Skip to content

Corinthians 4×3 Sport, como previsto por aqui, escorregamos na casca de banana da CBF…

08/13/2015

O jogo de ontem viralizou. Não pela raríssima emoção de um 4×3 num mísero campeonatos de pontos corridos. O jogo viralizou por um apanhado de erros cometidos durante a semana e que culminaram com o Corinthians escorregando na casca de banana lançada pela CBF.

Foi um jogo bacana de se assistir, manteve o padrão técnico baixo do campeonato, mas, talvez por Jadson, podemos falar de um padrão técnico “irregular”.

De cara, o Luciano 1×0 mostrou um Jadson acordado do seu sono profundo que começou há 3 ou 4 rodadas. Mostrou também um Elias de volta ao campo de ataque, algo que ele não fazia também há 5 ou 6 rodadas… E Luciano, que não é centroavante, fez um gol de camisa 9 das antigas, daqueles que a gente chamava de “centroavante oportunista”.

Luciano é mesmo ótimo tecnicamente e não dá para entender porque deixamos ele ir para o Pan.

O azar do menino é que na maioria dos jogos ele jogará absolutamente isolado, caso vista a “9”, ou vai recuado e marcando mal, caso vista a “7”. (De origem, Luciano era meia, mas acho que sua posição ótima é atacante, bem ao modo como era escalado em 2014).

Gol cedo, recuo e sobra Uendel marcando Andre? Volte três casas: 1×1. Aí só deu Sport, mas sem grandes sustos.

No finzim do 1º tempo, Luciano faz mais um gol a la Chulapa: 2×1.

Corinthians começou o 2º tempo criando mais, perdeu um gol fácil, mas a seguir, num belíssimo lançamento do Jadson SleepOff, Malcom fez seu 3×1.

Dali em diante, a história conta que o nosso lateral esquerdo reserva entregou a rapadura duas vezes para o 3×3.

Esse rapaz pode ser responsabilizado por duas temeridades: (1) vai dar argumento para as patéticas substituições com que Tite nos brinda a cada 2º tempo e (2) mostrou ao mundo que o Sport estava lá em Itaquera, empatou, lutou por cada centímetro de campo e ninguém gosta de ver quem luta por cada centímetro perder por um, digamos, lance isolado.

É irrelevante se foi ou não pênalti:

  • O problema foi o penal do Uendel contra o SPFC, time fortíssimo na mídia.
  • O problema foi o clube não se manifestar naquele erro (Tite se manifestou, mas usou a lei da compensação).
  • O problema foi o clube ACEITAR – é esse o verbo – a escalação de uma arbitragem paulista num jogo em SP (e nem que marque 1 zilhão de penais, esse juiz vai compensar o irmão).
  • O problema foi que esse mesmo juiz não marcou penal parecido a favor do Cruzeiro na 5ª rodada.
  • O problema é da regra que veio para simplificar, mas que o povo ainda não entendeu nas peladas.
  • O problema foi que o Sport lutou e fez por merecer o empate, quiçá a vitória.

Então, não adianta argumentar tecnicamente na base de nós contra o mundo, pois qualquer pênalti nessas condições seria considerado estranho pelo resto do mundo. Ah, e para ajudar, Jadson ainda bateu com paradinha, algo secularmente proibido.

Cabia ao clube reconhecer a casca de banana lançada pela CBF e jogá-la fora antes que uma merda dessas acontecesse. E a merda aconteceu.

Eu não penso no prejuízo neste campeonato (afinal, a lei da compensação existe), penso na tentativa de colar na imagem de nós, torcedores, a ideia de que topamos tudo pela vitória.

E se tem uma coisa que não cola nesse boteco é que roubado é mais gostoso. Não é. É chato pracacete.

Copo cheio: campeão brasileiro de pontos corridos (tirando 2009) precisa de 73 pontos ou 64% de aproveitamento. Faltam só 36 pontos.

Sarrafo: 64%    Corinthians atual: 69%

Anúncios
25 Comentários leave one →
  1. Nicolau permalink
    08/14/2015 19:08

    Segundo o Footstats, os gols marcados de penalti no campeonato foram 25, 6% do total. Os times que mais marcaram foram Sport (5) e São Paulo (3), justamente os coitados da semana. O Corinthians fez dois, ao lado de Goiás, Atlético PR, Santos e Fluminense, todos virgens e puros.

    Não achei a estatística de gols sofridos de penalti – ou de penais não marcados, que é o caso aqui, e que sempre será passível de nterpretação. Se não tiverem esses números de todos os times, em todos os jogos, é só choradeira.

    O resto, como diz o mala do Paulo Henrique Amorim, é o luar de Paquetá.

    PS.: Discussão de arbitragem é a coisa mais inútil e chata do futebol. Muito mala ficar falando disso depois de um jogo que, pelos comentarios, foi dos mais bacanas do campeonato.

    PPS.: Não vejo ninguém na minha frente.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Daniel CMS permalink
    08/14/2015 16:21

    Segundo o site Placar Real, que prestou serviços excelentes pra calar a turma do mimimi em 2012 e 2013, vejo o SPFW à frente do Timão em favorecimento em ambos os anos.

    Pena que o site não atualiza mais.

    Sem mais.

    Curtir

    • Múcio Rodolfo permalink
      08/14/2015 16:45

      Este placar real é interessante… Só que, se não me engano, ele não aponta os times que foram prejudicados por erros de arbitragem e ainda assim venceram suas partidas ou de equipes que não conseguiram vencer apesar de serem favorecidas.

      Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/14/2015 22:47

      Isso é verdade.

      Curtir

  3. Múcio Rodolfo permalink
    08/14/2015 13:39

    1- Ok… O Corinthians tem má fama – justa ou não. Pra mim não tem isto de sim ou nao. Pra mim, esta fama é injustíssima reforçada pela mídia anticorinthiana e não me venham falar de coitadismo, vitimismo e coisa parecida. O Corinthians não pode ser refém desta fama que lhe foi imposta de forma torpe. Em tempo, não sou adepto do “roubado é mais gostoso”. Mesmo porque quarta-feria não foi roubado.
    2- Cássio e Gil não são garotos da base, não são novatos, mas já possuem uma carreira. Não cito o Wendel e o Edu Dracena porque estes ai não tem currículo dentro do Corinthians. Qualquer erro que venham cometer pode ser minimizado pelos acertos no passado. O famoso “fulano tem crédito”. O garoto não. Parte da torcida que é imediatista e adora cornetar logo parte para a fritura do jogador alegando que ele não tem condições de atuar no time de cima. Existe um tanto quanto de impaciência e exigência exagerada. Por falar nisso soa até engraçado corinthiano querer comparar o grau de cobrança existente aqui no Corinthians com a que é feita num Manjubinha ou num Imaculado da vida. Ah só para lembrar que este monstro que abomina jovens oriundos da base poderia ter colocado o Edilson em campo, jogando deslocado pela esquerda. Ou ter escalado o Yago por ali, afinal o placar já era de 2×1 e ele tem o hábito de recuar para segurar a vantagem não é mesmo?

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/14/2015 22:47

      1- acho que a ação, ou no caso, a falta de ação, reforça essa percepção.

      Lembro de um gráfico no impedimento em que o corinthiano era definido como aquele que não liga de ganhar roubado.

      Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        08/15/2015 7:04

        1- Qual a base científica pra tal definição. Fizeram alguma pesquisa com corinthianos para chegarem a tal conclusão? 2- A ação que falta ao Corinthians é o de interpelar judicialmente quem insiste em macular o seu nome por aí.

        Curtir

  4. 08/14/2015 12:48

    1- Arbitragem: puta papo chato mala,fico imaginando se no resto do planeta bola seja essa choradeira também ?
    Esses penais acontecem toda rodada ontem um bem “mandrake” para a Macaca mas não gerou comoção nacional, hein ?
    Alguns espertalhões da mídia perceberam algo óbvio atacar o Corinthians gera audiência e repercussão não importa se fundamentada ou não e graças papagaios de redes sociais isso se amplifica esses bobagens como “apito amigo”.
    Kfuro (ele é corinthiano mesmo ?) usa desse expediente tempo todo para pagar de imparcial perante as outras torcidas.
    Lembrem-se san78s,parmera e leonores nos tem como maior rival,e parece que somos o segundo de vários times do BR.
    Levir a quem reputava ser um cara legal,usou de um expediente canalha e entrou na vala comum de Felipões,Luxas entre outros para obter vantagens nos próximos jogos,fazendo insinuações de que o campeonato tem algo “estranho”.
    E sim o Corinthians tem que rebater essas acusações levianas ,tem esquema então provem ou sofram as consequências por levantar suspeitas infundadas.

    2-Gil e Uendel dois meninos da base bateram cabeça no gol do André Balada,Edu Gangrena outro novato chegou atrasado no gol Brocador.Cássio recém promovido falhou no gol dos leonores junto com toda zaga.Viram Adenor está absolutamente certo em não promover os meninos da base.
    Oxório,Roger,Milton Mendes,Dorival e todos outros treinadores do certame estão totalmente equivocados em usar 1,2 e as vezes até mais jogadores da base.
    O único certo é Adenor que não quer usar nenhum,apenas para proteger os meninos.Fico até comovido com isso,como ele é benevolente que figura humana.

    3- Sobre o jogo discordo um pouco Álvaro achei muito bom para os padrões Titeanos e do campeonato.
    Gostei da postura principalmente no ST invés de ficar com 11 jogadores atrás da linha da bola esperando sabe-se lá o que,Corinthians dominou o jogo propondo,as linhas estavam mais adiantadas de que costumeiramente vemos,Ixpoti só voltou a partida após o deslize do Arana,que para mim falhou apenas no segundo gol,terceiro foi falha coletiva.

    4- Que passe do nosso Neto 2.0,valeu o ingresso.Imaginem, se fosse a Ave Leonor que tivesse executado ?

    Curtido por 2 pessoas

  5. Múcio Rodolfo permalink
    08/14/2015 0:08

    1- Se árbitros não neutros já haviam sido escalados em outras partidas e não se criou o mesmo estardalhaço que se criou quando se tratava de jogo do Corinthians, tem coisa errada ai…. Por que com os outros uma coisa é tida como normal e aceitável, com o time do povo é visto como absurda e inaceitável? Ontem o Corinthians poderia ter sido prejudicado pois sob pressão e para afastar qualquer tipo de suspeita, em qualquer lance duvidoso ele poderia apitar a favor do time pernambucano. Aliás, comentou-se por ai que houve um suposto pênalti sobre o Bruno Henrique no primeiro tempo. Não entendo a intenção do anfitrião da casa quando fala “tomamos tudo pela vitória”. Ontem vencemos como lisura um adversário que vem fazendo uma ótima campanha, sem a menor interferência da arbitragem. Eu não consigo entender o dono do boteco, capaz de absolver um Amarilla da vida e se incomodar bastante com uma paradinha.
    2- Ontem ficou mais ou menos claro porque o Adenor se mostra um tanto quanto cauteloso ao lançar um garoto. Na minha opinião o Aranda fez uma boa partida. Só que falhou em duas jogadas capitais. No primeiro talvez tenha pesado o pouco entrosamento com os demais jogadores da defesa. No segundo não creio que tenha falhado sozinho. O fato é que isto foi o suficiente para corneteiros já concluírem que ele não tem condições de jogar no Corinthians. Então é assim: exige-se a entrada de um garoto, mas cobra-se uma atuação impecável.
    3- A impressão que se tem é que todas as substituições feitas pelo treineiro são bizarras. Não é bem assim. Algumas são de fato esquisitas, infelizes…. Outras não. Muitas podem se dizer óbvias e naturais. A troca de Malcon por Rildo, ou de Renato Augusto por Danilo são algumas delas. E as vezes o treineiro é forçado a algumas modificações. Ontem foi o caso.
    4- Chegamos a liderança isolada. Um ponto nos separa do time que segundo o próprio Adenor está um patamar acima dos demais. Faltando um turno inteiro pela frente esta liderança apertada anima, pois aponta que as previsões catastróficas estavam equivocadas. mas é muito pouco. Adenor, o sábio de Caxias, ensina com propriedade que o mais importante no momento é não se desgarrar do pelotão da frente para arrancar nas ultimas rodadas.
    5- Pra mim, se o Luciano não fosse para o Pan também teria chances de ser titular no ataque do Corinthians. Diante da má fase do Wagner Love, ele fatalmente entraria no decorrer das partidas se marcasse gols. Trata-se de um bom jogador. Pode ser a solução para o ataque, mas vamos lembrar que o ano passado ele começou a mil e depois foi se apagando.

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/14/2015 7:37

      1- Óbvio: Corinthians tem má fama. Justo ou não, tem.

      Cabe a diretoria trabalhar para acabar com isso, mas parece que para alguns “roubado é mais gostoso”

      2- Não concordo. Ele está errado.

      3-Rildo nem deveria estar lá. Temos meia dúzia na base melhor que esse cara.

      5- Insisto no que me falou um rivale: não è má fase, o futebol dele é esse aí. Muita fanfarra, auto promoção, mas tecnicamente é, digamos, irregular.

      Se ganhasse menos, ninguém reclamaria tanto.

      Curtir

  6. 08/13/2015 23:29

    Pq nossa diretoria não fala nada? Nunca. Pq?

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/14/2015 7:32

      Acho que fica difícil articular tudo de Brasília, pelo telefone…

      Sério, vejo paralelo em quem nos impôs a Dilma.

      Curtir

      • Estêvão Reis permalink
        08/15/2015 19:27

        1 – Quem tem esse poder, de “articular tudo pelo telefone”? Andrés? Cara, não me faça rir. É dar um poder absurdo e inexistente que ele não tem, por ser desafeto político do dono do boteco. Tão absurdo quanto dizer que nos “impuseram a Dilma”. Ela ganhou no voto, moço, quer a sua raiva goste ou não.

        Ainda no item 1 acho incompreensível também a posição do dono do Boteco, sendo que outros frequentadores deste espaço já falaram aqui de outros casos exatamente iguais com outros times, ou seja, trio de arbitragem do mesmo estado do time da casa, e nada foi falado. Mas se o dono do boteco descobrir um jeito de mudar a arbitragem antes de um jogo, favor enviar a receita para o Pq. São Jorge. Posso dizer, eu estive no estádio quarta e NENHUMA falta era marcada a favor do Corinthians. A arbitragem entrou claramente pressionada, tanto que qualquer encostada em jog. do Sport eram faltas e até impedimentos eram relevados a favor do time do Recife. Na boa, a histeria resultante do pênalti é que foi desproporcional em ver o SCCP líder. Por causa de um ACERTO do juiz.

        Quer um exemplo? Mil vezes pior, mas extremamente parecido com esse foi o pênalti que marcaram para as sardinhas contra o Atlético-PR, hoje. Mas é claro que esse lance NUNCA dará a mesma repercussão. A tal má fama é INJUSTA, desproporcional e alimentada pela mídia não só de SP (bambi), mas de todo o país, como se num baile de ladrões que é o futebol brasileiro, só o Corinthians fosse o culpado. Acho que a única ação que falta ao Corinthians é o de peitar judicialmente quem insiste em afirmar esquemas e acusações sem sentido. Simples assim.

        Curtir

        • bloguedotimao77 permalink*
          08/15/2015 19:47

          Leia de novo, você não entendeu o que eu escrevi.

          Curtir

  7. 08/13/2015 23:11

    Não falarei de arbitragem. Como no ano passado vejo progressos. Lentos, mas inequívocos. Não me iludo, não teremos um Bayern de Barcelona, mas o possível em Terra Brasilis, um tanto arrasada. O super Atlético-MG acabou de perder em casa. O Grémio é o timaço do momento. Quanto menos falarem que somos um bom time, nas atuais circusntâncias, melhor. Não vamos encantar e não dá mais para mudar muita coisa. Se bem que parece que o Romero vai embora, o que já é um progresso :-). É verdade, tendo a ser compreensivo com tudo no Corinthians (menos com os cartolas). Não consigo não ser. E, repito, vejo progrossos. Alguns indicadores. E apesar do Titenaccio temos ao final de rodada 17 o mesmo número de gols que em 2014 só conseguimos na rodada 20, o mesmo número de pontos que em 2014 só conseguimos na rodada 22 e o mesmo número de vitórias que em 2014 só conseguimos na rodada 26. Só indicadores, nenhuma verdade absoluta. Mas não consigo ver só problemas e burrice por toda parte. Vou tentar aproveitar o que vier e enquanto vier, sem deixar de protestar quando preciso, mas respeitando e reconhecendo o progresso.

    Curtido por 2 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/14/2015 7:30

      Pô, acho o Romero melhor igual ao Vagner! E mais barato também…

      A pontuação está muito alta, creio que é a maior da história do clube.

      Essa é a vantagem de se pegar um time montado para se treinar 😉

      Curtido por 1 pessoa

  8. 08/13/2015 22:02

    Algumas vezes concordo com o Juca,esta foi uma delas, teve muito blog aplaudindo.
    Eu acho que não era para ser penal, mas os comentaristas foram unânimes que a regra agora é esta. Sou do tempo da bola de capotão, do futebol de salão com bola pequena, de chumbo, e que goleiro não saia da área, do kichute e não daria pênalti.
    Mas é chato falar de arbitragem, contra ou a favor, não entendo como isso possa ser notícia, imagine uma coluna do Armando,do Tostão ou do Nelson Gonçalves sobre apitadores…. Pode até ter havido, mas não se lembra.
    Luciano prova um olho apurado de Mano. O que quase o matou foi sua pouca capacidade para boa auto-propaganda e a mania de ser fominha. Agora, o que o salvou foi o Pan. Sem isso era Love, Love, Love, Romero, Romero e Mendoza.

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/14/2015 7:27

      Essa regra nova veio para simplificar e marcar mais penais. A ideia é diminuir a interpretação e assumir que se o braço tá aberto, então é pênalti.

      Acho difícil essa regra pegar na pelada.

      Curtir

    • 08/14/2015 16:20

      Eita, é Rodrigues o Nerson…

      Curtir

  9. Cesar Cachaça permalink
    08/13/2015 21:31

    sobre o jogo, nada a acrescentar. Sobre a falsa polêmica, apenas um adendo. Estamos (corinthianos) tão acostumados a sermos tratados de forma diferente, que aceitamos certas coisas sem questionar. Por ex, como o ricardo comentou no outro post, a informação de que esse era o sexto ou sétimo jogo do campeonato com juiz “não neutro” circulou de forma muito restrita em meio a discussão se era uma boa opção ou não. Alguém lembra de 10% de intensidade de discusssão nos outros cinco jogos em que isso aconteceu? Pq que quando é com o Corinthians merece toda essa atenção? Tenho um amigo Pernambucano que me disse hoje que, por lá, é sabido entre as torcidas que o Sport usa essa tática, de reclamar sempre e bastante de qquer coisa para melindrar e ser ajudado. Claro que para a imprensa paulista e dos outros centros qquer reclamação contra o Corinthians é um prato cheio. Não sei se a postura do Corinthians (e do Tite) não deveria ter sido inversa: ao ser perguntado sobre o juiz, ter falado dos outros jogos, ter quesetionado pq o fato do cara ser do estado influenciar, se isso não é jogar desconfiança despropositada em cima das pessoas etc. O Corinthians aceitou o golpe – não que se não tivesse aceitado poderia ter feito muita diferença.

    Agora, poucas vezes me lembro dum nível de “antismo” tão grande. Ora, no fim das contas, o juiz acertou. O Corinthians é o único time que até quando o juiz acerta a favor reclamam. O nível extremo vi na Fox Sports, onde a crônica do jogo ignorou os 85 minutos de um jogo bem acima da me´dia desse BR15 para focar tudo na “polêmica”, e os 3 comentaristas bateram na tecla de que não foi penalty (embora para um deles o Wendel tenha feito um defesa de goleiro domingo e, portanto, penalty indiscutível). Mas mesmo em outros lugares supostamente mais amenos, ninguém conseguia dizer “foi penalty, e pronto”. Sempre tinha um “porèm”, que em geral era “mas pq não deu domingo?”, um “dar penalty pro Corinthians é sempre muito fácil”, a lembrança do outro penalty do mesmo juiz, e por aí vai. É impressionante.

    Curtido por 2 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      08/14/2015 7:25

      É isso, os lances estão conectados e o resto do mundo acha, na média, que Corinthians ganhou 1+2 =3 pontos roubados.

      Faltou a diretoria agir para proteger a imagem do clube e não voltar à ladainha de que também teve erros contra.

      Insisto num ponto: 2015 estamos sendo mais favorecidos do que prejudicados. Bem diferente de 2014, quando por essa época, tivemos o mesmo lance do Uendel num jogo contra o Grêmio…

      Curtir

      • Múcio Rodolfo permalink
        08/15/2015 6:49

        Jogo Corinthians x Grêmio disputado na Arena o ano passado. Extraído do Globo Esporte…

        “O Grêmio reclamou da arbitragem. O técnico Luiz Felipe Scolari insinuou que há um complô para impedir o time gremista de chegar à Libertadores, irritando Mano Menezes, que respondeu com ironia. O time gaúcho teve um gol corretamente anulado no começo do segundo tempo, já que Barcos estava impedido. Os jogadores do Grêmio também reclamaram muito de outro lance na etapa final – a bola bateu em Fábio Santos, e eles pediram pênalti. Na ocasião, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro, que não havia marcado nada, chegou a conversar com o bandeirinha e manteve sua decisão de não dar pênalti. Já o Timão também teve um gol anulado, pois a bola havia saído antes do toque de Luciano, que Rhodolfo mandou para a própria meta.”

        Curtir

        • bloguedotimao77 permalink*
          08/15/2015 9:13

          Teve um lance igual ao do Uendel, mas foi no Grêmio X Corinthians. Foi uma sequência de jogos em que perdemos pontos importantes.

          Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: