Skip to content

Inter 1×2 Corinthians, não faça assim não, não faça nada por mim…

10/19/2014
  • Cruzeiro: 2v, 6 pt/6 pt
  • Inter: 2v, 6 pt/6 pt
  • SPFC: 1v1e, 4 pt/6 pt
  • CAM: 1v1e, 4 pt/6 pt
  • Aproveitamento: 83%
  • Cruzeiro: 66% (bra-14)
  • Bayer: 83% (ger-14)

Nem fiz o pré-jogo tal a irritação com o time, clube, torcida, protestos, redes sociais, jornalistas, código florestal, impermeabilização do solo paulistano, mudanças climáticas, falta de debate político, Jadson, Gobbi, fome, gás sarin, estado islâmico, islanfobia, miséria, ebola… Enfim, esses papos de quem leu o Estadão de domingo.

A verdade é que o bom senso mandava a gente torcer com muito cuidado. Não era jogo para vencer, era para perder de pouco, arrancar um empate na raça. Vencer? Só mesmo um torcedor muito alienado para achar que a vitória era uma possibilidade concreta. Ademais, boa parte dessa nova safra de torcedores (e porque não fazer um paralelo com a política: nova safra de “militantes”) estava torcendo contra, na esperança do quanto pior, pior para Mano.

Mano montou um time de fora para dentro, no sentido de que escolheu jogadores mais experientes e descartou Malcom-Luciano-Romero. Interessante notar que ele não mudou o sistema: manteve o 4-4-2 com Renato fazendo o papel de 2º atacante. Ao colocar Renato ele matou a velocidade do ataque (como ficou nítido), mas garantiu alguma proteção para os meninos (fundamental para Malcom). No mesmo pacotão de mudanças, Mano trouxe para o jogo um dos maiores CHINELINHOS do futebol contemporâneo e entendi a coisa toda como uma espécie de punição às avessas (não precisa ser muito inteligente para entender o porquê). De fato, em relação ao time titular, as únicas mudanças são a presença do chinelinho e de Bruno no meio.

O 0x1 Guerrero foi um golaço, desculpem-me quem prefere enaltecer o erro da zaga. Começa com um RARÍSSIMO cruzamento de FS e uma matada de craque, do cara que joga hoje no seu melhor nível desde que chegou ao PSJ. Corinthians não recuou, pois, por óbvio que seja, a nossa proposta sempre foi ficar e proteger o sistema defensivo, arriscando a saída rápida para o contra-ataque ou a ligação direta em Guerrero – que tem uma capacidade notável para vencer a 1ª bola.

Inter errou como errou no jogo do 1º turno e como errou o Cruzeiro recentemente: insistiu no jogo aéreo. Mesmo com um cem número de falhas da nossa zaga, é uma tática eficaz quando você tem cabeceadores, não quando você tem um Nilmar, Alex ou D´Alessandro. Notem que as melhores jogadas adversárias, eram dos chutes longos e fortes do corinthiano Alex.

Muito consciente do que fazia em campo, o 0x2 Gil explodiu na cara de quem ainda acha que o vexame de 4ª não foi atípico.

O jogo voltou para o 2º tempo na mesma balada, mas não durou muito, pois adversário cansou e diminui rapidamente a intensidade. Corinthians, com inteligência, entregava a posse de bola, pois já nos ensinaram Mourinho, Real, Alemanha, derrota da Espanha e o escambau, que o futebol moderno não é mais um jogo de posse de bola, mas de marcação e rapidez na definição da jogada. Com poucos rompantes de qualidade ofensiva, adversário só fez seu gol por dupla falha de Gil e Cássio.

Gostei muito da atuação do Bruno e acho que não tem mais cabimento deixá-lo de fora do time titular. Já Cássio teve seu momento Zé Maria, mas está no padrão Ronaldo de reclamações da zaga…

Enquanto escrevia essas verdades, assistia no 2º monitor ao 2º tempo do Vitória 0x1 Cruzeiro. Um jogo chatíssimo, vencido exatamente na base do contra-ataque quando tudo parecia caminhar para o merecido 0x0. Essa talvez seja a grande diferença do futebol atual: é dado ao Cruzeiro o direito de jogar no contra-ataque, vencer num lance fortuito ou na base da extraordinária diferença técnica do seu elenco para os demais. Já ao Corinthians, com um elenco fraco/em formação, só resta subverter a realidade do futebol mundial e atacar o vice-líder do campeonato na sua própria casa, vindo de uma derrota vexatória e de protestos de torcedores organizados pedindo a cabeça do técnico, pilhados pela mídia jucakfouriniana.

Lamento aos que estão tristes com o sucesso do Timão, mas…

AQUI É CORINTHIANS!

Faltam 9 8 vitórias.

Em tempo:

Copo vazio: para quem não sabe, campeão brasileiro (tirando 2009) precisa de 73 pts ou 64% de aproveitamento (em 2010 foram 71 pts). Faltam só 24 pontos.

Anúncios
18 Comentários leave one →
  1. Cesar Cachaça permalink
    10/21/2014 13:10

    ontem o Anderson zagueiro estava num programa de rádio e, perguntado sobre qual teria sido o melhor técnico com quem trabalhou, disse “Tite”. Peguei-me pensando nisso de vantagens e desvantagens de certos técnicos, e de fato Tite tem isso ao seu favor – é muito querido. E fiquei pensando em outro fator para comparar: reformulação de time, que implica em lançar jogadores. A comparação Mano x Tite é inevitável pelo fato de que os 2 juntos ocuparam o cargo quase ininterruptamente pelos últimos 7 anos. Antes deles, se quisermos buscar referências compatíveis de trabalhos mais longos com sucesso, resta o Parreira em 2002…então, vamos lá: chamo “lançar jogadores” pegar jogadores da base ou jogadores que até então só tinham jogado em times pequenos e, na pior das hipóteses, transformá-los em jogadores que o mercado considera “boas opções” para times grandes. Nos 3 anos de Tite recentes, considero que isso aconteceu com Castan, Paulinho e Romarinho. Embora o primeiro ano do retorno de Mano ainda não tenha acabado, considero que ao final da temporada esteja caracterizado que isso aconteceu com Cléber, BH, Petros, Malcolm e Luciano. Não vou nem voltar à primeira passagem de Mano pq não precisa. Acho que trazer Tite de volta se o time não tiver grana para trazer uns 3 medalhões para ele trabalhar é um tiro no pé gigantesco. Por outro lado, trazendo umas cinco ou seis apostas para 2 ou 3 darem certo, mantendo Mano no cargo e não vendendo ninguém, é uma receita provável para um bom ano em 2015 – talvez não espetacular, mas promissor.

    Curtir

  2. Daniel permalink
    10/20/2014 11:46

    Aqui é Corinthians, sempre foi e sempre será! E por isso às vezes tem dado certo neste ano, principalmente nos jogos contra os grandes, quando a nossa camisa joga, queiram ou não. E por isso não me iludo com a vitória ontem, já que vencemos passando um baita sufoco. Vai Corinthians!

    Curtir

  3. 10/20/2014 11:44

    Entristece ver que o Corinthians consegue bons resultados jogando completamente como time pequeno, a saber, entregando a bola para o adversário, se fechando atrás e dependendo do acaso para achar um gol. Alguns times de sucesso também entregam a bola ao adversário (Real Madrid e Chelsea só para citar os mais estrelados) mas adiantam a marcação para afastar o adversário do próprio gol. Em resumo, contratamos um técnico “estrela,” está acontecendo a reformulação do elenco e… jogamos como time pequeno, ainda que gastando como time muito grande. Entendo e aceito todas as dificuldades enfrentadas no ano como justificativa para a demora em concretizar o “agora vai,” mas para mim é inaceitável o “futebol” (assim mesmo, entre aspas) que estamos jogando após 10 meses sob nova direção. Depois desse tempo já deveríamos ter uma ideia para onde iremos quando as coisas funcionarem. Alguém tem? Eu não enxergo o que queremos ser quando “crescer.” Perder faz parte do jogo, mas ao jogar feio e de maneira covarde temos a confissão velada de que o trabalho até agora não é bom e temos que apelar para isso. Para jogar como estamos jogando era melhor nem contratar o Elias e contratar o Péricles Chamusca que tem muita experiência com isso e custa dez vezes menos. E reafirmo, não quero que mandem o Mano embora agora, mas não consigo enxergar nenhum motivo para achar que estamos trilhando um caminho virtuoso. Considerando que as eleições no Corinthians só ocorrem em fevereiro já dá para prever um primeiro semestre de 2015 de mais uma reconstrução. Ou seja, se der certo, teremos um time no segundo semestre de 2015. Se der certo.

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      10/21/2014 6:49

      Acho que pela pressão externa, elenco em formação, é inegável que Mano faz um trabalho bem acima do possível.

      Curtir

      • 10/21/2014 14:40

        Pode ser, mas todos sabiam (o Mano mais do que ninguém) que o ano seria de elenco em formação e que, por isso, a pressão externa seria grande. Assim sendo entendo que o que você está dizendo é que seria praticamente impossível fazer um trabalho muito melhor do que esse. E aí então discordo. Como disse na mensagem, aceitaria as dificuldade e o baixo rendimento se enxergasse um desenvolvimento em direção a um estilo/estratégia de como o time jogará quando estiver pronto. Mas eu só enxergo um time com um futebol paupérrimo mais para retrancado e dando chutões para frente na direção do Guerrero… e que o acaso nos ajude (só me lembro de uma exceção, o jogo contra o SP). E isso não me agrada. Mas naturalmente eu posso não estar enxergando algum outro desenvolvimento relevante. O que você enxerga?

        Curtido por 1 pessoa

        • bloguedotimao77 permalink*
          10/22/2014 8:22

          Eu vi um time desenvolvido que está na disputa do G4 com chances reais até de chegar na 2ª colocação (se o torcedor permitir).

          O problema é que se espera um resultado espetacular em um time zerado e cheio de testes.

          Alertei desde o 1ª dia, antes mesmo da 1ª invasão do CT, que isso não era possível. Corinthians disputava a CdB. Com a convocação de 2 jogadores pelo Dunga e a contusão do Ralf, a fragilidade do elenco ficou evidente e dançamos.

          Acho que simplesmente avaliar mal o trabalho é ser muito simplicista.

          Foi um ano complexo pra caramba!

          Curtir

    • Cesar Cachaça permalink
      10/21/2014 13:03

      acho no mínimo exagero afirmar que “não temos um time”; pode não ser um baita time, pode não ser o que vc ou eu gostaríamos, pode-se não gostar do estilo de jogo, certamente não é um grupo completo, mas é um time – os números que o Alvaro colocou no post mostram isso. Isso pq ficaram de fora as vitórias nos clássicos contra Palmeiras e Santos. O time titular é bom e , melhor entrosado, tem mais potencial. Agora quantas vezes foi possível jogar com esse time? A cada rodada são 3 mudanças. É assim para todo mundo? é, e esse é o motivo pelo qual só o Cruzeiro se salva, e ainda assim a distância poderia ser bem maior (sem Ewerton e Ricardo Goulart foram 3 derrotas seguidas, por muito muito pouco mesmo não sofre uma eliminação que seria absurda na Copa BR). Duvido que alguém consiga de fato defender que haja algum trabalho em outro time brasileiro que seja notadamente superior. Sem contar que, desse time, não dá para dizer em 10 meses. Petros chegou em Maio, Elias estreou em Julho, Anderson chegou há 3 meses depois de venderem um titular da melhor zaga do campeonato com sobras, Malcolm foi testado há 3 meses.

      Curtir

  4. piki permalink
    10/20/2014 10:55

    A dupla Fagner/Petros permitiu uns 247 cruzamentos nas costas com chegada do Fabricio. Sorte nossa que ele é ruim demais.
    O Jadson não acertou um mísero passe. Lamentável.
    Não havia aproximação e nem toque de bola no meio. Nas vezes que o Elias teve chance de puxar o ataque, tocou pro lado e recuou, numa clara instrução do Mano.
    A vitória foi boa mas, não me iludo. O resultado de quarta não foi atípico, foi o ultimo ato de algo que já vinha sendo escrito. Tomara que a história, a partir de agora, seja outra porque aqui é Corinthians!!

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      10/21/2014 6:46

      “Clara instrução do Mano”? O time está sem apoio algum: torcida, diretoria, mídia.

      De já não tínhamos elenco confiável, imagina agora pressionado!

      Curtir

      • piki permalink
        10/21/2014 14:59

        Levamos muito a sério essa questão da mídia. Não sei se é bem assim.
        A TO atrapalha? Sim. Mas a maioria, apesar de reclamar, o que é normal, está apoiando o time, toda quarta e todo domingo.
        Sobre a diretoria, é realmente desprezível.
        O fato é que o time não apresenta futebol decente. Está muito ruim!
        Como diz o Esparta, se o ano é de formação, que pelo menos tenha um caminho a ser seguido onde, no futuro, enxergamos algo melhor. Mas, isso não existe.

        Curtir

        • bloguedotimao77 permalink*
          11/10/2014 12:24

          Penso o oposto. Vejo um time sendo montado por um treinador acima da média brasileira que é bem baixa na atualidade.

          Note que Luxemburgo ainda é cotado, mostrando a falta de opções na geração atual.

          Curtir

  5. 10/20/2014 9:11

    FS e Guerrero sem querer ser chato (e já sendo, rs!)… sempre os defendi!!!

    1) FS todos reclamam quando joga, mas quando sai desmonta a consciência defensiva e a saída de bola para criação do time… por mim pode renovar até quando conseguir jogar… lateral brasileiro está em extinção!!!

    2) Guerrero não precisa de muitas palavras mais para defende-lo, seu futebol já diz tudo! De longe é o melhor camisa 9 do Brasileiro 2014!!! (O que tenho ouvido de amigos cruzeirenses… “quem dera se Guerrero estivesse no Cruzeiro o campeonato já tinha terminado”… fora Abel Braga que afirmou outro dia sonhar em ter um 9 como Guerrero!!!)

    Curtido por 1 pessoa

    • andre.t permalink
      10/20/2014 12:19

      To com tigo. FS não é nenhum junior mas é o melhor q tem por ai. Guerrero eterno.

      Curtir

  6. Daniel CMS permalink
    10/20/2014 1:13

    Acho que conheço uns aí que torceram contra… tem um jornalista que usa bastante o twitter que disse que nem ia ver o jogo. Ainda bem pq deve ser um pé frio.

    Só não concordo com chamar o jogo contra o CAM de atípico. Você tem uma oportunidade de vencer um torneio, tira uma excelente vantagem em casa, duas semanas de preparação e ANTECIPAÇÃO às eventuais dificuldades (falta de jogador).

    É o jogo que tá todo mundo no time pensando por 10 dias.

    Álvaro, não caiu um raio e perdemos por um gol… Caíram QUATRO raios.

    PS: cornetei o FS no último post e ele acertou o cruzamento (alguém viu a bola desviar no adversário?), mas continua com aproveitamento pior que o meu.

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      10/20/2014 11:58

      O FS precisa acertar mais cruzamentos. Talvez assim volte a chover de novo em Sampa.

      Curtir

  7. Alan Davis permalink
    10/20/2014 0:20

    Sobre o chinelinho: não esquecer de citar a pança do menino. Benzadeus…

    Curtido por 1 pessoa

  8. André Pinheiro permalink
    10/19/2014 23:59

    muito bom!!!

    Curtir

  9. Cesar Cachaça permalink
    10/19/2014 23:01

    subscrevo 100% e acrescento: futebol é quarta e domingo. Sem mais para o momento.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: