Skip to content

Timão 1 x 0 AHL

12/12/2012

O joguinho de sempre, aquela coisinha mal distribuída em campo que não consegue se impor frente ao mais fraco. Jogo sim, jogo não, 2012 foi isso aí.

Uma dificuldade INATA na criação. Danilo marcando um gandula, Sheik o outro. Aliás, sobre este último, precisamos avisar ao RH do Parque S. Jorge que funcionário da casa só tem 30 dias de férias.

Será que “o herói da despertadores” achou que ficaria tanto tempo parado sem nenhum prejuízo? Tite, naquele momento que ele gosta tanto, aquele momento “Olhos nos olhos que eu quero ver”, não sacou que o cara não tinha preparo para jogar?

E teve o momento antológico em que Tite, o técnico de visão, empurrou o Douglas para a ponta direita e o Sheik veio para a armação…

Um gol achado e um 2o tempo padrão: recuo! Recuo! Substituição aleatória! Recuo!

Se Timão pegar o Chelsea na final, para o Titenaccio é melhor, pois jogador a jogador somos bem inferiores.

Se pegar o Monterrey seremos melhor tecnicamente, mas com essa dificuldade eterna de nos impormos frente a um adversário inferior.

Mas eu quero ganhar do Chelsea! Go blues!

Anúncios
46 Comentários leave one →
  1. 12/14/2012 11:49

    O Corinthians tem uma boa chance de vencer essa final, pois como o primeiro jogo foi tecnicamente ruim, o Chelsea não pôde acompanhar o potencial do Timão. http://futebolporpaixao.blogspot.com.br/2012/12/sera-que-o-chelsea-conhece-o-corinthians.html

    Curtir

  2. Cesar Augusto permalink
    12/13/2012 14:00

    Que venha o Chelsea. É bom time, melhor que o Corinthians, individualmente, mais rápido, mas a defesa é fraca, apesar que o David Luiz, de volante, foi muito bem e deu mais tranquilidade ao sistema defensivo, embora o Monterrey não tenha testado a defesa dos azuis.

    De qualquer forma, temos chances, de aproximadamente, 40%. É mais que o Santos, no ano passado, apesar que as chances peixeiras se diluíram na escalação de 3 zagueiros contra uma equipe sem centroavante fixo.

    Acho que precisaremos, novamente, de um jogador que não está bem, mas sempre cresce nas decisões:

    Jorge Henrique, o melhor 2º lateral do mundo.

    Sofreremos, mas, ao final, como tenho dito, está escrito nas estrelas que, de uma forma ou de outra e parodiando, o filósofo Vicente Matheus, “haja o que hajar o Corinthians será campeão”.

    >>>

    Quem lembra da semifinal do Brasileiro de 1981 entre SPFC x Botafogo, sabe muito bem do que é capaz o clube das 13 listras e os seus capangas.

    O título foi merecido, sim, pois o Tigre é ruim demais, mas o “modus operandi” da canalhice não pode ser silenciado pela mídia, que é canalha ao extremo, e já condenou, sumariamente, os argentinos.

    Agora, imagine você, corinthiano, se os papeis estivessem invertidos, ou seja, o Corinthians na Sul-Amricana e os Leonores, no Mundial. Imaginem, a humilhação que sofreríamos por vencermos um torneio de M, sem eliminarmos nenhum time que preste e comemorarmos como se fosse a conquista de um título mundial. Como foi o SPFC, que venceu essa merda, a mídia passa um pano para a competição de 3ª linha. Um silêncio ensurdecedor.

    Curtir

    • marcusvcn permalink
      12/13/2012 14:21

      Cesar, estou contigo e não abro.

      Também acho que é jogo para o Jorge Henrique, sem o Douglas, aproveitando o posicionamento do Guerrero como pivô para as subidas do Danilo e Paulinho. Essa é a tese.

      Se ganharmos será o coroamento do Titenaccio. Mas o Corinthians é maior, e o título será nosso.

      Quanto à palhaçada da cucaracha´s B, acho que nem o mais anti dos antis teve algum argumento cabível, se a cucaracha´s A é um campeonato de várzea, o rei ficou nuzinho quanto à essa tal sulamericana.

      Curtir

  3. Nicolas permalink
    12/13/2012 13:35

    O emocional não deveria atrapalhar um time com tantos jogadores experientes. Uma das vantagens de ter um time experiente é que supostamente não acusaria este problema. E é curioso ver como os times sulamericanos sofrem nas semifinais contra times inferiores. Pode ser muito mais um problema tático ou técnico do que emocional. O Chelsea não sofreu nada contra o Monterrey.

    O Corinthians até que se defende bem mas sofre quando tem de ir ao ataque. Volta e meia, a gente vê um jogador isolado tentando conduzir um ataque solitário. Considerando que não há tanta qualidade individual, as defesas adotam uma compactação, a chance de êxito é muito pequena. Eu penso que seria importante tentar uma melhor circulação da bola, aprimorando a troca de passes e buscando um jogador com melhor condição. É verdade que não é fácil tentar implantar essa filosofia de uma hora para outra. Requer jogadores menos “fominhas” e com mentalidade coletiva. É um pouco a ideia do basquete, os técnicos da NBA sempre dizem que os seus ataques vão melhor quando conseguem mover bem a bola.

    Curtir

  4. 12/13/2012 11:46

    Será um jogão neste domingo e obrigatoriamente contra o mais forte.

    http://futebolporpaixao.blogspot.com.br/2012/12/corinthians-enfrentara-o-chelsea-em.html

    Curtir

  5. Estevam permalink
    12/12/2012 23:16

    Vamos ser campeões, apesar do tite, com a ajuda de São Jorge.
    Para o ano que vem creio que vai ser o mesmo que neste ano: se São Jorge ajudar, vamos bem, senão…
    A diretoria tem um amor pelo tite que o resultado em campo não explica. E a torcida não se posiciona contra o tite porque vive anestesiada com o título da libertadores. Nada explica o tite ser mantido depois de entregar o BR-2010 e do vexame contra o tolima.
    Com o nosso elenco e faturamento deveríamos entrar em qualquer campeonato como favoritos disparados, no entanto, graças ao tite, somos apenas “mais um”.
    A diretoria vai continuar se contentando com pouco e pagando caro por este pouco.

    Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      12/13/2012 0:06

      Estevam. O Adenor estava empregado no Oriente. O time dele ia disputar o Mundial. Ele abriu mão do emprego para trabalhar no Corinthians. Quando ele pegou o Corinthians, o time estava em queda livre. A imprensa considerava o Manjubinha e os Leonores como mais cotados para disputar o título com o time do Convênio. O Adenor colocou o time de novo na briga. FEz oito jogos, pegando o Vila Sonia, o Chiqueirense, o Cruzeiro, o Vasco e o Flamengo e terminou invicto. Se a diretoria o demite naquele momento seria detonada. Ok. Ele poderia ter sido demitido depois do vexame frente ao Tolima ou depois de perder o campeonato para o Manjubinha. Não foi. E depois disso, ganhamos o Campeonato Brasileiro e a Cucaracha Cup. E isso, com sua licença, não é pouco. Valeu.

      Curtir

      • Estevam permalink
        12/13/2012 9:49

        Múcio respeito sua opinião.
        Minhas considerações:
        1) O tite saiu das arábias para ser muito bem pago pelo Corinthians, num time muito rico e organizado. Não temos nada que ser gratos a ele por isto, é muito diferente de queando veio o R9, por exemplo, que este sim, veio apostando num projeto que ainda engatinhava.
        2) Não vejo mérito do tite na conquista do BR 2011 nem da Libertadores. Acho apenas que el não conseguiu atrapalhar o suficiente, o elenco. Já no BR 2010 e no Tolima, aí sim ele conseguiu atrapalhar o suficiente para ficar nos devendo estes 2 canecos.
        2.1) BR 2010: Na reta final, empatamos com o Vitória e o Goiás, (rebaixados!) graças a substituições idiotas do tite. Perdemos o caneco que estava 99% ganho.
        2.2) Tolima: tomamos sufoco e nó tático de um time pior que o Radium de Mococa.
        2.3) BR 2011: Quase perdemos outro campeonato 99% ganho, na reta final quando ganhamos foi raspando, mesmo de adversários ridículos. e fomos para a última rodada gastando todas as rezas possíveis para São Jorge.
        2.4) Libertadores: A qualidade do elenco, e a desobediência do Romarinho ao tite (Romarinho atacava) nos deram o título. O tite não teve nenhum mérito tático, e pelos erros de fundamento, também não tem mérito no treinamento do time (só rachão).

        Em resumo: o tite tem 0% de mérito nas nossas conquistas, e tem 100% de culpa nas nosssas tristezas.
        O trabalho dele é do nível de qualquer técnico que tem por aí, não vale nem 50 mil por mês.
        Estamos comprando uma Ferrrari e dando para o Satoru Nakagima pilotar.

        Curtir

        • Múcio Rodolfo permalink
          12/13/2012 12:48

          1- Não é questão de gratidão, Estevam, mas de ver aquilo que é certo…Quando a diretoria do Corinthians foi conversar com o Adenor deve ter se comprometido a mantê-lo no cargo caso o título não fosse conquistado. Na Arábia, ele não recebia um salário de fome. Poderia muito bem se apegar a estabilidade no emprego e ter ficado por lá.
          2- O Adenor assumiu o Corinthians faltando 8 rodadas para terminar campeonato. Foram 5 vitórias e 3 empates, totalizando 18 pontos. O Corinthians terminou com 68. O time do convênio somou os mesmos 18 pontos. Terminou com 71 pontos, o que significa que na trigêsima primeira rodada contava com 53 pontos. O Cruzeiro terminou com 69, tendo ganhado 15 pontos em 8 jogos, ou seja, tinha na 31ª rodada 53 pontos. O Corinthians ocupava a terceira colocação quando o Adenor assumiu e manteve esta posição no final,mas se vc pegar o aproveitamento dele nas ultimas rodadas, verá que ele colocou o time de novo na briga. A tendência era do time despencar ladeira abaixo. Traduzindo: o campeonato de 2010 era conquistável, mas não se pode dizer que era 99% ganho. E vamos lembrar que se o Tite errou em Salvador, as entegadas dos nossos rivais também pesou na balança.
          3- Em relação ao Tolima não tem o que discutir. Armar o time com 3 volantes e 0 meias não tem como defender.

          Curtir

  6. 12/12/2012 22:47

    A gauchização do futebol nacional é um dos fenômenos mais tristes dos últimos tempos, especialmente pela volta de Felipão à seleção.

    Agora então que Tite achou Guerrero e pode apostar nesse horroroso jogo aéreo, a coisa ficou feia pra nós. Eu fui defensor de Guerrero, defendi-o aqui algumas vezes, mas se eu soubesse que ele viria para tornar o Corinthians um novo Grêmio, eu teria outra opinião (e olha que eu gostava do Grêmio com Paulo Nunes e Jardel, mas os tempos são outros).

    Se na Libertadores nós já criticávamos, porque o time poderia ter uma postura tática, agora então ficou insustentável. A primeira mudança necessária é fazer Romarinho voltar ao time (e liberá-lo ao menos um pouco para atacar).

    Eu sempre fico tentado a torcer pelo Chelsea (contra o Corinthians), mas é ingenuidade achar que uma derrota faria Tite sair do seu cargo. Vou torcer pra que um raio o atinja então 🙂

    Curtir

    • Estevam permalink
      12/12/2012 23:00

      Eu torço por um AVC.

      Curtir

    • David 77 permalink
      12/13/2012 5:52

      Posso torcer pro Tite ir pra pqp, mas dai torcer pra uma derrota do Timão em final de mundial nem que o técnico fosse Judas em pessoa, até porque nem uma derrota vexatória tiraria ele de lá.

      Curtir

      • 12/13/2012 21:06

        Pois é, por isso eu disse que eu fico TENTADO, mas não o faço. AGORA, se JH entrar como titular no domingo, como eu vi noticiado hoje, bem, o Corinthians pode ser campeão, mas eu não acordo cedo pra ver, pode ter certeza 🙂

        Curtir

    • 12/14/2012 17:00

      Muito interessante seu blog.

      Quanto ao Corinthians, sem chance de torcer contra, mesmo que jogássemos com o time inteiro de ex-palmeirenses.

      Vou deixar a crise de identidade gaúcha para terça.

      Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        12/14/2012 17:38

        Eu vou mais além……mesmo que tivesse 11 “Paulos Nunes” eu torcereia contra……

        Curtir

      • 12/14/2012 20:41

        Valeu, Marcus.

        Torcer contra eu não vou. Agora, se eu vou acordar cedo no domingo pra torcer (aqui em Salvador eu precisaria acordar 7:30), isso depende da escalação de Tite.

        Curtir

        • 12/14/2012 23:23

          Cássio, FS, PA, Chicão e Alessandro, Ralf, Paulinho, Danilo e JH, Emerson e Guerrero.

          Vamo com fé!

          Curtir

        • 12/15/2012 19:32

          Vocês viram que eu tentei.. JH, não dá, desculpem.

          Vou dormir até tarde porque hoje de noite talvez eu saia (e segundo dou aula cedo). Boa sorte pra vocês, torcedores!

          Curtir

  7. Múcio Rodolfo permalink
    12/12/2012 19:19

    1- Ah esse Corinthians! Sempre tem um jeito de colocá-lo em dúvida. Antes a ressalva era de que não fazia gols depois de cobranças de falta ou de escanteio. Até desanimava quanto tinha um lance desse tipo. Não ia dar em nada mesmo. Ai, o Paulinho marcou aquele gol emocionante em cima do Vice da Gama após uma cobrança de escanteio; o Danilo incendiou o Pacaembu depois de uma cobrança de falta e a cucaracha ficou mais próxima depois de outra cobrança de falta. Mas fazer gols de bola parada é preocupante! Houve um tempo em que a restrição era a ausência de um homem-gol, principalmente com a má fase do Liedson. Time para ser campeão precisa de um matador. Ai pinta um Guerrero, autor de gols isolados que vem nos garantindo algumas vitórias e isto é posto como sendo algo negativo.
    2- DEpois das ressalvas que fizeram no CB do ano passado, na cucaracha deste ano….surgem as ressalvas que nos afasam do bicampeonato. Antes de mais nada, se perdermos vai ser algo normal, natural -seja contra o Chelsea, seja contra o Monterey. Vamos lembrar o quanto o futebol mexicando tem crescido nos ultimos tempos. As Olimpíadas são recentes. Perdemos a final de um mundial sub-17 pra eles, tomando um chocolate. Mas acredito que temos plenas condições de ganhar mesmo que o adversário seja o time que do goleiro ao ponta esquerda, todos são “infinitamente” superiores ao quadro corinthiano.
    3- Eu acredito que a diretoria esteja atenta a necessidade de renovação. Pelo menos deveria estar. SE bem que se pensarmos que não foi feito nenhum esforço para segurar o Marquinhos e que o jogador contratado para o seu lugar foi o Polga…..

    Curtir

  8. Max permalink
    12/12/2012 17:07

    Quero ressaltar que apesar de feio de assistir, o titenaccio dá resultado. Vide Br-11 e Lib-12.
    Ninguém tem fôlego pra se lançar com tudo ao ataque e ainda marcar bem atrás.
    Cansei de ver o Corinthians de Mano sufocar adversários fechados no pacaembu e tomar gols de contra ataque e às vezes não conseguir buscar o resultado.

    Curtir

  9. 12/12/2012 16:52

    Pô e aconteceu justamente o que você disse em um post passado. O adversário mais fácil acabou sendo o mais difícil, pela dificuldade em se impor diante dele.

    http://futebolporpaixao.blogspot.com.br/2012/12/corinthians-esta-na-final-do-mundial-de.html

    Curtir

  10. André Pinheiro permalink
    12/12/2012 16:28

    um burro com sorte…. o que gostei foi que hj pela primeira vez algum jogador se manifestou contra o titenaccio

    Curtir

    • André Pinheiro permalink
      12/12/2012 16:30

      outra coisa nao consigo entender o martinez ser preterido ao inves de romarinho, peruano e jh.

      Curtir

      • André Pinheiro permalink
        12/12/2012 16:34

        tecnico que bateu no peito e falou que o corinthians nao ficava com a bunda la atras esperando o adversario, quando foi comparado ao chelsea, ele fez o que hj entao?

        Curtir

  11. Max permalink
    12/12/2012 15:38

    A bola parada ou área nos salvou na libertadores contra vasco, sfc e boca. Até as oitavas o nível dos adversários foi ridículo pra poder usar como parâmetro.
    Nosso time joga por uma bola e destruindo o jogo adversário há dois anos, não adianta querer novidade nos dois últimos jogos do ano.
    Momentos raros de bom futebol apareceram como no primeiro tempo do jogo de ida das semis na vila.
    O cenário dá final será parecido com o de hoje com o agravante que o adversário terá muito mais qualidade no passe e na finalização tanto de dentro quanto de fora da área.
    Fisicamente esse elenco não consegue repetir o nível de marcação pro ano que vem.

    Curtir

  12. Manu Corinthianu permalink
    12/12/2012 14:00

    Vc citou só essa inversão de posição entre o Douglas e o Sheik, mas pra mim toda a movimentação que rolou entre os homens de frente foi bizarra. Teve uma hora que o Guerrero foi pro lado e o Danilo pra falso 9. Se vc quer manter esse tipo de movimentação, por que diabos colocar um centroavante mais pesado no time? O sujeito entrou pra fazer o pivô mas volta e meia desaparecia ali da frente. Não era melhor ter escalado uma equipe semelhante à da final da Libertadores, com Romarinho no lugar do peruano?

    Curtir

    • 12/12/2012 14:19

      Achei até que o Guerrero foi bem, não só pelo gol, que poderia ter sido do Danilo, mas porque havia uma referência no ataque.

      No primeiro tempo, com o Al Ahli atrás, o Guerrero era um opção, encontrou pelo menos um gol e outra vez achou o Paulinho também, que não conseguiu o gol.

      No segundo tempo, era o momento do Émerson, tiraria o Danilo para colocar o Romarinho.

      Nosso recuo previsível possibilitaria ao esfomeado e ao aniversariante (que tem fome também) aproveitar os espaços do adversário, coisa que em sua primeira jogada Romarinho conseguiu ao lançar Paulinho, que não finalizou de primeira e possibilitou o desarme.

      Abraços,

      Curtir

  13. Raphael permalink
    12/12/2012 13:29

    Esse joguinho meia-boca que fazemos com o Tite no comando pode até nos dar o título mundial, mas vai contra o futebol. Fora que se a diretoria arrota por aí que o Corinthians será o maior clube do mundo em breve, esse futebol é um anti-marketing tremendo disso…

    O problema não é nem se defender, o problema é apenas se defender… e fazer isso mal. O Corinthians mais uma vez abdicou do ataque depois do gol, tivemos apenas uma jogada isolada do Paulinho e deu. Por que absolutamente sempre mudamos de atitude depois do gol? Antes o time tocava a bola e tinha domínio do jogo.

    Outra: podem falar mal do Guerrero, mas acho que dos últimos gols do Corinthians ele marcou quase todos. Se isso é bom pelo lado individual, ao mesmo tempo é péssimo pois uma das poucas qualidades desse time era justamente o fato de vários jogadores marcarem os seus gols.

    Agora que venha Chelsea ou Monterrey… e que ganhemos, mesmo na base desse futebol meia-boca. E pelo amor de Deus não comparem com os outros brasileiros que também foram mal nesse 1º jogo… aqui é CORINTHIANS e não me importa o que aconteceu ou acontecerá com os outros times.

    FORA TITE, VOLTA MANO

    Curtir

    • Manu Corinthianu permalink
      12/12/2012 13:49

      Eu tenho pra mim que o prazo de validade desse time está para expirar, com ou sem titulo mundial. Não acredito em um 2013 vitorioso sem uma reformulação de elenco e, principalmente, de proposta e mentalidade de jogo. O foda é que não dá pra acreditar que o Tite será capaz de se recriar a ponto de conseguir isso.

      Curtir

      • Cesar Augusto permalink
        12/12/2012 14:17

        Eu não acredito em um 2013 vencedor com essa mentalidade tacanha sobre futebol e sem rejuvenescimento do elenco. Alguns jogadores, que foram úteis em outras oportunidades, como Emerson, Danilo e Alessandro já deram o que tinha que dar. E se não mudar o Treinador, 2013 será complicado, principalmente porque o mínimo que se exigirá é o título da Libertadores e uma ótima participação no Brasileiro. Se o comando não tiver essa visão, 2013 será terrível.

        Curtir

        • Daniel permalink
          12/12/2012 14:37

          Zabaletta e Davi Luiz são a cara do Corinthians! 🙂

          Curtir

        • André Pinheiro permalink
          12/12/2012 16:33

          podem mudar todo o elenco e o tite continuar vai dar na mesma.

          Curtir

  14. Cesar Augusto permalink
    12/12/2012 13:28

    Sem surpresa. Vitória magra, sofrida, com gol achado, inoperância ofensiva, ausência de contra-ataque, recuabilidade exagerada após o gol e muita competência defensiva. Este é o Corinthians, do Tite. Portanto, sem surpresa.

    O problema é que alguns jogadores estão jogando com o nome. Emerson é um deles. Hoje, como em todo o jogo pós 04 de julho, não acertou nada. Passes errados, pouca mobilidade e sempre escolheu a pior jogada para fazer. Em suma, não acertou nada, mas tem moral com o Treinador. Danilo é outro que vive do passado. Alguns toques inteligentes, uns cabeceios, mas quem tinha que sair era ele, não o Douglas, que sempre é escolhido pelo Adenor nas substituições.

    A defesa deu alguns sustos, mas no geral foi bem.

    Ralf não foi bem, diferentemente do Paulinho. E Guerrero calou a minha boca.

    Agora, é aguardar o Chelsea ou a zebra.

    Analisando o jogo, o resultado e, principalmente, suas implicações, entendo que o 1×0, no sufoco, foi o melhor que poderia ter acontecido ao Corinthians. Uma vitória por goleada, hoje, seria catastrófica, pois o oba-oba seria inevitável.

    Domingo, é guerra.

    >>>

    Eu não sei o que esses anticorinthianos têm na cabeça, sinceramente, ao menosprezar a presença da torcida do Corinthians, in Japan.

    Vejo, profissionais que se dizem sérios e imparciais dizerem que não há invasão e que, hoje, tinha menos público que o SPFC e o Inter, em 2005. De fato, tinha, mas SPFC e Inter jogaram em um estádio com capacidade de público maior, o estádio Nacional e tem mais: Hoje, há mais corinthianos que tricolores e colorados do que havia em 2005 e 2006. É óbvio, mas, mesmo assim, querem menosprezar a fiel, como acontece, até hoje, em relação a 1976, no Maracanã. Daqui a pouco, os antis vão dizer que tinham 2.000 corinthianos, em 1976. Ao menos, deveriam ouvir a entrevista do Francisco Horta que disse, textualmente, que vendeu 70.000 ingressos para o Corinthians e o Matheus pagou à vista.

    Curtir

    • Raphael permalink
      12/12/2012 13:31

      Sobre o público: os dois outros times jogaram em Tóquio e nós em Toyota… o número de torcedores neutros interessados é bem menor, sem dúvida.

      Curtir

    • 12/12/2012 14:09

      a) agora é guerra, coração na chuteira.

      b) o público do estádio era praticamente nosso, não havia quase locais ou egípcios, esse bruno thadeu que assinou a matéria do UOL só pode estar de brincadeira.

      Curtir

    • Cesar permalink
      12/12/2012 16:49

      b) Mal tinha acabado o jogo e já estava a manchete na uol. É de uma obviedade que no caso dos bambis e do entregacional havia público “turístico”, que irrita…Hoje só tinha torcida do Corinthians…

      Curtir

  15. Correa Leonardo permalink
    12/12/2012 12:57

    1. É, foi tenso, amigos, mas nada que já não tenhamos presenciado na campanha de 2011 contra times inexistentes como Avaí ou Atlético Goianiense. Logo já deveríamos estar conscientes de que, se saísse o gol, o recuo seria intenso e a posse de bola seria transferida ao adversário sem qualquer pudor.

    2. Se eu fosse o treinador o Sheik ficava de opção no banco pra final. Preguiçoso, indolente e burro (pô, com um minuto o cara vê que o juiz não marca qualquer coisinha e segue se atirando? Não é capaz de fazer a leitura do jogo).

    3. Largar o Martinez no banco pra colocar o JH é um crime de lesa-futebol. Nos minutos finais NINGUÉM segurava a bola lá na frente, e o Jorge errou tudo que tentou. Dose.

    4. Paulinho estava em dia de chavinha desligada. São Jorge o ilumine pra ela estar virada pro “on” na decisão…

    Curtir

  16. Fernando Souza Jr. permalink
    12/12/2012 12:42

    Hoje as limitações do Tite ficaram mais evidentes, porque o time foi mal tecnicamente, marcou mal, deu espaço, os destaques de outrora jogaram abaixo da crítica (Sheik, Paulinho) e, finalmente, o adversário era muito fraco. Danilo, sempre muito consciente, falou no pós jogo que a “estratégia adotada foi errada”. Confrontado com tal declaração, Tite não gostou e disse que “Danilo errou a palavra errada, o problema foi emocional”. O risco que o Corinthians correu hoje foi desnecessário, e a responsabilidade é inteira do Tite, incapaz de enxergar o que foi o jogo, resumindo a parada toda nessa história do “emocional”. (e como explicar que o “emocional” não atrapalhou o time naquela meia hora de primeiro tempo em que ele, mesmo precariamente, pôs a bola no chão e achou um gol? O tal “emocional” piorou conforme a ansiedade da estreia ficava para trás e o time vencia por um a zero, é isso que Tite está tentando emplacar?)
    Mas a final é outra história,, completamente diferente. As limitações aparecerão, mas acho que muita gente ali vai jogar mais. E tem a sorte do Tite, que jamais pode ser desprezada nessa hora.

    Curtir

  17. 12/12/2012 12:17

    Não me espanto com a recuabilidade, é assim, coisa do DNA que o Tite embutiu nos jogadores.

    Me espantou que a defesa, que embora toda recuada, foi muito mal.

    Cito dois nomes: Paulo André, nosso zagueiro-filósofo-PhD, que ficou lá atrás lendo Kant em alemão, e Ralf, este último, sim, estranhamente com a perna presa.

    Na filosofia de Tite, a qual entendo e é válida, Émerson e Danilo dariam as bolas para Guerrero, tendo Douglas e Paulinho como base de triangulação.

    Não vi nenhuma triangulação digna, mas reconheço que Guerrero não foi fominha, Émerson teria tentado qualquer ângulo impossível e não repassaria a bola ao Paulinho.

    No fim Tite colocou mais dois laterais, Romarinho e JH, pois antes o Fábio Santos se desentendia com Danilo, que não pode ficar preso atrás. Duas substituições no momento errado, o Nacional do Cairo se abria para a velocidade de Émerson, e Douglas apoiava melhor que Danilo, que não foi aproveitado como homem surpresa ao retornar ao meio de campo.

    Para mim vai ser final com Monterrey, e suaremos muito com um time que triangula bem as bolas.

    Curtir

    • Fernando Souza Jr. permalink
      12/12/2012 13:05

      Rapaz, eu achei que o Ralf foi um leão, porque marcou por ele e pelo Paulinho, que hoje, para o meu espanto, foi muito mal.

      Curtir

      • 12/12/2012 14:01

        Pois é, já achei que o Paulinho foi bem, mas foi muito ao ataque.

        Talvez por isso o Ralf tenha ficado sobrecarregado.

        Opiniões diversas, mas bem coerente seu comentário.

        Curtir

    • Raphael permalink
      12/12/2012 13:33

      O problema do Danilo e Emerson, além de individual, é que eles jogam muito abertos… não se movimentam, não têm para quem tocar a bola ou fazer triangulação. O Corinthians é um time de pebolim/totó em campo, estático e previsível.

      Curtir

  18. luis permalink
    12/12/2012 12:01

    Meu Deus, sofríverrrr… e o que é pior, quando o time fica recuado na defesa ainda deixa a intermediária aberta com condições do time adversário chuter de longa distância… se vai ficar atraz, ao mesmo que cerquem 1 a 1 sem deixar espaços para a batida… haja coração!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: