Skip to content

Corinthians 2×1 Coritiba, não vejo ninguém na minha frente!

11/08/2015

Antes de entrar em campo, o marketing do Corinthians surfou na Titemania e talvez tenha exagerado um pouco.

É certo que a matemática do desempenho mostra que manter técnicos é melhor que trocá-los. Todavia, situar um Corinthians A.T. e outro D.T. é um completo absurdo. Nenhum treinador, jogador ou mesmo título é mais importante do que o próprio clube.

Fujam dessa bruma de ingenuidade: existe um componente político nessa “ação de marketing” que é o de anular o passado e programar na cabeça do corinthiano que o Corinthians começa mesmo é com Andrés Sanchez e seu impagável Templo de Mármore.

Quanto ao jogo, Corinthians jogou realmente mal. Lembrou exatamente a partida contra o Guarani. Inclusive são equipes, Guarani e Coritiba, bem niveladas tecnicamente.

Abrimos 1×0 num penal que achei existir, mas que a falta de SINCERIDADE do Edilson na queda foi tamanha, que quase me faz mudar de ideia. Mas foi sim.

Assim como foi penal quando o Sr. Edilson tasco a mão na bola e o juiz não deu. Se não foi pela mão do lateral direito, adversário achou o gol pelo pé do lateral esquerdo que falhou no 1×1 (vendo com atenção, a falha começa no setor direito em que 1 jogador sozinho sai passeando pelo ataque).

O que se seguiu foi um Corinthians confuso, flertando com a derrota, exatamente como o jogo do Guarani.

No 2º tempo Tite fez suas substituições aleatórias e o gol veio a partir delas: Luccas 2×1, num claro lance de REVERSÃO do Sr. E.

Jogamos mal pracacete. Voltamos ao Tite de 2011, que jogava sem ataque. Taticamente, se é possível culpar o plano tático, a equipe não teve o recuo dos meias para construir o jogo – solução encontrada ao longo do campeonato para a dificuldade de saída de bola.

Tite culpou o “enfeitamento” exagerado. Na verdade – e Tite sabe disso – não foi enfeitamento, preciosismo ou nervosismo. Os jogadores do Corinthians entraram mesmo é no MODO PAVÃO, aquele do “eu resolvo” ou “eu quero fazer o gol do título” ou “é a minha vez”. A soberba, a vaidade e a TV mataram o futebol do time e Tite, craque do controle do grupo, não conseguiu fazê-los voltar à Terra. Foi bem nítido isso aí.


Sinceramente, gostaria de ver a volta do mata-mata. Minha proposta seria o 5º e 4º lugares disputando uma repescagem e depois os 4 disputando ida-volta. No meu campeonato, seguindo a classificação atual, seria algo assim:

  • SPFC x SFC disputam 4ª feira quem faz a semifinal contra o Corinthians nos 2 próximos Domingos. Se empatar, SFC tem de vencer na prorrogação.
  • Na outra semi, GRE x CAM.

BAITA CAMPEONATO!

Ok, ao menos concordem que 20 times é um exagero descabido e que um número menor de equipes, além de aumentar a disputa, aumenta também o número de datas para outros torneios.

#RenunciaRoberto

Em tempo:

Copo cheio: campeão brasileiro de pontos corridos (tirando 2009) precisa de 73 pontos ou 64% de aproveitamento. 

Sarrafo: 64%      Corinthians atual: 75%    Atlético: 64%

Anúncios
15 Comentários leave one →
  1. 11/13/2015 12:22

    Belo trabalho, cara! Fiz uma análise sobre a atuação do Corinthians contra o Galo em meu blog, se quiser dá uma olhada lá. driblenavaca.wordpress.com

    Curtir

  2. David 77 permalink
    11/12/2015 17:24

    O dono do boteco prometeu voltar ao assunto “espanholização”, enquanto esperamos podemos dar uma passada no blog do Citadini e ler uma opinião sobre o assunto.

    Curtir

  3. 11/10/2015 14:48

    24 times divididos em 2 grupos de 12.
    Os 3 melhores de cada grupo se classificam pro Hexagonal Final, sendo que os campeões dos grupos entram com 1 ponto de bonificação.
    6 times disputando o titulo e as 4 vagas na Libertadores em ida e volta.
    32 jogos pra ser campeão brasileiro.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Charles permalink
    11/09/2015 19:27

    Ôh dono do boteco! Deixa de ser viúva do mata-mata! Tá enchendo o saco já isso. Pontos corridos chegou pra ficar, aceita que dói menooos! ahhh.
    Todo o mundo utiliza essa fórmula pra campeonatos nacionais, pombas! Que país ainda usa mata-mata pra campeonato nacional???! aaahh
    Campeonato mata-mata é mais emocionante?? sem dúvida!!! Mas pontos corridos é mais justo! no MM era turno único e os times pequenos sempre eram prejudicados com um jogo a menos dentro de casa em comparação aos times grandes. Nos PC, não importa se é Flamengo ou Chapecoense, todos os times tem a mesma quantidade de jogos pra se apresentar diante do seu torcedor, é mais dinheiro de bilheteria entrando. PC também premia o time mais regular durante o campeonato, o que parece mais justo, pois não deixa o time a mercê de ter o trabalho de meses escoado pelo ralo por causa de um dia ruim. Explico: No MM, o 1º disputava um jogo eliminatório contra o 8º por uma vaga nas semi-finais. Se essa fórmula fosse utilizada ainda, o Corinthians apesar de bela campanha que tem feito, ainda precisaria disputar um jogo contra a Ponte Preta (atual 8ª colocada) pra avançar no campeonato. E se a gente tá num dia ruim (igual foi nesse jogo contra o Coritiba) e acaba eliminado pela Ponte? A gente ia perder a vaga na semi-final pra um time que fez 26 pontos a menos que a gente!
    Outra coisa absurda é vc defender a redução do número de equipes na séria A. Se toooca!!! O futebol brasileiro já é segregatório pra caramba, os times médios e pequenos já lutam pra sobreviver, pra conquistar um lugar ao sol, e vc ainda quer deixar a vida mais difícil pra eles?!!!! O Brasil é um país continental! Não se resume a Sp, Rj, Bh e Porto Alegre!!! Não se pode Alijar times com menor capacidade de investimento de ter lugar na elite. Pra um país com as dimensões do Brasil, com a quantidade de clubes de futebol que tem aqui querendo seu lugar ao sol, e com a importância que o futebol tem nesta terra, 20 clubes é até pouco. Muitos brasileiros já estão há anos sem poder ver seu time de coração na Série A, e vc ainda quer deixar mais difícil de isso acontecer??!!!

    Em tempo: Eu também sinto falta do mata-mata, do frisson de ter o meu time de coração na grande final do Brasileirão, como eu vi em 98, 99 e 2002. Mas essa viuvice de mata-mata tá enchendo o saco!!!
    Agora que desabafei uma sugestão: Pra gente poder voltar a ter o dia da “Grande Final do Brasileirão”. Tinhamos que adotar critérios que fossem menos injustos com o time que abriu grande vantagem na liderança. Por exemplo:Se o campeonato fosse acirrado entre o lider e o vice-lider, com pouca distância entre eles e com boa distância deles para os demais: Fazia um jogo final entre Lider e Vice pra decidir o título. Agora se o lider abrisse boa distância do vice, mas houvesse pouca distância entre o vice e o terceiro. Aí, deixava o líder garantido na final, e o vice e o terceiro disputariam vaga pra ser o outro finalista…. coisas assim. Por exemplo, no campeonato atual, um confronto interessante pelo título seria um jogo entre Corinthians e Santos (que tá todo mundo dizendo que são os dois melhores do Brasil atualmente). Aí podia, por exemplo, segurar o Corinthians na final, enquanto CAM, Grêmio e Santos disputariam entre si pra ser o segundo finalista. O Timão, devido a campanha, teria o direito de fazer o ultimo jogo da final em casa, e precisando de dois resultados iguais pra confirmar o título. Enfim, poderia ser um mata-mata que respeitasse a vantagem que o time conquistou durante a fase classificatória e com os confrontos sempre baseados na distancia de pontuação que cada time tem um do outro.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Múcio Rodolfo permalink
    11/09/2015 16:45

    Foi meio frustrante ver o Galo ganhar do Figueira com o jogo quase no final. Aliás é a segunda vez que o Timão depende do time catarinense e perde a viagem. O ano passado era a vaga na fase de grupos da Cucaracha que estava em jogo. Mas o que foi ruim num ponto, pode ser bom em outro, pois concede ao time a chance de ser campeão no campo. Aquela coisa da boleirada correr sem rumo e sem destino após o apito do árbitro, dos torcedores se abraçarem nas arquibancadas, dos desabafos…. Algo que não haveria se o título tivesse vindo ontem. Melhor ter sido adiado por terceiros do que por nossa causa, o que estava acontecendo no sábado até surgir o gol salvador de Lucca. Se marcar diante do Vice da Gama, consolida-se como talismã. Mata-mata? Tô fora!

    Curtir

  6. Daniel CMS permalink
    11/09/2015 10:22

    Mata-mata de novo?

    Já não tem Copa do Brasil, Despertadores, Paulista? OK, 18 times, ótima idéia.

    Eu quero que decidamos no jogo do Vasco e acabou. Quem fica escolhendo hora de ser campeão, pode perder tudo. Temos que definir isso ASAP

    Curtido por 1 pessoa

  7. Correa Leonardo permalink
    11/08/2015 23:49

    Ah não, o dono do boteco bebeu demais na comemoração e vai recomeçar com esse negócio de mata-mata…

    Pra isso já tem a emocionante Copa do Brasil (cuja final, inclusive, será solenemente ignorada).

    E de campeonatos com fórmulas esdrúxulas, já chega os estaduais, que se fosse jogados em 10 datas, permtiriam maior tempo para pré-temporada e campeonatos mais rentáveis e/ou importantes.

    Do jogo: concordo com a soberba do time e com a péssima jornada de Jádson e RA, mas discordo do penal do lateral-do-botafogo – a bola sequer resvala na mão dele.

    Curtido por 1 pessoa

  8. Luís permalink
    11/08/2015 23:32

    Edilson não põe a mão na bola, a bola bate na barriga, inclusive fica nítido pela tv que as mãos dele estão para traz… mas agora a moda já pegou, narrador fala, comentarias crava, e nem mil imagens apagam as falsas palavras das rádios e tvs anti corintinas…

    Curtir

    • bloguedotimao77 permalink*
      11/08/2015 23:36

      Eu vi a bola bater mas mão pela TV

      Curtir

      • Luís permalink
        11/09/2015 20:32

        Eu revi 10x e vi barriga… vai ver tem outra imagem com ângulo diferente.. bem mesmo assim o lance foi no mínimo muito duvidoso…

        Curtir

    • Meia permalink
      11/09/2015 8:00

      eu vi e revi, bate primeiro na barriga e depois resvala na mão, tem 2 mudanças na trajetória da bola.

      Curtido por 1 pessoa

  9. 11/08/2015 23:20

    Campeonatos disputados de verdade só são campeonatos com play offs. E com drafts, teto salarial, conferências. Etc.
    Me ferra essa de ganhar título no sofá. Obrigado Datolo.
    Peço para perdemos do Vaixco e decidirmos com o SPFC.

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: