Skip to content

Vasco 0x0 Corinthians, inofensibilidade titeana

08/05/2012

Somada a nossa superioridade numérica no meio e com alguns vascaínos enrolando em cena aberta (Juninho, Carlos e Alecsandro), foi fácil dominar o jogo de cabo a rabo. Não houve equilíbrio. Houve nosso controle do jogo.

Controle do jogo para o quê? Hein?

Empatar, é claro.

Corinthians é um time reconhecidamente fraco no ataque e hoje deu uma aula de como não se monta um sistema ofensivo. Tite insistiu com Romarinho correndo no meio dos zagueiros e tentando que Douglas jogasse mais enfiado, com JH e Danilo absolutamente distantes da área e na marcação inútil dos laterais adversários que não avançavam. Fraquíssimos no ataque, ficamos limitados a alguma falha do Prass ou num chuveirinho ao final do tempo em que JH encontrou Douglas para o cabeceio. O tipo de jogada que Tite imaginava vencer o jogo: Douglas, o sem explosão e cabeceio, na área e JH, o ex-atacante, chuveirando (foram várias tentativas, não se esqueçam).

Vasco? Nada. Cássio deve ter pedido um café.

Voltamos para o 2º tempo e ficamos na expectativa de quanto tempo levaria para Tite corrigir a escalação colocando um jogador de área. Pois é, nem fez isso, como também empurrou Romarinho para a esquerda e abandonamos de vez a área adversária.

Vasco? Nada. PA e Willian discutiam literatura espanhola do século XVII.

Passa um tempão e finalmente ele coloca o Peruano II como centroavante no lugar de JH e a gente se enche de esperança! Mas… O Vasco faz 1 ou 2 jogadas pela direita em 5 minutos e Tite já tira Romarinho para Ramirez ir lá refazer o JH e garantir esse IMPORTANTÍSSIMO EMPATE. Forçar o jogo pela direita e aproveitar o avanço do lateral deles? Hahaha! Aqui é Tite!

Já comprei os 3 ingressos para os próximos jogos do Timão (bela sacada do mkgt vender os 3 juntos, fdps!…) e provavelmente serão os últimos do ano, pois é claro que o PLANEJAMENTO do clube é apenas não cair para a 2ª divisão. Naturalmente chegaremos ao mundial – algo bem secundário nesse momento – com um time muito fraco.

Anúncios
54 Comentários leave one →
  1. Claudio permalink
    08/07/2012 3:19

    Sabe o que é foda, o que é a pior coisa do mundo? Vai falar mal do tilte e você é um amargo, corneteiro, que está de TPM ou coisa do tipo. Aí logo vem o discursinho bambi de que “ah, é campeão brasileiro e da libertadores”. Ora, foda-se! Celso Roth também ganhou essa merda e nem por isso eu o quero por aqui. Eu quero, sim, ver o Corinthians jogar como Corinthians, de maneira agressiva. Simplesmente não consigo aceitar esse pacto de mediocridade…

    Curtir

  2. Cesar Augusto permalink
    08/06/2012 19:28

    1) Mais 2 pontos jogados no lixo. O Vasco, mesmo em casa, não deu um chute no gol do Corinthians. Por outro lado, as finalizações do Corinthians foram um fiasco.O gol que o Douglas perdeu foi inadmissível.

    2) O Corinthians não vem jogando mal, longe disso, mas falta tesão. A barriga está cheia com a conquista da Libertadores.

    3) Esse time do Corinthians, se fosse boxe ganharia todas as lutas, mas nenhuma por nocaute. O time até bate nos adversários, mas não há nenhum soco demolidor estilo Mike Tyson. Os socos são estilo Holyfield, que era um excelente boxeador, mas tinha uma pegada mais leve. Ou seja, o Corinthians domina o adversário, mas não transforma as oportunidades em gol. Já que estamos no boxe, falta ao Corinthians “olhos de tigre” como Rocky Balboa.

    4) Neste ritmo, o desinteresse da torcida será inevitável.

    5) Romarinho precisa melhorar a finalização, mas, por outro lado, o Tite não tem o direito de escalá-lo nestas funções. O Romarinho é um jogador mais refinado para executar tais funções a la Jorge Henrique.

    6) De resto, se o goleiro do Corinthians fosse o Cásssio ou a minha avó tricotando, o placar seria o mesmo.

    7) O Brasileiro 2012, para o Corinthians, será uma longa e interminável procissão.

    8) Tite na Seleção, sinceramente, não seria uma má idéia, considerando os atuais postulantes, Felipão e Muricy. Ademais, seria uma boa para o Corinthians, pois o Tite e sua retrancabilidade já deram. Cansei. Tite na Seleção. E Mano, de volta ao Timão. Sairíamos no lucro.

    9) Esse Guerrero, não sei não.

    10) Aguardemos, Martinez. Esse, pelo que vi no Velez, é titular absoluto.

    Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      08/06/2012 21:01

      8- Eu não vejo grandes diferenças entre o Mano e o Adenor. Tem muitos pecados atribuídos ao ultimo que o primeiro cometia no tempo em que treinava o Corinthians.

      Curtir

      • Correa Leonardo permalink
        08/06/2012 22:59

        Concordo. Mano e Tite se graduaram sendo laureados na Incrível Escola de Técnicos Gaúchos (parece até que eram da mesma turma).

        Curtir

      • 08/07/2012 1:13

        Basicamente, eu também não vejo diferença entre os dois. A questão é que o Mano sempre me pareceu um cara menos cabeça dura e mais inteligente, que tem a manha de aprender e mudar com os erros que comete. Eu olho pro Tite e sinceramente não enxergo isso.

        Curtir

        • Múcio Rodolfo permalink
          08/07/2012 13:19

          Eu não vou lhe dizer se enxergo ou não porque isto requer uma percepção que eu acredito possuir. É provável que todo treinador tenha capacidade de mudar alguns conceitos -se não radicalmente, pelo menos de forma moderada. O que eu tenho lido por ai -e não é nenhuma referência a vc- é o pessoal tentando adivinhar o pensamento do técnico, exagerando em algumas críticas – “lateral com ele não avança de jeito nenhum”…Numa comparaçao Mano x Tite, pegando o que interessa -o Corinthians- se o ultimo tem um elenco melhor a disposição, o primeiro tinha um time melhor. Em 2009 foi assim. As mesmas recuadas que o time pratica nos tempos titênicos, fazia nos tempos do Mano. Quantas vezes jogos que poderiam ser tranquilos, transformavam em dramas? O pessoal desce a lenha pelo uso que o Adenor faz do Jorge Henrique, mas no tempo do Mano o JH também era um “multifuncional”.

          Curtir

        • Múcio Rodolfo permalink
          08/07/2012 13:39

          corrigindo: percepção que eu acredito não possuir.

          Curtir

      • 08/09/2012 9:29

        8) Pô, Mano >>> Tite!

        Mano monta equipes equilibradas. Inclusive essa seleção é muito bem montada. Tem problemas individuais (de escolhas erradas, inclusive), mas ele montou talvez o nosso melhor time olímpico e com um problema claro de safra.

        Curtir

    • 08/07/2012 9:17

      6) Me desculpe César, mas se sua vó fazer defesas como a saída do Cássio nos pés do Tenório… ela é titular da seleção feminina fácil!!! O Corinthians dominou, mas quando goleiro não faz defesa com pose pra TV as pessoas acham que o cara não fez nada tb né?!

      8) Eu não faço parte da campanha de demonização do Mano pra dar emprego ao rebaixado Muricy… e ainda, na minha visão de futebol, falar que Tite está no mesmo nível do Mano é o mesmo que dizer que Ganso está no mesmo nível do Maradona: absurdo!

      Curtir

      • Cesar Augusto permalink
        08/07/2012 11:01

        6) Força de expressão, Thiago. Fora essa saída, o Cássio foi um expectador privilegiado da peleja.

        8) Respeito à opinião de todos, mas o Mano Menezes, com todos os seus defeitos, tem margem para melhora. O Tite, não. É isso aí. É um futebol chato e inoperante ofensivamente a despeito de ter conquistado o Brasileiro e a Libertadores. Não é porque o Treinador ganha que ele é indiscutível. Esse discurso é “muricystico”. O Tite, tem méritos, mas o elenco do Corinthians era o melhor da Libertadores. E, mesmo assim, ele não conseguiu, especialmente, no aspecto ofensivo agradar a maioria.

        A verdade é nua crua: O Corinthians joga menos do que pode e a culpa por isso é, única e exclusiva, do seu treinador, que prefere passar de ano, sem arriscar, com a nota 5, às vezes 7,no máximo. Seria mais interessante, neste momento, ousar um pouco mais, principalmente se considerarmos a lua de mel existente entre a torcida e o time por causa da Libertadores. Não há razão para o Corinthians jogar um futebolzinho tão medíocre, afinal ganhamos a “mardita”.

        Quanto ao Mano, eu o considero um ótimo técnico que tem um árduo trabalho pela frente, pois luta contra uma imprensa vendida e sem coerência, por um simples e único motivo: Saiu do Corinthians para a Seleção.

        Ele merece críticas em alguns aspectos, sim, como qualquer treinador, mas tais críticas não podem ser tão incoerentes. Ou seja, se o Brasil ganha é merito dos jogadores. Se o Brasil perde ou joga mal, a culpa é do Mano, só do Mano.

        Curtir

        • 08/07/2012 11:17

          Concordo com vc sobre o Mano… é isso mesmo! O cara pegou uma das piores entre-safras dos últimos tempos e tem feito um trabalho bom considerando isso… mas a mídia faz campanha pra Muricy e Felipão, que aliás estão brilhantes em suas equipes não é mesmo? (Sobre Tite ainda não se compara ao Mano na minha opinião… como vc disse ele tinha o melhor elenco da Liberta em mãos…)

          Sobre o Cássio sabia q era força de expressão… tava brincando!

          Abç!

          Curtir

        • Múcio Rodolfo permalink
          08/07/2012 13:47

          Títulos não conferem indiscutibilidade a um treinador, mas atenua a sua imebecilidade, certo? Não sei se temos o melhor elenco das Américas. Lembro de ter visto diversas restrições a alguns setores da equipe. Também me lembro de ter visto várias vezes que havia um monte de time jogando muito mais do que nós. E no final que se impôs? Méritos do treinador e dos jogadores que se não são brilhantes não são a mediocridade que alguns acreditam. Sobre a nossa “inofensividade”, no CB 2011, tivemos o quinto melhor ataque da competição. Não me parece um mal desempenho. Na recém findada cucaracha, fomos o segundo melhor ataque da primeira fase. Ah tira o Tachira….Mas nas outras chaves também havia os “TAchiras”. Ah podia ser melhor! Claro que podia. Sempre pode. Em 1999, por exemplo, a gente poderia – com o time que tinha a disposiçao- ser campeão com apenas 6 jogos no play-off…e não foi.

          Curtir

        • 08/08/2012 11:12

          Tite tem seus méritos… e os reconheço… Mas independente de título, na minha visão de futebol, mesmo com título da Liberta Tite está abaixo do Mano… assim como Celso Roth e Abelão que tb já venceram essa competição. Aliás Tite, Roth e Abelão tb são inferiores ao Luxemburgo (que nunca venceu essa competição), na minha leitura do futebol nacional.

          Curtir

        • 08/09/2012 9:30

          EXATO!

          Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        08/08/2012 18:34

        Bom. Eu acho exagerado dizer que a diferença Mano x Tite é equivalente a Maradona x Ganso.Acho que está mais para Pita (ex-meia do Manjubinha e dos bambis) x Ganso. A diferença entre um e outro é que o Adenor comete os mesmos pecados em doses maiores. Também não relaciono a competência do Adenor aos títulos que conquistou recentemente no Corinthians. Sobre o trabalho do Wanderlei Luxemburgo (não vou chamar de profexô Madureira pra não parecer que estou de pouco caso), foi vitorioso. Conquistamos de forma brilhante o Nacional de 98 e reagimos de forma espetacular no Paulistão 2001. No entanto, este mesmo treinador deixou o Edilson no banco por mero capricho pessoal, botou o time para jogar na retranca contra os bambis em 98 – quando empatou a partida, trocou o meia Souza pelo volante Marcelinho Paulista. O volante Romeu declarou ao Lance que o Luxemburgo não trabalhou uma alternativa ofensiva para aquele jogo. Ele preparou o time para empatar -algo que o pessoal condena no Adenor.

        Curtir

        • 08/09/2012 10:00

          Vc tá de brincadeira… Luxa retranqueiro e Tite o mestre dos estrategistas??? rs

          Curtir

        • Múcio Rodolfo permalink
          08/09/2012 12:31

          Eu não chamei o Luxemburgo de retranqueiro, apenas registrei que o lado “defensivista” del se manifesta nos momentos mais inoportunos. E também não disse que o Adenor era o mestre dos estrategistas. Agora imagine, o que falariam do Adenor se deixasse um jogador da qualidade do Edilson no banco, como fez o Luxemburno na época?

          Curtir

  3. 08/06/2012 15:49

    Estamos de volta a nobre mesa de debates corinthianista:

    1) Concordo que faltou vontade de vencer para o Tite nas últimas duas rodadas. Não entendo a razão de não dar ritmo ao Guerrero, e de NÃO deixar a gente jogar com um atacante fixo… nem que seja 45 min.

    2) Concordo que JH e Danilo muito distantes da área, principalmente o segundo, complica pra gente…

    3) Não concordo que Cássio ficou tomando cafezinho, fez grande partida! Não fez nenhuma defesa bonita pra TV, mas salvou o jogo naquela saída nos pés do Tenório… grande defesa! Com arrojo, técnica, e saída no momento exato!

    4) Confesso que estou ansioso pra ver Martinez jogar… seu toque de bola com inteligência me chama muito atenção! (Mas até o Adenor achar q ele deve começar a jogar 5 minutos por jogo já estaremos na rodada 35…)

    5) Não estou vendo falta de vontade dos jogadores… estão jogando com raça poucas vezes vista em time que acabou de ganhar a Liberta… a questão é: Tite tá querendo vencer os jogos? Não parece.

    6) Veja sobre Magrão (o goleiro da rodada), Cássio e outros no nosso boteco dos camisas 1, 12, 13, 22, 24…

    http://espalma.wordpress.com/2012/08/06/em-rodada-de-grandes-atuacoes-magrao-foi-o-dono/

    abç!

    Curtir

  4. permalink
    08/06/2012 12:29

    Ontem o Timão entrou em campo exibindo na camisa um selo de Campeão da Libertadores…

    Alguém mais, além de mim, acha que o Corinthians deveria ignorar solenemente esse título e entrar em campo com um “patch” comemorativo dos 35 anos da conquista de 77?

    A abutraiada iria rasgar as calcinhas de ódio…

    Curtir

  5. 08/06/2012 11:44

    Concordo com a análise da tática tilteana. Desde sempre ele tem dificuldades em armar o ataque. Desde sempre ele é deveras cauteloso.
    Porém, vamos ressaltar uma coisa: nesse BR não vi um só time ‘ofensivo’, cheio de jogadas criativas, capaz de criar N jogadas de ataque no jogo. Não vi. Mesmo.
    Precisamos nos perguntar se não estamos batendo o pé por utopias.

    Curtir

  6. luis permalink
    08/06/2012 11:07

    O pior de tudo é que estamos empatando jogos em que claramente poderiamos ganhar… o pior é que estamos sendo tão mediocres quanto os nossos mediocres adversarios…

    Há, emerson mais dois jogos com chinelinho… mas claro que no mundial, todos vão estar em plena forma física, e mesmo se não estiverem, entram em campo assim mesmo, afinal de contas, vale qualquer sacrifício para jogar no Corinthians, esse time que “nós jogadores” aprendemos a amar e a dar o sangue por ele!!!

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/06/2012 14:35

      Por isso que eu torço tanto para os gringos jogarem bem. Mas ontem já não deu certo…

      Curtir

    • 08/06/2012 15:51

      Vc acha q Emerson não iria querer ir pro Rio jogar e depois ficar a folga por lá? Concordo não.

      E não posso duvidar da competência do nosso DM sem informações seguras…

      Curtir

  7. Marcos permalink
    08/06/2012 0:55

    O Adenor é e sempre foi ceifador de atacantes, o JH fazia gols e se tornou um marcador de laterais, assim como Willian e agora será com o Romarinho e Martinez, ambos se dedicarão apenas a segurar a bronca do Alessandro e Fábio Santos, assim como o peruano II será um 3º volante. Nada me tira da cabeça que o Liédson saiu porque não aguentava mais jogar marcando volante, pois mesmo manco, de muletas, se ficar na área, fará gols (vide os 5×0 contra os bambis, único jogo no período “Adenoriano” em que jogou de fato como centroavante), mas com o Adenor, marcando o volante adversário, jamais terá pernas para chegar na área. Enfim, nos arrastaremos nesse esquema até o fim, empatando, empatando e empatando, no meio da tabela, sendo elogiados pelos comentaristas toscos pelo futebol “italiano”…e em dezembro…só em dezembro mesmo…

    Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      08/06/2012 16:14

      1- O Jorge Henrique fazia os golzinhos dele uma vez ou outra. Ele teve uma boa sequencia naqueles jogos da Copa do Brasil de 2009 -marcando contra o time do convênio e contra o time do DVD. Nos tempos do Mano, ele também era visto ajudando na marcação vindo até quase a nossa linha de fundo.
      2- O esquema era o mesmo o ano passado e nem por isso o Liedson deixou de fazer seus gols. Ao ser inquerido se o esquema estava “matando” o Liedson, o doutor Osmar respondeu que havia um certo exagero em tal idéia. Ora se o Liedson não jogasse como centro-avante, ele não teria feito os gols que marcou contra o Figueirense, o Avaí, o Atlético Mineiro, o Botafogo….quase todos feitos na pequena área.

      Curtir

      • bloguedotimao77 permalink*
        08/09/2012 1:12

        Justamente! O Liedson de 2011 resolveu uma pá de jogos sozinho.

        Sem um cara desses, é 1 chute a cada meia hora.

        Curtir

  8. Nicolas permalink
    08/05/2012 23:04

    Eu tenho o maior respeito pelo Jorge Henrique. É um jogador raçudo e muito útil. Só que já está claro que fazer gols não é o seu forte. Aderiu tanto ao papel de ser um “meia de sustentação” que não consegue produzir no ataque. E, assim, o time passou a ter um só jogador no ataque, o Romarinho. O Danilo é um meia-extremo. Um jogador de meio-campo que joga aberto. Não é um “winger” ou um atacante. Teve, é verdade, ótimo rendimento na Libertadores, fazendo gols importantes. Mas, não sei se devemos esperar que sempre apareça para resolver os jogos.

    O Douglas é um meia-armador que está com dificuldades porque não tem a quem lançar. É como um arco sem flechas.

    Por gols marcados, a média do Corinthians é de 0,9 gol por jogo, o que o colocaria entre o décimo-quarto ou décimo-sétimo lugar. Portanto, o rendimento ofensivo teria de melhorar muito.

    Para complicar um retorno ou um “comeback”, vejo dois problemas adicionais: a) um relaxamento precoce dos jogadores ; b) o status que o time assumiu ao vencer a Libertadores, fazendo com que outros times grandes joguem com esforço redobrado para ao menos obter empates.

    Curtir

    • Bruno Pereira permalink
      08/05/2012 23:26

      O problema mesmo é a organização do ataque. Comparando com os times de cima da tabela, temos um número baixo de gols sofridos, ou seja, nossa defesa é sólida. Mas, se olharmos o número de gols feitos, nosso desempenho é equivalente ao das equipes na zona de rebaixamento. Tem coisa errada aí.

      Só analisar os números não resulta em nada, mas pode ser um bom indicativo dos problemas que atormentam o nosso time.

      Curtir

  9. Múcio Rodolfo permalink
    08/05/2012 23:04

    Pelo que entendi na transmissão, o Adenor -“o Mourinho do patropi”- não quer repetir o equivoco comentido por seus colegas do Manjubinha e do Entregacional. Esse mesmo Adenor, o ano passado deu uma declaração demonstrando a importância de se vencer num campeonato de pontos corridos. Vamos lembrar que foi isto o que nos permitiu a chegar na ultima rodada com uma situação um tanto que confortável. Talvez haja um descompasso entre a teoria e a prática titeana. O fato é que este esquema tão execrado aqui e em outras áreas vem se mostrando eficaz. Como disse o comentarista, não é um futebol agradável de se ver, mas….Se bem que eu acho o nosso toque de bola, bonito. As inversões de jogada…O que está faltando é caprichar mais na pontaria, mesmo. Não só o Romarinho ou o Jorge Henrique. Eu só sei de uma coisa, mais uma vez fomos ao campo inimigo e dominamos a partida. E o inimigo não era um adversário qualquer. Era um dos líderes do campeonato.

    Curtir

    • 08/05/2012 23:16

      Mas já tá ficando chata essa história de dominar a partida e sair sem a vitória. Esse domínio é inútil, já que pouco criamos. Na verdade, ele só serve para o time correr poucos riscos e levar uma quantidade pequena de gols, o que pro Tite com certeza já garante um orgasmo. A gente não corre o risco de perder mas não se arrisca a vencer. Resultado = empate.
      E de qualquer forma, dominar um dos líderes e reconhecidamente melhores times do país, como nós dominamos, dá ainda mais raiva. Era pra estarmos perto deles, pra no começo do segundo turno arrancar e vencer o campeonato. Já está claro que isso não vai acontecer.

      Curtir

      • Bruno Pereira permalink
        08/05/2012 23:29

        Eu não seria tão pessimista a ponto de afirmar que não dá mais pra ganhar o Brasileiro, mas precisa mudar alguma coisa e rápido, pra conseguir alguma coisa decente ao menos.

        Curtir

        • Múcio Rodolfo permalink
          08/05/2012 23:41

          Mas se pegarmos o nosso rendimento depois daquele inoportuno jogo-festa diante do Botafogo, ele está sendo pelo menos decente.

          Curtir

        • Bruno Pereira permalink
          08/06/2012 0:02

          O que falta é traduzir o rendimento em resultado. Eu quero mesmo o título, mas se conseguirmos terminar o ano apresentando um bom futebol já fico satisfeito.

          Curtir

      • Zé Carlos permalink
        08/06/2012 6:40

        O problema é que o Tite continua jogando por um ponto fora e três em casa, como ainda estivesse liderando o Brasileirão 2011.
        Na atual conjuntura, essa estratégia aí não nos levará a lugar nenhum.

        Curtir

  10. Meia permalink
    08/05/2012 22:42

    como comentaram atrás, Tite faz(ia) um herói por jogo. No jogo de hoje, Romarinho(travado na hora do chute), JH(perdeu gol com o Prass vencido) e Paulinho (que chutou cruzado sem chance pro Prass, mas a bola passou pela direita do gol). Antes essas bolas estavam entrando e mascaravam o rendimento ofensivo do time. O time carece de jogadas ofensivas, isso não é de hoje. Nossos laterais não apoiam bem, a saída de bola sem o chicão piorou muito.

    Romarinho sozinho no ataque não consegue achar espaço para as jogadas que consagraram ele nos dois primeiros jogos do Corinthians, JH não consegue criar esses espaços como o Sheik faz. A segurança que JH deu para o time foi importantíssima para a libertadores, mas em pontos corridos abdicar de gols significa abdicar de pontos…

    E o tão criticado Alex está fazendo falta, tanto o Alex do ano passado, que acertou seus chutes de fora da área, armava contra-ataques e assistências, quanto o Alex da libertadores desse ano, que decidiu na bola parada…

    Curtir

    • Luciano Guedes permalink
      08/05/2012 23:43

      Verdade, o Alex tá fazendo muita falta. Acho que mais da metade de nossos gols passava pelo pé dele.

      Curtir

    • 08/06/2012 12:47

      É o que eu penso também. Alex, mesmo jogando mal, achava soluções para o jogo amarrado (Liédson era assim em 2011 também).

      O time está ruim no ataque, mas discordo do Tite quando ele diz que vai mudar a escalação. Acho que a coisa é mais de organização e menos dos jogadores que entram (mesmo considerando a presença inútil do JH ontem no ataque, ainda acho que a coisa é mais tática do que de jogadores).

      Curtir

  11. 08/05/2012 22:18

    O que me deixa puto é que a inteligência e o talento que o Romarinho aparenta ter acabam ofuscados pela incompetência do Tite ao escalá-lo de forma errada. Já tem gente por ai comparando-o com o Dentinho. Francamente, tão querendo que o cara mate um chutão vindo da defesa e, sozinho lá na frente, drible os 2 volantes, 1 lateral e 2 zagueiros e entre com bola e tudo no gol. Teve dois lances em que ele ficou de frente para a defesa do Vasco e não tinha ninguém pra tabelar. Teve que segurar a bola e esperar pela chegada de alguém. É claro que ele precisa melhorar a finalização, mas querer crucificar o moleque é demais.

    Essa história do empate fora de casa já tá ficando tão descarada, que eu estou começando a me convencer de que na semifinal contra o Santos, o Tite não só escalou o time pra empatar o segundo jogo, como rezou pra que isso acontecesse. É quase como se ele quisesse provar pra todo mundo que essa tese dele é a mais correta. Como nós haviamos vencido a primeira partida na Vila, tinhamos que empatar no Pacaembu pra mostrar que a fórmula pra vencer o confronto de mata-mata é essa. É empate-vitória ou vice-versa. Vitória-vitória? Nunca. Basta lembrar o que ocorreu com o Inter dele na final da Sulamericana 2009. Só que alguém podia avisá-lo que o Brasileirão não é disputado mais em mata-mata há quase 10 anos, então empatar, muitas vezes, chega a ser tão ruim quanto perder.

    Curtir

    • 08/05/2012 22:23

      * Sulamericana 2008.

      Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      08/06/2012 0:18

      Eu estava vendo os melhores momentos da segunda partida semifinal contra o Manjubinha. O Corintians frequentou mais o ataque do que o adversário. Foram mais chances criadas pelo Corinthians, embora a obrigação de vencer fosse do outro.

      Curtir

      • 08/06/2012 12:41

        É diferente: no 2º jogo, Corinthians recuou toda vida até tomar o gol que levaria para os penais. Aí sim foi para cima fazer o gol de bola parada.

        Curtir

        • Múcio Rodolfo permalink
          08/06/2012 16:23

          No segundo jogo, Alvaro, o Corinthians pressionou o Manjubinha até por volta dos 30 minutos do primeiro. Depois deu uma recuada básica. Algo tanto natural, que acontece num jogo marcado pelo equilíbrio.

          Curtir

  12. Paulo permalink
    08/05/2012 21:31

    Concordo quanto ao diagnóstico; tenho dúvidas quanto aos prognósticos. Realmente, Tite pensou primeiro em não perder e armou o time pra isso, pensando, seguramente, em ganhar numa ou duas bolas, se possível ( quase conseguiu, frise-se ). Alguém mais aí viu o Cássio, aos 36/37 minutos do segundo tempo, num jogo de seis pontos que era crucial para pretensão de título, segurando a bola e demorando para repô-la, o que, por sinal, fez o jogo todo? Esse time já abandonou o campeonato ( não acho que combinaram, apenas há um entendimento tácito – e até certo ponto natural e inevitável, faltou só combinar com o meu bolso e o de outros, que pagam ppv ou fiel-torcedor – entre boleiros, comissão técnica, diretoria e, se bobear, até parcela da torcida ). Todavia, acho que eles estão se empenhando, de alguma forma. Não querem dar vexame ( como foi a derrota para o Bostinha em pleno Pacaembu ) e creio que irão se empenhar para não pôr o time em quarentena total até dezembro, ciente do histórico desastroso no Mundial de outros brazucas que fizeram isso. Mas que estão em compasso de espera, parece-me bem provável, nessas alturas. É soda, senhores, mas tudo indica que o 2º semestre só começa em dezembro, pra nós ( até lá, vamos ter que nos limitar a tentar estragar a festa de alguns e ganhar de outros “rivais”, novos e tradicionais ). Se vai dar certo ou não, como preparação para os jogos no Japão, só o tempo dirá.

    Curtir

  13. 08/05/2012 20:43

    Não vi o jogo por compromissos familiares…mas li textos aqui e ali, falando que o Corinthians foi amplamente superior e só não ganhou o jogo por erros de finalização. E era o Vasco, para mim o líder efetivo do campeonato, desconsiderando o Galo paraguaio. Lendo o texto aqui parece que não jogamos nada contra o Catanduvense ehehe, fiquei confuso. Quanto ao resultado: empate nunca é uma boa, mas há 2 jogos nesse campeonato que o empate acaba não sendo ruim por não dar pontos ao adversário na briga: contra Vasco e Flu fora. Então, não achei o resultado horroroso não…

    Curtir

    • 08/05/2012 22:21

      Não perdemos por “erros de finalização” porque, afinal, não teve finalização… Ficamos penteando a bola pra lá e pra cá na esperança de um chute de fora da área do Alex ou um gol de cabeça do Paulinho-Danilo (que jogavam bem fora da área)…

      Curtir

      • Bruno Pereira permalink
        08/05/2012 23:33

        Alex e seus catapimbas fazem falta em um time que mal chuta a gol.

        Curtir

        • Zé Carlos permalink
          08/06/2012 6:47

          Então, temos que trazer o Bruno César de volta… rs

          Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: