Skip to content

SPFC 1×1 Corinthians, não se derruba um burro com sorte tão fácil

08/09/2015

Esse foi um jogo bem curioso. Se você esquecer a dimensão técnica da partida, pode até dizer que foi um “jogão”, como quer o Globoesporte.

Emoção teve!

Como tem sido o Corinthians desse brasileiro, entramos para jogar no contra-ataque. Era esperado e até, convenhamos, correto, afinal quem está abaixo do sarrafo é o SPFC.

Pela escalação, era mais óbvio que Malcom e Luciano fizessem o ataque, mas Tite manteve o sistema tradicional com Malcom e Jadson muito recuados e Luciano isolado como isolados foram Vágner, Guerrero, Romero, Liédson etc.

Com mais inteligência tática, SPFC marcou Bruno, minando nossa eternamente ruim saída de bola. Curioso é que os 3 zagueiros adversários também tinham uma saída de bola catastrófica e Rogério – melhor goleiro brasileiro com os pés – era chamado toda hora para corrigir erros técnicos com salvadores passes longos.

Então foi assim: SPFC procurando a trave o gol o jogo inteiro e Corinthians saindo no contra-ataque raramente com mais de 3 jogadores. Conforme o jogo progredia, mais e mais era um jogo pela nossa esquerda, tanto por eles, quanto por nós (alguém viu o Jadson pegar na bola?). Num contra-ataque rápido em que os dois laterais esquerdos avançaram ao mesmo tempo, Malcom tocou para Uendel que fez uma jogadaça para o 0x1 Luciano. Aí acabou a vontade de atacar, para nosso desespero (e do Luciano).

Para o 2º tempo Corinthians voltou curiosamente mais ofensivo, tentando pregar alguma surpresa nos minutinhos iniciais. Durou pouco. SPFC veio e fez seu 1×1 numa barbaridade da defesa corinthiana. Revi o lance e não consigo ver falha no Cassio num chute forte na cara do gol. Mas se você foi capaz de ver falha do goleiro, então foi capaz também de identificar três patetas no lance: sim, Fagner, Felipe e Gil ficaram completamente perdidos. Esse gol foi a obra-prima da nossa defesa.

Eles continuaram atacando e Tite respondeu tirando os 2 atacantes (não os deles, os nossos, óbvio). Acostumados com a retranca, nos deparamos com algo que já não dá mais para não repara: a queda física da equipe no 2º tempo, algo calamitoso para um time que treinou coisa de 10 dias! Não acompanhei o pós-jogo, mas torço para que alguém traga alguma luz sobre o porquê desse cansaço no 2º tempo.

Era para terem virado, tiveram chances, tiveram até penal mal marcado, mas não se derruba um burro com sorte assim, tão fácil!

Eu não consigo esquecer como foi ruim tecnicamente essa partida. Eu estava realmente achando que o bra-15 estava melhor que o bra-14, no aspecto técnico, mas não dá mais para mentir: está muito ruim. Se feitas aquelas notas de pós-jogo, nenhum zagueiro ou lateral desta partida merece nota acima de 4.

Copo cheio: campeão brasileiro de pontos corridos (tirando 2009) precisa de 73 pontos ou 64% de aproveitamento. Faltam só 39 pontos.

Sarrafo: 64%    Corinthians atual: 67%

Anúncios
15 Comentários leave one →
  1. 08/11/2015 18:37

    Não assisti o jogo (não assino o Premiere ou o pay-per-view), só vi os melhores lances. Nos melhores lances fica claro que o SP ousou mais, que o Felipe foi expulso equivocadamente e que foi pênalti do Uendel. De resto acompanho o relator. Jogo para esquecer (felizmente eu nem vi). E concordo, a ruindade impera em Pindorama, por isso tendo a ser menos exigente com a nossa ruindade. É como em uma reunião com algum cliente em que um colega fala uma bobagem. Não o corrijo na frente de todos. Mas internamente vai ouvir. O problema é que a “empresa” está dando lucro (boa pontuação) e os acionistas querem que continuemos assim. Eita situação difícil. Tenho certeza que o Tite vê o que vemos e não está feliz. Talvez satisfeito, mas não feliz. E talvez isso seja o melhor possível com elenco limitado técnica e fisicamente. Mas tem gente que acha que ele é burro e que tomas atitudes idiotas por ser um imbecil (ou simplesmente por não gostarem do jeito amigão e fazedor de média dele, que não aprecio mas não me faz desgostar dele). Discordo e acho, além de falta de respeito, um exagero de quem pensa assim. Mas também discordo da filosofia exageradamente conservadora dele, mas não tenho condições de julgar de maneira tão inequívoca assim que dá para fazer muito melhor. Óbvio que tem que melhorar. Mas isso vale pra o futebol brasileiro como um todo. E nós estamos nesse balaio e vamos nos equilibrando como podemos. Todo protesto é válido. Mas falta de respeito eu acho desnecessária.

    Curtido por 1 pessoa

  2. 08/10/2015 19:13

    1- ♫Mas o quê que um pobre rapaz pode fazer
    A não ser detonar o técnico de seu time♫ um trecho de Street Figthing Man dos Stones (acho que é isso se não for,fica sendo haha)

    2- É realmente muito difícil derrubar o burro com sorte,por vários motivos carinho da prensa parça e a Fiel You Tube o maior deles.Mas há sempre um fio de esperança e sou um eterno otimista quem sabe um derrota para o Chile,um empate em casa com a Venezuela e uma golada histórica para os Hermanos nos dê aquela forcinha.

    3- Essa esperança que alguns têm que El Cagalhon mude a postura tática do time eu não nutro,talvez pelo meu ódio mortal ao Retranqueiro Mor.
    O fato é que no começo do ano até enganou,só que as jogadas ofensivas no decorrer dos jogos começaram a se dissipar pouco a pouco e culminou na vexatória eliminação do Guarani onde já tínhamos Titenaccio original.
    Um ataque estático, previsível ,atacante ilhado,recuos exagerados contra Real Madrid ou Ibis,uma transição sofrível a espera de algum lampejo dos jogadores “avançados”.
    Acho que será isso ai até o final.

    4- Alguns dizem que Malcom volta muito para marcar lateral,acho um equivoco já que é auxiliar de lateral que esporadicamente vai ao ataque.Não tem com voltar para onde já está.
    Um desperdício de talento.

    5- Leva 12 jogadores para o banco e sempre as mesmas substituições(não estou falando apenas deste jogo).Uma criatividade sabática de 500 mil mensais.

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/10/2015 19:39

      1-Haha!
      3- Ele só mudaria por pressão interna. Imprensa ele tem no bolso
      4- Fico imaginando ele treinando o Neymar no início da carreira… Talvez Neymar ainda estivesse no banco do Santos!

      Curtido por 1 pessoa

      • Correa Leonardo permalink
        08/11/2015 15:52

        O Neymar teria sido emprestado pro Bragantino.

        Curtido por 2 pessoas

        • 08/11/2015 18:55

          Exatamente.Fico imaginando o possível festival de lorotas dele para “preservar” o rapaz.
          E por falar em base alguém ai tem visto o Marciel ??
          E mais proponho um Bolão: Matheus Pereira estréia ainda nesse campeonato e em qual rodada ?

          Curtir

  3. Múcio Rodolfo permalink
    08/10/2015 16:21

    1- Se o time do Convento teve as mais contundentes oportunidades de gol e em maior quantidade, o Corinthians também as teve nos pés de Malcon, de Renato Augusto, e Rildo, na cabeça de Bruno Henrique. Teria outras mais, se alguns homens de linha caprichassem mais nos penúltimo e último passes…. Renato Augusto perdeu a oportunidade de dar sequência a um contra-ataque que poderia ser fatal para o adversário titubeando na hora de dar o passe. Elias tinha as bolas nos pés. Chance de armar um ataque perigoso. No entanto, cochilou e permitiu ao adversário um contra-ataque que culminou na expulsão do Felipe que vinha fazendo uma boa partida. Ora. Não tem esquema que sobreviva em tais condições.
    2- Time campeão não dispensa pontos fáceis. Se for verdade isto, o Atlético que fique com as barbas de molho, afinal empatou ontem com o Goiás.
    3- Ontem o Adenor errou ao tirar um atacante para colocar o Danilo quando poderia ter sacado o Renato Augusto que estava caindo de cansado. Outro erro pode ter sido o de ter efetivado o retorno do Cássio ao gol. Walter vive um melhor momento. Tempos atrás foi noticiado a sua saída do clube. Ele resolveu ficar. No entanto, esta rotina de entrar no time, jogar bem e depois voltar para a reserva pode fazer com que ele mude de ideia.
    4- Não tem como usar jogos anteriores de um adversário como referência, devido às circunstâncias que envolvem cada partida.
    5- Domingo o jogo mais difícil da temporada: contra o Avaí lá na Ressacada.

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/10/2015 19:37

      1- Corinthians abdicou do ataque e achou um gol, pô…

      5-isso é verdade!

      Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        08/10/2015 20:01

        1- Eu não acho que tenha achado um gol, não… Este gol saiu de uma estratégia estabelecida. Poderia ter saído minutos antes se o Renato Augusto desse sequência a jogada….. O problema é que tem gente aqui vendo o Malcon em campo acreditando se tratar do Edilson.

        Curtir

  4. Bruno Pereira permalink
    08/10/2015 13:14

    1 – O “jogão” na verdade ocorreu porque tivemos um bom tempo de bola corrida e bastante chance de gol pros dois lados. Mas tivemos muitas falhas, muito passe errado, a saída de bola estava nula, o ataque isolado… Enfim, aquela coisa que já esperamos do Corinthians de Tite.
    2 – É incrível como sempre que esse time tem mais tempo pra treinar volta totalmente despreparado. Não sei o que acontece nesses treinos, mas com certeza tem algo errado aí. É notório a dificuldade de jogar bem depois de bastante tempo de treino.
    3 – A zaga toda falhou no lance do gol. Notem como o LF dá o passe e sai sozinho sozinho, sem ninguém acompanhar. O Cássio errou ao espalmar no pé do atacante, mas deveria ter alguém ali pra pelo menos atrapalhar a finalização. Dito isso, o Walter foi melhor nas oportunidades que teve, e o “merecimento” tem que ocorrer aí também, embora saibamos que nosso camisa 12 é da cota Mundial-2012.
    4 – Pior que Jádson foi o Elias. É outro que está oscilando muito ultimamente. A jogada do gol deles começou num erro de passe dele.
    5 – Sou do time #ForaTite, mas acho que a essa altura uma troca só pioraria a situação. Temo que aconteça o que aconteceu com o Inter, que mandou embora o Aguirre e levou 5 no jogo seguinte (liguem os pontos). Aliás, Aguirre seria uma ótima opção, não entendi o motivo de ter sido mandado embora desse jeito.

    Curtido por 1 pessoa

    • 08/10/2015 19:22

      5 – Aguirre foi a última escolha da diretoria,daquelas “não tem tu, vai tu mesmo”,o único entusiasta dele foi o vice presidente Luiz Fernando Costa que faleceu no começo do ano.Lembre que Aguirre esteve ameaçado várias vezes no Gaúchão,era só questão de tempo e oportunidade.
      O preferido é Muricy Tapado(que mal gosto para treinador) azar dos chorões.

      Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/10/2015 19:35

      1- Isso!
      2- Pior: voltou cansado

      5- Concordo, mas também acho que ele poderia ter suas decisões questionadas internamente.

      Assisti “Moneyball” nesse fim de semana e isso ocorre lá.

      Curtir

      • Cesar Cachaça permalink
        08/10/2015 21:42

        já tinha visto o filme e to lendo o livro!

        Curtido por 1 pessoa

        • bloguedotimao77 permalink*
          08/10/2015 21:56

          Adorei duas cena: quando ele tem de mandar embora os jogadores para forçar o Tite a escalar os que ele queria e quando ele assiste no estádio e trás zica para o time.

          Beisebol, futebol, quadribol… Tudo igual nas zicas e nos burros com sorte.

          Curtir

  5. Cesar Cachaça permalink
    08/10/2015 8:36

    tirando a combinação de resultados da rodada, que foi a nosso favor, há pouco a se comemorar. Sim, ok, jogar no Morumbi contra o SPFW é sempre complicado, empate foi bom, bla bla bla. O lance é que mais um tijolo adicionado à realidade de que nosso desempenho varia de razoável para ruim e estamos consistentemente obtendo resultados acima do que produzimos. A trave salvou, assim como o fato do Vuaden não ter tido coragem de marcar um penalty naquele ponto do jogo. O sp foi o time que tomou 4 do Palmeiras e 3 do Galo, e que perdeu de todo mundo que está no primeiro terço da tabela, e há motivos para isso: as peças da defesa deles são individualmente muito ruins e o sistema de jogo não resolve esse problema. Ozorio arma o time como se futebol fosse basquete. A cartada de Ozorio dos 3 zagueiros era arriscada pq, se o time adversário tivesse um pouco de competência na saída de bola, faria o que o Galo fez quarta-feira: mataria o jogo em contrataques bem armados. Como o time continua torto (Jadson fica penso ali na direita, Malcolm não consegue arrancar em diagonal pela esquerda, Elias “recuperado por Tite” vive de lances esporádicos há pelo menos 3 meses) a transição pro ataque só acontece quando sobra um espaço aqui e acolá.

    Por outro lado, somos vice-líderes com 4 pontos de vantagem sobre o terceiro eheheeh

    Sim, achei semi-falha do Cássio sim. O esquema titeano exige falha zero, e a bola não foi tão forte – aliás ele cometeu um erro parecido no primeiro tempo, espalmando um chute fraco do Centurião pro meio da área. Acho que hora de começar a cogitar Valter, pois Cássio faz um ano bem mediano.

    Curtido por 3 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/10/2015 19:33

      A ideia do Osório até funcionou porque o Tite é mais reativo. Claramente ele dividiu a função defensiva do Bruno entre ele o Elias para que esses podem ajudar às laterais. Como o jogo era na esquerda, Bruno sofria para cobrir os dois laterais esquerdos péssimos na marcação: Uendel e Malcom.

      Aliás, desconfio que Malcom roubou mais bolas importantes no setor que Uendel, o lateral mais driblável da face da terra.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: