Skip to content

Corinthians 1×0 Santa Fé, um time raçudo em Itaquera.

03/03/2016

Vamos combinar aqui e sem muita discussão, que não existe mais time de raça no futebol brasileiro. Não tem mais. Foi-se embora com Wilson Mano. Por isso, quando eu vejo um time como esse Santa Fé, um time de raçudos como os grandes times de corinthianos do passado, eu até me pego entusiasmado com a ideia de que a despertadores pode ser algo bacana (e começo a entender o prazer que muita gente inteligente tem nesse torneio tão fraco). Quem é da minha geração sabe muito bem do que estou falando.

Santa Fé, um time amador por completo, quase sai com um empate extraordinário de Itaquera. O problema é que times amadores só vencem times profissionais em filmes da Disney.

Corinthians jogou mal como a peste. Não aproveitou a fragilidade dos volantes adversários e insistiu no jogo lateral. Guilherme, como dizia um tio meu, parece ser um jogador “sem repertório”, muito mal vestido com a 10. Confesso que devo ser muito azarado, pois se esse é mesmo o Guilherme do CAM, não lembro de uma partida sequer em que ele tenha jogado por ali, centralizado. Lembro sim, de um jogador de 2º tempo, um atacante de pouquíssima (ou nenhuma técnica), mas muito esforçado. Por outro lado, o Giovanni, que tem mais pinta de camisa 10, estava de salto plataforma e a gente sabe que isso não dá certo em partidas sudacas.

Além de jogar mal, nossos jogadores estavam afinando as divididas num nível de envergonhar qualquer Jorge Mendonça da vida. Uma palhaçada que mostrava bem quem era o time de coração amador e quem era o time de mercenários.

Dificilmente sairia um gol adversário, pois tecnicamente não havia por onde e coube a Guilherme dar um choque de realidade aos bolivianos colombianos no 1×0, gol que deve mantê-lo muitos jogos nessa posição que obviamente não lhe cabe.

Corinthians está impressionante. Conquistando vitórias e mais vitórias – o que é sempre MUITO ÓTIMO para times em formação – mas infelizmente jogando na fronteira da tosquidão.

Anúncios
18 Comentários leave one →
  1. Carlos Eduardo permalink
    03/06/2016 22:06

    Meu Deus, quanta corneta. Vc é corinthiano mesmo? Começo de temporada, time remontado após o desmanche, e só críticas. Sinceramente, parei com este blog, nem um rival criticaria tanto. Nem precisa publicar esse comentário, ele é só pra vc mesmo.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Daniel permalink
    03/03/2016 16:14

    1 – Não creio que o esquema de ontem tenha sido muito equivocado. Senti que ontem sofremos muito na parte técnica. Principalmente no passe. Em algumas jogadas, tivéssemos feito o passe certo e/ou a opção de passe correta, teríamos furado a retranca do Santa Fé. O erro tático maior, talvez ,tenha sido mesmo escalar o Guilherme no meio.

    2- Outro problema tático foi na bola parada. Todo lançamento na nossa área levou perigo.

    3 – O André me pareceu fora de forma e lento. Aliás, o time todo pareceu meio preso. Ainda espero que o Luciano consiga voltar a jogar no nível que estava jogando quando se lesionou.

    4 – O Fagner tem sido a melhor saída do nosso ataque, mas tem levado muitos cartões.

    5 – Alguém explica a quantidade de erros de passe do BH? Alguns ainda no campo de defesa…

    Abs

    Curtir

  3. 03/03/2016 13:33

    Sobre o jogo:
    1- André fora.
    2- Lucca fora.
    3- O Cássio salvou o time várias vezes.
    4- O Danilo entrou bem, tem que jogar assim mesmo, vindo do banco.
    5- Eu se fosse treinador ia colocar treino extra pra todos os jogadores, o treino seria de finalização de média e longa distância.

    Curtido por 1 pessoa

  4. 03/03/2016 12:23

    Sobre Guilherme acho bom jogador(alias gostei da maioria dos reforços).Não quero me precipitar mas minhas primeiras impressões é que tem não força física e dinâmica para executar a função do Renato para voltar e construir o jogo lá de trás (liberando Ralf/B.H apenas para ser um terceiro zagueiro).Guilherme me parece funcionar mais adiantado, é mais atacante do que meia.

    Curtido por 2 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      03/03/2016 15:21

      Eu lembro dele como atacante, mas não lembro dele como bom jogador. Lembro como cara para compor elenco.

      Curtir

  5. Guilherme Reis permalink
    03/03/2016 11:57

    Álvaro,

    antigamente você escrevia posts com análise táticas refinadas, críticas consistentes.
    Me parece que atualmente, após todo o sucesso do Tite, inclusive montando um time vencedor, goleador, com ideias modernas e, para padrões atuais no Brasil, bonito de se assistir, você só tem gastado sua energia para fazer críticas rasas do trabalho do Tite.
    Posso estar enganado, porém que tem cheiro de inveja, isso tem.

    Abraços.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Jorge Herrera permalink
    03/03/2016 11:48

    O Santa Fé é time “colombiano”, país com um futebol muito superior ao boliviano. “Os “cardenales” de Bogotá, sempre foram a segunda ou terceira força da cidade. Time colombiano bom mesmo é o Atlético Nacional de Medellín, vale a pena dar uma olhada.

    Curtido por 1 pessoa

  7. 03/03/2016 9:52

    Esses horários globais matam o trabalhador brasileiro, no meio do primeiro tempo larguei a toalha.

    Mas até então vi que o furdunço era o esquema tático, engarrafando o meio de campo com todo mundo se trombando gerou até algumas jogadas de tabela, algumas perdidas pelo preciosismo de Giovani, André, Rodriguinho, etc…

    Engarrafados estávamos também porque o André foi convidado a recuar pois na Colômbia se estuda o time adversário. Postaram um ônibus atravessado, um piolho para cada jogador de toque de bola nosso e não dava para entrar na área.

    Para mim ficou que a saída mais proveitosa seria com o Fágner, que não aproveitava, até então, jogadas de fundo.

    Mas ressalto que gostei dessa opção de engarrafamento, é um bom começo até definirem os papéis, jogamos com maior posse de bola, faltou mesmo Giovani centralizado e Guilherme como atacante, acho que produzirão mais.

    Bruno esteve errando diversos passes, precisa rever essa opção de volante só de marcação, pois só marcar também não é a dele.

    Curtido por 2 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      03/03/2016 10:07

      Boa análise. Sobre o André, nota-se que sua melhor característica é o preciso TOQUE PARA TRÁS RELAXANTE.

      Curtido por 1 pessoa

    • 03/03/2016 13:21

      Exatamente.

      Acho que o André tem que sair para a entrada do Romero. Ou melhor. Escala o Guilherme no lugar do André. e no lugar do Guilherme joga o Maycon, enquanto o Elias estiver machucado, seria o Marciel, mas ele está encostado no Cruzeiro.

      Acho que o Lucca também merece banco, Escala o Arana no lugar dele que vai ser melhor.

      Curtido por 2 pessoas

    • Morgana permalink
      03/03/2016 20:03

      Parecia que o Fagner estava indo pelo acostamento enquanto que os outros estavam presos no engarrafamento.

      Curtido por 3 pessoas

  8. 03/03/2016 9:11

    Álvaro pega o VT de Atlético 4 x 1 Corinthians que vc verá todo o repertório do Guilherme…

    Acho muito cedo para cornetar reforços que chegaram ontem, sabemos que futebol não é assim! Jadson e Renato Augusto levaram duas temporadas para começar a jogar alguma coisa…

    Curtido por 3 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      03/03/2016 9:24

      Tomara, por ontem deu saudades do Lodeiro…

      Curtir

    • 03/03/2016 13:05

      Concordo, os reforços foram bons, não do nível do Renato, mas do Jadson sim. O Guilherme é bom, precisa de tempo pra jogar.

      O André é do nivel do Love…

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: