Skip to content

Corinthians 2×0 São Bernado, por enquanto vamos à Vila!

04/08/2013

Perdi parte do jogo e para mim ele começou no gol do JH. Àquelas horas, Edenilson jogava no meio, na posição do Paulinho, só que bem mais recuado. Estava indo bem, tocando algumas bolas verticais, jogando bola. Aliás, se lembrarmos que tem mais de ano que ele não joga na meia, ele foi é muito bem!

Mas aí Tite recua o cara para a lateral e o jogo fica bem ruim de se assistir. Sem nenhum meia de criação, 3 atacantes com sérias limitações no toque de bola (ou mesmo com uma má vontade em tocar para o colega que pode lhe roubar a posição) não produzem nada mesmo. Já sabemos disso. O curioso é que ouvi Tite (antes do jogo) reclamar que ainda não estamos retendo a bola o tanto que ele queria. Uai, mas não é ele quem escala só atacantes e estrutura a equipe num 4-2-4?

No 2o tempo, demora um tanto até a entrada de Danilo que já dá outro FRESCOR à partida. Foram um toque, dois toques… No 3o toque genial, um belo gol do Guerrero: 2×0, que poderia ser 3 se não tivessem deixado o nosso pior chutador bater o penal.

Sobre o São Bernardo, apesar de estar fora do Z8, se aproveitou do nosso menor número de jogadores no meio e ficou pertíssimo do empate, mostrando que o Corinthians está incrivelmente previsível, mesmo quando joga com mistão.

Individualmente a gente reclamou no Romarinho e ontem ele correu bastante.

Congelado o campeonato, cabe ao Timão pulverizar o sonho do TETRACAMPEONATO na Vilinha.

O fato dos fatos na semana foi mesmo a declaração do R9 sobre o Marin no O Globo. Fodástica, mas vamos aguardar 72 horas, na esperança de que não apareça algum desmentido e a fala, na medida certa (pegou o xiste?), se mantenha.

Romário e Ivo Herzog, filho do jornalista Vladimir Herzog, morto pela ditadura, entregaram petição na CBF, pedindo a saída de Marin, que foi deputado da Arena. O que acha?

Acho legítimo. Não sei até onde pode haver mudanças com este movimento. O que eles querem é o que eu também quero. Um choque de ordem no futebol brasileiro. Tem muita coisa que não queremos mais ver: falta de transparência, calendários ruins, brigas de torcidas… E se o Marin não consegue fazer isso… Tem de trocar. E tem de entrar alguém capaz de pôr tudo isso em prática. A CBF precisa se modernizar. O futebol precisa de pessoas jovens e dinâmicas, de ideias novas. Poxa… Em Copa do Mundo, cantamos o nosso hino! O futebol representa o nosso país. E quem vai representar a gente e cuidar do que é nosso?

http://blogdojuca.uol.com.br/2013/04/um-domingo-no-globo/

Anúncios
10 Comentários leave one →
  1. 04/09/2013 9:17

    Vi em algum lugar que estaria rolando uma articulação para trocar o Marin pelo Ronaldo no Comitê Organizador Local da Copa 2014. E depois botar o Andrés na CBF.

    Curtir

  2. Paulo permalink
    04/08/2013 22:21

    O Fenômeno está em campanha aberta pelo Sanchez. O engraçado é que RT foi aconselhado a deixar o cargo para se abrigar da lei em Miami, por obra e graça da Dilma, que, aparentemente, não tolera, igualmente, o Marin, mas também não dá a ele o ultimato que, por vias indiretas, deu ao Teixeira. Querem saber? Diante de João Havelange, Heleno Nunes, Giulite Coutinho, Octávio Pinto Guimarães, Nabi Abi Chedid, RT, Marin, etc, AS até que mereceria sua chance. Pelo menos, tem muito mais currículo e realizações para pleitear o cargo, convenhamos!

    Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      04/08/2013 23:07

      Posso estar enganado, mas o Giulite Coutinho foi imposto pelo CND quando a CBD foi extinta para dar lugar à CBF, que foi recebida com entusiasmo pela imprensa esportiva. Mas ai em determinado momento mostrou sua verdadeira face. Em 83 o Manjubinha FDT deveria disputar a Taça de Prata, assim como o fizeram o Chiqueirense e o time que incomoda. Mas deram um jeitinho para que ficasse na Taça de Ouro. Em 86, já com Otávio Pinto Guimarães virou aberração. Pra garantir a vaga do Vice da Gama na segunda fase, viraram a mesa no meio do campeonato. Ai veio o Ricardo Teixeira que foi ficando, ficando, ficando….Ganhou duas Copas. Organizou um campeonato enxuto,mas que ficou maculado por conta do caso Sandro Hiroshi, .e que deu de brinde alguns campeonatos brasileiros pra dois times que deitaram e rolaram nos esquemas escusos dos anos sessenta: a era “romântica” do futebol brasileiro.

      Curtir

  3. Cesar Augusto permalink
    04/08/2013 17:11

    1. Edenílson joga muito melhor de 2º volante que de lateral. Toca bem a bola, prende, dá o tempo. Na lateral, como dizem os gaúchios, é faceiro demais. Marca pouco, apoia mais ou menos e a cobertura é lamentável. Seria mais fácil deslocar o Guilherme andrade para a lateral, se bem que este atleta se contndiu gravemente ontem.

    2. Guilherme vem jogando muito bem, mas entendo que a sua característica é totalmente diferente do Paulinho. É mais técnico, mais lento, joga mais com a bola no pé, não infiltra.

    3. Será que ninguém lá no Corinthians treina pênaltis? Porra, todo jogo, têm pênalti perdido. O Paulista e a Libertadores podem ter decisões por pênaltis. Emerson e Guerrero nunca mais podem bater pênaltis. Eles, simplesmente, não tem técnica para isso. Dos titulares, o que melhor bate, por incrível que pareça, é o Fábio Santos, disparado.

    4. Hoje, pegaríamos o Santos, na VB, mas acho que, ao final, chegaremos em 4º lugar e pegaremos o Mogi ou o Palmeiras, em casa. Na semifinal, o SPFC e na final talvez o Santos. Seria épico eliminarmos na sequência, SEP, SPFC e SFC. Time por time, para valer, nenhum deles é páreo para o Corinthians, mas clássico é clássico, e futebol, ainda é futebol, onde nem sempre o melhor, aprentemente, vence.

    5. Não há nada que está ruim que não possa piorar. Marin é muito pior que Teixeira. Del Nero e seus gampos ilegais, além do seu péssimo Campeonato Paulista, é muito pior que Teixeira. Logo, qualquer coisa é melhor que esses Dinossauros, até o Andrés Sanches. Já Ronaldo tem muita força, muito carisma, boa imagem, mas não sabe nada de ética. Se ele tem jogadores que são assessorados pela sua empresa, a Nine, a condição de comentarista é inconcebível. Mas, duvido que seja pior que o Caio Ribeiro, o comentarista do óbvio.

    6. Volta Teixeira !!!

    Curtir

  4. Múcio Rodolfo permalink
    04/08/2013 16:35

    1- Wilson Junior começou no Corinthians. Fernando Baiano também. O primeiro fez boas defesas, pegando inclusive um penalti. Deu azar de ter surgido num momento em que o clube contava com Ronaldo, Ricardo Pinto e Wilson. Rodou por vários clubes médios e pequenos. Me parece melhor que muitos goleiros que passaram pelo Corinthians depois da saída do Dida. Futebol tem dessas coisas. Quanto ao Fernando Baiano, eu sempre admirei o futebol dele. É um fazedor de gols. Um cara que na minha modesta opinião não teve o recohecimento merecido. Foi sacaneado pelo profexô Madureira.
    2- O problema de jogar na Vila dos Chinelos Voadores é a pressão que eles fazem sobre a arbitragem que, vira e mexe, os favorece. Em 2008 foi assim. Na Cucaracha foi assim também. O ano passado com aquele impedimento triplo. Mas eu acho que o Corinthians ainda fica entre os 4 melhores classificados.
    3- Eu me pergunto por que fala-se tanto no Herzog e se esquece do Manuel Fiel Filho – um operário morto no mesmo periódo pela dituadura militar e em circunstâncias parecidas, “morto” por suicídio. Não estou minimizando o que aconteceu com o jornalista, mas criticando o esquecimento dedicado ao operário.
    4- Disseram que aquele amistoso na Bolivia foi por conta do que aconteceu com o menino Kevim. O Odir Cunha teve o disparate de dizer que o Neymala limpou a barra do Brasil. Eu se fosse dirigente do clube diria em alto e bom tom: “não temos nada a ver com este amistoso”.

    Curtir

    • Cesar Augusto permalink
      04/08/2013 17:24

      1. Fernando Baiano era um excelente centroavante. Mas, como veio da base, a torcida não perdoava seus equívocos. Lembro de um jogo contra o Guarani, no Morumbi, que com 5 minutos de jogo, no seu 1º lance e seu 1º erro, a torcida, em coro, pediu Dinei. Inadmissível, até porque o Dinei era bem mais ou menos, mas tinha o apoio geral e irrestrito da massa. Fernando Baiano foi artilheiro da LA 1999, quando meteu 5 gols no Cerro Porteño.

      2. Sempre somos roubados na Vila Belmiro. E se encararmos o Santos, na fase final, seremos roubados novamente, porque é assim, desde que o futebol é futebol.

      3. Manuel Fiel Filho, morto em 1976, salvo engano, não é tão lembrado quanto Herzog e o Rubens Paiva, pai do Marcelo Rubens Paiva talvez por se tratar de um Operário e não Jornalista, além, é claro, de não ter filhos famosos.

      4. Esse rapaz, Odir Cunha é um lunático que tem seus fãs, que são, assim como ele, cegos de ódio pelo Corinthians. O Corinthians, de fato, não tem nada aver com o amistoso que, pelo que li, já estava marcado há muito tempo para beneficiar os jogadores da Seleção Boliviana de 1963. O Marin tentou ser mais esperto que a esperteza e se queimou, de vez. A sua saída, eu não diria que é uma questão de horas, mas o cargo não é mais seu e nem do seu mentor, o Del Nero. Já temos um avanço. A minha chapa seria o Andrés e o Juvenal, os amigos de Whisky.

      Curtir

      • Fabiano permalink
        04/08/2013 20:30

        Na verdade, Fernando Baiano marcou 6 gols contra o Cerro Portenõ, porém um dos gols foi creditado ao Indio, senão ele seria o recordista de gols em um único gol da Libertadores, batendo o Edmundo que em 97 ou 98 marcou 5 num único jogo. De qualquer forma, ele foi mesmo injustiçado, pois era de fato um bom centroavante, muito melhor do que o Dinei.

        Curtir

        • Fabiano permalink
          04/08/2013 20:31

          Ops! quis dizer “recordista de gols em um único jogo”

          Curtir

  5. 04/08/2013 14:55

    Marin, que pediu a cabeça de Herzog, se cair será sucedido por Del Nero, do CCC.

    A escolha de um outro presidente da CBF cai no nome de Andrés. Este, ao menos, revelou competência no Corinthians, em que pese o estilo e as desconfianças relativas à transparência financeira.

    Mas, voltando, os dois primeiros senhores são excrecência maior que o genro de Havelange, e como a CBF é uma paraestatal, há mecanismos de órgãos de fiscalização e controle para intervirem nesta entidade de forma mais direta.

    Não sei como o discurso ainda não saiu para a prática, se a Presidenta sofreu com essa corja.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: