Skip to content

Corinthians 2×2 Audax, mais uma queda em Itaquera

04/23/2016

Independente do resultado, vamos combinar que foi o melhor jogo do campeonato. Audax, com sua irritante saída de bola sem chutões, não é lá um time tão bom assim na defesa, mas fez por merecer a classificação.

Eu ainda tenho sérias dúvidas se o que a gente chama de reserva no Corinthians é mesmo reserva ou só está sendo poupado, isto é, Romero não veio para o jogo, Alan e André sim.

A confusão maior eu ainda acho que é a manutenção de Guilherme com a 10. Note que a correção feita por Tite no intervalo precisou de duas mexidas (Romero/Rodriguinho). Se Guilherme estivesse na extrema direita, talvez bastasse a entrada de Romero na 9.

Enfim, Audax segurou 15 minutos de intensidade corinthiana para dominar o meio de campo em Itaquera por 30 minutos seguidos. O engraçado é que, mesmo assim, mesmo com o golaço do 0x1 (não vi falha do Cássio), a zaga audaxiana tentou nos dar a vitória várias vezes.

Estrategicamente eles mantiveram Fagner, nosso melhor jogador ofensivo da temporada, pressionado na marcação. Com a entrada de Romero daquele lado, o jogo fluiu e os gols de André vieram por lá. Aliás, André conseguiu a proeza de fazer dois gols e sair de campo como o pior jogador da partida. Um feito. (Outro caso a ser analisado é o tal Lucca. É ele que decide quando vai jogar?)

Merece destaque também a falha de marcação de Ralf Bruno no segundo gol (o primeiro também foi falha de marcação, não sei bem de quem). Essa falha assusta um pouco para quando Corinthians pegar times mais fortes no brasileiro.

Itaquera viu a vitória de quem estava com Tesão contra quem estava com André, que eu lembre, deve ser nosso atacante mais brochante desde aquele Élton que jogou no Vasco.


A verdade é que nessa pré temporada teve muita babação de ovo, muita comparação com Dunga, boas vitórias contra times fracos e nenhuma vitória contra times fortes. Estamos com um time ainda em formação. Bem esperançosos é verdade, mas ainda em formação.

Anúncios
10 Comentários leave one →
  1. 04/27/2016 19:09

    Precisamos de reforços.

    Curtido por 1 pessoa

  2. 04/24/2016 13:03

    -não concordo com o jogão, tinha de vencer. foi um tremendo fracasso a eliminação.

    -o mesmo formato de campeonato, mas com apenas 12 times (4 grupos de 3), todos os mata-morre em jogo único e a final no Pacaembu.

    -o “Audaz”. de bom: os momentos que escondia a bola no ataque (ainda que sem produtividade), coisa rara para um time tão modesto. essa capacidade o próprio Corinthians não tem já faz anos (década?). Por outro lado: girar a bola ali na defesa daquela forma me parece uma das coisas mais estúpidas para se fazer. entregaram ao menos uns 3 gols e com algum capricho e inspiração teriamos goleado apenas nos erros… se for para procurar alternativas para a falange titesca eu prefiro Levir ou Oswaldo Oliveira do que o dogmático Diniz.
    toda forma, muito mérito um nanico chegar na final sem usar retranca/contra-ataque. desconfio porém que por aqui não sobreviveria um mês.

    no primeiro gol o André foi desarmado e só fingiu tentar recuperar; no segundo o Rodriguinho teve tempo de tentar fechar mas preferiu manter posição em cima do outro meia mais recuado… improvável dois chutes tão perfeitos no mesmo jogo. São Jorge devia estar chapado comemorando o seu dia.

    -ele pode dizer que foi o gol. mas a troca de jogadores do primeiro para o segundo tempo escancarou dúvida.

    -sugeriram que André “seria” um Love mais novo… está mais para um Guerrero MUITO piorado. o Love acrescentou movimentação ao ataque. Cachaça é pouco mais que um cone. Deveriam usar o Rodriguinho para tentar trazer o Nene do Vasco (o Kardec acabaria caindo na mesma).

    os “1” ainda estão por serem contratados… não era o Ralf (zagueiro), não é o BH (reserva do Elias)… sugiro Ibra e Mascherano…

    -o time melhorará ao longo do ano.
    ex: a saída de bola deficiente tão explorada pelos adversários no primeiro semestre tornou-se “exemplar” ao longo do ano…

    ter alguém espetado em cima do Fágner é algo certo para as primeiras rodadas do Br´rão. mas o time crescerá a partir das deficiências (normal).

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      04/24/2016 15:53

      Boa análise, mas não sou tão otimista quanto à melhora de saída de bola com esses jogadores do elenco. Precisa de reforço no meio ou mais chances para os jogadores que subiram se firmar.

      Concordo também que o risco dessa saída de bola é explorável — li agora uma entrevista do Fernando Diniz dizendo que queria chutão também. Contudo, ela provocou a descompactação do Corinthians e matou nosso jogo.

      Curtir

  3. Alessandro Alves permalink
    04/24/2016 12:18

    Impressão minha, ou o blog virou anti Corinthians:? So fala das derrotas e das vitórias deixa passar? ultimo post foi uma derrota, depois ganhamos varios jogos, e o blog não comentou nada, Eis que perdermos nos penaltis um jogo e o blog volta a comentar. Ai e foda, tá parecendo blog do paulinho aqui, só fala dos defeitos qualidades nada

    Curtido por 1 pessoa

  4. Nicolas permalink
    04/24/2016 10:34

    O fato é que todo mundo pensa que tem a fórmula para bater o Audax. Marcação alta na saída de bola. Funciona em alguns casos, o Alan Mineiro perdeu um gol daqueles. Porém, em muitas situações, passando a primeira linha, o Audax conseguiu sair fácil para o jogo. Foi um bom tempo jogando assim, o Audax aprimorou o seu sistema de jogo. Também tenho dúvidas se funciona bem a marcação sob pressão sem adiantar linhas. Fica muito espaço para o adversário.

    Além do erro em insistir em uma marcação que não encaixou, houve atuações individuais ruins. Os gols do Audax ocorreram porque os volantes não estavam para cobrir a entrada da área. Elias fez uma falta que poderia acarretar expulsão. Guilherme é um jogador de boa técnica mas não tem dinamismo para a função. Nem é o caso de citar todas as falhas individuais, os torcedores percebem isso rapidamente.

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      04/24/2016 10:48

      Bela análise. Inclusive a marcação alta abriu o meio para eles e matou nossa já tradicional hiper compactação.

      Se há alguma lição, para marcar um time que sai jogando não basta apenas adiantar a primeira linha, tem de subir o time todo.

      Curtir

      • Robson Nobrega permalink
        04/25/2016 14:45

        Mas não seria melhor dar campo para eles saírem jogando, e pressionar só na linha do meio de campo, tentar uma roubada de bola e contra-atacar. E aleatoriamente fazer uma pressão alta com o time todo?

        Curtido por 1 pessoa

        • bloguedotimao77 permalink*
          04/25/2016 21:33

          No sistema atual do Corinthians acho que sim.

          No sistema atual a nossa última linha nunca avança e sábado mostrou como isso pode ser problemático. (Lembrando que ninguém no Brasil arrisca tanto a saída de bola quanto o Audax, o que justifica a opção do Tite por arriscar uma pressão mais adiantada da primeira linha)

          Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: