Skip to content

GREVE!

02/01/2014

Uma pena que os jogadores não fizeram greve. Perdemos (nós, torcedores e eles, jogadores) uma enorme janela de oportunidade. Medo de perder de WO? Por favor, a questão é muito mais séria e a chance de começar a enquadrar essas gangs é enorme. A chance do apoio maciço dos torcedores (inclusive de outros clubes) é enorme.

A representatividade de uma TO hoje é menos de 0,5% do universo dos torcedores e não fosse a reserva de lugares no estádio (garantida pela diretoria do Clube), imagino que nem presente nos jogos estariam. Isso é algo pouco discutido, mas eles estão absolutamente isolados e se sustentam apenas pelo apoio logístico do clube e da insensatez da Prefeitura que banca o carnaval ($$$) deles.

Ah, e sim, seria uma greve CONTRA O CLUBE. Fundamental que seja tratada assim, pois seria a única maneira de acabar com esse pacto da mediocridade mortal. Uma invasão de propriedade privada, de gente conhecida, marcada em fotos, furto, ameaças e ninguém vai preso?

O que me irrita profundamente é o argumento dos “salários astronômicos em dia” (e não estão em dia). Se a torcida quiser voltar ao amadorismo, eu topo, mas tenho certeza de quem se preocupa com esses salários são os mesmos que querem cada vez jogadores mais caro no Timão. Lembremos que ninguém veio ao Clube pedir R$ 40 mi, nós que fomos lá contratar um jogador sem atividade há mais de ano. Timão sem salário astronômico em dia, é série B. Por mim, tudo bem.

A nota oficial do Clube é um MENTIRA deslavada. MENTIRA! MENTIRA! MENTIRA!

Fala em ajudar a polícia na identificação. Ok, então comece. O que não falta são fotos, camisas de TO e tatuagens.

E a PM? Até sabe quem é o cara e não prende por invasão de propriedade? O BO foi uma pantomima?

Segundo PM, invasão a CT corintiano teve presença de preso em Oruro

Dois caras mandaram bem nesse assunto e estou tranquilo em sugerir que vocês os leiam, pois um é rivale e o outro é o Juca Kfouri (um cara que até perco meu tempo para criticar). Enquanto o primeiro, vai mais na linha tecnicista – que eu até gosto mais – o outro na questão política:

ALI TINHA UM BANDO DE BOBOS

Jogadores do Corinthians deveriam não jogar

O blogue apoia a GREVE.

Anúncios
15 Comentários leave one →
  1. Jeff permalink
    02/02/2014 15:26

    Invasão? Não. Ocupação. É uma paixão pública, que vem sendo privatizada, na frente de nossos olhos.
    Não pactuo com violência. Mas que o povo lá precisava de uma chacoalhada, ah, precisava. Não pode receber torcedor? Pq? Não pode conversar com o torcedor? Raramente organizada me representa. Mas ontem me representaram, sim. Tomaram a atitude de mostrar que algo está errado.
    E o futebol de verdade? Que tanto é apregoado por estas plagas? Não dá pra ter só uma parte dele, não… Futebol, no Brasil, não é só esporte. Muita gente ainda não entendeu isso. Muita gente quer fazer da coisa só esporte. E vai matar nossa principal marcar cultural.

    Curtir

    • 02/02/2014 16:30

      Desculpa, mas não foi isso que eles foram fazer alí. Há uma grande distância entre aquilo e um movimento mais ideológico.

      Se a questão é sair desse modelo financista de futebol. Tô dentro! Vamos para o amadorismo buscar nossa felicidade.

      Agora, se queremos estar inseridos como “clube grande”, esses imbecis só foram lá atrapalhar, pois o problema era de planejamento, não falta de empenho.

      Curtir

    • 02/02/2014 18:43

      Dar porrada em jogador (e em qualquer pessoa) não me representa nunca! Eu repudio!!!

      Curtir

  2. 02/02/2014 5:33

    De pleno acordo, Álvaro. Já chega!

    Esse ano, eu e minha mulher deixamos de renovar o FT e 2 dos principais motivos para isso nos foram dados por essa corja: a violência que tomou conta dos estádios ano passado e o fato de termos passado quase todo o segundo turno mandando jogos fora da capital.

    Curtir

  3. 02/02/2014 0:54

    Também penso assim.

    O PA vai ter que mostrar se é ou não o que vende de sua imagem.

    Curtir

  4. Rafael Cantero Dorsa permalink
    02/02/2014 0:23

    Até quando vamos ver cenas tão ridículas como as de hoje! Esses bandidos não representam a maioria da nação!! Isso é esporte!! Se jogarmos amanha, como parece q vai acontecer, perdemos mais uma grande chance de tentarmos melhorar, dar o exemplo! Cambada de bandidos, só envergonham o nome do Corinthians! Torcedor de verdade não é isso aí não! Q amor q é esse! Cambada!! Greve mesmo, até prenderem todos os bandidos!!!

    Curtir

  5. Paulo permalink
    02/01/2014 22:43

    Álvaro, com todo o respeito que me merece, e já pedindo vênia para adentrar seu espaço e discordar de você, sou radicalmente contra qualquer espécie de ausência ou boicote a jogos do Clube, por parte dos boleiros. Se os jogadores se sentiram ameaçados no ambiente de trabalho – e é justo que assim se sintam -, que compareçam à diretoria e peçam distrato contratual, sem ônus para as partes ( tenho certeza que a diretoria estaria sensível a esses pleitos )! Essa sim seria uma atitude digna por parte desses velhacos, que ganham muito sim e jogam pouco ( pouco importa se foi o Clube que quis ou ofereceu esses salários, todo trabalhador deve uma contrapartida em esforço e dedicação àquele que o acolheu na instituição ou na empresa ). Perder é normal; perder sem se esforçar, como vimos quarta-feira, é inaceitável. Independentemente desses “considerandos”, entretanto – sempre haverá os que considerarão normal a derrota, ou circunstância do jogo, ou, ainda, falta de condições físicas, na última partida -, se alguém não está satisfeito com alguma coisa no seu trabalho, deve pedir demissão, e não ficar criando problemas no ambiente de trabalho ou forçando a barra para sair. Se não recebe em dia, que vá à Justiça cobrar o que lhe é de direito e se desligue do Clube – lembrando que atrasos reiterados de salários, no direito trabalhista brasileiro, constituem justa causa para a rescisão, equivalendo a uma dispensa sem justa causa do trabalhador, com todos os direitos garantidos! Que essa cambada, incluindo Sindicalista, Selinho, Douglas, Romarinho, Pato e etc, peçam demissão! Esse seria, a meu ver, o procedimento ético a se esperar, e não prejudicar ainda mais o Clube por atos de terceiros, sem comprovação de que o empregador tenha concorrido, de alguma forma, para que estes atos se perpetrassem – e, reiterando que, se assim fora, ainda neste caso a atitude correta seria o desligamento, com pedido de demissão ou arguição de justa causa do empregador.

    Curtir

    • 02/01/2014 22:48

      Claro que pode discordar! Mas lembre-se que eu tenho sempre razão. Isso não justifica invasão alguma.

      Não podemos utilizar nossa indignação (é, eu também a tenho) como um passa pano de gangs subsidiadas pelo clube. Sou contra e não era nem o momento para isso.

      Não se esqueça que já são 2 despertadores que eles nos tiram.

      Curtir

      • Paulo permalink
        02/01/2014 23:01

        Longe de mim justificar a invasão, ainda mais da forma covarde como se deu, vitimando modestos funcionários do Clube ( aos quais espero que o Presidente Mário Gobbi socorra o quanto antes ). Isso só prova que as ditas “organizadas” não controlam seus próprios associados, que contra elas, inclusive, acabam por depor, ao se aproveitarem de um protesto que, embora legítimo, termina por se desautorizar a si próprio quando permite atos criminosos em seu bojo, como roubo de pertences dos empregados e danos ao patrimônio do Clube. Só procurei focar no aspecto do boicote proposto pelos nossos briosos e íntegros boleiros.

        Curtir

        • 02/02/2014 5:26

          “Isso só prova que as ditas “organizadas” não controlam seus próprios associados”…

          Alguma dúvida de que quem estava lá representava a cúpula das organizações envolvidas?

          Curtir

        • 02/02/2014 9:58

          Mas ė contra isso a greve. Sem uma ação radical não muda.

          Inclusive, acho que deveria ser greve geral de todos os jogadores der todos os clubes.

          Curtir

        • Paulo permalink
          02/02/2014 12:10

          Olha, se era a cúpula então estamos mal mesmo, hein!? Punguistas ordinários travestidos de manifestantes. Aliás, isso me lembra alguma coisa…

          Curtir

        • Paulo permalink
          02/02/2014 12:17

          Ação radical, a meu ver, deveria ser a dos clubes contra a CBF, formando uma liga nacional, que, de uma vez, varresse os campeonatos regionais e redefinisse toda a administração do futebol nacional, incluindo profissionalização da arbitragem e remodelagem dos tribunais esportivos. Agora, boleiros fazendo greve contra o Clube? O Clube foi vitimado também. Seria puni-lo duplamente ( quando às relações promíscuas do Clube com as organizadas, devem ser tratadas em outro âmbito – administrativamente, de acordo com os estatutos, e por via de eleições de pessoas com outras propostas, em relação ao tema ).

          Curtir

    • Raphael permalink
      02/02/2014 15:06

      Paulo,

      Eu respeito a sua opinião mas a sua sugestão é dar exatamente o que os bandidos-vagabundos-marginais ali querem. Se o clube se apequenar agora, jogadores saírem, ninguém for preso, etc… amanhã depois na próxima derrota os caras fazem de novo (como já fizeram em 2000) e a história se repete.

      E concordo que a falta de vontade não é aceitável, mas cabe à quem manda no clube fazer o que tem de ser feito (e aqui mora o problema). A torcida deve torcer e cobrar, dentro do seu limite.

      Sobre não entrarem em campo contra a ponte: pelo que ouvi, a decisão não seria só dos jogadores… seria do clube.

      Abs

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: