Skip to content

A essa moça tudo é permitido

12/13/2012

Pode secretário de segurança pública prendendo jogador adversário, pode muro assassino, pode gás no vestiário, pode “segurança” armado (ou delegado? by carcamanos).
Desculpem, mas eu não tenho mais paciência com essa proteção seletiva.
A minha pergunta é simples: cadê a câmara de segurança do corredor onde houve a batalha campal? E por que Lucas deu entrevista dissimulada quando questionado sobre a muvuca no corredor?

Posted from WordPress for Android

Anúncios
17 Comentários leave one →
  1. David 77 permalink
    12/15/2012 14:53

    A bagunça deve ter sido geral lá na Vila Sonia, vejam essa matéria no De Prima do sãopaulino Damato: http://blogs.lancenet.com.br/deprima/2012/12/14/diretor-nega-fraude-em-cativas-torcedor-rebate/#comments

    Curtir

  2. Cesar Augusto permalink
    12/14/2012 10:46

    O SPFC é o time da versão oficial, porque conta com o apoio quase que maciço da mídia antidesportiva do Brasil.

    Um simples exemplo:

    Um repórter do Lance, que não citarei o nome, disse que entrevistou o Jesus Lopes, o Mansur e o Leco e, obviamente, todos eles falaram que não aconteceu nada. E, desta forma, o repórter, com”raciocínio brilhante” disse que, de fato, não aconteceu nada porque 3 pessoas ligadas ao SPFC disseram que não aconteceu nada. Ou seja, se algum componente da diretoria do SPFC diz alguma versão, ela transforma-se, automaticamente, em verdade absoluta. O conraditório não existe. O cidadão em questão, que se diz jornalista, não faz jornalismo, faz assessoria de imprensa extra-oficial para os Leonores.

    Esse é o clube que, definiivamente, envergonha a história, mas conta com a complacência da mídia, que tem medo de falar qualquer coisa que desabone o SPFC.

    Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      12/14/2012 12:29

      Como os jornalistas dizem quando o clube envolvido é o Vila Sônia:
      “O diretor fulano de tal (geralmente é um apelido meigo ou pomposo) ESCLARECEU que …..”

      Como os jornalistas dizem quando o clube envolvido é o clube que incomoda:
      “O diretor fulano de tal (geralmente é um apelido meio de maloqueiro ou ligado a algum estabelecimento comercial) ALEGOU que….”

      Curtir

  3. Manu Corinthianu permalink
    12/13/2012 20:37

    O Mauro Cezar Pereira concorda fez um bom post a respeito – http://migre.me/cmVlf

    Curtir

  4. Pedro permalink
    12/13/2012 17:05

    E você esperava o que do clube que envergonha a história??

    Curtir

  5. David 77 permalink
    12/13/2012 16:36

    Como os “internacionais” bambis levam o nome do Brasil para o exterior
    http://futbol.as.com/futbol/2012/12/13/internacional/1355372176_708063.html
    Pena que a Conmebol é bundona e jamais vai mexer nesssa caixa de marimbondo.

    Curtir

  6. David 77 permalink
    12/13/2012 16:32

    Essa é a forma como o “internacional” são paulo leva o nome do Brasil para o exterior,
    http://futbol.as.com/futbol/2012/12/13/internacional/1355372176_708063.html
    Pena que a Conmebol é bundona e não vai levar nenhuma investigação a frente.

    Curtir

  7. Múcio Rodolfo permalink
    12/13/2012 16:20

    1- Tem um cartazete no feissibuqui no qual se reproduz uma entrevista dada pelo Marco Aurélio Cunha em 2006, no qual ele classificava a sulamericana de “cucaracha de segunda”. Agora conquistado o título, a imprensa “sádia e imparcial” esquece este detalhe e exalta o feito inedito! A Sulamericana não deixa de ser um título importante. Eu lembro da festa que os torcedores do Boca fizeram quando ganharam em 2004, na despedida do Carlito. Só que os ximezes jamais a desprezaram. Se não me falha a memória eles ganharam uma taça dessas em cima do Entregacional. Sinal de que dá para pegar um adversário decente. É difícil, mas não é impossível.
    2- No lance estava escrito assim: “sempre campeão”. Isto porque o “soberano” não ganhava porra nenhuma há 4 anos. Em outro jornal podia se ler “campeão na bola e na porrada”. Primeiro que ser campeão na bola diante de um adversário indigente tecnicamente não é nenhuma proeza e depois que quem deu a porrada nem foi jogador do Vila Sonia.Tivesse feito que nem o Urubuzento fez em 81, quando um garoto entrou em campo e deu uma senhora porrada no zagueiro chileno, tudo bem, mas do jeito que foi ontem…..
    3- Pelo que eu li o Vila Sonia proibiu o adversário de treinar, de se aquecer antes da partida. Atitudes típicas desse conceituadíssimo clube da fina elite paulistana. E não se esqueçam o gramado do Panetone destruído a golpes de picareta porque não queriam que o Chiqueirense fizesse ali a festa da conquista do título de 94.
    4- Tudo isso me faz sentir o maior orgulho da nossa conquista continental. Adversário de peso, sem incidentes…..Isso é Corinthians!

    Curtir

  8. Daniel permalink
    12/13/2012 16:00

    Que historia de muro assassino é essa? Desculpem a ignorância…

    Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      12/13/2012 16:10

      Não é referência ao que aconteceu na semifinal da gente contra o Vila Sonia em 2009?

      Curtir

      • Daniel permalink
        12/13/2012 17:32

        Não lembro, Múcio… 😦

        Curtir

        • Múcio Rodolfo permalink
          12/13/2012 17:45

          Na verdade o jogo foi na fase classificatória e não na semifinal.

          Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        12/13/2012 17:42

        Essa nota foi emitida pela diretoria do corinthians em fevereiro de 2009:

        “A diretoria do Corinthians lamenta os incidentes ocorridos ao término do jogo de domingo último, no Morumbi. Apesar do comportamento exemplar da nossa torcida e do empenho da Polícia Militar, bombas caseiras lançadas do estacionamento privativo dos sócios do São Paulo detonaram um processo de pânico, agravado pelo clima de animosidade, criado pela decisão equivocada do adversário de limitar nosso acesso ao Morumbi.

        Pior: a obra ora em execução na área de vazão da torcida visitante produz um afunilamento de torcedores na saída que desafia o bom senso e a prioridade que deveria ser atribuída à segurança dos clientes daquele estádio.

        Confiantes de que o Ministério Público saberá impor condições civilizadas de acesso e saída no Morumbi, o Corinthians se solidariza com seus torcedores vitimados, verdadeiros mártires da arrogância e incompetência de adversários que nos tratam como inimigos.”

        Curtir

        • Daniel permalink
          12/13/2012 18:39

          Foi esse jogo/fato o começo do não-jogar no panetone?

          Curtir

  9. Maurício permalink
    12/13/2012 15:59

    Porque ano passado independiente e Goiás jogaram a final num estádio para 28 mil e esse ano o pobre do tigre nao pode. Pela aegunda vez são favorecidos em final. Soma se a isso nao poder reconhecer no dia anterior e no dia do jogo como manda o regulamento. E lá eles fizeram o reconhecimento.
    Há quanto tempo nao se via invasão de campo em título?? Ninguém fala nada.
    A midia bambistica esta preocupada em mostrar q a invasão no japao nao existe. Vergonha
    O tigre veio pra bater, mas isso faz parte do jogo. Tática deles. E inocentaram os bambis de tudo.
    Todos os titulos sulamericanos dos bambis tem manchas, pois os 2 primeiros teve o dedo do pimenta q comprou a conmenbol o terceiro teve o jogo do patético -pr. E ontem foi apenas mais um.
    Daqui a pouco vão falar q foi a torcida do corinthians q. Bateu nos jogadores argentinos.

    Abs e vai corinthians

    Curtir

  10. 12/13/2012 15:32

    O Jadson assumiu que “O Bicho pegou lá”, após anunciado o título.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: