Skip to content

O possível duelo Corinthians x SPFC pela despertadores-15

02/18/2015

É importante começar pelas coisas importantes. Em 2014 foi reconstruído um time praticamente do zero. Começamos bem abaixo do SPFC, inclusive perdemos o 1º majestoso do ano no Pacaembu em falhas individuais na lateral esquerda.

Mas fechamos o ano como os campeões do 2º turno, como 1 gol a mais que o Cruzeiro. Não é pouca coisa, Mano prometeu a despertadores, conseguiu, mas conseguiu mais: terminamos como a MELHOR EQUIPE DE 2014.

Se a derrota no 1º jogo veio de cruzamentos altos não interceptados pela defesa, a vitória do 3º jogo veio no jogo de pé em pé, taticamente perfeito no 4-4-2 com Guerrero caindo em diagonal e sem Elias, contundido.

Agora temos um Majestoso antecipado, muito cedo ainda. Do lado de lá, nem Muricy sabe bem o que vai escalar, mas tem claras tendências de 3 zagueiros, num 3-6-1 ou dois atacantes num 4-4-2. (Eu não descartaria um 4-2-3-1 espelho ao nosso). 3 zagueiros lá é o ideal para nosso time, pois atacamos incrivelmente abertos.

Tite deve manter o 4-2-3-1 ofensivo que se defende no 4-1-4-1. A questão é a preferência por Danilo no lugar do Guerrero por melhor fase “técnica” e “merecimento”. Pode dar certo, mas é jogar contra as probabilidades. Afinal, deve ser jogo intenso e Danilo não é de aguentar 90 minutos. Mas isso não faz muita diferença, pois Tite tem insistido na ideia do centroavante-pivô, isolado do jogo e aguardando o gol de rebote.

Como Danilo não deve aceitar o papel de cone e sair da área, se Muricy aparecer com 3 zagueiros, é coisa para aposentadoria.

Pelo último jogo das duas equipes, a vitória corinthiana deve ser relativamente fácil.

VAI CORINTHIANS!

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. joelbrando permalink
    02/18/2015 19:09

    Eu gosto de clássicos porque eles carregam em sua essência uma característica peculiar: o momento técnico de cada time tem menos importância do que em jogos normais. Outros elementos que cercam a partida emergem, enquanto a conjuntura do clássico perde um pouco da força. Eu sempre gosto de ilustrar isso com o Corinthians e São Paulo em 2007, em que nosso time capenga, lutando para não cair para a série B, venceu de forma heroica um São Paulo que era a maior força do País, quiçá do Continente, e tinha uma defesa intransponível. Esse tipo de jogo é sempre muito imprevisível, são muitas variáveis, sobretudo neste cenário em que as duas equipes tem times do mesmo nível.

    Curtir

  2. Cesar Cachaça permalink
    02/18/2015 15:36

    tenho medo de falar, pq clássico é clássico e vice-versa, sai zica saravá trêis veiz ehehe. Mas analisando friamente e taticamente, tem tudo para ser um jogo relativamente fácil, sim. Tite aparentemente aprendeu o que quer dizer “jogar em 30m”, e de fato tenho visto uma tentativa de time mais compacto. Teoricamente o SP vem para se defender e tentar algo no contrataque / bola parada. Ora, o trio mais ofensivo deles é Ganso, LF e Kardek, três jogadores lentos. Se Tite empurrar os três para trás, compactando enfiados no 4-1 nosso de trás, tem tudo para terem pouquíssimas chances de gol. Como vc disse, Muricy tem muitas dúvidas para o jogo, o que revela que o trabalho tático por lá está em um etapa anterior. O últimos jogo foi 3×2, sendo que os 2 gols deles saíram em bobeadas da zaga. Poderia ter sido 3×0, por ex, sem muito problema. Do nosso lado, eu gosto da idéia do Danilo como jogou os primeiros 20 min contra o Once lá – revezando com Renato e numa tentativa (tá, forcei um pouco ehehe) a la Barça de Pep, sem ninguém enfiado mas uma linha de 3 ou 4 esperando um espaço para alguém infiltrar (foi assim que o gol de Elias saiu lá e que Fagner perdeu um gol na cara). Se o clima hoje no estádio estiver bacana…torçamos!!

    Curtido por 1 pessoa

    • Correa Leonardo permalink
      02/18/2015 15:56

      Também acho que não vai ser fácil, mas vivo um otimismo moderado para esse embate. VAI!!!

      Curtir

  3. Cesar Augusto permalink
    02/18/2015 15:11

    Dizem que o Corinthians está melhor preparado que o SPFC. Dizem, ainda, ser mérito exclusivo de Tite. Não é. A base é a mesma de 2014. Só saíram Malcom e Petros.

    Muricy demora para acertar o time, mexe muito no início do ano. Não demonstra convicção. Logo temos uma certa vantagem, o que, cá entre nós, não significa nada.

    Talvez Renato Augusto jogue mais adiantado. E o SPFC jogará no 4231, provavelmente.

    Jogo duríssimo.

    #VaiCorinthians

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: