Skip to content

Botafogo 1×0 Corinthians, não existe burro com sorte eterna.

09/12/2013

Foi um jogo de testes & reflexões. Chato pracacete, mas se você dá um passo para trás, vai reparar um mundo de nuances com impactos diretos no que vai ocorrer em 2014.

Começando pelo resultado, o jogo era para terminar empatado, um belo resultado se você lembrar que Botafogo tem jogado consistentemente melhor que nós a temporada inteira.  Acontece que houve um erro do nosso treinador ao colocar um zagueiro na lateral esquerda e foi por ali que o novo menino craque da última semana fez 1×0. Não sei a escalação do nosso banco, mas não colocar um especialista na posição foi decisivo para a derrota. Claro que é aceitável a desculpa de que Igor já é uma opção de risco e o próximo lateral seria um juvenil. Lembremos que Tite pediu a contratação de um camisa 9 e não falou nada de lateral.

O jogo resume, creio eu, a desgraça da Copa das Confederações sobre a preparação dos clubes e compreender isto é fundamental para nos preparamos para 2014. Os dois times estavam bem abaixo de suas condições físicas, pareciam equipes em início de temporada. E quem se destaca nesse filme? A molecada que sai do banco nos cascos (repare outra nuance: como Pato entra e já recebe o MOTOROLA de melhor em campo. É a física, estúpido!).

Quem acompanhou outros jogos da rodada, notou o mesmo jogo cadenciado, com muitos erros técnicos de jogadores perto do esgotamento físico. Em 2014, o ano será ainda pior. Quem conseguir “otimizar” a preparação física leva o ano.

Taticamente o time estava mais desorganizado que o normal na frente, dificultando o trabalho de Douglas, que mesmo assim achou algumas bolas interessantes no 1º tempo.

Edenilson, novamente muito bem, provou a ruindade do Tite que manteve o rapaz amarrado na lateral todo este tempo. Maldonado foi desastroso, parecia coisa de propósito, como no lance em que ele ficou atrás da zaga matando nossa linha de impedimento. Ele não é tão ruim, aliás, não é um jogador ruim, mas ontem foi terrível. Tem coisa aí.

Imagino que a corinthianada voltou a real: não existe burro com sorte eterna ou não existe ainda no Brasil, um técnico que seja absolutamente confiável para o longo prazo. Tite é bom em uma série de coisas, mas num time com um elenco caro como o nosso, precisamos de um cara taticamente acima da média.

Futebol, mesmo num jogo irritante desses, ainda é uma coisa maravilhosa. E se Sheik tivesse feito o gol que perdeu no comecinho da partida? Qual seria o resultado final, o impacto sobre o campeonato e sobre a carreira do Tite?

Para quem não sabe, campeão brasileiro (tirando 2009) precisa de 73 pts ou 64% de aproveitamento (em 2010 e 2011 foram 71 pts). Faltam só 43 pts (2,38 pts/jogo, 80% de aproveitamento).

Na rodada atual:

  • Botafogo, Cruzeiro ≥ 64%
  • Timão = 50%
Anúncios
78 Comentários leave one →
  1. Daniel CMS permalink
    09/15/2013 12:49

    Essa de que o Titley entregou os pontos como estratégia para desviar o foco:

    OJALÁ!!!!!!

    Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      09/15/2013 13:05

      É uma tese…
      Um dia antes o Adenor não concordou com o matemático que afirmou que ao Corinthians só resta 1% de chances de ser campeão. O mesmo Adenor que garantiu que este campeonato só seria definido nas dez últimas rodadas.
      No desembarque Gil disse que ainda se via na luta pelo título. O Guerrero disse algo também nesse sentido. Então, eu não levo muito a sério esta desistência “oficial”

      Curtir

  2. 09/14/2013 15:07

    1) Há um quase consenso dos comentadores aqui do boteco sobre a necessidade de trocar de técnico. O próprio Tite falou um tempo atrás de “fim de ciclo”, reforçando a impressão do Raphael de que ele pode sair mesmo se a diretoria quiser renovar. De minha parte, concordo que Tite tem suas limitações, mas olhando em retrospectiva ele acertou mais que errou nos últimos anos – e acertou bem mais que a maioria de seus colegas de trabalho tupiniquins. Minha primeira pergunta, então, é: qual o momento da troca? Minha resposta é o final do ano, depois de encerrada a temporada, com os mesmo argumentos do Paulo.

    2) A segunda pergunta, para o ano que vem, é: quem trazer? Dos treinadores brasileiros, só gosto de verdade do Mano. O resto são apostas. Em quem o boteco coloca suas fichas?

    3) Uma questão que não me parece muito colocada é o momento de renovação pelo qual passa o elenco. Temos bons jogadores, como Sheik, Danilo e Alessandro, numa idade e condição física que cada vez mais os deixa fora do baralho – e o mesmo valia para Chicão, que já está no estaleiro no Flamengo. Eu achei que Pato, Renato Augusto e Gil seriam o bastante para construir um time que disputasse o brasileiro, mas não foi o caso.

    4) Se a premissa anterior é correta, o primeiro semestre do ano que vem será de reconstrução. O que, aliás, é um papel muito útil para o Paulistão. Espero que ninguém se machuque até lá.

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/14/2013 15:43

      Eu discordo quanto a dizer que Tite acertou mais do que errou. Errou e muito.
      Lembremos que tirando o Osvaldinho, ninguém teve o elenco (e estrutura) que Tite teve.

      Mas concordo que técnico aqui no Brasil é fraco. O Mano mesmo, minha predileção, não tem MOTIVILIBIDADE.

      Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        09/14/2013 15:53

        1- Alvaro, volte nos posts do começo do brasileirão de 2011 e veja o que vc dizia a respeito do nosso elenco. Pelo que me lembre, vc dizia que o éramos inferiores ao Conveniense, ao Vila Sonia, ao Manjubinha, ao Entregacional, ao Urubuzento….Em 1977, o Brandão tinha um elenco bastante equilibrado. Era carente em algumas posições, mas em outras sobrava jogadores. O elenco que o José Teixeira tinha a disposição também era bom. O trabalhado pelo Travaglini em 82 era limitado. Estou falando do elenco e não do time.
        2- Sobre o nosso elenco, eu acho ele bom o suficiente para disputar (com chance de ganhar) todos as competições disputadas, mas não a ponto de conquistá-las com a facilidade que muitos acreditam.

        Curtir

      • 09/15/2013 15:03

        Sobre o elenco, a gente nunca teve atacantes, só agora. Liedson, que foi fundamental na conquista do brasileirão, fez 12 gols no campeonato, uns dez gols atrás dos artilheiros. Ano passado, nosso artilheiro foi Paulinho. O Sheik, nosso principal atacante até a chegada de Guerrero, tem 6 gols no ano.

        Tite é um cara lento nas suas decisões, conservador. Prefere manter o time estruturado numa formação mais ou menos que arriscar uma mudança nessa estrutura. Nessas, demorou, mas acertou o time uma boa meia dúzia de vezes, convivendo com uma série de problemas. E se é verdade que ele teve mais elenco e estrutura que todo mundo na história do Corinthians, também é verdade que ganhou mais títulos que todos os outros técnicos.

        Sobre o Mano, ele realmente parece se conectar bem menos com os atletas que dirige. Mas sou fã do cara, ele tem mais criatividade que a média dos cabras por aí, lê melhor o jogo, e aprendeu muito na seleção, montou times mais compactos, mais pra frente.
        Mas cabe lembrar: não se trata de nenhum primor da ofensividade e do “futebol-arte”, se é isso que se busca. Cansamos de empatar jogo ganhável por conservadorismo dele, como aquele horroroso Flamengo e Corinthians que nos tirou da Libertadores. Também não conseguiu botar o time pra correr em 2009 no Brasileirão e só tínhamos uma Copa do Brasil, nem a tal da continental. De todo modo, acho melhor que o Tite e trocaria tranquilamente no final do ano.

        Curtir

        • Múcio Rodolfo permalink
          09/15/2013 15:25

          Sobre o conservadorismo do Adenor…
          Em 2011 o Emerson entrou na terceira rodada do primeiro turno. Mas só foi se efetivar como titular no segundo turno. Até então, a dupla de ataque era Willian Xororó e Liedson. Com o Alex aconteceu quase a mesma coisa. Mesmo sendo um jogador da confiança do Adenor, ele não se tornou titular de imediato. Me parece que o único jogador que chegou e já foi jogando foi o Liedson e,assim mesmo, por pura falta de opção.

          Curtir

    • Morgana permalink
      09/15/2013 2:27

      O Corinthians em 2013:
      55 jogos, 25 vitórias, 21 empates, 9 derrotas, 74 gols pró, 33 gols contra.

      Sob o comando de Tite:
      252 jogos, 127 vitórias, 76 empates, 49 derrotas.

      http://retrospectocorintiano.zip.net/

      Curtir

  3. Max permalink
    09/14/2013 8:55

    1 – Essa saída estratégica da briga pelo título é apenas pra imprensa. Entre os jogadores e comissão tento certeza que ainda estão focados. Claro que com a bola dos últimos 3 jogos, nem a tal da vaga é possível. Mas nessa reunião que incluiu até jogador lesionado com certeza o treineiro disse algo do tipo “vou absorver a responsabilidade, segurar a pressão e o resto é com vocês” o que não deixa de ser uma sacada inteligente pra “ganhar” o grupo novamente e os caras começarem a correr “pelo técnico”.

    2 – Três vitórias seguidas e a torcida “fecha” com o time outra vez, tal qual 2011, 2012. A tal da “sinergia” que talvez seja a única coisa que nos salve a temporada. Esqueçam técnica, tática, os caras precisam de um motivo pra CORRER.

    3 – Tite tentou a última cartada. Se não funcionar creio que ele não renova. Funcionar significa vaga na libertadores, no mínimo.

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/14/2013 14:29

      O problema é fazer o time jogar uma bola que não jogou ainda.

      Não estamos no nível top 3

      Curtir

  4. Múcio Rodolfo permalink
    09/14/2013 1:14

    Vamos ver domingo. Uma boa vitória, com um futebol convincente, já começa a tirar o time desse inferno astral no qual ele foi colocado e se colocou. E tem mais: poucos perceberam que além de ser uma figura erudita no meio futebolístico empregando termos “sofisticados” para descrever simplicidades, o Adenor pratica a malandragem. Entregou os pontos para que os outros não se preocupem mais com a gente. Esse discurso vai mudar daqui algumas semanas.

    Curtir

  5. Paulo permalink
    09/13/2013 21:15

    Para aqueles que acham Tite arrogante: “Tite desistiu de usar as válidas justificativas para os problemas enfrentados pelo Corinthians no Campeonato Brasileiro. O técnico preferiu chamar para si a responsabilidade, admitir que ‘é muito difícil brigar pelo título’ e pedir desculpas por isso aos torcedores, solicitando a eles apoio na tentativa de superar o mau momento.

    ‘Faço um pedido de desculpa ao torcedor. Estou assumindo a responsabilidade de que é muito difícil brigar pelo título. Estatisticamente, pode acontecer, mas não estou aqui para brincar de faz de conta. Título é muito difícil, mas G-4 e Copa do Brasil são situações visíveis, reais, palpáveis’, afirmou o gaúcho, apontando dois favoritos a erguer o troféu.

    ‘Na minha opinião está muito bem encaminhado o título para Cruzeiro ou Botafogo, com o Grêmio depois. Não posso ficar vendendo ilusão. São essas as equipes favoritas pela pontuação que têm. Está definido? Não. Mas é uma vantagem significativa, sim’, acrescentou, antes de elogiar bastante a condução dada por Oswaldo de Oliveira ao Botafogo.

    Adversários à parte, Tite fez questão de reiterar a ‘responsabilidade maior do treinador’ ao longo de toda a entrevista que concedeu no CT do Parque Ecológico. Com o cuidado de não se estender ao mencionar a enxurrada de desfalques com a qual teve de lidar, interrompeu a si mesmo para dizer: ‘O técnico tem que se virar’.

    De acordo com o gaúcho, é tarefa do comandante ‘dar a cara’ em momentos como o atual. Especialmente depois de ganhar credibilidade após tantos títulos importantes – ainda que não livre de críticas -, ele se vê em boas condições de proteger o time, merecedor segundo ele do auxílio.

    ‘Não empenho a minha palavra em quem não merece. O técnico tem a responsabilidade pública, mas eu não me colocaria assim se não soubesse o empenho de todos. É a característica desse grupo o caráter, é a característica desse grupo a responsabilidade’, afirmou Tite, recordando recentes demonstrações de humildade de Edenílson, Cássio e Felipe, que admitiram erros cometidos em campo.

    Não é hora, porém, de remoer falhas. Se o título ficou distante, brigar por uma vaga na Copa Libertadores – via Brasileiro ou Copa do Brasil – ainda é um objetivo realista. Por isso, o treinador quer o apoio da Fiel para findar a má fase na partida de domingo, contra o Goiás, no Pacaembu.

    ‘Que a torcida entenda o meu pedido e entenda o processo. Há uma importância grande dada por todos nós ao retorno à Libertadores. E é muito difícil também chegar à Libertadores. Por isso estou pedindo ajuda. Na hora em que está bom, não precisa. Vou pedir na hora em que é necessário. E a torcida do Corinthians apoia mesmo, isso é inconteste’, concluiu o gaúcho.”

    Fonte: Gazeta Esportiva

    Curtir

    • Paulo permalink
      09/13/2013 21:18

      Ok, sei que não faltarão os que dirão ser mero subterfúgio para não ir a fundo na questão, fazendo um “mea culpa” mais amplo, rs.

      Curtir

  6. Paulo permalink
    09/13/2013 20:49

    Chegamos na situação mais precária do time desde meados do Brasileirão 2011 ( portanto, há dois anos, desde então, muitas alegrias e pouquíssimas tristezas ). Naquele momento, parecia muito provável que perderíamos o campeonato. Por isso, cheguei a apoiar a saída do treinador, o que felizmente não foi feito pela diretoria ( alguém aqui, sinceramente, se pudesse voltar no tempo, arriscaria colocar outro técnico?). Hoje, porém, creio que não é o caso de troca. Temos a C do B pela frente, com boas chances, e só devemos jogar a toalha no Brasileiro quando não houver mais chances matemáticas. Se Tite nada ganhar até dezembro, contudo, sou favorável a uma reavaliação geral do trabalho da comissão técnica toda, e dos boleiros, por parte da diretoria. Trocar de técnico agora é quase certeza de fracasso, pois outro treinador não teria tempo de montar o time, a não ser que aproveitasse o DNA titeano incutido no elenco, o que, para muitos, soaria à heresia e seria só mais do mesmo. Portanto, dezembro é o mês!

    Curtir

    • Nicolau permalink
      09/15/2013 15:23

      Concordo com os argumentos. Na verdade, acho que troca de técnico em meio de temporada só deve ocorrer em casos totalmente excepcionais.

      Curtir

  7. Luís permalink
    09/13/2013 11:51

    Gostei da técnica do Igor… parece habilidoso e bom jogador, falta amadurecimento mas achei realmente bom jogador… o gol saiu pelo setor dele sim, em uma jogada que ele subiu para o ataque e que poderia ter resultado em um gol do Corinthians, mas a bola correu demais e o goleiro pegou e ligou o contra ataque… erro dele… sinceramente não entendo assim, ou será que um lateral não pode subir em um lance agudo de ataque do seu time… acredito que o erro foi de quem deve fazer a cobertura dos laterais quando estes sobem ao ataque, e não do igor… poderia sim ter optado por não subir, mas se o gol sai ele seria o nome do time…

    Gostei do edemilson como volante, muito melhor que o inexistente ibson. Quanto ao Douglas, ele só será decisivo para o Corinthians, quando tivermos atacantes de boa movimentação… como o Pato em suas boas partidas… para que o tal lançamento em ponto futuro, que tanto se fala aqui no blog de certo, (especialidade do Douglas), é preciso de movimentação na diagonal dos homens de frente, o que sinceramente não acontece com emerson e romarinho.

    Aliás sinceramente pra mim estes 2 estão amarrando nosso time… claro que são bons jogadores, mas quando a bola chega neles, via de regra as jogadas travam… o emerson então chega a ser irritante… mesmo vendo que não existe ninguém se aproximando para tabelar, ele leva a bola pra lateral é cercado por 2 ou 3 adversários, chuta prensado e perde o lance ou se joga tentando pateticamente cavar falta…

    Temos um caminho absurdamente longo pela frente até conseguirmos acertar esse time…

    Curtir

    • permalink
      09/13/2013 14:59

      No gol o Igor já tinha saído, era o Felipe que estava ali

      Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      09/13/2013 23:34

      Nesse lance em que o jogador adiantou a bola e o goleiro armou o contra-ataque, vc não está confundindo o Igor com o Paulo Vitor?

      Curtir

      • Luís permalink
        09/15/2013 13:33

        Pode ser sim, perdi parte do segundo tempo e só voltei a ver o jogo no final…

        Curtir

  8. Raphael permalink
    09/13/2013 9:22

    1. Hoje o Guerreiro será homenageado pelo Corinthians. Legal, mas totalmente fora de hora… e tomara que daqui há 20~30 anos ainda tenham esse carinho pelo peruano.

    2. Acho que o melhor exemplo para provar a teoria do burro com sorte foi o Júlio César. Não fosse o frango contra a Ponte Preta e a pressão da torcida o Tite não teria olhado para uma alternativa, por conta da gratidão ridícula que ele tinha com o JC. O Cássio entrou (passando por cima do tal me-re-ci-men-to do DF, que era o 2º reserva até então) e salvou o time contra o Vasco e mais a frente contra o Chelsea. O fato é que temos um baita dum goleiro… que sorte!

    3. Já que o Brasileiro já se foi, pensemos em 2014. Com ou sem Libertadores, precisamos de reforços. Ao menos um LD, um LE, um volante, o Elias, um meia-atacante e um atacante. Jogadores que venham com FOME de crescer mas que tenham qualidade… se possível oriundos da nossa base. Ah e um treinador novo, já que o atual não está cumprindo mais o objetivo esperado – que é brigar por todos os títulos que disputarmos.

    4. Jogar mal, perder ou empatar contra timecos virou banal. Tá tudo errado mesmo… pqp!

    5. O maior faturamento entre clubes fora-Europa, o time da estrutura, do novo estádio da copa, do super-atacante Pato e o escambau não pode mais se limitar a “conquistar uma vaga na libertadores”. Aliás, isso é coisa de mulher-de-malandro… apanhamos esse ano nos bastidores mas já querem voltar. Ainda mais com a tal insatisfação pública do Andrés e demais para com o a Conmebol, vamos apanhar mais uma vez da juizada e organizadores.

    6. Se for para jogar fora, MAIS UMA VEZ, o 2º semestre de 2014 eu abdico desde já de uma vaga nessa libertadores 2014.

    7. E por que essa pausa cachorra na Copa do Brasil?!? Quero ver meu time competindo por um título de novo, pô!

    Curtir

    • André Pinheiro permalink
      09/13/2013 9:58

      1- pelo jeito não são só os jogadores que não perceberam que 2012 ainda nao acabou, diretoria tb, homenagem justa, mas estamos no meio do campeonato entrando em crise, isso é hora pra fazer festinha?

      3- eu acho que precisava de um cara no estilo rincon no lugar do edu pra cobrar esses caras, tivemos mais de 40 jogos no ano o time jogou bem em nem 20% dos jogos, nao tivemos uma mudança tatica, uma jogada ensaiada, só se treina defesivamente… e só se ouve discursinho politicamente correto…. em 2011 ainda tinha o andres que ia contra essa maré, agora…

      6- facil

      7- se for pra continuar essa putaria ano que vem, que perca a copa do brasil tb.

      Curtir

    • Paulo permalink
      09/13/2013 20:53

      Pois é, o problema é que, muitas vezes, não disputamos a Cucaracha, ou somos eliminados precocemente, como em 2010 e 2013, e nem por isso esses caras suam sangue nos pontos corridos. Desde Mano Menezes é assim…

      Curtir

  9. Múcio Rodolfo permalink
    09/12/2013 23:16

    Domingo, o Ralf volta à cabeça de área. O time fica mais consistente lá atrás. Ok. Este não é o problema. No entanto, domingo, o Adenor pode repetir aquela formação ofensiva que foi muito bem contra o Flamengo- Romarinho, Douglas, Pato e Guerrero. Domingo pode ser o divisor de águas. Vai ser a oportunidade de verificar se Emerson, depois de tantas presepadas ainda mantém seu prestígio com o treinador e se o Danilo ainda se mantém como titular mesmo apresentando um futebol de baixo nível. Com a falta de um lateral esquerdo -Fábio Santos e Igor são dúvidas- é bem provável que ele desloque o Alessandro para a esquerda e coloque o Edenilson na lateral direita, promovendo a volta do Ibson. Me parece o mais lógico. Então torçamos para que o Igor se recupere até domingo. Partindo do princípio que eu vi bons momentos ontem -e diante do badalado Botafogo- eu me vejo no direito insano de ainda acreditar.

    Curtir

    • andre pinheiro permalink
      09/12/2013 23:20

      se a explicação do tite pro danilo jogar é pra marcar e fechar o lado do campo, pq nao o danilo de lateral esquerdo, ou to inventando muito? mandaram o jh embora né….

      Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        09/12/2013 23:30

        1- Uma coisa é ser dublê de lateral outra coisa é ser lateral.
        2- Muitos aprovaram a saída do JH na época. Eu sei que tem o Emerson ai aprontando bastante, mas…
        Aproveitando a ocasião, li não sei onde alguém repudiando o treinador porque dispensou o Willian Xororó. Relamente trata-se de um bom jogador, foi importantíssimo na conquista de 2011, mas lembro que ele foi lá pra Rússia porque o Corinthians estava trazendo o Guerrero e o Martinez. Eu sei que o Adenor tem N defeitos. É um profissional fácil de ser criticado. Só que eu acho que tem um pessoal exagerando na dose.

        Curtir

        • 09/13/2013 8:14

          Mas a saída do Everton Ribeiro até tu criticou!

          Curtir

        • André Pinheiro permalink
          09/13/2013 9:17

          nessa eu concordo com o tite, num vejo nada nesse william.

          Curtir

        • Múcio Rodolfo permalink
          09/13/2013 19:46

          Então, Alvaro… A saída do Ewerton Ribeiro eu critiquei e continuo achando que foi um tremendo equívoco do Adenor.

          Curtir

  10. 09/12/2013 21:37

    1 – Sobre este jogo, ano que vem diremos: “lembram naquele 0x1 pro Botafogo no RJ quando jogamos a toalha de vez na briga pelo título?”

    2 – Repórter da JP que não me lembro o nome sentiu que Tite quis dizer algo a mais numa pergunta sobre “motivação pós conquistas” na coletiva de ontem, mas pensou um pouco e se segurou.

    3 – Álvaro, já pode parar de colocar o comparativo de aproveitamento ao final dos posts, ou ao menos modificar e passar a colocar assim: “Para quem não sabe, quarto lugar brasileiro precisa de X pontos…” Porque já foi declarado em rede nacional que o objetivo é este, então deste combinado de diretoria/técnico/jogadores não podemos esperar mais que isso.

    Curtir

  11. André Pinheiro permalink
    09/12/2013 16:33

    o que mais me irrita é ligar a tv e ver comentarista falando que o time ainda sente muito a falta do paulinho, e ainda ganham pra isso.

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/12/2013 19:31

      Isso é falta do que falar. Alex foi tão decisivo quanto.

      E teve o Guerrero matando a pau no Japão

      Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        09/12/2013 23:19

        Eu acho que é igual aquilo que se falava do Ronaldo em relação ao time de 2009. Tínhamos um time ajeitadinho e a turma insistindo que só ganhámos por causa do Ronaldo.

        Curtir

        • André Pinheiro permalink
          09/13/2013 9:18

          em 2009 tinha treinador tb né. rsrs

          Curtir

  12. Cesar Augusto permalink
    09/12/2013 14:46

    Ah, esqueci de comentar. Edenílson dá um outro ritmo ao meio de campo e isso era fácil perceber. Alessandro, mesmo com dificuldades no início do jogo, fez uma partida digna e deu uma entrevista mais digna ainda. Alessandro é merecedor de tudo que já conquistou. Trata-se de um verdadeiro capitão que não queimou o Felipe, como queria o repórter. Grande atitude.

    Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      09/12/2013 23:21

      Eu achei o Alessandro bastante inseguro ontem. Não sabia desse lance do Felipe. Merece os parabéns. Por falar em Felipe…. e se o Adenor tivesse colocado no lugar do Igor, o Jocinei e o Cléber e, mesmo assim, o time tivesse tomado o gol, seria demais acreditar que iriam dizer: “maldito treineiro, colocou um jogador sem ritmo de jogo, lançou o coitado numa verdadeira fogueira?”

      Curtir

      • 09/13/2013 8:18

        Você tem razão, mas a falha do Felipe foi feia. Em nenhum momento o Igor, que estava ainda nervoso, deixou um lance daqueles passar.

        Aliás, sobre o Igor, UMA PENA! Pois parece ter potencial reprimido por conta da tremedeira. Vencido o medo, acho que tem um lateral bom ali.

        Curtir

  13. Morgana permalink
    09/12/2013 14:45

    Eu achava que o clube tinha um bom time, um time ajustado, e que apesar da saída de um jogador – era tão certa a saída do Paulinho que era como se tivéssemos feito empréstimo dele por um ano – saberia se reinventar. Corinthians começou a jogar a temporada como se fosse invencível, como se soubesse que a qualquer momento aconteceria aquele isolado lance de gol salvador que se tornou a marca do time jogo a jogo, desde 2011 – lembram quando mesmo ganhando por 1 a 0 a gente reclamava? Reclamávamos da retranquite aguda, pedindo pelo amor de deus para não recuar – e assim seguiu com o estilo que todo torcedor definiu como preguiçoso. Sempre atentamos para o fato de que é possível contar nos dedos as partidas boas que nos deram a esperança de que “agora vai”. O jogo da volta contra o Tijuana, depois de ter feito um jogo difícil na ida e ter perdido por conta de um gol irregular, parecia que precisavam provar algo e jogaram uma partida perfeita. O jogo contra a Ponte Preta, segundo jogo da Recopa… Por outro lado, perdemos as contas de quantas foram as partidas que tivemos sono ou quando não foi um sentimento de raiva. Pra mim os exemplos são: jogo contra o Boca, na Argentina,contra reservas CAM, e os empates contra times mortos como Náutico, Fluminense, São Paulo e Santos. E vejam que, SE nesses empates tivéssemos confirmado o nosso favoritismo, estaríamos na vice liderança com 42 pontos, jogando sonolentamente e ainda tendo um ataque improdutivo. Talvez esse fato pudesse comprovar que o campeonato desse ano é fraco.
    Acho que a sorte acabou no momento que o técnico não conseguiu reinventar o time, no momento que foi mantida a zona de conforto do time vencedor de 2012 e surgiu a ideia de que o elenco era feito por intocáveis. Sim, pedimos pra manter as bases dos times para que se atinja o nível ideal de entrosamento entre os jogadores, mas essa manutenção não tem funcionado. Perdemos duas peças que funcionavam bem e hoje mantemos duas que não estão em boa fase e que são intocados (porque cumprem função tática de defesa muito bem? Atacantes?) e adorados por conta de gols que fizeram faz mais de um ano. E se deixássemos a idolatria para quando fossem ex-jogadores?
    Não sei quantos de nós já se cansaram de ficar fazendo o ‘advogado do diabo’, atacar ou defender o “melhor técnico da nossa história”, sei que a minha raiva acabou no momento que consegui dormir depois de ver o jogo de ontem e agora estou no estágio de melancolia, de tristeza. A equipe não tem espírito, não tem anseios e agora conseguiu me desanimar também.
    ___
    Quem será o Apollo pra dizer que está faltando o Olho de Tigre que existia antes e não existe mais?

    Curtir

    • marcusvcn permalink
      09/12/2013 16:30

      Concordo com quase tudo, só não tinha tanta certeza sobre nossa força sem Paulinho.

      Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/12/2013 19:25

      Olho de Tigre!

      Haha, muito bom!

      Curtir

    • Raphael permalink
      09/13/2013 9:30

      Eu tou nessa melancolia desde que empatamos aquela pancada de jogos e perdemos dos reservas do galo. Pra mim, ali já tínhamos abdicado do Brasileirão. Só cuida para não ficar chato e cozido igual eu…

      Curtir

  14. Cesar Augusto permalink
    09/12/2013 14:44

    1) A diretoria do Corinthians quer renovar com o Tite. Perderam o juízo. Espero que o Adenor, ao menos, tenha juízo e encerre esse ciclo. Acabou, mas ele deve ficar até o final do ano, a não ser que a coisa degringole de forma indiscutível. Um novo Treinador, ainda, em 2013, como diria o filósofo inglês Vincent Matheus, será uma faca de dois legumes. Conhecendo esse grupo e a paixão que nutrem pelo Tite, o resultado poderá ser devastador.

    2) Ontem, o resultado foi normal, bem como a derrota para o Inter. O anormal foi empatar contra o Náutico.

    3) Porém, o que me irrita é que, mesmo sabedor que estava a 13 pontos do Cruzeiro, o Sr. Tite foi incapaz de buscar a vitória. E era possível, pois o Botafogo tinha um meio de campo de mais 100 anos, com MMattos, Renato e Seedorf. Ele não aproveitou e preferiu apostar, como sempre, todas as fichas no empate e manteve o Danilo em campo se arrastando e numa faixa morta de campo. Para jogar ali, sem função alguma, é preferível escalar o Íbson.

    4) Felipe, o zagueiro modelo surfista, foi irresponsável e tomou bola nas costas aos 44 do 2º tempo. Um absurdo. Por que não Jocinei, que já jogou de lateral-esquerdo? Ah sei, o Tite não quer antecipar etapas. Esse Felipe, até tem potencial, mas não joga com tamanha seriedade.

    5) Emerson Sheik, como habitual, não acertou sequer uma jogada, bem como Romarinho. Até quando o bônus pelos gols da Libertadores perdurarão na cartilha titeana do tal merecimento? Parabéns, ao gênio que avalizou a renovação contratual de Emerson Sheik. Eu só queria saber qual é a diferença entre Emerson e Chicão. Por que um deles renovou e o outro não. Só isso. Vale ressaltar, ainda, a diferença de profissionalismo entre ambos. Preferiram o menos profissional.

    6) Gil e Paulo André, meus parabéns, vocês foram monstros. Cássio, idem, foi muito bem e, erroneamente, assumiu a culpa pelo gol. Não teve culpa nenhuma.

    7) Maldonado, coitado, estava mais perdido que cego em tiroteio, mas não foi ele que pediu para jogar no Corinthians, certo?

    8) Já que o Pato estava à disposição porque não escalá-lo, de início?

    9) Volto a repetir. Se o Corinthians ficar em 4º lugar, por exemplo, no Campeonato Brasileiro, a vaga não estará garantida, pois dependerá do campeão da Sul-Americana. Se for um time estrangeiro, a classificação será confirmada. Se for um time brasileiro, o 4º colocado perde a vaga. Ademais, se ficar em quarto lugar as férias serão mais curtas que o normal, porque a tal Pré-Libertadores começa em janeiro.

    10) E o Corinthians contratou o novo Sócrates da mesma forma que já contratou o novo Maradona. Esse Wágner Dinheiro…

    Curtir

    • Thiago Guadalupe permalink
      09/12/2013 17:17

      1) Depois de uma derrota no último lance, o pior é ouvir essa piada de renovação…

      4) Não existe nenhum reserva no elenco com noções mínimas de marcação de um lateral??? Que varzea é essa??? (Felipe imbecil!)

      6) Cássio impediu um 3 a 0, no mínimo!!! E realmente, PA e Gil jogaram demais, estão honrando essa camisa!

      7) Tirando o lance da linha de impedimento não achei a atuação de Maldonado esse horror todo…

      Curtir

      • bloguedotimao77 permalink*
        09/12/2013 19:29

        6) achei das melhores partidas dele. Aliás, melhor do time disparado.

        Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/12/2013 19:22

      Essa do novo Sócrates eu também vii!

      O curioso dessas escolhas de qual campeonato priorizar é que não tem uma besta no Corinthians para lembrar que são apenas 3 vagas para a Despertadores.

      Minha torcida para o Galo cair é maior que para o SP.

      Curtir

    • Raphael permalink
      09/13/2013 8:47

      1) Algo me diz que o Tite vai querer sair, mesmo com proposta de renovação da Diretoria.

      3) Isso de não buscar a vitória é simplesmente lamentável no Tite. Ou quando “tenta”, ele não muda o esquema: tira um zagueiro, bota um meia-atacante > daí recua o Ralf pra zagueiro, um meia para volante e os posicionamentos continuam iguais. Ou então bota o Paulo André de centro-avante.

      4) Pra domingo, acho que vamos de Alessandro torto por ali…

      5) O Chicão aguentou a perda da braçadeira, depois a reserva. Acho que a diretoria acertou ao não-renovar com ele e errou ao renovar com o Emerson. Vamos ver como será
      com a renovação do Danilo.

      7) Acho que o Maldonado, em forma, seria um bom reserva para o Ralf. Mas contratar um cara nessa idade para reserva de um jogador que nunca foi expulso na carreira é falta de visão. Não é possível que não tenha ninguém na base capaz de jogar de 1º volante… ou então tragam um louco novo, pra que um Maldonado? O Ibson é lamentável. Se foi Scouts ou Tite, não importa… só sei que pisaram feio na bola ao trazê-lo.

      10) Já começa errado… “novo Sócrates” é falta de respeito. E ignorância do tal Wagner Ribeiro, que não aprendeu com o novo-Kaká, novo-Messi, etc etc

      Curtir

      • Correa Leonardo permalink
        09/13/2013 19:38

        5 – e mais, se era pra botar zagueiro na frente, o Chicão seria muito mais útil que o PA!

        Curtir

  15. Múcio Rodolfo permalink
    09/12/2013 11:38

    Pra mim o time jogou quase de igual para igual no primeiro tempo e estava indo razoavelmente no segundo. Recuou de forma excessiva no final do segundo tempo. E tomou o gol. Diante de toda propalada superioridade do Botafogo…. Eu acho incrível falar-se de falta de comprometimento de um time cuja maioria dos jogadores foi responsável por nossas últimas conquistas. Não estou me referindo exclusivamente à Cucaracha que deve ser valorizada dentro de certos limites. Falo do campeonato brasileiro de 2011 (ah não valeu porque não conquistamos com 10 rodadas de antecedência), do Mundial (Ah não vale nada porque são apenas dois jogos. Então vamos mandar uma proposta para a FIFA inchar o número de participantes para uns 16, que tal?), do Paulistão (ah também não vale porque só ganhamos de morto). Eu vejo gente ai dizendo que o dia que o Adenor sair do PSJ vai ser o “dia mais feliz da sua vida”, já até programando churrasco. Tudo porque o time não vem apresentando um futebol que encha os olhos. Há poucos meses atrás o Danilo era o cara. Hoje ele é o “morto”, o “acabado”. Ontem no primeiro tempo tivemos umas quatro chances de gols. Pena que em tais lances estavam presentes o Romarinho e o Emerson e ai, já viu né? O esquema tem falhas, tem jogador em fase ruim, tem jogador folgado, o técnico está demorando para mudar o time e o esquema, a diretoria tem parecido omissa.

    Curtir

    • André Pinheiro permalink
      09/12/2013 12:26

      enquanto continuarem usando 2011/12 como muleta vai ficar dificil, vc falou bem há poucos meses atrás o danilo era o cara, hoje ele não tem condição de jogar.

      Curtir

    • permalink
      09/12/2013 12:39

      Múcio, acho que os maiores problema você mesmo identificou nas três últimas linhas. Ele dá a impressão que não irá conseguir buscar soluções para o time e fazer frente aos desafios apresentados no segundo semestre. Parece preferir morrer abraçado aos seus jogadores e esquema tático preferidos a procurar alternativas fora dessa zona de conforto alcançada (mesmo com essa zona ficando cada vez mais desconfortável).
      Também achei que o primeiro tempo teve lá seus momentos, mas não existiu nem um ataque eficiente nem a propalada solidez defensiva, com o Seedorf perdendo dois gols que não se perde

      Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/12/2013 18:19

      Eu vejo pelo outro lado: se estivéssemos para cair, o Tite era ideal. Com um elenco bem superior a média, ele é muito fraco.

      Curtir

  16. permalink
    09/12/2013 10:59

    #ai #tite

    Curtir

  17. 09/12/2013 10:55

    O mais interessante é ver o Tite reclamando das lesões. Mas o Corinthians não construiu um complexo capaz de prever lesões, de saber se o músculo está cansado e blá, blá, blá??

    Talvez o técnico esteja escalando os jogadores sabendo que eles não tem condições físicas por que ele não confia nos jogadores da base. Que podem ser ruins mesmo, negociatas de empresários, e não sirvam mesmo pro Corinthians.

    O Tite tem que se renovar.

    Curtir

    • Raphael permalink
      09/13/2013 8:29

      Isso é falta de sintonia entre o que arrotam (diretoria) e a prática (tite)…

      Curtir

  18. 09/12/2013 10:38

    Bem, dizer que há problemas é chover no molhado. Com o que aconteceu ontem, ficou uma outra impressão, estão me enganando.

    Futebol é paixão e diversão, ninguém em estado de sanidade supõe que se troque o bom convívio por conta do futebol, por isso achincalhes por conta de derrota são levados na esportiva pelos torcedores que mantêm esse espírito.

    Por outro lado, para quem vive disso, acrescento dois outros fatores, o primeiro, o futebol é o emprego deles, é preciso doação para que mostrem sua competência e, segundo, não me engana não, que não sou burro.

    Flertaram com o azar em inúmeras situações, de tal forma que efetivamente contamos nos dedos as vezes que disputamos boas partidas, isso mesmo desde 2012, excetuadas aquelas decisivas. Fico pensando que se Guerrero não estivesse em seu auge, o Al Ahly faria a final com o Chelsea.

    E nem me intrometro em movimentos de moda, mas a física mostra que as equações estão corretas, é até possível ganhar títulos apenas na base do vamo!, fecha!, volta!, afinal todos os técnicos no Brasil fazem assim. A marca de Tite, que é organizar um quase impecável sistema defensivo, mas que esbarra na falta de critérios de como agir com a bola no ataque, dependente de um lance agudo de um jogador (por vezes único lance) ficou defasada e manjada, restou o vamo!, fecha!, volta! Feita a regra de três não ganharemos mais campeonatos dessa maneira.

    E não falo de Paulistão, tínhamos Paulinho e ainda Danilo, e supercopa? Dá licença…

    Voltando ao início, futebol é paixão e diversão, fico pensando que o Tite, ao considerar que todos somos pessoas com um mínimo de sanidade, faça experimentos, insista em banalidades táticas e recite seus refrões a esmo esperando que isso signifique nada, me embromando.

    Aliás, mais uma vez o Tite, e faço parênteses, acho-o um cara fino, não tem a arrogância de muitos técnicos nas entrevistas, tampouco parece um sujeito de quem você espera levar uma patada se a pergunta não for do agrado, forçou os conceitos da capacidade de compreensão da torcida, apelou ao sentimentalismo religioso ao dizer que ficou um tempo a mais no vestiário orando ao seu santo de devoção.

    E o fato de que estou sendo não sutilmente, mas descaradamente enganado pelo atual técnico, retira o resto do sentimento de gratidão que mantinha.

    ——-

    Viveremos até o final de 2013 contando os pontos. Para não cair!

    Faltam apenas 18 para nos livrarmos da Zona de Rebaixamento, depois, férias para todos!

    E repito, dos três próximos jogos, com Tite de novo na pardalice das laterais, espero apenas um ponto contra o Goiás.

    Quanto à Copa do Brasil, como Grêmio jogando bem melhor que nós no momento, dependeremos do inferno astral no time do sul.

    Curtir

    • André Pinheiro permalink
      09/12/2013 11:15

      putz, eu já acho ele extremamente arrogante e prepotente, tanto que já chegou ao ponto de falar “eu manjo de tática pra caralho” e se acha o cara mais verdadeiro e honesto que tem no mundo.

      copa do brasil o primeiro jogo é aqui, alguem acha que ele vai agredir pra fazer o resultado ou vai querer segurar o 0x0 pq nao tomar gol em casa é um ótimo resultado?

      Curtir

      • 09/12/2013 11:43

        Ele nunca chegou a ofender ninguem ao vivo, digo que ele é fino por isso.
        Se o gremio perder de 2×1 em SP, acabou para nós.

        Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/12/2013 19:17

      Excelente análise, parabéns!

      Curtir

  19. 09/12/2013 10:32

    Para mim o pior do Tite são suas a.valiações furadas. Na época do Mano, com todos os problemas, mas sempre que o time jogava mal, apresentava algum problema, você podia confiar que na entrevista vinha alguma análise coerente. De fato eu quase sempre esperav a para ouvir a entrevista; dava conforto em saber que o problema, ao menos, estava detectado…ontem o Tite lançou que “é dificil estar perto de fazer o gol e tomar…”. Oi? perto de fazer? qquer um depois dos 10min do segundo tempo tinha certeza que o melhor que poderíamos esperar era um empatezinho. Fizemos mais de 40 jogos com um posicionamento tático que não funciona e ele não experimenta nada diferente! Essa falta de perspectiva é que de doer..

    Curtir

    • 09/12/2013 10:41

      Isso é verdade: Mano e Parreira não enrolavam. Mano, inclusive, chegou a ser criticado por por ser capaz descrever o jogo tão bem na coletiva, mas não conseguir vencê-lo.

      Curtir

    • Raphael permalink
      09/13/2013 8:22

      É vero… e ai você soma isso ao rebuscado gauchês, à pausabilidade e à inventividade no palavriado do Adenor e temos a figura caricata do nosso treinador nas coletivas.

      Quando ganha o tom é de “sim, isso mesmo… eu sou foda e crio leite de pedra” – quando perde, é um festival de desculpas.

      Curtir

    • 09/12/2013 10:45

      “Sou um apostador, um tomador de riscos, e vocês podem perceber isso ao ver como jogávamos nos últimos momentos dos jogos. Se estivéssemos perdendo após o primeiro tempo, a mensagem era simples: ‘Não entre em pânico. Concentre-se em completar o desafio’.”

      “Se continuássemos perdendo, por exemplo, por 2 a 1, eu estava pronto para assumir mais riscos. Estaria perfeitamente feliz em perder por 3 a 1, se isso significasse que nós déssemos tudo por uma boa chance de empatar ou vencer. Então, nesses últimos 15 minutos, iríamos para isso. Colocávamos mais um jogador de ataque e ligaríamos menos para a defesa.”

      “Sabíamos que se terminássemos vencendo por 3 a 2, seria uma sensação fantástica. Se perdéssemos por 3 a 1, estaríamos perdendo de qualquer jeito.”

      Curtir

    • Raphael permalink
      09/13/2013 8:17

      Puts, muito bom Emboava!

      Curtir

  20. André Pinheiro permalink
    09/12/2013 10:08

    o pior de tudo é saber que já estão propondo a renovação do contrato do burro, pelo menos no domingo devemos ouvir pela primeira vez a homenagem ao treneiro vindo das arquibancadas.

    não é possível que ele treine esse time ofensivamente.

    a participação do danilo ontem foi de dar dó, e ter que ouvir que do tite que ele jogou bem e fechou o lado o jogo inteiro. triste…

    esse discursinho politicamente correto do tite e da diretoria já deu no saco, pqp não tem ninguém pra chutar a porra da porta do vestiário.

    Curtir

    • 09/12/2013 10:25

      Danilo nem escrevi para não tornar o post de lamentações, mas Tite não deveria tê-lo colocado em campo. Melhor seria até mais um volante, já que Maldonado não está em boa fase.

      Curtir

    • 09/12/2013 10:54

      Falta um Marcelinho Carioca neste time.

      Curtir

      • André Pinheiro permalink
        09/12/2013 11:04

        cara, eu diria que falta um rincón

        Curtir

      • Raphael permalink
        09/13/2013 9:27

        Além de ser um timasso, os caras tinham muita personalidade! O Tite, que gosta de aparecer, seria trucidado em meio à tantas cobras no elenco.

        Não tinha resposta pronta para entrevista, todos tinham ali sangue-no-zóio. Aliás tinha o Gil, que absolutamente em todas as respostas iniciava com um “Com certeza, blá blá blá…”

        Curtir

    • 09/12/2013 16:24

      Para André, nenhum técnico vai criticar seu jogador abertamente em público.Nem deve fazê-lo. Aliás isso não acontece em nenhum grupo coeso, a não ser que alguém queira destruir o grupo. É assim na família, é assim no trabalho, por que não seria assim no futebol? Eu não quero que o Tite critique a atuação do Danilo (está há algum tempo realmente irreconhecível, e ontem errou 7 de 31 passes!) e estou me lixando para as coletivas (alguém leva isso realmente a sério?). Agora se ele tem algum problema (técnico ou físico), o que parece evidente, que não o escale.

      Curtir

      • permalink
        09/12/2013 16:30

        Também sou adepto da velha máxima “elogio público, bronca privada.” Mas o Tite parece que não está sabendo diagnosticar/corrigir os problemas da equipe

        Curtir

      • bloguedotimao77 permalink*
        09/12/2013 19:27

        Quantos técnicos escalariam o Danilo? Esse é o ponto aqui: as más decisões do treinador.

        Curtir

      • andre pinheiro permalink
        09/12/2013 21:51

        nao precisava criticar, bastava tirar do jogo, mas cá entre nós certeza que ele falou sério.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: