Skip to content

Como vencer o campeonato brasileiro de 2014 e o desempenho dos Burros com sorte de 2010-2014

09/08/2014

Para ser campeão brasileiro, Corinthians precisa ultrapassar o sarrafo dos 64% de aproveitamento. Portanto, precisa de 40 pontos no 2º turno ou 13 vitórias e 1 empate.

13 vitórias, apenas o Cruzeiro atingiu em 2014. Acima do sarrafo de 64%, apenas o Cruzeiro pulou.

Curioso é que tal desempenho não deixaria o líder brasileiro na liderança nem na Inglaterra, nem na Espanha e nem na Alemanha.

Ah, mas curioso mesmo é comparar o 1º de 2011 com o 1º turno de 2013:

Ano DT Elenco último jogo do 1º T Pts. V E D GP GC SG A (%) 1ºT 2ºT
2010 Mano+… 5×1 Goiás: JC, Alessandro, LC, PA e RC, Ralf, Jucilei e Paulinho, JH, BC e Iarley (DT: Adilson) 37 11 4 4 34 21 13 65% 3º (60%)
2011 Tite SEP 2×1: JC, Wallace, Chicão, LC e Ramon, Ralf, Paulinho e Danilo, JH, Emerson e Liédson 37 11 4 4 30 18 12 65% 1º (63%)
2012 Tite 1X2 SPFC: Cássio, Alessandro, Chicão, PA e FS, Ralf, Paulinho e Danilo, Douglas, Emerson e Romarinho 24 6 6 2 20 20 0 42% 12º 6º (50%)
2013 Tite 0x0 Náutico: DF, Alessandro, Gil, PA e Igor, Ralf, IBSON(!) e Danilo, Edenilson, Léo e Romarinho 30 7 9 3 19 8 11 53% 10º (44%)
2014 Mano Cric 0x0: Cassio, Fagner, Felipe, Anderson e FS, Ralf, Bruno e RA, Maicon, Romero e Petros 33 8 9 2 24 12 12 58%

Espero que ninguém se assuste ao acordar para a realidade dos números…

Minha avaliação do Corinthians

Não fosse a invasão do CT, acredito que estaríamos acima do sarrafo de 64%. Notem, e isso é muito importante, que o time de 2011 teve a base montada em 2010. Não quero com isso diminuir o trabalho de Tite, mas mostrar que não se forma um elenco campeão de pontos corridos ao longo do campeonato, como discursou em todas as rádios nossa diretoria ao início da temporada.

Ademais, é bom realçar que as TOs expulsaram do elenco gente que parece estar fazendo falta… Curioso: Jádson terminou o turno reserva de um time com desfalques, enquanto Pato é titular num time com disputa na posição.

Minha avaliação do Campeonato

A cada ano vou decantando a ideia de que pontos corridos é campeonato de rico. Dá certo, em termos técnicos, onde se dispõem (sabe-se lá como) de muito dinheiro para a montagem das equipes. ManU gastou mais de R$ 400 milhões, por exemplo. Aqui, pagamos nossos pecados por gastar R$ 40 milhões em um jogador e depois vê-lo absolutamente SACANEADO pelo próprio Clube.

Não dá para jogar pontos corridos sem jogador e não dá para ter jogador sem muito dinheiro.

Minha avaliação das nossas chances

Nenhuma. Só vejo alguma possibilidade na Copa do Brasil.

13 vitórias, seria vencer todas em casa, mas não estamos nem jogando futebol para isso. Note que a tendência do 2º turno é usualmente de menos vitórias e mais empates.

A única coisa boa do “Volta Tite” é uma pressão sobre Mano Menezes justamente por mais vitórias e menos empates.

Anúncios
17 Comentários leave one →
  1. Múcio Rodolfo permalink
    09/12/2014 14:43

    Eu acho (só acho) que quando se compara a conquista do Corinthians em 2011 com a de outros clubes é preciso levar em conta que o Corinthians não tinha um elenco superior ao de alguns concorrentes ao título e que não foi favorecido por erros de arbitragem em oito ou mais das 38 partidas que disputou,muito pelo contrário….

    Curtir

  2. Sergio Santana permalink
    09/11/2014 8:57

    1-Acho que batemos palma pra louco dançar, com o salário que esses técnicos ganham , deviam tirar leite de pedra.
    2-Os caras se poupam quarta pro jogo de Domingo e Domingo pro jogo da próxima quarta e segue o enterro.
    3- Esse ano já não tem mais a desculpa dos gramados ruins, mesmo assim , nada mudou na qualidade dos jogos
    4-Quem não sabe fazer gestão, faz pressão .

    Curtir

    • cesar cachaça permalink
      09/11/2014 9:52

      há diferenças importantes entre o benchmark (europa) e aqui. Só para citar algumas que evidenciam problemas recentes: (i) aqui jogamos de 10 a 15 jogos a mais por temporada do que nos principais centros europeus – isso faz muita diferença nesse lance de poupar (ii) os campeonatos param em data fifa, então o europeu não precisa jogar com 4 desfalques a mais como Mano jogou domingo (iii) as viagens são 3x mais longas por aqui (iv) não sou defensor da mudança de calendário, mas a diferença de calendário implica que aconteça coisas como Mano perder um zagueiro titular e uma opção de ataque com o campeonato já rolando. Ainda assim, todo mundo fala em continuidade, mas se em 6 meses o técnico não é lider do brasileiro toma cornetada.

      Curtir

  3. André Pinheiro permalink
    09/10/2014 20:49

    se tiver algum tecnico gaucho no corinthians ano que vem vou ter um ano sabatico de futebol brasileiro em 2015

    Curtir

  4. 09/09/2014 18:37

    Não confunda realidade dos números com frieza dos números. A tua “realidade” monovariável dos números diz que tivemos um 2012 e um 2013 parecidos e péssimos, certo? Errado. Vamos interpretar um pouco os números com algumas outras variáveis, sem a pretensão de querer ser exaustivo na análise. Em 2010 perdemos um ótima chance de ganha o título por que o Mano preferiu a seleção (o Muricy, o primeiro da lista da CBF, não, e levou o Fluminense ao título). Em 2011 levamos o título, não importa o aproveitamento, essa é a regra dos pontos corridos. Em 2012 abandonamos o campeonato por outras prioridades e… deu certo. 2013 foi de ressaca e vagabundagem e batemos o recorde de empates no campeonato brasileiro. Compreensível mas indesejável. Por isso trocamos de técnico. 2014 jogamos 1 boa partida (contra o Goiás) em 19 e caminhamos para quebrar o novo recorde de empates. Em resumo, você vai ter que ser esforçar um pouco mais para “provar” que o Mano é muito melhor que o Tite. Mas afinal, por que estamos discutindo isso? É realmente importante? Esquece o Tite e não se preocupe com parte da torcida gritando #VoltaTite. Torcida é passional e defende quem ela gosta independente do que for razoável. Nada muito diferente da análise acima :-).

    Curtir

    • 09/10/2014 11:23

      Concordo. Tite não vai melhorar em nada o time de agora. Só prejudicar.

      Realmente o Mano não está mal. Estar entre os primeiros é bom. Mas como aqui é Corinthians queremos ser sempre os primeiros.

      Curtir

  5. 09/09/2014 12:12

    Concordo com Emboava e Cachaça: Tite e Nano são quase a mesma coisa, seis por meia dúzia, lateral por lateral.

    Nenhum deles sabe treinar o ataque do time, fazer criar jogadas, movimentar. É uma tristeza.

    Curtir

  6. Cesar Cachaça permalink
    09/08/2014 21:10

    Título já era, o que já devíamos esperar desde o começo do campeonato (o irônico é que foi justamente o desempenho acima do esperado que nos deu esperanças frustradas!).

    A gente quer esquecer do Tite, mas…tava pensando isso hoje mesmo: em 3 campeonatos de pontos corridos inteiros, ele meiou na tabela em 1 (ok, ressaca da liberta), ficou perto da ZR no outro e, no que ganhou o título, foi o segundo pior campeão dos pontos corridos (não foi? to citando de cabeça…). Quer dizer que houvesse um Cruzeiro ou São Paulo do tri naquele ano não teríamos sido campeões. Nem no seu auge Tite foi brilhante em pontos corridos. Não dá para entender “volta Tite” nesse contexto; seria compreensível numa eliminação meio vexaminosa na Copa BR, por ex.

    E isso me leva a outra questão: gosto do Mano, mas ele ainda não se provou em pontos corridos. Conta a seu favor ter nos deixado na liderança em 2010, mas é pouco. Ele é sim ótimo em mata-matas. Há o risco evidente de que seja um Muricy às avessas.

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/08/2014 21:24

      Penso o mesmo. Mano precisa provar algo nos pontos corridos e o curioso é que ele dá a impressão que ele joga sempre ao estilo mata-mata (empata fora e vence em casa).

      Curtir

    • 09/08/2014 23:01

      Pra mim, Tite e Mano, são a mesma coisa praticamente.

      O diferencial é que o Mano não tem aquele lance do merecimento, porém sempre escala e substitui os mesmo jogadores.

      Outra coisa parecida é a parte de defender, empatar e fazer trocas que resultam em recuo.

      Diferente, a parte ofensiva é bem melhor que a do Tite, porém a defensiva é pior.

      Existe um equilíbrio entre os dois.

      Ele vai empatar mais um monte de jogos e nãos seremos campeões esse ano. Espero que ele aposte mais na base e deixe de apostar nesse pernas de pau que o seu empresário contrata.

      Curtir

      • Cesar Cachaça permalink
        09/09/2014 9:16

        nesse lance do merecimento acho o contrário; Tite é muito mais insistente em jogadores dos guais gosta / tem gratidão / é da panela. Mano parece respeitar mais o desempenho em campo – entrou bem 2 ou 3 jogos e o titular está mal, ele troca e pronto. Agora, pode-se argumentar que no primeiro sistema ganha-se o grupo, o titular tem mais confiança para arriscar, e de fato Tite parece ser mais querido pelos jogadores. Por outro lado, o empréstimo/venda de Marquinhos e o fracasso do Pato são exemplos negativos desse tipo de postura. E Mano ‘revelou’ mais (jogadores que chegam sem grife e ganham projeção).

        Curtir

  7. Correa Leonardo permalink
    09/08/2014 19:27

    Lembro que, graças às inversões de mando patrocinadas pela Fifa para eventos teste da abertura da Copa, não serão 13 jogos em casa. Hercúlea tarefa esses 40 pontos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: