Skip to content

Grêmio 3×1 Corinthians, o tradicional choque de realidade da 5ª rodada do Campeonato Brasileiro.

06/04/2015

Corinthians tomou logo duas sapecadas, gols de blitz. Ninguém gostou da forma como tomou os gols – particularmente o 2º, pareceu um problema no setor de Cristian – pois logo veio o temor de um 7×1. Ademais, se no jogo passado o treinador culpou o “emocional” afetado pelo gol no meio do tempo, imagine-se num jogo que em 4 min já estamos num Grêmio 2×0!

Mostrando a CASCATEZ da afirmação feita pelo treinador, Corinthians foi para cima, aproveitando-se do recuo adversário e da reconhecida fragilidade de suas laterais. Fágner era nossa melhor opção e tudo se confirmou num gol em que ele precisou vencer seu oponente duas vezes para o 2×1 de Mendoza [O colombiano quebrou a escala DAVID LUIZ de OLÉS. Sim, tomar 2 CHAPÉUS num mesmo jogo não é para qualquer um (eu já dei 2 num mesmo jogador, mas o cara batia no meu umbigo e foi no mesmo lance)].

O gol religou adversário que logo fez 3×1 tão fácil quanto nos primeiros 2 gols, num lance mais de sorte do que exatamente falha do Bruno (revi diversas vezes e achei o toque de primeira do gremista invencível. Bruno precisaria ainda de mais uns 2 segundos para sair da área).

O gol adversário carimbou a verdade do jogo: Grêmio foi um time superior, muito veloz e habilidoso na frente. Para enfrentar esse ataque, Corinthians, pelo menos foi assim que entendi, não tinha um sistema defensivo à altura.

No 2º tempo o jogo voltou mais equilibrado, com Corinthians criando algumas poucas, mas boas chances de gol. Chamo atenção para o gol perdido por Bruno dentro da pequena área, mostrando que a ideia é fazer dele um 2º volante com as características de Elias, Paulinho etc.

Entendi que Grêmio, além de mostrar ser mais time, mostrou também como o nível técnico do Campeonato Brasileiro é MUITO, MAS MUITO superior ao do Paulistão e da Despertadores da América. Afinal, até ontem Grêmio era um time “em crise”. A tradição da 5ª rodada é essa: os torcedores são relembrados da fragilidade dos estaduais (e o Campeão Carioca é maior prova disso).

Isso lembra uma das discussões históricas desse boteco, logo ao seu nascimento. Iríamos enfrentar o Inter de Tite pela CdB e a crônica esportiva tinha pintado um super time, melhor do Brasil etc. E eu denunciei: estão falando baseados em resultados apenas, nenhum desses cronistas viu o time do Inter jogar (mal passou um jogo na TV fechada). Não é muito diferente do que testemunhamos ao começo do ano, quando esses mesmos cronistas não esperaram o cruzamento das equipes no nacional para inflar suas análises.

Esse choque de realidade já virou tradição. Pega todo mundo. Todo ano.

Para a madrugada do Sabadão…

Eu manteria esse time para o próximo jogo, vamos testá-lo um pouco mais. Não há riscos, pois será o jogo mais fácil do ano e, se você achava que o Corinthians estava muito mal, notou que o elenco não é ruim e pode corrigir em campo a fragilidade do comandante da casamata.

Em tempo:

Copo cheio: para quem não sabe, campeão brasileiro (tirando 2009) precisa de 73 pts ou 64% de aproveitamento. Faltam só 66 pts.

Anúncios
18 Comentários leave one →
  1. 06/04/2015 21:23

    Parabéns pela campanha “Fora Ralf”, além de entrega-lo para os bambis teremos que aguentar Bruno Henrique bater o recorde de entrega de gols… (por mais que por aqui a culpa será sempre de outro né? – como o cara larga o seu marcador sozinho pra fazer o gol e “parecia ser o setor do Cristian”, no outro gol não dava tempo pra sair… vai ficar justificando lambança aqui até o final do ano…)

    Curtido por 1 pessoa

    • 06/05/2015 12:12

      Desculpem a cabeça quente… mas a covardia que fazem com certos jogadores tá me deixando enojado… o cara que sempre honrou nossa camisa e não recebe há 9 meses vira o mordomo da história… é brincadeira, né?!!!

      Curtido por 1 pessoa

      • bloguedotimao77 permalink*
        06/05/2015 12:15

        Ralf foi pego no contra pé do novo Tite. Como Corinthians precisa vencer seus jogos, o 4141 é horroroso e Ralf vira o problema.

        Num sistema mais ofensivo, Ralf se mantém (mesmo que não tenha qualidade de passe)

        Curtir

  2. Luís permalink
    06/04/2015 15:30

    Sinceramente… podemos fazer uma aposta de quando nosso time irá ganhar novamente… o ataque é bizonho, típico de time de terceira divisão… a defesa, que sempre foi um ponto forte nas eras titenescas, está parecendo defesa de catadão da várzea, quando faltam jogadores e alguém do time sai procurando desesperado três pessoas do time que jogou no horário anterior para completar o time… catadão medonho… nosso meio tem um pouco de qualidade sim, é verdade, que junto com os laterais seguram um pouco a bronca, mas nada de mais… um meio de campo e laterais nota 6.5… ou seja, bem abaixo da média necessária para suprir as carências ofensivas e defensivas…

    Cade o Malcon e o Luciano… outros dois medianos, mas que estão a anos luz do vagner love e do paraguaio… O destaque do mundial sub 17 já está de saida, possui 95% dos direitos ligados a empresários e só 5% do Coringão… Elias quando voltar da seleção ajuda, mas tb não é o mesmo de outros tempos… não resolverá nosso problema chegando de surpresa ao ataque como em outrora fazia com maestria…

    Enfim, ou algo de muito radical acontece no time, ou esse campeonato será para ficar entre a 10 e 15 posição… só não arrisco falar em Z.R. pq para a nossa sorte e graças ao bom deus, exitem na série A o Avai, Vasco, Joinville. Chapecoense, Figueirense e Curitiba, que logo logo, assumem seus papeis de vez lá embaixo, enquanto nós brigaremos com flamengo, goiás, sport, fluminada e chapecoense pelas colocações intermediárias da tabela…

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      06/04/2015 16:11

      Hoje, torci contra a sub-20, para eles devolverem logo o Malcom (que ativa é reserva lá!).

      Mas viraram o jogo contra a Hungria, depois de um frangaço. E o próximo jogo é Coréia do Norte…

      Curtir

  3. 06/04/2015 15:25

    Esse jogo foi fora da curva,fomos com intuito de buscar com merecimento um empolgante 0x0,mas o Mortal tinha outros planos de repente cabum 2 x 0 no placar,e o corinthians teve que sair da zona de conforto.

    “Presidente deu um passo para trás agora para dar dois à frente no ano que vem”

    “A gente tem uma referência (de equipe) pelo que produziu. Precisa encontrar um ponto de equilíbrio. Time não está equilibrado ainda, está em formação”

    “Nessa fase de estruturação da equipe é importante vir o resultado para dar tranquilidade. Teve cinco minutos com nível de concentração e competitividade baixo. Foi determinante. Criou oportunidades, um volume grande, mas correndo atrás do resultado”

    Inspirados nessa coletiva Página e Planta finalmente decidiram reunir o Led Zeppelin,e apresentam seu novo show:

    The Bullshits Remains The Same !!!!

    Curtido por 3 pessoas

  4. Cesar Cachaça permalink
    06/04/2015 14:32

    Fazendo a gigante ressalva de que liguei o jogo aos 6 minutos e, portanto, com 2×0 atrás, não acho que o Grêmio tenha sido tão superior. Acho que ganhou o jogo de forma tranquila em 2 pontos: Cristian não tem condição física de ocupar aquele espaço (ou a formação com 2 volantes tem que se posicionar diferente, se não vai depender da força física e capacidade de marcação impressionante do Ralf) e a linha de impedimento horrorosa que causou 2 gols do Grêmio. Tirando esse detalhe, vi um Corinthians até criando mais chances de forma organizada e um Grêmio confiando numa partida inspirada do tal do Luan e que jogou o jogo inteiro sem marcação. Corinnthians criou 6 ou 7 boas chances (coisa raríssima esse ano), e houvesse um pouco mais de qualidade na frente, talvez 3×3 fosse um resultado tão normal quanto o que foi.

    Dado a falta de perspectiva que aparentava após o clássico, achei o desempenho ontem, 3 dias depois num jogo sempre difícil (grêmio fora), até animador, dado o técnico, dado as dificuldades do elenco etc. Ontem do meio pra frente, com a aproximação dos laterais, achei os jogadores trocando mais passes, movimentando-se de forma mais inteligente, coisa que é sempre raríssima no titebol.

    Cristian revela que jogar com um primeiro volante que consegue fazer algo diferente de um passe de 3m faz muuuuita diferença. Mas isso precisa ser treinado e tenho a impressão clara que ele não tem estamina (quiçá vontade) de desempenhar a função que um volante nesse sistema tem que desempenhar – sai com a bola, mas tem que tornar o seu espaço dentro de campo intransitável para o meia adversário. Ontem Luan e Giuliano jogavam contra um time típico de churrasco, sempre com um p* espaço para chegar antes que alguém esconstasse (talvez o time tenha se acostumado muito a ter o Ralf para fazer esse papel). Eu acho que Petros nessa função seria muito bom; tem a estamina, a vontade de correr e sua falta de técnica não prejudica tanto ali; como não temos um Pirlo de qquer jeito…

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      06/04/2015 15:29

      O início do jogo foi arrasador. Não fosse o relaxo gremista, o Oscar seria maior.

      A percepção da maioria, imagino, será essa: havia uma diferença razoável entre os times, mas a perspectiva é animadora.

      A questão é se Cristian melhora a pegada ou vai ficar nisso.

      Curtir

  5. 06/04/2015 14:05

    1- Não tem como fugir da realidade… o time não recebe e também não joga…

    2- Se a diretoria não errar ao contratar algum jogador… será a hora de o Tite usar a base… mas o problema agora é a pressão… porém quantos caras da base não apareceram assim? Rosinei, Betão, Bruno Otávio, Marcelo Oliveira, Dinélson, Boquita, Bobô, Jô, Wendel, Eduardo Ratinho, Júlio César, Lulinha, Dentinho… tem um monte… muitos dos que eu listei poderiam estar no elenco de hoje… ao meu ver… mas os diretores só pensam no bolso deles…

    3- Eu acredito que a escalação boa seja essa desse jogo… talvez tirando o Mendoza e entrando o Malcom…

    Curtido por 1 pessoa

  6. Raphael permalink
    06/04/2015 13:52

    Tá osso…

    Não tenho mais acompanhado o time, porque estou morando longe papombas e me falta tempo no momento. Meia verdade: na real, desde o 2º semestre de 2012 perdi quase que completamente o tesão pelo que o Corinthians se tornou. Fomos um time foda com uma história maravilhosa, que vive a ser estuprado, cuspido e jogado no lixo pelos ratos que vivem DO Corinthians (taí mais uma prova produzida pela corja de incompetentes e ladrões).

    Vendo negociações como a do Cassini, Marquinhos, Cristian, V. Love, Emerson, em breve a do Malcom entre tantas outras eu questiono a nossa paixão de corno, dando ibope e $$$ para essa diretoria safada se locupletar. Racionalmente, o negócio era se desligar completamente do Timão e protestar até que os cornos vazassem. Futebol é sério demais para que continuem nessa toada aí…

    Aí entra a paixão e continuamos todos acompanhando, dentro do possível, esse time limitado comandado por um treinador que me enoja. Um cara que pô, legal, foi multi-campeão conosco mas que ostenta uma arrogância enorme, disfarçada num discurso pega-otário. Exemplos não faltam, mas pra mim o “melhor” foi o recente ~estágio~ com o Ancelotti no ~ano sabático~ do Adenor.

    Enfim, eu só sei que a única chance de termos um campeonato decente, com times bacanas para se torcer, com jogos interessantes e estádios cheios seria a formação de uma Liga, com clubes mudando estatutos para algo TREZENTAS VEZES mais próximos do torcedor/povo (administração profissional com torcedores como acionários, talvez) e a extirpação da corja de salafrários que toma conta do futebol no Brasil. Porra, que exemplo seria… a volta de um futebol nacional melhor, mais organizado, com contas em dia, com jovens craques em campo, com estádios cheios, com audiência no exterior e o escambau.

    O dia em que chegarmos lá, teremos também um Rio Tietê limpo e um país com IDH de primeiro mundo. Até lá, vamos continuar com Tites, Luxas, Flávio Prados, Sheiks e por aí vai…

    Curtido por 1 pessoa

  7. 06/04/2015 12:58

    1- Foi um jogo bom de se assistir – descontado, claro, o revés no placar. Movimentado como há tempos não se via numa partida em que o Corinthians está em campo.

    2- Quando levamos o segundo, confesso sem medo de represálias, torci para tomarmos logo mais uns 6 ou 7 – com direito a demissão do técnico mais blindado da história ainda no vestiário, escolta da delegação no aeroporto e todo aquele enredo que a gente já conhece.
    Ao menos estaríamos, neste momento, repercutindo o iminente anúncio de Marcelo Oliveira como novo “burro com sorte” (ou não, porque não vejo como assumir o Corinthians neste momento possa ser considerado sorte).

    3- Assistindo às entrevistas do Adenor, é quase inevitável me lembrar das palavras de Bob Jeff, o X9 oficial da República, referindo-se a José Dirceu: este homem de põe medo, pois desperta em mim instintos primitivos.
    Gostaria imensamente que ele deixasse meu time em paz enquanto minhas expectativas em relação ao futuro dele se reduzem a uma mera demissão. Só que o tempo urge: neste momento, já a visto a macabra fronteira, logo ali, duas rodadas adiante.

    4- Voluntarioso bagarai e grosso de dar dó: o colombiano é o típico jogador de time grande lutando contra o rebaixamento. E, se este for inevitável, então que Tite fique até o fim: desconstruí-lo no imaginário popular é preciso – e, no dia em que isso acontecer, teremos motivo para um novo DVD, “Novamente Libertados”.

    5- Vágner Love ou Souza (aquele lá, do Milk)? Fecho com o segundo tranqüilamente. Ok, nem tão tranqüilo, mas…

    Curtido por 3 pessoas

    • 06/04/2015 13:01

      ERRATA: 3- “me põe medo”…. “já avisto”….

      Curtir

    • 06/04/2015 13:36

      Fiquei com o gol da Alemanha martelando minha mente o jogo todo.

      Faço uma ressalva, todo mundo querendo o Dudu e eu querendo o Luan, que fez filha na nossa defesa.

      Ok, o Álvaro disse que o time tem chance, mas não dá para Dracena se contundir? Ele chega atrasado em todas (todas).

      Curtido por 2 pessoas

      • bloguedotimao77 permalink*
        06/04/2015 14:02

        Nossa defesa está particularmente ruim mesmo, mas vi um time do grêmio com muita habilidade no ataque.

        Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      06/04/2015 14:08

      Foi dos melhores jogos do ano. De fato, acho que foi o melhor.

      A 4) é perfeita, kkk!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: