Skip to content

Corinthians 1×0 Grêmio, 1, 2, 3, 4 vitórias!

11/24/2014

Foi o jogo que mais curti em Itaquera!

Grêmio foi perfeito no seu papel de Grêmio: ficou o 1º tempo acuado, levou vareio de bola e quase arruma seu já tradicional gol canalha no único chute que deu. Sim, eles são os recordistas mundiais de gols-canalhas contra nós e merecem alguma placa, sei lá.

Fizemos um 1º tempo muito bom, taticamente ótimos, pecamos um pouco nos cruzamentos e finalizações. A parte física, combalida nos dois times, foi superada na raça e nas substituições. Corinthians aproveitou com inteligência a república de volantes que Felipão levou ao jogo (eram 3 no meio, mais Ramiro na LD) e empurrou o jogo ofensivo para laterais. Nosso 4-4-2 mostrou Renato mais recuado na marcação (4-4-1-1, da época do Douglas+R9), mas sempre caindo rápido pela ponta esquerda.

Felipão tentou de tudo para acertar a marcação das laterais, recuou volante, inverteu Dudu (que começou jogando pela nossa direita), mais ele mexia e mais bolas ganhávamos no meio de campo para jogadas rápidas pelas laterais. Foi um grande primeiro tempo do Renato, articulando jogadas com Fábio Santos e Guerrero pelo setor esquerdo. Do outro lado, Fágner e Malcom passavam com certa facilidade pelo Zé Roberto. Não sei, mas acho que Felipão viu pouco jogos do Corinthians…

Não veio o gol, mas o 2º tempo nos reservou uma péssima surpresa. Felipão entrou com Giuliano no lugar de um dos volantes e isso aumentou a presença numérica do nosso lado esquerdo. Pressionado, Corinthians demorou para sair da situação incomoda. Mesmo assim, quase Guerrero faz um gol antológico, mostrando que realmente passa pela melhor fase da carreira.

Mano foi para as substituições. Primeiro Luciano no lugar de Malcon, substituição que eu não faria, mas foi decisiva… Depois Danilo no lugar de Elias, aumentando a criação, quando Corinthians já tinha recuperado o domínio do meio. Por fim, Jadshow no lugar do extenuado Renato, essa necessária e igualmente decisiva…

Jadson deu um lançamento curto genial (bem ao estilo dele), arrumando uma bola perfeita para um cruzamento não tão bom do Luciano. Mas Guerrero concertou tudo: 1×0!

Corinthians segurou o jogo no fim, dos 6 minutos de acréscimo ainda conseguiu gastar uns 4 num furdunço na ponta direita.

Não sei se foi o melhor jogo do Corinthians, talvez contra o SPFC o time tenha sido um pouco mais completo. Mas, com certeza, foi o mais tenso.

O time jogou bem e no que compete ao treinador, o trabalho foi mais uma vez otimamente conduzido.

Campeão

Corinthians não tem elenco para disputar o título contra o Cruzeiro nos pontos corridos. Infelizmente, quando um elenco é muito superior nos pontos corridos, não tem disputa (como não teve neste ano).

Elenco é titulares e, principalmente, reservas.

Meu ranking de elencos do bra-14 seria: Cruzeiro >> SPFC >> Inter > Atlético, Grêmio, Corinthians. Veja que pela minha classificação, somente um treinador não vingou em 2014.

Leio sobre Tevez ou Paulinho. Óbvio que a 1ª é mentira, mas não é isso o que precisamos (assim como não precisávamos colocar 40 milhas em um só atacante). Precisamos, para tapar os buracos urgentes do elenco, de zagueiros (titular e reserva) e laterais. Um supercraque? Ótimo, mas primeiro uma operação tapa-buraco.

(Li em algum lugar que quando o Corinthians não conseguiu fechar com o Nilmar, Mano preteriu um plano B e disse que tentaria Malcom e Tocantins).

Sinalizador

Não pode, é regra e se você quer protestar contra isso, marque uma passeata.

E já aviso: não vou!

Por mais que eu seja contra o futebol moderno e sua política higienista, acho fogo e estádio uma mistura perigosa. Já matou uma criança em Oruro, já colocou incendiou em estádio na Europa, já feriu muita gente com queimaduras e explosões.

A segurança coletiva é mais importante que qualquer forma de romantismo.

Anúncios
34 Comentários leave one →
  1. cesar cachaça permalink
    11/27/2014 13:22

    apenas (mais) um atestado de como a imprensa é extremamente parcial em relação aos que gostam e contra os que degostam:

    com a eliminação do SPFW da Sulamericana (aliás a 4° em mata-mata do Muricy no 1 ano e pouco que dirige o time) temos que, de fato, o ano de SP e Coritnhians são quase idênticos em relação a resultados. Sem título, vaga na libertadores. Isso considerando que Muricy está há mais tempo no cargo (acabou 2013 por lá), não teve reformulação no elenco e recebeu mais e melhores reforços (Souza, Alvaro Pereira, Kaká, Michel Bastos, Kardec e Pato – ok, teve de se desfazer do já reserva Jadson). Alguém vê alguém na imprensa sequer cogitar a possibilidade de mandar Muricy embora? Alguém vê alguém sequer cogitar a possibilidade de que Muricy poderia (na verdade deveria) ter resultados melhores? Pois é…

    Curtir

    • Cesar Augusto permalink
      11/27/2014 14:51

      Dois pesos e duas medidas tão comuns quanto se trata de São Paulo e Corinthians.

      A imprensa está quase pedindo desculpas pela eliminação tricolor.

      E mais, ninguém ousou questionar Muricy sobre a tal “injustiça” do futebol. Muricy disse que foi a partida mais injusta da vida dele e ninguém perguntou ou, ao menos, comentou que a derrota de 1×0, na Colômbia, também foi injusta, pois era para perder de 3 ou 4.

      Em suma, a provável saída de Mano do Corinthians só é boa para os adversários ou alguém acredita que Tite renovou seus conceitos futebolísticos só porque conheceu o Ancellotti e o Bianchi?

      E mais, se for o Tite, porque dizem que Andrés não o quer. Prefere Oswaldo de Oliveira ou Eduardo Baptista, o filho do Nelsinho.

      Curtir

      • cesar cachaça permalink
        11/27/2014 15:44

        José Khalil, que na minha opinião é um dos melhores comentaristas esportivos desde que o assunto não envolva Santos e/ou Corinthians (aí ele vira o pior tipo de torcedor), desceu a boca no Muricy hoje…na coletiva ontem, Muriçoca chamou a diretoria de lenta para contratar; Khalil lembrou de todas as contratações que o SP fez esse ano e que nenhum técnico no Brasil teve esse mamata esse ano. Mas é exceção, os outros 98% estão lá babando ovo…

        Curtir

      • Morgana permalink
        11/27/2014 21:35

        E dizem que tem o Abel também.

        Curtir

    • 11/27/2014 18:20

      Concordo com vc que os trabalhos foram parecidos, com o do Mano um pouco mais difícil. Mas continuo discordando (especificamente com relação a troca de técnico) que a imprensa tem mais má vontade com o Mano ou o Corinthians. Acho que são os nossos ouvidos que escutam com mais atenção as críticas a quem nós gostamos. Não acho que é a imprensa que influencia tanto. Acho justamente o contrário. Explico. Quase nenhum torcedor do SP cogita a demissão do Muricy (eu não conheço nenhum). Já no caso do Corinthians, boa parte da torcida não gosta do Mano (no meu pequeno grupo de torcedores de estádio, metade não gosta do Mano, em parte por mágoa ao nos trocar pela seleção em 2010). Na minha opinião a imprensa só amplifica o que já ouve na rua (dos torcedores), com o simples objetivo de vender mais jornal. FIco puto com os erros e perseguições contra nós, mas só até ouvir a mesma coisas de amigos que torcem para os adversários.

      Curtir

      • Cesar Cachaça permalink
        11/27/2014 21:51

        é, vira a mexe a gente discute essa questão aqui ehehe…é claro que não é totalmente unidirecional (torcida => imprensa ou vice-versa), mas eu continuo achando que, em geral, o efeito imprensa inflamando torcida é mais forte do que o efeito imprensa reverberando para vender jornal. E isso não acontece só no futebol, mas por ser um assunto mais emocional e cujo nível da mídia é mais baixo em termos de preparo e entendimento do assunto, acontece mais no futebol…

        Curtido por 1 pessoa

  2. Cesar Augusto permalink
    11/26/2014 14:53

    O Corinthians foi superior e mereceu a vitória. Não houve erro de arbitragem. A choro faz parte do “modus operandi” do Felipão, esse canalha que tem a complacência da mídia para fazer canalhices e ainda ter razão. Ao longo dos anos, sempre foi assim.

    Mas esquecerei Felipão. Depois do 7×1, classificar para a Libertadores seria um prêmio ao canalha. Ele não merece. Bem feito. Só o STJD salva o Grêmio.

    Eu queria falar sobre como é, neste momento, ilógica a saída de Mano Menezes. Há 1 mês não seria ilógico, ressalta-se, mas, hoje, após cumprir a meta de Mário Gobbi, que era a classificação para Libertadores, trata-se de uma verdadeira burrice.

    Qual a vantagem em trazer um treinador que começará o trabalho do zero em detrimento de um trabalho, que está nos 30%, como diz o próprio Mano?

    Como diz o Dono do Boteco, a saída de Mano, que é certa, nos fará “voltar 2 casas ou mais”.

    O trabalho tem falhas, defeitos e é, sim, passível de contestações, mas este mesmo trabalho, em tese, nos classificará a Libertadores quando ninguém mais esperava. E percebe-se que este trabalho tem margem para crescimento. Interrompê-lo não é uma medida inteligente.

    Qual a razão objetiva para a saída de Mano Menezes?

    Eu quero apenas 1 razão. Tento procurar, mas não encontro. A única razão é que a diretoria do Corinthians, ou melhor os candidatos à presidência do Corinthians são pautados pela imprensa que odeia Mano Menezes, simplesmente, porque ele é bom e vestiu a camisa do Corinthians, desde o primeiro dia em que chegou.

    Vale destacar, também que Mano Menezes é arrogante, antipático e sem carisma. Mas é muito competente.

    Perderemos tempo contratando outro técnico, que começara o trabalho do zero. Dos prováveis classificados a Libertadores, só Corinthians e Internacional trocarão seus técnicos. Os demais manterão os seus técnicos e, óbvio, sairão na frente.

    Eu queria entender a lógica em demitir um treinador que está em seu melhor momento no clube.

    O antecessor pediu 1 milhão para voltar ao clube.

    E, mesmo assim, voltará após o péssimo trabalho, em 2013. A memória seletiva do corintiano impressiona…

    #FicaMano

    #TitenoInternacional

    É o melhor para o Corinthians.

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      11/26/2014 15:35

      Não há lógica. Inclusive o perfil do time atual, mais jovem e de potencial, não é o mesmo do perfil do time de 2010/11, cheio de cobras criadas experientes.

      Na mesa redonda da espn, um canal anti-mano, só o Todynho falou contra e mesmo assim faria um contrato até o fim da libertadores.

      Até o Juca disse o óbvio: agora que está acertando não tem porque tirar.

      E deu no que deu: uma tempestade em São Paulo que encheu a cantareira!

      Curtir

      • Cesar Augusto permalink
        11/27/2014 10:00

        Só os candidatos à presidência do Corinthians não enxergam o óbvio.

        Também esperar o que de Paulo Garcia ou do Roberto Andrade, amicíssimo do Adenor.

        Se fosse o Mário Gobbi daria uma canetada e renovava por mais 1 (um) ano com multa astronômica.

        Curtido por 1 pessoa

    • Nicolau permalink
      11/26/2014 16:44

      Recontratar o Tite agora, depois de não renovar seu contrato em 2013, seria (será) prova cabal de falta de visão e incompetência. Se gostam de Tite, deveriam ter bancado sua permanência e conduzido com ele a renovação do elenco. Mas isso exigiria uma diretoria com algum estofo para matar no peito as críticas de imprensa e torcida, o que é uma raridade no futebol brasileiro.

      Curtido por 1 pessoa

  3. Nicolau permalink
    11/26/2014 14:46

    Sobre base e contratações, olha essa:
    http://www.timaonet.com.br/noticia/focado-na-renovacao-de-guerrero-corinthians-teme-perder-malcom/7593
    “O Corinthians teme perder o atacante Malcom na próxima temporada. Dono de apenas 30% dos direitos econômicos do garoto de 17 anos, o Timão se move nos bastidores para evitar uma transferência precoce da revelação para um clube estrangeiro. Incluído pelo jornal inglês The Guardian como uma das 40 maiores promessas do futebol mundial, o jogador foi promovido da base para a categoria profissional pelo técnico Mano Menezes no início deste ano.”

    Curtir

  4. 11/25/2014 14:38

    Excelente primeiro tempo, titubeada no início do segundo e retomada a partir da metade do segundo tempo. Difícil falar em consistência já que ganhamos jogando mal contra o Bahia e medianamente contra o Santos e Goiás (ambos quase de férias). De qualquer maneira os resultados foram consistentes (e nem isso conseguíamos há uma mês atrás) e o futebol demonstrou alguma evolução. Até o Jadson contribuiu. Mas mantenho a opinião de frustração com o trabalho do Mano durante todo o ano, apesar de já ter chegado ao que eu mesmo estabelecia como meta desejável no inicio do campeonato (66 pontos). Classificação para a Cucaracha é interessante e importante do ponto de vista econômico, mas é muito pouco para o investimento. Mesmo assim acho agora pouco razoável não renovar com o Mano considerando uma provável pré-libertadores em janeiro (que é a besta que decidiu que as eleições tem que ocorrer em fevereiro?). Mas com condições tem que ser renegociadas. Eu sugeriria 50% do salário atual e bonus por boa pontuação e conquista de títulos. Mas acho que ele não deve aceitar.

    Sobre os sinalizadores, gostei muito do texto da Nayara (“Não tem mais poesia que salve o Corinthians” by @corinthiana http://bit.ly/1uBMFcN), que estava no olho do furação. Uma trecho para criar curiosidade:

    “Logo depois dezenas de sinalizadores foram acesos ao meu redor e na hora mil pensamentos vieram a minha cabeça, desde que eu estava presenciando a primeira vez em que sinalizadores foram acesos ali até em que hora a polícia subiria para nos espancar a esmo. Mal tive tempo de ver o que ocorria quando começou uma grande discussão, onde a maioria da arquibancada xingava de “filha da puta” os corinthianos que acenderam os sinalizadores. Em meio a tudo isso, pensei que eles fizeram o errado pelos motivos certos.”

    Não concordo com tudo que ela escreveu, mas está óbvio que estamos atrás de uma identidade e que precisamos “discutir a relação” clube/torcida. Transições são sempre difíceis. Assunto para outra mensagem.

    Curtido por 1 pessoa

    • cesar cachaça permalink
      11/26/2014 10:27

      eu considero que ao longo de 2014 foi feito, de fato, uma espécie de “desinvestimento”; saíram 7 jogadores e entraram 7, sendo que, no saldo, os 7 que saíram eram mais caros / mais medalhões / mais adaptados do que os que entraram. Não se economizou tanto por razões jurídicas (vc não tem como se desfazer dos 500 mil do Sheik, por ex, nem dos 800 do Pato…), mas em termos de contar de fato com esses jogadores, é como se o clube os tivesse vendido. Ao longo do ano as coisas vão acontecendo e a gente analisa semana a a semana, mas de fato o objetivo para 2014 era claro: reformular gastando menos. É diferente da pequena reformulação que se tentou em 2013: manter uma base campeã apenas acrescentando qualidade (e gastando bastante).

      Curtido por 2 pessoas

      • Nicolau permalink
        11/26/2014 10:37

        Legal vc ter feito essa conta, deixa mais claro o processo desse ano, que dificultaria qquer treinador. A renovação com o Sheik no meio de 2013 entra na lista das grandes cagadas da diretoria.

        Curtir

        • bloguedotimao77 permalink*
          11/26/2014 15:20

          A impressão que eu tive é que eles quiserem bonificar os campeões mundiais e erraram na mão ao fazer contratos longos.

          Lembro que o Sheik inventou uma proposta do Flamengo para garantir 2 anos de contrato com o Corinthians (que só queria dar 1).

          Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      11/26/2014 15:29

      Sobre o protesto acho que dá um post e antecipo que não estou concordando com as duas alas que estão se digladiando nas redes sociais.

      É indefensável a tese de que o protesto com sinalizadores é alguma forma de resistência, pois, todo mundo sabe, ele resulta em punição esportiva para o time.

      Eu xinguei na hora, assim como todo mundo que estava ali preocupado com a vitória e os 3 pontos do campeonato. (Pessoalmente sou contra fogos de qualquer tipo em aglomeração de pessoas, pois o amadorismo leva a mortes como em Oruro, Santa Maria etc.).

      Mas o outro lado está vociferando merda também… Estão defendendo um New Corinthians. Um clube com uma identidade nova, mas com uma cara bem imbecil. Aí não!

      A última frase da @corinthiana resume direitinho: fizeram o errado pelos motivos certos

      Curtido por 1 pessoa

  5. Cesar permalink
    11/25/2014 8:58
    1. Uma bela vitória, mas o que mais me agrada é consistência do time. Curioso acontecer isso com um técnico que pode sair.

    2. É curioso também em como nao se ouve um comentarista “moderno” pregar a continuidade de trabalho no caso do Mano. Não dizem isso sem parar em relação aos outros? Dois ou três anos para montar um time vencedor? O tal Neto já crava que ele nao será mais o técnico para o ano que vem, mas me parece muito mais uma torcidaa

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      11/25/2014 10:10

      Zapeando pelos “portais corinthianos”, vejo números centenários de “curtir” em postagens defendendo a manutenção do treinador.

      É fato que Mano virou nas pesquisas.

      É fato também que ele está a 2 vitórias de um recorde histórico do Timão.

      Curtir

      • 11/27/2014 11:16

        Já vi vários comentaristas (ESPN, Globo e Sportv pelo menos) questionando se o melhor não seria seguir com o Mano. Isso comprova que a tese de que a “mídia” detesta o Mano que se propaga no boteco não é verdadeira. A maioria da mídia (ainda mais a esportiva) vai na onda. Se vai bem, é ótimo, se não vai bem, é péssimo. E um Manos mais sarcástico e arrogante pós-seleção (não me lembrava dele assim antes da seleção) também não ajuda.

        Curtir

  6. 11/24/2014 22:38

    Bom, mesmo sem gostar muito do Mano. Depois desse ano, acredito que ele mereça seguir um ano mais como treinador, porém com salário reduzido. Pra mim, um treinador não pode ganhar mais de 350 mil reais, que já é muito. Ainda mais brasileiros que pensam que sabem futebol e não evoluem. Mas Mano mostrou evolução, ainda mais com os jogadores que tinha.

    Penso que em 2015 o Corinthians não devia gastar com contratações. Deveriam deixar os garotos da base jogar, principalmente Malcom, Tocantins e outros que estão emprestados. Também penso que deveriam contratar jogadores que acabam contrato, bons para lutarem pela titularidade, para termos reservas melhores se possível.

    O Brasil está em recessão, então o melhor é não gastar e usar o que temos de melhor. Fazer contratações eficientes como as que fizemos com Chicão, Herrera, Cristian, André Santos… entre outros…

    Com relação ao nome da arena, demorou para o Corinthians tirar essa missão das mãos de Andrés… ele não vai fechar nome sem ganhar uma comissão… e quem perde o Corinthians…

    Bom, poderia escrever um monte de soluções para a crise do Corinthians, mas não quero cansar vocês, pois eu fico indignado com o amadorismo desses políticos que estão no Corinthians, roubando o clube que eles dizem amar.

    8D

    Curtido por 2 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      11/25/2014 10:24

      350 mil reais é muita grana. Acho esses valores do futebol irreais.

      Por mim, o salário do Corinthians deveria ser sempre baixo em relação à média, mas com premiações muito maiores que as maiores.

      Prêmio na vitória = +x
      Prêmio na sequencia de vitórias: ganhou 2 seguidas = x+x+y, 3? = 3x+y+2y…
      O cara ganha um brasileiro deveria ganhar mais de milhão.

      Ganhou com jogador da base? +z

      Se o cara for produtivo a premiação bateria fácil o 650 mil/mês, caso contrário, deveria receber um salário para não passar fome!

      ===

      Você tocou num ponto que merece um post: o que a recessão vai impactar no futebol de 2015?

      Se o dólar subir (o que é normal, pois ele corrige a perda de produtividade da economia brasileira) o jogador brasileiro fica mais barato para quem tem moeda forte.

      Curtido por 1 pessoa

      • 11/25/2014 17:28

        O problema aqui é a supervalorização do treinador e a inflação dos salários dos jogadores… a maior parte dos salários são fora da realidade brasileira… acho muito errado um jogador qualquer, meia boca, tipo o Jadson, receber mais de 250 mil reais… enquanto o salário mínimo do país não chega a mil reais… entendo que tem que pagar bem pra não perder pra Europa… mas vai chegar uma hora que não vai ter mais pra onde ir… e o cara vai ter que jogar no Brasil…

        Uma coisa que eu gosto no Madrid é que, não importa o jogador, o mais importante é o clube. Se tiverem que mandar o CR7 embora, ele vai embora. O Real Madrid é muitíssimo mais importante que qualquer jogador, não importa se é o Pelé ou o Messi.

        Falta isso ao Corinthians. Além de profissionalismo por parte da diretoria.

        Curtir

  7. 11/24/2014 22:37

    Smoke on the water, do Deep Purple, relata uma tragédia vivida por eles em Montreaux, em 71, quando mais um idiota acendeu um sinalizador dentro do Teatro.
    “But some stupid with a flare gun Burned the place to the ground”, cantam a certa e magnífica altura. Ok, Blackmore é Deus encarnado e o riff inicial prova isso.
    Essa música é um ano mais nova que eu e ainda hoje temos idiotas fazendo as mesmas idiotices.
    ……..
    Ano que vem será mais um ano de libertadores, i.e., adeus brasileirão.

    Curtido por 2 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      11/25/2014 10:28

      O que é pior é utilizarem essa questão do sinalizador para discutir o problema da arenização do futebol brasileiro.

      Misturam dois debates importantes, mas um, sem trocadilhos, queima o outro.

      Curtido por 1 pessoa

  8. Cesar Cachaça permalink
    11/24/2014 21:10

    sobre o jogo, pouco a acrescentar; o Corinthians foi superior por mais tempo e de forma mais intensa, e o resultado foi justo, num jogo com um nível de dificuldade alto, o que já era esperado.

    Sobre o ano: vaga na Liberta quase assegurada. Não seria razoável esperar título, tend no campeonato um time tão mais pronto e que tem tudo para bater o record de campanha dos pontos corridos. Assim, o resultado é bom para o contexto. Mas não falemos de resultado, falemos de desempenho. O time oscila e muitas vezes não joga tão bonito? É verdade. Por outro lado, já temos um time titular que faz frente a qualquer time do Brasil; basta dizer que nos confrontos diretos com os outros 5 de cima (turno e returno), são 4 vitórias e 1 empate. Falta qualificação e quantidade e, claro, dar rodagem (tempo junto) para técnico / time. Com 3 bons reforços, esse time entra num outro patamar em 2015. Claro, mantendo-se técnico e estrutura. Mano entrou com a meta de reformular o time. Nesse aspecto, cumpriu o prometido com algum louvor, a despeito dos problemas.

    Sobre felipão e mídia: o quanto é ridículo a reclamação do Felipão não está no mapa. Teve a pachorra de reclamar de um lateral que, 2 minutos depois, culminou no gol. E o penalty…não há imagem que mostre a mão de FS (que aliás tem que aprender a pular com os braços colados ao corpo). A imagem que melhor mostra dá a leve impressão de rosto; mas o que mais entrega é que Ramiro, o gremista que estava no lance e o viu de frente, nem ameaçou reclamar. Ainda assim vi, ouvi e li muito mais gente da marrão atestando que foi penalty sem sombra de dúvida, o que dá margem para investigações psicológicas. Dissessem algo do tipo “humm, parece que foi”, vá lá, mas não; boa parte das opiniões eram enfáticas. E, claro, como brasileiro adora uma teoria da conspiração, criticar CBF e Globo, fora do eixo RJ-SP o que vai ter de asno reverberando as asnices feliponinas…

    Embora a gente já saiba que o nível da imprensa esportiva é em geral deplorável, as vezes a gente ainda se assusta com algumas coisas. Outro dia ouvir de orelhada um programa de ra´dio no qual o Datena estava; falou com ênfase sobre quanto o Cruzeiro fez esforço para perder o título e ninguém aproveitou. Sim, esse mesmo Cruzeiro que provavelmente baterá o record de pontos, “fez esforço” para perder o título. Então tá. Acho a opinião do cachorro do vizinho mais qualificada.

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      11/25/2014 11:09

      Pois essa do Ramiro eu percebi lá em Itaquera: ele não acompanhou a reclamação do resto e isso foi uma alento na hora, pois de onde estávamos, tínhamos certeza de que ele marcaria o penal.

      Depois ele, com muita personalidade, falou que a bola bateu no rosto mesmo e o Grêmio não deveria reclamar. Lembrou um cara que fez o mesmo num penal muito mal marcado: ALEX.

      Alex era novinho, Felipão também era o técnico e juiz marcou um penal inexistente nele contra o Corinthians. Alex declarou que não foi nada e o juiz errou.

      E o que aconteceu?

      Pau no Alex!

      Curtir

  9. Nicolau permalink
    11/24/2014 21:06

    De novo não consegui ver o jogo, mas o resultado e os melhores momentos foram muito bons. Pergunto aos meus botões se, conseguindo a vaga na Libertadores, existe ainda chance de Mano ficar. Torço por isso tanto pelo que considero um bom trabalho (discordo um pouco da ordem dos melhores elencos, mas é por aí, e de todo jeito acho que estamos rendendo acima do esperado) quanto por minha crença de que, na dúvida, é melhor apostar na construção de médio/longo prazo.
    Sobre reforços, eu priorizaria um segundo atacante titular, um centroavante reserva e um zagueiro titular. Posso discutir a primeira proposta para apostar em Malcolm, mas acho perigoso continuar com um ataque que resolva tão pouco. Não mexeria nas laterais não por adorar o que temos, mas por ver pouca opção muito acima disso no mercado – a menos que topemos disputar europeus, o que não creio ser possível financeiramente.
    Sobre atacantes, um parenteses: fui ver que Guerrero tem 11 gols no campeonato e que os artilheiros têm 15. Estou viajando ou é muito pouco em termos históricos?

    Curtido por 2 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      11/26/2014 9:18

      Centroavante você tem razão, como aqui não se respeita data fifa, é esse drama cada vez que o Guerrero é convocado.

      Curtido por 2 pessoas

    • 11/26/2014 10:17

      Concordo, o que precisamos com urgência são um atacante titular, um zagueiro titular e um centro-avante reserva que preste. E precisa cuidar melhor da base. Estou muito bem surpreendido pela garotada do Atl-MG, não vi nenhum que possa dizer que é craque mas tem uns 5 jogando que dão conta do recado. Sei que é extremamente difícil amadurecer em time grande, pressão grande e início de carreira não combinam, mas há outras opções.
      Sobre a artilharia, afinal quantos jogos o Guerrero deixou de jogar por convocações da seleção Peruana e por punições? Que eu me lembre pelo menos 7. Em algum lugar encontramos estatísticas dizendo gols/partidas disputadas ou minutos jogados? Nos últimos cinco anos os artilheiros do campeonato fizeram de 19 a 23 gols (fonte: http://bit.ly/1pmF1Hx).

      Curtido por 1 pessoa

      • Nicolau permalink
        11/26/2014 10:44

        Sobre as convocações de Guerrero, bem lembrado. Mesmo assim, se bem me lembro Liedson fez 12 gols em 2011 e foi o diferencial de nosso ataque.
        Sobre a base, Malcolm e o Tocantins parecem bons. Talvez seja questão de dar mais chances mesmo. Serra que não tem uns laterais lá pra ficar na reserva?

        Curtir

      • 11/26/2014 11:50

        Não acho que o Corinhtians deveria gastar com contratações… nem aceitar jogadores que empresário tentam colocar no time. Tem que usar a base… os caras precisam jogar… na copinha, no paulistão… considero de suma importância um time B… nem que seja um time de outro estado… para emprestar os moleques e dar oportunidade de eles jogarem na série D, C ou B… mas sem aquela pressão… assim como fazem Madrid, Barça e Villarreal…

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: