Skip to content

Figueirense 1×0 Corinthians, mais uma derrota besta.

09/25/2014

Corinthians até começo bem o jogo, marcando alto e dominando por uns 10 a 15 minutos. Mostrou superioridade na técnica, na tática e na infinita capacidade de ESCORREGAR nas jogadas de ataque. Figueirense fez um 1º tempo de empolgação e impôs um jogo de correria, o que deixou a partida até interessante.

Pouco a pouco, adversário foi também fazendo prevalecer sua maior presença numérica
no meio, pressionando nossos volantes e recuando nosso time. A perda numérica no meio era esperada, pois todo mundo – menos a comissão técnica do Corinthians
sabe que Danilo não aguenta dois jogos por semana. Outra ausência sentida era a do futebol do Renato Augusto, que não deu as caras no 1º tempo.

Em suma, sem força alguma na marcação de meio, Corinthians foi dominado pelo adversário.

Voltamos para o 2º tempo com Renato ao menos mais participativo e, logo aos 10 minutos aconteceu algo curioso: como uma bateria arriada, toda a volúpia adversária foi embora e o jogo voltou a ser nosso. Uns minutinhos depois, Mano finalmente entra com Jádson no lugar do Danilo. Aos 25, Mano foi obrigado a tirar Elias que não acertava um passe (provavelmente não tinha condições de jogo também. Segundo a Globo, Elias correu poderosos 1,8 Km, ou seja: nada) e, como resta 1, apareceu o Ibson dos Pampas.

Apesar do franco domínio, o recuo repentino adversário e o desempenho técnico limitado em campo deixaram o jogo bem chato na 2ª etapa. Quando não era CHATURA, erra erro em cima de erro.

Quase aos 40, já que era para jogar mal, Cassio também dá sua contribuição: 0x1, um presente que ninguém esperava em Santa Catarina.

Faltou elenco? É, faltou também, pois Danilo e Elias não tinham condições de jogo (e aparentemente Renato também).

Mas faltou também Mano aproveitar o momento bom do time e exigir um jogo de pressão no 1º tempo. Para isso, não sejamos hipócritas, faltavam opções no banco. Mas ainda acho melhor arriscar com reservas e perder lutando, do que entrar com um time cansado que perdeu de um jeito irritante pracacete.

Acho até que o torcedor mais chato entenderia se ele não levasse Elias e Danilo para o jogo e, numa possível derrota, a justificativa estaria nas ausências. Amanhã, não terá vivalma que vai aceitar a situação do elenco como desculpa, mas se ele tivesse COMEÇADO o jogo com o time reserva, talvez teríamos um olhar mais complacente com a situação do time.

Mano jogou pela janela o bilhete premiado que ganhou no domingo passado, agora tem mais um jogo fora e começa do zero novamente.

Nessas horas eu reflito se não é muito poder na mão de uma pessoa só.

Anúncios
18 Comentários leave one →
  1. Luís permalink
    09/25/2014 21:39

    Falar oque, alegria de Corinthiano em 2014 é ver a lisinha da turiassú na segunda novamente… já ano que vem, se bobear… enfim, deixa pra lá…

    Parece claro que o time não encaixou, o técnico não consegue fazer o elenco apresentar um futebol no mínimo aceitável, exceto uma rodada aqui e outra acolá, e é nítido que não existe motivação para jogar partidas contra times pequenos, como deveria ser justamente ao contrário, motivação em 1000% para garantir os mesmos 3 pontos em jogos mais fáceis do que contra times grandes… é a velha estratégia lusitana dos técnicos brasileiros, preferem poupar jogadores contra times mais fracos para enfrentarem os mais fortes, quando deveria ser ao contrário, garantir logo os pontos “fáceis” e ver no que dá com os mais difíceis…

    Curtir

    • Correa Leonardo permalink
      09/26/2014 7:43

      Esse tem sido o diferencial do Cruzeiro desde o ano passado: perdeu o clássico semana passada (mas num jogo pegado, decidido só no finzinho), mas quando enfrenta equipes mais fracas, em que 3 pontos são obrigatórios, vai lá e vence.

      Curtir

  2. 09/25/2014 18:57

    No site da ESPN, por conta da suspensão de Ralf e retorno de Petros: “A provável escalação do Corinthians na 25ª rodada do Campeonato Brasileiro é a seguinte: Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Bruno Henrique, Elias, Petros e Renato Augusto; Malcom e Guerrero.”

    Para mim, aquele que seria nosso time ideal…

    Curtido por 1 pessoa

  3. Cesar Augusto permalink
    09/25/2014 13:02

    O Corinthians não emplaca 2 vitórias consecutivas desde maio, quando venceu Sport e Cruzeiro na sequência.

    Em suma, o time oscila demais; a uma porque não mantém o nível das partidas em casa nas partidas fora de casa; a duas porque os principais jogadores do time não mantém o mesmo nível físico, vide Renato Augusto e Danilo; a três porque falta um líder nato neste time; a quatro porque o time de Mano Menezes tem uma tática para jogar em casa, outra para jogar fora de casa; a cinco porque o time não é bom; a seis porque Elias não é o elemento que desequilibra, como esperávamos à época de seu retorno; A sete porque o jogador mais importante do time, Petros, não está jogando; a oito porque o Corinthians vive um período eleitoral e isso sempre afeta o futebol; a nove porque Mano Menezes sabe que não será o técnico em 2015, e isso desmotiva; a dez porque o Corinthians continua mecânico e burocrático no aspecto criativo.

    E tem mais uma série de fatores, mas o mais importante é que o time não consegue ter uma sequência de bons jogos. Mano Menezes tem todos os defeitos do mundo, mas o problema deste time, e de todos os times do campeonato à exceção do Cruzeiro, é a falta de futebol. Ter um técnico de costas largas, como Mano Menezes, significa que os jogadores estão isentos de responsabilidade.

    Assim sendo, concordo com o comentário do Thiago. É muito fácil jogar no Corinthians. Quando ganha, é apesar do Mano Menezes e quando perde a culpa recai toda sobre o treinador, sendo que o problema não é, exatamente, ele.

    O Corinthians, não é de hoje, tem dificuldades de criação e é facilmente anulado pelos adversários. Mano Menezes melhorou a questão ofensiva, mas não o suficiente e piorou a defesa por jogar um pouco mais exposto, principalmente, sem à presença de Petros.

    Com o ex-Penapolense em campo, o Corinthians só perdeu 1 jogo.

    Em suma, o Corinthians, neste campeonato, é um com Petros e outro, muito pior, sem Petros.

    Ressalta-se, ainda, que o trabalho de Mano Menezes, embora consideremos que começou o trabalho do zero, é aquém do esperado. Ele começou querendo mudar tudo à fórceps e deu errado. Na segunda parte, fez a limpa no elenco e melhorou, mas não o suficiente para o padrão de exigência e na terceira parte, a final, o time oscila demais.

    Nos resta a Copa do Brasil.

    Curtido por 1 pessoa

    • 09/25/2014 14:48

      O jogo foi tão chato, e as análises daqui tão elaboradas que vou com vocês, em especial o primeiro parágrafo do César Augusto.

      Curtir

  4. 09/25/2014 10:51

    Álvaro me desculpa mas debater o futebol tá muito chato… por isso até que tenho frequentado pouco esse ótimo boteco…

    Olha o jogo de ontem…

    mesmo esquema, quase os mesmos jogadores, alterações corretas… aí o time não joga bem como o jogo anterior, mesmo assim acerta a trave, toma o gol no lance seguinte por falha individual de Cássio (que era o melhor em campo até o momento é bom dizer!)… e o resumo é que o técnico é burro?!

    Ooo futebolzinho fácil de analisar esse hein… ganha enaltece os jogadores… perde culpa o técnico… assim até eu!

    Curtir

    • 09/25/2014 12:30

      é verdade…

      Curtir

    • cesar cachaça permalink
      09/25/2014 12:44

      olha, eu acho o Mano um dos melhores técnicos do Brasil. Mas não é por isso que não vou reconhecer o percentual dele de culpa nas coisas. O lance dos jogos fora é que já é um padrão: um jogo ali outro aqui onde vc fala “po, mas a bola não entrou” ou “mas o juiz também errou” vá lá. Mas o plano de jogo do time pros jogos fora é sempre segurar, controlar e apostar em algum erro. Ás vezes o erro é do adversário, como no jogo contra o Santos e do Chapecoense; ás vezes o erro é nosso ou do juiz, como Grêmio, Flamengo e ontem. E quando ninguém erra grotescamente temos aquele 0x0 chato. E esse problema do Mano não vem de hoje. Um amigo lembrou bem que perdemos a liberta 2010 justamente assim, perdendo por 1×0 para um time inferior em um jogo controlado. E em geral Mano, mesmo nos mata-matas, tem mais dificuldades quando faz o primeiro jogo fora, pq tenta se segurar e às vezes o resultado complica. Ele funciona melhor com o primeiro jogo em casa, quando tem a responsa de atacar, bota o time para frente e faz o resultado. Na Copa BR 09 foi assim, passamos com mais tranquilidade por flu e inter do que pelo vasco, que na época estava na série B. Esse ano o Bahia foi mais tranquilo do que o Braga. É algo para Mano repensar se ele quiser um dia alcançar um patamar melhor na carreira.

      Curtir

      • Cesar Augusto permalink
        09/25/2014 13:11

        Muito bem lembrado acerca da Libertadores de 2010. Mano foi extremamente covarde no jogo do Maracanã, mesmo jogando 60 minutos com 1 jogador a mais.

        E mais, naquela Libertadores, Mano trocou o esquema vencedor de 2009 por uma mais seguro com 3 volantes, Ralf, Elias e Jucilei.

        Somente no jogo do Pacaembu, no desespero, sacou 1 volante, Jucilei, e escalou JH. Se fosse menos medroso, especialmente no jogo do Maracanã, o Corinthians teria tudo para ganhar a Libertadores no centenário, pois o Corinthians tinha mais time que o Internacional ou SPFC.

        Curtir

        • 09/25/2014 15:52

          O jogo que eu vi foi um polo aquático que ninguém jogou nada (nem era possível)… e em uma imbecilidade monstro craque Moacir fez um pênalti, foi o que eu vi pelo menos…

          Curtir

      • 09/25/2014 15:49

        Me permita discordar… achei que o time entrou diferente ontem… mais ligado! Só que é difícil admitir que não somos o cruzeiro, no sentido de não termos o elenco deles, os dois anos de trabalho deles, a manutenção do treinador nesses anos deles… somos um time em formação… como sempre lembra nosso anfitrião, nosso ano tinha acabado na invasão do CT, estarmos disputando a Copa do Brasil e o G4 é lucro!!!

        Curtir

        • Cesar Cachaça permalink
          09/25/2014 19:57

          Thiago, veja, não acho que devamos fazer a cada partida uma nova avaliação do trabalho do Mano em geral. Faço uma avaliação mais da partida em si e, de vez em quando, uma certa análise conjunta. No jogo passado, por ex, elogiei bastante o Mano aqui. No contexto geral, acho o trabalho do Mano bom, dado isso que o anfitrião sempre lembra (invasão, troca de elenco etc). Acho que o planejamento precário, por ex, é um responsável maior pelos problemas. Mas quando há problemas nos quais o treinador pode trabalhar e, aparentemente, não trabalha, não dá para não apontar a parcela dele de culpa…e, nesse caso, acho que 11 jogos fora nesse brasileiro já são o bastante para apontarmos um padrão: o Corinthians nem tenta se impor, sempre joga buscando algum erro que pode eventualmente acontecer. E essa é uma postura suicida para pontos corridos. O resultado poderia ser melhor, mas nem falo de resultado, falo de postura mesmo, de jeito de jogar. Mas concordo com vc que ontem foi menos ruim do que em outros jogos. Ainda tenho fé, vamos ver.

          Curtido por 1 pessoa

    • 09/25/2014 13:31

      Prepare-se, a próxima fase é começarem a xingá-lo de burro com sorte. Ou azar, dependendo do resultado final :-).

      Curtido por 1 pessoa

  5. Daniel permalink
    09/25/2014 10:31

    Horrível, medonho, torturante, vergonhoso.., para mim essas palavras refletem o jogo de ontem. não consigo enxergar um aspecto positivo no jogo de ontem, que só serviu para uma vez mais jogar na nossa cara todas as limitações do time e do técnico, não só pelo resultado final, mas pelo terrível desempenho de absolutamente todos em campo. desanimador… me questiono se o bom jogo de domingo não foi apenas reflexo do bicho adicional que a diretoria deu.

    Curtir

    • Daniel permalink
      09/25/2014 10:38

      Ah, e não sei se mais alguém teve a mesma impressão, mas para mim o Cássio estava enrolando para bater tiro de meta já no primeiro tempo.

      Curtir

    • 09/25/2014 12:32

      Essa do bicho adicional eu acho que foi mentira.

      Os caras importantes ali ganham 200/300 mil/mês e se mexeriam mais por 15 mil?

      Curtir

  6. Cesar Cachaça permalink
    09/25/2014 8:39

    pois é…acho que o resumo é o mesmo de sempre: a postura do time + dificuldade de elenco deixam sempre uma margem de erro muito pequena. Aí basta a única boa jogada do time bater na trave e 3 min depois uma falha (que ao meu ver foi do Gil, o Cassio só sai quando vê que o adversário vai cabecear sozinho) para perder um jogo que deveria ter jogado para ganhar. Aí tem parcela (grande) de culpa do Mano e, como vc bem lembrou, do elenco. Do Mano: no meu ver o time só jogou 10 minutos. O resto do primeiro tempo foi bem modorrento. Além do fator físico, já me preocupava que a lentidão e falta de estamina do Danilo num jogo fora fosse complicar. Além do que, já tinha ficado evidente que Danilo, assim como Jadson, ocupa um espaço que deixa RA desconfortável em campo – domingo a sorte foi que Danilo decidiu. Some-se a isso a partida horrenda que o Elias fez (pode ser físico mesmo) e tá feita a m*. Ai eu pensei no intervalo “Mano vai mostrar que entendeu que empate não enche a barriga de nignuém e já volta sem o Danilo”. Na minha cabeça a opção ali era voltar com 3 atacantes, armado o time para puxar contrataques rápidos e/ou marcar pressão por 15/20 minutos no primeiro tempo e abrir o placar. É tipo o momento que vc põe na cabeça dos caras ‘vamos ganhar essa p*”. Aliás, repare que nos jogos em casa, sempre que há alguns desfalques nos jogos em casa Mano arrisca no 4231 com 2 abertos. Pq não nos jogos fora? Pois bem, em vez disso ele volta do mesmo jeito. Aos 20, faz a troca, mas mantém o esquema e entra com Jadson, que é sempre uma faca de dois legumes, pq se ele entrar mal como quase sempre entra depois vc não pode tirar. Bom, essa é a parte Mano da responsa; a parte elenco é a que vc citou, além do fato de que a melhor opção pro Meio (Jadson) é um barrigudinho que não faz a menor questão de brigar por posição, e entra como se tivesse jogando aquele solteiros e casados no churras do fds. Elias tá zuado, BH fora, só sobra Lodeiro. Tudo bem que além de tudo não tinha Petros, mas o resumo é que se nem no titular há grandes resolvedores, que dirá no banco…

    Mano precisa urgentemente mudar seu conceito nos jogos fora de casa. Se não entender que mais vale uma vitória do que 3 empates, a Libertadores pelo brasileiro está seriamente ameaçada. Resta a Copa BR.

    Curtir

    • 09/25/2014 9:57

      Concordo, a falha foi do setor defensivo, não do Cássio que tentou consertar o erro na base do desespero. Falha recorrente de posicionamento em bolas alçadas na nossa área. Erro de conceito ou treino mal realizado. Como é recorrente a postura apática em jogos fora de casa. Como sabemos que o time sabe jogar um pouco melhor do que isso (temos 4 ou 5 bons jogos em um ano, pouco, mas que servem de evidência que é possível, ainda que raro), temo que seja um problema de liderança (dos jogadores ou da comissão técnica, não sei). Liderança no aspecto amplo, ousada, desafiadora e persistente. A postura apática não é algo que vem naturalmente, ela é resultado da falta de aplicação de um plano de jogo (mais culpa dos jogadores) que busque a vitória ou da ausência dele (mais culpa da comissão técnica). Em qualquer um dos casos falta liderança. Continuo torcendo e achando que é possível melhorar, mas agora é na base de fé, por que as evidências indicam que não temos capacidade física ou emocional ou técnica (ou qualquer combinação delas) para completar 2014 com algum sucesso e de maneira consistente. Não gosto mas aceito que seja mais na sorte (acaso) que na capacidade, mas acho pouco para o investimento feito. Mano – que ainda deve um bom trabalho há alguns anos – e a diretoria do Corinthians sabem disso. Como sabem que serão muito cobrados por isso. Tem eleição no clube em breve e isso só torno tudo mais complexo. Se quiserem continuar em 2015 (diretoria e comissão técnica), o time tem que melhorar muito.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: