Skip to content

Mesa quando vencer é a obrigação

08/07/2013

8×0

Três coisas:

  • Não acho procedente falar em “meninos da vila”. Olha a escalação: Aranha; Rafael Galhardo, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Cícero, Leandrinho e Montillo; Thiago Ribeiro e Neilton.
  • Se o Botafogo enfrentasse o 13o do espanhol, também seria goleada?
  • Quando do 7×1, todos envolvidos foram vendidos na surdina num período de 1 ano. Sim, era outra diretoria, mas fica o lembrete.

Vitória humilhante ou vergonha

Não interessa que é na Vila. A vitória é obrigação. Que outro passe a vergonha de resgatar o vice campeão paulista. Tem de entrar com o espírito de golear, pois a fragilidades mental da outra equipe é absoluta. Não se perde jogo assim.

Assim como no caso do SPFC, acho improvável que caiam, pois os elencos são bem superiores à média. Mas a diversão está garantida!

Ibson está jogando muito!

E esse é o perigo. Para quê isso?!

Boquita voltou!

Para jogar no Atibaia… Eu achava ele jogador com potencial muito bom, por algumas razões:

  • Jogou bagarai na Copinha
  • Deu um passe inesquecível para o André Santos. Notem que é lance de importância histórica, pois era começo de reconstrução do clube, a nossa “Nova República”
  • Bom passador, entrava no 2o tempo para segurar mais os jogos ganhos

Oscilou como todo juvenil, mas não atingiu o sarrafo mais alto e olha que teve muita chance na Lusa.

Ponha a sua humilhação na nossa mesa da vitória!

Anúncios
14 Comentários leave one →
  1. Douglas Castanho permalink
    08/07/2013 23:46

    FOOOOOORA TIIIIITE!

    Curtir

  2. Cesar Augusto permalink
    08/07/2013 14:05

    Tenho receio apenas do excesso de respeito, que foi fundamental para, por exemplo, empatar com o SPFC e da questão física, que pode ser desculpa se não conquistarmos o resultado. O campeonato está nas mãos do Corinthians, ainda mais que demos um sorte danada no sorteio da Copa do Brasil, e os candidatos ao título aparecerão agora que em jogos de quarta e domingo sem muito tempo pata treinar. Como o Corinthians tem um elenco forte, a tendência é decolar no campeonato, mas é preciso, às vezes, arriscar e não se contentar com empates.

    ))))

    A derrota do Santos foi vergonhosa pela passividade demonstrada. Perder é uma coisa, é até normal, ser humilhado é que é o grande problema. O Santos andou em campo e fazer isso contra o Barcelona é suicídio.

    O SPFC também foi surrado pelo Bayern, mas, ao menos, se esforçou para evitar um vexame de enormes proporções. A diferença dos grandes europeus para os brasileiros é muito grande, o que aumenta o tamanho do feito corinthiano contra o Chelsea. Vencemos e jogamos de igual para igual, mas aí vão dizer que o Chelsea não é nada disso e tal e cousa e lousa e maripousa. Porém, a bem da verdade, o Chelsea foi campeão da Champions vencendo Barcelona e Bayern.

    O Español não seria goleado pelo Botafogo. Seria jogo equilibrado. Os gigantes espanhóis, Barça e Real, são muito melhores. Os outros,nem tanto.

    Curtir

  3. Morgana permalink
    08/07/2013 13:42

    A gente quer, mas acho dificil. O discurso do “respeito” é bem forte e temos poucos jogadores que desobedecem as ordens (Pato é banco por isso tbm). Quando o time é medíocre os nossos jogadores resolvem rapidinho e depois começam a descansar em campo, foi essa a impressão que tive domingo ainda no primeiro tempo, e era esse o mesmo ritmo de 2011.

    (Espero que essa opinião seja estilo a “Maldição do Impedimento” e eu queime a língua.)

    Outra coisa é que time brasileiro é preguiçoso. Fosse o Botafogo jogando no Brasil contra o Espanyol, se o jogo estivesse facil, talvez parasse de jogar no 1º tempo. Fosse na Espanha, talvez a ideia de se exibir fosse a estamina necessária pra termos um jogo melhor.

    Curtir

    • 08/07/2013 17:09

      Essa definição de time brasileiro é preguiçoso é a mais absoluta verdade. São pouquíssimas as equipes que venceram a preguiça.

      Lembro que esse era o forte do Luxa, naquele time dos 100 gols.

      Curtir

  4. Nicolas permalink
    08/07/2013 12:53

    O Santos está um verdadeiro mix entre os meninos e os idosos da Vila. Jogadores que ainda são imaturos e outros que estão em fase descendente na carreira. E com um técnico totalmente inexperiente. Uma boa fórmula para alcançar as derrotas. Mas nem sempre a derrota é garantida. Como diria o Jardel: – clássico é clássico e vice-versa!

    O SPFC está em uma grande maré derrotista. Assunto tratado com muito cuidado e zelo pela imprensa paulista, sempre tratando de poupar de críticas a administração e Rogério Ceni, o ícone são-paulino. A lição, tanto para SPFC como para SFC, é que não adianta ter elenco se não conseguir formar uma equipe. Não adianta só reunir bons jogadores tem que ter um bom conjunto capacitado a defender e atacar com eficiência.

    O placar dilatado causou uma crise no Santos. Na verdade, o jogo entre Bayern e São Paulo foi outro massacre, com 32 ou 33 finalizações contra 3. Os times europeus são verdadeiras seleções multinacionais, com grande investimento em jogadores de alto nível. E ainda tem um calendário racional a seu favor, para fazer uma preparação adequada. Os times ficam com dois meses e alguns dias para sua pré-temporada. Muito diferente do que acontece no Brasil. Para ter um mínimo de competitividade, a administração do futebol brasileiro teria de melhorar muito, o que vai ser difícil de acontecer com Marin e outros.

    Curtir

  5. André Pinheiro permalink
    08/07/2013 12:27

    conhecendo o nosso treineiro, infelizmente, acho que ele joga pro 0x0 que o santos tambem fazerá para evitar outro vexame.

    Curtir

  6. 08/07/2013 9:25

    O problema é teremos que ganhar de 9×0, senão os antis dirão que o Barça ia ensacar o Timão.(irônico desligado)

    Olha a patetada que os lambaris fizeram, agora todos tratam o futebol nacional com desprezo, goleada é obrigação para que tudo volte aos eixos.

    Curtir

    • 08/07/2013 10:19

      Não tinha pensado nessa! Realmente, todos os clubes brasileiros deveriam torcer para uma goleada corintiana hoje.

      É a única forma de mostrar ao mundo que o Santos não nos representa.

      Curtir

  7. Luís permalink
    08/07/2013 9:08

    É isso ai, vitória é obrigação, não pela fragilidade psicológica das meninas da vila, mas pelas pretensões do Corinthians para esse segundo semestre… temos que dar uma arrancada para encostar nos lideres, pois temos elenco para isso.

    Já quanto a ter ataque pra isso, são outros 500… no papel um belíssimo ataque, mas na pratica, criando e fazendo muito poucos gols!!!

    Sobre o Boquita, me espantou ver ele em uma equipe quase “de várzea”… ele não é jogador pra isso… não acho ele nenhum fenômeno, mas é para no mínimo estar em um clube da série B do Brasileiro… Com certeza deve ter sido rolo com empresários que o tirou do cenário nacional e o colocou em um clube do interior!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: