Skip to content

É por isso que a punição corinthiana deveria ter sido exemplar. Para que essas coisas nunca mais se repetissem…

04/12/2013

Mas não, despuniram o clube e tome mais uma “fatalidade”:

Torcedora gremista desabafa após rojão causar perda parcial de audição

Se o Clube tivesse sido punido com seriedade, acho difícil que alguém ainda levasse rojão para dentro de estádio.

 

Anúncios
10 Comentários leave one →
  1. Daniel CMS permalink
    04/13/2013 12:24

    CONMEBOL voltando atras.

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/esporte/103581-painel-fc.shtml

    Curtir

  2. Múcio Rodolfo permalink
    04/12/2013 20:01

    1- O Corinthians ainda estava punido (sem poder ter torcida nos jogos como anfitrião e como visitante) e Montvideo assistiu uma tremenda pancadaria num jogo entre Velez e Peñaro. Não morreu ninguém, mas podia ter morrido…
    2- Na Libertadores 2012, o Corinthians levou sinalizadores no jogo contra o Boca Juniors e foi punido com pena de 1 ano sem poder assistir jogos na Argentina. Mas apesar do Corinthians ser o único time a ser punido, não é, nem de longe, o único time a levar sinalizadores pro estádio…

    Curtir

  3. 04/12/2013 18:28

    Só pra completar o que eu falei abaixo, observem o que acontece na Europa: todos lá sabem que se a torcida de um time causar um problema sério, a punição a esse time rola pra valer. Vejam se isso é suficiente pra impedir que a torcida da Lazio faça manifestações racistas, ou que os torcedores turcos briguem entre si. Ou até mesmo que um louco manguaça invada o campo num jogo da Premiere League. Punir o clube não resolve isso.

    Curtir

  4. 04/12/2013 16:15

    Alvaro, explica para mim, o que seria uma punição exemplar? Por que para mim uma partida com perda de arrecadação e mais USD 200 mil de multa (o total significou +/- R$ 2 milhões de perdas para o Corinthians) é bem exemplar. Nunca houve nada nem sequer parecido no faroeste que é a Libertadores. Por que precisa multiplicar isso por 3 para ser exemplar? E para falar a verdade até agora não li em lugar algum por que o Corinthians foi punido (confesso que não fui muito atrás disso também). Por que pela morte do garoto é que não pode ser. Caso contrário toda a diretoria do Corinthians deveria estar sofrendo um processo e o time deveria estar excluído indefinidamente da Libertadores. Assassinato é muito grave. Mas o Corinthians não pode nem de longe ser co-responsabilizado pelo assassinato. Portanto estamos falando de punição esportiva. E a punição esportiva foi bem exemplar para mim. Claro que poderia ser “exemplar” vezes três (parece que é o que você defende, aliás por que três e não 10 ou 100 ou 1000?). Mas o que desmoraliza tudo não é o fato da punição inicial ter sido dividida por três, mas de punição parecida não ser aplicada em casos similares (uso de fogos de artifício causando risco ao público). Ou seja, o que vai desmoralizar é se o Gremio não for punido. Se por outro lado for punido, aí sim haverá a indicação educativas (exemplares) de tratar todos de maneira igual.

    Curtir

    • permalink
      04/12/2013 16:28

      Exatamente. Conmebol faz questão de se autodesmoralizar em não seguir punindo. Pra fazer efeito tem que ser sistemático, não exceção. PEgaram um bode expiatório pra tudo que estava errado e acharam que já estava de bom tamanho.

      Curtir

    • 04/12/2013 19:09

      Para ficar claro. Em nenhum momento eu quis dizer que não deveria haver punição esportiva ao Corinthians. Deveria e houve. Quanto a dosimetria, a minha opinião é que foi sim exemplar.

      Curtir

  5. permalink
    04/12/2013 13:00

    Acho que se houvesse punição continuada aos infratores seria mais difícil acontecer isso. Tenho sérias dúvidas se punição “exemplar” ao clube teria o mesmo efeito ( e não, não estou dizendo que nao deveria haver punição aos clubes envolvidos)

    Curtir

    • 04/12/2013 16:02

      Deveria haver punição ao clube pura e simplesmente porque esta já está prevista no regulamento. E só. O valor didático disso, pros dias de hoje, pra mim é zero.

      Se querem acabar com essas coisas ai, basta punir quem faz.

      Curtir

      • Paulo permalink
        04/12/2013 23:34

        De fato, punir o clube é apenas mais uma transferência de responsabilidade. É preciso punir quem tem culpa, sempre! Essa transferência de responsabilidade e mudança de foco não resolve o problema, apenas serve de álibi par eximir de culpa quem de direito.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: