Skip to content

Corinthians 4×0 Flamengo, colado no sarrafo de 64%

07/03/2016

Que baita jogo de futebol em Itaquera!

É inegável que jogos assim, difíceis de entender, imponderáveis no resultado, explicam parte do nosso vício. Tivemos afinal um 1º tempo muito bem disputado, com um  Corinthians que, sem a compactação da era Tite, via o Flamengo entrar como faca quente na manteiga pela sua esquerda.

O surpreendente Aarão caia e construía jogadas pelo setor. Nossa tentativa de 442 não dava certo e parecíamos jogar com um a menos (“parecia” não; Giovani dormia picado pela Tse-Tse). Apesar de Marquinhos Stormtrooper perder seu gol, eles chegaram a perder 2 gols em um mesmo lance, sem esquecer a boa atuação do Cássio.

Nessa metade dificílima, o melhor em campo foi o Pedro.

No 2º tempo Romero surgiu plantado na extrema-esquerda e voltamos num antigo e produtivo 4231. Isso fortaleceu o meio, estacou a sangria no setor e o jogo finalmente equilibrou-se. Corrigir o jogo sem substituições é competência rara entre nossos treinadores, mérito para Cristovão (ou quem quer que tenha alertado para o problema no vestiário).

Cássio ainda defendeu uma última invasão rubronegra do eterno Aarão e dali em diante o jogo foi de Romero. 4×0 lacradores, numa atuação espantosa.

Contudo, além da decisão no intervalo de retomar a marcação, entendi que o divisor de águas foi a falta de 2º amarelo cometida pelo Ederson, que obrigou ao técnico adversário, como ele mesmo relatou, a mudar para manter a marcação forte sobre Fágner. (Engraçado são os monstros sagrados dos portais insistirem de que Flamengo teria sido prejudicado, mesmo depois desse lance. Mas é muita cara de pau!).

Romero fez lances de alto nível (e de baixo também), mas sempre fica aquela dúvida de que se esse menino que faz 24 anos amanhã tivesse jogado mais, ganhado mais confiança, a que nível estaria jogando hoje?

Para que vocês entendam esse resultado, antes do início do jogo, Corinthians era a melhor defesa do campeonato com 10 gols sofridos e Flamengo era a vice-defesa com 11.


A gente espera que Elias reforce esse time logo (mesmo com a arrancada sensacional do 4º gol, Rodriguinho é um Alien) e que Corinthians não sofra com convocações ou venda de mais jogadores para a China.

Quando ao Flamengo, tinha apostado neles como favoritos ao título, e não é que estava um tiquinho certo? E notem como continuam – com grande apoio da mídia – pressionando arbitragem mesmo num jogo como o de hoje.

Em tempo:

Copo cheio: campeão brasileiro de pontos corridos (tirando 2009) precisa de 73 pontos ou 64% de aproveitamento. Faltam só 48 pontos.

Sarrafo: 64%      Corinthians atual: 64%

 

 

Anúncios
16 Comentários leave one →
  1. 07/04/2016 23:34

    Cara pensando nissm há uma má vontade com instituição e principalmente com o coach.Corinthians foi mal na primeira etapa mas depois do 1 gol só contra-ataque de manual mas foi um demérito do Framengo que “desabou” e Heber que mudou o rumo do jogo não marcando uma falta na lateral do campo.

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      07/05/2016 7:05

      É como se não existisse um estádio lotado, um zagueiro chamado Pedro buscando redenção, se o Cássio não fosse capaz de grandes defesas e o Romero, artilheiro nosso no ano, nunca fizesse gol na vida.

      Aliás, a transmissão da Globo já ia por um caminho estranho e nos deu essa pérola:

      “Nem você acreditava nisso né Romero?”

      “Eu sempre acreditei, não sei porque vocês sempre falam isso. Eu acredito no meu potencial.”

      Romero lacrando Mauro naves ao vivo para o Brasil.

      Curtido por 1 pessoa

  2. Nicolas permalink
    07/04/2016 21:40

    A compactação é uma ideia interessante que não parece muito antiga no futebol. Quando teria surgido? Foi uma criação do futebol espanhol? Muitos treinadores não gostam muito de adotá-la pois acham que o time perde profundidade, especialmente na fase ofensiva. Então, você tem de ter um centroavante lá na frente para aumentar o espaço disponível. Não sei se o Tite mudou suas convicções mas pensava desse jeito. E tome bola longa para o tal centroavante pivô.

    Um ponto crítico é que acelerar muito o jogo complica a compactação. A compactação depende de um movimento coletivo e de um ritmo adequado. Não são muitos os times que conseguem colocar em prática com eficiência. Levanto este tema para um debate teórico, rs.

    Incrível a má vontade de boa parte da imprensa com o Timão. O time é “ridículo”, os jogadores são “péssimos”. Portanto, a boa campanha é mero acidente. É uma análise bem “imparcial”. O nível da crítica do futebol é abaixo da crítica.

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      07/05/2016 6:56

      Isso aí o Tite levou ao extremo. Antes dele, o Mourinho levou uma UCL ao vencer o Barcelona em Camp Nou fazendo isso apenas por uma razão: Messi no auge.

      Realmente, time muito compactado mata a saída rápida para o ataque.

      Curtir

  3. 07/04/2016 12:27

    1- O debate dos amigos sobre Cruyffstóvão “achar” um novo Renato penso que próprio não tenha essa intenção.Ele quer um time de velocidade e com transições bem rápidas fica claro na mudança do G.A no lugar do Guilherme e as vezes até o M.G.

    2-Guilherme é muito bom jogador,finaliza bem tem visão de jogo só nos lembrarmos das quantidade de vezes que deixou a rapaziada de frente para a casinha e falharam em se consagrar em partidas recentes mas fica perdido num limbo pq não é meia nem atacante.
    Talvez o coach tenha achado o lugar dele ontem quando substituiu Luciano,algo parecido com que o Mago Do Chinelo fazia no Chile de Sampaoli.

    3- Estou cada vez mais convencido que MG é um ponta das antigas é dibre+cruzamento se sair disso perde sua mágica.

    4- Ainda precisamos de reforços não dá para nos enganarmos.

    5-Tem uma semana cheia para treinar então pode ser que o coach ajeite um pouco o posicionamento do Rodriminador que parece perdido ali.
    E depois daquela arrancada vai ser difícil pegar um banco né ?

    6- O paraguaio é melhor que o Peruano

    Curtido por 2 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      07/04/2016 12:40

      2- Mas tava rebolando mais que jogando mesmo. A vdd é que o Giovani enganou por mais tempo.

      3- Haha, o pior que parece mesmo!

      5-A arrancada foi nota 10. O resto do jogo nota 3. Dá uns 6 de média

      Curtir

    • Nicolau permalink
      07/04/2016 13:49

      1- concordo, mas mesmo pra isso precisa qualificar a saída de bola. Acho q é por isso q Rodriguinho ainda sobrevive, mas claramente não funciona.

      Curtido por 1 pessoa

  4. 07/04/2016 10:56

    Assisti ao primeiro tempo e fiquei com a memória do jogo ao lado, seríamos encaixotados que nem a Islândia…
    Devido a compromissos não vi o segundo tempo, mas entre um clique e outro no celular foi de 0 a 4 o placar.
    Confio nos colegas, acho que realmente devemos ter um técnico que enxergue o jogo, o segundo tempo parece ter sido devastador.
    Quanto aos jogadores em si, temos um time nivelado, de bom nível, sem craques e sem estrupícios, ajustando as posições corretamente estaremos em alto nível.
    Vou dar uma dose generosa de boa vontade ao Cristóvão.
    PS.: o que deram na água do Aarão?

    Curtido por 2 pessoas

    • bloguedotimao77 permalink*
      07/04/2016 11:08

      Se provou mais uma vez que temos técnico na casamata. Não sei no vestiário e nem com a massa organizada.

      O Aarão realmente é prova do que é a confiança para um jogador (e vale para nossas vidas hein)

      Curtido por 1 pessoa

  5. Nicolau permalink
    07/04/2016 9:16

    Entre várias coisas a se dizer, me parece difícil juntar jogadores com as características nossos num time equilibrado.
    Guilherme passa e finaliza bem, mas não tem mesmo dinâmica pra jogar no meio – talvez nós anos 90. Romero faz gols, se entrega muito, mas erra muitos passes, atrapalha quando se vê numa posição em que precisa participar da construção das jogadas.

    GA e Marquinhos não parecem ter o melhor futebol pela faixa central também. Rodriguinho é um cara útil no elenco, mas não é volante. Já Bruno Henrique vem crescendo nos desarmes, com melhor companhia pode resolver.

    Acho q um 4-4-2 mais tradicional poderia funcionar, com Romero e Guilherme à frente, GA e Marquinhos na meias. Precisaria coordenar bem os movimentos pra povoar a faixa central. Ou arranjar au meia central melhor, Elias seria ótimo. Viajei?

    Curtido por 1 pessoa

    • bloguedotimao77 permalink*
      07/04/2016 9:33

      Eu acho que é por aí mesmo. A menos de algum jogador que desabroche, só teremos de reforço o Elias.

      O 442 ideal ainda vai sentir falta de um Renato no meio.

      Curtir

      • Nicolau permalink
        07/04/2016 11:49

        Renato é um tipo de jogador muito raro em times brasileiros, no nível em que jogou ano passado.
        Vi pouco, mas será que Camacho pode ajudar nesse papel?

        Curtido por 1 pessoa

        • bloguedotimao77 permalink*
          07/04/2016 12:08

          Esse é o que machucou? Se for razoável, já vai ajudar muito. A dupla Guilherme (que é atacante) e Giovani está fraca na meia.

          Curtir

    • Morgana permalink
      07/04/2016 22:16

      Tava aqui pensando no Guilherme. Será que a posição dele não é a famigerada “falso 9”?
      Não que ele seja igual, mas poderia ser algo no estilo que o Alex foi em 2011-12, quando o atacantes estavam meio ruins.
      Ás vezes parece que ele não tem o dinamismo que a equipe precisa… é como se fosse o Ganso lerdão, mas que entra na área, chuta e faz gol.
      O Danilo, por exemplo, só aparentava a inercia, mas tinha uma presença maior de meio e ataque. E o Gulherme parece que é um falso 10.
      É muita viagem imaginar que ele possa ser esse “falso 9” ou segundo atacante no 442?

      Curtido por 2 pessoas

      • bloguedotimao77 permalink*
        07/05/2016 6:59

        Pode ser mas essa inércia do Guilherme é muito estranha. No Atlético ele entrava no segundo tempo e corria mais do que pensava.

        No Corinthians apareceu com esse ar aristocrático, ganseano.

        Daí eu achar uma farsa é 2 palitos 🙂

        Curtir

        • Morgana permalink
          07/05/2016 10:16

          Vamos chamá-lo de Havaianas, quem sabe ele comece a jadsear igual o outro ano passado.
          =D

          Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: