Skip to content

Brasil 2×1 Colômbia, precisamos conversar sobre a arbitragem

07/05/2014

Numa semana de muito debate tático-emocional tanto dentro quanto fora da mídia Pacheca, Felipão, de bom mesmo, só atendeu ao pedido do Juca Kfouri pela escalação óbvia do Maicon. De fato, sem competência para mudar alguma coisa tática com treinamentos, a seleção abusou do único recurso que conhece bem: o Scolarismo.

Entramos pilhados, o que empolgou nossa torcida e tornou o jogo uma epopeia. Foi o melhor Brasil da Copa, mesmo que a equipe não estivesse tão bem do meio para frente. De fato, na frente, com um Neymar amarelado, beirava o tosco.

Fizemos o gol aproveitando a falha defensiva adversária, mas também tem méritos o Scolarismo e seu treino de bola parada. A partir do gol tivemos praticamente um jogo de ataque contra defesa, onde nossa linha de 4 foi soberba e falhou apenas 2 vezes. Maicon-TS-DL-Marcelo seguraram uma bronca enorme, pois nosso meio, inexistente ao longo da Copa, não conseguia prender a bola por 10 segundos que fossem.

Quando precisa defender é praxe do Scolarismo as faltas (54 faltas, 31 do Brasil e 4 cartões no total. POR (Scolari) 1 x 0 HOL de 2006, tido como dos jogos mais violentos da história das Copas, teve 25 faltas e 12 cartões).

Aí entra o papel decisivo da arbitragem e precisamos conversar sobre ela…

Infelizmente, tratar desse assunto é tabu nesse Sábado, pois a manada de búfalos estourou na direção de um tal de Zuñiga.

O fato é que o juiz permitiu o jogo violento desde o 1º minuto e jamais abandonou o critério. Que fiquem claras duas coisas aí: (1) o jogo violento era amplamente favorável ao Scolarismo e (2) não vejo ninguém comentar, mas não foi a praxe dessa Copa, pois usualmente eles têm aplicado o amarelo ao primeiro sinal de jogada violenta. Nesse jogo o cartão foi burocrático e só no 2º tempo.

Fernandinho teve 2 oportunidades claras para amarelo no 1º tempo, Hulk idem. O penal era vermelho direto e a indignação do banco colombiano quando o juiz puxa o amarelo é ensurdecedora. O juiz seguia o roteiro conveniente para o Scolarismo, mas tudo, ao final, tem seu preço: como a bruxa má que pede uma vida para realizar sua magia, Neymar está numa cama contorcendo em dores.

Voltando ao jogo, David fez seu golaço em algo raro na carreira. Foi o cara do jogo.

O James (Rames) Rodriguez jogou pracacete também.

Quanto a perder Neymar, tenho para mim que ele entrou sem condições de jogo, pois só foi notado em campo no momento da falta (talvez, se estivesse bem, não teria sido tão passivo no lance). Já perder Thiago Silva pode ter um lado bom, afinal ele não tem vencido o problema emocional e Dante é um bom zagueiro.

Quanto ao Scolarismo, venceu uma equipe melhor e ainda optou por arriscar tudo no tempo normal, prevendo que a equipe não venceria uma Colombia superior na prorrogação. Assim, as substituições foram um all in no 2×1. (E mais uma prova do Postulado de Ibson: o ruim de ter jogador ruim no banco é que uma hora ele entra!).

Mas isso tudo será esquecido para o trepidante Brasil x Alemanha!

Anúncios
23 Comentários leave one →
  1. Max permalink
    07/06/2014 15:15

    1 Eu achei eles mais violentos que nós. Só uma impressão.

    2 A principal queixa deles foi o gol anulado e confesso que não vi o tira teima. Procede?

    3 Pra mim Neymar não foi decisivo nos últimos 2 jogos. Nem pra puxar marcação já que é indiferente isso quando se joga SEM ESQUEMA TÁTICO.

    4 Baseado em 3 a saída dele será uma overdose de motivação numa equipe já muito motivada que pode até melhorar o desempenho da correria esporte clube. É o contra tudo e contra todos tão bem usado por Tite no Corinthians.

    Curtir

  2. Morgana permalink
    07/05/2014 16:11

    “Como a bruxa má que pede uma vida para realizar sua magia” 🙂

    Chefe o senhor é muito cruel com o David Luiz, (não que eu tenha entrado no oba oba em torno do nome dele, mas é de todo jogo do Chelsea) ele faz uns golzinhos de falta, vá.

    Quanto ao Dante, talvez eu ponha olho gordo nas vezes que vejo os jogos dele no Bayern, pq toda vez ele faz alguma estupidez. Ele, os laterais e o goleiro sempre foram minhas apostas pra entregada de jogo.

    Curtir

  3. Nicolau permalink
    07/05/2014 15:12

    Olha, também vou discordar do dono do boteco em bastante coisa nessa. O Brasil terminou o primeiro tempo com uns 60% de posse de bola, e manteve a pegada até uns 15 do segundo. A Colômbia mudou e cresceu mais a partir daí e o gol do David Luiz foi realmente fundamental. Mas o Brasil dessa vez jogou bem por pelo menos uns 60 minutos.

    E isso com uma atuação ruim do ataque, ou seja, de Neymar. Porque Hulk, que foi até bem, jogou de meia-esquerda, e Fred, convenhamos, já virou café-com-leite nessa Copa. O que não deixa de ser um sinal até que positivo para a GIGANTESCA semi contra a Alemanha: parece ser possível jogar sem Neymar, ainda que isso não considere o efeito da presença dele na marcação adversaria, coisa e tal. E quem sabe o caso não serve de desculpa para sacar o camisa 9 de uma vez…

    Sobre o árbitro, de fato ele deixou o povo soltar a bota e o Brasil aproveitou. Mas em termos práticos, isso naõ resultou numa mudança muito grande no jogo. Fernandinho poderia ter levado o amarelo tranquilamente, mas não acho que outros poderiam ter sido aplicados. A não ser o Zuniga e um colombiano (que talvez seja ele mesmo) que mete o cravo da chuteira no joelho do Hulk. O único momento decisivo foi o penal, mas é uma decisão questionável, não absurda.

    Fico com medo da falta que fará o Thiago Silva. Ele e o David Luiz têm feito uma baita Copa, na minha opinião. O Dante é bom, mas não sei, a dupla titular está entrosada e bem.

    Pergunta: como monta o time contra a Alemanha sem o Neymar?

    Curtir

    • 07/05/2014 15:15

      O ponto é que um amarelo no Fernandinho muda o jogo e o James poderia jogar mais solto. Por isso o juiz foi decisivo

      Curtir

      • Nicolau permalink
        07/05/2014 15:35

        Mas aí é um salto meio grande de causa-consequencia…

        Curtir

      • Correa Leonardo permalink
        07/05/2014 15:58

        Se, com um critério de impedir a butinada, o juiz tivesse amarelado o tar de Fernandinho e ele continuasse no mesmo diapasão, ia expulso no primeiro tempo. Bateu pra cacete!

        Curtir

        • 07/05/2014 17:08

          Ou se controlava ou sequer teria dado a 1a… O que reforça a tese da arbitragem conveniente

          Curtir

        • Nicolau permalink
          07/05/2014 18:09

          Mas nesse critério mais duro, o Zuniga teria sido expulso direto quando deu no Hulk com o cravo da chuteira… Colômbia não foi santinha assim também, terminou com vinte e tantas faltas, uai. O que quero dizer é que concordo que o juiz deixou bater, só não acho que isso seja sinal de que foi caseiro.

          E para comparação sobre posse de bola: a Holanda terminou o primeiro tempo com 62% contra a Costa Rica, que claramente optou por deixar a bola pra lá, ao contrário do que queria a Colômbia.

          Curtir

        • 07/05/2014 18:18

          Não concordo.

          Curtir

  4. 07/05/2014 14:45

    Cara, fora o scolarismo, e da melhor cozinha desde 94, discordo de tudo.
    Vi o James em bsb e ele não é a alma da Colômbia, quem joga e muito lá é o Cuadrado.
    Esquece o lance da maldade, sai dessa, houve imprudência, e imprudência é culpa merece talvez até mais que suspensão por mordida.
    No primeiro segundo pensei em vermelho para Júlio César também. Mas o absurdo David Luís estava lá do lado, no replay, amarelo.
    E que ninguém me fale em justos e justiça, os piá jogam futebol.
    E também não estou em fase Democrática, Brasil e ponto.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: