Skip to content

O brasileiro-2015 acabou, mas esqueceram de apagar a luz. Hora da seleção do campeonato!

12/01/2015

Rodada emocionante essa de domingo, né?

Como ninguém viu o 2×0 e, se viu, viu não vendo, o papo agora é a escolha da seleção do campeonato. Mas antes, quero que vocês marquem bem que são dois jogos inúteis, o que equivaleria a uma equipe a menos na tabela.

Quanto à seleção, Corinthians tem cravado 5 jogadores nas escolhas dos sites, com Atlético pegando mais 3, o que mostra este ser mesmo o campeonato de pontos corridos mais desequilibrado da série histórica. Inclusive, a minha seleção (4-4-2) tem 6 corinthianos (ou 7):

Cássio

Fágner – Gil – Geromel (GRE) – Douglas (CAM)

Jadson – Elias – Otávio(CAP)-Renato

Ricardo (SFC) – Pato(SPFC)

Revelação: Otávio (CAP)

MVP: Renato

Técnico: Roger

O curioso desse campeonato foi a VINGANÇA DOS MEIAS, fizeram um excelente campeonato: Jadson, Elias, Renato, Lucas Lima (e o próprio Bruno, antes de se contundir). Quem não foi bem: laterais e zagueiros. Na zaga, Gil foi muito bem, mas o campeonato como um todo passou a sensação de que os zagueiros brasileiros estão virando meros rebatedores.

Quanto ao técnico, a escolha foi óbvia e isso é culpa da bizarra troca de treinadores que testemunhamos neste campeonato.

Anúncios
20 Comentários leave one →
  1. 12/03/2015 0:52

    Ceni, Pará, Rodrigo, Lucão e Edilson, Diguinho, Arouca, Carlos Alberto e Ronaldinho Gaúcho, Sheik e Guerrero (fase Flamengo).
    Este meu anti time.
    Do meu pró time destacaria uma meiuca sem o Otavio e com Lucas Lima, totalmente desequilibrada.
    Revelação(?): Lucca.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Nicolau permalink
    12/02/2015 12:07

    O time é bom, mas Lucas Lima precisa entrar. Jogou muita bola esse ano. Acho que o trocaria por Pato, muito por antipatia.

    Pensando em outros nomes que eu gostei de ver – ou que estariam numa lista de possíveis reforços para o elenco do Corinthians ano que vem. Giuliano e Walace do Grêmio, este muito bom volante. Marlone do Sport – onde vale destacar o mala do Diego Souza tb. O Gabigol também é bola, ainda que eu deteste esse apelido.

    O nível de zagas e laterais foi bem ruim, o que me leva a querer muito a renovação de todo mundo lá do Corinthians – fora o Edilson.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Cesar Augusto permalink
    12/01/2015 20:50

    Marcelinho, o da foto com a bola de ouro de 1999, provavelmente, em 1998, perdeu para Jackson, do Sport…

    Em 1999, Beletti, aquele, ganhou de Ricardinho Horse Face.

    Em 1990, Neto, o que deu o título para o SCCP, perdeu para Mazinho, do Bragantino.

    A bola de prata é uma farsa e sempre pende para o lado mais colorido da força.

    Isto posto, eu escalaria, neste ano, o seguinte time:

    Cássio, Fágner, Gil, Felipe e Zeca;
    Fernando Bob, Elias, Jadson e RA;
    Luan, do Grêmio, e Ricardo Oliveira
    Técnico: Tite

    Só há 3 caras indiscutíveis no meu entendimento:

    Elias, Jadson e Renato Augusto. O resto são todos discutíveis.

    O craque do campeonato é Jadson, uma vez que foi o jogador mais decisivo do campeão. Renato jogou muito, mas não faz gol. Aliás, não tem ambição em fazer gol. Por isso, Jadson é o MVP 2015.

    A revelação do campeonato no meu entendimento foi Ricardo Oliveira…

    É o técnico revelação foi ninguém. Nem o Roger me convenceu tanto. Nem o Eduardo Baptista. A geração de técnicos é lamentável, tanto é que se o Tite for para a Seleção, não temos nenhum nome para o seu lugar. Ou temos?

    Curtido por 2 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      12/01/2015 21:01

      No MVP fiquei na dúvida entre os dois. Escolhi o Renato mais por simpatia 🙂

      Já quanto aos técnicos, a tendência é estrangeiro, mas depois do que fizeram com Osório e o cabeludo da SEP, imagino que a pedida desses caras triplicou.

      Curtir

      • Cesar Augusto permalink
        12/01/2015 21:10

        Sampaoli pediu 500 mil dólares mensais para o mengão, mais as luvas.

        Bauza pediu 200 mil dólares para o Flamengo.

        Aqui se paga mais, os estrangeiros já perceberam, mas em compensação a segurança é zero.

        Depois do Osorio, acho difícil investirem em sul-americanos.

        Curtido por 1 pessoa

    • Nicolau permalink
      12/02/2015 11:26

      Roger e Eduardo são nomes interessantes pra se observar. Não tem nem como terem convencido, ambos na primeira temporada em destaque. Mas seus trabalhos atuais são bons – como já um dia foram os de Adilson Batista, Vagner Mancini, Dorival Jr… Vai levar tempo até se firmarem – se isso acontecer. Mas são caras pra se olhar, com certeza.

      Curtido por 3 pessoas

      • bloguedotimao77 permalink*
        12/02/2015 11:57

        No geral, Roger foi o melhor mesmo com margem para o segundo.

        Curtir

  4. 12/01/2015 18:50

    Deixaria o time no 4-1-4-1,talvez com Jemerson no lugar do Geromel,Otávio como “1” e Lucas Lima na vaga do Pateta pelo lado.O restante do time seria o mesmo.
    Menções honrosas ao Luan(GRE) e Thiago Maia do Santos.
    O Roger seria reveleção,pq o melhor é Jorginho segundo Dunga hahaha

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      12/01/2015 18:55

      Thiago Maia não lembrei, mas não gostei do Jemerson quando vi e o Geromel sempre foi bem regular.

      Jorginho pqp.

      Curtir

  5. Emboava permalink
    12/01/2015 16:59

    Acho que o campeonato poderia ter 16 times, campeão do primeiro turno, do segundo e um mata-mata entre os 4 primeiros, ou seja, teríamos 3 campeões. E acho que seria legal se tivesse um mata-mata entre os 4 últimos e os 4 primeiros da série b.

    Mas sobre a seleção do campeonato… Goleiro Muralha;
    Zaga Fagner, Gil, Yago e Rene;
    Meio Elias, Renato Augusto, Lucas Lima e Jadson;
    Ataque Nene e Pato;

    Técnico Osório;

    Curtido por 1 pessoa

  6. 12/01/2015 16:30

    Explica para mim por que você acha que este é “mesmo o campeonato de pontos corridos mais desequilibrado da série histórica.” Não digo que é, nem que não é, muito pelo contrário :-). Para mim isso é quase impossível de se dizer de maneira objetiva. A diferença de pontos do primeiro colocado para o vice? Não é suficiente para afirmar o desequilíbrio do campeonato. Por que o fato de um time ser muito superior a média já aconteceu algumas vezes. E isso não faz o campeonato ser desequilibrado, mas tão somente um time ter mais qualidades que os outros. Como foi disparado o Cruzeiro no ano passado (assumiu a liderança na sexta rodada e foi até o final assim). Pela pontuação o do ano passado e o desse ano são bem parecidos. Outro argumento contra tua argumentação, no ano passado antes da última rodada já tínhamos o campeão e o vice e dois rebaixados e hoje só temos o campeão e um rebaixado. E reforço, não estou afirmando que não é simplesmente por que não acho possível afirmar nada. O que consigo sim afirmar é que no ano passado o Cruzeiro foi superior sem inovações. E em 2015 o Corinthians foi superior começando mal e com inovações. Méritos do Corinthians e não deméritos do campeonato.

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      12/01/2015 16:38

      Desequilíbrio = desvio padrão, mais dispersão entre os 1°s e últimos.
      A regra (que tem suas exceções, mas que também não lembro quais) diz que nos pontos corridos ganha o melhor elenco (ou os melhores elencos). E o nosso elenco é ridiculamente melhor do que qualquer outra equipe brasileira (ou paraguaia)!

      Curtir

      • Emboava permalink
        12/01/2015 16:51

        Sinceramente não vejo o elenco só Corinthians superior ao do Galo, Inter ou SP….

        Curtido por 1 pessoa

      • 12/02/2015 11:39

        Duas coisas e começando pela mais simples, o nosso elenco não é ridiculamente melhor que qualquer outro equipe brasileira. E estou falando de elenco, não de time. Na minha opinião (e se não me engano na sua também) os elencos de Atlético-MG, SP e Inter eram melhores que o do Corinthians no inicio do campeonato. Aí perdemos o Guerrero e ficaram bem melhores. Mas naturalmente o campeonato transcorreu e agora no final do campeonato com a evolução dos jogadores e, principalmente do time, concordo que que os quatro elencos são os melhores. Como time o Corinthians é disparado melhor.

        Sobre o desequilíbrio, você poderia mostrar teu dados? Pois de acordo com o meu cálculo o que você afirma não é verdade, a saber, o desvio padrão da pontuação após a rodada 37 em 2014 foi de 12,9 pontos e de 2015 de 11,3. Ou seja, de acordo com esse indicador não só 2015 não é o mais desequilibrado da série histórica como não é nem sequer dos últimos 2 anos.

        On the light side… você vai precisar se esforçar mais para tentar diminuir o excelente trabalho realizado em 2015 :-).

        Curtido por 1 pessoa

        • bloguedotimao77 permalink*
          12/02/2015 12:10

          Pô, só você acha que o elenco do Corinthians não é ridiculamente superior à rapa…

          Cássio, Gil, Jadson, Elias, Renato são absolutos e nas outras posições, em que aparecem jogadores atleticanos, as escolhas são bem complicadas… Exemplo: a zaga do CAM tomou gol pracacete.

          É inevitável que em pontos corridos vença sempre o melhor elenco. Essa é a principal razão para que não se faça pontos corridos num país em que além da distribuição desigual, o bolo (do futebol) é pequeno.

          Curtido por 1 pessoa

        • 12/02/2015 12:54

          (Andrés Sanchez mode on): o melhor elenco é o do São Paulo, seguido por Fluminense, Inter e Cruzeiro. SEMPRE – e necessariamente nessa ordem. Qualquer coisa diferente disso que venha se confirmar ao final do campeonato é zebra.

          Curtido por 2 pessoas

        • Nicolau permalink
          12/02/2015 16:32

          Acho que a questão é que o elenco do Corinthians parece muito superior HOJE. No começo do campeonato, ninguém cravaria que seria assim, nem de longe. Ou seja, tem gente aí que rendeu mais do que faria em outro contexto, sistema, parceiros etc. Isso talvez se deva um pouco também a essa qualidade de Tite de botar os caras pra correr, reservas inclusive.

          E mesmo hoje, nosso ataque é fraco, basta ver as seleções aqui citadas. A questão nesse setor é que temos opções de nível e características parecidas no banco, o que é mérito também das contratações corridas durante o campeonato, como Rildo e Lucca.

          Enfim, pensando na forma como começamos o campeonato, é bem impressionante onde chegamos. Muita coisa deu muito certo, seja a fase de jogadores (Felipe), o esquema que protege outros (Uendel, Arana), a sorte em certas contratações (Lucca)… Se é mérito ou sorte, esperemos a próxima temporada.

          Curtido por 2 pessoas

    • Correa Leonardo permalink
      12/01/2015 17:10

      Nem é tão desequilibrado, né? Empatamos com a Vaixcão, quase rebaixado, 50 pontos a menos…

      Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: