Skip to content

Corinthians 0x2 SEP, apertem os cintos, o piloto “de jato” sumiu!

05/31/2015

Corinthians e SEP continuaram a partida mal resolvida do campeonato paulista. Foram os 3º e 4º tempos da partida anterior, agora com um adversário mais forte no meio e nós mais fracos no ataque.

Taticamente manteve-se a balada do jogo anterior: adversário pressionou as laterais e acabou com nossa saída de bola (que estava ainda pior com a ausência de Elias). Como Valdívia fazia sua última partida, resolveu finalmente jogar alguma bola e o resultado, bastante dolorido, foi testemunhar um Corinthians ser dominado por 90 minutos, de cabo a rabo, sem dó nem piedade, como num REPLAY de 2007.

Todo mundo sabe da limitação de saída de bola do time. Lembrem-se que aqui mesmo, naqueles poucos bons jogos do começo do ano, a questão foi colocada como crítica. A dúvida era se no brasileiro, seria viável jogar nesse sistema e ainda mais com Ralf. Pois bem amigos, a Ponte Preta mostrou, já no Paulistão, que não dava e hoje tivemos mera continuação dos jogos anteriores. Mas tudo pode piorar quando seu treinador deixa seu melhor meia de ligação no banco.

Resultado disso tudo: foram 48 chutões. Será que Tite houve ou lê alguma crítica?

Não fosse a limitação técnica adversária no ataque, o resultado ainda poderia ser pior. Nosso 4-1-4-1, um dos maiores fracassos táticos desde o “pqp, Adilson”, levou um baile do eficiente 4-2-3-1 do OO. Se Tite pretendia em algum momento voltar ao 4231, então foi muito mal treinado.

Exercício: ao colocar a cabeça no travesseiro, reflita sobre o tema: “e se Osvaldinho fosse o treinador do Corinthians, o sistema estaria tão confuso e explorável”?

No 0x1, Valdivia atravessou uns 3 corinthianos dando embaixadinha e tocou para alguém cruzar para um cabeceio fácil. O 0x2, veio novamente da esquerda e Zé Roberto ganhou sem grandes dramas de um zagueiro corinthiano (acho que foi o Dracena).

Voltamos para o 2º tempo piorados, mesmo que Mendonça tenha apimentado o jogo. Alguma coisa foi combinada no vestiário e mal executada: Mendonça e Romero apareceram bem abertos nas pontas, enquanto Jadson e Petros batiam cabeça na esquerda, deixando Arouca livrinho da Silva pelo meio. Em pouco tempo, o domínio adversário era até mais intenso do que no 1º tempo. Aos poucos a coisa se reorganizou um pouco, mas ficou um cheiro de futebol amador em campo.

Tite deu das coletivas mais patéticas da carreira. Primeiro culpou o emocional (o que aconteceu? Ah, tomou o gol), depois disse que o 2º tempo foi equilibrado (hã?), explicou que Elias foi para o banco porque, na cabeça dele, o time perde continuidade(?) e concluiu que a equipe (que perdeu um jogador para o Flamengo) está em reconstrução, inclusive num novo sistema tático (novo?). Enfim, nosso piloto de jato sumiu.

Eu, pessoalmente, fico muito triste com tudo isso, pois cantei em ALTO SOM essa bola. E não falo apenas das escolhas táticas equivocadas, mas das contratações, da má gestão econômica do clube e da Arena.

Não brinco quando digo que o lado negro da força é muito forte no clube.

Arenão Itaquera

Borderô confuso: 30.000 presentes, mas o lado Oeste estava vazio, vazio.

Em tempo:

Copo cheio: para quem não sabe, campeão brasileiro (tirando 2009) precisa de 73 pts ou 64% de aproveitamento. Faltam só 66 pts.

Anúncios
47 Comentários leave one →
  1. Nicolau permalink
    06/02/2015 17:15

    Se decidirem efetivar o #ForaTite, essa seria a hora:
    http://www.lancenet.com.br/cruzeiro/Cruzeiro-anuncia-demissao-Marcelo-Oliveira_0_1368463257.html

    Curtido por 2 pessoas

  2. Múcio Rodolfo permalink
    06/01/2015 21:07

    Muito relativo esta história do já sabemos o que esperar do Adenor. O segundo semestre de 2013 é a prova disso… Evidente que os inúmeros problemas enfrentados por ele no período para formar o time não devem ser levados em conta. Quanto ao Mano.. Bem o Mano pegou um time que no ano anterior grande parte dizia que não rendia o que poderia render por culpa de um técnico incompetente. Ah perdeu alguns jogadores no começo da temporada? Pois eram esses ai que diziam ser sócios da panela e que na reserva tinha jogadores muito mais gabaritados que só não eram titulares devido ao estranho critério de merecimento do treinador. O Mano foi recebendo jogadores ao longo da temporada? Foi. O mesmo ocorreu com o Adenor em 2011. Agora querem que o técnico compense as perdas que o time vem sofrendo com alguma alternativa tática. Meus amigos não há esquema tático que sobreviva a uma dupla Mendoza-Romero e tendo meias nem um pouco entusiasmados como Renato Arbusto e Jadsono. Ah só mais um lembrete: em 2013 repetia-se a exaustão a história de que o Pato não rendia e porque era perseguido por um treinador cruel. Bom veio o Mano e o Pato continuou não rendendo, tanto que a diretoria decidiu negociá-lo com o Imaculado do Jardim Leonor. Bom.. eu também não teria demitido o Mano, mesmo com o time não tendo conseguido vaga nas finais do Paulistão, mesmo depois da eliminação vexatória diante do Atletico, pois penso que era preciso da sequência ao trabalho.

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      06/02/2015 10:26

      Não concordo…

      O time de 2013, no papel, era muito superior ao material que o Mano tinha. E não é um atenuante, pois Mano foi contratado para renovar o elenco e renovou: Malcom, Luciano, Bruno e Petros são da safra dele.

      Renovou inclusive taticamente com o 442 que dava estabilidade e era bem ofensivo (em relação à média corinthiana de 2011 para cá). Inclusive, foi o time mais ofensivo de 2011 em diante.

      Não dá para passar a mão num treinador que faz tantas escolhas ruins.

      Curtir

  3. Cesar Augusto permalink
    06/01/2015 18:33

    Feliz 2016 para todos…

    Faz 2 meses que fomos comparados por Casagrande ao Flamengo de 1981 e ao Milan de Sacchi. Tite não se fez de rogado e afirmou que sua referência era a Seleção de 1982.

    Casagrande viajou. Tite idem. E há 2 meses começou a loucura de time da Champions.

    No meu entender, foi o início da derrocada, que se conctetizou naquela eliminação no Derby. De lá pra cá, o Corinthians não fez sequer 1 jogo aceitável, simplesmente porque o jogo do Corinthians ficou manjado e Tite não tem plano B.

    Podemos alegar que a diretoria é um fiasco; que os salários estão atrasados, mas antes da derrocada, a diretoria também era pífia e os salários também estavam atrasados.

    Há uma blindagem excessiva ao treinador, exceto neste blog.

    Se o Oswaldo anulou o Corinthians marcando as laterais no Derby do Paulista, por que não alterar a forma de jogo?

    Por que insistir em algo superado?

    Ou é teimosia ou desconhecimento.

    E eu não caio na tese de reconstrução. Só perdemos Guerrero e Emerson. Time bem treinado sobrevive sem as pecas, pois tem a base.

    A minha opinião:

    Tite surfou na onda das vitórias, se empolgou e quando a coisa apertou não soube o que fazer para mudar o cenario, a não ser a manutenção do Titenaccio.

    E já sabemos, desde 2013, que a insistência no Titenaccio é dar murro em ponta de faca.

    Ele é o maior culpado, o que não isenta jogadores e diretoria.

    Curtido por 3 pessoas

  4. 06/01/2015 16:10

    A único coisa que tenho feito ultimamente é entrar aqui para ver os posts e acompanhar a revolta geral, aqueles que aclamaram o futebol do começo do ano, não entendendo que aquilo ainda era obra do Sir Mano Menezes, e que a sequencia disso foi o titenacio e o resultado é o atual ja sumiram, os comentários como o amigo marcusvcn disse acima ctrl+c ctrl+v de 2013.

    Abandonei o futebol e so voltarei com adenor não estiver mais por lá.

    Curtido por 1 pessoa

  5. cesar cachaça permalink
    06/01/2015 13:56

    De fato, os problemas do clube extrapolam muito a questão tática. Mas ontem o time fez uma partida horrenda e a culpa disso é pelo menos 70% adenoriana. A escalação com a qual ele entrou é daquelas que você, ao saber dela, pensa “isso não tem como dar certo, pelos motivos x, y e z”, e acontece exatamente como você (e metade da torcida) imaginou que seria. fomos dominados por 90 minutos por um time cujo último jogo foi um empate contra o Asa e que tinha seus problemas também. Tite entrou errado, mexeu errado, deu entrevista errado.

    Agora, sou contra demití-lo, por um motivo simples: não acho rebaixamento tão impossível dada a situação financeira e administrativa do time. Para dar um M grande, tipo uma debandada, goleadas aqui e acolá, invasão de CT e quiçá de campo, aí perda de váriso mandos etc etc não é tão improvável. Acho que com Tite esse risco diminui muito, pois se a coisa avinagrar de vez ao menos montar uma retranca para conquistar um empate ali e acolá ele consegue. O médio prazo pode ser tão desastroso que a hipótese de empurrar o campeonato com a barriga, acabar lá no meio da tabela e aí sim replanejar 2016 com outro técnico me parece até positiva frente ao que pode acontecer de ruim…

    Quanto à administração, não tenho a menor simpatia pelo Roberto de Andrade, mas é forçoso lembrar que boa parte dos problemas são herança maldita do Mário Gobbi, inclusive essas situações de jogadores da base fatiados e que, embora não conheça muito a história, pode ser muito difícil de segurar com o trem andando. Todos são do mesmo grupo, ok, mas quem conhece o metiê sabe que o grupo tem suas divisões e que Gobbi se isolou justamente por tomar decisões autocraticamente. As cag* que ele fez vão ter consequ~encias por muito tempo, ainda mais porque não necessariamente o novo mandatário seja exemplar em corrigí-las.

    Curtido por 2 pessoas

    • Nicolau permalink
      06/01/2015 14:05

      Sobre Tite: é um ponto de vista válido, ao qual eu acrescentaria a moral do Tite com a torcida, que pode evitar ou adiar reações cretinas como invasões. Mas acho que deixar para o ano que vem é uma merda, pois é bem capaz do esquema novo só azeitar no fim de 2016, como aconteceu com o Mano, e aí são dois anos perdidos. Eu preferia trocar logo pra dar tempo do cara se entender ainda nesse campeonato, mas a prudência talvez aconselhe o seu caminho…

      Sobre a diretoria: se é verdade que Gobbi fez cagadas diversas, ele também evitou (pelo que dizem os jornais, pelo menos) umas compras estapafúrdias que Roberto Andrade queria anunciar no meio da eleição. Não entenda isso como uma defesa do Gobbi, só não vejo muito futuro com as caras novas…

      Curtir

      • cesar cachaça permalink
        06/01/2015 16:21

        Mano demorou muito em 2014 muito pq não começou o ano com o cenário todo montado: coube a ele lidar com o estopim de situações que já se arrastavam há tempos, como Pato, Sheik, Douglas. Foram 7 trocas no primeiro semestre, a já mencionada invasão de CT etc. Qualquer técnico razoável que comece o ano com elenco já 95% definido tem chances de fazer um trabalho bom, e não se f* como Mano se f* ano passado para chegar num time competitivo. Entendo a reticiência de ver Tite no cargo até o final do ano, mas acho que é o menos arriscado.

        Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      06/01/2015 15:39

      Excelente análise.

      Concordo com tudo, até o Roberto. Pois a imagem de testa de ferro é muito forte ainda.

      Ontem, por exemplo, ele falou que o Corinthians está contratando e não vendendo.

      Curtir

      • cesar cachaça permalink
        06/01/2015 16:16

        acho que o Roberto tem tudo para ser um presidente de ruim pra muito ruim. Ainda assim deve conseguir ser melhor que o Gobbi, que foi impressionantemente ruim.

        Curtido por 1 pessoa

  6. Nicolau permalink
    06/01/2015 11:50

    Em geral, sou contra demitir técnicos em início de trabalho. Mas como o Adenor é velho de casa, e só teve na prática uma “licença não-remunerada” em 2014, já sabemos bem oq ue esperar dele. Acho que já deu. Mas junto eu queria a demissão da diretoria, que tem acumulado cagadas há meses. Uma delas, aliás, a sequência com os treinadores: se era pra trazer o Tite em 2015, não devia ter demitido em 2013; se era pra trazer o Mano em 2014, não era pra demitir no fim do ano, com a coisa dando claros sinais e evolução. Junta as contratações bizarras e temos o quadro atual.

    Não acho que dê pra falar em rebaixamento. É muito cedo no campeonato, e mesmo cretinos como nossos diretores começam a se coçar. Até por isso acho que a hora de trocar de técnico é agora, enquanto dá tempo do cara trabalhar e mostrar alguma coisa ainda esse ano. Se deixar passar o tempo, o cara vai vir no clima de “salvar o time” ou sei lá o que e muda tudo.

    Voltando ao Tite, o principal motivo que vejo pra sua troca é que ele mesmo não parece saber o que está fazendo. Ele tinha uma ideia, gostemos ou não dela: um 4-1-4-1 prioritariamente defensivo que deu certo em parte pelas próprias virtudes na defesa, em parte pelas características herdadas do treinador anterior. Mas bastou o time cair de produção que ele jogou tudo pela janela, já fala em mudar o esquema, reformulação… Não tem convicção do que está fazendo, e isso me irrita.

    Ontem, era claro que Petros entrou só pra marcar na lateral, ele batia cabeça com RA e com FS pela esquerda. Bruno Henrique é bom jogador, mas não tem bola pra ser armador do time como faz Elias. De primeiro volante ajuda, de meia de ligação quebra as pernas. Foi um dos jogos mais desorganizados que vi do time em muitos meses. E não adianta reclamar do elenco, fora o ataque ainda temos opções boas ou razoáveis para a maioria das posições – mais que o Palmeiras, aliás…

    Dito isso, abro um espaço para os atenuantes do técnico, vindos de cima. Não está nada clara qual é a operação da diretoria. A imagem que passa, com a venda de Cassini e essa situaçaõ esquisita do Elias, é que querem agora fazer caixa com um desmanche geral do elenco, o que seria a cagada em cima da cagada.

    Se a coisa for essa mesmo, eles não vão trocar o técnico. Vão manter o Tite, que tem moral com a torcida, o quanto puderem para servir de escudo para as cagadas que farão com o elenco. Se a cosia ficar feia mesmo, trocam por um outro medalhão (possivelmente Cuca, se tivermos azar Luxa, se tivermos sorte Marcelo Oliveira), pq não terão nunca coragem (ou interesse) de bancar um técnico menos rodado mas que pode ter ideias novas.

    Não acho que vamos correr risco real de rebaixamento, mas acho que vamos ter um ano medíocre, chato, cheio de jogos sem graça. Acho que vai levar um bom tempo para achar um time de novo, seja com Tite ou trocando o técnico. Se a diretoria vender mesmo caras do time titular, então, piorou. Enfim, um ano que começou tão promissor, já na metade causa esse desânimo. Triste.

    Curtido por 2 pessoas

    • 06/01/2015 12:03

      Essa diretoria é feita pela galera do Andrés… o que eles querem é ganhar dinheiro, não pro clube…

      O Tite tem o mesmo time do ano passado… está puto da cara por que perdeu o Emerson e o Guerreiro… jogadores que ele precisava pro seu sistema… o sistema do Tite foi e sempre será manda bola no atacante e ele resolve enquanto o resto defende…

      Sem os dois atacantes que saíram… ficou o Mendoza e o Paraguaio… o Mendoza é uma vergonha… a reserva é muito pra ele… o Paraguaio é melhor e segura bem a bola… bem treinado… poderia render… mas o Tite não treina atacante… ele quer um cara que seja bom já…

      Não tem jeito… estamos ferrados… é sofrer… pois nada vai partir da diretoria… nem do Tite… e a torcida que reclama é a organizada que só pensa em dinheiro pro carnaval… então…

      Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      06/01/2015 12:20

      Rebaixamento eu também acho impossível, mesmo porque os piores estão muito piores.

      De fato, a nave mãe da diretoria está cometendo muitos erros sucessivos. Decisões erradas que impactam no clube por anos.

      Por isso mesmo nunca saberemos o quanto Elias fora é decisão de cima e o quanto é do momento Prof. Pardal do Tite.

      Curtido por 1 pessoa

  7. Daniel permalink
    06/01/2015 11:16

    Perder para o Palmeiras é sempre horrível. Mas do jeito que perdeu, foi mil vezes pior. Estou tão temeroso do futuro que estou me achando otimista já pensando na mais de uma dezena de empates que nos salvarão do rebaixamento.
    Para piorar, tacaram uma latinha em campo… não que Itaquera esteja nos ajudando muito no quesito técnico, mas é que precisamos pagar o carnê e mais um montão de dívidas.
    E não duvido que o Corinthians, mais uma vez, seja a virgem da zona e seja o primeiro a perder pontos por atraso nos pagamentos.

    Curtido por 1 pessoa

    • 06/01/2015 11:53

      Cara, se o Corinthians perder pontos… metade dos times do campeonato deverão perder também… vai ser um campeonato de pontos corridos negativo…

      Curtir

  8. 06/01/2015 8:58

    Ok, o contrato é de três anos, mas acabei de descobrir – e talvez somente eu ainda não soubesse disso – que ele não prevê multa rescisória.

    Curtido por 2 pessoas

    • 06/01/2015 11:48

      Mas quem viria pro lugar dele? o Mano está descartado…

      Curtir

      • Nicolau permalink
        06/01/2015 12:21

        Eu tentaria tirar o Marcelo Oliveira do Cruzeiro. Estão numa baixa por lá, de repente ele topa mudar de ares. Quer dizer, eu não teria demitido o Mano, mas enfim.
        Fora desses dois, tentaria algum nome mais jovem que esteja fazendo bons trabalhos. no Twitter alguém citou o cara da Ponte, eu lembro que o Doriva tem trabalhado bem. Mas aí precisaríamos de uma diretoria que banque o cara e sirva de escudo pra ele, não o contrário…

        Curtido por 1 pessoa

      • 06/01/2015 12:30

        Pode ser qualquer um,qualquer um mesmo e não estou brincando.
        OBS.: exceto ramificações da escola gaúcha e todos os seus simpatizantes.

        Curtido por 1 pessoa

    • 06/01/2015 16:11

      Narciso, de repente?…
      Sei lá, o “pojeto” tá no mercado e, a essa altura, até ele serve – embora eu também prefira alguém mais jovem.

      Curtir

      • Nicolau permalink
        06/01/2015 16:38

        Narciso é um nome bacana para apostar. Mas do Luxa eu fugiria…

        Curtido por 1 pessoa

      • 06/01/2015 18:10

        Serei achincalhado,mas não acho o “pojeto” de todo mal,alias tinha(tenho) a ilusão que poderia ser a ressurreição dele e nos ajudar a extirpar o gauchismo e seu retranquil de uma vez por todas.
        Pode ser saudosismo e tal, mas os times que mais vi jogar futebol bonito e competitivo foram os dele.

        Curtido por 2 pessoas

        • 06/01/2015 20:57

          Tô contigo nessa. Rejeitei o Luxa como o diabo foge da cruz nos últimos 5 ou 6 anos, mas o vejo com bons olhos no momento.

          Ainda prefiro um nome novo, mas, dos medalhões, fico com ele. Hoje.

          Curtido por 1 pessoa

        • bloguedotimao77 permalink*
          06/02/2015 10:33

          Eu que ele é um ex-técnico em atividade.

          O futebol evoluiu muito e os brasileiros não acompanharam isso.

          Hoje eu diria que até para um jornalista brasileiro ler a cobertura que o The Guardian faz do futebol, já seria difícil.

          Curtir

  9. 06/01/2015 8:36

    A base já salvou San78s e Interncional do limbo.Alguns dizem que foi sorte.Mas,sorte nada mais é que o encontro entre capacidade e oportunidade.Capacidade para garimpar e formar esses talentos.A oportunidade é o estado critico que o clube se encontra causado por administrações calamitosas.Corinthians hoje se adequa a ambas situações.É agora ou nunca.

    Curtido por 2 pessoas

    • 06/01/2015 11:47

      O problema é que hoje estariam colocando a base numa fogueira… mas se tivessem usado desde o começo estaria tudo bem… agora o Tite tem a desculpa de não queimar o jogador…

      Curtir

  10. Meia permalink
    06/01/2015 7:26

    Esse é praticamente o mesmo time que fez o melhor segundo turno do BR14…

    Curtido por 3 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      06/01/2015 7:35

      Já caracterizado para o Titenaccio: 1 atacante isolado, muito recuo nas laterais.

      Curtir

    • 06/01/2015 11:45

      Só saiu o Guerrero e o Emerson e o Tite e a diretoria falam em reformulação… bota a base pra jogar…

      Curtir

  11. Múcio Rodolfo permalink
    05/31/2015 23:44

    1) Guerrero indo embora…. Emerson ao que parece descartado…. Wagner Love encostado para recuperar a forma física (por que não fez isto antes?) Luciano machucado….. Só sobraram Romero e Mendoza. Poderia ter mais se o Adenor se dispusesse a pegar alguém da base para compor o banco. Mas ao que parece o Adenor esqueceu que em 2004 ele conseguiu trabalhar com Edson, Betão, Wendel…..
    2) Num momento de instabilidade deve-se usar o que tem de melhor a disposição. Mesmo não sendo o Elias que a gente lamentou sua saída em 2010, ainda me parece melhor que o Bruno Henrique. Ficar no banco, não tem explicação. A não ser que a ideia seja viabilizar sua negociação com outro clube. Também não tem lógica o Cristian – um jogador cujo retorno era desejado por parte significativa da torcida não ser mais utilizado.
    3- Esse Osvaldo ai é aquele que tinha um pusta time nas mãos e conseguiu ser eliminado num curto espaço de tempo de três competições que disputava…. Tudo bem que na Copa do Brasil ele utilizou o time genérico. Isto sem contar que em 2004, tendo uma defesa horrorosa ele insistia em atuar com três atacantes. O resultado? Goleadas para Grêmio, Chiqueirense e Atlético-Pr. E uma vitória obtida às duras penas diante do Payssandu com dois jogadores a mais.
    4) No segundo tempo, o Adenor até que mandou bem trocando o Ralf pelo Mendoza (um volante por um atacante), o Petros pelo Danilo (um meio volante por um meio atacante), mas voltou a exibir sua esquisitice trocando o Fagner pelo Edilson. Salvo tenha ocorrido alguma coisa com o lateral, eis uma alteração totalmente inútil. A lógica era tirar o Bruno Henrique e colocar o Elias.
    5) O Corinthians foi campeão na Espanha. Dizem que é mundial. Eu não concordo, pois se não me engano não é promovido pela FIFA e não conta com a participação de clubes de todos os continentes. Não deixa de ser um título importante. O problema é que o destino desta garotada, a continuar nesta toada, é ser negociada a preço de banana ou emprestada ao Bragantino para sumir em seguida.

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      06/01/2015 7:37

      O 5) é o pior.

      A venda do Cassini exatamente no momento que o time precisava de jogadores da base, foi bastante didática do que esperar nessa nova gestão do Império…

      Curtir

      • Correa Leonardo permalink
        06/01/2015 8:23

        Realmente. O moleque que fez o gol por cobertura lá na España deve ser melhor finalizador que TODOS os profissionais do elenco.

        Curtido por 1 pessoa

    • 06/01/2015 11:41

      O problema do Corinthians não é o Tite apenas…

      É a diretoria…

      Agora mesmo li na globs que querem contratar o Biro-biro que está na Ponte, pertence ao Fluminense… com a ajuda de Fernando Garcia… quer dizer… não dá pra acreditar… só pode ser brincadeira… saiu o Carlos Leite e veio o Fernando Garcia… pqp

      Curtir

  12. Alan Davis permalink
    05/31/2015 22:41

    Dizer que Elias no banco é opção tática, demonstra o mau caratismo do treinero. Ele sabe que a Diretoria quer se livrar de Elias e, com isso, veste a máscara de palhaço mentiroso sem o menor pudor. A partir desse lide, confesso que não consigo disfarçar minha contrariedade com tudo o que este senhor propõe. Estamos em maus lençóis.

    Curtido por 1 pessoa

    • 05/31/2015 22:49

      Acho que você está se precipitando… falando assim parece até que o cara é mal caráter…

      Nós não sabemos o real motivo de o Elias estar no banco, óbvio que não é tático… mas o Tite fala que é pois NÃO PODE falar a verdade… mesmo que queira… isso faz parte da ética do trabalho dele… e não é por que é o Tite… qualquer outro treinador faria igual…

      Então, mais respeito com o cara… por melhor ou pior técnico que seja…

      Curtido por 1 pessoa

      • Alan Davis permalink
        06/01/2015 16:02

        “NÃO PODE falar a verdade”. Aí fica difícil, amigo…

        Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      06/01/2015 7:39

      Dava tranquilo para fazer um jogo de despedida de Sheik, Guerrero etc,

      Estranha essa decisão de antecipar tudo (e afastar o Elias).

      Tem muita coisa mal explicada nessa diretoria.

      Curtir

  13. 05/31/2015 22:20

    Talvez o maior culpado dessa situação nem seja o Tite ou os jogadores…

    O culpado. melhor, os culpados são os dirigentes…

    Destaco o Andrés e sua turma que sacanearam não pagando impostos e endividando ainda mais o clube, coisa que criticavam do Dualib…

    Agora… o Tite é isso mesmo… o que foi dito sempre… defesa é com ele… mas ataque… pode esquecer… ele em um time onde a exigência são títulos e com o elenco fraco… fica perdido, pois tem que ganhar… mas só sabe não perder…

    Curtido por 1 pessoa

  14. 05/31/2015 21:32

    O emocional foi o maior culpado pela derrota ,não discordo do Adenor.
    O time entra em colapso emocional porque simplesmente é mal treinado,não está preparado para as diversas situações que um jogo lhe propõe,por isso fica perdido em campo sem saber o que fazer.
    Vejam a cara do “Mestre” no banco perplexo sem entender absolutamente nada,o time é seu reflexo dentro do campo.
    Já pode né ? #foratite

    Curtido por 1 pessoa

  15. 05/31/2015 21:20

    A) qualquer coisa que eu já disse, ou que alguém já disse em posts anteriores, ctrl+c ctrl+v.
    B) O palmares podia ter tirado o goleiro e nada mudaria.

    foratite #foratodomundo

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: