quero o MEssi hehehe, mas como é quase impossível issso, sonho com o Carlitos, a cara do corinthians, viria pra desequilibrar até a titibilidade
        Abrç!

        Curtir

  5. 03/13/2012 14:50

    Cara, discordo totalmente do que muitos estão dizendo aqui. Eu tive esse problema, e sei como é difícil. Vc se sente um doente, e não tem força pra fazer nada. Toda vez que vc pensa em reagir e tomar uma atitude, parece que sempre vem um coisa na sua cabeça pra te dizer “Pra quê? De que vai adiantar?”. Muitas vezes, essa história de pular muro, beber e varar a noite fazendo merda é simplesmente uma tentativa de se auto-destruir mesmo, diante da impotência que vc sente em relação à sua doença.
    Depressão é igual ao tão falado bullying. Só sabe o qué é quem realmente sofre ou sofreu disso. É um erro tentar diminuir ou questionar esse tipo de problema de ordem psicológica, partindo de uma visão simplista e reducionista da coisa. Vc pode até pegar uma criança cujos pais têm boa condição financeira, e que reclama por não ter um tênis de marca, e ensiná-la apontando pra tantas outras por ai que sequer têm o que calçar. Agora, querer ajudar alguém com depressão apontando pra gente que passa fome na rua, ou que enfrenta um ônibus cheio pra chegar ao trampo e dar duro pra, no fim das contas, receber uma merreca de salário, não é exatamente a melhor alternativa. Nesse caso, saber que outras pessoas também têm problemas, não resolve os seus.

    Curtir

    • Mauricio Gomes permalink
      03/13/2012 15:10

      Respeito sua doença …minha irmã já sofreu com isso tmb ..mas continuou trabalhando e fazendo seu tratamento …..

      Outra coisa ….mas antigamente não tinha esssa frescura que tem agora que apelidaram de bullying …….eu sou narigudo e fui muito zuado na escola ….nem por isso sai matando ninguem ou fiquei doente por causa disso ……para mim bullying é frescura da vida moderna … frescura de gente mimada

      Curtir

      • Celso 1º permalink
        03/14/2012 6:38

        Pois é, no geral quem tem depressão continua trabalhando e ralando, por que o Adriano não?
        A vagabundiçe dele é responsável por no mínimo 50% disso.
        Abrç!

        Curtir

    • 03/13/2012 16:17

      Meu questionamento não é quanto a doença e sim ao absurdo de culpar o Corinthians.

      Vc acabou de dizer, se nada adianta nessa hora… toda a estrutura que o clube ofereceu pra ele não adiantou nada… e no final das contas a culpa é de quem deu oportunidade para o sujeito???

      Outra coisa, vamos ser honestos aqui… esse papo de depressão virou um guarda-chuva que cabe todas as besteiras que o Sr. Adriano fez. Como se nada tivesse a ver com caráter, profissionalismo, respeito, tudo isso deve ser descartado porque ele pode estar com depressão??? (Minha mãe teve e não mudou seu caráter em uma vírgula)

      Curtir

      • Paulo permalink
        03/13/2012 18:17

        Muito bem observado, há um problema de caráter subjacente a toda essa discussão. A questão médica foi devidamente dissecada, e a questão moral, ignorada…

        Curtir

        • Celso 1º permalink
          03/14/2012 6:42

          E a frase “sou adrinao e não vou pesar” só confirma isso.
          Ele foi arrogante, tirou onda e desrespeitou o clube,todo o trabalho que faziam pra ajudá-lo e isso não tem haver com depressão, é caráter mesmo.

          Curtir

  6. Marcos permalink
    03/13/2012 14:33

    Não conheço tratamento melhor para a depressão do que receber um salário de R$ 400.000,00 por mês e ser ídolo do clube mais popular do futebol brasileiro.

    Se, com esse tratamento, o cara não se curou, das duas, uma: ou ´é um caso incurável, ou é vagabundagem pura, e das grossas, mesmo…

    Curtir

  7. 03/13/2012 14:32

    Vocês estão muito cruéis!

    Claramente a discussão está dividida entre os que conhecem (e reconhecem) a doença por convivência com quem já teve (ou com a própria cuca) e aqueles que confundem com vagabundagem.

    REPITO: primeiro ele deve se tratar, depois pensar em jogar futebol.

    Curtir

  8. Zé Carlos permalink
    03/13/2012 14:07

    Outra coisa: tem gente colocando a questão como se tratasse de optar por Adriano ou Tite…
    De onde tiraram isso?? Em nenhum momento o Tite foi questionado nesse episódio!

    Também não morro de amores pelo treineiro… Concordo com 95% das críticas feitas a ele nesse blog (que acompanho com regularidade, embora nunca comente). Mas, sinceramente, não vejo como seria possível substituir nesse momento um treinador que tem o grupo na mão, acabou de conquistar o Brasileiro, lidera o Paulista, tem um aproveitamento de pontos recorde e perde uma partida a cada trimestre, se muito.

    Curtir

    • 03/13/2012 14:20

      Nisso você está certo, Tite x Adriano é bobagem.

      O erro foi todo do Clube no episódio, da contratação ao não tratamento.

      Curtir

      • 03/13/2012 14:45

        Não foi o Corinthians que deixou de dar qualquer tipo de assistência (ou tratamento) e sim o jogador que não reconhece que tem doença, nem quer ajuda de ninguém!

        Por acaso, alguém tem boas fontes e dados pra culpar o clube como estão fazendo? Alguém aqui sabe se a equipe médica do clube não sugeriu isso a ele?

        Temos que aceitar o cara virar para o preparador físico e falar: “eu não faço isso eu sou o Imperador!!!” Estou ficando louco estão dizendo que esse sujeito é que é a vítima da situação???

        Mesmo num caso como esse em que 99% da população elogia o clube por tudo o que foi feito pelo Adriano, nós torcedores temos que preterir todo o profissionalismo para passar a mão em cabeça de jogador (que não pode ser chamado de profissional)?

        Me desculpem, mas eu tô fora!

        Curtir

    • Marcos permalink
      03/13/2012 14:34

      Subscrevo o comentário do Zé.

      Curtir

  9. Múcio Rodolfo permalink
    03/13/2012 14:03

    Gente! O mundo evoluiu. A humanidade adquiriu novos conhecimentos. A ciência avançou. Hojet temos a nossa disposição nomes rebuscados para o que antigamente eram considerados como falta se seriedade, falta de comprometimento, vagabundagem, falta de educação, falta de respeito, falta de consideração….

    Curtir

  10. Zé Carlos permalink
    03/13/2012 13:59

    Vocês estão de brincadeira, né?!

    Não minimizo o problema de saúde deste profissional – longe disso! Mas também não acho que a empresa que o contratou deva tratá-lo como uma delicada florzinha, tampouco que deva ser responsabilizada por sua recuperação ou não.
    Ele tem todos os recursos materiais necessários para isso; procurar ajuda adequada cabe unicamente a ele e seu estafe.

    À empresa, compete pagar os salários pactuados, oferecer toda estrutura necessária para que ele desempenhe seu trabalho e agir com discrição quanto ao problema. Que eu saiba, o Corinthians fez exatamente isso. E com uma generosa dose de paciência, inclusive – somente explicada por se tratar de um profissional diferenciado, caso contrário, já estaria fazendo corridas solitárias ao redor do gramado há muito tempo!

    A pergunta que faço a todos aqui é: por mais talentoso que você seja em sua profissão, seu empregador teria com você a mesma paciência que você cobra do Corinthians em relação ao Adriano??

    Curtir

    • 03/13/2012 14:27

      Discordo por dois motivos:

      Primeiro: o Corinthians não devia tê-lo contratado como apontei há um ano atrás. https://bloguedotimao.wordpress.com/2011/03/25/imperador-da-depressao/

      Segundo: jogador de futebol é tambem INVESTIMENTO: colocamos 4 a 5 milhões num cara e não gastamos 100 mil num tratamento, cobrado POR SEU PRÓPRIO EMPRESÁRIO?

      Zé, o empresário dele, o cara com todas as razões para esconder o problema, pediu apoio médico logo que chegou.

      Curtir

    • 03/13/2012 14:35

      Extamente isso que tb quis dizer!

      Curtir

    • Marcus permalink
      03/13/2012 14:43

      Zé, há tempos que uma empresa é responsável por seus funcionários.

      O Corinthians, como empregador, deve exigir um comportamento adequado dos seus jogadores, embora eles possam nem sempre estar bem de saúde. Deve exigir que busquem o tratamento, seja para bicheira, carrapato, gripe ou depressão.

      Não fez e perdeu dinheiro. A doença existe e tem tratamento.

      Curtir

  11. Blefe permalink
    03/13/2012 13:55

    Vejamos os sinônimos de PREGUIÇA:

    acídia, apático, calaçaria, desídia, desmazelo, ignávia, inação, indolência, inércia, lombeira, madraçaria, mangona, moleza, negligência, ociosidade, ócio e sornice.

    Se quiserem tapar o sol com a peneira tudo bem…

    Mas na minha terra essa depressão ai tem ooooooutro nome.

    1 mês batendo massa em Itaquera, e a depressão pra jogar bola sumiria.

    Psicólogo nenhum me tira isso da cabeça!

    Curtir

    • Mauricio Gomes permalink
      03/13/2012 13:57

      Concordo com vc .

      Curtir

    • Marcus permalink
      03/13/2012 15:00

      A laborterapia é uma das forma de lidar com a depressão.

      Contudo quem tem depressão não escolheu ela, nem leu no dicionário o que significava.

      Se alguém beber cerveja, fica tonto, se fumar maconha, terá alterações da percepção, se usar cocaína, terá aceleração do sistema nervoso, se usar heroína, sentirá prazer semelhante a orgasmos. Isso porque há uma química que governa nossos comportamentos.

      A depressão também se enquadra nessas alterações químicas do corpo humano, assim como a psicose (loucura), a hiperatividade, tratáveis com medicamentos que tentam nivelar os níveis químicos das substâncias internas.

      Mas como o ser humano é uma máquina, muito superior e complexa a qualquer outra, as causas do comportamento não se resumem a uma alteração química apenas, nem se sujeitam a apenas uma terapia de amassar areia e cimento.

      Quem dera fosse tão fácil, alguém poderia ficar bem rico com uma terapia dessas.

      Abraços,

      Curtir

  12. 03/13/2012 13:39

    Esse cara deveria pedir desculpas ao Corinthians e se envergonhar do que fez (ou não fez!) no último ano.

    Agora ninguém tá preocupado com o jogador do terrão que não tem onde cair morto, se ele tem depressão ou qualquer outra doença, mas temos que chamar de tadinho o cara que enganou nosso clube e ainda “coitado” ganhando 500 mil por mês???

    Sinceramente, não acredito que depressão leve a falta de responsabilidade de ninguém. Que leve o sujeito a pular muro de concentração, beber, quebrar noite todo dia… desse jeito vai ter muita gente querendo ter essa doença.

    Curtir

  13. Vinicius permalink
    03/13/2012 12:59

    Deixa um debil mental comandando ele (Tite); ajuda muito. Entre no blog do Citadini, acho que ele tem a visão correta.

    Curtir

    • Mauricio Gomes permalink
      03/13/2012 14:03

      Quem vê pensa que o Citadini é o cara . Oque esse cara fez quando tinha um cargo no Corinthians ….porra nenhuma ! ! ! !

      Curtir

    • Marcos permalink
      03/13/2012 14:40

      É estranho…

      Quanto mais clara fica a competência do Tite, mais violentas se tornam as críticas de algumas pessoas a ele…

      Há um ano atrás, não via ninguém chegando ao ponto de chamá-lo de “débil mental”…

      De lá para cá, ele “só” foi campeão brasileiro, lidera o campeonato paulista e segue tranquilo na Libertadores.

      Realmente, é estranho toda esse ódio contra ele…

      Curtir

  14. Cesar Cachaça permalink
    03/13/2012 12:29

    a questão se ele tem ou não tem depressão, na minha opinião, não é tão relevante. Mas às vezes a vontade de cornetar é um pouco exagerada: o Corinthians não teve competência para ajudá-lo? pois é, a Inter também não teve quando ele quis “encerrar a carreira”, o spfw também não teve, a Roma menos ainda…no Fla ele até que andou bem, mas era toda uma estrutura (ou falta dela) adaptada para isso. E claro que o sucesso teve prazo de validade: um brasileiro ganho onde todos os adversários deixaram chegar. Taí o resultado da organização do Flamengo. Vai ver as coisas no Flamengo funcionam de um jeito mais adequado do que no Corinthians…Se é para usar de “conhecimentos”, vamos até o fim…depressão é doença, da séria, que merece ser tratada? é claro que é…mas é fácil? tasca um psicólogo no cara e 2 meses depois ele tá bom? será que ninguém tentou isso antes ? Será que a equipe de profissionais que triplicou a receita do clube em 3 anos não fez a conta que 2 mil por mês com um bom profissional valeria a pena contra 400 mil desperdiçados no ralo? É claro que as soluções são mais complexas do que parecem, mas são beeeem mais complexas, e não só um pouquinho…

    Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      03/13/2012 14:07

      Eu estava pensando nisso. Esta depressão foi constatada pelos clubes por onde passou o Emperrador, mas nenhum fez questão de investir nele, de tratá-lo mesmo se tratando de um jogador diferenciado. TEriam percebido eles qlue não valia a pena tamanha esforço?

      Curtir

  15. Mauricio Gomes permalink
    03/13/2012 12:25

    O cara é um vagabundo …tem toda mordomia do mundo , ganha bem , se diverte , bebe , fica com uma e com outra por ai.

    Só é depressivo pra trabalhar ??? Vcs estão de brincadeira né ??? Depressivo fica em casa triste , não fica em baile funk enchendo a cara .

    Depressão tem que ter o pai de familia ganhando um salario minimo e tendo que sustentar os filhos pagando tantos impostos….esse sim ….não esse vagabundo que não honrou nosso manto . Foi tarde…alias nem deveria ter vindo.

    Curtir

    • Meia permalink
      03/13/2012 12:31

      parece que realmente você entende bem de depressão e conheceu muitos casos dessa doença…

      Curtir

  16. Múcio Rodolfo permalink
    03/13/2012 11:50

    Sei lá Alvaro. Eu não sou psicologo, mas vejo so psicológos cometerem tantos erros (que me desculpe o Marcus) que eu fico na dúvida sobre até onde vai a doença e onde começa a vagabundagem pura e simples. Será que o cidadão não usa a doença como pretexto para seus excessos baladísticos?

    Curtir

    • Meia permalink
      03/13/2012 11:53

      nunca vi uma declaração pública do Adriano desculpando os erros dele por causa da doença.

      Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        03/13/2012 14:11

        E precisava? Se eu sou o Adriano e vejo alguém dizendo “Oh coitado, ele tem depressão! Ele vara a madrugada na zona de elite mas é porque tem depressão. No dia seguinte ele não treina e se recusa a subir na balança porque tem depressão”, eu vou continuar aprontando porque vai ter um monte de especialistas justificando o meu comportamento.

        Curtir

    • Marcus permalink
      03/13/2012 14:30

      Sem problema Múcio, não apenas os psicólogos, mas todos cometem muitos erros.

      Penso apenas que há uma ciência e um método com critérios para se chegar ao conhecimento científico, não é achismo, envolve pesquisa, estudos, comparação estatística, mudança de paradigmas, muita discussão e acima de tudo uma teoria que está à vista para tomar pancada de tudo quanto é lado, até que ela se apresente firme o suficiente para ser adotada.

      Mudo apenas o foco, em si ninguém é vagabundo ou deixa de ser, a discussão é em outra esfera, quais não as causas e consequências dos comportamentos, e como evitar os comportamentos indesejados, no caso, a depressão e suas consequências.

      O comportamento do atleta foi deplorável desde o início, não se deve passar a mão na cabeça e desculpar, muito pelo contrário, os atos têm consequências que devem ser nítidas, e o Corinthians agiu como empregador, se não consegue lidar com seus funcionários, evidentemente libere-os.

      Por outro lado, poderia ter aproveitado o melhor do atleta se tivesse uma estrutura capaz de lidar com os problemas da depressão, coisa que um departamento médico poderia realizar. Poderia também ter estipulado o limite do que era aceitável, pois permitiu que o R9 fizesse das suas e depois ficou sem “autoridade” para exigir disciplina de outros craques. Sem limites do que era aceitável, sem exigir que o Adriano se submetesse a tratamento, o resultado foi este, pouco comprometimento.

      Curtir

  17. André Pinheiro permalink
    03/13/2012 11:42

    como diz meu sogro depressao pra mim é falta de dinheiro, o resto é pura viadagem.

    Curtir

    • Meia permalink
      03/13/2012 11:45

      Winston Churchill tinha depressão…

      Curtir

      • Blefe permalink
        03/13/2012 13:40

        Mas trabalhava mais que o Adriano… 😀

        Curtir

      • Marcus permalink
        03/13/2012 14:07

        Churchill, Ulysses Guimarães, o pintor da tela acima provavelmente (na época não havia esse diagnóstico).

        Churchill bebia e dormia até meio dia para conseguir levar a vida, Ulysses tomava Lítio. O modo como eles conseguiram lidar com a doença foi diferente, mas acabaram identificando uma estratégia para conseguirem conviver.
        Nem sempre é assim, especialmente um um ambiente em que as exigências e as consequências são bem mais frouxas, como no futebol.

        Curtir

  18. 03/13/2012 11:29

    O Corinthianas deu todas as chances e fez tudo que podia pelo cara.

    Em um regime profissional não pode se aceitar tudo. Tanto é que ele vai se curar onde? Na zona do Fla é claro! Lá deve ter psicólogos melhores…

    Curtir

    • Meia permalink
      03/13/2012 11:46

      acho que deixou de fazer o fundamental, que foi dar a atenção psicóloga que o Adriano precisava.

      Curtir

      • Mauricio Gomes permalink
        03/13/2012 12:29

        Vc sabe se não deu????? ….Parem de culpar o Corinthians …o Coririnthians deu toda estrutura , dinheiro e paciencia para esse vagabundo que tá com o bolso cheio de dinheiro do Corinthians . Não pensou na torcida , não pensou no clube ……fhoda-se ele ……Esse dinheiro poderia ter sido usado nas categorias de base . Se houve erro do Corinthians foi ter contratado esse bosta , e demorado para mandar embora por justa causa .

        Curtir

        • 03/13/2012 13:32

          Isso é o que não entendo Maurício. Parece que tudo acontece no Planeta Terra o Corinthians está errado!!!

          Quem aqui com o comportamento do Sr. Adriano, que virou a vítima da história, tem direito de faltar ao trabalho 42 dias e não ser demitido???

          A cultura brasileira de passar a mão na cabeça de jogador, de papai pra cá, de família não sei de quem lá, levam as pessoas a justificar atitudes de Brunos, Loves e Adrianos da vida!!!

          Curtir

  19. Celso 1º permalink
    03/13/2012 10:53

    Será que ele tem mesmo depressão?? tenho minhas dúvidas.
    Tem muito jogador que estraga a carreira, mas como o Adrinao é famoso e foi craque um dia tem toda esta atenção.
    E caso tenha depressão, será que e tão forte que ele não consiga rabalhar(jogar)??
    No mundo há milhões de pessoas com depressão e a maioria(no geral, muito geral mesmo) trabalha, agem de forma contrária ao Adriano, no trabalho cumprem suas tarefas e fora é que vem o baque, os probelmas.No caso Adriano, descontar tudo no trabalho é meio estranho.
    As chances de isso ser vagabundagem dele, ou simplismente não querer mais ser atleta(sim ele poderia encerrar a carreira ta rico) são de no mínimo 50%.
    O ato dele recusar se pesar e soltar a frase arrogante “sou o adriano” se colocando acima de todos mostrou um pouco de sua personalidade, por isso fico com o pé atras.

    Curtir

  20. Marcus permalink
    03/13/2012 10:13

    Álvaro, antes de tudo, me apresento, sou psicólogo.
    Muito bom você ter exposto o problema que ainda é visto por muitos como vagabundagem ou frescura, infelizmente.
    A doença é grave, gera riscos diretos (suicídio) e indiretos à vida (a prostração deixa a pessoa sem o zêlo consigo) e precisa ser tratada.
    A efetividade do tratamento depende de acompanhamento médico, psicoterápico e o apoio familiar e do grupo social é mais que desejável.
    É muito pedir da sociedade o comportamento adequado com quem sofre de depressão, talvez só quem sofreu ou teve alguém querido com esses sintomas consiga se posicionar adequadamente.
    Muitas vezes as pessoas passam a vida sem se dar conta que possuem depressão, pois possuem um amortecedor na família ou nos grupos sociais, sendo que há graduações na forma como a doença se apresenta.
    Há, ainda, com relação ao doente, um certo mito, o de querer se curar. O depressivo profundo não tem vontade de quase nada, nem mesmo de agir contra a vida (o período critico é quando começa a sair da crise depressiva, fase em que o suicídio pode ser tentado e exige cuidados). O apoio é essencial para induzir a busca da melhoria.
    Por vezes não há cura, mas o convívio adequado, com medicamentos, terapia, apoio, mudança de estilo de vida, sendo que cada caso é único.
    Não há como falar de um caso à distância, mas se o Adriano, no Corinthians, não teve melhoras, outros ares podem ser benéficos. Só não deveria deixar de ter um acompanhamento.
    Abraços,

    Curtir

  21. 03/29/2011 14:28

    Bom post, Álvaro, assino embaixo. Mas acho que a maior parte do apoio de que qualqeur pessoa com depressão precisa tem que vir da família, amigos, gente próxima de verdade, em quem o cara confia. De longe, pouco se pode fazer mais do que torcer. Mas que esse pouco seja feito!

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      03/29/2011 18:36

      Isso é lá verdade.

      Mas o clube poderia prepara-se melhor para recebê-lo, pois recursos têm.

      Curtir

      • 03/29/2011 20:59

        Sim, sem dúvida, tem que dar todo o apoio que o cara precisar. Mas acho que foi correto por parte do clube não impor nenhum tipo de tratamento. Se for imposição, não sei se funciona.
        Mudando um pouco de assunto e voltando para a questão tática – o que desvirtua o post, é fato – , também acho que, como você colocou num post anterior, Tite vai pra um 4-2-2-2 mais assumido que o atual, com Dentinho no banco. Acontece que passou aqui pela minha cabeça uma alternativa que eu não tenho noção se faz sentido ou não (e se fizer, se seria melhor): montar um 4-4-2 mais de estilo inglês, com JH e Dentinho de wingers. A ideia seria só usar os melhores jogadores, deixando o banco para Morais. Mas não conheço bem esse esquema pra saber se os volantes que temos dão conta. Que acha, vale a discussão (ainda que absolutamente teórica) ou viajei?

        Curtir

        • Correa Leonardo permalink
          03/13/2012 8:10

          Viajou só no Dentinho…

          Curtir

  22. Luís Fontes permalink
    03/29/2011 9:59

    Pessoal que doidera é essa, quem precisa de ajuda somos nós! Claro que sei que depressão é coisa séria, mas o cara não é um qualquer sem apoio da fámilia e dos amigos e sem dinheiro pra se tratar.

    Na minha opinião a depressão dele é só até a página 2, pois quem tem depressão não vive em baladas sorrindo e bebendo a noite toda, quem tem depressão, pelo menos tiro por um conhecido meu que teve, fica abatido, sem vontade de sair ou quando sai, volta logo pra casa e se isola do mundo. Que depressão é essa que ele vai chorar nas melhores baladas do planeta e cheio de mulheres ao redor?

    Pra mim ele pode sim estar precisando de um acompanhamento psicológico e isso o clube, apesar de eu duvidar muito, pode oferecer a ele, mas acima de tudo ele precisa ser tratado sem a bajulação e as regalhias que ele tinha no falmengo. O cara deve ser cobrado como cobramos todos os outros jogadores e deve ter as mesmas responsabilidades e horários que os demais companheiros, bem como punições por possíveis atos de indiciplina.

    Isso sim é ajudar o cara, o resto é apenas ser conivente com a irresponsabilidade alheia e o Coringão não precisa disso!

    Chega de estrelismo e celebridades no nosso clube, precisamos é de homens de verdade dentro e fora de campo para representar nossa camisa. Vide o Liedson que chegou, pegou a camisa e entrou no campo babando pra mostrar a que veio!

    Curtir

    • Marcus permalink
      03/13/2012 10:27

      A depressão é uma situação negativa, para buscar a felicidade o depressivo pode buscar o tratamento, algo que dê prazer (comida, sexo), outras coisas que também dão prazer: as drogas (sociais ou não), ou, ainda, na luta para fugir da dor da angústia, o fim da vida.
      Não é novidade, sendo que de tão corrente já foi moda, na figura dos românticos e sua música, literatura e artes plásticas.
      Sabemos que sofremos desde de que nascemos, pois a primeira expressão humana é o choro. Contudo nem todos conseguem conviver adequadamente com a vida, eis por que é uma doença, sem vacina, mas tratável.
      Abraços

      Curtir

  23. Alessandro permalink
    03/29/2011 9:38

    Excelente colocação. Quando falei Adriano Maluco não quis me referir a depressão, isto é um assunto muito sério.
    Na entrevista dele, dá pra perceber o quão ele necessita de amigos e de uma mulher de verdade.
    Tenho fé que nossa torcida pode ajudá-lo e se ele perceber que está seguro vai arrebentar.
    Vou chamá-lo de Adriano Maluco Beleza.

    Curtir

  24. 03/28/2011 23:01

    Belo post.

    Também acho que o Adriano precisa e muito do apoio da torcida, por isso achei ruim aquela faixa da Camisa 12 antes mesmo do anúncio oficial. E me parece que o apoio psicológico no Parque São Jorge não existe.
    Com o Adriano nesse estado, não dá pra esperar muita coisa dele no começo. Se colocar as expectativas no alto o cara vai ficar queimado (vide Lulinha).

    Curtir

  25. Emboava permalink
    03/28/2011 21:58

    Não acho que depressão tenha cura. Mas sim você pode aprender a viver com ela e controlarla conhecendose melhor.

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      03/29/2011 8:26

      Eu acho que tem cura na maioria dos casos, mas leva tempo.

      Curtir

  26. Daniel CMS permalink
    03/28/2011 21:07

    Acho que chama-lo de Adriano Maluco seria muito irado, mas vai que o tiro sai pela culatra?

    Mas falando serio, depressao nao e’ doenca de rico como muitos dizem. E’ coisa seria e que tem cura. Bom post

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: