Skip to content

SFC 1×0 Corinthians, a maior besteira desta gestão cobra sua fatura

06/20/2015

Corinthians foi lá para a baixada se apresentar perante 7.000 almas. Era tão pouca gente, que em dado momento o zagueiro santista reclamava só ouvir nossa Torcida. Insisto na tese de que jogar ali é apenas forma de buscar vantagem indevida na arbitragem (e deu certo novamente), pois financeiramente e ou pelo público, a decisão não se justifica.

Enfim, Corinthians foi, mas não apareceu. Jogou nada. Melancolicamente mal escalado (não se entende Danilo e Romero assistindo Mendoza e Vagner).

Depois do tanto que falamos sobre o problema de um sistema de jogo que não dá saída de bola, parece que agora, finalmente, os comentaristas de TV também perceberam o problema e Tite sofreu suas primeiras críticas televisivas em anos, divididas com nosso cão de guarda. Nesse momento de malhação do camisa 5, é bom que se lembre que se Ralf é um problema para o sistema, o sistema também é um problema para o time e o cara que escala não tem a menor ideia disso.

O lance do 0x1 foi didático: a bola sobrou para Ralf que não passou, nem conduziu, aliviou para frente exatamente no pé do meia adversário. O rapaz viu o centroavante no mano a mano, lançou como se lançaria numa pelada e o resto Dracena completou (achei só 15% de falha do Cassio).

No intervalo para o 2º tempo Deus e o Diabo, Zeus e Apolo, Jedis e Stormtroopers, PT e PSDB discutiam a mesma coisa: o problema da saída de bola corinthiana.

Tite alienadíssimo ao que acontecia, não demorou muito e tirou Petros do meio, isolando definitivamente Ralf na nossa trágica saída de bola. Sintomaticamente, Corinthians que pressionava algo a mais que no 1º tempo, perdeu a capacidade de sair com o toque e foi obrigado a recuar. O treinador não parou aí, e insistiu que o caminho era o caos. Aos poucos, prejudicados por substituições estapafúrdias, um time que tinha claramente mais técnica e mais elenco foi virando um bando em campo. Aos 30, perdendo só de 0x1, estávamos em modo pânico.

Quando Fagner foi expulso, Tite tirou o fraquíssimo Mendoza e colocou o fraquíssimo Edilson, mostrando uma preocupação legítima em recompor a defesa. O problema é que Edilson jogou praticamente como ponta (e Danilo como lateral esquerdo?). Ora, ora, ora… Se era para avançar pela direita, Tite tinha opções melhores: como Marciel, o próprio Romero ou mesmo o meia campeão sub-17, Matheus Pereira (Haha! Imagina que Tite faria isso!)

Tem uma ironia nisso tudo. Tite é usa a desculpa de “não querer queimar” para, de fato, nunca escalar os promissores jogadores da base corinthiana. Ao longo da temporada, Tite não deu nem aquela chance de 15 minutos para que os meninos pudessem perder o cagaço. Imagine-se no lugar desses garotos, nervoso e precisando de confiança. A postura do treinador mostra que ele tem confiança em você?

Não, não mostra.

E o treinador que não confia, não dá chance e”não queima” ironicamente será obrigado a escalar Marciel desde o 1º minuto do próximo jogo, numa Itaquera coberta pela densa neblina da pré-crise.

Voltando à Vila, em jogos assim, é praxe escolhermos um desafeto favorito em campo. Ora senhoras e senhores, não se façam de esquecidos! Sempre foi assim no Titenaccio: ataque isolado, franco atirador e pouquíssimos gols. Não adianta criticar Vagner ou Mendoza se sequer a bola chegou ao ataque.

É inegável: a maior besteira desta gestão foi trocar Mano por Tite.

Anúncios
41 Comentários leave one →
  1. 06/23/2015 16:36

    E só para constar, estou puto que mesmo com tempo para treinar o Corinthians esteja jogando tão mal. Em grande parte responsabilidade do Tite que não consegue dar padrão para o time. Mas não tenho a menor dúvida que muitos outros fatores (péssima gestão, dívidas estratosférias, jogadores sendo rifados por qualquer dinheiro, salários atrasados, óbvia falta de confiança, parte da torcida com perda de identidade….) também tem papel nessa forte decadência técnica atual. Por que para mim o time do Corinthias é fraco, mas comparativamente não é mais fraco que pelo menos 10 dos outros times do campeonato brasileiro. E nenhum time (nenhum!) está jogando alguma coisa parecida com futebol. Nem sequer a seleção. Culpa do Tite? Tenho certeza que não só isso e não vou cair nessa simplificação (tão comum quanto ineficaz nesse nosso ambiente futebolístico) de responsabilizar o técnico por tudo. Cornetem o técnico, é um direito de qualquer torcedor, até quase obrigação na atual fase, mas não sejam ingênuos em achar que ele é “O” problema do Corinthians. Ou melhor, pode ser ingênuo (eu arrogante?), também é um direto de todos. E Vai Corinthians, por que nós, corinthianos, sempre vamos.

    Curtido por 2 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      06/23/2015 17:36

      Mas o problema passa por ele, inclusive pelo conluio com a atual gestão

      Curtido por 1 pessoa

      • 06/23/2015 18:31

        Sem dúvida que passa por ele. E pela diretoria, pelos jogadores e ouso até dizer pela torcida. #foratodomundo? E de qual conluio exatamente você está falando?

        Curtido por 1 pessoa

  2. 06/23/2015 16:13

    É sério que vamos voltar a tecla do Mano gênio e do Tite burro? Nesse mundo simples em que olhamos a escalação e julgamos tudo como se não houvesse um mundo fora do que vemos no campo sem dúvida o técnico é um dos principais culpados. E os nossos pouco preparados dirigentes, no mínimo tão culpados quanto, vibram quando lem isso. Mundo simples é isso. Fico eu olhando aqui para a minha empresa e reconhecendo pessoas que são tecnicamente muito competentes mas que por milhões de motivos não tem capacidade, maturidade, estabilidade emocional para liderar ou assumir posição de destaque e fique pensando o quão “burro” as pessoas devem pensar que os chefes. É assim que as pessoas pensam no mundo simples. No meu mundo não tão simples (talvez o complexo ou neurótico seja eu, né?). Mano tem qualidades e defeitos. Lembram do Atlético-Mg 4 x 1 Corinthians e Fluminense 5 x 2 Corinthians com o time “já em formação”. Lembro-me de todo tipo de justificativas (razoáveis!) por aqui para as derrotas acachapantes. Tite tem qualidades e defeitos, e nenhuma justificativa por aqui. Não escala o Elias e o Danilo por que é burro. Tá serto. E pelo milionésima vez, não tenho procuração para defender o Tite, mas de uma coisa eu tenho certeza, ele não é muito melhor ou muito pior que nenhum técnico brasileiro dos mais conhecidos hoje. Cada um com as suas qualidade e seus defeitos, mas todos medíocres. Realmente não consigo achar que os problemas do Corinthians se resumem ao técnico como o texto do dono do boteco de maneira simplória tenta fazer. Nesse mundo simples o time não tem dívidas gigantescas, os jogadores não estão sendo rifados, não tem atraso de salário. Ou se tem, sem dúvida é culpa do Tite.

    Curtido por 1 pessoa

    • marcusvcn permalink
      06/23/2015 16:20

      Tamo marromeno junto. Eu acho os dois, Tite e Mano, bem, mas bem meia boca mesmo. Aliás, não vejo nenhum outro nesse marasmo que é: técnico que usa agasalho x técnico que usa paletó, no Brasil. Aliás, só me deixo pensar em técnico (não entendo patavinas da tática) quando os caras entram com corpo mole e/ou se borram todos para Chapecoense, Noroeste, Guarany, etc… isso não aceito.

      Curtir

  3. 06/23/2015 13:42

    Falamos muito em aproveitar a base… eu vejo times como o Grêmio, Internacional, Santos e até o São Paulo… utilizando jogadores da base… por necessidade ou não…

    Queremos que isso ocorra no Corinthians… mas o clube não tem uma política de utilização da base… gasta-se milhões por ano com a base… mas é dinheiro jogado fora…

    Eu me pergunto o por que de Tite ou Mano não escalarem os jovens… sempre vem na cabeça que é esquema… e tudo mais… seguramente também seja, mas o principal é que talvez esses jovens realmente não sejam bons o suficiente…

    Lógico, temos o exemplo do Marquinhos… que agora está na seleção… mas ele foi vendido… e quem vende não é o treinador… quem vende é o clube… então o Adenor não errou… provavelmente tenha recebido ordem de não escalar o moleque…

    O Corinthians está cheio de sugadores… gente que só quer ganhar em cima do time… empresários e dirigentes…

    Então tem que mudar a política do clube… não contratar jogadores como o Mendoza ou mesmo o Paraguaio… ou seja, de qualidade duvidosa… e que seguramente tenhamos algum equivalente na base… tem que existir um teto de salário… não podemos pagar 500 mil pra qualquer um… tem que colocar os moleques na fogueira mesmo… mas na fogueira dos estaduais… eles tem que jogar pra evoluir… tem que errar mesmo… tem que acertar… tem que melhorar o grupo de observadores do clube… tem que investir em profissionais nas categorias de base…

    Temos bons goleiros na base… temos laterais… sempre aparecem, mas não jogam… o Igor jogou bem e onde está agora? o Eduardo Ratinho?? Bruno Bertucci?? zagueiro também temos… o Yago tem muito a evoluir… tinha um Renato que era muito bom na base, mas cade ele?? volantes e meias também temos… o Boquita era razoável, Lulinha também… o Everton Ribeiro… e outros que não me recordo… poderíamos ter hoje um time no mínimo competitivo se os caras não fossem amadores e ladrões…

    Se nós fizermos uma lista de ex-jogadores da base… que poderiam estar no time ainda… seguramente dariam uns 25 jogadores, ou seja, um elenco… que seria mais barato que o de hoje…

    Curtido por 1 pessoa

  4. Fabiano permalink
    06/23/2015 10:11

    O Corinthians jogou no último final de semana? A Seleção também? Depois que o Tite e o Dunga voltaram (já era a mesma coisa com Família Scolari), futebol (no sentido da palavra) talvez só em 2016 (isso se eles forem demitidos…)

    Parafraseando Tião Carreiro: “a coisa tá feia, a coisa tá preta, quem não for filho de Gandhi (e tiver toda aquela paciência), tá na unha do Capeta…”

    Curtir

  5. 06/23/2015 8:48

    Garotada queimada pelo Mano ? Malcom titular ao lado de Guerrero ano passado com 17 anos e mais Tocantins no Banco que sempre entrava no segundo tempo. Com a Divindade,O Arquiteto. Tocantins sumiu,Malcom reserva do Sheik Bacchi III. E Cassini foi embora sem sequer ser observado. E esses são os fatos.

    Curtir

    • 06/23/2015 16:24

      Falando de fatos, Malcom só entrou e jogou por emergência (como o Marciel aparentemente fará agora), ficou no banco meses e só se tornou titular no final do ano por absoluta falta de opções, falta de opções mais conhecida como Romero. Falando de fatos, o Tocantins voltou do Bragantino e o Cassini não foi vendido pelo Tite, mas pelo Corinthians que tá vendendo até a mãe.

      Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      06/23/2015 21:24

      Rodrigo… da leva de 2009 havia um centro-avante chamado Fernando Henrique, que inclusive marcou um gol na decisão contra Atlético-Pr… Ao invés de testá-lo, o técnico da época preferiu os serviços de Bil, Henrique… Boa parte dos jogadores contratados entre 2008 e 2010 era desnecessário se houvesse intenção da parte da diretoria e do treinador de aproveitar a base

      Curtir

  6. Cesar Augusto permalink
    06/22/2015 22:05

    Lance didático lá pelos 30 do primeiro tempo. Mendoza domina a bola com imensa dificuldade, toca para Vagner Love, de costas, que está cercado por 4 santistas e sem nenhuma opção de passe. Eis a essência do Titenaccio no quesito ofensivo. O Corinthians, ofensivamente, é pior time do Brasil.

    E escrevemos isso desde 2011. Não perderei tempo com o Titenaccio. Parte da torcida está satisfeita com a mediocridade do futebol apresentado pelo clube. É um direito.

    Da mesma forma que é um direito meu detonar o Titenaccio, sem dó nem piedade.

    Com o Tite, amigos, voltamos 2 casas, como diz o dono do boteco. Na verdade, perdemos o trabalho nota 6 do Mano em 2014 e retornamos ao trabalho nota 3 do Tite em 2013. O trabalho de 27 gols em 38 jogos.

    Mais do mesmo. Ele não mudou. Ele não aprendeu. Ele não estudou. Ele só enrolou ou se estudou não aprendeu nada.

    Ele é o mesmo de sempre.

    E mais. Nem a defesa, hoje, é lá essas coisas. Ataque inoperante, defesa insegura.

    O Corinthians, a instituição, estava bem de técnico, mas quis voltar ao passado, como se Tite fosse o grande responsável pelos titulos de 2012.

    Erro de avaliação.

    Com Tite, o futebol é paupérrimo e não há espaço para jovens. Ele, além de tudo, só da prejuízo ao clube. Marquinhos, Everton Ribeiro, a insistência na renovação de Sheik em 2013, Ibson, Maldonado, entre outros.

    Com Tite, o Corinthians não tem futuro. Só passado.

    #ForaTite

    Curtido por 2 pessoas

    • Múcio Rodolfo permalink
      06/22/2015 23:46

      1- As circunstâncias são outras, mas este “com Tite, o Corinthians não tem futuro” foi dito no passado. E o que aconteceu mesmo? 2- Atribuir ao técnico o desfecho do caso Marquinho é muito bom, afinal poupa os verdadeiros responsáveis pelo o que ocorreu, no caso os diretores. Creio que a eles caiba a obrigação maior de zelar pelo patrimônio do clube. 3- Que tal falarmos da garotada que foi ignorada, queimada pelo Mano em sua primeira passagem pelo clube para que fosse trazida uma penca de jogadores?

      Curtir

      • Cesar Augusto permalink
        06/23/2015 20:09

        O Corinthians venceu. Tite fez parte do contexto.
        Mário Gobbi disse que vendeu Marquinhos porque lhe disseram que era baixinho para ser zagueiro e que, na Europa, seria no máximo lateral direito. Quem será que disse isso ao Gobbi?
        Os ultimos titulares saídos das categorias de base do clube foram Dentinho e Malcom.

        Curtido por 2 pessoas

        • Múcio Rodolfo permalink
          06/23/2015 21:04

          Ora César.. como foi dito por um outro frequentador do blog quem vende é a diretoria. Se vc fosse diretor de futebol do clube, emprestaria uma joia, uma preciosidade (até o Adenor se referiu dessa forma ao jogador numa entrevista) nas condições em que ele foi emprestado?. E vem cá que diferença faz jogar de zagueiro, de volante, de lateral? O importante é jogar? O que teve no caso do Marquinhos, foi a existência de diversos intere$$es, tanto da diretoria quanto do empresário do jogador.

          Curtir

  7. Daniel CMS permalink
    06/22/2015 15:17

    Fora, Tite.

    Curtir

  8. 06/22/2015 7:57

    Sport- gols 14
    Ponte- ” 13
    Atlético-PR 12
    Corinthians 6

    Olhando esses números acho que fica difícil defende-lo, mas talvez esteja sendo injusto com o pobre Adenor com Mendoza,Romero e Love não dá para exigir tanto. Se ele tivesse Maikon Leite,Joelinton,André Balada ou Biro-Biro e Felipe Azevedo quem sabe com esses craques estaríamos melhor no campeonato tadinho do Adenor

    Sobre a base seria um crime escalar o Marciel com risco de queima-lo um absurdo por um mlk de 20 anos para jogar contra o poderoso san78s.

    San78s desfalcado de Robinho e Lucas Lima com treinador interino e 6 meninos da categoria de base ou seriam veteranos de guerra ? Ora, que absurdo !!!

    Diego Aguirre é outro covarde que escala Valdivia e Geferson vejam só vocês para jogar uma partida de libertadores. Que perigopoderia cabar com a carreira deles.

    Roger Machado eu em sua estreia é outra canalha que escalou escalou vários meninos da base, inclusive um de 16 anos olha o absurdo e deu uma chicotada no Corinthians.

    A verdade é que somos apenas perseguidores desprezíveis tentando jogar Adenor na fogueira inquisitora, para nos limpar dos nossos pecados.

    Por favor Adenor nos perdoe !!!

    Curtido por 2 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      06/22/2015 8:11

      Haha! Muito bom!

      Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        06/22/2015 13:55

        1- Bom…. Rodrigo se vc vasculhar por blogs corinthianos vc verá muita gente em temporadas passadas propondo contratações de reforços alegando ser muita responsabilidade escalar garotos em tal competição que, na minha opinião, não tem nada de diferente das demais. E talvez neste seu garimpo, vc encontre comentários nos blogs corinthianos detonando o Adenor quando este colocou o atacante Elias Oliveira para atuar contra esse mesmo Manjubinha no mesmo Balneário. Na época muitos acusaram o técnico de ter colocado o garoto numa fogueira, afinal estava sendo lançado justo contra o fenomenal Léo, – o Magda de chuteiras. 2- Eu não sei se o técnico do praiano escalou tais jogadores por filosofia de trabalho ou por pura necessidade, uma vez que o time dele estava desfalcado de diversos jogadores. 3- O que eu acho estranho é o desequilíbrio existente no time atual do Corinthians sob o comando do Adenor, que sofreu mais gols do que marcou. Pra mim seria normal marcar menos que estes ai que vc citou. Teve um ano em que o pessoal elogiava o ataque da Ponte e detonava o do Corinthians. A Ponte estava na zona de rebaixamento, o Corinthians “paquerando” com o G4. 4- Com relação aos desprezíveis perseguidores do Adenor, lhe digo que são corinthianos estranhos, capazes por exemplo de torcer por uma derrota diante do Imaculado de Vila Sonia, de atenuar uma roubalheira do Amarilla e de perdoar uma cobrança de pênalti patética do Pato. 5- Sábado a tal chicotada foi obtida graças a dois pênaltis não marcados a favor do Corinthians.

        Curtir

        • Correa Leonardo permalink
          06/22/2015 14:49

          4 – Não, Mucio. (Falo por mim, é claro, eu que jamais torcerei contra.) No entanto, sinto desespero de ver o time tão desarrumado jogando contra um adversário tão ruim, e incapaz de ameaçá-lo durante a maior parte do jogo. Se, como é consenso entre os frequentadores, a carência técnica pode ser contornada por uma tática eficiente, dava pra ter feito melhor…

          Curtir

        • 06/22/2015 15:13

          2- Citei apenas algumas exemplos de times que usam a base, se observarmos com mais afinco deve ter mais. É evidente que não acho que esses times utilizam-se da base filosofia, a maioria deles principalmente os grandes o fazem por estarem quebrados falidos fruto de gestões picaretas como a do nosso time. Mas o fato é que utilizam mais e melhor do nós.

          3- Eduardo Baptista ou Guto são gênios ? Sport e Ponte são esquadrões ? Obviamente não para todas.
          Claro, que não serão campeões do brasileiro por uma série de fatores, apenas constato o fato que seus times apresentam um desempenho e resultados melhores do que o nosso.

          Curtir

        • Múcio Rodolfo permalink
          06/22/2015 16:11

          2- Isto ai não vou discutir com vc….. E quem me conhece de outros carnavais lembrará que sou um defensor do aproveitamento da base e um crítico a esta politica atual que tem o Adenor como cúmplice, mas que é obra de que está no poder no clube desde 2008.
          3- a) O Adenor também não é nenhum gênio e o Corinthians está longe de ser um esquadrão. b) eu acho muito cedo para comparações. vamos esperar o decorrer do campeonato.

          Curtir

  9. Múcio Rodolfo permalink
    06/21/2015 18:40

    1- Eu também não teria trocado o Mano pelo Adenor. Não por achar o primeiro melhor, mas por contradizer a filosofia que o clube parece ter adotado a partir de 2008, o de dar tempo para o treinador desenvolver seu trabalho. Tanto um quando o outro tiveram deslises que em outros tempos lhes custariam seus empregos, mas foram mantidos. O Mano fez um bom trabalho em 2014 e poderia ter continuado este ano. Me parece que o problema foi salarial.. Se bem que o Mano também está na lista dos que não recebem salário no clube.
    2- O cara faz um ótimo trabalho em 2004 no clube. Volta, ajuda o clube a conquistar alguns títulos e o pessoal vem falar sobre os perigos do Titismo.. Tem coisa errada aí.
    3- Ok Tite coloca o menino de 17 anos. O time perde e lá vem a cornetada de que ele só coloca a garotada em tais condições com o maquiavélico propósito de queimá-la. Disseram o mesmo quando ele colocou o Elias Oliveira também no balneário.
    4- Ok. O Tite era na escalação do time. Ontem poderia ter dispensado o Petros e colocado o Marciel.. É reticente na hora de apelar para a molecada. Mas que culpa tem ele se ontem havia em campo Renato Arbusto e Jadsono?
    5- Olha o Avaí, gente!

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      06/21/2015 19:56

      1 O problema foi o Andrés, segundo o Mano

      Curtir

    • Ph1910 permalink
      06/21/2015 20:15

      1 Pelo o que eu li Mano era uma aposta do Mario Gobbi e de mais ninguém. Senão me engano, o Silvinho afirmou que o Mano já sabia que seria técnico só por um ano e só títulos mudariam essa situação. Já Tite é parceiro do atual amigo do Rei e só uma catástrofe tira ele do Corinthians.

      Curtido por 2 pessoas

      • Múcio Rodolfo permalink
        06/21/2015 23:28

        Acho muito estranho, um treinador assumir o cargo em tais condições.. com prazo de validade pré-determinado. Que garantias tinha o Mano de que iria conquistar títulos o ano passado?

        Curtir

        • Meia permalink
          06/22/2015 6:53

          acho que com um salário de 500 mil por mês poucas pessoas não aceitariam trabalhar. Não deve chover propostas para o treinador mais queimado pela mídia no Brasil.

          Curtir

        • bloguedotimao77 permalink*
          06/22/2015 8:13

          Se eu entendi, o Gobbi avisou que a diretoria estava rachada e que não tinha como garanti-lo na próxima gestão.

          Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        06/22/2015 13:09

        Ok Alvaro.. Mas ao que me parece o presidente atual é do mesmo grupo do presidente anterior, que pertence ao mesmo grupo do presidente que o antecedeu…. Eu entendi que, a partir de 2008, havia sido instaurado no clube uma política de dar tempo para o técnico desenvolver seu trabalho, salvo aberrações como foi o caso Adilson Batista.

        Curtir

    • 06/21/2015 22:14

      2- Ele nos ajudou ou Corinthians ajudou ele ? Corinthians é gigante com ou sem Libertadores, já o Tite antes do Corinthians tinha um status de Gilson Kleina ou Jair Picerni….

      Curtido por 2 pessoas

      • Múcio Rodolfo permalink
        06/21/2015 23:27

        Assim como outros profissionais que só atingem a grandeza indiscutível quando passam pelo clube que incomoda e o ajuda a conquistar títulos…. não importa se estaduais, nacionais, continentais ou mundiais. O fato é que com o titismo -tão amaldiçoado por estas bandas- não impediu que eles fossem alcançados. Diríamos que o Corinthians fez um bem para a carreira do Adenor, firmando-o no hall dos grandes técnicos brasileiros, assim como ele de certa forma fez bem para o clube – embora as hordas antititênicas titênicas torçam o nariz para isso.

        Curtir

      • Correa Leonardo permalink
        06/21/2015 23:29

        Tinha status de Candinho, aquele que chegava pra salvar o time na hora do desespero.

        Curtido por 3 pessoas

        • bloguedotimao77 permalink*
          06/22/2015 8:14

          Principalmente times que tomavam muito gol

          Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        06/22/2015 13:06

        Não tem como comparar o Tite com o Picerni – um eterno vice campeão. Adenor antes de chegar ao Corinthians já havia sido campeão da Copa do Brasil pelo Grêmio e da Sulamericana pelo Entregacional. Também tem no currículo um raro título de campeão gaúcho com o Caxias.

        Curtir

    • Correa Leonardo permalink
      06/21/2015 23:32

      Ah, Mucio, mas dá raiva ver o profissional que você defende com base num bom trabalho em 2004 (também o defendo por isso) ver o time completamente dominado por um Insignificante Litorâneo fragílimo, e sem perceber que o Mendoza e o VL enterram TODO lance de ataque do time!

      Curtido por 1 pessoa

    • 06/23/2015 13:23

      Eu não teria trocado o Mano pelo Adenor, entre outros motivos, por achar o primeiro melhor que o segundo, sim.

      Curtir

  10. 06/21/2015 14:46

    1) Gostei do Vágner, mas ele não vai render (atacante nenhum vai) no atual esquema.

    2) Tite berrou ontem no vestiário…? Xiiii…

    3) Que o BR dê vexame, e que Del Nero ligue.

    Curtido por 2 pessoas

  11. 06/21/2015 13:05

    “Aquele que combate monstros deve tomar cuidado para que ele mesmo não se torne um.”
    Friedrich Nietzsche

    O monstro no caso a libertadores um dos maiores pesadelos da nossa centenária história, por mais que lutássemos parecia ser uma barreira intransponível, sempre com eliminações traumáticas.Eis que surgiu Tite e finalmente aos trancos e barrancos superamos nosso maior bloqueio.
    Só que agora o herói virou monstro, criamos um Frankenstein do Pampas perdemos totalmente o controle sobre , agora nos consome e nada podemos fazer.
    Basta ler ,ver e ouvir entrevistas do Tite para perceber um cara com EGO inflado incapaz de reconhecer suas falhas. Sempre terceirizando a culpa como os melhores piores políticos sabem fazer.
    Adenor foi e é um treinador mediano, seus trabalhos e conquistas mostram isso.
    A exceção foram 2011 e principalmente 2012, o Corinthians pelo poder que tem de ampliar tudo ao seu redor alçou Tite ao status de “SUPER TREINADOR” que não condiz com sua capacidade.
    Abel também venceu a libertadores, mas ficou restrito a herói dos colorados, não alcançou a projeção nacional que tem o Tite. Celso Roth foi outro que venceu ,mas continua a ser ridicularizado.
    Tite fosse o treinador que 99% da torcida e grande parte da prensa acha que é , estaríamos nadando de braçada no campeonato, pois a mediocridade impera por aqui.
    O fato é que: Ou acabamos com o Titismo ou ele acaba com o Corinthians.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: