Skip to content

Bragantino 1×0 Corinthians, jogo de segurança contra o Bragantino, não, né?

08/28/2014

Mano escalou o Corinthians com:

Cássio

Ferrugem – Gil – Anderson – FS

Ralf – Elias

Luciano – Renato – Lodeiro

Guerrero

Uma escalação interessante, pois tem muita gente que gostaria de ver Ferrugem e Renato no time titular. Dos dois, Ferrugem mostrou que é um bom reserva para o Fágner, mas ainda não joga no nível deste e não curti muito os chutes quando o certo era o cruzamento. Já o Renato não jogou absolutamente nada. Parecia coisa premeditada.

PC Gusmão, como sempre, montou um time de destruição do futebol. Não lembro de um jogo contra ele que tenha sido legal de se assistir, é sempre esse martírio. Para o juiz estava tudo bem, os jogadores se atiravam e ele podia apitar faltas inexistentes para segurar o jogo e não se cansar.

Corinthians aceitou o tango e também não abriu espaços. Manteve Elias e Ralf presos no meio e também atacava com poucos jogadores. Dos 45 minutos, se a bola rolou por 15, foi muito.

Para o 2º tempo, a lerdeza conveniente se manteve. Quando já nos acostumávamos à ideia de um 0x0, um chute aleatório de fora da área coloca o Corinthians para correr: 1×0 e eu não vi nenhuma irregularidade no lance.

Mano mexe no time e coloca Jadson, Romarinho (sempre ele) e Romero no lugar dos péssimos Renato, Lodeiro e Luciano. Aí sim Corinthians melhora 800% e começa uma séria infindável de gols perdidos. Só Romarinho perde 2 relativamente fáceis e Ferrugem outro. Foram 10/15 minutos de futebol de arrependimento.

Claramente Mano optou pelo jogo de segurança, com o que Mourinho vem trazendo suas equipes para as semifinais. Se fosse um Vasco, Grêmio, vá lá, mas era o Bragantino. Essa é uma derrota que se pode colocar na conta da estratégia do treinador (mas não se pode esquecer do papelão dos 3 substituídos que não jogaram nada).

Se por outro lado, a cabeça do elenco estava voltada para o brasileirão, mesmo assim, é preocupante a perda de dinâmica do miolo de zaga, onde sistematicamente fica um buraco. Anderson não parece ser ruim, então a gente espera que seja apenas problema de entrosamento.

Anúncios
18 Comentários leave one →
  1. 08/28/2014 14:04

    E eu também acho que Mano está perdido. Luciano era titular, depois foi o paraguaio, depois voltou a ser Luciano… Ferrugem era titular numa lateral, depois voltou Fábio Santos, depois saiu o Fágner para voltar Ferrugem. Romarinho era titular, depois saiu, agora é o “talismã”.
    Ou seja, a tatica (paroxítona) do Mano ainda é acima da média dessa mesmice que rola aí, mas é ruinzinha, uma vez seus jogadores tem o mal costume de não corresponder às expectativas, não têm o suficiente para desempenhar as funções esperadas, nem a confiança del Jefe para que desempenhem, com suas limitações. Sim, isso é culpa do treinador.

    Curtir

    • cesar cachaça permalink
      08/28/2014 14:28

      olha, discordo. O Ferrugem nunca foi titular. Entrou um jogo para mudar um panorama e o Mano resolveu testar. Muita gente (eu não entre eles) pedia o Ferrugem titular. Se testa, tá perdido; se não testa, é teimoso. O segundo atacante mano tem dado chances a todos. Romero entrou 3 jogos bem antes de pegar a vaga. Pegou e jogou 5 jogos de mediano para ruim. De novo, se insiste é teimoso, se dá a vaga para quem entrou bem em 2, 3 jogos (Luciano), está perdido. O trabalho do Mano tem falhas, está longe de ser excelente. Mas não acho essa uma crítica válida. Time em formação é, por conceito, formação. Precisa testes. Antes do lance do Petros alguém tinha dúvida do time titular? Ele perdeu um titular absoluto por suspensão, tem que encontrar outro jeito de jogar. E ontem me pareceu que ele poupou, sim. Se fez certo ou errado, são outros 500.

      Curtir

      • 08/28/2014 14:45

        É verdade, só que acho que ele tem o campo de treinamento para testes e sabe das limitações (profundas) do nosso time, que é um time para o ano que vez.
        Aliás, sabe que trazer um jogador que cuspiu no prato não se faz.
        Isso é culpa do treinador também, não se compra jogador no balcão, nem se busca no achados e perdidos, vai aonde cresce, na roça, e deixa amadurecer.

        Curtir

      • bloguedotimao77 permalink*
        08/28/2014 19:14

        Eu concordo também

        Curtir

  2. 08/28/2014 12:33

    1 – Ou Nano tá espertamente trocando o foco de suas entrevistas para a arbitragem, ou é burro bagarai e não vê que as reclamações dele estão se voltando contra a gente.

    2 – O time se arma de maneira medíocre, tem postura em campo esdrúxula e um nível técnico lamentável na maior parte das vezes.

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/28/2014 19:14

      1- Isso é verdade, mas o papel aí seria do Gobbi, o presidente fantasma

      Curtir

  3. 08/28/2014 11:13

    Não assisti o jogo, mas fico com uma dúvida: esses caras estão comendo a bola no treinamento ou Mano queria arriscar pra ver como eles se comportam no jogo?

    Vocês que são melhor de memória, já aconteceu alguma sequência de três jogos regulares com esse time de Mano? Que timinho esquizofrênico, viu! É uma eterna promessa!

    Curtir

  4. Marco Henrique permalink
    08/28/2014 10:12

    Time com proposta de levar o jogo a banho maria não joga verticalmente, acabamos de ver uma copa aonde se deu bem quem chegava rápido ao gol adversário e nossos últimos técnicos não conseguem e ou não gosta desse jeito de jogar, buscar jogo com triangulação contra esses times que jogam todo atrás é cair na arapuca.

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/28/2014 19:16

      Acho que não pode comparar com Copa, pois esse jogo a proposta era diferente. O jogo de volta, aí sim, deve-se comparar.

      Curtir

      • marco henrique permalink
        08/28/2014 19:43

        Eu citei a copa porque e omaior campeonato que tem no mundo mas depois que o bayer goleou o barcelona, os times que sao campeoes mudaram, no futebol de hoje ou se chega no gol adversario rapido com poucos toques ou e facil de ser marcado, e por isso que vemos times da serie b c e d endurecendo jogos contra times de seria a, e quanto a proposta desculpe mais tinha que ser a mesma no primeiro segundo terceiro quarto jogo.

        Curtir

  5. luis permalink
    08/28/2014 9:15

    Não vi o jogo, mas pelo resultado e pelos comentários deduzo o seguinte;

    – Se o Ferrugem é só um bom reserva para o Fagner, ao contrario do que eu imaginava, nosso elenco é realmente medíocre, pois o Fagner não está jogando absolutamente nada…

    – O paraguaio que chegou com pinta de craque se mostra aos poucos apenas mais um fogo de palha. E o pior é que nestas negociatas de dirigentes e empresários que tanto prejudicam o clube, contrataram o irmão gêmeo dele… tudo indica mais um prejú de milhões saindo do cofre do clube e indo para a mão de terceiros…

    – Realmente, segurar o time contra um bragantino na arena pantanal é coisa para time mediocre e nunca para um clube do tamanho do nosso…o treinador tb deveria ser punido pelo clube nestes casos…ou arma o time de forma digna ou ta fazendo o trabalho de forma incorreta…

    – Se por um lado a copa do brasil pode ser um premio de consolação para um clube que investiu muito (mesmo que em um elenco mediocre) em 2014, por outro a eleminação poderia significar um foco exclusivo no brasileiro e tentar buscar o caneco… poderia, pq como todos nos já sabemos, desse elenco ai, quando mais se espreme, maior é a decepção…

    Tudo indica que teremos que nos contentar por uma briga para se manter no G4 mesmo esperando a vaguinha da liberta e olhe lá…

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/28/2014 19:17

      Eu não vi um clube que investiu muito… Só gastou com o Elias, o resto foi tudo oferecido por empresário DE GRÁTIS!

      Curtir

      • luis permalink
        08/28/2014 21:10

        não existe almoço “De Grátis” no futebol…. só nesse ano foram gastos 17 milhões com o elenco… Bruno Henrique (R$ 750 mil), Uendel (R$ 3 milhões), Ferrugem (R$ 600 mil) e Petros (R$ 500 mil) e € 4 milhões (R$ 12,2 milhões) por Elias… (esses valores peguei de uma matéria de fevereiro de 2014)…

        Logo podemos dizer apenas que não fizemos uma loucura de pagar 40 milhões por um jogador e empresta-lo com salários praticamente pagos para o rival, mas o investimento foi altíssimo para o nível do futebol que o elenco vem apresentando…

        Curtir

        • 08/28/2014 21:30

          Tirando o Elias, todos são aposta.

          Estamos no mesmo estágio de 2008: formando um elenco com promessas. Testam-se muitos jogadores, alguns vingam para o ano seguinte, mas a maioria acaba dispensada.

          Curtir

        • luis permalink
          08/30/2014 21:17

          Isso é verdade, porem o nível de investimento destas apostas foi realmente alto… se tivéssemos uma base séria, poderíamos economizar um bom dinheiro e apesentar futebol de nível semelhante ao que estamos tendo hoje…

          Curtir

  6. cesar cachaça permalink
    08/28/2014 8:41

    sim, a estratégia pareceu evidentemente errada. Mas também acho que o time esteve tecnicamente ruim, boa parte dos jogadores errando quase tudo que tentavam. O meio com Lodeiro e RA não fluiu. Ontem Mano precisava de umas 6 substituições. Na soma, acho que o time fez um primeiro tempo razoável e um segundo tempo ruim, mesmo com as trocas – atacamos mais mas de forma bem desorganizada. É curioso que o time tem uma característica, esse domínio tático que não se transforma em vencer o jogo. Tem a ver com o que Mano falou outro dia, a falta de confiança / encaixe que o Cruzeiro tem. Enfim, o resultado complica uma classificação que parecia (e deveria ser) fácil.

    Agora, o juiz. Primeiro o lance do gol: para um juíz que estava marcando até pensamento, a disputa do Guerrero com o bragantinense é jogo perigoso claríssimo. Além disso, a arbitragem foi desastrosa no jeito de levar o jogo. O Bragantino fez 26 faltas e levou 1 cartão. Para nós ele deu 2 cartões por reclamação e expulsou Ferrugem de forma exagerada. Nada irrita mais um jogador do que juiz errando e dado a machão, com cara de mal e dando cartão se alguém se aproxima. Teve uma sequência que em 5 minutos ele inverteu 2 laterais e um escanteio. O critério de faltas se perdeu ao longo do jogo e ele dava uma faltinha a la paulistão dum lado e não marcava uma falta clara do outro. A arbitragem não justifica o fraco futebol de ontem, mas me irrita muito, não pelo time em si, mas pelo que prejudica do espetáculo. Assistir esses jogos no futebol brasileiro é muito irritante.

    Curtir

    • 08/28/2014 9:04

      Essa sequência eu lembro bem, foi na frente do bandeira.

      O futebol poderia melhor bastante se a juizada estivesse melhor preparada fisicamente e parasse de conversar. Ganharíamos imediatamente uns 10 minutos a mais de jogo por tempo.

      Com isso, jogadores também teriam de se preparar melhor.

      Curtir

      • cesar cachaça permalink
        08/28/2014 14:29

        quando vi a pança do juizão lembrei da sua tese do preparo físico. É impressionante. Fora o mal posicionamento.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: