Skip to content

O possível duelo Corinthians x Cruzeiro

05/28/2014

Cruzeiro

O melhor time do campeonato e eu devo ser o único do boteco que dá méritos ao elenco. Ao menos vocês deveriam dar crédito ao que diz o Cachaça: é um time que se encaixou.

Na despertadoresnão foi bem. Muita pilha, pouca inteligência, superpoderes Papais. Nem parecia um dos clubes com mais rodagem no torneio. Já no Brasileiro está realmente jogando bem. Vi dois jogos e o último foi uma acachapante vitória contra o Inter, esse sim, um dos melhores elencos do Brasil.

O curioso – e isso reforça a tese cachaquesca do encaixe – é que alguns jogadores estão em fase telúrica… Pegue-se Dagoberto, o eterno garoto enxaqueca, ou o tal Marcelo Moreno, artilheiro do campeonato depois de uma temporada risível no Flamengo.

Enfim, se tem um lado bom, é que ele foi convocado pela seleção boliviana e não joga (provavelmente é Borges quem entra). Dedé também não joga. Mas Everton joga e joga bem.

É um 4-2-3-1 com Dagoberto jogando mais ofensivamente como usual, enquanto Everton fica mais na armação.

Devem se atrapalhar um pouco com o campo pequeno, gramado ruim e escuridão, mas ainda são favoritos tanto no jogo, quanto no campeonato.

Corinthians

Mantém o time da primeira goleada fora de casa, depois de MÍSERAS 240 PARTIDAS! Incrível, hein?

Com um pouco de FÉ, pode ser que encontramos também nosso “encaixe”, mas o provável é que o time sustente um posicionamento mais defensivo e espere mais o adversário (isso se o torcedor iludido deixar).

Como é provável um jogo de disputa pelo controle do meio, a tendência é que se repita o jogo anterior na Arena Lusa: um longo gol-a-gol, em que os goleiros arriscam a ligação direta aos seus centroavantes.

Vamos torcer para que o ataque mantenha a evolução da partida passada e que a zaga/volância durma direitinho antes do jogo.

O resultado ESTATÍSTICO seria uma retumbante derrota. Uma vitória só vem com muita superação ou com aquela palavra que o futebol moderno apagou do dicionário: RAÇA.

Hasta la victoria siempre!

VAI CORINTHIANS!

 

 

Anúncios
9 Comentários leave one →
  1. Fernando23 permalink
    05/28/2014 21:27

    Álvaro, este comentário é off-topic e estava há um tempo pra escrever; se preferir, pode direcionar para outro post mais conveniente.
    Estou no Canindé, nas cadeiras, bem no alambrado envergando uma camisa 77 preta, seria um prazer cumprimentar o dono do boteco.
    Vamos lá:

    Que situação, nosso time, clube ou nação; o time do Povo, da democracia e das arquibancadas plurais; se tornou um dos maiores ambientes de cagação de regra, auto-patrulha e segregação (exógena e endógena).
    O fenômeno é percebido por todos, em quase qualquer lugar e algum tempo, mas atingir como atingiu o Corinthians? E explodir neste momento? Era tudo que não poderiamos deixar… Pô, com um carnezão e o patrimônio para convivermos durante um longo tempo, nos separamos ao invés de passar por esta unidos.
    Realmente acho que não soubemos ir além do maloqueiro e sofredor. O poder é alvinegro, temos infraestrutura, exposição e um histórico de conquistas que incomoda e assusta a concorrência; e então a decisão é lutar internamente por este poder e as bernesses, estilhaçando o impacto dela sobre nós; por quê? Jogamos nossa imagem no lixo, dando todo tipo de argumento que os rivais e seus aceclas da mídia precisam para conter o potencial que boa parte de nós não enxerga e que parte sabota.
    Temo que este caminho não tenha volta, encerre outro ciclo da sua historia e que aqueles que virão torcerão por outro Corinthians…
    Percebi três coisas escrevendo isto:
    1. Puta papo saudoso, mesmo vivendo o presente; me sinto mal pela impotência individual;
    2. Escrevi tudo na terceira pessoa; elementar, o Corinthians somos nós, e nós somos o Corinthians… Sempre foi, um pelo outro;
    3. Este é o mais maluco, derivando do número dois, esta simbiosose tem fases de positivo/negativo; quando a situação é ruim (futebolística e/ou administrativamente), a torcida se une e mostra o caminho da salvação, como se protegesse o Corinthians do pior; quando tudo vai bem, puxamos o clima pra baixo, invertemos os pólos; exemplos na história não faltam.

    Queria debater com lucidez: até onde a corda aguenta?
    E quem pára de puxar primeiro?
    Grande abraço,
    Saudações alvinegras!
    VAI CORINTHIANS!!!

    PS.minha opinião sobre o jogo de hoje, comissão técnica, reforços e o que nos espera no pós Copa, perde o sentido vivendo este divorcio ao vivo nas arquibancadas.

    Curtir

  2. 05/28/2014 21:18

    Um comentário sobre o tal do equilíbrio: vi o finalzinho do jogo entre Grêmio e Sport na Ilha do Retiro. O Sport, que sacolamos outro dia, teve umas 20 e tantas finalizações e o Grêmio 10, jogando bem mal na parte que vi. Algum mérito esse time nosso deve ter…

    Curtir

  3. Max permalink
    05/28/2014 15:02

    1 Mano tratou de jogar a responsabilidade pro outro lado com declarações do tipo “não é impossível”.

    2 Eles vem desfalcados pelo que parece.e o Timão com a sua formação ideal pré-copa.

    3 Veremos se existe um abismo técnico assim tão grande, quem sabe baixa um Castan em cada um e ganhamos na base de comemorar chutão pra lateral e uma bola rifada no Romaronho.

    4 Não vai passar na TV aberta e mesmo assim será às 22h. Thanks globo.

    Curtir

  4. Nicolas permalink
    05/28/2014 13:31

    O Marcelo Oliveira é um técnico que tem uma abordagem ofensiva do jogo. Já era assim no Coritiba e manteve esta característica no Cruzeiro. Então, é um time que sai para o jogo e persegue vitórias a todo momento. Também é bom no ataque aéreo e não costuma passar os jogos em branco, ou seja, sempre faz gols. Pode ser que passada a pressão inicial, surjam buracos na sua defesa.

    O Corinthians mostrou progressos no último jogo. Construiu boas jogadas no ataque, com uma posse de bola inteligente. Romarinho foi um jogador de infiltração e o Guerrero, curiosamente, flutua e até sai pelos flancos. O Petros deve dar um suporte para um os flancos, e, quando puder, sair para o jogo. Ainda é um time em formação com as dúvidas sobre o aproveitamento do Elias e Lodeiro. Com poucos atacantes no elenco, deverá jogar normalmente com 2 atacantes, com jeito de 4-4-2.

    Curtir

  5. 05/28/2014 11:07

    O ataque deles bota bem mais medo que o nosso, sem dúvida, muito pela questão do alinhamento místico já mencionado – o que vale, em sentido inverso, pro nosso lado. Olhando o campinho tão bem desenhado pelo dono do boteco, imagino que o Fágner, que vem melhorando muito mas ainda não inspira confiança na marcação, vai ter trabalho com o Dagoberto. até porque no mesmo lado tem o Cleber, nosso homem da emoção e o Petros foi para o outro lado. Ralph deve ficar na região do Everton Ribeiro, o que faz sentido. Bruno Henrique deve ficar mais preso pra ajudar por ali, configurando a retranca.

    Por outro lado, gosto do Romarinho no lado do Egídio, que acho um cara muito meia boca. Vamos precisar acertar mais passes na transição pro ataque e ter um bocado de sorte. Vamo que vamo.

    Curtir

  6. cesar cachaça permalink
    05/28/2014 10:12

    acho que a torcida naturalmente respeita / espera mais quando enfrentamos, mesmo em casa, o líder / favorito do que quando pega pereba. Quantos jogos no Paca, daqueles bem brigados, contra “grandes times da vez” a torcida torceu pacientemente até abrirmos o placar aos 40 do segundo tempo? Enfim, a fase é diferente, mas acho provável que a torcida não seja tão impaciente num jogo desse. Ao jogo: vai ser mais rugby do que futebol, pelo campo, iluminação, como vc falou. Já contra o Patético Mano instruiu Cássio a sair todas as bolas com bicuda, coisa que não vinha sendo feita. Valter fará o mesmo hoje a noite. O jogo é propício para diminuirmos a vantagem do time deles estar mais encaixado. Muita briga no meio, bola pipocando, ao menos que alguém abra o placar rápido. Acredito que seja possível uma vitória 1 x 0 no melhor Muricybol e, não, não acredito em “encaixe” do nosso time antes da Copa. Os pontos nesses 2 jogos terão que ser arrancados com inteligência tática jogo a jogo.

    Curtir

  7. André Pinheiro permalink
    05/28/2014 9:24

    se rolasse uma hipotetica troca total de elencos entre inter e corinthians, acho que o Alvaro seria o unico corinthiano que toparia na hora. hehe

    Curtir

  8. Andre.T permalink
    05/28/2014 7:43

    Se a torcida perder um pouco da soberba e deixar o time jogar de acordo com suas limitações (emocionais principalmente) teremos chances. Agora se pressionar para que o time jogue como favorito, ai temo pelo pior. Falta humildade à grande parte dos torcedores.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: