Skip to content

SEP 1×1 Corinthians, trabalhou bem o STJD…

10/25/2014

Quem viu Real 3×1 Barça, viu um Real Madrid bem compacto, despreocupado com a posse de bola e saindo rápido no contra-ataque. Era um 4-4-2 com o que o Corinthians vem tendo sucesso: compactação e foco na roubada de bola já adiantada, que para o cronista esportivo brasileiro, isso ainda é retranca. Quando tomou o gol, Real manteve o sistema, deixando a bola com o visitante. O resultado final foi acachapante.

Eu já tinha uma nota mental para não assistir esses super jogos internacionais antes de jogos brasileiros, pois a sensação de preguiça que o jogador brasileiro passa é fulminante. Não deu outra!

Para o Corinthians, que tem um aproveitamento extraordinário contra equipes do G4, o sistema é bom, mas a escalação atual pós protestos no CT, com Renato e Luciano no ataque, deixa o setor ofensivo lento. Luciano inclusive é mais lento que Romero. Em determinados gols perdidos, a lentidão era tanta que a bola gritava desesperadamente por um arremate para o gol.

Enfim, não aproveitamos nossas chances, mas Valdívia, no único lance de lucidez do ataque verde, fez bela jogada por dentro e Fábio Santos – numa partida tenebrosa – abandonou a lateral esquerda na hora errada para permitir um chute mascado que ia para fora: 1×0. Vi a falha do Fábio, mas achei que era bola do Cássio antes da falha final do Fágner.

Corinthians ainda foi melhor, finalizou mais de 10 vezes num modo ABSOLUTAMENTE PARADOXAL: finalizava em situação de perigo, mas sem levar perigo. Trabalhou bem o STJD…

Quem viu o 1º tempo longe das redes sociais, provavelmente imaginou que virar era questão de tempo e voltamos para o 2º tempo com as mesmas formações. Adversário arriscou tudo na cera e retranca, abandonando a posse de bola. Já o Corinthians foi um autêntico FADE OUT desde o 1º minuto da etapa final.

Só aos 15, Mano tirou Jadson por Malcom para resolver o problema da velocidade no ataque e equilibrar numericamente o jogo.

Aos 21, Petros por Romero. Uma mexida que aproveitava o abandono do meio de campo pelo adversário. Na base da lentidão extrema, chegamos ao 1×1 Danilo, que eu nem reparei que tinha entrado!

Corinthians deixou de vencer no 1º tempo, quando teve as melhores chances e quando não tinha a posse de bola. No 2º tempo, sem velocidade e sem jogadores de decisão, sucumbiu a queda física e ela, só ela, explica a queda técnica pavorosa de quase todos os jogadores. Mesmo o maior corneteiro tem de reconhecer que o número de erros, particularmente no 2º tempo, foi além do normal.

Pelo 2º tempo é natural que se faça a tradicional caça às bruxas, tirando Bruno, vi TODOS, sem exceção, jogarem abaixo de sua própria média. Daí que eu acho que a queda física explica a técnica, pois taticamente a equipe esteve bem, tentou vencer no toque e não no chuveirinho e o treinador mexeu bem dentro das peças que dispunha.

Se o Corinthians não tivesse tido invasões, tapetão, vendas e trocas ruins, acho que seria um ano de resultados melhores.

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. Marcos Serra permalink
    10/26/2014 15:29

    Acompanho o dono do boteco. Assisti um time melhor taticamente que o adversário e que criou mais oportunidades no 1¤ tempo, como a desperdiçada pelo Luciano num passe de Jadson.
    O gol deles foi mérito do chileno e vacilo do eterno FS e do Fagner. Nosso empate não veio do acaso, como podem sugerir, mas da insistência do time e da estrela do Clássico Danilo e do “retranqueiro” Mano.
    Elias está mal, mas não temos outro pra escalar. Sem poder repetir o time titular e sem reservas à altura fica muito difícil ser regular neste campeonato.
    Acredito em Libertadores, se o STJD e as organizadas deixarem.
    Vai, Corinthians!!!

    Curtir

  2. andre.t permalink
    10/26/2014 10:49

    Cade as criticas ao dorival retranqueiro que deixou o corinthians empatar?? No mais, o esquema com RA de atacante não funciona, malcolm no lugar de jadson teria sido uma melhor opção. Elias jogando mais avançado resolve bastante nossos problemas ofensivos e BH da conta na saida de bola. Chega dd recuar o elias! Chupa valdivia, q moral esse cara tem para agitar aos 30 do 2T??

    Curtir

  3. Cesar Cachaça permalink
    10/25/2014 23:21

    quando foi a última semana inteira de treino / descanso? não me lembro, sinceramente, de um ano com calendário tão apertado quanto esse. O nivelamento por baixo por conta da questão física é notável.

    No mais, se a frase “futebol é bola na casinha”, que Mano gosta tanto de usar, era válida até os 40 do segundo, quando o Palmeiras ia vencendo sem necessariamente merecer, continua válida para o empate numa hora que o jogo parecia absolutamente decidido. Com Guerrero em campo teria sido jogo para um 2 x 0 sem riscos atrás. Ainda assim, são 4 pontos contra SPFW e 4 contra o SEP, e tendo ganhado do Santos na vila, não seremos inferiores a nenhum rival no confronto direto. Se o time oscila demais e ainda falta para termos um time pronto, é verdade que se perguntarem para qualquer técnico dos times da ponta da tabela ou de um rival nosso “contra quem vc nao quer jogar amanhã?”, a primeira resposta será “Corinthians”. E isso não é pouca m* não.

    Curtir

  4. 10/25/2014 18:55

    Que jogo ruim, socorro! Não se salvou um (talvez Bruno, Malcom e Danilo tenham sido menos ruins). Melhor nem comentar mais né? Vamos passar para o próximo por favor. Obrigado.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: