Skip to content

Corinthians 2×0 Fluminense, não vejo ninguém na minha frente!

09/03/2015

Empolgou!

Não o jogo de futebol, mas a campanha de marketing da 3ª camisa. Camisa descartável que as retinas já se acostumaram, mas o bolso não. Jamais. Muito cara, bizarramente cara para algo que homenageia a falta de recursos. Um truque para nos tirar dinheiro todo ano.

Nem nos sonhos mais loucos dos marqueteiros da Nike poderia surgir um gol, melhor, um GOLAÇO de um menino da base na noite do lançamento da camisa. Para nós, que acompanhamos tudo com lupa, Marciel já era um dos craques da Copinha, junto com o rapaz que escapou para a Itália.

A Copinha sempre provocou nossa fúria contra a práxis maluca de contratações do clube. Vamos lembrar que quando Mendoza relou na bola pela 1ª vez, já dizíamos por aqui que ele sequer teria beira no time da Copinha, quanto mais jogar no profissional. Só mesmo sua contusão para que Tite parasse de nos punir com sua escalação sistemática. Ninguém está querendo uma equipe só de jogadores da base, mas ao menos um pingo de malandragem na construção do elenco e Marciel estar apenas na sua 2ª partida pelo time é o tipo de coisa que nos irrita como o diabo.

Sobre o jogo, foi dos poucos em que o Corinthians teve mais posse de bola (58%). Fazendo um comparativo com a política econômica atual, a vantagem de Tite é que ele tem um plano, tosco é verdade, mas o fato de ter algum plano e segui-lo é melhor do que não ter algum ou modificá-lo a cada semana. Mesmo porque não há mais o que fazer, afinal a qualidade técnica do elenco corinthiano está muito acima das demais equipes (e isso resulta num dos campeonatos mais desequilibrados da era dos pontos corridos).

Apesar dos números fantásticos, não somos a equipe da fantasia, não somos a equipe do Cruzeiro de Luxemburgo, por exemplo, mas somos a equipe mais perto de atingir a pontuação de campeã.

Só tem um probleminha…

Em 2014, Corinthians foi prejudicado sistematicamente pela arbitragem, inclusive com sites que tabulam os erros nos colocando na ponta da tabela do choro. Previsível, afinal, era ano de Copa do Mundo e seria muito inconveniente que o ex-técnico da seleção encaçapasse um campeonato nacional em pleno ano de 1×7. Mesmo assim, mesmo sendo roubados em jogos decisivos, chegamos ao título de campeões do 2º turno do brasileiro e Tite recebeu uma equipe pronta no ano seguinte.

Agora, em 2015, desde o seu começo, a moeda virou e Corinthians é beneficiado de um modo que eu nunca vi nesses mais de 40 anos de cantoria em estádios. Sempre tive a percepção de que, no Estado de São Paulo, a equipe mais ajudada fosse a do SPFC com larga margem e a do Santos, por conta de todos os jogos na Vila. Corinthians e SEP sempre ficaram mais reclamando do que envergonhados. Nacionalmente, Flamengo é inacreditável, um verdadeiro Boca Jr da juizada e depois o Grêmio sempre me incomodou.

2015 está criando um estigma terrível e a atitude do clube em aceitar isso, pode formar a geração do “roubado é mais gostoso”.

Se vocês lembrarem, puxo esse assunto da arbitragem desde o começo do ano (e vocês teimaram comigo hein…), pois estava estranho, não no erro pontual como agora, mas nos 90 minutos. Mas nesse campeonato são tantos erros pontuais e sistemáticos que imagino já ultrapassaram os gols impedidos do Muricybol.

O clube tem de agir: rechaçar essa palhaçada, investir pesado na Liga e na profissionalização da arbitragem.

Copo cheio: campeão brasileiro de pontos corridos (tirando 2009) precisa de 73 pontos ou 64% de aproveitamento. Faltam só 23 pontos.

Sarrafo: 64% Corinthians atual: 74%

Anúncios
37 Comentários leave one →
  1. Múcio Rodolfo permalink
    09/05/2015 0:59

    1- Pois é o Adenor que “detesta a base” poderia ter improvisado o Edilson na esquerda para suprir a ausência do Wendel e poderia ter preferido o Cristian, que ganha uma nota preta do clube, para o lugar do Bruno Henrique. No enanto, optou por Guilherme Arana e Marciel. De onde se deduz que a “aversão” do treineiro pela base tem seu limite.
    2- Soa até hilário um clube que deve uma série B, que escapou de outro rebaixamento de forma um tanto quanto nebulosa reclamar de erros de arbitragem.
    3- Não fosse os erros de finalização do Malcon, uma certa relutância do Fagner e do Jadson em arrematar para o gol adversário, o placar seria mais elástico. E isto tornaria dura a vida de quem adora afirmar que o time é viciado em 1×0. Esquecendo o fato de que estamos num campeonato bem equilibrado, com adversários que, com algumas exceções, costumam engrossar a vida dos favoritos.
    4-Costuma usar 211 como referência… Eu sei que já tem um tempinho mas…. Naquele ano houve um tempo em que se dizia que o Corinthians não fazia gols de bola parada. Era o grande pecado daquele time naquele momento. O Corinthians começou a fazê-lo. Em seguida, passou se a dizer que não marcava gols de contra-ataque. Mardiçoado Adenor que não dava um jeito nisto. Os gols de contra-ataque começaram a surgir. Tudo consequência de um trabalho persistente. Tem gente que prefere chamar isto de sorte…..

    Curtido por 1 pessoa

  2. @resparta permalink
    09/04/2015 15:30

    Sobre o malvado favorito do boteco:

    “Ele é chapa dos jogadores de 2012, privilegia a defesa à saída de bola, nunca vai tirar o Ralf do time.” Pois é já tirou. E pela dedicação dele no jogo contra o Fluminense, o Ralf está na reserva sem melindres.
    “Não adiante insistir, ele não vai por a base para jogar.” Pois é, na última quarta-feira entrou com quatro jogadores da base como titular. OK, dois não contam como iniciativa dele (Fagner e Malcom). Ah mas só entrou pela emergência. Alguém aqui conhece quem em time grande não faça exatamente o mesmo? Eu não conheço.
    “É retranqueiro, vai ser um monte de empata e se ganharmos algum jogo vai ser sempre aquele um a zero sofrido.” Hoje o temos sim a melhor defesa do campeonato. E o maior número de vitórias. E o terceiro melhor ataque. E o melhor saldo de gols.
    E, finalmente, “nosso elenco é fraquíssimo, se alguém se machucar estamos lascados.” Alguém notou que o time entrou na quarta-feira com 5 jogadores reservas? E que terminou o jogo com 8 jogadores reservas? E o time continuou jogando da mesma maneira. Com um pouco menos qualidade, mas da mesma maneira. Evidência inequívoca de que o time é bem treinado. Se vamos ganhar o campeonato ou se gostamos da maneira do time jogar é outra história. Mas é impossível negar que há um plano (jogar de maneira pragmática e tentar pontuar o máximo possível) e ele está sendo bem executado.

    Comparando com 2014, em 2015 conseguimos na 22ª rodada o mesmo número de pontos e gols obtidos somente 7 rodados depois na 29ª rodada e o mesmo número de vitórias somente 11 (onze!) rodadas depois na 33ª rodada.

    E reforço, podemos não gostar do jeito que o time joga (não é a maneira dos meus sonhos), podemos odiar o Tite (não odeio nem amo), mas computar esse desempenho somente à sorte é de uma desonestidade atroz. Para mim isso é similar a dizer que o Corinthians só é líder por causa das arbitragens, obviamente não é, mas serve para desqualificar o sucesso de quem não gostamos.

    Curtido por 2 pessoas

  3. Nicolau permalink
    09/04/2015 15:29

    1 Depois de um primeiro tempo foda, com a participação alto nível do Marciel e o meio campo matando o adversário, confesso que acho um saco discutir arbitragem.

    2 Claro que uma liga e profissionalização seriam o mais correto, mas não é de hoje nem só por isso que os clubes fogem desse debate. Os interesses nessa discussão são muito grandes.

    3 Mas discordo que a contabilidade dos pontos ganhos ou perdidos seja irrelevante. Se alguém está sendo acusado de favorecimento, ele se da em relação aos outros e isso tem que ser colocado.

    4 Provocação barata: foi só o time fazer umas boas apresentações que o Álvaro partiu de falar do Tite e foi falar de arbitragem hehe.

    Curtido por 2 pessoas

  4. Emboava permalink
    09/03/2015 17:55

    1- Tudo tem uma lógica. Quem inventa que o Corinthians é ajudado pela arbitragem é a mídia. Não só a Globo, mas todas… ESPN, SPORTV, Band… Por que fazem isso é simples… dá audiência… ponto. Quanto mais audiência mais eles ganham com publicidade, propaganda e outros… e outra coisa que dá audiência é polêmica… então as pessoas são manipuladas mesmo… a pensarem que o Timão é favorecido…

    2- Os jornalistas, os dirigentes, os técnicos e os jogadores adversários são hipócritas… falsos e mentirosos… tendenciosos…

    3- Quando o time joga mal a culpa é do árbitro… faz tempo que o Galo, Cruzeiro, Fluminense e outros usam essa tática… primeiro deveriam treinar e jogar bola… depois reclamar da arbitragem…

    4- O juiz nem é profissional… ganha pouco e sofre uma pressão imensa… mas ele não pode errar… o jogador pode perder três ou quatro gols, o goleiro pode tomar um frango, mas o juiz tem que acertar tudo… por mais que o erro tenha sido grotesco… se fossemos cobrar dos jogadores o que cobramos dos árbitros não existiria futebol… nem derrota, nem vitória… apenas empate, pois ninguém ia errar… vamos ser realistas…

    Curtir

  5. David permalink
    09/03/2015 16:32

    Há muito tenho sido apenas leitor aqui do blogue, acho que os amigos daqui fazem um bom trabalho e minha opinião pouco acrescentaria, mas confesso que hoje estou pasmado, mesmo já acostumado ao tal anticorinthianismo e não gostando muito de usar o termo.

    Assisti ao máximo de programas possíveis na TV (band, fox, sportv, espn), e não entendi a razão de tanta celeuma sobre o jogo de BH. 100% dos jornalistas concordam com o pênalti e 90% com a expulsão, então os atleticanos estão chorando o que? O Professor Levir Culpi com sua fala mansinha e seu layout de bom moço, já insinuava contra o Corinthians desde a derrota na Arena, acredito que a partir dali ele viu que seu time era tão ruim como os demais do campeonato e já procurou uma forma de arrumar um bode expiatório para encobrir o que seria uma realidade.

    Embora eu me apoie na opinião dos jornalistas, reconheço que a qualidade deles é tão ruim quanto a de dirigentes, árbitros, jogadores, diretores ou qualquer outro envolvido com futebol no Brasil, nossos programas são verdadeiros shows de horrores e bizarrices, pra cada Mauro Beting trocentos Denilsons. Depois da overdose de hoje devo passar mais um século sem querer ouvir essa gente e guardando a certeza que se futebol fosse como tênis, vôlei, f1 e outros esportes ‘lógicos’, poderíamos ter a certeza que no próximo encontro com a Alemanha o placar seria no mínimo de uns 10 contra.

    Curtido por 1 pessoa

    • Emboava permalink
      09/03/2015 17:57

      O time vai mal e o cara dá desculpa, culpa a arbitragem e continua perdendo…

      Curtir

  6. Andre.T permalink
    09/03/2015 15:45

    Jamais entrarei nessa da arbitragem. Arbitragem é fraca mas só os erros pro-Corinthians geram polêmica.

    De resto: Viva o Terrão.

    Curtir

  7. Golfo permalink
    09/03/2015 14:23

    É tanta coisa pra falar que dá até canseira. Mas, vá lá:

    1 – Com relação ao texto do blogueiro: achou cara a camisa? Não compre. Simples assim.
    Verdade que o Corinthians foi bastante prejudicado pela arbitragem no campeonato passado, mas botar na conta da CBF/comissão de arbitragem não termos sido campeões é bem conveniente. Não fomos campeões porque o time perdeu jogos bizarros contra os times da parte de baixo da tabela. E nesses jogos não fomos “roubados”. Foi incompetência.
    Mesmo sabendo da natureza corneteira do blog, é chato que esteja engrossando o coro anticorinthiano. Jogar contra é dureza…
    2 – O time do Rio “prejudicado” ontem não se manifestou quando foi beneficiado sistematicamente no Brasileiro de 2012. Muito menos com os inúmeros tapetões em seu benefício. A choradeira do time de MG em 2012 contra a arbitragem foi a mesma deste ano, e os beneficiados não éramos nós.
    3 – Achar que a CBF esteja armando complô a favor do Corinthians é de um nonsense sem limites.
    4 – A rodada de ontem foi extremamente benéfica ao Atlético-PR, que alcançou o tal do G4.
    Mas pela grita parece que apenas o Corinthians se beneficiou dos resultados.

    Curtir

    • Sergio Santana permalink
      09/03/2015 14:33

      O Non sense é tão grande que joga o décimo sétimo contra o décimo oitavo, o 18 ganha com “auxílio ” da arbitragem e a conclusão é que o favorecido é o Corinthians, pois venceu quem estava mais longe na tabela.

      Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/03/2015 14:35

      1- não entendi nada aí.

      2- exato, por isso seria legal se o clube rompesse com esse costume nacional de não reclamar quando o erro é a favor

      Curtir

    • Cesar Cachaça permalink
      09/03/2015 14:42

      o comentário do Galdino abaixo resume bem: todo ano em que o campeão não é o Corinthians, tudo foi bem! ou melhor…a CBF, a Globo, o grande capital ou sei lá quem quer ajudar o eixo rio-sp. Os dois últimos anos com Cruzeiro bicampeão, e GAlo ano passado da Copa BR, aí o establishment estava ok com os mineiros? Só esse ano se rebelou?

      Curtido por 2 pessoas

      • bloguedotimao77 permalink*
        09/03/2015 14:52

        2011/12 não teve rolo.

        Mas 2015 começou no Paulistão.

        Curtir

    • Andre.T permalink
      09/03/2015 15:47

      1 – comentário babaca. você também não é obrigado a ler o blog

      Curtir

  8. 09/03/2015 14:17

    (tomo a liberdade de reproduzir aqui)
    Eu não toco no assunto arbitragem por princípio, aliás faço apenas uma observação, errar para nós num sistema em que a CBF é contra nós revela que: TODOS OS ÁRBITROS SÃO UMA JOÇA!

    Falemos do belo primeiro tempo.

    Me encantou e acho que há uma explicação lógica para isso, o menino Marciel, futuro Kroos, que conhecemos e que aguentou o rojão da estréia. Ele que centralizou o time, equilibrou as jogadas pelas laterais, por sua presença e pela sua ausência, pois é preciso que o time tenha fluidez em campo mesmo no vácuo. Com isso, e enquanto Danilo pôde, aproximamos as linhas da área adversária e só isso fez produzir um comboio de gols perdidos.

    E não são perdidos do tipo que minha avó fazia!

    Mas do tipo que necessitamos ver para nos fazer pagar aquilo que a Globo cobra do peipervil.

    No segundo tempo o coitado do Danilo cansou, era momento de entrar com o Rildo que estivesse no banco, mas só aos 25 minutos.

    Aliás, acho que alguém do twitter já tem a colinha e tascou: substituição aos 25, aos 40 e aos 45 minutos.

    Como você explicou Álvaro, é surpreendente a regularidade do Tite.

    Tite que também vi em algum lugar que é o melhor técnico medíocre que existe.

    Neste mar de mediocridade então…

    Curtido por 2 pessoas

  9. LP_SCCP permalink
    09/03/2015 13:32

    Ouvir da turma da ESPN este tipo de comentario vá lá, mas em um ambiente de tão alto nível fica estranho.. Quais foram os tais erros pontuais e sistematicos alem deste de ontem? O tal impedimento do Avai que foi desmentido pela TV? O penalti do SPFW apos falta e impedimento? O “toco” do Sport?
    Os jogos dos outros times são outros 500, mas nao vejo praticamente nenhuma interferencia da arbitragem nestes 49 pontos.

    Curtir

  10. Luciano permalink
    09/03/2015 13:21

    1 – Creio que se não houvesse erros de arbitragem no BRA2015, tirando o elemento subjetivo, teríamos perdido 2 pontos para avai, e 1 para são paulo. Claro que não podemos ser simplistas, tipo colocar um gol na conta do flu ontem e achar que ganhamos de 2 X1. Acho que ganharíamos de toda forma, mas numa discussão com quem não é torcedor, quem convence quem?

    2 – Voltando a conta, teríamos 3 pontos a menos. E o Atletico MG teria ganho quantos pontos nisso? Tirando os erros contra a chapecoense, como concretizar com certeza com quantos pontos estaria se a arbitragem fosse perfeita?

    3 – No fim das contas, acho que estaríamos na liderança ainda, com uma diferença menor para o 2º colocado.

    4 – Ver o time jogando com 2 laterais e 2 meias da base me deu uma alegria indescritível. E percebi que a torcida no estadio também gostou, pois estava aplaudindo até cabeceio para a lateral do guilherme arana.

    5 – Vagner love melhorou, isoo é fato. Não creio que será goleador, mas está sendo muito útil.

    Curtido por 1 pessoa

    • Golfo permalink
      09/03/2015 13:55

      2 – Patético ganhou da porcada com um pênalti vergonhoso. Não nos esqueçamos.

      Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/03/2015 14:41

      1…3 – a conta é irrelevante, pois o time é superior. A questão é a sistemática de erros.

      Usualmente, nos pontos corridos, a arbitragem prefere o time da ponta da tabela, porque o impacto negativo é menor, afinal, ele ia vencer de qualquer forma.

      Isso explica as marcações favoráveis, mas, desta vez, está um pouco acima da média, por isso o estranhamento.

      Quanto a pontos, estaríamos em 1º ainda.

      4 – O Guilherme já foi o melhor passador do time ontem

      Curtir

  11. 09/03/2015 13:19

    Eo eo o terrão é o terror !!
    Eo eo o terrão é o terror !!

    1-O tal de Marciel é bom mesmo,estou surpreso uau.
    Nem vou me ater ao golaço,o rapaz parecia que estava há uns 5 anos no titular,participou da maioria das ações ofensivas,dominou a “cancha”.Sempre consciente nos toques e movimentação.
    Vocês preferem Fernando Redondo de Itaquera ou Kroos da Zl hahaha
    Arana foi bem também dentro de suas possibilidades.

    VIVA MARCIEL E VIVA A BASE SEMPRE.

    2-É a última vez que menciono algo sobre arbitragem aqui,no twitter,com famliares, amigos,inimigos … Estou de saco cheio deste assunto.
    Acho assim 2007,2008,2010,2013,2014 tudo lindo e perfeito.

    2011 e 2015 “uma vergonha a arbitragem bagunçou o campeonato ”
    “futebol é tudo armado”
    “alguém tem que mudar isso”.
    Em suma é isso.
    Choro é livre

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/03/2015 14:42

      1- Quem poderia imaginar que o melhor jogador da Copinha seria bom?

      Curtir

      • Morgana permalink
        09/03/2015 22:01

        Quem poderia falar que ele nunca passou pela ‘peneira do Terrão’?
        Ele é formado e dispensado pelo Grêmio, foi pra Itália e por lá não ficou por não ter passaporte europeu. Pegamos ano passado e aparentemente, compramos este ano, depois da Copa Corinthians, mas ainda não pagamos.

        Curtir

  12. Cesar Cachaça permalink
    09/03/2015 13:17

    Vou falar só de arbitragem. Discordo, a reação do clube tem que ser de contrapor. Ora, pode ser que na soma o Corinthians tenha sido mais ajudado do que prejudicado, esse é um ano que essa hipótese é plausível. Daí a se formar esse coro, é claramente um ranço anticorinthiano. Ora, os exemplos se acumulam: o Wendel fez penalty e o Vuaden não deu? não ouvi um piu sobre o Felipe ter sido expulso com exagero (a do Marcos Rocha ontem foi mais exagerada? pq falam dela como se fosse um absurdo) nem sobre haver 2 irregularidades no lance (Falta no Danilo e Tolói impedido) antes do chute que o Wendel defendeu. O jogo contra o Sport chegou ao cúmulo (do que só acontece com o Corinthians) de acerto de juíz ser discutido mais do que erro. Na boa, a quem interessaria o Corinthians disparar? Admitamos a hipótese de que interesse ao establishment futebolístico o título pro Corinthians. Não seria a hora de mexer os pauzinhos para isso, interessa a todos um campeonato disputado até pelo menos as duas últimas rodadas. Mesmo essa hipótese faz pouco sentido, dado que Andres é desafeto declarado de Marin e Del Nero. O julgamento do Dudu já foi adiado três vezes, em algo que beneficia muito o SEP(se você fosse dirigente vc ia preferir que o julgamento fosse em final de novembro, já que é melhor planejar o próximo ano sem o cara do que perdê-lo no momento mais quente do campeonato). Mas isso não interessa, porque qualquer coisa que seja a favor do Corinthians ganha o triplo da proporção.

    A minha explicação é o fenômeno Milton Neves, inventor do “apito amigo”: não acho que ele odeie o Corinthians, mas gênio do Merchan que é percebeu que dá mais ibope falar mal do Corinthians (atinge 70% da audiência) do que falar bem. Ao canalizar o ódio emocional que quase todo o não-corinthiano tem, ganha audiência, ganha adeptos. Muitos depois dele já perceberam isso. E tem a parcela que faz isso de graça.

    Acho que todo errinho milimétrico contr ao Coritnhians, o presidente deveria fazer uma coletiva no dia seguinte. Guerra de mídia, guerra de versões. Um jogo seríamos claramente roubados (como fomos contra o SP na Libertadores, por ex), e os efeitos disso seriam lembrados por 2 ou 3 meses. Já ouço coisas como “ah, se eles erram pra todos os lados, mas não lembro de nenhum erro contra o Corinthians…”. Pq será? Simples assim

    E sim, claro, a criação da liga, a profissionalização da arbitragem, isso tudo. Mas isso não mudará a baba anticorinthiana de raiva…

    Curtido por 3 pessoas

    • LP_SCCP permalink
      09/03/2015 13:40

      Perfeito.. Os erros contra o Corinthians sao ignorados, inclusive por transmissoes viesadas.. E qualquer lance supostamente “polemico” vira complô.
      Concordo que a diretoria deveria subir o tom: primeiramente processando quem irresponsavelmente insinua esquemas e tamb fazendo o mesmo barulho dos demais quando o erro é contra.
      De forma alguma “roubado é mais gostoso.” Mas por passividade da diretoria e treinador, acabam rotulando o clube como algo que definitivamente nao é.

      Curtido por 1 pessoa

      • bloguedotimao77 permalink*
        09/03/2015 14:49

        Isso, mas tem de criticar todo erro: a favor ou contra.

        Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      09/03/2015 14:46

      Mas isso fica só no discurso do torcedor.

      Não vejo 1 milímetro de movimento do clube na direção de enfrentar esse estado de coisas com a criação da liga e profissionalização da arbitragem.

      Quiçá uma coletiva em que critique os erros a favor.

      O Corinthians está sendo favorecido sim neste ano, se é um movimento organizado ou um infeliz sucessão de eventos aleatórios, eu não sei.

      Mas que está sendo favorecido, isso é inegável.

      Vamos lembrar que em 2014 o Gobbi saiu do sono eterno para puxar uma coletiva criticando a arbitragem.

      Curtir

      • Cesar Cachaça permalink
        09/03/2015 14:53

        Sinceramente, acho um pouco descabido você criticar o clube por não falar dos erros a favor quando o mundo todo está falando. Principalmente em se tratando do Corinthians. O Dualibi, já meio gagá, quis dizer que em 2005 o Inter jogava melhor que o Corinthians e isso entrou para história como “o próprio presidente do Corinthians admitiu que foi comprado”. Se você quer o meio termo, você tem que advogar pro lado que está sendo esquecido. E o que está sendo esquecido nessa história é que erram para todo mundo. O que o Corinthians tentou fazer (erradamente e em vão) é não reclamar quando é roubado, dado que “erram pra todo mundo”. Saiu pela culatra.

        Curtir

        • Golfo permalink
          09/03/2015 15:34

          Perfeito! Corinthians não tem que dar pérolas aos porcos. Tem que falar nada. Já chega o que os do contra fazem.

          Curtir

        • bloguedotimao77 permalink*
          09/03/2015 15:37

          Eu só peço para cobrar a profissionalização da arbitragem. Mas isso ninguém quer…

          E por que não?

          Porque, provavelmente, hoje consegue algum tipo de favor naquele departamento. É óbvio que tem rolo.

          Além disso, é bom lembrar, que as apostas on-line estão aí para jogar gasolina nisso tudo.

          Curtir

        • Zé Carlos permalink
          09/03/2015 16:16

          Tô contigo.

          Curtir

    • Blefe permalink
      09/03/2015 18:29

      Exatamente.

      Além de não se manifestar, sujeitos como o Roberto, o Edu e o Andrés ainda frequentam tranquilamente veículos (como a ESPN) que vivem de baixar o sarrafo no Corinthians.

      Discutir a qualidade e a profissionalização da arbitragem tudo bem… mas precisamos exigir respeito à lisura da instituição e dos profissionais que nela trabalham.

      Se pra isso for necessário boicote, que seja.

      Curtir

      • bloguedotimao77 permalink*
        09/03/2015 19:04

        Antes do boicote tem de mostrar que também está indignado com o sistema.

        E eu DUVIDO que o Corinthians quer a profissionalização da arbitragem ou formação de liga.

        Esse é o ponto. Irrelevante o que falam na TV. Relevante é aceitar esses erros quando eles são a favor

        Curtir

        • Blefe permalink
          09/03/2015 19:22

          Sobre a profissionalização da arbitragem não sei.

          Mas o Corinthians contra a criação da liga? Sempre achei que o Andrés estava louco pra quebrar os pratos com a CBF….

          Lembremos que a CBF tem muitos clubes (inclusive destes que reclamam da arbitragem) comendo na palma da mão… Fator preponderante pra criação de uma liga.

          Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: